Base de datos : BDENF
Búsqueda : F01.100.125 [Categoria DeCS]
Referencias encontradas : 178 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   en el formato [Largo]

página 1 de 18 va a la página                         

  1 / 178 BDENF  
              next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: -905224
Autor: Subutzki, Larissa Spies; Smeha, Luciane Najar; Costenaro, Regina Santini; Backes, Dirce Stein.
Título: Processo de morte e morrer em unidade de terapia intensiva neonatal à luz da complexidade / Process of death and dying in a neonatal intensive care unit in the light of complexity
Fuente: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);10(3, n. esp):25-28, jun. 2018.
Idioma: pt.
Resumen: O processo de morte e morrer de neonatos se constitui em processo singular e complexo, tanto para a equipe multiprofissional, quanto para os familiares. Nessa direção, a validação de um construto teórico-prático sobre o processo de morte e morrer, na perspectiva do pensamento complexo, se constitui em estratégia proativa para o (re) pensar da própria existência humana, além de possibilitar reflexões teórico-práticas entre os profissionais da equipe multiprofissional que contribuam para o enfrentamento das adversidades e das incertezas inerentes à dinâmica existencial e cuidativa. O pensamento complexo corrobora, nessa direção, com a aposta de que não é possível fugir das incertezas e das adversidades da vida, mas de que é preciso assumir a morte e o morrer como fenômeno integrante da dinâmica existencial
Responsable: BR1208.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição
BR1208.1


  2 / 178 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: -868298
Autor: Salum, Maria Eduarda Grams; Kahl, Carolina; Cunha, Kamylla Santos da; Koerich, Cintia; Santos, Thiago Oliveira dos; Erdmann, Alacoque Lorenzini.
Título: Processo de morte e morrer: desafios no cuidado de enfermagem ao paciente e família / The process of death and dying: challenges in nursing care for patients and family members
Fuente: Rev Rene (Online);18(4):528-535, jul - ago 2017.
Idioma: en.
Resumen: Objetivo: compreender as ações e interações suscitadas por enfermeiros no cuidado ao paciente e família em processo de morte e morrer. Métodos: pesquisa qualitativa com aporte teórico-metodológico da Teoria Fundamentada nos Dados. Foi realizada entrevista individual com 18 participantes, divididos em três grupos amostrais. Resultados: ressalta-se fragilidade na formação do enfermeiro sobre o processo de morte-morrer, importância do vínculo enfermeiro-paciente, apoio aos familiares e respeito ao processo de luto. Como estratégias de enfrentamento, a educação permanente, compartilhamento de experiências com pares e apego às crenças espirituais. A empatia aparece como principal desafio, considerando a influência de fatores pessoais e burocráticos. Conclusão: destaca-se nas ações e interações suscitadas no cuidado ao paciente e família em processo de morte e morrer a maneira como os enfermeiros respondem aos desafios da atuação profissional, buscando construir vínculo com pacientes e familiares, apoiando e respeitando o processo de luto com base na empatia. (AU)
Responsable: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 178 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: -846666
Autor: Lima, Roberta de.
Título: Conversação sobre a morte no processo de cuidar: uma contribuição para a formação do enfermeiro / Talking about death in the caring process: a contribution to the formation of the Nurse.
Fuente: Rio de Janeiro; s.n; maio 2017. 156 f p. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Tesis: Presentada en Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Enfermagem Anna Nery para obtención del grado de Doutor.
Resumen: O objeto é a morte e o processo de morrer nas experiências de vida e de formação profissional de estudantes de enfermagem. Objetivo geral: Propor uma tecnologia de processo de ensino-aprendizagem na formação do enfermeiro sobre a morte e o processo de morrer. Objetivos específicos: Identificar os sentidos atribuídos à morte e ao processo de morrer pelo estudante de graduação; caracterizar suas dificuldades em lidar com o processo de morte e morrer e aos respectivos cuidados; analisar a aplicabilidade da tecnologia aplicada no ensino sobre a morte e ao morrer. Método: Pesquisa qualitativa, participativa e de validação da tecnologia aplicada. Campo: universidade pública, federal, na cidade do Rio de Janeiro. Participantes: estudantes do Curso de Graduação em Enfermagem. Critérios de inclusão: matrícula ativa, a partir do sexto período; de exclusão: estar afastado das atividades do curso. Participaram 25 estudantes, divididos em três grupos. Produção de dados: questionário sobre o perfil sócio-econômico-demográfico e cultural dos participantes; tecnologia de processo de ensino composta por desenho relacionado à temática; simulação de cuidado em caso de morte; grupo focal; observação participante. Avaliação: formulário e Escala de Medo da Morte de Collet-Lester (EMMC-L) em pré e pós-teste. Registros: áudio e fotográfico. Encerramento por saturação teórica e empírica. Análise: Dados do perfil por estatística descritiva/percentual; dados textuais por análise temática de conteúdo; dados da EMMC-L pelo software IBM® SPSS® Statistics for Windows, versão 24. Conclusão: A morte se relaciona a crenças religiosas, tristeza pela perda e ansiedade pela morte dos pacientes. Os cuidados mais evidentes foram: com o corpo, família e aspectos religiosos, ampliação do conhecimento real dos estudantes sobre o tema, reduzindo informações fragmentadas e/ou imaginárias que ampliam a preocupação com a morte, aguçamento da percepção dos sentimentos e crenças pessoais que influenciam comportamentos no cuidado. Houve diminuição do medo da morte de si e do outro. A tecnologia de processo de ensino mostrou ser um recurso potente para a aprendizagem sobre o cuidar no processo de morte-morrer, viabilizando a educação para a morte, com ampliação do conhecimento sobre o cuidado de si e o cuidado do outro relacionado ao fim de vida.(AU)
Responsable: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação
BR442.1; D383 EEAN


  4 / 178 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lunardi, Valéria Lerch
Texto completo
Id: -829853
Autor: Cogo, Silvana Bastos; Lunardi, Valéria Lerch; Quintana, Alberto Manuel; Girardon-Perlini, Nara Marilene Oliveira; Silveira, Rosemary Silva da.
Título: Desafios da implementação das diretivas antecipadas de vontade à prática hospitalar / Desafíos para la implementación de las directivas anticipadas de voluntad en la práctica hospitalaria / Challenges to implementation of advance directives of will in hospital practice
Fuente: Rev. bras. enferm;69(6):1031-1038, nov.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumen: RESUMO Objetivo: conhecer as dificuldades e limitações relacionadas à implementação das Diretivas Antecipadas de Vontade no contexto hospitalar. Método: estudo qualitativo, do tipo descritivo e exploratório, mediante entrevista semiestruturada com enfermeiros, médicos residentes e cuidadores familiares. Os dados foram analisados por meio da técnica de análise textual discursiva e ancorados no referencial dos princípios da bioética. Resultados: emergiram as categorias: A terminalidade como expressão de derrota e a cura como opção para o cuidado? Receios das implicações legais; Diretivas Antecipadas de Vontade requerem autonomia do paciente e adequada comunicação. Conclusão: as limitações e dificuldades atribuídas à prática das diretivas antecipadas de vontade, na perspectiva dos participantes, indicam, além dos inúmeros conflitos e dilemas relacionados às questões de final de vida, que vivências da iminência da morte não têm possibilitado que os desejos dos pacientes sejam respeitados.

RESUMEN Objetivo: conocer dificultades y limitaciones relacionadas a la implementación de las Directivas Anticipadas de Voluntad en el contexto hospitalario. Método: estudio cualitativo, de tipo descriptivo y exploratorio, mediante entrevista semiestructurada con enfermeros, médicos residentes y cuidadores familiares. Los datos fueron analizados por técnica de análisis textual discursivo, y fundamentados en referencial de principios de la bioética. Resultados: surgieron las categorías: ¿La terminalidad como expresión de derrota y la cura como opción para el cuidado? Temores a las implicaciones legales; Las Directivas Anticipadas de Voluntad requieren de autonomía del paciente y de adecuada comunicación. Conclusión: las limitaciones y dificultades atribuidas a la práctica de las directivas anticipadas de voluntad, en la perspectiva de los participantes, indicaron, además de los numerosos conflictos y dilemas relacionados al final de la vida, que las vivencias de la muerte inminente no han permitido que los deseos de los pacientes sean respetados.

ABSTRACT Objective: to understand the difficulties and limitations in the implementation of advance directives of will in the hospital context. Method: qualitative, exploratory and descriptive study conducted by means of semi-structured interviews with nurses, resident physicians and family caregivers. The data were analyzed by using discursive textual analysis based on the framework of bioethics principles. Results: the following categories emerged: Terminality as an expression of loss and cure as an option for care; concerns about legal implications; advance directives of will demand patient autonomy and proper communication. Conclusion: limitations and difficulties in practice of advance directives of will from the perspective of the participants show, apart from countless conflicts and dilemmas regarding end-of life matters, that impending death experiences obstruct patients' wishes.
Responsable: BR1.1 - BIREME


  5 / 178 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Motta, Maria da Graça Corso da
Texto completo
Id: -752585
Autor: Silva, Adriana Ferreira da; Issi, Helena Becker; Motta, Maria da Graça Corso da; Botene, Daisy Zanchi de Abreu.
Título: Palliative care in paediatric oncology: perceptions, expertise and practices from the perspective of the multidisciplinary team / Cuidados paliativos en oncología pediátrica: percepciones, saberes y prácticas bajo la perspectiva de un equipo multidisciplinario / Cuidados paliativos em oncologia pediátrica: percepções, saberes e práticas na perspectiva da equipe multiprofissional
Fuente: Rev. gaúch. enferm;36(2):56-62, Apr-Jun/2015.
Idioma: en.
Resumen: OBJECTIVE: To reveal the perceptions, expertise and practices of multi-professional teams providing palliative care to children in a paediatric oncology unit. The research questions were based on everyday care, facilitations and difficulties, essential aspects of professional approaches, and the inter-disciplinary focus of care for children in palliative care and their families. METHOD: Qualitative, exploratory and descriptive research. Data were collected from June to October 2013 from nine professional multidisciplinary team members by means of a semi-structured interview submitted to thematic analysis. RESULTS: The following four themes emerged from analysis: palliative care: conceptions of the multi-professional team; the construction of singular care; the facilitations and difficulties experienced by the team and significant lessons learned. CONCLUSIONS: The subjects revealed that the team also suffers with the death of a child and, like the family, moves toward the construction of coping mechanisms for the elaboration of mourning. Paradoxically, the team shares knowledge to determine the foundations of a singular therapeutic project and inserts the family in this process so that it can be the protagonist of the child's care. .

OBJETIVOS: Conocer las percepciones, saberes y prácticas de un equipo multidisciplinario en la atención a niños bajo cuidados paliativos en una unidad de oncología pediátrica. Las preguntas orientadoras se basaron en el cuidado diario, las facilidades y las dificultades, aspectos esenciales del enfoque profesional, y el enfoque interdisciplinario en el cuidado de los niños en cuidados paliativos y sus familias. MÉTODO: Se trata de un estudio cualitativo, exploratorio y descriptivo. La recopilación de los datos se realizó de junio a octubre de 2013 junto a nueve profesionales que integran un equipo multidisciplinario por medio de entrevista semiestructurada y sometidos al análisis temático. RESULTADOS: Del análisis cuatro temas emergieron: cuidados paliativos: concepciones del equipo multidisciplinario; la construcción de un cuidado singular; las facilidades y las dificultades vividas por el equipo y aprendizajes significativos. CONCLUSIONES: Estos temas revelaron que el equipo también sufre con la muerte del niño y, del mismo modo que la familia, se mueve hacia la construcción de mecanismos de enfrentamiento para la elaboración del luto. Paradójicamente, el equipo comparte saberes para delinear las bases del proyecto terapéutico a ser implementado e inserta la familia en ese proceso para que ella pueda asumir el protagonismo del cuidado al niño. .

OBJETIVOS: Conhecer as percepções, saberes e práticas da equipe multiprofissional na atenção às crianças em cuidados paliativos em unidade de oncologia pediátrica. As questões norteadoras basearam-se no cotidiano do cuidado, nas facilidades e nas dificuldades vivenciadas, aspectos essenciais da abordagem profissional, e no enfoque interdisciplinar na atenção às crianças em cuidados paliativos e suas famílias. MÉTODO: Pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva. Os dados foram coletados de junho a outubro de 2013 junto a nove profissionais integrantes da equipe multidisciplinar por meio de entrevista semiestruturada e submetidos à análise temática. RESULTADOS: Da análise emergiram quatro temas intitulados cuidados paliativos: concepções da equipe multiprofissional; a construção de um cuidado singular; as facilidades e as dificuldades vivenciadas pela equipe e aprendizagens significativas. CONCLUSÕES: Os temas revelaram que a equipe sofre, igualmente, com a morte da criança e, de forma semelhante à família, move-se em direção à construção de mecanismos de enfrentamento para a elaboração do luto. Paradoxalmente, a equipe compartilha saberes para delinear as bases do projeto terapêutico singular a ser implementado e insere a família nesse processo para que possa assumir o protagonismo do cuidado à criança. .
Responsable: BR1.1 - BIREME


  6 / 178 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Mantovani, Maria de Fátima
Texto completo
Id: -752579
Autor: Campos, Caroline Gonçalves Pustiglione; Mantovani, Maria de Fátima; Nascimento, Maria Elisa Brum do; Cassi, Cristiam Carla.
Título: Social representations of illness among people with chronic kidney disease / Representaciones sociales de la enfermedad de las personas con enfermedad renal crónica / Representações sociais sobre o adoecimento de pessoas com doença renal crônica
Fuente: Rev. gaúch. enferm;36(2):106-112, Apr-Jun/2015.
Idioma: en.
Resumen: OBJECTIVE: To describe the social representations of illness among people with chronic kidney disease undergoing haemodialysis. METHOD: Descriptive, qualitative research, anchored on the social representations theory. This study was conducted in the municipality of Ponta Grossa, Paraná State, Brazil, with 23 adults with chronic kidney disease. Data were collection between February and November 2012 by means of a semi-structured interview, and analyzed using Content Analysis. RESULTS: The interviews led to the categories "the meaning of kidney disease": awareness of finitude, and "survival": the visible with chronic kidney disease. The representation of illness unveiled a difference and interruption in life projects, and haemodialysis meant loss of freedom, imprisonment and stigma. CONCLUSION: Family ties and the individuals´ social role are determining representations for healthcare. .

OBJETIVO: Describir las representaciones sociales de las personas con enfermedad renal crónica en la hemólisis sobre su proceso de enfermedad. MÉTODO: Estudio cualitativo descriptivo, anclado en la teoría de la representación social. Realizada en la ciudad de Ponta Grossa (PR), abarcando 23 personas con enfermedad renal. La recogida de datos se realizó entre febrero y noviembre de 2012, a través de entrevistas semiestructuradas. Los datos fueron analizados utilizando el análisis de contenido categorial. RESULTADOS: Surgió la categoría el "significado de enfermedad renal": la realización de la finitud, más allá de la categoría: "supervivencia": lo visible en la enfermedad renal crónica. La representación de la enfermedad reveló una diferencia y la interrupción de los proyectos de vida, y la hemodiálisis significó la pérdida de la libertad, el encarcelamiento y el estigma. CONCLUSIÓN: Se considera que los vínculos familiares y el papel social del individuo en la sociedad construyendo representaciones determinantes para su cuidado. .

OBJETIVO: Descrever as representações sociais de pessoas com doença renal crônica em hemodiálise sobre seu processo de adoecimento. MÉTODO: Pesquisa qualitativa, descritiva, ancorada na teoria da representação social. Realizada no município de Ponta Grossa (PR), envolveu 23 adultos com doença renal. A coleta ocorreu entre fevereiro e novembro de 2012, por meio de entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados mediante o uso de análise de conteúdo categorial. RESULTADOS: Surgiu a categoria "significado do adoecimento renal": constatação da finitude; além da categoria "sobrevivência": o visível no adoecimento renal crônico. A representação de adoecimento revelou diferença e interrupção dos projetos de vida, e a hemodiálise significou perda de liberdade, prisão e estigma. CONCLUSÃO: Considerou-se que os vínculos familiares e o papel social do indivíduo constroem representações determinantes para o cuidado. .
Responsable: BR1.1 - BIREME


  7 / 178 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lunardi, Valéria Lerch
Texto completo
Id: -742008
Autor: Dias, Matheus Viero; Backes, Dirce Stein; Barlem, Edison Luiz Devos; Backes, Marli Terezinha Stein; Lunardi, Valéria Lerch; Souza, Martha Helena Teixeira de.
Título: Nursing undergraduate education in relation to the death-dying process: perceptionsin light of the complex thinking / Formación del enfermero con relación al proceso de muerte-morir: percepciones a la luz del pensamiento complejo / Formação do enfermeiro em relação ao processo de morte-morrer: percepções à luz do pensamento complexo
Fuente: Rev. gaúch. enferm;35(4):79-85, Dec/2014.
Idioma: en.
Resumen: The objective of this study was to perceive the death-dying process from the perspective of nursing students. This is an exploratory, descriptive and qualitative research study. Data were collected between June and July 2013, from three focus groups with six nursing students at a University Center located in the central region of Rio Grande do Sul, Brazil. The meetings were organized with an approach to increase discussions about the death-dying process from the perspective of the complex thinking. Data were analyzed by means of the Strategic Focal Analysis, and three categories were created: Death: a process of rupture or continuity?; Recognizing weaknesses in the undergraduate educational process; and Outlining strategies to broaden academic discussions. It is possible to conclude that the death/dying process is minimally discussed in undergraduate courses, and when it is discussed, it happens in a fragmented and disjunctive manner, without integrating it into the human living process.

Se tiene por objetivo conocer la percepción del proceso de muerte-morir en la perspectiva de discentes de enfermería. Investigaciones exploratorias y descriptivas de carácter cualitativo, cuyos datos fueron recolectados entre junio y julio de 2013, a partir de tres encuentros focales con seis discentes de enfermería de un Centro Universitario localizado en la región central do Rio Grande do Sul, Brasil. Los encuentros fueron organizados/dinamizados de modo que ampliasen las discusiones acerca del proceso muerte-morir en la investigación del pensamiento complejo. Del Análisis Focal Estratégico de los datos, fueron delimitadas tres categorías: Muerte: ¿proceso de ruptura o continuidad?; Reconociendo fragilidades en el proceso de formación y Delineando estrategias capaces de ampliar las discusiones académicas. Se concluye que el proceso de muerte-morir es mínimamente discutido en la formación profesional del enfermero, y cuando discutido, los debates ocurren de forma fragmentada y disyuntiva, no integrándolo al proceso del vivir humano.

Objetivou-se conhecer a percepção do processo de morte-morrer na perspectiva de discentes de enfermagem. Pesquisa exploratório-descritiva de caráter qualitativo, cujos dados foram coletados entre junho e julho de 2013, a partir de três encontros focais, com seis discentes de enfermagem de um Centro Universitário Comunitário localizado na região central do Rio Grande do Sul. Os encontros foram organizados/dinamizados de modo que ampliassem as discussões acerca do processo morte-morrer na perspectiva do pensamento complexo. A partir da Análise Focal Estratégica dos dados, foram delimitadas três categorias: Morte: processo de ruptura ou continuidade?; Reconhecendo fragilidades no processo de formação e Delineando estratégias capazes de ampliar as discussões acadêmicas. Conclui-se que o processo de morte-morrer é minimamente discutido na formação profissional do enfermeiro e, quando discutido, os debates ocorrem de forma fragmentada e disjuntiva, não integrando-o ao processo de viver humano.
Responsable: BR1.1 - BIREME


  8 / 178 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Labate, Renata Curi
Texto completo
Id: -693830
Autor: Farinasso, Adriano Luiz da Costa; Labate, Renata Curi.
Título: Luto, religiosidade e espiritualidade: um estudo clínico-qualitativo com viúvas idosas / Mourning, religiosity and spirituality: a clinical-qualitative study of aged widows / Luto, religiosidad y espiritualidad: un estudio clínico-cualitativo con viudas ancianas
Fuente: Rev. eletrônica enferm;14(3):588-595, jul.-set. 2012.
Idioma: pt.
Resumen: O presente estudo objetivou compreender os significados da vivência do luto em viúvas idosas e sua relação com a religiosidade e espiritualidade. Trata-se de uma pesquisa clínico-qualitativa realizada com seis viúvas idosas. Os dados foram coletados entre outubro de 2009 e agosto de 2010 por meio de entrevistas não estruturadas e analisadas por categorias temáticas. Do escopo de resultados encontrados, destacam-se: as crenças religiosas podem contribuir na construção de significado para o luto facilitando sua elaboração; a igreja serviu como apoio às viúvas ao proporcionar um espaço de socialização e de expressão de sentimentos; e a religiosidade intrínseca e extrínseca foram verbalizadas como protetoras da depressão e de sentimentos de solidão. Conclui-se que a religião e a espiritualidade possuem um papel positivo na elaboração do luto chamando atenção para que os enfermeiros que lidam com situações de luto e morte busquem integrar as crenças religiosas dos indivíduos sob seus cuidados...

The objective of the present study was to understand the meanings of the mourning experience and its relationship to religiosity and spirituality. This is a clinical-qualitative study performed with six aged widows. Data were collected between October 2009 and August 2010 by means of non-structured interviews and were analyzed utilizing thematic categories. The highlights from the results are: one's religious beliefs may contribute towards building meaning in mourning, thus facilitating its elaboration; the Church serves as a source of support for the widows by providing a place for socialization and the expression of feelings; and intrinsic and extrinsic religiosity are verbalized as forms of protection against depression and feelings of loneliness. In conclusion, religion and spirituality play a positive role in the elaboration of mourning, which necessitates the attention of nurses who deal with situations of death and mourning to integrate the religious beliefs of their patients...

Se objetivó comprender los significados de la vivencia del luto en viudas ancianas y su relación con la religiosidad y espiritualidad. Investigación clínico-cualitativa realizada con seis viudas ancianas. Datos recolectados de octubre 2009 a agosto 2010 mediante entrevistas no estructuradas, analizadas por categorías temáticas. Del punto de resultado encontrado. Entre los resultados encontrados, se destacan: las creencias religiosas pueden contribuir en la construcción del significado del luto, facilitando su elaboración; la iglesia sirvió como apoyo a las viudas al proporcionar un espacio de socialización y expresión de sentimientos y, la religiosidad intrínseca y extrínseca fueron verbalizadas como protectoras contra la depresión y la soledad. Se concluye en que la religión y la espiritualidad poseen un rol positivo en la elaboración del luto, llamándose la atención de los enfermeros que enfrentan situaciones de luto y muerte para que busquen integrar las creencias religiosas de los individuos bajo sus cuidados...
Responsable: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  9 / 178 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: -693815
Autor: Lima, Márcia Gabriela Rodrigues de; Nietsche, Elisabeta Albertina; Teixeira, Joice Ane.
Título: Reflexos da formação acadêmica na percepção do morrer e da morte por enfermeiros / Reflejos de la formación académica en la percepción del morir y de la muerte por enfermeros / Reflections of academic education on nurses' perception of death and dying
Fuente: Rev. eletrônica enferm;14(1):181-188, jan.-mar. 2012.
Idioma: pt.
Resumen: O objetivo deste estudo foi compreender como os enfermeiros de uma Unidade de Clínica Médica percebem o processo de morrer e morte, e se essa temática foi trabalhada durante a academia. Trata-se de um estudo de campo descritivo-exploratório de abordagem qualitativa, realizado em um Hospital Escola no Rio Grande do Sul entre fevereiro e junho de 2010. Os sujeitos envolvidos foram sete enfermeiros que trabalhavam na Unidade. Para coleta de dados utilizou-se a entrevista semiestruturada e para análise dos dados, a avaliação do conteúdo. Os enfermeiros percebem o processo de morrer e morte como processo vital que fomenta sentimentos de impotência e medo, tanto no período acadêmico quanto no exercício profissional. Em conclusão, deve haver maior incremento em disciplinas curriculares para auxiliá-los no cuidado ao paciente em processo de morrer e morte, considerando que receberam pouca ou nenhuma preparação sobre essa temática.

The objective of this study was to understand how the nurses of a medical clinic perceive the process of death and dying, and if this subject was addressed during their academic education. This descriptive-exploratory study, using a qualitative approach, was performed at a teaching hospital in Rio Grande do Sul, from February to June 2010. The subjects were seven nurses working in the referred unit. The data were collected using semi-structured interviews, and then subjected to content analysis. Nurses perceive the process of death and dying as a lifelong process that promotes feelings of powerlessness and fear, throughout the academic years as well as in their professional practice. The reason given for this is that they received little or no preparation regarding this issue. In conclusion, curriculum disciplines should be improved with the purpose of facilitating the care of patients experiencing the process of dying and death.

El estudio objetivó comprender cómo los enfermeros de una Unidad de Clínica Médica perciben el proceso de morir y muerte y si tal temática fue trabajada durante su formación. Estudio de campo descriptivo-exploratorio de abordaje cualitativo, realizado en Hospital Escuela en Rio Grande do Sul, entre febrero y junio 2010. Los sujetos involucrados fueron siete enfermeros, trabajadores de la Unidad. Para recolección de datos se utilizó entrevista semiestructurada, y para analizarlos, análisis de contenido. Los enfermeros perciben el proceso de morir y muerte como proceso vital que fomenta sentimientos de impotencia y miedo, tanto en el período formativo como en el ejercicio profesional; dado que recibieron poca o ninguna preparación acerca de la temática. En conclusión, debe haber un mayor incremento de contenidos en disciplinas curriculares para ayudar en la atención del paciente en el proceso de morir y muerte.
Responsable: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  10 / 178 BDENF  
              first record previous record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: -646749
Autor: Espinoza V, Maritza; Sanhueza A, Olivia.
Título: Miedo a la muerte y su relación con la inteligencia emocional de estudiantes de enfermería de Concepción / Fear of death and its relationship with emotional intelligence of nursing students in Concepción
Fuente: Acta paul. enferm;25(4):607-613, 2012. tab.
Idioma: es.
Resumen: OBJETIVO: Conocer el miedo a la muerte y su relación con la inteligencia emocional y otras variables en estudiantes de enfermería de los últimos años de estudio. MÉTODOS: Estudio descriptivo y correlacional. Los estudiantes (n=188) respondieron a un cuestionario sobre: características socioculturales; Escalas de Miedo a la Muerte y de Inteligencia Emocional. RESULTADOS: Se obtuvo un promedio medio-alto en miedo a la muerte (3,35). La percepción emocional se correlacionó positivamente con miedo a la muerte, mientras que la comprensión y la regulación emocional se correlacionaron negativamente con el miedo a la muerte. Las puntuaciones más altas de miedo a la muerte se asociaron con el sexo femenino, con los niveles inferiores de los cursos y con la percepción de menor preparación académica en el tema. CONCLUSIONES: Los niveles altos de inteligencia emocional, se asociaron con menos miedo a la muerte, lo que evidencia la necesidad de desarrollar en los estudiantes habilidades emocionales frente a situaciones trascendentales y desconocidas, como son la muerte y el proceso de morir.

OBJECTIVE: To understand fear of death and its relationship with emotional intelligence and other variables in nursing students in the last years of study. METHODS: A descriptive and correlational study. Students (n = 188) responded to a questionnaire about: socio-cultural characteristics; Fear of Death and Emotional Intelligence Scales. RESULTS: We obtained a measure of medium to high for fear of death (x = 3.35) and also the emotional perception component was positively correlated with the fear of death, while understanding and emotional regulation were negatively correlated with fear of death. The higher scores for fear of death were associated with the female gender, with lower levels of courses, and the perception of lower academic preparation on the subject. CONCLUSIONS: High levels of emotional intelligence, associated with less fear of death, provides evidence for the necessity of developing emotional skills in students facing transcendent situations and the unknown, such as death and the dying process.

OBJETIVO: Conhecer o medo da morte e sua relação com a inteligência emocional e outras variáveis em estudantes de enfermagem dos últimos anos de estudo. MÉTODOS: Estudo descritivo e correlacional. Os estudantes (n=188) responderam a um questionário sobre: características socioculturais; Escalas de Medo da Morte e de Inteligência Emocional. RESULTADOS: Obteve-se uma medida de médio para alto em medo da morte (x=3,35) e também o componente percepção emocional se correlacionou positivamente com o medo da morte, enquanto a compreensão e regulação emocional se correlacionaram negativamente com o medo da morte. As pontuações mais altas de medo da morte associaram-se com o gênero feminino, com os niveis inferiores dos cursos e com a percepção de menor preparo acadêmico no tema. CONCLUSÕES: Os níveis altos de inteligência emocional, associaram-se com menos medo da morte, o que evidencia a necessidade de desenvolver nos estudantes habilidades emocionais frente a situações transcendentais e desconhecidas, como são a morte e o processo morrer.
Responsable: BR1.2 - Biblioteca Central



página 1 de 18 va a la página                         
   


Refinar la búsqueda
  Base de datos : Formulario avanzado   

    Buscar en el campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPS/OMS - Centro Latinoamericano y del Caribe de Información en Ciencias de la Salud