Base de datos : BDENF
Búsqueda : F01.100.100 [Categoria DeCS]
Referencias encontradas : 8 [refinar]
Mostrando: 1 .. 8   en el formato [Largo]

página 1 de 1

  1 / 8 BDENF  
              next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 30695
Autor: Vilelas, José Manuel da Silva; Lopes, Susana Maria Ribeiro.
Título: O computador e o desenvolvimento de alterações musculoesqueléticas em adolescentes e jovens / The computer and the development of skeletal muscle changes among adolescents and young people
Fuente: Rev. baiana enferm;26(2), 2012.
Idioma: pt.
Resumen: Adolescentes e jovens são, hoje, grandes utilizadores do computador e os diversos estudos realizados mostram que o seu uso tem efeitos no sistema musculoesquelético dos utilizadores. O objetivo deste artigo é descrever as alterações musculoesqueléticas nos que utilizam o computador. Para tal, pesquisou-se nas bases de dados Cinahl e Medline, de janeiro de 2006 a dezembro de 2011, pelo método PI[C]O, onde se obtiveram 33 artigos, selecionando- -se 13 após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão. Os resultados demonstraram que as principais alterações musculoesqueléticas situam-se no pescoço, ombros e membros superiores; as mulheres relataram mais queixas. O tempo de uso do computador aumenta a prevalência de disfunções. Concluiu-se ser pertinente a existência de orientações no uso do computador, tendo o enfermeiro de saúde infantil um papel importante na sua transmissão, ao prevenir essas alterações, maximizando a saúde dos adolescentes e jovens. (AU)

Adolescents and young people are nowadays great users of computers. However, several studies show that the use of computers has effects on the users’ musculoskeletal system.The objective of this study is to describe the musculoskeletal changes in adolescents and young people that use computers. Therefore, the research was conducted through the use of Medline and Cinahl databases from January 2006 to December 2011. Through the use of PI[C]O method there where were obtained 33 articles, 13 articles were selected after using the inclusion and exclusion criteria. The results showed that the main musculoskeletal changes are situated on the neck, shoulders and upper limbs.Women reported more complaints than men. The bigger the time of computer use the bigger the prevalence of disorders. Thus, it is relevant to create guidelines for the computer use. A nurse practicioner has an important role in guiding it in order to prevent these changes, maximizing adolescents and young’s health. (AU)

En la actualidad, los adolescentes y los jóvenes son usuarios habituales del ordenador y, diversos estudios muestran que, su uso, tiene efectos sobre el sistema musculoesquelético de los mismos. Por lo tanto, el objetivo de este artículo es describir los cambios en el sistema musculoesquelético en los usuarios del ordenador. La investigación se realizó en las bases de datos Cinahl y Medline, de enero de 2006 a diciembre de 2011, a través del método PI[C]O, obteniéndose 33 artículos que, después de la aplicación de los criterios de inclusión y exclusión, se seleccionaron13. Los resultados mostraron que los principales cambios musculoesqueléticos se sitúan en el cuello, en los hombros y en las extremidades superiores, entre tanto, las mujeres reportaron más quejas. El tiempo de uso del ordenador aumenta la prevalencia de los trastornos. Se concluye que las orientaciones sobre el uso del ordenador son pertinentes y, el enfermero de salud infantil, desempeñaa un rol importante en la transmisión de las mismas, previniendo los trastornos y maximizando la salud de los adolescentes y jóvenes. (AU)
Responsable: BR1.1 - BIREME


  2 / 8 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 16139
Autor: Chazan, Ana Cláudia; Perez, Edson Aguilar.
Título: Avaliação da implementação do sistema informatizado de cadastramento e acompanhamento de hipertensos e diabéticos (HIPERDIA) nos municípios do estado do Rio de Janeiro / Assessment of the Implementation of the Computerized System of Enrollment and Follow-up of Hypertensive and Diabetics Patients (HIPERDIA) in the Municipalities of the State of Rio de Janeiro
Fuente: Rev. APS;11(1):10-16, jan.-mar. 2008. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumen: O número de hipertensos e diabéticos cadastrados no sistema informatizado de cadastramento e acompanhamento de hipertensos e diabéticos (HIPERDIA) foi sugerido em 2005, pelo Ministério da Saúde como indicador suplementar do Pacto de Indicadores da Atenção Básica (Pacto). Como naquele ano o número de cadastros efetuados no Estado do Rio de Janeiro (ERJ) estava bem aquém do estimado, foi encaminhado aos municípios, um questionário para avaliação do processo local de implementação do HIPERDIA. Recebemos o retorno de 72/92 (78,3%) questionários, onde 59/72 (82%) afirmaram ter o sistema instalado e 52/59 (88%) referiram a realização do cadastramento de pacientes e a digitação de dados. Dificuldades no cadastramento e na digitação foram referidas por 34/52 (65,4%) e por 19/52 (37%) municípios, respectivamente, relacionadas principalmente ao processo de trabalho das equipes e/ou a falta de estrutura do Programa de Hipertensão e Diabetes (HA e DM). A descontinuidade dos investimentos federais no aprimoramento do HIPERDIA, a rotatividade municipal dos coordenadores do Programa de HA e DM e dos responsáveis pelo HIPERDIA, a ausência de treinamento continuado e dificuldades de interlocução dos municípios com os técnicos do DATASUS e com a Coordenação estadual contribuíram para as dificuldades de implementação do HIPERDIA no estado do Rio de Janeiro.(AU)

In 2005, the Ministry of Health suggested, as an additional indicator in the Pact of Primary Care Indicators (Pact), using the number of hypertensive and diabetic patients entered into a computerized system known as HIPERDIA, for the enrollment and follow-up of hypertensive and diabetics patients. Because during that year the number of enrollments made in the State of Rio de Janeiro (RJS) was considerably below estimate, the municipalities were each sent a questionnaire to evaluate the local implementation process of HIPERDIA. Seventy-two of the 92 (78.3%) questionnaires were returned from which 59/72 (82%) confirmed having the system installed, and 52/59 (88%) reported carrying out patient enrollments and entering data. Difficulties in registration and data entry were reported by 34/52 (65. 4%) and 19/52 (37%) municipalities respectively, related primarily to the work processes of the health teams and/or to lack of structure in the Hypertension and Diabetes Program (HA and DM). Contributing to the difficulties of HIPERDIA implementation in the state of Rio de Janeiro were: discontinuity of federal investments in the improvement of the system; the municipal turnover of coordinators of the HA and DM Programs and those responsible for HIPERDIA; the lack of on-going training, and difficulties in dialogue between the municipalities with the DATASUS technicians and state Coordination.(AU)
Responsable: BR1.1 - BIREME


  3 / 8 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Leite, Maria Madalena Januário
Texto completo
Id: 13887
Autor: Peres, Heloisa Helena Ciqueto; Meira, Karina Cardoso; Leite, Maria Madalena Januário.
Título: Ensino de didática em enfermagem mediado pelo computador: avaliação discente / Computer-mediated teaching of didactics in nursing: students evaluation
Fuente: Rev. Esc. Enferm. USP;41(2):271-278, jun. 2007. tab, graf.
Idioma: Pt.
Resumen: Este estudo de natureza exploratória descritiva teve como finalidade descrever a opinião dos discentes quanto à forma e conteúdo de um site educacional e a aplicação deste como recurso instrucional no ensino da Disciplina de Didática em Enfermagem de um Curso de Graduação em Enfermagem de uma escola do município de São Paulo. Os sujeitos do estudo foram alunos matriculados nessa disciplina no primeiro semestre do ano letivo de 2003. Os resultados do estudo demonstraram que os discentes apresentam prontidão ao uso da informática e são favoráveis à adoção de novas metodologias de ensino mediadas pelo computador na enfermagem, na perspectiva de ampliar e diversificar as formas de comunicação entre professores e alunos.(AU)

This exploratory descriptive studyÆs purpose is to describe what students think regarding the form and content of an educational site and its application as an instructional resource for the discipline of Didactics in Nursing in the undergraduate course in Nursing at a school in the city of São Paulo. The studyÆs subjects were students enrolled in that discipline during the first semester of the school year of 2003. Theresults show promptness regarding the use of computers on the part of the students, who are favorable to the adoption of new computer-mediated teaching methodologies in Nursing as ameans to increase and diversify the forms of communication between instructors and students.(AU)

Este estudio de naturaleza exploratoria descriptiva tuvo la finalidad de evaluar un sitio de internet educativo utilizado en la enseñanza de la Disciplina deDidáctica en Enfermería de un Curso de Graduación en Enfermería de una Escuela del Municipio de Sao Paulo, según la opinión de los alumnos. Lossujetos del estudio fueron alumnosmatriculados en esa disciplina correspondientes al primer semestre del año escolar del 2003. Los resultados de la investigación demuestran que losalumnos presentan agilidad en el área de informática durante la enseñanza de didáctica y son favorables a la adopción de nuevas metodologías de enseñanza intermediadas por la computadora enenfermería, en la perspectiva de ampliar y diversificar las formas de comunicación entre profesores y alumnos.(AU)
Responsable: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  4 / 8 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lopes, Maria Helena Baena de Moräes
Texto completo
Id: 12923
Autor: Ribeiro, Maria Andréia Silva; Lopes, Maria Helena Baena de Moraes.
Título: Mensuração de atitudes de enfermeiros e médicos sobre o uso de computadores na era da Internet / Measurement of nurses and physicians' attitudes towards computer usage in the age of Internet
Fuente: Rev. latinoam. enferm;12(2):228-234, mar.-abr. 2004. tab.
Idioma: Pt.
Resumen: Foram investigadas as atitudes dos enfermeiros e médicos de um hospital público de Campinas, SP, Brasil, frente ao uso do microcomputador na assistência à saúde. O instrumento utilizado foi um questionário composto por duas partes. A primeira constou de informações sobre características da amostra e a segunda constituiu-se de uma escala, do tipo Likert, já validada em nosso meio e que possui 20 enunciados, dos quais seis expressam atitudes positivas e 14, atitudes negativas. Foram entrevistados 20 enfermeiros e 32 médicos. Os coeficientes a (alfa) de Cronbach obtidos demonstraram alta consistência interna entre os itens para ambos os grupos (enfermeiros e médicos). Evidenciou-se atitude global positiva dos profissionais, indicando receptividade para implantação de sistemas informatizados. Verificou-se, também, que muitos profissionais faziam uso do computador nos últimos anos, coincidindo com a evolução da internet (AU)
Responsable: BR26.1 - Biblioteca Central


  5 / 8 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Id: 9973
Autor: Peres, Heloísa Helena Ciqueto.
Título: O ser docente de enfermagem frente ao mundo da informática: um olhar na perspectiva da fenomenologia social / The nurse faculty in the face of the world of informatics: a social-phenomenological approach.
Fuente: Säo Paulo; s.n; 2001. 228 p. ilus.
Idioma: Pt.
Tesis: Presentada en Universidade de Säo Paulo. Escola de Enfermagem para obtención del grado de Doutor.
Resumen: A presente pesquisa objetiva desvelar, segundo a percepçäo dos enfermeiros docentes, o significado da inserçäo da informática no ensino de enfermagem tendo como referencial de análise a vertente da fenomenologia social de Alfredo Schütz. Nessa perspectiva, os sujeitos que vivenciam a situaçäo singular da informática no ensino de enfermagem e, assim, capazes de atribuir significaçöes às experiências vividas, säo docentes que ministram, esse ensino em uma Escola de Enfermagem vinculada à uma Universidade Pública do Estado de Säo Paulo. A obtençäo dos depoimentos foram norteados pela seguinte interrogaçäo: Como você percebe a informática no ensino de enfermagem? A apreensäo de dados biográficos das entrevistas fez parte da entrevista, objetivando o conhecimento da trajetória profissional na docência e suas experiências com a informática. A trajetória metodológica permitiu a compreensäo da informática no ensino de enfermagem a partir das descriçöes dos sujeitos que vivenciam esse fenômeno. Assim, emergiram dos discursos 9 subcategorias que agrupadas resultaram em 6 categorias concretas do vivido, que caracterizam o estável e o mutável no cotidiano desse grupo de docentes pesquisado. As categorias e as respectivas subcategorias säo: categoria - Projetando a adoçäo da informática no ensino, com as subcategorias: Utilizando a informática como recurso didático e Inovando a proposta curricular; Preparando tecnologicamente os alunos - Atuando no mercado de trabalho informatizado e Utilizando a informática na pesquisa; Acompanhando o mundo tecnológico - Acreditando na informática, Capacitando tecnologicamente o docente e Aplicando a informática no ensino; Resgatando a política institucional; Identificando o conhecimento tecnológico - Vivendo o despreparo tecnológico docente, Enfrentando alunos "internautas" e Vivendo o mundo da informática na saúde. Passando de uma atitude pré-reflexiva comum ao mundo da vida diária, para um comportamento racional, através de um processo reflexivo da realidade estudada, foi possível construir o tipo vivido dos docentes: "Docentes frente à informática no ensino de enfermagem" a partir dos impulsos motivacionais típicos dos docentes referente ao fenômeno estudado, caracterizados pelos motivos para e motivos porque, constituindo as tipificaçöes desse grupo de docentes sobre a açäo - inserçäo da informática no ensino de enfermagem. O cenário desvelado nas falas das docentes permitiu a construçäo do tipo vivido de docente como...(AU)
Responsable: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1; T1938


  6 / 8 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Id: 6056
Autor: Teixeira, Elizabeth.
Título: Conhecimento e opiniöes de enfermeiros sobre informática na enfermagem / Nurse's knowledge and opinions about computers in nursing
Fuente: Enfoque (Sao Paulo);18(1):17-9, mar.-jul. 1990. tab.
Idioma: Pt.
Resumen: O presente estudo é baseado numa pesquisa realizada com enfermeiros de um hospital universitário e reflete o desconhecimento do assunto por estes acerca da informática aplicada à enfermagem. (AU)
Responsable: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 8 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Id: 5611
Autor: Evora, Yolanda Dora Martinez.
Título: Enfermagem e informática: tendências atuais e perspectivas futuras / Nursing and //////////////////////////.
Fuente: Ribeiräo Preto; s.n; 1993. 230 p. ilus, tab.
Idioma: Pt.
Tesis: Presentada en Universidade de Säo Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeiräo Preto para obtención del grado de Doutor.
Resumen: Aspirando ao desenvolvimento de uma pesquisa que contribua, de forma substancial e siginificante, para a teorizaçäo na área de utilizaçäo do microcomputador na formaçäo do enfermeiro e na prática de enfermagem, este estudo descreve os passos necessários ao desenvolvimento e implantaçäo de um sistema de informaçäo em enfermagem, em unidades de internaçäo hospitalar. Analisa, também, a atitude dos enfermeiros e médicos face à utilizaçäo do computador em suas atividades diárias. Esta pesquisa foi desenvolvida junto aos hospitais pertencentes à Mayo Foundation, em Rochester, MN, nos Estados Unidos e no Brasil, junto a dois hospitais da cidade de Ribeiräo Preto, no interior paulista. Enfatiza a problemática da tecnologia computacional como fenômeno a ser considerado pelo enfermeiro e o impacto de tecnologias na profissäo de Enfermagem e sua utilizaçäo prática. Descreve o que vem a ser um Sistema de Informaçäo em Enfermagem, suas etapas de desenvolvimento, implantaçäo e avaliaçäo, objetivando a implantaçäo de um projeto de informatizaçäo. Inclui uma breve abordagem sobre custo-benefício e algumas indicaçöes à seleçäo de sistemas de informaçäo em enfermagem nas instituiçöes de saúde em nosso país. Complementando o estudo, investigamos o grau de prontidäo e receptibilidade do enfermeiro e do médico, com relaçäo ao uso do computador em nossa realidade da prática de assistência à saúde. Os resultados mostraram que os enfermeiros e médicos responderam com atitudes favoráveis frente aos computadores, indicando um clima de receptividade para mudanças. Demonstraram estar abertos para aprender sobre os computadores e a começar a usá-los com o propósito de facilitar, principalmente, a administraçäo de informaçöes nas unidades de internaçäo. Confirmamos, ainda, que variáveis como idade, preparaçäo educacional, funçäo ou cargo exercido, áreas clínicas, especialidade médica, turnos de trabalho, anos de experiência profissional e experiência prévia com computadores, näo tiveram influência significante , constando-se, apenas, tendências nas atitudes dos enfermeiros e dos médicos. (AU)
Responsable: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1/T-WY100*EVEN


  8 / 8 BDENF  
              first record previous record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Silva, José Aparecido da
Id: 2020
Autor: Evora, Yolanda Dora Martinez; Fávero, Neide; Silva, José Aparecido da.
Título: Comparaçäo da atitude dos enfermeiros e médicos frente ao uso de computadores / Comparing nurses and phisicians' attitude toward computers
Fuente: Rev. paul. enferm;14(1):24-8, jan.-abr. 1995.
Idioma: Pt.
Resumen: O presente estudo tem como objetivo investigar a atitude do enfermeiro e do médico com relaçäo ao uso do computador na prática de assistência à saúde. Foi utilizado um questionário com 20 (vinte) itens, construído sob a forma de escala de Likert, desenvolvido por Stronge e descrito por STRONGE; BRODT (1985). A análise descritiva dos itens demonstrou que, embora os grupos estudados sejam distintos, a distribuiçäo das frequências näo diferem entre si, existindo similaridade entre as médias dos escores obtidos nas respostas fornecidas pelos enfermeiros e médicos. Tanto os enfermeiros como os médicos responderam com atitudes positivas ao uso de computadores no hospital, indicando um clima de receptividade para mudanças. (AU)
Responsable: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG



página 1 de 1
   


Refinar la búsqueda
  Base de datos : Formulario avanzado   

    Buscar en el campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPS/OMS - Centro Latinoamericano y del Caribe de Información en Ciencias de la Salud