Base de datos : BDENF
Búsqueda : F01.100.150.500 [Categoria DeCS]
Referencias encontradas : 381 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   en el formato [Largo]

página 1 de 39 va a la página                         

  1 / 381 BDENF  
              next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965556
Autor: Derhun, Flávia Maria; Souza, Verusca Soares de; Costa, Maria Antônia Ramos; Hayakawa, Liliana Yujie; Inoue, Kelly Cristina; Matsuda, Laura Misue.
Título: Uso da preparação alcoólica para higienização das mãos / Use of alcohol-based hand sanitizer for hand hygiene
Fuente: Rev. enferm. UFPE on line;12(2):320-328, fev.2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: verificar o conhecimento de profissionais de enfermagem sobre a fricção antisséptica das mãos com preparação alcoólica. Método: estudo quantitativo, descritivo e exploratório realizado com 27 profissionais de enfermagem de um hospital de operadora de plano privado de saúde, que preencheram um questionário semiestruturado. O nível de conhecimento foi analisado com base no Índice de Positividade e considerado satisfatório quando os acertos foram ≥80%. Os resultados foram apresentados em tabelas. Resultados: para as questões sobre a cobertura das mãos com o produto e necessidade de secagem após fricção, o conhecimento foi satisfatório (92,6% e 85.2%, respectivamente); mas, para o tempo mínimo do procedimento e necessidade das mãos estarem previamente secas foi insatisfatório (18.5% e 59.3%, respectivamente). Conclusão: o conhecimento da equipe de enfermagem foi insuficiente. Este estudo chama a atenção para a necessidade de ações de educação permanente sobre higienização das mãos com a preparação alcoólica a fim de fortalecer a cultura de segurança do paciente. (AU)
Responsable: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  2 / 381 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946743
Autor: Paraizo, Camila Maria Silva; Isidoro, Jéssica Gabriely; Terra, Fábio de Souza; Dázio, Eliza Maria Rezende; Felipe, Adriana Olimpia Barbosa; Fava, Silvana Maria Coelho Leite.
Título: Conhecimento do enfermeiro da atenção primária de saúde sobre Diabetes Mellitus / Knowledge of the primary health care nurse about Diabetes Mellitus
Fuente: Rev. enferm. UFPE on line;12(1):179-188, jan. 2018.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: investigar o conhecimento do enfermeiro nas unidades de atenção primária à saúde sobre Diabetes Mellitus. Método: estudo qualitativo e realizado com 13 enfermeiros a partir de instrumento de caracterização sociodemográfica e cultural e questões relacionadas ao conhecimento sobre a Diabetes Mellitus. Os dados foram organizados e analisados pela técnica de Análise de Conteúdo, na modalidade Análise Temática. Resultados: da análise, emergiram o tema central <> e os subtemas <>; <>; <>; <>; <>. Conclusão: os resultados apontam para o distanciamento da teoria à prática do cuidado às pessoas com Diabetes Mellitus. Identificam, assim, a necessidade da educação permanente nos serviços de saúde.(AU)
Responsable: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  3 / 381 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946723
Autor: Ferreira, Thalys Maynnard Costa; Lima, Carla Lidiane Jácome de; Ferreira, Josefa Danielma Lopes; Oliveira, Patrícia Simplício de; Agra, Glenda; Ferreira, Ianne Mayara Costa; Nascimento, Wellyson Souza do; Costa, Marta Miriam Lopes.
Título: Conhecimento de enfermeiros sobre o uso da colagenase em lesões por pressão / Nurses' knowledge on use of colagenase in pressure ulcers
Fuente: Rev. enferm. UFPE on line;12(1):128-136, jan. 2018.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: verificar o conhecimento de enfermeiros sobre a utilização da colagenase em lesões por pressão. Método: estudo qualitativo, exploratório, descritivo, realizado em duas instituições hospitalares com 20 enfermeiros atuantes nos setores de clínica médica. Os dados foram coletados por intermédio de entrevista semiestruturada e analisados pela técnica de Análise de Conteúdo na modalidade Análise Categorial Temática. Resultados: o conhecimento dos enfermeiros acerca da colagenase no tratamento das lesões por pressão demonstrou-se satisfatório, no entanto melhorias pertinentes às peculiaridades inerentes aos critérios avaliativos da lesão e do uso da substância enzimática são evidentes e necessárias para que o alcance de uma assistência exímia seja concretizado. Conclusão: o conhecimento técnico e científico torna-se de suma importância, pois favorece a elaboração das estratégias de tratamento e cuidado destinadas à evolução das lesões por pressão, incluindo o uso do enzimático em estudo.(AU)
Responsable: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  4 / 381 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946721
Autor: Ferreira Júnior, Manoel Patrocínio; Lacerda, Lusineide Carmo Andrade de; Fernandes, Flávia Emília Cavalcante Valença; Mola, Rachel.
Título: Conhecimento do corpo de bombeiros militar sobre ressuscitação cardiopulmonar / Knowledge of the military fire brigade on cardiopulmonary resuscitation
Fuente: Rev. enferm. UFPE on line;12(1):118-127, jan. 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: identificar o conhecimento de profissionais do corpo de bombeiros militar sobre as manobras de ressuscitação cardiopulmonar. Método: estudo quantitativo, descritivo e exploratório. Foi aplicado questionário em 41 profissionais com questões referentes aos aspectos conceituais e práticos sobre a PCR de acordo com as diretrizes da American Heart Association/2015. Para a análise estatística, foram utilizados os programas Stata 12.0 e WinPepi, versão 11.43. Resultados: prevaleceu o sexo masculino, idade média de 35 anos, com formação superior e mais de cinco anos de experiência. Sobre os aspectos conceituais, apenas a definição de "Tempo de ouro" apresentou acertos inferiores a 50%. Para os aspectos práticos, as variáveis sobre a postura e profundidade das compressões torácicas ficaram abaixo de 50% de acertos. A associação da idade e a relação entre erros e acertos das questões sobre os aspectos práticos foi estatisticamente significativa. Conclusão: revelou-se a necessidade de qualificação em busca da excelência no atendimento à vítima de PCR dada a sua natureza emergencial.(AU)
Responsable: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  5 / 381 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946575
Autor: Silva, Priscila de Freitas; Nóbrega, Maria do Perpétuo Socorro de Sousa; Oliveira, Elda de.
Título: Conhecimento da equipe de enfermagem e agentes comunitários sobre o comportamento suicida / Knowledge of the nursing team and community agents on suicide behavior
Fuente: Rev. enferm. UFPE on line;12(1):112-117, jan. 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: identificar o conhecimento e as estratégias para o cuidado da equipe de Enfermagem da Atenção Primária à Saúde ao sujeito com comportamento suicida. Método: estudo quantitativo, descritivo e exploratório, com dados coletados a partir de um questionário em cinco Unidades Básicas de Saúde, em seguida, digitados no Programa Epi Info 6.04, analisados por frequência simples e apresentados em tabelas. Resultados: participaram do estudo 72 profissionais, oito enfermeiras, 20 auxiliares de Enfermagem e 44 agentes comunitários de saúde, que apresentaram dificuldades em classificar o grau de risco do comportamento suicida, comprometendo os cuidados prestados e os encaminhamentos qualificados para os serviços especializados em saúde mental. Conclusão: são necessárias a educação e a capacitação dos profissionais para ajudar na detecção de fatores de risco para o suicídio, prevenindo-o de maneira efetiva e contribuindo para a saúde pública, a fim de ter um profissional capacitado para atuar e intervir frente a situações tão presentes na saúde mental.(AU)
Responsable: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  6 / 381 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946559
Autor: Trecossi, Sara Priscila Carvalho; Meneghete, Fernando; Fagherazzi, Virgínia; Ossovski, Elizange Maria Fachin; Oliveira, Adriana de; Antunes, Mirelle Cunha; Alves, Sidnei Roberto; Santos, Reginaldo Passoni dos.
Título: Intervenções educativas sobre atendimento hospitalar inicial ao politraumatizado / Educational interventions on initial hospital care to polytraumatized
Fuente: Rev. enferm. UFPE on line;12(1):75-82, jan. 2018. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: comparar o efeito de duas metodologias de intervenções educativas, sobre o atendimento hospitalar inicial ao politraumatizado, na adesão às atividades e no conhecimento teórico de profissionais de Enfermagem. Método: estudo quantitativo, comparativo e descritivo com técnicos e auxiliares de Enfermagem que participaram de treinamentos teórico-práticos desenvolvidos a partir das seguintes metodologias: treinamento coletivo (TC) e treinamento por equipe de trabalho (TET). Aplicou-se um questionário para avaliar o conhecimento teórico dos profissionais após cada treinamento, comparando-se os resultados. Considerou-se como estatisticamente significativo p-valor <0,05. Resultados: participaram do TC 27 (73%) profissionais e do TET 32 (86,5%). Na avaliação global, a média de acertos dos profissionais, ao participarem do TET (24,2), foi estatisticamente maior (p-valor: 0,01) que aquela apresentada quando da participação no TC (17,2). Conclusão: o TET possibilitou melhor adesão dos profissionais e promoveu efeito mais positivo em relação ao conhecimento teórico sobre a temática abordada.(AU)
Responsable: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  7 / 381 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946465
Autor: Silva, Francisca Aline Amaral da; Cunha, Débora Sampaio Pierot; Lira, Jefferson Abraão Caetano; Ribeiro, José Francisco; Campelo, Gabriel Vitor de Sousa; Nunes, Benevina Maria Vilar Teixeira.
Título: Morte encefálica e manutenção de órgãos: conhecimento dos profissionais intensivistas / Brain death and organ maintenance: knowledge of intensive care professionals
Fuente: Rev. enferm. UFPE on line;12(1):51-58, jan. 2018.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: avaliar o conhecimento dos profissionais da saúde que atuam na Unidade de Terapia Intensiva acerca do diagnóstico de morte encefálica e da manutenção de órgãos em potenciais doadores. Método: estudo quanti-qualitativo, avaliativo, descritivo e exploratório, realizado com 21 profissionais da saúde em um hospital de referência. Os dados foram coletados com um questionário e submetidos à Técnica de Análise de Conteúdo, na modalidade Análise Categorial. Resultados: duas categorias emergiram após a análise << Conhecimento sobre a manutenção de órgãos >> e <>. Conclusão: os profissionais intensivistas apresentaram conhecimento adequado sobre o protocolo de morte encefálica, entretanto, capacitações enfocando a manutenção de órgãos e as contraindicações para transplantes devem ser realizadas no intuito de possibilitar maior qualificação profissional e elevar o número de doadores efetivos.(AU)
Responsable: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  8 / 381 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-915699
Autor: Silva, Cristiane Rodrigues; Lima, Eliane de Fátima Almeida; Furieri, Lorena Barros; Primo, Cândida Caniçali; Fioresi, Mirian.
Título: Atitudes do enfermeiro frente ao processo de enfermagem / Nurses' attitudes toward the nursing process / Actitudes de las enfermeras en el proceso de enfermería
Fuente: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);10(4):1111-1117, out.-dez. 2018. tab.
Idioma: en; pt.
Resumen: Objetivo: Avaliar a posicao do enfermeiro frente ao Processo de Enfermagem em um hospital universitario. Método: Estudo transversal analitico, com amostra de 141 enfermeiros. A coleta de dados utilizou o instrumento Posicoes sobre o Processo de Enfermagem, realizou estatistica descritiva e associacoes, por meio do teste qui-quadrado de Pearson, e considerou significante p≤0,05. Resultados: Os escores gerais variaram entre 73 e 138. O escore total medio do instrumento Posicoes sobre o Processo de Enfermagem foi de 113,29 (DP=15,33). Os enfermeiros demonstraram atitudes fortemente favoraveis frente ao Processo de Enfermagem. Apresentar satisfacao com a carreira e com o setor de trabalho e ter conhecimento previo de diagnosticos de Enfermagem foram variaveis relacionadas as atitudes favoraveis frente ao Processo de Enfermagem. Conclusão: Este estudo permitiu concluir que os enfermeiros da instituicao estudada possuem atitudes favoraveis ao Processo de Enfermagem

Objectives: To analyze the Nurse's position on the Nursing Process (NP) at a University Hospital. Method: This is an analytical transversal study, N=141 Nurses. The data collection was done using the Positions on Nursing Process tool. Descriptive statistics and associations, conducted by Pearson's chi-square test. P<0.05 was considered significant. Results: The general scores varied between 73 and 138. The Positions on the Nursing Process total mean score was 113.29 (SD=15.33). The Nurses showing attitudes that are strongly favorable to the Nursing Process. Still, presenting no satisfaction with the career, satisfaction with the work station and having previous knowledge of the Nursing diagnoses are variables related to the attitudes that are favorable to the Nursing Process. Conclusion: This study allows us to conclude that the Nurses at the studied institution have favorable attitudes on the Nursing Process

Objetivos: Analizar la posicion del enfermero frente al Proceso de Enfermeria en un hospital universitario. Método: Estudio transversal analitico, N=141 enfermeros. La coleta de datos fue realizada a traves Del instrumento Posiciones sobre el Proceso de Enfermeria. Estadisticas y asociaciones descriptivas, realizado mediante la prueba de chi-cuadrado de Pearson. P<0,05 fue considerado significativo. Resultados: Las puntuaciones generales variaron entre 73 y 138. La puntuacion total media del PPE fue de 113,29 (DE=15,33). Los enfermeros demostrando actitudes fuertemente favorables al Proceso de Enfermeria. Aun, presentar satisfaccion con La carrera, satisfaccion con el sector de trabajo e tener conocimiento prévio de diagnosticos de Enfermeria de eventos son variables relacionadas a lãs actitudes favorables frente al Proceso de Enfermeria. Conclusión: Este estudio permite concluir que los enfermeros de la institucion estudiada poseen actitudes favorables al Proceso de Enfermeria
Responsable: BR1208.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição
BR1208.1


  9 / 381 BDENF  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-915274
Autor: Canário, Djulian Diego Ribeiro do Carmo; Silva, Susanne Pinheiro Costa e; Costa, Flávia Monteiro da.
Título: Saberes e práticas de agentes comunitários de saúde acerca da Hanseníase / Knowledge and practices of community health agents about Hansen's disease
Fuente: Rev. enferm. UFPE on line;8(1):1-7, jan. 2014.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: avaliar o conhecimento de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) acerca da hanseníase. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, com 37 ACS de Petrolina-PE escolhidos aleatoriamente. Os dados foram coletados por meio de formulário contendo questões abertas, analisados e categorizados pela Análise de Conteúdo. Resultados: a maioria dos agentes tinha pacientes hansênicos em sua área, porém alguns não realizavam tratamento; também a maioria sabia identificar a sintomatologia e medidas a serem tomadas após diagnóstico. No entanto, referiram pouco conhecimento sobre a doença. Nenhum dos participantes mencionou a importância da vacinação BCG para contatos do paciente. O preconceito ainda é algo preocupante, visto que alguns afirmaram evitar tocar ou aproximar-se dos acometidos. Conclusão: urge intensificar ações de educação em saúde, dado o contato permanente destes profissionais com a população, evitando marginalização de pacientes hansênicos e familiares. Descritores: Agentes Comunitários de Saúde; Hanseníase; Conhecimentos, Atitudes e Práticas em Saúde.(AU)
Responsable: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  10 / 381 BDENF  
              first record previous record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-905267
Autor: Nascimento, Mayara Silva do; Magro, Marcia Cristina da Silva.
Título: Simulação realística: método de melhoria de conhecimento e autoconfiança de estudantes de Enfermagem na administração de medicamento / Realistic simulation: method of improving knowledge and self-confidence of nursing students in the administration of medication / Realistic simulation: method of improving knowledge and self-confidence of nursing students in the administration of medication
Fuente: REME rev. min. enferm;22:e1094, 2018.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: identificar se o emprego de simulação realística interfere na aquisição, retenção de conhecimento e na autoconfiança para administração de medicamento por via parenteral em estudantes de diferentes faixas etárias do curso de graduação em enfermagem. Método: estudo quase-experimental, quantitativo desenvolvido em uma universidade pública do Distrito Federal. A simulação realística foi o método de ensino adotado, com 40 estudantes do sexto ao oitavo semestres do curso de graduação em Enfermagem para abordagem da administração de medicamento por via parenteral. Os dados de identificação e de conhecimento foram coletados por meio de questionário estruturado e a autoconfiança por meio da escala de autoconfiança (self confidence scale), validada para a língua portuguesa. Foram considerados significativos os resultados com p<0,05. Resultados: a maioria (85%) dos estudantes era do sexo feminino, com idade média de 24±5 anos. Os estudantes apresentaram melhora significativa (p=0,001) do conhecimento sobre a técnica de administração de medicamentos por via parenteral do préteste para o pós-teste após emprego da simulação realística. Os estudantes com idade <29 anos apresentaram melhora no desempenho na técnica de administração de medicamentos nas diferentes fases do estudo, comparados àqueles com idade ≥ 29 anos. De forma geral, o nível de autoconfiança após simulação realística nas diferentes fases do estudo melhorou (p=0,03). Conclusão: identificou-se que estudantes mais jovens (18 a 28 anos) têm mais tendência à aquisição de conhecimento cognitivo e prático após implementação de estratégia de simulação realística. Sobretudo, a autoconfiança deles apresentou significativo aumento entre as fases do estudo.(AU)
Responsable: BR21.2 - BVS Enfermería



página 1 de 39 va a la página                         
   


Refinar la búsqueda
  Base de datos : Formulario avanzado   

    Buscar en el campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPS/OMS - Centro Latinoamericano y del Caribe de Información en Ciencias de la Salud