Base de dados : LILACS
Pesquisa : 593983 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
(texto :
PT)
experimentalDocumentos relacionados
Id: 593983
Autor: Sousa, Anete Araújo de; Gloria, Mariana de Souza; Cardoso, Thalita Schütz.
Título: Aceitação de dietas em ambiente hospitalar / Acceptance of hospital food
Fonte: Rev. nutr;24(2):287-294, mar.-abr. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: O objetivo do estudo foi avaliar a aceitação de dietas de pacientes internados em um hospital público do município de Florianópolis, Santa Catarina. MÉTODOS: Realizou-se análise dos restos alimentares de pacientes internados em unidades de internação médica durante 15 dias, por meio do índice resto-ingestão. O índice foi determinado por tipos de dieta, classificadas em normal, especial com sal e especial sem sal. Enquetes de satisfação com pacientes avaliaram os fatores que influenciam a aceitação das refeições. RESULTADOS: O peso total distribuído correspondente a 1.877 refeições foi de 868kg e o peso dos restos totalizou 313kg. Foi encontrado um índice resto-ingestão de 36,09 por cento e um retorno de 53,68 por cento, 33,99 por cento e 33,84 por cento de dietas especiais com sal, normais e especiais sem sal respectivamente. A variedade, a quantidade e a apresentação das refeições foram avaliadas de forma positiva. A temperatura e o uso de temperos foram os aspectos de menor satisfação, representando 43,00 por cento e 34,30 por cento, respectivamente, para os critérios de regular a ruim. O índice resto-ingestão encontrado (36,09 por cento) estava acima do aceitável para uma população enferma (20,00 por cento), demonstrando uma perda considerável de alimentos. CONCLUSÃO: A partir dos resultados, observou-se a necessidade de avaliar os processos envolvidos na produção dessas refeições e de elaborar estratégias que estimulem a ingestão alimentar do paciente.(AU)

OBJECTIVE: This study assessed patients' acceptance of hospital foods in a public hospital located in Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. METHODS: The leftover-ingestion index was used to analyze the volume of leftovers of hospitalized patients during 15 days. The index was determined by diet type: normal, special with salt and special without salt. Satisfaction questionnaires were administered to the patients and the factors that influence food acceptance were assessed. RESULTS: The total weight of 1,877 meals was 868kg and the weight of the leftovers was 313kg, thus a leftover-ingestion index of 36.09 percent. The percentage of leftovers of the special diets with salt, normal diets and special diets without salt were 53.68 percent, 33.99 percent and 33.84 percent, respectively. The patients were satisfied with the variety, amount and presentation of the meals but complained about the temperature and seasonings, with ratings of 43.00 percent and 34.30 percent, respectively. The leftover-ingestion index (36.09 percent) was above the acceptable index (20.00 percent) for a diseased population, indicating a considerable waste of food. CONCLUSION: The results show that it is necessary to assess the meal production processes and develop strategies that encourage the patients to eat.(AU)
Descritores: Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde
Serviço Hospitalar de Nutrição
Alimentação Coletiva
Dieta
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde