Base de dados : LILACS
Pesquisa : 605620 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mendonça, Marcos Rogério de
experimentalDocumentos relacionados
Id: 605620
Autor: Massaro, Tiago Rafael; Oliveira, Derly Tescaro Narcizo de; Bigliazzi, Renato; Bertoz, André Pinheiro de Magalhães; Mendonça, Marcos Rogério de.
Título: Condutas clínicas da contenção em ortodontia corretiva: revisão de literatura / Clinical behavior of retainer in corrective orthodontics: literature review
Fonte: Ortho Sci., Orthod. sci. pract;4(15):695-700, 2011.
Idioma: pt.
Resumo: A instabilidade pós-tratamento ortodôntico costuma acompanhar todas as más-oclusões corrigidas, tanto no que se refere à relação intra-arcos como inter-arcos, contrariando os objetivos cultuados pelos ortodontistas e almejados pelos leigos. Dessa forma, a contenção e a estabilidade pós-tratamento ortodôntico constituem-se num dos maiores desafios enfrentados pelos ortodontistas. Algumas linhas de pensamento enfatizam que a forma do arco inferior não deve ser expandida porque ela compromete a estabilidade. Hoje em dia, entretanto, sabe-se que a manutenção da largura intercaninos original não garante a estabilidade. No entanto, não se pode afirmar que a sua manutenção, ou mesmo a execução de pequenas alterações, garantirá estabilidade após o período de contenção. Deve-se sempre considerar a variabilidade individual, o que torna difícil o clínico predizer as conseqüências de um tratamento que tenha sustentado categoricamente a forma original do arco. Logo, o empenho do ortodontista não se resume em tratar a má oclusão, mas também garantir alguma estabilidade para a oclusão tratada. Visto ser este um dos assuntos mais controversos da Ortodontia, o objetivo do presente trabalho foi realizar uma revisão de literatura sobre a contenção na Ortodontia.(AU)

The unstable post-orthodontic treatment usually keep all malocclusions corrected, both in regard to the intra-and inter-arches arches, contrary to the goals worshiped by orthodontists and desired by the laity. Thus, the containment and stability after orthodontic treatment constitute one of the biggest challenges faced by orthodontists. Some lines of thought that emphasize the shape of the lower jaw should not be expanded because it jeopardizes stability. However, nowadays it is known that maintaining the original width intercanine not guarantee stability. During orthodontic treatment, if the shape of the arch is changed without criteria, there is a great tendency to relapse after retention for its original formation. Therefore, the maintenance of the arch pre-treatment should be considered as an excellent guide in the conduct of orthodontic mechanics, contributing to the long-term stability. However, one can not say that its maintenance, or even the implementation of minor changes, ensure stability after the period of restraint. You should always consider the individual variability, which makes it difficult to predict the clinical consequences of a treatment that you categorically supported the original form of the arc. Therefore, the efforts of the orthodontist is not just in treating malocclusion, but also ensure some stability to the treated occlusion. Since this is one of the most controversial issues in orthodontics, the objective of this study was to review the literature on restraint in Orthodontics.(AU)
Descritores: Ortodontia
Ortodontia Corretiva
Ortodontia Preventiva
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde