Base de dados : BBO
Pesquisa : SP1.001.002.008 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Longo]

página 1 de 1

  1 / 3 BBO  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: -861807
Autor: Rodrigues, Cecile Soriano.
Título: A inserção da Odontologia nas ações integradas de saúde (AIS): análise da experiência em Pernambuco / The Odontology insertion in the integrated actions of health (AIS): analysis of the Pernambuco's experience.
Fonte: Camarajibe; s.n; 1987. vi,96 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação de Ensino Superior de Pernambuco. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Mestre.
Responsável: BR310.1 - Biblioteca Professor Guilherme Simões Gomes
BR310.1, 1987, R696i; tD585


  2 / 3 BBO  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: -850124
Autor: Souza, Telma de Almeida; Mattos, Flávio de Freitas.
Título: Representação social de adultos sobre tabagismo e suas implicações para a saúde: estudo realizado em comunidade rural - MG / The social representation of smoking among adults and its implications for health: study conducted in a rural community in the state of Minas Gerais
Fonte: Arq. odontol;48(03):159-165, 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Apreender a representação social de adultos de uma comunidade rural sobre o tabagismo e suas implicações para a saúde e, por conseguinte, fornecer subsídios para planejamento das ações dos serviçosde saúde. Materiais e Métodos: Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 15 adultos (fumantes, exfumantes e não-fumantes), entre 30 a 59 anos, moradores de uma região rural em Santa Bárbara-MG e usuários do serviço de saúde municipal, para uma análise utilizando a abordagem qualitativa dos dados. Resultados:Foi possível classificar e separar os discursos em três grandes temas: Iniciação do Tabagismo; Influência naQualidade de Vida e Cessação do Hábito. Os entrevistados consideraram importante que os profissionais desaúde tenham maior ação no apoio à cessação do tabagismo. Há concordância de que é necessário não apenasmanter as propagandas antitabaco nos maços e ampliar o número de áreas restritivas ao cigarro, bem comoa intensificação destas medidas. Conclusão: Deve-se aumentar as ações direcionadas aos jovens e à família,pois ambos interferem fundamentalmente na iniciação ao fumo. A criação de grupos de convivência podeauxiliar na cessação do hábito de fumar. Diminuir as formas de pressão social aos grupos em situação devulnerabilidade social pode ajudar na diminuição do número de fumantes.
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca
BR365.1


  3 / 3 BBO  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: -698365
Autor: Souza, Telma de Almeida; Mattos, Flávio de Freitas.
Título: Representação social de adultos sobre tabagismo e suas implicações para a saúde: estudo realizado em comunidade rural - MG / The social representation of smoking among adults and its implications for health: study conducted in a rural community in the state of Minas Gerais
Fonte: Arq. odontol;48(3):159-165, Jul.-Sep. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Apreender a representação social de adultos de uma comunidade rural sobre o tabagismo e suas implicações para a saúde e, por conseguinte, fornecer subsídios para planejamento das ações dos serviçosde saúde. Materiais e Métodos: Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 15 adultos (fumantes, exfumantes e não-fumantes), entre 30 a 59 anos, moradores de uma região rural em Santa Bárbara-MG e usuários do serviço de saúde municipal, para uma análise utilizando a abordagem qualitativa dos dados. Resultados:Foi possível classificar e separar os discursos em três grandes temas: Iniciação do Tabagismo; Influência naQualidade de Vida e Cessação do Hábito. Os entrevistados consideraram importante que os profissionais desaúde tenham maior ação no apoio à cessação do tabagismo. Há concordância de que é necessário não apenasmanter as propagandas antitabaco nos maços e ampliar o número de áreas restritivas ao cigarro, bem comoa intensificação destas medidas. Conclusão: Deve-se aumentar as ações direcionadas aos jovens e à família,pois ambos interferem fundamentalmente na iniciação ao fumo. A criação de grupos de convivência podeauxiliar na cessação do hábito de fumar. Diminuir as formas de pressão social aos grupos em situação devulnerabilidade social pode ajudar na diminuição do número de fumantes.
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde