Base de dados : LILACS
Pesquisa : depressao
Referências encontradas : 9017 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 902 ir para página                         

  1 / 9017 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: BIBLIO-833107 LILACS-Express
Autor: Nicolussi, Adriana Cristina(ccp); Sawada, Namie Okino(ccp); Cardozo, Fernanda Mara Coelho(ccp); de Paula, Juliana Maria(ccp).
Título: Relaxamento com imagem guiada e presença de depressão em Pacientes com câncer durante quimioterapia / Relaxation with guided imagery and depression in patients with cancer undergoing Chemotherapy / Relajación con imagen guiada y presencia de depresión en pacientes con cáncer durante Quimioterapia
Fonte: Cogitare enferm;21(4):10-10, Out.-Dez. 2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: O objetivo foi avaliar o efeito do Relaxamento com Imagem Guiada sobre a presença de depressão em pacientes com câncer durante quimioterapia. Estudo quase-experimental, realizado em duas centrais de quimioterapia, entre 2009-2011. O grupo intervenção foi submetido ao relaxamento com imagem guiada; os grupos intervenção (n=73) e controle (n=79) responderam ao Inventário de Depressão de Beck. Os cânceres mais frequentes foram: mama, intestinal e gástrico. Diferenças estatisticamente significantes (p<0,05) entre os grupos (Teste de Mann-Whitney, p=0,0158) e entre os tempos (Teste de Wilcoxon, p=0,0401) foram encontradas, com o grupo intervenção apresentando mais pacientes "sem depressão" do que o controle. De acordo com Inventário de Depressão de Beck, os resultados evidenciaram que a intervenção ajudou a reduzir a presença de depressão nestes pacientes. Espera-se que a prática desta intervenção seja divulgada e difundida no trabalho do dia-a-dia do enfermeiro, para que, em um futuro próximo, os pacientes oncológicos possam se beneficiar com estas terapias (AU).

The present study aimed to assess the effect of relaxation and guided imagery on depression in cancer patients undergoing chemotherapy. Quasi-experimental study conducted in two chemotherapy centers between 2009-2011. The intervention group was subjected to relaxation with guided imagery; the intervention (n = 73) and control (n = 9) groups completed the Beck Depression Inventory. The most frequent cancers were breast, intestinal and gastric cancers. Statistically significant differences (p <0.05) were observed between the groups (Mann-Whitney test, p = 0.0158) and times (Wilcoxon test, p = 0.0401), and the intervention group had more patients "without depression" than the control group. According to Beck Depression Inventory, the results showed that intervention contributed to reduce the presence of depression among these patients. It is expected that this intervention be disseminated in routine nursing care, so that in the near future cancer patients may benefit from these therapies.(AU)

El propósito del estudio fue evaluar el efecto de la Relajación con Imagen Guiada sobre la depresión en pacientes con cáncer durante la quimioterapia. Estudio casi experimental, realizado en dos centrales de quimioterapia, entre 2009 y 2011. El grupo de intervención fue sometido a la relajación con imagen guiada; los grupos de intervención (n=73) y control (n=79) contestaron al Inventario de Depresión de Beck. Los tipos de cáncer más frecuentes fueron: de mama, intestinal y gástrico. Hubo diferencias de estadística significantes (p<0,05) entre los grupos (Test de Mann-Whitney, p=0,0158) y entre los tiempos (Test de Wilcoxon, p=0,0401). El grupo de intervención presentó más pacientes "sin depresión" que el de control. De acuerdo con el Inventario de Depresión de Beck, los resultados evidenciaron que la intervención contribuyó con la reducción de la presencia de depresión en eses pacientes. Se considera importante que la práctica de esa intervención sea divulgada y difundida en el trabajo diario del enfermero, para que, en un futuro prójimo, los pacientes oncológicos puedan beneficiarse con esas terapias.(AU)
Responsável: BR1508.9 - Departamento de Enfermagem


  2 / 9017 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: BIBLIO-832991 LILACS-Express
Autor: Carvalho, Adryangela Renata Martins de; Belém, Mônica de Oliveira; Oda, Juliano Yasuo.
Título: SOBREPESO E OBESIDADE EM ALUNOS DE 6-10 ANOS DE ESCOLA ESTADUAL DE UMUARAMA/PR / OVERWEIGHT AND OBESITY IN STUDENTS AGED 6-10 YEARS IN A STATE SCHOOL IN UMUARAMA/PR
Fonte: Arq. ciências saúde UNIPAR;21(1), jan.-abr. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: A obesidade e o sobrepeso vem crescendo de forma acentuada, principalmente na infância e na adolescência, tornando-se um grave problema de saúde pública. A obesidade infantil está crescendo acentuadamente em vários países incluindo o Brasil, sendo importante fator de risco para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares na vida adulta. O acúmulo de tecido adiposo, sobretudo abdominal, é fundamental para o desencadeamento da síndrome metabólica (SM). Objetivou-se identificar o perfil antropométrico e os fatores predisponentes da SM. Foi realizado um questionário, estudos antropométrico e nutricional de crianças de 6-10 anos de escola estadual de Umuarama/PR. Foi estudado um total de 226 crianças com média das idades de 8,68 anos, sendo a maioria meninas na faixa de 9 anos. Avaliou-se sobrepeso e obesidade entre as crianças de ambos os sexos, bem como a deficiência de atividade física e hábitos alimentares pouco saudáveis, favorecendo o aumento do IMC e score Z das crianças. Sendo assim, torna-se importante maior incentivo na qualidade e quantidade na atividade física e também orientações relacionadas à alimentação saudável, prevenido que essas crianças se tornem adultos obesos, diminuindo os riscos de desenvolverem a SM, além de evitar os problemas psicológicos gerados pela discriminação relacionada com o excesso de peso, que podem gerar ansiedade, depressão e até mesmo o isolamento social. Fica claro que o envolvimento familiar, juntamente com a escola torna-se essencial para o êxito da prevenção e tratamento da obesidade.

Obesity and overweight rates have been growing fast, mainly in childhood and adolescence, and are becoming a serious public health issue. Childhood obesity is sharply rising in several countries, including Brazil. It is also an important risk factor for the development of cardiovascular diseases in adulthood. The accumulation of fat, especially abdominal, is essential to trigger metabolic syndromes (MS). This study aimed at identifying the anthropometric profile and predisposing factors of MS. A questionnaire and an anthropometric and nutritional assessment were applied to children aged 6 to 10 years in a state school in Umuarama/PR. A total of 226 children with mean age of 8.68 years were studied, most of them being girls in the age range of 9 years old. Overweight and obesity were assessed among children of both genders, as well as the lack of physical activity and unhealthy eating habits favoring an increased BMI and Z score in the children. Therefore, it is important to have more incentive towards the quality and quantity of physical activities, and also guidance related to healthy eating, preventing these children to become obese adults, decreasing the risk of developing MS and avoiding the psychological problems generated by social discrimination regarding obesity, which can lead to anxiety, depression and even social isolation. A close relation between family and schools towards prevention and treating obesity is necessary.
Responsável: BR1532.9 - CEDIC - Coordenadoria de Editoração e Divulgação Científica


  3 / 9017 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: BIBLIO-832954
Autor: Spanemberg, Lucas; Parker, Gordon; Caldieraro, Marco Antonio; Vares, Edgar Arrua; Costa, Fernanda; Costa, Manuela Martins; Fleck, Marcelo Pio.
Título: Translation and cross-cultural adaptation of the Temperament & Personality Questionnaire into Brazilian portuguese / Tradução e adaptação cultural para o português brasileiro do Temperament and Personality Questionnaire
Fonte: Trends pychiatry psychother. (Impr.);36(4):218-218, Oct-Dec/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: The Temperament & Personality Questionnaire (T&P) is a self-report instrument designed to evaluate personality styles overrepresented in patients with depression. This report briefly describes the translation and adaptation of the T&P into Brazilian Portuguese. Methods: The procedures, which included 10 steps, followed guidelines for the adaptation of self-report instruments defined by the International Society For Pharmacoeconomics and Outcomes Research (ISPOR) Task Force for Translation and Cultural Adaptation. Results: The author of the original T&P questionnaire authorized and participated in the translation conducted by the authors and independent native speakers. Evaluation of the translated questionnaire indicated that only minor adjustments were required in the Portuguese version. Conclusions: The Brazilian version of T&P, translated and adapted following a rigid standardized process, is available for use free of charge and may be especially useful in pursuing links between personality styles and depressive conditions (AU)

Introdução: O Temperament & Personality Questionnaire (T&P) é um instrumento de autorrelato criado para avaliar quais estilos de personalidade têm maior representação em pacientes com depressão. Este trabalho descreve brevemente o processo de tradução e adaptação do T&P para o português brasileiro. Métodos: A tradução e a adaptação cultural se desenvolveram em 10 passos e seguiram as diretrizes para adaptação de instrumentos de autorrelato definidas por força-tarefa do ISPOR (International Society For Pharmacoeconomics and Outcomes Research). Resultados: O autor do questionário T&P original autorizou e participou da tradução feita pelos autores e por falantes nativos independentes. A avaliação do questionário traduzido mostrou que apenas pequenos ajustes foram necessários na versão em português. Conclusões: A versão brasileira do questionário T&P, traduzido e adaptado seguindo um rígido processo padronizado, está disponível gratuitamente e pode ser de grande utilidade na pesquisa sobre as relações entre estilos de personalidade e quadros depressivos (AU)
Descritores: Comparação Transcultural
Transtorno Depressivo Maior/psicologia
Personalidade/classificação
Testes de Personalidade/estatística & dados numéricos
Inquéritos e Questionários/normas
Temperamento
Tradução
-Transtorno Depressivo Maior/diagnóstico
Transtornos da Personalidade/classificação
Transtornos da Personalidade/psicologia
Inventário de Personalidade/estatística & dados numéricos
Guias de Prática Clínica como Assunto
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  4 / 9017 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Baptista, Makilim Nunes
Texto completo
Id: BIBLIO-832909
Autor: Cremasco, Gabriela da Silva; Baptista, Makilim Nunes.
Título: Depressão, motivos para viver e o significado do suicídio em graduandos do curso de psicologia / Depression, reasons for living, and the meaning of suicide in psychology undergraduates / Depresión, razones para vivir y el significado del suicídio en estudiantes del psicologia
Fonte: Estud. Interdiscip. Psicol;8(1):37-37, jun 2017. Tabelas.
Idioma: pt.
Resumo: Estima-se que de 15% a 25% dos universitários desenvolva algum transtorno mental na formação, sendo a depressão um dos mais prevalentes. O objetivo foi investigar índices de depressão e motivos para viver em graduandos de Psicologia. Participaram 77 alunos (M=22,83; DP=6,8; 72,7% mulheres). Foram aplicadas a Escala Baptista de Depressão (Versão-Adulto) (EBADEP-A), Escala de Motivos para Viver (EMVIVER) e uma pergunta aberta sobre o que os estudantes pensavam do suicídio. Encontrou-se correlações negativas entre a EBADEP-A e EMVIVER, demonstrando que à medida que aumenta a sintomatologia depressiva, os motivos para viver diminuem ou vice-versa. A análise qualitativa demonstrou que a maior parte dos participantes veem o suicídio como uma maneira de acabar com a dor/sofrimento, incapacidade de lidar com problemas, fuga, dentre outros. Verifica-se a necessidade de novas investigações para um maior conhecimento a respeito da compreensão do suicídio, de modo a possibilitar formas de prevenção (AU).

Among 15% to 25% of undergraduates develop a mental disorder during formation, being depression one of the most prevalent. The objective was to investigate rates of depression and reasons to live in undergraduate psychology students. Participated 77 students (M = 22.83, SD = 6.8; 72.7% female). They responded to the Escala Baptista de Depressão (Versão-Adulto) (EBADEP-A), Escala de Motivos para Viver (EMVIVER), and a open question concerning what the students thought about suicide. It was found negative correlations between EBADEP-A and EMVIVER, showing that as increases depressive symptoms, the reasons to live decrease or vice versa. Qualitative analysis showed that most of the participants see suicide as a way to end the pain/suffering, escape, among others. Investigation is necessary to provide better knowledge about suicide in order to make possible forms of preventions (AU).

Se estima que 15% a 25% de la universidad desarrollar un trastorno mental durante la formación, siendo uno de los más prevalentes depresión. El objetivo fue investigar las tasas de depresión y razones para vivir de psicología. Participado 77 alumnos (M =22.83, SD = 6,8; 72,7% mujeres). Ellos se aplicaron a Escala Baptista de Depressão (Versão-Adulto) (EBADEP-A), la Escala de Motivos para Viver (EMVIVER), y una pregunta relativa a lo que pensaban los estudiantes sobre el suicidio. Los resultados indicados a correlaciones negativas entre EBADEP-A y EMVIVER, lo que demuestra que a medida que aumenta síntomas depresivos, las razones para vivir disminución o viceversa. El análisis cualitativo mostró que la mayoría de los sujetos de estudio ver el suicidio como una manera de acabar con el dolor/sufrimiento, incapacidad de hacer frente a los problemas, escape, entre otros. Hay una necesidad de una mayor investigación para proporcionar un mejor conocimiento acerca de la comprensión de suicidio con el fin de hacer posibles formas de prevención de la misma (AU).
Descritores: Depressão
Suicídio
Estudantes
Transtornos Mentais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR512.1 - Biblioteca Setorial do Centro de Ciências da Saúde


  5 / 9017 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: BIBLIO-832858 LILACS-Express
Autor: Xavier, Suelen Recepute(ccp); Alves, Elisa Lima(ccp); Baraky, Letícia Raquel(ccp); Bonato, Letícia Ladeira(ccp); Ferreira, Luciano Ambrósio(ccp); Figueiredo, Ricardo Rodrigues(ccp); Guimarães, Josemar Parreira(ccp); Grossmann, Eduardo(ccp).
Título: Evaluation of depressive symptoms and qualit y of life in individuals with tinnitus and temporomandibular disorders / Avaliação da presença de sintomas depressivos e qualidade de vida de indivíduos portadores de zumbido e desordens temporomandibulares
Fonte: Saude e pesqui. (Impr.);9(3):423-423, set-dez 2016.
Idioma: en.
Resumo: Various etiologies are attributed to the development of subjective tinnitus, but their inter-relationship with the presence of temporomandibular disorders and depression is still poorly understood. To assess the presence of depressive symptoms in individuals with TMD and subjective tinnitus, assessing the impact on their quality of life. This is a cross-sectional observational descriptive study. We evaluated 44 patients in a public University. For TMD diagnosis as well as assessment of depressive symptoms, the RDC/TMD questionnaire was used. Otolaryngological assessment was conducted by means of pure tone, speech, and immitance audiometry. The "Tinnitus Handicap Inventory" questionnaire was also administered. 84% of the individuals with tinnitus had myofascial pain, with the masseter muscle being the most prevalent area of pain, and 16% exclusively had painful and/or degenerative TMJ changes. Among the patients with myofascial pain, 86,5% had depressive symptoms, while among those without myofascial pain, only 42,8% presented these symptoms. Eleven (11) patients (25%) reported slight impact of tinnitus on quality of life, 15 (34%) mild impact, 7 (16%) moderate, 7 (16%) severe, and 4 (9%) catastrophic impact. There was a positive association between the presence of myofascial pain and depressive symptoms (p=0,02), as the intensity of tinnitus increases and the severity of depressive symptoms (p<0,01).

Diversas etiologias são atribuídas ao desenvolvimento do zumbido subjetivo, contudo sua inter-relação com a presença das desordens temporomandibulares e depressão é ainda pouco compreendida. Avaliar a presença de sintomas depressivos em indivíduos portadores de DTM e zumbido subjetivo, avaliando o impacto da presença do zumbido na qualidade de vida dos mesmos. Tipo de estudo: trata-se de um estudo descritivo observacional transversal. Foram avaliados 44 pacientes do Serviço ATM da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Juiz de Fora. Para diagnóstico das DTM assim como avaliação dos sintomas depressivos, foi utilizado o questionário do RDC/TMD. Foi realizada avaliação otorrinolaringológica, sendo feitas a audiometria tonal, vocal e imitanciometria. Também foi aplicado o questionário "Tinnitus Handicap Inventory". Dos 84% indivíduos com zumbido apresentaram dor miofascial, sendo o músculo masseter a região mais prevalente de dor, e 16% possuíram exclusivamente alterações álgicas e/ou degenerativas da ATM. Dentre os portadores de dor miofascial, 86,5% apresentaram sintomas depressivos, enquanto naqueles sem dor miofascial a presença destes sintomas estava presente em apenas 42,8%. 11 indivíduos (25%) relataram impacto do zumbido na qualidade de vida desprezível, 15 (34%) impacto leve, 7 (16%) moderado, 7 (16%) severo e 4 (9%) impacto catastrófico. Houve associação positiva entre a presença de sintomas depressivos e dor miofascial (p=0,02), assim como relação direta entre o aumento da intensidade do zumbido e a severidade dos sintomas depressivos (p<0,01).
Responsável: BR1934.9 - UniCesumar - Centro Universitário de Maringá


  6 / 9017 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-832821
Autor: Campos, Érico Bruno Viana.
Título: Uma perspectiva psicanalítica sobre as depressões na atualidade / A psychoanalytical perspective on nowadays depression / Una perspectiva psicoanalítica sobre la depresión en el presente
Fonte: Estud. Interdiscip. Psicol;7(2):44-44, dez. 2016.
Idioma: pt.
Descritores: Depressão
Psicanálise
Psicopatologia
Medicalização
ETHNOL
Responsável: BR512.1 - Biblioteca Setorial do Centro de Ciências da Saúde


  7 / 9017 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: BIBLIO-832724 LILACS-Express
Autor: Dametto, Ericson(aut).
Título: Neuropsychiatric manifestations and epidemiology of neurocysticercosis / Manifestações neuropsiquiátricas e epidemiologia de neurocisticercose
Fonte: Rev. bras. neurol;53(1):14-14, jan.-mar. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Neurocysticercosis (NCC) is the brain infection caused by larval stages of the helminth Taenia solium. The embryos of Taenia travel through the bloodstream and can reach the brain, muscles, eyes, and various organs. In the brain, the psychiatric manifestations are mood disorders, depression and anxiety, which are commonly associated with epilepsy and sensory-motor deficits. Neurocysticercosis is a frequent parasitic disease in the world population; it is endemic in Central and South America, Asia and Sub-Saharan Africa. In the present review, we report the major symptoms and signals of neurocysticercosis common to neurological and psychiatric illnesses. We briefly present Epidemiology of those manifestations and analyze the relationship between pathological changes and NCC symptomatology. Objectives and Methodology. A literature review was conducted to characterize epidemiological, neurological and psychiatric manifestations of NCC. The final 90 papers were selected of a set of 937 publications from 2010 to 2016. Results. NCC is a major cause of epilepsy in endemic areas; further- more, leads to a diversity of motor and sensitive deficits, manifestations vary from headache to severe intracranial hypertension. Potentially fatal conditions include arteritis, encephalitis and hydrocephalus. Depression and cognitive decline remain among the most important psychiatric manifestations. Neuropsychiatric manifestations, Epidemiology, and neuroimaging provide diagnostic criteria. Brain scans may reveal one or diverse cysts filled with fluid within a scolex (parasite's head). Conclusion. NCC's diversity of presentations encourage health professionals to consider it in diagnoses, especially in endemic countries, and also in non-endemic areas because migrants and travelers are subject to contagious. Treatment consists in use of antiparasitic drugs (albendazol, praziquantel) and drugs to treat associated conditions (anticonvulsants, corticosteroids). Surgery is reserved to extirpate the parasite from particular locations (eyes, spinal cord, cerebral ventricles) or to differentiate NCC from tumors, tuberculosis, mycosis, etc. Prevention includes treatment of intestinal helminthiasis, sanitation in animal farming, food preparing hygiene, quality control of water and food.

Neurocisticercose é a infecção cerebral causada pelos estágios lar- vais do helminto Taenia solium. Os embriões da Taenia deslocam-se através da corrente sanguínea e podem atingir o cérebro, músculos, olhos e vários órgãos. No cérebro, as manifestações psiquiátricas são transtornos de humor, depressão e ansiedade, as quais estão comumente associados com epilepsia e deficiências sensório-motoras. Neurocisticercose é uma parasitose frequente na população mundial, é endêmica na América Central e do Sul, Ásia e África subsaariana. Na presente revisão, relatamos os principais sintomas e sinais de neurocisticercose pertinentes a doenças neurológicas e psiquiátricas. Nós brevemente apresentamos a Epidemiologia dessas manifestações, e analisamos a relação entre alterações patológicas e sintomatologia da NCC. Objetivos e Metodologia. Uma revisão da literatura foi conduzida para caracterizar a epidemiologia, as manifestações neurológicas e psiquiátricas de NCC. Os 90 artigos finais foram selecionados de um conjunto de 937 publicações entre 2010 a 2016. Resultados. NCC é uma importante etiologia de epilepsia em áreas endêmicas, além disso causa uma diversidade de deficiências motoras e sensoriais, as manifestações variam de cefaleia a severa hipertensão intracraniana. Condições potencialmente fatais incluem arterites, encefalites e hidrocefalia. Depressão e declíneo cognitive permanecem entre as mais importantes manifestações psiquiátricas. Manifestações neuropsiquiátricas, epidemiologia e neuroimagem provêm os critérios de diagnóstico. As imagens cerebrais podem revelar um ou diversos cistos preenchidos com líquido e o escólex (cabeça) do parasito. Conclusões. A diversidade de apresentações da NCC encoraja os profissionais de saúde a considerá-la dentre os diagnósticos, especialmente em países endêmicos; e também em áreas não-endêmicas, pois migrantes e viajantes estão sujeitos ao contágio. O tratamento consiste no uso de antiparasíticos (albendazol, praziquantel) e medicamentos para tratar condições associadas (anticonvulsivantes, corticosteróides). Cirurgia é reservada para remoção do parasito de locais particulares (olhos, medula espinhal, ventrículos cerebrais) ou para diferenciar NCC de tumores, tuberculose, micose, etc. Prevenção inclui o tratamento de helmintíases intestinais, sanidade animal, higiene ao preparar alimentos, controle da qualidade da água e alimentos.
Responsável: BR772


  8 / 9017 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-832690
Autor: Costa, Fabrycianne Gonçalves; Coutinho, Maria da Penha de Lima.
Título: Síndrome depressiva: um estudo com pacientes e familiares no contexto da doença renal crônica / Depressive syndrome: a study with patients and families in the context of chronic renal disease / Síndrome depresiva: un estudio con pacientes y sus familias en el contexto de la enfermedad renal crónica
Fonte: Estud. Interdiscip. Psicol;7(1):55-55, jun. 2016. tabelas.
Idioma: pt.
Resumo: No contexto da doença renal crônica, uma comorbidade frequente é a depressão, que pode estar relacionada aos fatores adversos do meio social ou inerentes ao próprio tratamento. Neste estudo, objetivou-se mensurar a sintomatologia depressiva em pacientes renais crônicos e seus cuidadores/familiares e relacioná-la as variáveis biossociodemográficas. Participaram do estudo 50 pacientes e 50 familiares, que responderam a um questionário sociodemográfico e à Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão. Constatou-se um índice de 20% de sintomatologia depressiva nos pacientes, sendo o índice maior entre os pacientes solteiros (50%). Nos familiares, a prevalência dos sintomas depressivos foi de 46%, observando-se correlação positiva entre o tempo de cuidado e a depressão. A incidência de depressão encontrada entre os familiares de pacientes suscita a necessidade de atendimentos psicossociais a esse grupo, que por vezes é tratado como sub-prioritário e nem sempre são assistidos pelas políticas públicas de saúde.

in the context of chronic renal disease, one frequent comorbidity is depression, which is related to the adverse factors of the social environment or inherent to the treatment. In this research, we sought to measure depressive symptoms in chronic renal patients and their families, relating it to sociodemographic variables. Patients and their families answered a sociodemographic questionnaire and the Hospital Anxiety and Depression Scale (50 participants in each group). Almost 20% of the patients had depression, and the rate was greater among the single ones (50%). In the family members, the prevalence of depressive symptoms was 46%, and there was a positive correlation between the treatment duration and depression. The incidence of depression found among the patients' families draws attention for psychosocial care attentions directed to this group, which is often underprivileged and unassisted by public health policies.

En el contexto de la enfermedad renal crónica, la depresión es una comorbilidad frecuente que puede estar relacionada con factores adversos del entorno social o inherentes al tratamiento. Este estudio tuvo como objetivo medir los síntomas depresivos en pacientes renales crónicos y sus cuidadores/familiares y relacionarlos con las variables sociodemográficas. El estudio incluyó a 50 pacientes y 50 miembros de la familia, que respondieron a un cuestionario sociodemográfico y la Escala Hospitalaria de Ansiedad y Depresión. Se encontró una tasa de 20% de la depresión en pacientes, la tasa más alta entre los pacientes individuales (50%). En los miembros de la familia, la prevalencia de síntomas depresivos fue del 46%, con una correlación positiva entre el tiempo de atención y depresión. La incidencia de la depresión que se encontró entre los familiares de los pacientes levanta la necesidad de atención psicosocial a este grupo, que a veces es tratado como sub-prioridad y no siempre son asistidos por las políticas de salud pública.
Descritores: Depressão
Insuficiência Renal Crônica/psicologia
Cuidadores
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 9017 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-832503
Autor: Lentsck, Maicon Henrique; Pilger, Calíope; Schoereder, Elismara Prates; Prezotto, Kelly Holanda; Mathias, Thais Aidar de Freitas.
Título: Prevalência de sintomas depressivos e sinais de demência em idosos na comunidade / Prevalence of depressive symptoms and signs of dementia in the elderly in the community
Fonte: Rev. eletrônica enferm;17(3):[9]-9, 201507331. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo transversal que analisou a prevalência de sintomas depressivos, sinais de demência e fatores associados em idosos residentes em município do sul do Brasil. Foi realizado inquérito domiciliar a uma amostra de 359 idosos cadastrados nas Unidades Básicas de Saúde, utilizando questionário Brazil Old Age Schedule. Para análise dos fatores associados empregou-se teste Qui-Quadrado e Razão de Prevalência. A prevalência de sintomas depressivos foi 65,2%, maior para mulheres (RP=1,2; p=0,029) e idosos que moram só (RP=1,3; p=0,009). Os sinais de demência, presentes em 37,6%, foram mais frequentes em mulheres (RP=1,8; p<0,001), idosos de 70 a 79 anos (RP=1,4; p=0,014), de 80 anos e mais (RP=1,6; p=0,015), viúvos (RP=1,7; p<0,001) e analfabetos (RP=2,8; p<0,001). A compreensão dos fatores associados aos sintomas depressivos e sinais de demência é essencial para aperfeiçoar ações em saúde mental do idoso na comunidade, principalmente mulheres, viúvos, acima de 70 anos, analfabetos e que moram sozinhos.

A cross-sectional study that analyzed the prevalence of depressive symptoms, signs of dementia and associated factors in seniors residing in a city located in the south of Brazil. A house survey was conducted in a sample of 359 seniors registered in the Basic Health Units, using the questionnaire Brazil Old Age Schedule. To analyze associated factors, Chi- Square test and Prevalence Ratio were calculated. The prevalence of depressive symptoms was 65,2%, higher for women (PR = 1,2; p=0,029) and for elders living alone (PR=1,3; p=0,009). Dementia signs were present in 37,69%, they were more frequent in women (PR=1,8; p<0,001), elders of 70 to 79 years (PR=1,4; p=0,014), of 80 or more years (PR=1,6; p=0,015), widowed (PR=1,7; p<0,001) and illiterate (RP=2,8; p<0,001). It is essential to comprehend the associated factors to depressive symptoms and signs of dementia to improve mental health actions for the elderly in the community, especially for women, widowed, those aged more than 70 years, illiterate and those living alone.
Descritores: Depressão/complicações
Demência/complicações
Prevalência
Serviços Comunitários de Saúde Mental
Enfermagem Geriátrica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central


  10 / 9017 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-832419
Autor: Martinelli, Martina Tierling; Trombetta, Tainã Paulo Zanata; Netto, Martins Back; Cunha, Romilton Crozetta da.
Título: Pectus Excavatum e Situs Inversus Totalis: um relato de caso / Pectus excavatum and situs inversus totalis: a case report
Fonte: Rev. AMRIGS;60(3):244-244, jul.-set. 2016. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O Pectus Excavatum consiste em uma deformidade óssea torácica caracterizada, basicamente, pela depressão do esterno e das cartilagens costais inferiores, podendo cursar com alterações da extremidade anterior das costelas na sua articulação com as cartilagens costais. Ademais, o Situs Inversus Totalis (STI) é caracterizado pelo desenvolvimento das vísceras no lado oposto de sua topografia habitual acompanhada de dextrocardia; ápice cardíaco voltado para a direita. Os autores relatam um caso combinado de Pectus Excavatum e Situs Inversus Totalis em um paciente jovem, do sexo masculino, diagnosticado no período da puberdade e discutem brevemente acerca de uma revisão literária do caso(AU)

Pectus excavatum is a chest bone deformity characterized primarily by depression of the sternum and the lower costal cartilages, which may be accompanied by changes in the anterior end of the ribs in its articulation with rib cartilage. In addition, the situs inversus totalis (SIT) is characterized by the development of the viscera on the opposite side of its usual topography accompanied by dextrocardia; cardiac apex facing the right. The authors report a combined case of pectus excavatum and situs inversus totalis in a young male patient diagnosed in the puberty period and briefly discuss about a literature review of the case(AU)
Descritores: Tórax em Funil
Dextrocardia
Situs Inversus
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA



página 1 de 902 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde