Base de dados : LILACS
Pesquisa : 566737 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 566737
Autor: Maggi, Roberto; Dondi, Donatella; Piva, Flavio.
Título: Biologia de neurônios hipotalâmicos produtores do hormônio liberador das gonadotrofinas: novas informações sobre o uso das células imortalizadas secretoras desse hormônio / Biology of hypothalamic neurons producing gonadotropin releasing hormone (GnRH): new information on the use of immortalized cells secreting GnRH
Fonte: Brasília méd;43(1/4):40-47, 2006.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo dos neurônios que produzem o hormônio liberador das gonadotrofinas (GnRH), hormônio hipotalámico que estimula a secreção, das gonadotrofinas hipofisárias, tem recebido vigoroso impulso com a disponibilidade das células imortalizadas, que especificamente sintetizam e secretam o hormônio em questão. Duas são as linhas celulares obtidas por tumorigênese induzida em camundongos transgênicos: 1) as células GT1 (com os seus subclones GT1-1, GT1-3, GT1-7) e 2) as células GN (com os seus subclones GN10, GN11, NLT). As células GT1 foram derivadas de um tumor hipotalâmico. Pode-se constatar que elas são dotadas de propriedades dos neurônios maduros secretores de GnRH, que completaram o seu trajeto da sua sede de origem, o placóide olfatório, até a sua sede definitiva, o hipotálamo, e já perderam a capacidade de mover-se. Por essas características, as células GT1 são utilizadas sobretudo para o estudo das propriedades secretórias dos neurônios que produzem o GnRH e para identificar os sinais que ali chegam. Pode-se assim evidenciar uma série de receptores, que, ativados pelos seus ligantes (neurotransmissores, hormônios, fatores de crescimento), modulam a síntese e a secreção do GnRH. As células GN foram retiradas de um tumor do bulbo olfatório, portanto, elas são consideradas mais semelhantes aos neurônios imaturos secretores de GnRH que ainda estão desenvolvendo o processo de migração do placóide olfatório até o hipotálamo. Desse modo, tais células são utilizadas sobretudo para identificar e caracterizar os fatores que possam influenciar os processos de migração dos neurônios que produzem o GnRH. Em particular, pode-se constatar que a motilidade dos neurônios secretores desse hormônio é estimulada pela anosmina, a proteína codificada pelo gene KAL1, que, nas suas formas mutantes, ocasiona o hipogonadismo hipogonadotrófico conhecido como a síndrome de Kallmann, por alguns fatores de crescimento (fator de crescimento de fibroblasto, fator de crescimento...(AU)

The study of the neurons secreting the gonadotropin releasing hormone (GnRH), the hypothalamic hormone stimulating the release of pituitary gonadotropins, has been potentiated by the development of immortalized cells that specifically synthetize and secrete GnRH. Two cell lines have been obtained by targeted tumorigenesis in transgenic mice: 1) the GT1 cells (with GT1-1, GT1-3 and GT1-7 subclones), and 2) the GN cells (with the GN10, GN11 and NLT subclones). GT1 cells have been obtained from a hypothalamic tumor and exhibit the properties of fully mature GnRH secreting neurons after they reached their final destination in the hypothalamus starting from the olfactory placode. Because of their characteristics GT1 cells have been mainly utilized to investigate the secretory properties of GnRH neurons and to identify the inputs modulating their activity. By this way a consistent number of receptors responding to specific ligands (neurotransmitters, hormones, growth factors) controlling GnRH synthesis and secretion has been identified. GN cells have been derived from a tumor of the olfactory bulb and are considered to replicate the properties of immature GnRH secreting neurons still retaining the capacity of moving. Consequently these cells are used to identify and characterize the factors influencing the migratory process of GnRH neurons from the olfactory placode to the hypothalamus. It has been found that factors stimulating GnRH neuron motility include anosmin, the protein encoded by the KAL1 gene, whose mutations lead to the form of hypogonadotropic hypogonadism known as Kallmann’s syndrome, growth factors such as fibroblast growth factor, hepatocyte growth factor, vascular endothelial growth factor, and cytoskeleton associated proteins (stathmin). On the contrary GABA agonists and glucocorticoids depress GN cells motility. As a whole the findings reported in this review seem particularly important to provide further information on the central...(AU)
Descritores: Hormônio Liberador de Gonadotropina
Receptores LHRH
Hipotálamo
Hormônios Hipofisários
Hormônios Liberadores de Hormônios Hipofisários
Gonadotropinas Hipofisárias
Síndrome de Kallmann
Limites: Humanos
Responsável: BR396.3 - DIVAU - Divisão de Atendimento ao Usuário Umuarama



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde