Database : BDENF
Search on : C04.557.386.355 [DeCS Category]
References found : 4 [refine]
Displaying: 1 .. 4   in format [Large]

page 1 of 1

  1 / 4 BDENF  
              next record last record
select
to print
Photocopy
Id: lil-420359
Author: Oscar, Andréa; Costa, Annette Souza Silva Martins da; Vianna, Paula Cambraia de Mendonça.
Title: O sujeito e a instituição: a reforma psiquiátrica como possibilidade de (re) construção da singularidade / The indivdual and the institution: psychiatric reforms as a possible of (re) constructing singularity
Source: REME rev. min. enferm;9(1):65-69, jan.-mar. 2005.
Language: pt.
Abstract: O artigo aborda a vivência do portador de sofrimento psíquico em uma instituição de assistência em saúde mental...
Responsable: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  2 / 4 BDENF  
              first record previous record next record last record
select
to print
Photocopy
Full text
Id: lil-516806
Author: Zampier, Vanderleia Soéli de Barros.
Title: Abordagem das DST: consulta de enfermagem pré-natal estratégia saúde da família - Juiz de Fora / Approach of TSI in prenatal nursing surgery: family health strategy - Juiz de Fora.
Source: Rio de Janeiro; s.n; dez. 2008. 112 p. tab, graf.
Language: pt.
Thesis: Submitted to Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Enfermagem Anna Nery presented for the degree Mestre.
Abstract: Este estudo se justifica pelo fato da ocorrência de Doença Sexualmente Transmissível (DST) na gestação acarretar diversas intercorrências na gestação e problemas para gestante/concepto. O indicador de sífilis congênita aponta para a dificuldade no manejo de DST no serviço de Pré-natal. Tem como objetivos verificar a ocorrência do diagnóstico e tratamento da DST pela Enfermeira no Pré-natal realizado em UBS com Estratégia Saúde da Família (ESF) em Juiz de Fora; descrever critérios utilizados pela Enfermeira no diagnóstico e tratamento da DST em gestantes; e analisar facilidades e dificuldades encontradas pela Enfermeira na utilização da Abordagem Sindrômica das DST no Pré-natal em UBS/ESF neste município. A pesquisa quanti-qualitativa foi realizada com 58 Enfermeiras destas Unidades que realizam a Consulta de Enfermagem no Pré-natal. Os dados foram obtidos por meio de entrevista semi-estruturada, após assinatura do Termo de Consentimento Livre Esclarecido, aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da EEAN/UFRJ. Os dados coletados foram organizados em categorias e interpretados por meio da técnica de análise de conteúdo de Bardin. Como resultado destacamos que estas Enfermeiras entrevistadas não utilizam a referida Abordagem para o diagnóstico e tratamento de gestantes com DST. O fator principal é a falta de qualificação específica e atualização destas profissionais para este tipo de Abordagem. Por este motivo verificamos que é mais utilizado a Abordagem Etiológica e critérios subjetivos verificados na anamnese e queixas das gestantes, reafirmando o desconhecimento quanto à política nacional vigente e a fragilidade na terapêutica implementada. Vale ressaltar a não citação pela Enfermeira da avaliação dos critérios de vulnerabilidade e aconselhamento para DST, ação essa fundamental no efetivo controle da DST e redução na transmissão de DST/HIV. Ao analisar o conhecimento e a prática das Enfermeiras sobre DST, identificamos lacunas no conhecimento provenientes do processo de formação profissional com relação Abordagem Sindrômica. A pesquisa corrobora com as necessidades dos profissionais no que se refere à educação permanente, especificamente com relação à DST. Destacamos ainda a responsabilidade das instituições de ensino de educação superior na formação de profissionais de saúde, pois lhes compete atender a necessidade dos serviços de saúde, o que pode contribuir de forma efetiva para o controle da DST no Brasil; e proporcionar aos usuários dos serviços atenção integral e de qualidade

This study is justified because of the Transmittable Sexually Illness (TSI) incident during the pregnancy. The TSI are able to lead to serious problems to both the mother and the fetus. The syphilis incident shows the difficulties there are in TSI treating during Prenatal. The objective here is to check the diagnosis and the treatment incident of TSI by nurse during the Prenatal achieved in Family Health Strategy in Juiz de Fora; to describe the criterions used by nurse in both the TSI diagnosis and treatment in pregnant women; and to analyses the facilities and difficulties found by nurse in TSI Syndrome Approach during Prenatal in Unit from Family Health Strategy in Juiz de Fora. This research is based on quality and quantity as well. The subjects are 58 nurses from these Unities who achieves Prenatal Nursing Surgery. The data were getting through interview after official permission which was approved by Ethical and Research Committee EEAN/UFRJ. The results were organized and analyzed through the Bardin's content technique. Result: the nurses interviewed do not use Approach during the Prenatal to get the diagnosis and to lead to a treatment of TSI, pregnant women. It happens because of lack of both specified qualification and updating for this kind of approach. Because of this other types of approach, such as etiological approach and subjective criterions based on patients' words, are used. This reveal the lack of knowledge about the national policy and the fragility of the treatment implemented. It is important to mention that the nurse does not talk about the vulnerability criterions neither about advisers to TSI. Both of the procedures are too important to control and to reduce TSI/HIV incident. There are gaps into the knowledge about TSI Syndrome Approach which comes from nurses' graduation. This research underline the necessity of permanent education, mainly about TSI. The roll of the superior teaching institutions is too important in the formation of the health professional, must attend to health service necessities and have to contribute to control TSI in Brazil through quality services.
Responsable: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação
BR442.1; T558 EEAN


  3 / 4 BDENF  
              first record previous record next record last record
select
to print
Photocopy
SciELO Brazil full text
Full text
Id: lil-255129
Author: Oliveira, Maria de Fátima Guenes de; Monteiro, Estela Meirelles.
Title: Necessidades psicossociais do menor de baixa renda, na faixa etária de 10 a 15 anos / The psychosocial problematic of minors between ten to fifteen years of age
Source: Rev. bras. enferm;42(1/4):14-21, jan.-dez. 1989. tab.
Language: pt.
Conference: Present in: Congresso Brasileiro de Enfermagem, 40, Belém, s.d.
Abstract: Este estudo visou apreender a problemática pssicossocial de menores de 10 a 15 anos, a fim de obter dados que ampliem a capacitaçäo operacional na área de Enfermagem em Saúde Mental Comunitária junto à famílias de baixa renda. Pesquisa do tipo exploratório, utilizando-se o método etnográfico combinado com a entrevista. Os resultados evidenciam a precariedade das condiçöes sócio-econômicas em que vivem, a carência de afeto e a violência física e moral com que säo educados, etc... Suas doenças incidem nos males físicos, com pouca referência a problemas atingindo diretamente a saúde mental.
Responsable: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  4 / 4 BDENF  
              first record previous record
select
to print
Photocopy
SciELO Brazil full text
Full text
Id: lil-747170
Author: Mondragón-Sánchez, Edna Johana; Cordero, Erika Alejandra Torre; Espinoza, María de Lourdes Morales; Landeros-Olvera, Erick Alberto.
Title: A comparison of the level of fear of death among students and nursing professionals in Mexico / Comparação do nível de medo da morte entre estudantes e profissionais de enfermagem no México / Comparación del nivel de miedo a la muerte entre estudiantes y profesionales de enfermería en México
Source: Rev. latinoam. enferm;23(2):323-328, Feb-Apr/2015. tab, graf.
Language: en.
Abstract: OBJECTIVE: to compare the level of fear of death in nursing students and professionals. METHOD: this was a comparative-transversal study examining 643 nursing students and professionals from a third-level institution. A random sampling method was employed, and the sample size was calculated by power analysis. The study was developed during three stages: the first stage consisted of the application of a pilot test, the second stage involved the recruitment of the participants, and the third stage measured the participants' responses on the Collett-Lester Fear of Death Scale. RESULTS: the average fear of death was moderate-high (-X=3.19±0.55), and the highest score was observed for the fear of the death of others (-X=3.52±0.20). Significant differences in the perceptions of fear of death were observed among the students of the first three years (p<.05). However, no significant differences were observed among the first- and fourth-year students and professionals (p>.05). CONCLUSIONS: it is possible that first-year students exhibit a reduced fear of death because they have not had the experience of hospital practice. Students in their second and third year may have a greater fear of death because they have cared for terminal patients. However, it appears that greater confidence is acquired over time, and thus fourth-year students and professionals exhibit less fear of death than second- and third-year students (p<.05). .

OBJETIVO: comparar o nível de medo da morte em estudantes e profissionais de enfermagem. MÉTODO: comparativo-transversal. Os participantes eram 643 estudantes e profissionais de Enfermagem de uma instituição de terceiro nível. Amostragem aleatória, a amostra foi calculada pela análise de potência. O estudo foi desenvolvido durante três etapas: a primeira etapa foi a aplicação de um teste piloto, a segunda etapa incluiu o recrutamento dos participantes e, na terceira etapa, foi aplicada a Escala de Medo da Morte Collett-Lester. RESULTADOS: a média de medo da morte foi moderada-alta (-X=3,19±0,55). A pontuação mais alta foi do medo da morte de outros (-X=3,52±0,20). A percepção do medo da morte foi diferente entre os estudantes dos três primeiros anos (p<,05). Os estudantes do 1o e do 4o ano e os profissionais não mostraram diferenças (p>,05). CONCLUSÕES: possivelmente, os estudantes do 1o ano percebem um menor medo da morte porque não tiveram a experiência da prática hospitalar. Os estudantes do 2o e do 3o ano têm maior medo da morte porque já cuidaram de pacientes terminais. Aparentemente, conforme o tempo passa (estudantes do 4o ano e profissionais), adquire-se mais confiança e o medo da morte diminui (p<,05). .

OBJETIVO: comparar el nivel de miedo a la muerte en estudiantes y profesionales de enfermería. MÉTODO: comparativo-transversal. Los participantes fueron 643 estudiantes y profesionales de Enfermería de una institución de tercer nivel. Muestreo aleatorio, la muestra se calculó por el análisis de potencia. El estudio se desarrolló durante tres etapas: la primera etapa fue la aplicación de una prueba piloto, la segunda etapa abarcó el reclutamiento de los participantes y la tercera etapa se aplicó la Escala de Miedo la Muerte de Collett-Lester. RESULTADOS: el promedio del miedo a la muerte fue moderado-alto (-X=3.19±0.55). El puntaje más alto fue miedo a la muerte de otros (-X=3.52±0.20). La percepción del miedo a la muerte entre los estudiantes de los primeros tres años, fueron diferentes (p<.05). Los estudiantes de 1°, 4° y profesionales no muestran diferencias (p>.05). CONCLUSIONES: posiblemente, los estudiantes de 1° perciben menor miedo a la muerte porque no han tenido la experiencia de práctica hospitalaria. Estudiantes de 2° y 3° tienen mayor miedo a la muerte porque han cuidado a pacientes terminales. Parece ser que conforme va pasando el tiempo (estudiantes de 4° y profesionales) se adquiere mayor confianza y el miedo a la muerte va disminuyendo (p<.05). .
Responsable: BR1.1 - BIREME



page 1 of 1
   


Refine the search
  Database : Advanced form   

    Search in field  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/PAHO/WHO - Latin American and Caribbean Center on Health Sciences Information