Base de dados : LILACS
Pesquisa : SERVICOS DE PLANEJAMENTO FAMILIAR [Descritor de assunto]
Referências encontradas : 416 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 42 ir para página                         

  1 / 416 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 743569
Autor: Guedes, Tatiane Gomes.
Título: Planejamento familiar de mulheres portadoras de transtorno mental / Counseling patients with mental disorders.
Fonte: Fortaleza; s.n; 2007.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Promover assistência ao planejamento familiar (PF) de mulheres portadoras de transtorno mental, contextualizando-as sob o ponto de vista de internações hospitalares, autonomia prejudicada e limitações de suas funções no cuidado de si é um desafio. Todavia, a Constituição Federal assegura que a assistência ao PF é um direito de todo cidadão. Mulheres com transtorno mental são vulneráveis a gravidez não planejada pelo juízo crítico prejudicado nos surtos psicóticos; pela dificuldade em estabelecer uniões estáveis; pela hipersexualidade; e baixa auto-estima. Estudos demonstram maiores taxas de transtornos de ansiedade e do humor, em mulheres. Doravante o exposto foram elaboradas as seguintes questões: quais as condições socioeconômicas e gineco-obstétricas de mulheres com transtorno mental? Qual o perfil psiquiátrico e de planejamento familiar do grupo estudado? Haveria associação entre os diferentes diagnósticos médico de transtorno mental com história e frequência de internações e com o uso correto/incorreto dos métodos anticoncepcionais? Para responder a tais indagações definiu-se por realizar a presente pesquisa com os objetivos de identificar condições sociodemográficas de mulheres portadoras de transtorno mental; verificar aspectos do histórico psiquiátrico do grupo estudado; identificar perfil gineco-obstétrico e do planejamento familiar de mulheres portadoras de transtorno mental; e averiguar a existência ou não de associação entre o diagnóstico médico de transtorno mental com história e frequência de internações e com uso correto/incorreto dos métodos anticoncepcionais...(AU)
Descritores: Serviços de Planejamento Familiar
Saúde Sexual e Reprodutiva
Saúde Mental
Anticoncepção
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
experimentalDocumentos relacionados
Id: 743410
Autor: Nogueira, Rosilea Alves.
Título: Planejamento familiar entre casais surdos: relato de uma metodologia educativa / Family planning among deaf couples: report of an educational methodology.
Fonte: Fortaleza; s.n; 1998. 81 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A assistência em planejamento familiar é uma atividade antes de tudo educativa. As dificuldades da educação nesta área tendem a se agravar quando a questão envolve as pessoas surdas. Acreditamos que o uso do método educativo proposto neste estudo permite a este grupo não só conhecer o leque de métodos anticoncepcionais, como também esclarecer mitos e tabus relacionados a esta prática. Este foi um estudo exploratório , descritivo, que seguiu a proposta de uma pesquisa ação de abordagem qualitativa, de acordo com a teoria da educação de adultos de Paulo Freire. Foi desenvolvido na Associação de Surdos do Estado do Ceará, com quatro casais portadores de deficiência auditiva. O comportamento dos surdos durante as reuniões nos fez inferir que estes se sentiam à vontade e a discussão em torno dos métodos contraceptivos nos levou a deduzir que as informações transmitidas pelos familiares aos surdos são acompanhadas dos tabus existentes na família e da troca de experiências entre os surdos, favorecendo à formação de mitos característicos da própria limitação deste grupo...(AU)
Descritores: Surdez
Serviços de Planejamento Familiar
Investimentos em Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
(texto :
EN)
experimentalDocumentos relacionados
Id: 741071
Autor: Zidorio, Ana Paula Caio; Dutra, Eliane Said; Leão, Dryelle Oliveira Dias; Costa, Izelda Maria Carvalho.
Título: Nutritional aspects of children and adolescents with epidermolysis bullosa: literature review
Fonte: An. bras. dermatol;90(2):223-223, Mar-Apr/2015. graf.
Idioma: en.
Resumo: Epidermolysis Bullosa is a genetic disorder that affects mainly the skin, however, all others systems are influenced. The nutritional care of children and adolescents with Epidermolysis Bullosa is a key treatment strategy, since the energy needs are increased due to the disease's metabolism, burdening the immune system and cicatrization process, symptoms caused by the disease hinder the intake and adequate absorption of nutrients, which may result in inadequate growth and development. Because this is a rare disease, there are few professionals who know the characteristics of both the clinical evolution and nutritional and dietary treatments. This literature review discusses the latest knowledge on energy and specific nutrient requirements to the dietary treatment and monitoring of children and adolescents with Epidermolysis Bullosa.(AU)
Descritores: Comportamento Contraceptivo/estatística & dados numéricos
Anticoncepção/métodos
Serviços de Planejamento Familiar/métodos
Soropositividade para HIV/epidemiologia
Transmissão Vertical de Doença Infecciosa/prevenção & controle
-Comportamento de Escolha
Comportamento Contraceptivo/psicologia
Estudos Transversais
Soropositividade para HIV/psicologia
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Promoção da Saúde
Motivação
Educação Sexual
Parceiros Sexuais
Suazilândia/epidemiologia
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Masculino
Meia-Idade
Gravidez
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
(texto :
EN)
experimentalDocumentos relacionados
Id: 726377
Autor: Dias, Daniel Spadoto; Dias, Rogério; Nahás-Neto, Jorge; Nahás, Eliana Aguiar Petri; Leite, Nilton José; Bueloni-Dias, Flávia Neves; Modotti, Waldir Pereira.
Título: Clinical and psychological repercussions of videolaparoscopic tubal ligation: observational, single cohort, retrospective study / Repercussões clínicas e psíquicas da ligadura tubária videolaparoscópica: estudo observacional de coorte única, retrospectivo
Fonte: São Paulo med. j;132(6):331-331, Nov-Dec/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: CONTEXT AND OBJECTIVE: Tubal ligation is one of the most commonly used contraceptive methods worldwide. Since the controversy over the potential effects of tubal sterilization still continues, this study aimed to evaluate the clinical and psychological repercussions of videolaparoscopic tubal ligation. DESIGN AND SETTING: Observational, single cohort, retrospective study, conducted in a tertiary public hospital. METHODS: A questionnaire was applied to 130 women aged 21-46 years who underwent videolaparoscopic tubal ligation by means of tubal ring insertion or bipolar electrocoagulation and sectioning, between January 1999 and December 2007. Menstrual cycle interval, intensity and duration of bleeding, premenstrual symptoms, dysmenorrhea, dyspareunia, noncyclic pelvic pain and degree of sexual satisfaction were assessed in this questionnaire. Each woman served as her own control, and comparisons were made between before and after the surgical procedure and between the two techniques used. RESULTS: The clinical and psychological repercussions were significant, with increases in bleeding (P = 0.001), premenstrual symptoms (P < 0.001), dysmenorrhea (P = 0.019) and noncyclic pelvic pain (P = 0.001); and reductions in the number of sexual intercourse occurrences per week (P = 0.001) and in libido (P = 0.001). Women aged ≤ 35 years at the time of sterilization were more likely to develop menstrual abnormalities. The bipolar electrocoagulation method showed greater clinical and psychological repercussions. CONCLUSION: Regardless of the technique used, videolaparoscopic tubal ligation had repercussions consisting of increased menstrual flow and premenstrual symptoms, especially in women aged ≤ 35 years, and also had a negative influence on sexual activity. .(AU)

CONTEXTO E OBJETIVO: A ligadura tubária é um dos métodos contraceptivos mais utilizados em todo o mundo. Como a controvérsia sobre seus possíveis efeitos ainda continua, o objetivo deste estudo foi avaliar as repercussões clínicas e psíquicas da laqueadura videolaparoscópica. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo observacional de coorte único, retrospectivo, conduzido em hospital público terciário. MÉTODOS: Foi aplicado um questionário a 130 mulheres, entre 21-46 anos, submetidas à ligadura tubária videolaparoscópica, pelas técnicas de eletrocoagulação bipolar/secção ou inserção do anel tubário, entre janeiro de 1999 e dezembro de 2007. Nesse questionário avaliou-se: intervalo do ciclo menstrual, intensidade e duração do sangramento, sintomas pré-menstruais, dismenorreia, dispareunia, dor pélvica não cíclica e grau de satisfação sexual. Cada mulher serviu como seu próprio controle, foi realizada análise comparativa entre os períodos pré- e pós-cirúrgico e entre as duas técnicas utilizadas. RESULTADOS: As repercussões clínicas e psicológicas mostraram-se significativas, com aumento de sangramento (P = 0,001), de sintomas pré-menstruais (P < 0,001), dismenorreia (P = 0,019), dor pélvica não cíclica (P = 0,001), e redução no número de relações sexuais por semana (P = 0,001) e na libido (P = 0,001). Mulheres com idade ≤ 35 anos, no momento da laqueadura, mostraram-se mais propensas a desenvolverem alterações menstruais. A técnica de eletrocoagulação bipolar mostrou maiores repercussões clínicas e psíquicas. CONCLUSÃO: A ligadura tubária videolaparoscópica, independentemente da técnica, repercutiu com ...(AU)
Descritores: Laparoscopia
Distúrbios Menstruais/etiologia
Esterilização Tubária/efeitos adversos
Esterilização Tubária/psicologia
-Coito/psicologia
Serviços de Planejamento Familiar/métodos
Libido
Ciclo Menstrual/fisiologia
Produtos de Higiene Menstrual
Satisfação do Paciente
Questionários
Estudos Retrospectivos
Esterilização Tubária/métodos
Centros de Atenção Terciária
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
experimentalDocumentos relacionados
Id: 719799
Autor: Arilha, Margareth(org); Caetano, André Junqueira(org); Guedes, Moema(org); Marcondes, Gláucia dos Santos.
Título: Diálogos transversais em gênero e fecundidade: articulações contemporâneas / Transversal dialogues on gender and fertility: contemporary articulations.
Fonte: Campinas; Librum: Abep; 2012. 173 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A publicação foi originada a partir da concretização do seminário "Diálogos Transversais em Gênero e Fecundidade: articulações contemporâneas, organizado em 2011 conjuntamente pelos Grupos de Trabalho: População e Gênero, e de Fecundidade e Comportamento Sexual e Reprodutivo.(AU)
Descritores: Identidade de Gênero
Fertilidade
Medicina Reprodutiva
Anticoncepção
Reprodução
Programas Governamentais
-Pobreza
Serviços de Planejamento Familiar
Centrais Elétricas
Iniquidade Social
Equidade
Políticas Públicas
Congressos
Mercado de Trabalho
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 305.3, 2. 54565/2013


  6 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
experimentalDocumentos relacionados
Id: 719797
Autor: Serruya, Suzanne.
Título: Mulheres esterilizadas: submissão e desejo / Sterilized women: desire and submission.
Fonte: Belém; NAEA;;UFPA;;UEPA; 1996. 183 p.
Idioma: pt.
Descritores: Esterilização Tubária
Anticoncepção/métodos
Anticoncepção/utilização
Serviços de Planejamento Familiar
Direitos da Mulher
-Condições Sociais
Fatores Socioeconômicos
História Reprodutiva
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 613.943, 32. 54560/2013


  7 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 713308
Autor: Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas.
Título: Protocolo para utilização do Levonorgestrel / Protocol for use of Levonorgestrel.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; 2012. 8 p.
Idioma: pt.
Descritores: Anticoncepção/contraindicações
Anticoncepção/métodos
Serviços de Planejamento Familiar
Planejamento Familiar
Atenção Primária à Saúde
Promoção da Saúde
Saúde Pública
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR58.1 - Biblioteca
BR58.1; 615.256.3, B823p. 2193; BR58.1; 615.256.3, B823p, ex.2. 2194


  8 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
(texto :
PT)
experimentalDocumentos relacionados
Id: 705949
Autor: Moura, Laís Norberta Bezerra de; Gomes, Keila Rejane Oliveira.
Título: Planejamento familiar: uso dos serviços de saúde por jovens com experiência de gravidez / Family planning: use of the health services by young people with experience of pregnancy
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;19(3):863-863, 03/2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se analisar o uso de serviços de planejamento familiar por jovens com experiência de gravidez. Trata-se de estudo transversal realizado com 464 jovens que finalizaram uma gravidez no primeiro quadrimestre de 2006, quando tinham entre 15 e 19 anos, em seis maternidades de Teresina. Os dados foram coletados em 2008, por meio de formulário pré-codificado e pré-testado. A análise multivariada apontou que jovens de menor renda, maior número de gestações, que têm como fonte de informação profissionais de saúde, família e parceiro, e que usaram método contraceptivo nas últimas relações sexuais eram mais propensas a serem usuárias dos serviços de planejamento familiar. Aproximadamente 55,0% das jovens afirmaram que buscariam um serviço especializado para sua faixa etária, ainda que distante de sua residência. Constatou-se a necessidade de investimentos em serviço especializado para jovens, com características próprias que facilitam o acesso precoce, bem como atendam aos anseios das jovens que mesmo tendo vivenciado uma gravidez na adolescência, não utilizam os serviços de planejamento familiar disponíveis.(AU)

The scope of this paper was to analyze the use of family planning services by young women with experience of pregnancy. It involves a cross-sectional study conducted with 464 young women who completed a pregnancy in the first quarter of 2006 in six hospitals in Teresina, when they were between 15 and 19 years of age. Data were collected in 2008 through a pre-coded and pre-tested form. Multivariate analysis showed that young women with lower income and a higher number of pregnancies, for whom health professionals, family and partner were their source of information, and who used contraception in their last sexual relations, were more likely to be users of family planning services. Approximately 55% of young women said they would seek a specialized service for their age group, even if it was far from their residence. It was revealed that there is a need for investments in a specialized service with inherent characteristics that facilitate early access for young women, and also address the concerns of the young women who, despite having experienced an adolescent pregnancy, do not use the available family planning services.(AU)
Descritores: Serviços de Planejamento Familiar/utilização
Gravidez na Adolescência
-Estudos Transversais
Limites: Adolescente
Feminino
Humanos
Gravidez
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
(texto :
ES)
experimentalDocumentos relacionados
Id: 695426
Autor: Parra Villarroel, Jaime; Domínguez Placencia, Jerónimo; Maturana Rosales, José; Pérez Villegas, Ruth; Carrasco Portiño, Mercedes.
Título: Conocimiento y percepción de adolescentes sobre el servicio de planificación familiar en Chile / Adolescents’ knowledge and perceptions of the family planning service in Chile
Fonte: Salud colect;9(3):391-400, sep.-dic. 2013. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: El objetivo de este estudio es analizar el conocimiento y la percepción de los y las adolescentes sobre el Programa de Planificación Familiar. Se realizó un estudio transversal a través de metodologías cuantitativa (encuesta semiestructurada) y cualitativa (técnica de grupo focal y entrevistas individuales), con una muestra de 277 adolescentes (15 a 19 años) usuarios del Hospital de El Carmen, en el año 2010. El 12% de varones y mujeres habían iniciado su vida sexual (el 42% de los varones y el 22% de las mujeres, antes de los 15 años). Aunque todos reconocían que la responsabilidad es de ambos, las mujeres consultaron más el Programa que los varones (el 40% y el 13,5% respectivamente) y reconocían haber recibido más información sobre métodos anticonceptivos antes de iniciar su vida sexual que sus pares varones. Los adolescentes de ambos sexos siguen teniendo concepciones erradas sobre el uso de métodos anticonceptivos. Por lo tanto, es necesario intensificar las actividades de difusión de los Programas de Planificación Familiar entre los y las adolescentes.(AU)

The objective of this study is to analyze adolescents’ knowledge and perceptions of Chile’s Family Planning Program. A cross-sectional study using both quantitative (semi-structured surveys) and qualitative (focus group technique and individual surveys) research methods was conducted with a sample of 277 adolescents aged 15-19 years who were users of the Hospital de El Carmen, in the year 2010. The study results showed that 12% of the participants had initiated sexual activity (of this group, 42% of males and 22% of females had done so before the age of 15). Although all participants recognized that both partners should take responsibility, women consulted the program more frequently than men (13.5% of males and 40% of females had consulted the program). Women also acknowledged receiving more information on birth control methods before initiating sexual activity than their male peers. Adolescents of both sexes continue to have misconceptions about birth control. Therefore, it is necessary to enhance activities aimed at heightening awareness of the program among adolescents.(AU)
Descritores: Serviços de Planejamento Familiar
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
-Chile
Estudos Transversais
Entrevistas como Assunto
Limites: Adolescente
Feminino
Humanos
Masculino
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 416 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
experimentalDocumentos relacionados
Id: 693818
Autor: Aygin, Dilek; Fidan, Fatma.
Título: Evaluation of knowledge, attitude and behavior of Turkish university students regarding family planning / Avaliação de conhecimento, atitude e comportamento de alunos de universidade turca com relação a planejamento familiar / Evaluación de conocimientos, actitud y comportamiento de estudiantes universitarios de Turquía respecto de planificación familiar
Fonte: Rev. eletrônica enferm;14(3):464-474, July-Sept. 2012. tab.
Idioma: en.
Resumo: Research conducted to define general knowledge of university students' attitudes and behaviors about family planning. The sample consisted of 755 Sakarya University students. Data were collected from an open-ended questionnaire form and face-to-face interviews. The data analysis process was conducted using specific software. Most participants (59.7%) were over 22 years old and female, and 1.2 % of the females were married. Women in the study had a positive outlook regarding the positive effects of family planning on sexual health and stated that family planning is important to both society and our economy. The awareness and knowledge regarding family planning was found to be strongest among older participants. The family planning concept was understood correctly by about half of the students. Finally, young people did not have sufficient knowledge about family planning, its methods or where to obtain information on the topic.(AU)

Pesquisa foi realizada para definir o conhecimento das atitudes e comportamento dos estudantes universitários sobre planejamento familiar. Estudo envolveu 755 alunos da Universidade Sakarya. Os dados foram coletados de um questionário aberto e técnica face a face. A análise de dados foi feita com um software específico. A maioria dos participantes (59,7 %) com mais de 22 anos foi feminina e 1,2% casadas. As mulheres no estudo têm uma visão positiva dos efeitos do planejamento familiar na saúde sexual e declararam sua importância para a sociedade e economia. A conscientização e conhecimento sobre planejamento familiar foram considerados positivos entre os participantes mais velhos. O conceito de planejamento foi entendido corretamente por cerca de metade dos alunos. Finalmente, os jovens não tinham conhecimento suficiente sobre planejamento familiar, seus métodos ou onde buscar informações sobre o assunto.(AU)

Investigación que objetivó definir conocimientos generales de estudiantes universitarios y su actitud y comportamiento acerca de planificación familiar. Muestra constituida por 755 estudiantes de la Universidad de Sakarya. Datos obtenidos mediante preguntas abiertas efectuadas presencialmente. Se analizaron los resultados utilizando software específico. La mayoría de los participantes (59,7%) tenía más de 22 años, pertenecía al sexo femenino, 1,2% de ellos estaba casado. Las mujeres participantes poseían una visión positiva del efecto benéfico de la planificación familiar en la salud sexual, y establecieron que la planificación familiar es importante a nivel social y económico. La percepción y conocimientos acerca de planificación familiar resultó ser más positiva entre las participantes de mayor edad. El concepto de planificación familiar era entendido correctamente por aproximadamente la mitad de los estudiantes. Se concluye en que la juventud no poseía conocimientos suficientes sobre planificación familiar, sus métodos o de cómo obtener información respecto del tema.(AU)
Descritores: Serviços de Planejamento Familiar
Conhecimento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG



página 1 de 42 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde