Base de dados : LILACS
Pesquisa : depressao
Referências encontradas : 7778 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 778 ir para página                         

  1 / 7778 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 721718 LILACS-Express
Autor: Steffens, Ricardo de Azevedo Klumb; Viana, Maick da Silveira; Liz, Carla Maria de; Brandt, Ricardo; Bevilacqua, Guilherme; Andrade, Alexandro.
Título: Efeito da prática conjunta da caminhada e yoga no sono, depressão e qualidade de vida em pacientes com síndrome da fibromialgia / Effect of joint practice of walking and yoga on sleep, depression, and quality of life in patients with fibromyalgia syndrome
Fonte: Conscientiae saúde (Impr.);12(3), 30 set. 2013.
Idioma: pt.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 7778 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 721585
Autor: Chaves, Anne Fayma Lopes.
Título: Sintomas depressivos no puerpério e sua implicação na autoeficácia de amamentar [manuscrito] / Depressive symptoms in the postpartum period and their implication in breastfeeding self-efficacy [manuscript].
Fonte: Fortaleza; s.n; 2012.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem. Departamento de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: São diversos os fatores que interferem no processo de decisão da mulher em amamentar, dentre eles os sintomas depressivos, sendo um fator preocupante para os serviços de saúde que prestam assistência na área materno-infantil. O objetivo deste estudo foi investigar a relação dos sintomas depressivos no puerpério com a autoeficácia da mãe em amamentar. Desenvolveu-se um estudo correlacional, do tipo longitudinal, com abordagem quantitativa realizado nos Hospitais Distritais Gonzaga Mota do Município de Fortaleza. A amostra foi composta por 184 puérperas. A coleta de dados ocorreu no período de abril a julho de 2012 seguindo duas etapas: a primeira ocorreu no alojamento conjunto com a aplicação do formulário com dados sociodemográfico e obstétrico e da Breastfeeding Self-Efficacy Scale - Short Form (BSES-SF); a segunda foi realizada através de um telefonema entre 30-45 dias pós-parto no qual foi aplicado a Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS) e o formulário contendo perguntas sobre o pós-parto e a saúde da criança...(AU)

There are several factorsthat interferein thewomen'sdecision to breastfeed,among them thedepressive symptoms, a concerningfactorfor health services that provide maternal and childhealthcare.This study aimedto investigate the relationship of depressive symptomsinpostpartumand breastfeedingself-efficacy.We developed acorrelationalstudy oflongitudinaltype, with quantitative approach carriedout at theGonzaga Mota DistrictHospitals in the city of Fortaleza-CE, Brazil. The sample consisted of 184puerperas. Datacollectionhappenedfrom April to July 2012 following two steps: the first occurred inrooming with the applicationof a questionnaire with obstetric and socio-demographic dataand the Breastfeeding Self-Efficacy Scale–ShortForm(BSES-SF);the second wasperformedthrough aphone call between 30and45 daysofpostpartum,inwhichweappliedthe Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS) and thequestionnaire onpostpartum andchild health. The study was approved by theResearchEthics Committee of the FederalUniversity ofCeará. Fordata analysiswe usedtheSPSSprogramversion 19...(AU)
Descritores: Depressão Pós-Parto
Aleitamento Materno
Autoeficácia
Limites: Feminino
Gravidez
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 7778 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 721359 LILACS-Express
Autor: Coutinho, Maria da Penha de Lima; Oliveira, Marcelo Xavier de; Pereira, Denise Reinaldo; Santana, Inayara Oliveira de.
Título: Indicadores psicométricos do Inventário de Depressão Infantil em amostra infanto-juvenil / Psychometric Indicators of Children's Depression Inventory and Childhood Sample / Indicadores Psicométricos del Inventario de Depresión Infantil en una Muestra Infanto-Juvenil
Fonte: Aval. psicol;13(2):269-276, ago. 2014. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo verificou aspectos de validade, fidedignidade e normatização do Inventário de Depressão Infantil (CDI) numa amostra da população de crianças e adolescentes da cidade de Teresina - PI. Participaram do estudo 730 escolares, entre 9 e 17 anos (M=13,6; DP=2,45), 55,7% do sexo feminino. Efetuou-se uma análise fatorial com o método Maximum Likelihood - ML e os resultados indicaram uma solução unifatorial, composta por 17 itens. Esta estrutura explicou 22,56% da variância total, com índice de consistência interna α=0,82 (alfa de Cronbach). Sugere-se o ponto de corte 16 como screening na identificação dessa alteração psicoafetiva. Os resultados revelaram que o instrumento possui parâmetros psicométricos aceitáveis para a estrutura unifatorial mantida e reforçam sua validade e utilidade na identificação de sintomas depressivos no contexto infanto-juvenil.(AU)

This study aimed for the verification of validity, fidedignity and normalization aspects of the Children's Depression Inventory (CDI) for a children and teenagers population sample in the city of Teresina, PI. Seven hundred and thirty scholars participated in the study with ages ranging from nine to seventeen (M=13.6; DP=2.45), being 55.7% female. It was made a factor analysis based on the Maximum Likelihooh method - ML and the results indicated anunifactor solution, consisted by seventeen items. The structure explained 22.56% of total variance, with a internal consistency indicator of α=0.82 (Cronbach’s alpha). It is suggested a cut-off point of sixteen to be used as screening in the identification of these psychoaffective changes. Results revealed the instrument possess acceptable psychometric parameters to the unifactor structure kept and reinforce its validity and utility in the identification of depressive symptoms in the juvenille context.(AU)

En este estudio, el objetivo ha sido la verificación de aspectos de eficacia, fidedigno y estándar del Inventario de la Depresión Infantil (CDI) para una muestra de población de niños y adolescentes de Teresina - PI. Participaron en el estudio 730 alumnos, con edades entre 9 y 17 años (M=13,6; DP=2,45), siendo el 55,7% del sexo femenino. Se ha efectuado un análisis factorial a partir del método Maximum Likelihood - ML y los resultados indicaron una solución unifactorial, compuesta por 17 ítems. Esta estructura determinó un 22,56% de la variancia total, con un índice de consistencia interna α=0,82 (alfa de Cronbach). La sugerencia de este estudio proporciona un punto de corte 16 para ser utilizado como screening en la identificación de esta alteración psicoafectiva. Los resultados apuntan parámetros psicométricos aceptables para la estructura factorial mantenida y refuerzan su eficacia y utilidad en la identificación de los síntomas depresivos en el contexto infanto-juvenil.(AU)
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  4 / 7778 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Yazigi, Latife
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 721348 LILACS-Express
Autor: Hisatugo, Carla Luciano Codani; Yazigi, Latife.
Título: Estudo exploratório com indivíduos com depressão por meio do Rorschach, Sistema Compreensivo / An exploratory study in patients with depression by the Rorschach Comprehensive System / Un estudio exploratorio en los pacientes con depresión por el Sistema Comprensivo del Rorschach
Fonte: Aval. psicol;13(2):157-166, ago. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Realizou-se estudo exploratório com indivíduos diagnosticados com depressão. Participaram 79 adultos caracterizados como: G1, depressivos unipolares (n=38); G2, depressivos com deslizes cognitivos (n=25); e G3, não depressivos com transtornos mentais (n=16). A análise descritiva e comparativa entre grupos considerou as seguintes variáveis do Rorschach: capacidade de produção, R; foco de atenção, Lambda; tipo de adaptação/vivência, EB; índice de depressão, DEPI. Para diagnóstico, usou-se entrevista Clínica Psiquiátrica, SCID-I e II. Médias de R encontradas foram: G1=24,0; G2=20,0; G3=26,0. Médias de Lambda: G1=0,96; G2=1,21; G3=1,10. O EB tipo ambigual predominou nos grupos. Diferenças no DEPI para o G1 foram: sombreado vista [FV+VF+V>0], p=0,016; cor acromática [SumC’>2], p=0,009; índice de egocentrismo [EGO<.33], p=0,0002. Os dados indicaram autocrítica negativa, baixa autoestima e sofrimento elevado no grupo de depressivos unipolares. Os depressivos com deslizes cognitivos apresentaram foco de atenção mais restrito. Todos os grupos demonstraram boa capacidade de produção, entretanto com limitação crônica de algumas habilidades adaptativas.(AU)

An exploratory study was conducted in patients diagnosed with depression. Seventy-nine adults participated characterized as: G1, unipolar depressive (n=38); G2, with depressive cognitive slips (n=25), and G3, nondepressed with mental disorders (n=16). A descriptive and comparative analysis between groups considered Rorschach variables: production capacity, R; focus of attention, lambda; EB style and the Depression Index, DEPI. The Structured Clinical Interview for DSM, SCID-I and II was used for the assessment of the sample. Means of R were: G1=24.0, G2=20.0, G3=26.0. Averages for Lambda: G1=0.96, G2=1.21, G3=1.10. The EB ambigual type prevailed in all the groups. Differences in DEPI for G1 were: shaded view [FV+VF+V>0], p=0.016; achromatic color [SumC’>2], p=0.009, and egocentricity index [EGO<.33], p=0,0002. The data indicated negative self-criticism, low selfesteem and suffering higher in the group of unipolar depressive. The depression with cognitive slips showed more restricted focus of attention. All groups demonstrated adequate production capacity, however chronic limitation of adaptive skills.(AU)

Estudio exploratorio se llevó a cabo en los pacientes diagnosticados con depresión. Setenta y nueve adultos participaron caracterizados como: [G1] depresivo unipolar (n=38); [G2] con resbalones cognitivos de depresión (n=25), y [G3] no deprimidos con trastornos mentales (n=16). El análisis descriptiva y comparativa entre grupos consideraron variables de Rorschach: la capacidad de producción, R; el enfoque de la atención, lambda; Tipo de Vivencia, EB; y el índice de depresión, DEPI. Para el diagnóstico fueron utilizada la entrevista Clínica Psiquiátrica, SCID-I y II. Las medias de R fueron: G1=24,0; G2=20,0; G3=26,0. Las medias de Lambda: G1=0,96; G2=1,21; G3=1,10. El tipo EB ambigual predominó en todos los grupos. Las diferencias en la DEPI para G1 fueron sombreadas vista [FV+VF+V>0], p=0,016; color acromático [SumC’>2], p=0,009; y el egocentrismo [EGO<.33], p=0,0002. Los datos indicaron autocrítica y auto-estima baja y el sufrimiento mayor en el grupo de depresión unipolar. La depresión con resbalones cognitivas mostró más estrecho foco de atención. Todos los grupos demostraron adecuada capacidad de producción, sin embargo la limitación crónica de algunas habilidades de adaptación.(AU)
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  5 / 7778 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 721077
Autor: Pinto, Lécio Figueira.
Título: Disfunção cognitiva em pacientes com epilepsia associada à esclerose mesial temporal. Estudo comparativo do perfil neuropsicológico de pacientes com lesão à direita ou à esquerda pela análise de aspectos eletrencefalográficos / Cognitive dysfunction in mesial temporal sclerosis associated epilepsy. A comparative study of patients' neuropsychological profiles, according to electrographic involvement, in right and left lesions.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 172 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: INTRODUÇÃO: Acometimento em diversos domínios cognitivos (funções executivas, linguagem, memória episódica e semântica) são complicações reconhecidas da epilepsia associada à esclerose mesial temporal (EMT). Também é reconhecido déficit de memória específico para material verbal e não verbal, segundo a lateralidade da lesão. Atividade epileptiforme (ictal e interictal) pode comprometer funções cognitivas. O impacto do envolvimento eletrográfico contralateral nas funções cognitivas em pacientes com EMT unilateral não foi estudado. METÓDOS: Avaliamos o impacto da atividade epileptiforme contralateral em funções cognitivas em 121 pacientes com EMT unilateral (69 EMT esquerda), destros, com QI>70, oito ou mais anos de escolaridade, sem comorbidades, e 39 controles pareados por sexo, idade e escolaridade. Todos os pacientes foram submetidos a monitorização por vídeo-EEG e avaliação neuropsicológica, que incluiu: memória verbal (Rey Auditory Verbal Learning Test, RAVLT), não verbal (Rey Visual Design Learning Test, RVDLT, figura complexa de Rey) funções executivas (Stroop, teste classificação cartões de Wisconsin, repetição de dígitos e fluência verbal - FAS), linguagem (teste nomeação de Boston), escalas de ansiedade e depressão e questionário de queixas de memória. Segundo os achados eletrográficos, classificamos os pacientes com EMT unilateral em direito e esquerdo concordantes (DC, EC), parcialmente concordantes (DPC, EPC) e discordantes (DD, ED), reagrupados, em seguida, por dois critérios: maior discordância (parcialmente concordantes + concordantes) e menor discordância (parcialmente concordantes + discordantes). RESULTADOS: Dados demográficos, características da doença e tratamento não diferiram entre grupos. EC e ED tiveram pior desempenho que controles em memória verbal tardia. Após sete dias, ED tiveram pior desempenho que controles e DC+DPC em evocação livre, em reconhecimento e erros de reconhecimento que os demais grupos...(AU)

INTRODUCTION: Mesial temporal sclerosis (MTS) associated epilepsy leads to cognitive changes in various cognitive domains, including episodic and semantic memory, executive functions, and language. A material-specific model for memory impairment has been proposed. Ictal and interictal epileptiform activity may negatively impact on cognitive functions. The impact of contralateral electrographic involvement on cognitive functions in unilateral MTS has not been studied. METHODS: We retrospectively studied the impact of contralateral interictal and ictal epileptiform activity on cognitive functions in 121 (69 left) right-handed unilateral MTS patients, with an IQ>70, eight or more education years, without comorbidities, and 39 age, gender and education-matched controls. All patients underwent video-EEG monitoring and neuropsychological testing, including verbal (Rey Auditory Verbal Learning Test, RAVLT) and nonverbal memory (Rey Visual Design Learning Test, RVDLT, and Complex-Rey-Osterrieth-Figure), executive functions (Stroop, Wisconsin Card Sorting Task, digit span and verbal fluency - FAS), language (Boston Naming Test) and self- report scales for anxiety, depression, and memory complaints. According to MTS side and EEG findings groups were classified as right or left concordant (RC,LC), partially concordant (RPC, LPC), discordant (RD, LD). Groups were regrouped by two criteria: major discordance (merging partially concordant and concordant groups) and minor discordance (merging partially concordant and discordant groups). RESULTS: Demographic, disease and treatment features did not differ among groups. On verbal memory, LD and LC performed worse than controls on delayed recall. On 7-day recall, LD scored significantly worse than controls and RC+RPC, recognized fewer words and had more recognition errors than all groups. On nonverbal memory, RD had more errors in RVDLT learning than controls, and showed a trend towards worse performance compared to RC+RPC...(AU)
Descritores: Epilepsia do Lobo Temporal
Hipocampo
Eletroencefalografia
Cognição
Neuropsicologia
Memória
Testes de Linguagem
Função Executiva
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Aulas
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1


  6 / 7778 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 721074
Autor: Gigante, Alexandre Duarte.
Título: Estudo do hipocampo de portadores de transtorno afetivo bipolar após o primeiro episódio de mania através do uso da espectroscopia por ressonância magnética de próton (1H-ERM) / Study of the hippocampus of bipolar disorder patients after the first episode of mania using proton magnetic resonance spectroscopy (1H-MRS).
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 149 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A investigação da fisiopatologia do transtorno bipolar em pacientes no início da doença é uma estratégia para evitar um potencial efeito de confusão associado à duração da doença, presença de múltiplos episódios de alteração do humor e tratamento medicamentoso. Nosso objetivo foi investigar, in vivo, metabólitos neuronais do hipocampo de portadores de transtorno afetivo bipolar (TAB) usando a espectroscopia por ressonância magnética de próton (1H-ERM) logo após o seu primeiro episódio de mania. Para isso, foram estudados cinqüenta e oito pacientes com TAB tipo I, classificados de acordo com os critérios do DSM-IV (APA, 2000), após o primeiro episódio de mania e 27 indivíduos saudáveis utilizando a 1H-ERM com um aparelho Philips Achieva de 3T. Voxels com 30X15X15 mm foram posicionados no hipocampo em ambos os lados do cérebro e o sinal foi adquirido utilizando uma sequência PRESS com TE = 35ms e TR = 2000ms. A análise dos dados foi realizada utilizando o programa LC Model. Os níveis de N-acetil-aspartato, compostos de colina, mio-inositol, creatina e glutamina + glutamato (Glx) foram comparados entre os grupos e não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre eles. Esses achados sugerem que no início do curso do TAB não há alterações no metabolismo neuronal ou vulnerabilidade no hipocampo após o primeiro episódio maníaco.(AU)

The investigation of the pathophysiology of bipolar disorder in patients at disease onset is a strategy to avoid a potential confounding effect associated with disease duration, presence of multiples mood episodes and pharmacological treatment. Our purpose was to investigate, in vivo, neuronal metabolites in the hippocampus of bipolar disorder (BD) patients using proton magnetic resonance spectroscopy (1H-MRS) soon after their first manic episode. We studied fifty-eight BD I patients meeting DSM-IV (APA, 2000) criteria following their first episode of mania and 27 healthy subjects using 1H-MRS with a 3.0 T Philips Achieva scanner. Voxels with 30X15X15 mm were placed in the hippocampus on both sides of the brain and the signal was collected using a PRESS sequence with TE = 35ms and TR = 2000ms. Data analysis was performed using the LC Model software. N- Acetyl-Aspartate, choline compounds, myo-inositol, creatine and glutamine + glutamate (Glx) levels were compared between the groups and no statistically significant differences were found. These results suggest that early in the course of BD there are no alterations in neuronal metabolism or vulnerability in the hippocampus after the first manic episode.(AU)
Descritores: Espectroscopia de Ressonância Magnética
Transtornos do Humor
Transtorno Bipolar
Hipocampo
Neuroquímica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1


  7 / 7778 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 720728 LILACS-Express
Autor: Gomez, Vanessa Ruiz Vaz; Bazon, Marina Rezende.
Título: Association between child maltreatment indicators and developmental problems in early childhood education / Associação entre indicadores de maus tratos infantis e presença de problemas desenvolvimentais em crianças em início de escolarização
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;24(2):214-220, 2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Short and long-term exposure to maltreatment can increase the risk of developmental problems. OBJECTIVE: To characterize a sample of children in early education with regard to the presence of indicators of child abuse and emotional and behavioural problems and to determine the association between these variables. METHODS: The sample consisted of 40 elementary school children whose parents or guardians and teachers (n = 6) gave permission for their participation in this study. Data were obtained using the Phrase Inventory of Intra-family Child Abuse (PIICA) and the Teacher's Report Form (TRF). Descriptive and inferential statistical analyses were made. RESULTS: The average score in IFVD was 17.82, which is out of range of risk, according to the instrument instructions. However, 30% of the sample with suspicions of maltreatment obtained a score higher than 23. The sample was divided into two groups for comparison according to the TRF (victimized and non-victimized). Significant differences were found in Total Problems and in Internalizing Problems, although the averages of the item responses from both groups were considered normal at all levels and in all sub-items. CONCLUSION: Children that present indicators of abuse are also likely to present indicators of depression and anxiety at non-clinical levels, corroborating other studies. However, the convenience sample in this study may have introduced a bias in terms of maltreatment severity. Further studies with larger and more diverse samples are necessary.(AU)

INTRODUÇÃO: a experiência de maus tratos constitui-se em um importante fator de risco ao desenvolvimento humano, a curto e longo prazo. OBJETIVO: caracterizar uma amostra de crianças em início de escolarização quanto à presença de indicadores de maus tratos infantis e à de problemas emocionais e comportamentais e verificar a associação entre essas variáveis. MÉTODOS: a amostra (n = 40) foi composta por todas as crianças do 1º ano de uma escola municipal cujos pais/responsáveis autorizaram, e seus respectivos professores (n = 6). Para a coleta de dados empregou-se o Inventário de Frases no Diagnóstico de Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes (IFVD) e o Teacher's Report Form (TRF). Procedeu-se a análises descritivas e inferenciais. RESULTADOS: a pontuação média no IFVD foi de 17,82, fora da faixa de risco, segundo as normas do instrumento. Porém, 30% da amostra obtiveram escore superior a 23, o preconizado para suspeitar de maus tratos. Com isso, estabeleceu-se 2 grupos para a comparação no TRF (crianças suspeitas de serem maltratadas/crianças sem suspeita). Verificou-se diferenças significativas em Total de Problemas e em Problemas Internalizantes, ainda que em termos médios os dois grupos tenham apresentado performances em níveis normais, em todos os subitens. CONCLUSÃO: crianças apresentando indicadores de maus tratos apresentaram também indicadores de depressão e ansiedade, ainda que em níveis não clínicos, corroborando outros estudos. Deve-se, entretanto, considerar que a amostra formada por conveniência pode ter introduzido um viés no tocante à severidade/gravidade dos maus tratos abarcados no estudo. Outros estudos, com amostras maiores e mais diversificadas, devem ser realizados.(AU)
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  8 / 7778 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
(texto :
PT)
experimentalDocumentos relacionados
Id: 720487 LILACS-Express
Autor: Andrade, João Brainer Clares de; Sampaio, José Jackson Coelho; Farias, Lara Maciel de; Melo, Lucas da Ponte; Sousa, Dalmy Pinheiro de; Mendonça, Ana Luisa Barbosa de; Moura Filho, Francisco Felinto Aguiar de; Cidrão, Ingrid Sorensen Marinho.
Título: Contexto de formação e sofrimento psíquico de estudantes de medicina / The training context and mental suffering among student doctors
Fonte: Rev. bras. educ. méd;38(2):231-242, abr.-jun. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A formação em Medicina é densa e com grandes responsabilidades. Contato com a morte, ambiente competitivo, privação de lazer e sensação de insegurança técnica funcionam como um retrato da formação. Objetiva-se descrever os diferentes processos que interferem no sofrimento psíquico discente em todas as escolas médicas do Ceará. O estudo acompanhou, do segundo ao sexto ano, 40 alunos da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e 20% dos demais estudantes com ingresso comum em todas as outras escolas cearenses. Utilizou-se o Self-Report Questionnaire-20 para avaliar transtornos mentais leves (TML) . A maior prevalência de suspeitos de portar TML foi de 53,3% na Uece, com 20% dos alunos procurando ajuda psicológica. Nas outras escolas, 48,5% foram suspeitos e 18,2% procuraram ajuda. Depressão, insônia, problema pessoal, privação de lazer e insegurança técnica atuaram sobre o sofrimento. A formação médica representa um período de dúvidas, receios e tensões. Os currículos p recisam considerar como os estudantes lidam com a formação. As escolas devem tornar seus serviços de apoio mais integrados à execução dos currículos, focando os dois últimos anos, oferecendo suporte às tensões pessoais e familiares.(AU)

Medical training is an intense process that brings considerable responsibilities. Contact with death, a competitive environment, deprivation of leisure and a sense of technical insecurity are typical characteristics of the student's experience. This study aims to describe the different processes that affect psychological distress among students at all the medical schools in Ceará state. The study followed 40 second to sixth year students from the State University of Ceará (UECE) and 20% of the other students admitted by regular means to the other schools in Ceará. The Self-Report Questionnaire-20 was used to evaluate slight mental disorders (SMD) . Suspected cases of SMD were most prevalent at UECE, 53.3% of the students, and 20% had sought psychological help. In the other schools, there were 48.5% suspected cases, and 18.2% who had sought help. Psychological suffering was found to be engaged by depression, insomnia, personal problems, deprivation of leisure and technical insecurity. Medical education is a period of doubts, fears and tensions. The curricula need to consider how students deal with their own training. Schools should improve the integration between their support services and the implementation of the curricula, focusing on the last two years of study, offering support for personal and family tensions.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 7778 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 720264 LILACS-Express
Autor: Mesquita, Paula Casagranda; Benetti, Sílvia Pereira da Cruz.
Título: A representação materna em crianças com mães depressivas / Maternal representation in children with depressive mothers / La representación materna en niños con madres deprimidas
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003);66(2):53-67, 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Pesquisas apontam que a depressão materna é um fator de risco para a psicopatologia infantil. O objetivo deste estudo foi identificar as representações maternas de crianças com mães com Transtorno Depressivo. Trata-se de um estudo de casos múltiplos com três duplas de mãe-criança, tendo as crianças entre 7 e 10 anos. Os instrumentos foram Inventário de Depressão de Beck (BDI), Child Behavior Checklist (CBCL) e MacArthur Story Stem Battery (MSSB), instrumento que utiliza narrativas para avaliar as representações parentais. Nas narrativas infantis, prevaleceram representações maternas disciplinares, associadas a conflitos e pouca afetividade nas interações. Conclui-se que a identificação das características da representação materna é um recurso importante para o desenvolvimento de intervenções psicoterapêuticas adequadas, bem como de programas que visem à prevenção da psicopatologia infantil.(AU)

Research indicates that maternal depression is a risk factor for child psychopathology. The aim of this study was to identify maternal representations of children with mothers with Major Depressive Disorder. It is a multiple case study with three pairs of mother-child between 7 and 10 years old. The instruments were the Beck Depression Inventory (BDI), Child Behavior Checklist (CBCL), and MacArthur Story Stem Battery (MSSB), an instrument that uses narratives to assess parental representations. In the children's narratives maternal representations were disciplinary, with conflict and lack of affective interactions. We concluded that the identification of the characteristics of maternal representation is an important resource for the development of appropriate psychotherapeutic interventions, as well as programs aimed at prevention of child psychopathology.(AU)

Las investigaciones indican que la depresión materna es un factor de riesgo para la psicopatología infantil. El objetivo de este estudio fue identificar las representaciones maternas de niños con madres con trastorno depresivo. Se trata de un estudio de múltiples casos con tres pares de madre-hijo en que los niños tienen entre 7 y 10 años. Los instrumentos utilizados fueron el Inventario de Depresión de Beck (BDI), Child Behavior Checklist (CBCL) y MacArthur History Stem Battery (MSSB), un instrumento que se utiliza de narrativas para evaluar las representaciones parentales. En las historias de los niños han prevalecido las representaciones maternas disciplinarias, asociadas a conflictos y falta de interacciones afectivas. Se concluye que la identificación de las características de la representación materna es un recurso importante para el desarrollo de intervenciones psicoterapéuticas apropiadas, así como programas destinados a la prevención de la psicopatología infantil.(AU)
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  10 / 7778 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 720074 LILACS-Express
Autor: Steffens, Ricardo de Azevedo Klumb; Brandt, Ricardo; Felipe, Juliana Souza; Andrade, Alexandro.
Título: Exercícios físicos diminuem a dor, a depressão e melhoram a qualidade de vida de pessoas com fibromialgia / Physical exercises reduce pain, depression and improve quality of life in people with fibromyalgia
Fonte: Conscientiae saúde (Impr.);10(4), 28 dez. 2011.
Idioma: pt.
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 778 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde