Base de dados : LILACS
Pesquisa : depressao
Referências encontradas : 7554 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 756 ir para página                         

  1 / 7554 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
(texto :
FR)
experimentalDocumentos relacionados
Id: 705937 LILACS-Express
Autor: Marcotte, Diane; Lemieux, Annie.
Título: La trajectoire des symptômes dépressifs de l'enfance à l'adolescence et les cibles d'intervention préventive / A trajetória dos sintomas depressivos da infância para a adolescência e objetivos da intervenção preventiva
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;19(3):796-796, 03/2014. tab, graf.
Idioma: fr.
Resumo: Cette étude longitudinale s'intéresse à la trajectoire développementale des symptômes de dépression sur une période de cinq ans entre l'enfance et l'adolescence ainsi qu'à ses facteurs associés. À partir de l'analyse de courbes de croissance latente (Latent Growth Model-LGM), les résultats indiquent que les symptômes de dépression augmentent entre l'âge de 11-12 ans et 15-16 ans chez les filles, mais non chez les garçons. Cependant, pour chacun des sexes, la variance de la pente de la trajectoire reflète l'hétérogénéité des sous-groupes, révélant que les trajectoires varient chez les individus. Parmi les facteurs mesurés au temps 1 de l'étude, ceux qui sont le plus étroitement associés à la variation longitudinale des symptômes dépressifs sont le soutien des amis pour les deux genres et l'âge pour les filles. Plusieurs facteurs sont également associés à la présence de dépression au temps initial. Les cibles d'intervention pour une prévention universelle de la dépression chez les jeunes sont ensuite discutées et un programme visant le développement de facteurs de protection chez les adolescents est présenté.(AU)

Este estudo longitudinal examina a trajetória de desenvolvimento de sintomas depressivos da infância à adolescência e fatores associados, ao longo de um período de cinco anos. A partir da análise de curvas de crescimento latentes (Modelo de Crescimento Latente/LGM), os resultados indicam que o aumento de sintomas depressivos entre meninas nas idades de 11-12 anos e de 15-16 anos, o que não ocorre entre meninos. No entanto, em ambos os sexos, a variação da inclinação da trajectória reflete a heterogeneidade dos sub-grupos, revelando que as trajectórias variam entre os indivíduos. Entre os fatores medidos no tempo 1 do estudo aqueles que estão mais estreitamente associados com a mudança longitudinal dos sintomas depressivos são o apoio dos amigos, para ambos os sexos e a idade entre as meninas. Vários factores estão associados com a presença de depressão no tempo inicial. São discutidos objetivos de intervenção para a prevenção universal de depressão entre os jovens, assim como é apresentado um programa para o desenvolvimento de fatores de proteção entre adolescentes.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 7554 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 705180
Autor: Salazar, Marcio.
Título: Influência do alendronato de sódio na movimentação dentária induzida em ratas ovariectomizadas / Influence of alendronate sodium on induced tooth movement in ovariectomized rats.
Fonte: Araçatuba; s.n; 2012. 43 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Odontologia de Araçatuba para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do bisfosfonato (alendronato de sódio) nos tecidos periodontais submetidos à movimentação dentária induzida, em ratas com osteoporose, após ovariectomia. Métodos: Foram utilizados ratos Wistar (Rattus norvegicus) fêmeas, com 8 semanas de idade. Os animais foram divididos em 4 grupos (n=12/grupo): Grupo OVX: ratas ovariectomizadas; Grupo OVX + ALN1: ratas ovariectomizadas tratadas com alendronato de sódio 1mg/kg; Grupo OVX + ALN2: ratas ovariectomizadas tratadas com alendronato de sódio 2mg/kg e Grupo C: controle, ratas falso operadas. Três meses após a ovariectomia os animais foram submetidos à movimentação do primeiro molar superior direito por 5 e 7 dias. Após a eutanásia dos animais, as maxilas foram removidas e processadas para avaliação microscópica. O primeiro molar superior esquerdo foi utilizado como controle sem movimentação em todos os grupos. As amostras foram processadas para análise do osso alveolar e quantificação da movimentação dentária. Resultados: Houve movimentação significante após 5 e 7 dias (P<0.05) em todos os grupos em comparação aos lados sem movimentação. Entretanto, no grupo ovariectomizado houve maior quantidade de movimentação dentária induzida comparado aos outros grupos, com resultado estatisticamente significante somente aos 7 dias. Conclusão: O alendronato de sódio na dosagem empregada diminuiu a quantidade de movimentação dentária induzida em comparação ao grupo OVX, sendo similar ao grupo controle. (AU)

Introduction: The aim of this study was to evaluate the effect of bisphosphonate (alendronate sodium) in periodontal tissues subjected to forces of induced tooth movement in rats with osteoporosis, after ovariectomy. Methods: Wistar rats (Rattusnorvegicus) female, 8 weeks old. The animals were divided into 4 groups (n = 12/grupo): OVX group, ovariectomized rats, Group OVX + ALN1: ovariectomized rats treated with Alendronate sodium (1mg/Kg) Group OVX + ALN2: ovariectomized rats treated with Alendronate sodium (2mg/Kg) and Group C: control rats false operated. Three months after ovariectomy the animals were subjected to movement of the maxillary right first molar for 5 and 7 days. After the death of animals, the jaws were removed and processed for microscopic evaluation. The first molar upper left was used as control without movement in all groups. The samples were processed for the quantification of alveolar bone and tooth movement. Results: There was significant movement after 5 and 7 days (P <0.05) in all groups compared to the sides without moving. However, in the ovariectomized group showed higher amount of induced tooth movement compared to other groups, but statistically significant only at 7 days. Conclusion: Alendronate sodium dosage employed decreased the amount of induced tooth movement compared to the OVX group, being similar to the control group. (AU)
Descritores: Movimentação Dentária
Ovariectomia
Difosfonatos
Alendronato
Osteoporose
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR186.1 - Biblioteca Honório Monteiro
BR186.1


  3 / 7554 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 705142
Autor: Moreira, José Roberto Alves.
Título: Análise comparativa da movimentação dentária induzida entre dois critérios de mensuração: macroscópico e microscópico / Comparative analysis of tooth movement induced between two measurement criteria: macroscopic and microscopic.
Fonte: Araçatuba; s.n; 2009. 68 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Faculdade de Odontologia de Araçatuba para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo analisou a quantidade de deslocamento dentário por meio de mensurações macroscópicas e microscópicas, após a movimentação dentária induzida. Os dois Grupos Experimentais GI (forças contínuas) e GII (forças contínuas interrompidas) constituíram-se de 30 ratos, da linhagem Wistar, subdivididos de acordo com o período experimental de 8, 16 e 24 dias. Cada subgrupo foi composto por dez animais, assim como o Grupo Controle (GC), perfazendo um total de 70 animais. O aparelho destinado para se obter o deslocamento dentário foi o desenvolvido por Heller e Nanda. As molas de secção fechada foram instaladas no espaço entre os incisivos superiores e primeiro molar superior direito. Após ativações, de acordo com o tipo de força e tempo experimental, os animais foram mortos. Mediu-se a espessura do ligamento periodontal por meio de microscopia histomorfométrica quantitativa na raiz vestibular intermediária do primeiro molar superior direito do rato, na região distal (tração) e macroscópica, no espaço resultante entre os primeiro e segundo molares superiores direitos. A metodologia empregada permite concluir que as mensurações microscópicas são mais precisas e seguras para determinar o deslocamento na movimentação dentária induzida. (AU)

This study analyzed the amount of displacement, by measuring macroscopic and microscopic, after induced tooth movement. Both groups GI (continuous forces) and GII (interrupted continuous force) comprised of 30 rats, Wistar, were subdivided according to the experimental period of 8, 16 and 24 days. Each group comprised of ten animals, as well as the control group (CG), totaling 70 animals. The appliance used to obtain the displacement, was developed by Heller and Nanda. The nickeltitanium (NiTi) coil springs were installed in the space between the upper incisors and the upper first right molar. After activation, according to the type of force and experimental time, animals were sacrificed. A quantitative histomorphometric microscopy was used to the measurement of the periodontal ligament thickness in the mesiobuccal root of the first upper right molar of the rat, in the distal and macroscopic region, at reached space between the first and second upper right molars. The microscopic measurements are accurate and reliable to determine the displacement in the induced tooth movement. (AU)
Descritores: Movimentação Dentária
Ligamento Periodontal
Ortodontia
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR186.1 - Biblioteca Honório Monteiro
BR186.1


  4 / 7554 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 705079 LILACS-Express
Autor: Brecailo, Marcela Komechen; Saldan, Paula Chuproski.
Título: Relação entre depressão materna e os cuidados em saúde à criança: revisão sistemática / Maternal depression and child health care: a systematic review
Fonte: UNOPAR Cient., Ciênc. biol. saude;15(ESP), dez. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A depressão da mãe constitui-se em risco para a criança, em termos de saúde, alimentação e desenvolvimento. O presente estudo teve por objetivo buscar em literatura a relação entre depressão materna e depressão pós-parto e suas consequências no cuidado em saúde e alimentação das crianças. Realizou-se busca de artigos na íntegra, nas bases de dados eletrônicas SciELO e MEDLINE/PubMed, em português, inglês e espanhol, publicados nos últimos dez anos, selecionando-se 13 trabalhos. Os estudos demonstram que as crianças filhas de mães com sintomas depressivos apresentam, em maior prevalência, diminuição ou falha de ganho de peso, interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo ou do aleitamento materno, piores condições de cuidados em saúde, menos atenção aos cuidados preventivos e menores estímulos para o desenvolvimento. A relação entre depressão materna e sobrepeso na criança ainda não está bem estabelecida. As repercussões da depressão materna para a criança são inúmeras, embora variáveis, dependendo dos sintomas específicos, duração da depressão e fatores socioeconômicos associados. Os fatores que comprometem o desenvolvimento dos filhos de mães depressivas podem perdurar para além da primeira infância. A atenção à saúde das crianças deve ter enfoque na díade mãe-filho, sendo o reconhecimento de sintomas depressivos da mãe de fundamental importância para garantir o cuidado em saúde da criança.(AU)

Mother's depression constitutes a risk to the child in terms of health, nutrition and development. This study aims to search on literature the relationship between maternal depression and postpartum depression and its consequences in children?s health care and feeding. Full articles were searched in electronic databases SciELO and MEDLINE/PubMed, in Portuguese, English and Spanish, published in the last ten years, and 13 researches were selected. Studies show that children whose mothers present depressive symptoms have greater prevalence of reduction or failure of weight gain, early interruption of exclusive breastfeeding or breastfeeding, worse health care, less attention to preventive care and fewer stimuli for development. The relationship between maternal depression and overweight in children is still not well established. The maternal depression impact for children is numerous, although variable, depending on the specific symptoms, duration of depression and socioeconomic factors. The factors affecting the development of children of depressed mothers may last beyond early childhood. The management of children's health should focus on mother-child dyad. The recognition of mother?s depressive symptoms is very important to ensure the child?s health care.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 7554 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 705058 LILACS-Express
Autor: Bomfim, Izabelle Quintiliano Montenegro; Soutinho, Renata Sampaio Rodrigues; Araújo, Evilma Nunes de.
Título: Comparação da qualidade de vida das mulheres com incontinência urinária atendidas no sistema de saúde público e privado / Quality of life of women with urinary incontinence assisted in the public and private health system
Fonte: UNOPAR Cient., Ciênc. biol. saude;16(1), jan. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A incontinência urinária é definida como qualquer queixa de perda involuntária de urina. É uma condição que afeta a população mundial, principalmente a feminina. Pode afetar a qualidade de vida, levando à queda na autoestima, depressão, além de implicações psicológicas, sociais, físicas, econômicas e sexuais. Esta pesquisa teve como objetivo investigar a qualidade de vida da mulher com incontinência urinária na cidade de Maceió-AL, comparando as pacientes atendidas nos sistemas de saúde público e privado. Trata-se de um estudo do tipo transversal, descritivo, com amostra de 355 mulheres, com idades entre 40 a 80 anos, utilizando um formulário de coleta de dados e o King`s Health Questionnaire. A análise estatística foi realizada por meio do aplicativo (SPSS®) versão 17, sendo a comparação entre as variáveis nos grupos do setor público e privado realizada através do teste qui-quadrado, adotando-se o nível de significância de 5% (0,05). As pacientes com atendimento público tiveram maior escore em todos os domínios quando comparadas às de convênio particular. Os domínios saúde geral, impacto da incontinência urinária e limitações físicas foram os escores mais elevados em ambos os grupos. A menor renda, menor escolaridade e maior escore em todos os domínios foram encontrados nas mulheres atendidas pelo serviço público de saúde, indicando pior qualidade de vida dessas mulheres. O tipo de incontinência urinária que apresentou pior qualidade de vida foi a mista. Acredita-se que a baixa condição socioeconômica e o baixo nível educacional foram fatores determinantes para as diferenças na qualidade de vida dessas mulheres, e não por serem atendidas pelo serviço público ou privado de saúde.(AU)

Urinary incontinence (UI) is defined as any complaint of involuntary leakage of urine. It is a condition affecting the world population, especially the female. It may affect the quality of life (QOL), causing an uncomfortable condition, with a drop in self-esteem, leading to depression, and psychological, social, physical, economic and sexual implications. This research aimed to investigate the quality of life of women with urinary incontinence in Maceió-AL, by comparing patients treated in public and private health system. The study is cross-sectional, descriptive, with a sample of 355 women aged from 40 to 80 years, using a data collection form and the King's Health Questionnaire (KHQ). The comparison between the groups (public and private) was performed using the chi-square test, adopting a significance level of 5% (0.05), through the software (SPSS ®) version 17.0. The patients attended by the public health system had a higher scores in all domains as compared to those attended by particular health system. The domains overall health, impact of UI and physical limitations were the highest scores in both groups. The lower income, lower educational level and higher scores for all domains were found for women attended by the public health system, indicating worse QOL of these women. The UI that showed worse QOL was the mixed one. It was believed that both the low socioeconomic status and the low educational level were the determining factor for the differences in the quality of life of those women, and not if they were attended by public or private health system.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 7554 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 704965 LILACS-Express
Autor: Sabino, Stephanie Di Martino; Torquato, Richelle Maitê; Pardini, Adriana Cristina Guimarães.
Título: Ansiedade, depressão e desesperança em pacientes amputados de membros inferiores / Anxiety, depression and hopelessness in lower limb amputees patients
Fonte: Acta fisiátrica;20(4), dezembro.
Idioma: pt.
Resumo: Amputação consiste na retirada de um membro, total ou parcialmente, por cirurgia ou trauma. A causa mais frequente de amputações é vascular (75% em membros inferiores), seguida por traumas (20%) e tumores (5%). Após a amputação, o paciente geralmente passa por uma série de reações emocionais. Dentre as mais comuns, pacientes amputados podem apresentar quadros de ansiedade, depressão e desesperança. Objetivo: Verificar a incidência de Ansiedade, Depressão e Desesperança em pacientes com amputação de membros inferiores que chegaram ao Centro de Reabilitação. Método: Participaram desta pesquisa 31 pacientes no período de maio a agosto de 2011. Os pacientes foram submetidos à realização de um questionário de caracterização da amostra e as escalas Beck de Ansiedade, Depressão e Desesperança. Resultados: Os pacientes que tinham companheiro apresentaram menores níveis de Ansiedade e Desesperança e os pacientes que saíam semanalmente apresentaram menores pontuações na escala de depressão. Conclusão: Os pacientes com amputação de membros inferiores apresentaram boas estratégias de enfrentamento ou estão em processo de negação de sua condição atual, ou ainda aliviados pela melhora do quadro álgico.(AU)

Amputation is the removal of a member, in whole or in part, by surgery or trauma. The most frequent cause of amputations is vascular disorders (75% in lower limb), followed by traumas (20%) and tumors (5%). After amputation, patients usually survive with a series of emotional reactions. Among the most common, amputees patients may live with anxiety, depression and hopelessness. Objective: The objective of this study assessed the incidence of anxiety, depression and hopelessness in patients with lower limb amputations bottom who arrived at the Rehabilitation Center. Method: 31 patients participated of this survey from May to August 2011. Patients underwent the completion of a questionnaire to characterize the sample and the Beck Anxiety scales, depression and hopelessness. Results: Patients who had a partner had lower levels of anxiety and hopelessness and patients who were leaving each week had lower scores on the depression scale.Conclusion: We conclude that patients with lower limb amputations showed better coping strategies or are in denial of their current condition, or alleviated by improved pain.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 7554 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 704916 LILACS-Express
Autor: Meleiro, Alexandrina Maria Augusto da Silva.
Título: Depressão e mania: duas faces incapacitantes da mesma moeda
Fonte: RBM rev. bras. med;70(1,n.esp), jan.-fev. 2013.
Idioma: pt.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 7554 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 704908 LILACS-Express
Autor: Soeiro-de-Souza, Márcio Gerhardt; Missio, Giovani.
Título: Uso da lamotrigina na depressão do Transtorno Afetivo Bipolar
Fonte: RBM rev. bras. med;70(2,n.esp), mar.-abr. 2013.
Idioma: pt.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 7554 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 704903 LILACS-Express
Autor: Nicolato, Rodrigo; Alvarenga, Jussara Mendonça.
Título: Tratamento da depressão maior à base de venlafaxina
Fonte: RBM rev. bras. med;71(1,n.esp), jan. 2014.
Idioma: pt.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 7554 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 704902 LILACS-Express
Autor: Bernik, Vladimir.
Título: Depressão será a doença mais prevalente em 2030
Fonte: RBM rev. bras. med;71(1,n.esp), jan. 2014.
Idioma: pt.
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 756 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde