Base de dados : LILACS
Pesquisa : 497987 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Pontarolo, R
experimentalDocumentos relacionados
Id: 497987
Autor: Lunedo, S; Pontarolo, R; Rocha, M. E. M.
Título: Avaliação da sensibilidade e especificidade da metodologia de enzimaimunoensaio com micropartículas para dosagem de ferritinas / Sensibility and specificity evaluation of microparticle enzyme immunoassay method for ferritin measurement
Fonte: Rev. bras. anal. clin;36(3):177-180, 2004. graf.
Idioma: pt.
Resumo: A ferritina é a principal preteína envolvida no armazenamento de ferro, sendo encontrada no meio intracelular e também como um constituinte normal do plasma, fluídos corporais e das hemácias circulantes. Ferritinas derivadas de diferentes tecidos apresentam distintas propriedades como: estrutura primária, teor de fosfato no núcleo mineral, mobilidade eletroforética e proporção relativa de subunidades H e L, determinando diferenças estruturais, imunológicas, em ponto isoelétrico e capacidade oxidativa. estudos demonstram a relação direta entre a concentração de ferritina no soro e os estoques de ferro nos tecidos. Os sistemas comerciais disponíveis para a dosagem de ferritina plasmática nos laboratórios clínicos, estão baseados em ensaios imunoenzimáticos utilizando anticorpos antiferritina específicos ligados à enzimas. neste trabalho, avaliamos se a metodologia de enzimaimunoensaio com micropartículas (MEIA), do sistema ASXYM - Abbott Laboratories, quantifica adequadamente ferritinas em função do tecido de origem (baço, fígado e coração), e se alguns medicamentos, especialemente de uso prolongado, podem influenciar na metodologia. Os resultados das dosagens de ferritinas teciduais indicaram especificadade e sensibilidade para ferritina de baço (93 a 100%), porém não quantificando adequadamente as ferritinas de fígado (10%) e coração (0%). No estudo de interferência causada por medicamentos (nitrofurantoína, metronidazol, paracetamol, aciclovir e ciprofloxacina), observou-se que em concentrãções específicas de fármaco e proteína ocorre interferência significativa da ciprofloxacina na metodologia e, como consequência, nos resultados.(AU)
Descritores: Ferritinas/uso terapêutico
Técnicas Imunoenzimáticas/métodos
Técnicas de Laboratório Clínico
Sensibilidade e Especificidade
Valor Preditivo dos Testes
Avaliação
Limites: Humanos
Responsável: BR408.1 - Biblioteca Setorial



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde