Base de dados : LILACS
Pesquisa : depressao
Referências encontradas : 7819 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 782 ir para página                         

  1 / 7819 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Wajngarten, Mauricio
experimentalDocumentos relacionados
Id: 724439
Autor: Franco, Fábio Gazelato de Mello; Silva, Fernando Morita Fernandes; Wajngarten, Maurício.
Título: Desafios e soluções para a falta de aderência a orientações e tratamentos / Challenges and solutions for lack of adherence to guidelines and treatment
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de São Paulo;23(2):28-34, abr.-jun. 2013. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A falta de aderência às orientações e tratamentos dos pacientes com doenças cardiovasculares é extremamente prevalente e se associa a maior morbidade, mortalidade e custos em saúde. Controle pressórico inadequado nos hipertensos, maior mortalidade nos pacientes que realizaram angioplastia e necessidade de reinternação em pacientes com insuficiência cardíaca são algumas das consequências associadas à má aderência. Diversos fatores estão implicados, como complexidade do regime terapêutico, custos, efeitos adversos, falta de acesso ao sistema de saúde, comunicação inadequada, baixos níveis de conhecimento em saúde e presença de depressão ou déficit cognitivo. Não existe padrão ouro para mensurar os níveis de aderência e foram utilizados autorrelatos, contagem de comprimidos, embalagens eletrônicas, renovação de receitas em sistemas fechados de farmácia e níveis séricos de medicação. Para melhora deste cenário, precisamos implementar efetivamente os conhecimentos existentes e desenvolver novas estratégias de intervenção. Diminuição do custo d drogas, simplificação de esquemas posológicos, comunicação adequada e estratégias comportamentais que incorporam o uso de medicações e comportamentos mais saudáveis no dia-a-dia dos pacientes obtiveram sucesso em estudos clínicos.(AU)

The lack of adherence to guidelines and treatment of patients with cardiovascular disease in highly prevalente and is associated with increased morbidity, mortality and healthcare costs. Inadequate blood pressure control in hypertensive patients, increased mortality in patients undergoing angioplasty and need for re-hospitalization in patients with heart failure are some of the consequences associated with poor adherence. Several factors are implicated as therapeutic regimen complexity, cost, adverse effects, lack of access to health care, inadequate communication, low levels of knowledge about health and presence of depression or cognitive impairment. There is no gold standard for measuring levels of adherence. Therefore self-reports, pill counts, electronic packaging, prescription refills in closed pharmacy system and sérum levels of medications were used for measuring levels of adherence. To improve this scenario, we need to effectively implemente existing knowledge and developed new strategies for intervention. Decreased drug cost, simplified dosing regimens, proper communication and behavioral strategies that incorporated the use of medications and healthy behaviors in the daily lives of patients were successful in clinical trials.(AU)
Descritores: Adesão à Medicação/psicologia
Alfabetização em Saúde
Doenças Cardiovasculares/etiologia
-Fatores de Risco
Hipertensão/complicações
Anti-Hipertensivos/uso terapêutico
Questionários/utilização
Limites: Humanos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 7819 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
experimentalDocumentos relacionados
Id: 724437
Autor: Mota, Diandro Marinho; Costa Filho, Francisco Flávio; Avezum, Álvaro; Paola, Angelo Amato Vincenzo de; Marin Neto, José Antônio.
Título: Como melhorar o controle das doenças cardiovasculares? Lições dos estudos epidemiológicos / How to improve the control of cardiovascular diseases? Lessons from epidemiological studies
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de São Paulo;23(2):14-23, abr.-jun. 2013. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A escalada na mortalidade por doenças cardiovasculares entre "países desenvolvidos" na metade do século passado mobilizou pesquisadores para a compreensão das causas e fatores associados a essa nova epidemia que se instalava. Seriam o infarto e o acidente vascular encefálico consequências inevitáveis do envelhecimento de uma sociedade desenvolvida que acabara de controlar as grandes epidemias infecciosas? Clássicos trabalhos epidemiológicos observacionais de longo seguimento como Framingham Heart Study, Nurses Healthy Study, Seven Countries Study e, mais recentemente, o INTERHEART, estudo caso-controle, responderam esse questionamento. Apesar de relacionados à idade, a maioria dos acometidos apresentavam fatores de risco associados, alguns deles passivos de ajustes. Inúmeras lições podem ser tiradas desses estudos e de outros que os sucederam. Nesse capítulo, enfocaremos as evidências mais atualizadas sobre três importantes fatores de risco que ainda dificultam o com trole ideal das doenças cardiovasculares: inatividade física, dieta inadequada e estresse psicossocial. Grandes coortes observacionais mostram que, como já foram sugerido por Hipócrates há mais de 2.000 anos, a atividade física regular está associada a uma redução na incidência de eventos cardiovasculares. A compreensão de que os principais fatores risco estavam associados a distúrbios nutricionais, estimulou a investigação para a identificação de padrões dietéticos saudáveis. Dentre estes, destaca-se o cardápio da "Dieta do Mediterrâneo", que se mostrou eficaz na prevenção primária de eventos cardiovasculares maiores. O estudo caso-controle INTERGEART identificou a importância do estresse psicossocial com um fator de risco cardiovascular. Meta-análise e estudos randomizados demostraram um impacto adicional nas intervenções terapêuticas psicossociais, especialmente nos pacientes que atingiram as metas comportamentais. Diante disso...(AU)

The rise in mortality from cardiovascular disease among "developed countries" in the middle of the last century mobilized researchers to understand the causes and factors associated with this new epidemic that is settled. Would infarction and stroke inevitable consequences of aging developed societies which had controlled major infectious epidemics? Classic epidemiological cohort studies as Framingham Heart Study, Nurses Healthy Study, Seven Countries Study and more recently, the INTERHEART, a case-control study, answered this question Although age-related, cardiovascular diseases are freuently associated with risk factors, most of them changeable. Several lessons can be drawn from theses studies and others that succeeded them. In this chapter, we focus on the most current evidence on three importante risk factors that still hinder optimal control of cardiovascular disease: physical inactivity, poor quality diet and psychosocial stress. Large observational cohort show that, as already suggested by Hippocrates more than 2,000 years, regular physical activity is associated with a reduced incidence of cardiovascular events. The comprehension that the main risk factors were associated with nutritional disorders, stimulated research to identify healthy dietary patterns. Among these stands out the menu of "Mediterranean Diet", which is effective in primary prevention of major cardiovascular events. The INTERHEART case-control study identified the importance of psychosocial stress with a cardiovascular risk fator. Meta-analyzes and randomized studies demonstrated na additional an impact on the psychosocial therapeutic interventions, especially in patients achieving behavior goals...(AU)
Descritores: Doenças Cardiovasculares/epidemiologia
Doenças Cardiovasculares/prevenção & controle
Atividade Motora
Fatores de Risco
Dieta
Dieta Mediterrânea
-Análise Multivariada
Promoção da Saúde
Estresse Psicológico/complicações
Depressão/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  3 / 7819 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 724409
Autor: Bueno, Denise Ribeiro Stort; Dalgalarrondo, Paulo.
Título: Caracterização do status cognitivo de idosos com depressão: influência da idade e da escolaridade / Characterization of the cognitive status of elderly with depression: influence of age and education level
Fonte: Rev. ciênc. méd., (Campinas);22(3):129-135, 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Caracterizar o status cognitivo e a influ~encia da idade e da escolaridade em idososcom diagnóstico de depressão. Métodos: Foram pesquisados sujeitos com 60 anos ou mais, como diagnóstico clínico concluído de depressão, em acompanhamento no ambulatório de Psiquiatria Geriátrica do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas, e que tenham sido submetidos à aplicação do Teste Cognitivo Cambridge (Cambridge Cognitive Examination). Para coleta de dados , foram utilizados uma entrevista estruturada para a obtenção de indicadores sociodemográficos e o teste supracitado. Resultados: Foram avaliados 34 sujeitos. A média de idade foi de 70,76 anos (+- 5,35) e a de escolaridade de 2,85 anos (+- 2,92). A maioria pertence ao sexo feminino (61,7%). A média do escore total do Teste Cognitivo Cambridge foi 67,15 (+- 17,34). A relação entre esse teste e as categorias de idade não se mostrou significativa (p=0,9294), mas a relação com a escolaridade demonstrou alto nível de significância (p< 0,0001 e r= 0,74832). A correlação linear (Spearman) entre a média das subescalas do teste cognitivo e a escolaridade mostrou-se significativa na maioria delas. Conclusão: A escolaridade mostrou-se mais influente do que a idade no desempenho dos sujeitos em teste neuropsicológico (AU)

Objective:To characterize the cognitive status of elderly diagnosed with depression and how it isinfluenced by age and education. Methods: The study included 34 individuals aged 60 years or more clinically diagnosed with depression attending the Geriatric Psychiatry Outpatient Clinic of the Universidade Estadual de Campinas hospital. A structured interview was used for collecting sociodemographic data and administering the Cambridge Cognitive Examination. Results: The mean age and years of formal education of the sample and respective standard deviations were 70.76±5.35 years and 2.85±2.92 years, respectively. Most participants were females (61.7%). The mean Cambridge Cognitive Examination score and standard deviation was 67.15±17.34. The test score was associated with education level(p<0.00001 and r=0.74832) but not with age (p=0.9294). The mean scores of most subscales of the cognitive test were linearly correlated (Spearman) with education level. Conclusion: Education level influenced the subjects’ performance on the neuropsychological test more than age.(AU)
Descritores: Idoso
Cognição
Transtornos Cognitivos
Depressão/diagnóstico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR408.1 - Biblioteca Setorial


  4 / 7819 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
experimentalDocumentos relacionados
Id: 724319
Autor: Oliveira, Guilherme Henrique Costa; Ruiz, Luiz Fernando Naldi; Mendonça, José Alfredo Gomes; Oliveira, Rubelisa Cândido Gomes de.
Título: Enxerto de tecido conjuntivo subepitelial como solução estética para perda óssea alveolar vestibular / Subepithelial connective tissue graft as aesthetic solution for vestibular alveolar bone loss
Fonte: Perionews;6(2):165-170, mar.-abr. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Dentre as opções para reabilitação oral, os implantes osseointegrados são um excelente artifício para o restabelecimento estético e funcional de pacientes edêntulos. Com o advento da carga imediata, vantagens ainda maiores são observadas, já que o tempo do tratamento é significativamente reduzido. Uma das consequências do edentulismo é a perda de estrutura óssea no sentido horizontal e/ou vertical. Seibert, em 1983, classificou os defeitos ósseos com interesse na terapêutica e no prognóstico. Este trabalho objetivou ilustrar e relatar a reabilitação de uma paciente com ausência de um pré-molar superior, associada a um defeito na tábua óssea. Paciente, gênero feminino, 35 anos, procurou tratamento para reabilitação da região do dente 14, que apresentava depressão vestibular devido à reabsorção óssea, caracterizando um defeito ósseo Classe I de Seibert. Foi realizado um implante sob carga imediata em campo cirúrgico fechado. Um enxerto de tecido conjuntivo subepitelial foi conduzido para restabelecimento do defeito ósseo. O sítio doador foi o próprio rebordo alveolar da região edêntula que receberia o implante. O tecido foi obtido com a utilização de um punch e o enxerto foi posicionado, para o preenchimento do defeito, através de um retalho em envelope. Uma coroa provisória foi confeccionada e instalada no mesmo dia da cirurgia. Seis meses depois, a paciente recebeu a coroa definitiva e o resultado estético e funcional foi extremamente satisfatório.(AU)
Descritores: Periodontia
Tecido Conjuntivo/transplante
Perda do Osso Alveolar
Implantação Dentária
Procedimentos Cirúrgicos Bucais
Estética Dentária
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR510.1 - Biblioteca Setorial da Clínica Odontológica


  5 / 7819 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
experimentalDocumentos relacionados
Id: 724303
Autor: Ortiz Zavalla, Graciela L; Berdullas, Pilar; Malamud, Marta.
Título: El objeto en la melancolía / The object in the melancholy
Fonte: Anu. investig. - Fac. Psicol., Univ. B. Aires;20(2):157-161, Noviembre de 2013.
Idioma: es.
Resumo: El presente trabajo se propone explorar las diferencias entre la melancolía como estructura clínica y las características melancólicas que se presentan en los trastornos psiquiátricos.El superyó juega un papel central en esta distinción; la voz que lo constituye y su relación con los objetos pulsionales será considerada desde las perspectivas freudianas y lacanianas. El estudio del cuerpo y de la importancia de la imagen en su constitución contribuirá al esclarecimiento de la abolición del deseo, esencial a la melancolía.(AU)
Descritores: Transtorno Depressivo/psicologia
Superego
Imagem Corporal
-Psicanálise
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: AR81.4 - Biblioteca


  6 / 7819 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Coelho, Henrique Sérgio Moraes
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 724180 LILACS-Express
Autor: Coelho, Juliana Moraes; Coelho, Henrique Sérgio Moraes; Ramos, Ana Lúcia de Araújo; Mendes, Cláudio Gusmão de Figueiredo; Peres, Wilza Arantes Ferreira.
Título: Efeito da terapia com interferon peguilado e ribavirina sobre o estado nutricional de pacientes com infecção crônica pelo vírus C / Effect of therapy with pegylated interferon and ribavirin on the nutritional status of patients with chronic hepatitis C virus infection
Fonte: RBM rev. bras. med;71(6/7), jun.-jul. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A hepatite C afeta cerca 3% da população mundial. No Brasil este percentual varia entre 1% e 2%. O tratamento com melhor resposta é realizado através da terapia combinada de interferon peguilado (PegINF) e ribavirina (RBV). Aproximadamente 10% a 20% desses pacientes apresentam os efeitos adversos da terapia. O estado nutricional tem sido reconhecido como um indicador com valor prognóstico para estes pacientes. Objetivo: O objetivo do trabalho foi avaliar o estado nutricional de pacientes com infecção crônica pelo vírus C submetidos à terapia antiviral combinada de PegINF e RBV. Métodos: A amostra foi constituída de 29 pacientes com idade entre 18 e 70 anos, ambos os sexos, com diagnóstico de hepatite C, em tratamento com PegINF e RBV, sendo acompanhados em ambulatório. Os parâmetros para avaliação nutricional foram: avaliação subjetiva global adaptada para hepatopatas, antropometria (peso, estatura, IMC, dobra cutânea tricipital, circunferência do braço e circunferência muscular do braço) e parâmetros bioquímicos (glicose e hemoglobina). Resultados: Durante a terapia 93,1% dos pacientes perderam peso. Quanto à reserva adiposa 100% dos pacientes do sexo masculino eram eutróficos, já no sexo feminino 25% apresentavam desnutrição. Quanto ao compartimento proteico somático 84,6% dos pacientes do sexo masculino apresentavam desnutrição, enquanto no sexo feminino 37,5%. Observou-se perda de peso maior nos pacientes com depressão e náuseas. Conclusão: Considerando o estado nutricional destes pacientes é importante estimular o diagnóstico e tratamento nutricional visando diminuir a frequência e/ou gravidade dos efeitos colaterais e melhora da resposta ao tratamento.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 7819 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
experimentalDocumentos relacionados
Id: 724155
Autor: Dal Maso, Silvina; Ibalo, Belén; Virgilio, M. Cristina; Wainszelbaum, Verónica.
Título: La constitución del objeto en la melancolía / The constitution of the object in melancholy
Fonte: Anu. investig. - Fac. Psicol., Univ. B. Aires;20(2):81-89, nov. 2013.
Idioma: es.
Resumo: Esta reseña conclusiva es el resultado del trabajo realizado en el proyecto de Investigación: “El objeto en la melancolía: Del amor a la pulsión”, que se realizó entre los años 2010 y 2012, aprobado por el programa UBACyT. Los ejes centrales que condujeron la investigación fueron: el estatuto del objeto en la melancolía en relación con la identificación que la funda. El movimiento que va desde el término das Ding en Freud, a su elevación al valor de concepto en Lacan; las dificultades en la simbolización, en el pasaje de la cosa al objeto; el obstáculo que hemos encontrado para hablar apropiadamente de pérdida de objeto en la psicosis melancólica debido a su singular constitución. Y la distinción entre estados y rasgos melancólicos y la psicosis melancólica. La presente reseña conclusiva tiene por objeto destacar de la mencionada investigación, la modalidad en la constitución del objeto en la melancolía, poniendo de relieve la diferencia entre falta y agujero, yo ideal, ideal del yo y superyo, herida y cicatriz. Se ilustrará además con viñetas clínica y la literatura.(AU)
Descritores: Transtorno Depressivo/psicologia
Teoria Psicanalítica
Simbolismo
Libido
-Psicanálise
Limites: Humanos
Responsável: AR81.4 - Biblioteca


  8 / 7819 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
(texto :
EN)
Laks, Jerson
experimentalDocumentos relacionados
Id: 724119 LILACS-Express
Autor: Tavares, Bianca Boscarino; Moraes, Helena; Deslandes, Andrea Camaz; Laks, Jerson.
Título: Impact of physical exercise on quality of life of older adults with depression or Alzheimer's disease: a systematic review / O impacto do exercício físico na qualidade de vida de idosos com depressão ou com doença de Alzheimer: uma revisão sistemática
Fonte: Trends pychiatry psychother. (Impr.);36(3):139-139, Jul-Sep/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Physical exercise has been associated with improvement of quality of live (QoL), but its effect among the elderly with depression and Alzheimer's disease (AD) is still unclear. This systematic review evaluated randomized and controlled studies about the effect of physical exercise on QoL of older individuals with a clinical diagnosis of depression and AD. METHODS: We searched PubMed, ISI, SciELO and Scopus from December 2011 to June 2013 using the following keywords: physical exercise, quality of life, elderly, depression, Alzheimer's disease. Only six studies met inclusion criteria: two examined patients with AD and four, patients with depression. RESULTS: The studies used different methods to prescribe exercise and evaluate QoL, but all had high quality methods. Findings of most studies with individuals with depression suggested that exercise training improved QoL, but studies with patients with AD had divergent results. CONCLUSIONS: Although different methods were used, results suggested that physical exercise is an effective non-pharmacological intervention to improve the QoL of elderly individuals with depression and AD. Future studies should investigate the effect of other factors, such as the use of specific scales for the elderly, controlled exercise prescriptions and type of control groups. .(AU)

INTRODUÇÃO: O exercício físico parece estar relacionado à melhora na qualidade de vida (QdV), mas seus efeitos em populações de indivíduos idosos com depressão ou Doença de Alzheimer (DA) ainda não foram estabelecidos. Esta revisão sistemática avaliou estudos controlados randomizados sobre os efeitos do exercício físico sobre a QdV em idosos com diagnóstico clínico de depressão e DA. MÉTODOS: Foi feita uma busca nas bases de dados PubMed, ISI, SciELO e Scopus de dezembro de 2011 a junho de 2013 usando os seguintes descritores: exercício físico, qualidade de vida, idosos, depressão, doença de Alzheimer. Apenas seis estudos satisfizeram os critérios de inclusão: Dois com pacientes com DA e quatro com pacientes com depressão. RESULTADOS: Os estudos adotaram metodologias diferentes de prescrição de exercícios e avaliação de QdV, mas todos preencheram os requisitos de alta qualidade metodológica. Os resultados da maioria dos estudos com idosos com depressão sugerem que a QdV melhora com o treinamento físico, mas os estudos com pacientes com DA tiveram resultados divergentes. CONCLUSÕES: Apesar de os estudos usarem metodologias diferentes, seus resultados sugerem que os exercícios físicos são uma intervenção não-farmacológica efetiva para melhorar a QdV entre idosos com depressão e DA. Estudos futuros devem investigar os efeitos de outros fatores, tais como o uso de questionários específicos para idosos, a prescrição controlada de exercícios, e o tipo de grupo controle. .(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 7819 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
(texto :
EN)
Botelho, Clovis
experimentalDocumentos relacionados
Id: 724102 LILACS-Express
Autor: Pawlina, Maritza Muzzi Cardozo; Rondina, Regina De Cássia; Espinosa, Mariano Martinez; Botelho, Clóvis.
Título: Nicotine dependence and levels of depression and anxiety in smokers in the process of smoking cessation / Dependência nicotínica e níveis de depressão e ansiedade em fumantes em processo de cessação
Fonte: Rev. psiquiatr. clín. (São Paulo);41(4):105-105, Jul-Aug/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Background : Depression and anxiety are psychiatric disorders that are related to tobacco use and associated with dependence, the process of cessation, lapses and relapses after quitting smoking. Objective : To analyze the association of nicotine dependence with the level of anxiety and depression in patients who are in the process of smoking cessation. Methods : Cross-sectional study conducted with patients who sought the smoking cessation program in Cuiabá/MT. All the smokers enrolled from May to August 2012, participated in this study. Four instruments were applied: Socio-demographic Questionnaire, Fagerström test, Beck Anxiety Inventory and Beck Depression Inventory. Following bivariate analysis, using the crude prevalence ratio, with level of significance lower than 5% (p < 0.05), having as variable outcome the nicotine dependence ≥ 5 (Fagerström). The associations with p < 0.20 were selected for robust Multiple Poisson Regression (RPa). Results: Associations of Fagerström ≥ 5 with the male sex (RP = 1.15 CI 95% 1.03-1.28); number of cigarettes/day (RP = 1,33; CI 95% 1.19-1.48); and moderate/severe level of depression (RP = 1.15; CI 95% 1.04-1.28) were found. In the final model (RPa), the following variables remained associated: male gender (RPa 1.12; CI 95% 1.01-1.24), number of cigarettes/day (RPa 1.28; CI 95% 1.15-1.43) and high level of depression (RPa 1.12; CI 95% 1.01-1.23). Discussion : High level of nicotine dependence was associated significantly with the level of depression, emphasizing the association between smoking and psychiatric comorbidities. .(AU)

Contexto : Depressão e ansiedade são patologias psiquiátricas que estão relacionadas ao tabagismo e associadas com a dependência, o processo de cessação, lapsos e recaídas após parar de fumar. Objetivo : Analisar a associação da dependência da nicotina com o nível de ansiedade e depressão de pacientes em cessação do tabagismo. Métodos : Estudo transversal realizado com pacientes dos programas de cessação do tabagismo de Cuiabá/MT. Todos os fumantes matriculados, durante o período de maio a agosto de 2012, participaram deste estudo. Foram aplicados quatro instrumentos: Questionário sociodemográfico, teste de Fagerström, Inventário de Ansiedade de Beck e Inventário de Depressão de Beck. Feita análise bivariada, razão de prevalência bruta, com nível de significância de 5% (p < 0,05), tendo como variável desfecho a dependência nicotínica ≥ a 5 (Fagerström). As associações com p < 0,20 foram selecionadas para a Regressão de Poisson Múltipla robusta (RPa). Resultados : Foram encontradas associações do Fagerström ≥ 5 com sexo masculino (RP = 1,15 IC 95% 1,03-1,28); quantidade de cigarros fumados/dia (RP = 1,33; IC 95% 1,19-1,48); e nível de depressão moderado/grave (RP = 1,15; IC 95% 1,04-1,28). No modelo final (RPa), permaneceram associadas as variáveis: sexo masculino (RPa 1,12; IC 95% 1,01-1,24), número de cigarros/dia (RPa 1,28; IC 95% 1,15-1,43) e alto nível de depressão (RPa 1,12; IC 95% 1,01-1,23). Conclusão : Alta dependência de nicotina foi associada significativamente ao nível de depressão, evidenciando a associação entre tabagismo e comorbidades psiquiátricas. .(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 7819 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 723543
Autor: Toledo Núñez, Mauricio.
Título: Cronoterapia y psiquiatría: aspectos a considerar en la clínica / Chronotherapy and psychiatry: issues to consider clinic
Fonte: Rev. psiquiatr. Urug;77(1):20-31, jul. 2013. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Se ha demostrado que las funciones fisiológicas oscilan durante ciclos de 24 horas (circadianos), menos de 24 horas (ultradianos) y mayores de 24 horas (infradianos), lo que se denomina ritmos biológicos (cronobiología). El presente artículo hace énfasis en cómo los ritmos biológicos pueden incidir en la respuesta a los medicamentos y la terapéutica psiquiátrica (cronofarmacología, cronoterapia). Esta variable de estudio podría ofrecer nuevos márgenes en la eficacia y seguridad de los medicamentos y hacer su uso más racional.(AU)

It has been shown that physiological functions oscillate during cycles of 24 hours (circadian), of less than 24 (ultradian) and larger than 24 hours (infradian). These are called biological rhythms (chronobiology). This article emphasizes on how biological rhythms may influence response to drugs and psychiatric treatment (chronopharmacology, chronotherapy). The study of this variable could offer new perspectives on efficacy and safety of drugs in order to pursue a more rational use of them.(AU)
Descritores: Cronoterapia Farmacológica
Psicofarmacologia/métodos
Relógios Biológicos/efeitos de drogas
-Distúrbios do Início e da Manutenção do Sono/quimioterapia
Depressão/quimioterapia
Limites: Humanos
Responsável: UY1.1 - BINAME - Biblioteca Nacional de Medicina



página 1 de 782 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde