Base de dados : LILACS
Pesquisa : depressao
Referências encontradas : 8803 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 881 ir para página                         

  1 / 8803 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: 790075
Autor: Óbice, André Luis Seferian; Girlanda, Felipe Fonseca; Magno Filho, Luiz Carlos; Feng, Hsu Shao; Cirano, Fabiano Ribeiro.
Título: Defeito ósseo de Stafne û relato de dois casos / Stafne bone defect û report of two cases
Fonte: Full dent. sci;7(25):34-37, jan.2016. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A cavidade óssea de Stafne, também conhecida como pseudocisto de Stafne ou cavidade óssea idiopática, tem gerado muitos conflitos nos diagnósticos entre os profissionais de Odontologia. A lesão supracitada faz parte de um conjunto de lesões radiolúcidas e assintomáticas descritas por Edward Stanfe (1942) e está topograficamente localizada entre o ângulo mandibular e o primeiro molar inferior, abaixo do canal alveolar inferior, sendo denominada de depressão óssea mandibular lingual posterior. O tratamento consiste apenas em acompanhamento radiográfico e tomografia...(AU)

The bone cavity Stafne, also known as pseudocyst of Stafne or idiopathic bone cavity, has generated many conflicts regarding diagnosis among dental professionals. The aforementioned lesion is part of a set of radiolucent and asymptomatic lesions described by Edward Stanfe in 1942 and is topographically located between the mandibular angle and the lower first molar, under the inferior alveolar channel, and it is called posterior lingual mandibular bone depression. Treatment consists only of radiographic follow-up and cone-beam tomography...(AU)
Descritores: Anormalidades Maxilomandibulares/diagnóstico
Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico/instrumentação
Diagnóstico Diferencial
Limites: Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  2 / 8803 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 789920
Autor: Cima, Daniela Santilli; Sato, Keiji; Torrecilla, Jacqueline Silva; Iwata, Vinicius Toshio; Futema, Fábio.
Título: Comparative study between propofol and propofol-ketamine for induction of anesthesia in dogs / Estudo comparativo entre propofol e propofol-cetamina para a indução anestésica em cães
Fonte: Braz. j. vet. res. anim. sci;53(2):146-152, 2016. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Anesthetic procedures in animals are widely used in hospital for routine surgery. For induction of anesthesia in dogs, propofol has been shown to be the drug of choice. The objectives of this study were the assessment of induction of anesthesia using propofol or propofol-ketamine. Twenty client-owned dogs were randomly assigned to treatment and control groups. All patients were administered acepromazine (0.05 mg kg-1) and fentanyl (5 μg kg-1) for premedication by intramuscular (IM) injection. Dogs in the treatment group were administered ketamine (1 mg kg-1), while dogs in the control group were administered 0.9% saline solution, by intravenous (IV) injection. Induction of anesthesia was done using IV propofol at a rate of 1 mL minute-1. Cardiopulmonary patterns were assessed before application of premedication, 15 minutes after application of premedication and after induction of anesthesia with propofol. Additionally, data regarding tracheal intubation score, presence of adverse effects and dose of propofol necessary for induction of anesthesia were collected. The control group showed significantly more adverse effects and changes in cardiopulmonary patterns when compared to the treatment group. There was a clinically significant reduction in the dose of propofol necessary for induction of anesthesia when associated with ketamine. The association of ketamine for induction of anesthesia in healthy dogs using propofol was able to reduce the dose of the induction agent necessary for tracheal intubation. Moreover, there was a reduction in the occurrence of adverse effects and cardiopulmonary depression, which allowed for a safer procedure for the patients...(AU)

Os procedimentos anestésicos em animais são amplamente utilizados em hospitais para cirurgias de rotina. Para a indução anestésica em cães o propofol tem se mostrado o fármaco de escolha. O objetivo deste estudo foi a avaliação da indução anestésica com propofol ou propofol-cetamina. Vinte cães foram divididos de forma aleatória nos grupos com tratamento e controle. Em todos os pacientes administrou-se acepromazina (0,05 mg kg-1) e fentanil (5 µg kg-1) como medicação pré-anestésica por via intramuscular (IM). Nos cães do grupo de tratamento foi administrado cetamina (1 mg kg-1), enquanto que os cães do grupo controle receberam solução salina a 0,9%, pela via intravenosa (IV). A indução da anestesia foi realizada com propofol IV a uma taxa de 1 mL minuto-1. Os padrões cardiopulmonares foram avaliados antes da aplicação da medicação pré-anestésica, 15 minutos após a mesma e após a indução da anestesia. Além disso, avaliou-se o escore de intubação traqueal, a presença de efeitos adversos e a dose de propofol necessária para a indução da anestesia. De forma significativa, o grupo controle apresentou mais efeitos adversos e alterações nos padrões cardiopulmonares quando comparado com o grupo de tratamento. Houve uma redução clinicamente importante da dose de propofol necessária para a indução de anestesia quando associado à cetamina. A associação de cetamina ao propofol para indução de anestesia em cães saudáveis foi capaz de reduzir a dose do anestésico geral necessária para intubação traqueal. Além disso, houve uma redução na ocorrência de efeitos adversos e depressão cardiopulmonar, o que permitiu um procedimento mais seguro para os pacientes...(AU)
Descritores: Propofol/administração & dosagem
Propofol/efeitos adversos
Propofol/análise
Ketamina/administração & dosagem
Ketamina/efeitos adversos
Ketamina/análise
-Anestesia/veterinária
Anestésicos Combinados/administração & dosagem
Anestésicos Combinados/análise
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 8803 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 789916
Autor: Araújo, Carolina Akiko Sato Cabral; Rodrigues, Frederico Augusto Mazzocca Lopes; Minervino, Antonio Humberto Hamad; Trivelatto, Braulio Frateschi; Reis, Leonardo Frasson dos; Mori, Clara Satsuki; Ortolani, Enrico Lippi.
Título: Clinical evaluation of nervous ketosis induced by isopropanol in sheep / Manifestações clínicas da cetose nervosa induzida por isopropanol em ovinos
Fonte: Braz. j. vet. res. anim. sci;50(6):493-496, 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Twelve healthy Santa Ines sheep, non-pregnant and non-lactating underwent a protocol of experimental induction of nervous ketosis for studying the symptoms in ketosis and Pregnancy Toxaemia (PT) disease. Eight animals were subjected to infusion of 150 mL of isopropanol (IPA) at 35% in the jugular vein and four sheep were treated identically with isotonic saline solution (NaCl 0.9%) during 40 minutes. The animals treated with IPA showed increased heart rate (HR) after 40 minutes of infusion and decreased ruminal movement from the 10 minutes infusion with IPA and remaining low up to 10 minutes from the end of the infusion. Ruminal atony appeared in three animals, which showed slight meteorism gas. Infusion of IPA caused the appearance of nervous symptoms as depression, staggering, adduction of hind limbs, head pressing, teeth grind and blindness almost always accompanied by a decreased pupillary reflex and nystagmus. All the animals exhaled ketosis breath with strong odor within few minutes of the start of induction that helped the elimination of the IPA from the organism. The present results strongly suggest that part of the nervous symptoms observed in PT may be derived from the action of IPA. These present findings open new perspectives for a better understanding of the pathogenesis of PT in sheep...(AU)

Doze ovelhas hígidas, não prenhes e não lactentes foram submetidas a um protocolo de indução experimental de cetose nervosa para a avaliação de sintomatologia nos quadros de cetose e Toxemia da Prenhez. Neste protocolo, oito animais foram submetidos a infusão de 150 mL de solução de isopropanol a 35% na veia jugular, constituindo o grupo Tratado (GT), e quatro ovinos foram tratados identicamente com solução salina isotônica (NaCl 0,9%), constituindo o grupo Controle (GC) no decorrer de 40 minutos. Os animais do GT apresentaram aumento da frequência cardíaca (FC) aos 40 minutos de infusão e redução no movimento ruminal a partir dos 10 minutos de infusão com isopropanol, o qual permaneceu diminuído ate 10 minutos do termino da infusão. A atonia ruminal ocorreu em três animais, que manifestaram em seguida leve meteorismo gasoso. A infusão de isopropanol provocou o surgimento de sintomas nervosos como, depressão e sonolência, cambaleios, adução de membros posteriores, pressão da cabeça em obstáculo, ranger de dentes e cegueira quase sempre acompanhada de diminuição do reflexo pupilar e nistagmo. Todos os animais exalaram forte odor cetótico com poucos minutos do inicio da indução, fato que ajudou a eliminação do isopropanol do organismo. Os presentes resultados sugerem que parte dos sintomas nervosos verificados na Toxemia da Prenhez possa ser oriunda da ação do isopropanol. Estes resultados abrem novas perspectivas para o melhor entendimento da patogenia da Toxemia da Prenhez em ovinos...(AU)
Descritores: Cetose/veterinária
Diagnóstico Clínico/veterinária
Doenças dos Ovinos/diagnóstico
2-Propanol/administração & dosagem
Frequência Cardíaca
Rúmen/metabolismo
-Dieta/veterinária
Corpos Cetônicos/análise
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 8803 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 789736
Autor: Souza, Daniela Barcelos de; Serra, Andrey Jorge; Suzuki, Frank Shiguemitsu.
Título: Atividade Física e Nível de Depressão em Idosas / Physical Activity and Depression Level in Elderly
Fonte: Rev. bras. ciênc. saúde;16(1):3-6, 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Sabendo-se que essa diminuição da capacidadefuncional é um dos fatores causadores da depressão emidosos, o presente estudo tem como objetivo verificar ainfluência da prática de exercícios físicos na ocorrência desinais sugestivos de depressão geriátrica. Materiais eMétodos: Os dados foram coletados por meio de uma entrevistaestruturada utilizando a Escala Geriátrica de Depressão(YESAVAGE, 1983). Resultados: Das 15 idosas entrevistadas,conforme pontuação da Escala Geriátrica de Yesavage, 12apresentaram grau normal (80%), 3 depressão média (20%)e nenhuma depressão moderada/severa (0%). Os dadoscoletados mostraram uma possível afirmação de que a práticade exercícios físicos regulares contribui de forma positivapara diminuir os níveis de depressão em idosas, pois o indivíduoativo apresenta um menor risco de desenvolver doenças,devido à prática propriamente dita e também ao convívio social.Conclusão: Desta forma conclui-se que a partir dos dadoscoletados, a prática de atividade física, possivelmente contribuipara uma melhora na capacidade funcional e ao mesmo temporeduzindo os níveis de depressão geriátrica...(AU)

In the last 50 years, it has been having a significantincrease in the elderly population, which is a group of peoplethat face physical condition decline due to changes occurringin their bodies throughout the years. Objective: Knowing thatsuch a decrease in functional capacity is one the factorscausing depression in the elderly, this study aims to determinethe influence of physical exercise in the occurrence of signssuggestive of geriatric depression. Materials and Methods:Data were collected through a structured interview using theGeriatric Depression Scale (Yesavage, 1983).Results: Fromthe 15 elderly interviewed, according to Yesavage GeriatricScale scores, 12 had normal level (80%), 03 presented milddepression (20%), and no moderate / severe depression wasobserved (0%). Data collected have showed that the practiceof regular physical exercise contributes positively to lowerdepression levels in elderly women, because the activeindividual presents a lower risk of developing diseases due tothe practice itself and also to social life. Conclusion: Thus, itmay be concluded that physical activity possibly contributesto an improvement in functional capacity while reduces levelsof geriatric depression...(AU)
Descritores: Depressão
Envelhecimento
Atividade Motora
Limites: Humanos
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR8.1 - Biblioteca Central


  5 / 8803 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
(texto :
EN)
Id: 789566 LILACS-Express
Autor: Galli, Rosangela; Moriguchi, Emílio Hideyuki; Bruscato, Neide Maria; Horta, Rogerio Lessa; Pattussi, Marcos Pascoal.
Título: Active aging is associated with low prevalence of depressive symptoms among Brazilian older adults / Envelhecimento ativo está associado com baixa prevalência de sintomas depressivos em idosos brasileiros
Fonte: Rev. bras. epidemiol;19(2):307-316, Apr.-Jun. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT: Introduction: Active aging is the process of optimizing opportunities for health, participation and security, aiming to improve quality of life as people age. A series of studies had demonstrated that a lower prevalence of depression is found among more active elderly. Objective: To evaluate the association between indicators of active aging and depressive symptoms among the elderly (aged 60 years or more). Method: A population-based cross-sectional study was conducted with 1,006 elderly people (aged 60 years or over) from a small-sized Brazilian municipality. Depressive symptoms were assessed using the Geriatric Depression Scale - 15, with cutoff point ≥ 6 symptoms. Active aging was evaluated using indicators such as: active occupational situation, manual work, reading and physical activities. Data analyses used modified Poisson regression to obtain crude and adjusted prevalence ratios (PR). Results: Most of the elderly people were: white, women and aged between 60 and 74 years. All the indicators of active aging were associated with the outcome. After controlling for socioeconomic, demographic and health variables, elderly people who worked, participated in groups, did manual work and maintained interests such as reading and talking to friends had lower prevalence of depressive symptoms compared to those not doing these activities. Conclusions: Active aging approaches may serve as a valuable mental health promotion strategy aimed at the elderly.(AU)

RESUMO: Introdução: Envelhecimento ativo é o processo de otimizar oportunidades para a saúde, participação e segurança, de modo a promover qualidade de vida enquanto as pessoas envelhecem. Estudos demonstram que menores prevalências de depressão são encontradas em idosos fisicamente ativos. Objetivo: Avaliar a associação entre indicadores de envelhecimento ativo e sintomas depressivos em idosos (60 ou mais anos de idade). Métodos: O delineamento foi transversal de base populacional. Entrevistas estruturadas foram realizadas com 1.006 idosos, pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, residentes em um município de pequeno porte do Sul do Brasil. Sintomas depressivos foram mensurados através da Escala de Depressão Geriátrica com ponto de corte maior ou igual a seis pontos. O envelhecimento ativo foi avaliado com indicadores tais como: participação em grupos, situação ocupacional ativa, trabalhos manuais, leituras, conversa com amigos e atividades físicas. A análise dos dados utilizou Regressão de Poisson para obter as razões de prevalência (RP) brutas e ajustadas. Resultados: A maioria dos idosos eram mulheres, idade entre 60 e 74 anos e cor da pele branca. Todos os indicadores de envelhecimento ativo estavam associados com o desfecho. Após o controle para aspectos sociodemográficos, psicossociais e variáveis relacionadas à saúde, idosos com situação ocupacional ativa, que participavam em grupos, que relatavam realizar trabalhos manuais, com hábito de leitura e de socializar com os amigos possuíam menores prevalências de sintomas depressivos quando comparados àqueles que realizavam tais atividades. Conclusões: Abordagens com foco no envelhecimento ativo podem ser uma estratégia importante para promoção da saúde mental em idosos.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 8803 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
(texto :
PT)
Bastos, Claudio Lyra
Id: 789536 LILACS-Express
Autor: Bastos, Claudio Lyra.
Título: Tempo, idade e cultura: uma contribuição à psicopatologia da depressão no idoso. Parte I: Temporalidade e cultura
Fonte: Rev. latinoam. psicopatol. fundam;8(4):738-753, out.-dez. 2005.
Idioma: pt.
Resumo: Procuramos aqui relacionar dois aspectos fundamentais das intuições culturais sobre a passagem do tempo – a temporalidade cíclica e a contínua – com a terapêutica médica e especialmente com a psicopatologia, numa visão crítica do constructo moderno da depressão no idoso. Inspirado em perspectivas de natureza antropológica, o texto se apóia na experiência clínica cotidiana e na atitude fenomenológica que orienta essa prática. Nas concepções culturais que tendem a perceber a passagem do tempo de forma predominantemente cíclica, o envelhecer é parte de um movimento eterno, e a família se perpetua em seus descendentes, nas suas tradições, no vínculo com a terra ou no exercício do ofício familiar. As transformações culturais que têm proporcionado a passagem para enfoques mais direcionais do tempo vão destacando cada vez mais o papel individual na história social. Quando mais difícil for a passagem de Weltanschauungen tradicionais, de tendência circular, fatalista, repetitiva e eterna, para outras de tendência individualizante, burocratizante, planejadora e sucessiva, maiores as dificuldades para uma senectude satisfatória e maior a tendência à medicalização desse fracasso.(AU)

Buscamos aquí relacionar dos aspectos fundamentales de las intuiciones culturales sobre el pasaje del tiempo – la temporalidad cíclica y la continua – con la terapéutica médica y más especialmente con la psicopatología, en una visión critica del constructo moderno de la depresión en la vejez. Inspirado en perspectivas antropológicas, el texto busca apoyo en la experiencia clínica diaria y en la actitud fenomenológica que la orienta. En las concepciones culturales del tiempo que tienden a percibir su pasaje de forma predominantemente cíclica, envejecer es parte de un movimiento eterno, y la familia se perpetúa en sus descendientes, en sus tradiciones, en el vínculo con la tierra o en el ejercicio del trabajo familiar. Las transformaciones culturales que han proporcionado el pasaje para enfoques más direccionales del tiempo van destacando cada vez más el rol individual en la historia social. Cuanto más dificultoso sea el pasaje de Weltanschauungen tradicionales, de tendencia circular, fatalista, repetitiva y eterna para otras de tendencia individualizante, burocratizante, planeadora y sucesiva, más grandes las dificultades para una senectud satisfactoria así como la tendencia a la medicalización de este fracaso.(AU)

Nous cherchons ici à mettre en rapport deux aspects fondamentaux des conceptions intuitives culturelles sur la passage du temps – la temporalité cyclique et la temporalité continue – avec la thérapeutique médicale et notament avec la psychopathologie, dans une vision critique du concept moderne de dépression chez la personne agée. Inspiré des perspectives de nature anthropologique, le texte se fonde sur l’expérience clinique quotidienne et sur l’attitude phénoménologique guidant cette pratique. Dans les conceptions culturelles qui tendent à percevoir le passage du temps comme cyclique, le vieillissement fait partie d’un mouvement éternel et la famille se perpétue par ses descendants, ses traditions, ses liens avec la terre ou par l’exercice du métier familial. Les transformations culturelles qui ont une approche plus directionnelle du passage du temps montrent de plus em plus le rôle individuel dans l’histoire social. Plus il sera dificile de passer des Weltanschauungen traditionnelles, tendant à la circularité, à la répétition, au fatalisme et à l’éternité, à d’autres Weltanschauungen de tendance à l’individualisation, à la bureaucratie, à la planification et à la succession, plus les difficultés d’avoir une vieillesse satisfaisante seront grandes et la tendance à la médicalisation de ce problème sera plus importante.(AU)

Two fundamental aspects of cultural intuitive conceptions of time’s passage – cyclic and continuous temporality – are here related to medical therapy and psychopathology, in a critical view of depression in old age as a modern construct. Although inspired by anthropological perspectives this paper is based on daily clinical experience and on a phenomenological attitude. In predominantly cyclical cultural perceptions of time the process of ageing is part of an eternal movement, and families perpetuate themselves in their descendants, in their traditions, in land ties or in the practice of familiar crafts or skills. Cultural transformations that give rise to more directional approaches of time’s passage tend to implement individual roles more and more in social history. The more difficult the change from fatalist, repetitive, eternal cycling traditional Weltanschauungen to individualizing, bureaucratizing, planning and successive ones, the larger the chances of an unsuccessful old age and “medicalization” of this failure.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 8803 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
(texto :
EN)
Id: 789050 LILACS-Express
Autor: Machado, Adriana Kramer Fiala; Marmitt, Luana Patrícia; Cesar, Juraci Almeida.
Título: Late preterm birth in the far south of Brazil: a population based study / Prematuridade tardia no extremo sul do Brasil: um estudo de base populacional
Fonte: Rev. bras. saúde matern. infant;16(2):113-120, Apr.-June 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: to describe the prevalence of late preterm birth (LPB) and identify factors associated with its occurrence in the municipality of Rio Grande, RS. Methods: a standardized questionnaire was applied to allpuerperal women resident in the municipality who had children in theyear 2013. Preterm birth was defined as birth occur-ring between the 34th and 36th week of gestation, preferably evaluated by means of ultra-sonography in the 6th to 20th weeks. The analysis used Poisson regression with robust adjustment of variance, following the hierarchical model.The effect measure used was the preva-lence ratio (PR). Results: of the 2286 births included in the study, 11.8% (CI95%: 10.5-13.1) were LPBs. After adjusted analysis, the PRfor occurrence of LPB among black-skinned motherswas 1.40 (1.01-1.96) in relation to white-skinned women; 1.74 (1.23-2.45) among those who attended less than sixprenatal consults compared to those who attended nine or more; the PR was 1.36 (1.11-1.68) for those classified as depressives compared to others and 1.29 (1.01-1.65) for those undergoing caesarian. Conclusions: the results suggest the existence of inequality in relation to skin color and the important impact of the number ofprenatal consults on the outcome. More appropriately designed studies are needed to confirm the causal relation among maternal depression, caesarian and LPB.(AU)

Resumo Objetivos: descrever a prevalência de prematuridade tardia (PTT) e identificar fatores associados a sua ocorrência no município de Rio Grande, RS. Métodos: utilizou-se delineamento transversal com questionário aplicado a todas as puérperas residentes no município que tiveram filhos no ano de 2013. Considerou-se prematuridade o nascimento ocorrido entre a 34ª e 36ª semana gestacional avaliada preferencialmente por ultrassonografia da 6ª a 20ª semanas. Na análise utilizou-se regressão de Poisson com ajuste robusto da variância, obedecendo à modelo hierárquico A medida de efeito utilizada foi razão de prevalências (RP). Resultados: dentre os 2286 nascimentos incluídos no estudo, 11,8% (IC95%: 10,5-13,1) apresentavam PTT. Após analise ajustada, a RP para ocorrência de PTT entre mães de cor da pele preta foi de 1,40 (1,01-1,96) em relação aquelas de cor branca; de 1,74 (1,23-2,45) entre aquelas que fizeram menos de seis consultas de pré-natal em comparação às que realizaram nove ou mais; de 1,36 (1,11-1,68) se classificadas como depressivas e de 1,29 (1,01-1,65) para aquelas submetidas à cesariana em comparação às demais. Conclusões: os resultados sugerem existência de iniquidade em relação à cor da pele e importante impacto do número de consultas pré-natais sobre o desfecho. São necessários estudos com delineamento mais adequado para confirmar a relação causal entre depressão materna, cesariana e PTT.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 8803 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
(texto :
EN)
Avelino, Mariza Martins
Id: 789049 LILACS-Express
Autor: Moraes, Eleomar Vilela de; Campos, Rodolfo Nunes; Avelino, Mariza Martins.
Título: Depressive Symptoms in Pregnancy: The Influence of Social, Psychological and Obstetric Aspects / Sintomas depressivos na gestação: influência dos aspectos social, comportamental, psicológico e obstétrico
Fonte: Rev. bras. ginecol. obstet;38(6):293-300, June 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Purpose To assess the prevalence of depressive symptoms and their association with social, psychological, behavioral and obstetric characteristics in pregnant women. Methods This is a cross-sectional study. The sample consisted of 375 pregnant women who attended prenatal clinics in two public maternity hospitals located in the city of Goiania, Brazil. To testify the depressive symptoms, we used the Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS). A descriptive statistical analysis was performed using programs such as CDC EPI-INFO(tm), version 7.1.5, and Statistical Package for Social Sciences (IBM SPSS), version 21.0. Results the patients had probable depressive symptoms (15.47%) and possible depressive symptoms (25.33%). The bivariate analysis showed a significant association among "depressive symptoms" and the following variables: "single or divorced" (prevalence ratio, PR = 2.08; 95% confidence interval, CI = 1.26 to 3.44); "physical activity during pregnancy" (PR = 3.96; 95%CI = 1.28 to 12.31); exposure to "psychological/emotional" violence (PR = 4.74; 95%CI = 2.94 to 7.64); "prior mental problem" (PR = 2.66; 95%CI =1.49 to 4.73) and "obstetric complications during pregnancy" (PR = 2.53; 95%CI = 1.55 to 4.13). The multivariate analysis confirmed the association of these depressive symptoms with the variables "suffered psychological/emotional violence" (odds ratio, OR = 5.821; 95%CI = 2.939 to 11.528); "physical activity during pregnancy" (OR = 3.885; 95%CI = 1.060 to 14.231); "obstetric complications during pregnancy" (OR = 2.442; 95%CI = 1.233 to 4.834) and "single or divorced" (OR = 2.943; 95%CI = 1.326 to 6.533). Conclusions the prevalence of depressive symptoms among pregnant women is of 15.47%, and emotional violence is the main factor associated with gestational depression.(AU)

Resumo Objetivo verificar a prevalência de sintomas depressivos e suas associações com características sociais, psicológicas, comportamentais e obstétricas em mulheres grávidas. Métodos trata-se de estudo transversal. A amostra constou de 375 grávidas atendidas no ambulatório de pré-natal de duas maternidades públicas localizadas na cidade de Goiânia. Para a comprovação dos sintomas depressivos, empregou-se a Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS). Foi realizada análise estatística descritiva com auxílio dos programas CDC EPI-INFO(tm), versão 7.1.5, e Statistical Package for Social Sciences (IBM SPSS), versão 21.0. Resultados apresentaram prováveis sintomas depressivos e possíveis sintomas depressivos 15,47% e 25,33% das entrevistadas, respectivamente. A análise bivariada demonstrou associação significante entre "sintomas depressivos" e as seguintes variáveis: "solteira ou separada" (razão de prevalência, RP =2,08; intervalo de confiança, IC95% = 1,26-3,44); "atividade física na gestação" (RP = 3,96; IC95% = 1,28-12,31); submissão a "violência psicológica/emocional" (RP = 4,74; IC95% = 2,94-7,64); "problema mental prévio" (RP = 2,66; IC95% = 1,49-4,73) e "complicações obstétricas na gestação atual" (RP = 2,53; IC95% = 1,55-4,13). A análise multivariada confirmou associação desses sintomas depressivos com as variáveis "sofreu violência psicológica/emocional" (odds ratio, OR = 5,821; IC95% = 2,939- 11,528); "atividade física na gestação" (OR = 3,885; IC95% =1,060-14,231); "complicações obstétricas na gestação atual" (OR = 2,442; IC95% = 1,233-4,834); e "solteira ou separada" (OR = 2,943; IC95% = 1,326-6,533). Conclusões a prevalência de sintomas depressivos entre as grávidas é de 15,47%, e a violência emocional é o principal fator associado à depressão gestacional.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 8803 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
(texto :
ES)
Id: 788884 LILACS-Express
Autor: Vicente, Benjamín; Saldivia, Sandra; Pihán, Rolando.
Título: Prevalencias y brechas hoy: salud mental mañana / Prevalence and gaps today: mental health tomorrow / Prevalências e lacunas hoje: saúde mental amanhã
Fonte: Acta bioeth;22(1):51-61, jun. 2016. tab.
Idioma: es.
Resumo: La OMS coloca a Chile entre los países con mayor carga de morbilidad por enfermedades psiquiátricas (23,2%) en el mundo. La depresión mayor y los trastornos por consumo de alcohol ocupan el primer y segundo lugar en las discapacidades atribuidas entre adultos. Casi un tercio de la población mayor de 15 años ha sufrido un trastorno psiquiátrico en su lapso de vida y un 22,2% ha tenido uno durante el año pasado. Los trastornos de ansiedad son los más prevalentes, seguidos por depresión mayor y trastornos por consumo de alcohol. Solo el 38,5% de quienes han sido diagnosticados reciben algún tipo de servicio de salud mental, ya sea de un especialista o un médico de atención primaria. En niños y adolescentes, la prevalencia de cualquier trastorno psiquiátrico es de 22,5% (19,3% para niños y 25,8% para niñas). Estos trastornos son principalmente de ansiedad y disruptivos. La prevalencia es más alta entre niños de cuatro a once años de edad (27,8%) que entre aquellos de 12 a 18 años, y esta diferencia se debe principalmente a trastornos disruptivos. La prevalencia de trastornos de ansiedad es la segunda más alta, aunque menos asociada con discapacidades, mientras que muchos niños y adolescentes con trastornos afectivos están discapacitados y solo un quinto de las personas con necesidad de servicios buscan alguna forma de asistencia. Casi un cuarto de aquellos que usan los servicios no presentaron diagnóstico psiquiátrico durante el año pasado. La comorbilidad ocurre en el 27% de aquellas personas que presentan trastornos, pero solo el 7% tienen tres o más diagnósticos. No abordar la brecha de tratamiento en salud mental tiene serias implicaciones en la salud pública.(AU)

WHO places Chile among countries with greater morbidity burden for psychiatric diseases in the world (23,2%). Major depression and alcohol consumption disorders hold the first and second place in disabilities attributed to adults. Almost a third of the population older than 15 years have suffered a psychiatric disorder during life span and 22,2% persons have had one in the last year. Anxiety disorders have more prevalence, followed by major depression and alcohol consumption disorders. Only 38,5% of those diagnosed receive some type of mental health care, by an specialist or a primary health care physician. In children and adolescent, prevalence of any psychiatric disorder is 22,5% (19,3% for boys and 25,8% for girls). These disorders are mainly disruptive and of anxiety. Prevalence is higher for children between 4 to 11 years (27,8%) than between 12 and 18 years, and this difference is due mainly to disruptive disorders. Prevalence of anxiety disorders is the second highest, even though less associated with disabilities, while many children and adolescents with affective disorders are disabled and only a fifth of persons with health care needs look for some form of care. Almost a fourth of those that use health care services did not present psychiatric diagnosis during last year. Co morbidity occurs in 27% of those with disorders, but only 7% have three or more diagnosis. Not addressing treatment gap in mental health has serious implications in public health.(AU)

A OMS coloca o Chile entre os países com maior carga de morbidade por enfermidades psiquiátricas (23,2%) no mundo. A depressão maior e os transtornos por consumo de álcool ocupam o primeiro e segundo lugar nas descapacidades atribuidas entre adultos. Quase um terço da população maior de 15 anos tem sofrido um transtorno psiquiátrico em seu lapso de vida e cerca de 22,2% tiveram um durante o ano passado. Os transtornos de ansiedade são os mais prevalentes, seguidos por depressão maior e transtornos por consumo de álcool. Somente 38,5% daqueles que foram diagnosticados recebem algum tipo de serviço de saúde mental, seja de um especialista ou de um médico de atenção primária. Em crianças e adolescentes, a prevalência de qualquer transtorno psiquiátrico é de 22,5% (19,3% para meninos e 25,8% para meninas). Estes transtornos são principalmente de ansiedade e disruptivos. A prevalência é mais alta entre meninos de quatro a onze anos de idade (27,8%) do que entre aqueles de 12 a 18 anos, e esta diferença se deve principalmente a transtornos disruptivos. A prevalência de transtornos de ansiedade é a segunda mais alta, embora menos associada com descapacidades, enquanto muitos meninos e adolescentes com transtornos afetivos estão descapacitados e somente um quinto das pessoas com necessidade de serviços busca alguma forma de assistência. Quase um quarto daqueles que usam os serviços não apresentou diagnóstico psiquiátrico durante o ano passado. A comorbidade ocorre em 27% daquelas pessoas que apresentam transtornos, porém só 7% têm três ou mais diagnósticos. Não abordar a lacuna de tratamento em saúde mental tem sérias implicações para a saúde pública.(AU)
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  10 / 8803 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Renato Rodrigues de
Almeida, Marcio Rodrigues de
Id: 788876
Autor: Galli, Lais Giacomini; Insabralde, Natalia Martins; Almeida, Renato Rodrigues de; Almeida, Marcio Rodrigues de; Gonini Jr, Alcides; Lopes, Murilo Baena.
Título: Estudo fotoelástico das tensões geradas na unidade de ancoragem utilizando arco de intrusão / Photoelastic study of generated tensions on the anchorage unit using the intrusion archwire
Fonte: Ortodontia;49(2):133-140, mar.-abr.2016. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo primário deste estudo foi avaliar e quantificar, pelo método da fotoelasticidade, a tensão gerada no primeiro molar superior durante o movimento de intrusão dos incisivos superiores com arco de intrusão. Secundariamente, objetivou-se analisar o tipo de movimento dentário ocorrido sobre os primeiros molares, seguido da mecânica de intrusão. Foram utilizados dez modelos fotoelásticos, divididos em dois grupos. No grupo 1 (G1), utilizou-se um arco de intrusão de nitinol pré-fabricado (CIA – Connecticut Intrusion Arch, Ortho Organizers, CA, EUA) de .017” x .025”, enquanto que no grupo 2 (G2), utilizou-se um arco de intrusão de .017” x .025" confeccionado com a liga de titânio-molibdênio (TMA, Morelli, São Paulo, Brasil). A leitura da tensão foi realizada em pontos pré-determinados ao redor do dente 16, por meio de um polariscópio de reflexão. Os resultados foram analisados estatisticamente por meio da análise de variância (Anova) seguido do teste de Tukey, com um nível de significância de 5%. Os resultados revelaram que ambos os arcos de intrusão geraram maior concentração de tensão no terço cervical do primeiro molar superior, apresentando diferença significante entre os pontos de medição da tensão. Apesar de utilizar uma força de ativação inicial similar, comparando-se os dois sistemas de arcos, houve maior liberação de tensão com o arco de intrusão construído em TMA. Na região do terço apical, houve diferença significante entre os pontos de tensão e entre os arcos de intrusão. Concluiu-se que, durante a intrusão dos incisivos superiores, a quantidade de força sobre a unidade de ancoragem liberada pelo arco de intrusão de NiTi foi menor, em comparação ao arco de intrusão confeccionado com a liga de TMA. Além disso, um movimento de tip-back parece ocorrer sobre os primeiros molares superiores com o uso de ambos os arcos de intrusão...(AU)

The primary objective of this study was to evaluate and quantify the tension generated in the first molar during the intrusion movement of the upper incisors with an intrusion arch by means of a photoelastic method. Secondly, the objective was to analyze the type of tooth movement occurred on the first molars followed by mechanical intrusion. Ten photoelastic models were divided into two groups. In group 1 (G1), we used a prefabricated Nitinol intrusion arch (CIA – Connecticut intrusion arch, Ortho-Organizers, CA) .017"x .025", while in group 2 (G2), we used an intrusion arch (.017"x .025") made with beta-Titanium Alloy (TMA, Morelli, SP, Brazil). The tension reading was performed at predetermined points around the tooth 16, by means of a reflection polariscope. The results were statistically analyzed by Anova and Tukey tests with a 5% significance level. The results revealed that both intrusion arches generated a greater tension concentration at the cervical third of the first molar, with significant difference between points, but not between the intrusion systems. In the apical third region, there was a significant difference between points and between intrusion arches. It was concluded that during the intrusion of the upper incisors, the amount of force on the anchorage unit released by NiTi intrusion arch was lower compared to the intrusion arch made with TMA alloy. It seems that a tip-back movement of the upper first molars occurred during the use of an intrusion arch...(AU)
Descritores: Sobremordida
Movimentação Dentária
Teste de Materiais
Materiais Dentários/análise
-Ortodontia Corretiva
Responsável: BR22.1 - CBC - Coordenadoria de Biblioteca Central



página 1 de 881 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde