Base de dados : BDENF
Pesquisa : Hanseníase
Referências encontradas : 226 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 23 ir para página                         

  1 / 226 BDENF  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966916
Autor: Monteiro, Thayenne Barrozo Mota; Laurindo, Cosme Rezende; Vidal, Sarah Lamas; Oliveira, Bruna Monteiro Corrêa de; Santos, Thaís de Oliveira; Fernandes, Gilmara Aparecida Batista; Nascimento, Thiago Cesar; Coelho, Angélica da Conceição Oliveira.
Título: Aspectos clínicos e sociodemográficos dos contatos domiciliares de casos de hanseníase / Clinical and sociodemographic aspects of household contacts of leprosy cases
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;12(3):635-641, mar. 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: analisar os aspectos clínicos e sociodemográficos dos contatos domiciliares de casos de hanseníase. Método: estudo quantitativo, transversal, descritivo e analítico, com 36 contatos domiciliares de casos de hanseníase, realizado a partir de dados coletados individualmente por meio do programa Open Data Kit collect, exportados, tratados e analisados no IBM® SPSS® Statistics v. 24 for Windows. Resultados: dos participantes, 58,3% são do sexo feminino. A idade variou de sete a 66 anos, 63,9% referiram ser solteiros e 33,3% recebiam menos de um salário mínimo mensal. 86,1% são contatos de casos multibacilares. 5,6% não apresentaram cicatriz da vacina BCG-ID (Bacilo Calmette-Guérin) e 33,3% apresentaram uma. Na época do diagnóstico do caso, 75% dos contatos com sinais sugestivos da doença residiam com aquele e 25% não foram examinados. Conclusão: os resultados sugerem expressivo risco de adoecimento entre os contatos domiciliares, visto que são contatos de casos multibacilares, e há dificuldade dos serviços de saúde do município na realização da vigilância dos contatos domiciliares dos casos de hanseníase.(AU)
Descritores: Condições Sociais
Perfil de Saúde
Monitoramento Epidemiológico
Hanseníase
Hanseníase/transmissão
Hanseníase/epidemiologia
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Hanseníase Multibacilar
Mycobacterium leprae
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  2 / 226 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968649
Autor: Pinheiro, Mônica Gisele Costa; Simpson, Clélia Albino; Miranda, Francisco Arnoldo Nunes de; Mendes, Felismina Rosa Parreira.
Título: Tsara'at/hanseníase: caminhos trilhados por familiares de ex-doentes tratados em ambiente asilar / Tsara'at/leprosy: paths taken by relatives of former patients treated in the asylum environment / Tsara'at/lepra: caminos tomados por los familiares de los pacientes tratados en el entorno de asilo
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);11(1):47-52, jan.-mar. 2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Averiguar a compreensão que familiares de ex-doentes de hanseníase tratados em hospitais colônia têm sobre a doença. Método: Estudo qualitativo, enfocando a história oral temática. Os 52 familiares de ex-doentes de lepra que foram segregados no Hospital Colônia São Francisco de Assis compuseram a colônia. A rede foi constituída por 10 colaboradores, ambos os sexos, com idade entre 44 a 76 anos. A coleta de dados foi norteada por questões abertas que direcionaram as lembranças dos colaboradores para o propósito do estudo. As entrevistas foram gravadas, transcrita e analisadas pela análise temática de conteúdo. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, CAAE 25922214.3.0000.5537. Resultados: Identificaram-se duas categorias: a história no passado e a história no presente. Conclusão: Os entrevistados refletiram sobre política de controle da lepra no passado, assim como a adotada no presente frente à hanseníase

Objective: To assess the understanding that relatives of former leprosy patients treated in hospitals colony have about the disease. Method: Qualitative study, focusing on oral history. The 52 relatives of former leprosy patients who were segregated in Cologne Hospital São Francisco de Assis composed the colony. The network consisted of 10 employees, both sexes, aged 44-76 years. Data collection was guided by guiding questions that directed the memories of employees for the purpose of the study. The interviews were recorded, transcribed and analyzed for thematic content analysis. The research was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, CAAE 25922214.3.0000.5537. Results: Resulting in two categories: The story and the last story in this. Conclusion: Respondents reflected rise leprosy control policy in the past, as well as adopted in the present front of the disease

Objetivo: Conocer el entendimiento de que los familiares de los ex pacientes de lepra tratados en hospitales colonia tienen sobre la enfermedad. Método: Estudio cualitativo, centrándose en la historia oral. Los 52 familiares de los ex pacientes de lepra segregados en Colonia Hospital São Francisco de Assis componen la colonia. La red se formó por 10 empleados, de ambos sexos, con edades entre 44-76 años. La recolección de datos fue guiado por preguntas abiertas se centraron en el propósito del estudio. Las entrevistas fueron grabadas, transcritas, analizadas para el análisis de contenido temático. Fue aprobado por el Comité de Ética de la Universidad Federal de Rio Grande do Norte, CAAE 25922214.3.0000.5537. Resultados: Lo que resulta en dos categorías: La historia y la última historia en esto. Conclusión: Los encuestados reflejaron suba política de control de la lepra en el pasado, así como adoptó en el presente frente a la enfermedad
Descritores: Relações Familiares
Hanseníase/história
Acontecimentos que Mudam a Vida/história
-Estigma Social
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1208.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição
BR1208.1


  3 / 226 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968500
Autor: Silva, Paloma Maranhão Ferreira; Pereira, Laura Esteves; Ribeiro, Larissa Lima; Santos, Danielle Christine Moura dos; Nascimento, Raphaela Delmondes do; D'Azevedo, Stephanie Steremberg Pires.
Título: Avaliação das limitações físicas, aspectos psicossociais e qualidade de vida de pessoas atingidas pela hanseníase / Evaluation of the physical limitations, psychosocial aspects and quality of life of people affected by leprosy / Evaluación de las limitaciones físicas, aspectos psicosoconales y calidad de vida de personas atencidas por la hanseniasis
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);11(1):211-215, jan.-mar. 2019. graf., tab..
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar os aspectos referentes as limitações físicas, psicossociais e qualidade de vida das pessoas atingidas pela hanseníase. Método: Estudo quantitativo, transversal. Foram aplicadas as escalas Screening Activity Limitation and Safety Awareness (SALSA), Participação Social e World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-bref) com 31 sujeitos. Resultado: Evidenciou-se que a maioria dos participantes apresentava algum grau de restrição física e social. Correlacionando com o grau de incapacidade, destaca-se que os pacientes que apresentaram restrições também possuíam grau II de incapacidade. Quanto à qualidade de vida, o domínio psicológico e o de relações sociais apresentaram as médias mais altas, enquanto o físico e o ambiental tiveram as mais baixas. Conclusão: Afirma-se a necessidade de priorização e intensificação das ações de prevenção de incapacidades da hanseníase

Objective: Analyze the aspects related to the physical, psychosocial and quality of life of people affected by leprosy. Method: Quantitative, crosssectional study. The Screening Activity Limitation and Safety Awareness (SALSA), Social Participation and e World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-bref) scales were applied with 31 subjects. Result: The majority of the participants presented some degree of physical and social restriction. The correlation with the degree of disability highlighted that the patients who presented restrictions also had degree of disability II. About the quality of life, the psychological domain and the social relations showed the highest averages, while the physical and the environmental had the lowest ones. Conclusion: It is necessary to prioritize and intensify actions to prevent disability in leprosy

Objetivo: Evaluar los aspectos referentes a las limitaciones físicas, psicosociales y calidad de vida de las personas afectadas por la lepra. Método: Estudio cuantitativo, transversal. Se aplicaron las escalas Screening Activity Limitation and Safety Awareness (SALSA), Participación Social y World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-bref) con 31 sujetos. Resultado: Se evidenció que la mayoría de los participantes presentaba algún grado de restricción física y social. Correlacionando con el grado de incapacidad, se destaca que los pacientes que presentaron restricciones, también poseían grado II de incapacidad. En cuanto a la calidad de vida, el dominio psicológico y el de relaciones sociales presentaron las medias más altas, mientras que el físico y el ambiental tuvieron las más bajas. Conclusión: Se afirma la necesidad de priorización e intensificación de las acciones de prevención de incapacidades de la lepra
Descritores: Hanseníase/prevenção & controle
Hanseníase/psicologia
Hanseníase/terapia
-Qualidade de Vida
Autocuidado
Perfil de Impacto da Doença
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1208.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição
BR 1208.1


  4 / 226 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-963655
Autor: Chagas, Izabel Cristina Sad Das.
Título: Fatores de risco para a ocorrência das úlceras plantares decorrente da hanseníase / Factors for plantar ulcers caused by leprosy.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2018. 96 p. ilus, tab, graf, mapa.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A hanseníase é doença infectocontagiosa de evolução lenta, causada pelo Mycobacterium leprae. A afinidade do bacilo da hanseníase por células do sistema nervoso periférico acomete, principalmente, os nervos superficiais da pele e dos nervos periféricos, causando neuropatia autonômica, sensitiva e motora que acarreta a diminuição ou ausência da sensibilidade e fraqueza muscular nos olhos, mãos e pés. Se não forem tratadas a tempo, podem provocar o surgimento de incapacidades físicas. Uma das incapacidades físicas mais comuns, vistas na prática clínica, são as úlceras na região plantar, que ocorre devido o comprometimento do nervo tibial, ocasionando déficits motores, sensitivos e autonômicos no trajeto do mesmo. O objetivo do estudo foi identificar os fatores de risco para a ocorrência das úlceras plantares em pacientes diagnosticados com hanseníase no Hospital Eduardo de Menezes da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais no período de 2005 a 2016. Trata-se de um estudo epidemiológico, do tipo observacional, transversal e analítico. A população foi composta pelos casos de hanseníase notificados no Hospital Eduardo de Menezes, no período de 2005 a 2016. Para a análise univariada foram utilizados os testes Qui-quadrado de Pearson ou teste exato de Fisher e teste de Mann-Whitney, com significância estatística de 5% (p < 0,05). Na análise multivariada por meio da árvore de decisão utilizando o algoritmo CHAID. Os resultados mostraram que forma clinica, grau de incapacidade física na alta, nervo acometido e o não uso de palmilhas ou calçado adaptado antes de surgir à úlcera se mostraram fatores de risco para a ocorrência de úlcera plantar. Foi identificado que entre os pacientes com grau de incapacidade 0 na alta, não existem casos de úlcera. Já entre aqueles com grau 1, e a forma clínica é DD ou DV a probabilidade de úlcera aumenta para 8,7%. Os pacientes com grau de incapacidade 2 na alta, nervo acometido tibial ou nervos fibular e tibial, mas que usavam palmilha ou calçado especial tem probabilidade de úlcera de 65,9%. Se o paciente não usava palmilhas ou calçados especiais antes de surgir à úlcera a probabilidade de ocorrência da úlcera aumenta para 95,7%. O presente estudo evidenciou a necessidade do diagnóstico precoce da hanseníase, como também da eficiente associação das intervenções medicamentosas e não medicamentosas por meio das técnicas de prevenção de incapacidade e uso de palmilhas acomodativas e/ou calçados especiais.(AU)

Leprosy is an infecto-contagious disease caused by Mycobacterium leprae. Leprosy bacillus' affinity for neural system cells affects mainly superficial skin nerves and periferal nerve roots, resulting in autonomic, sensitive and motor neuropathy, that leads to reduction or absency of sensitivity, and muscular weaknessin the eyes, hands and feet. If not timely treated, these can result in physical disabilities. Amid the most frequent physical disabilities seen in clinical practice are plantar ulcers, wich are caused by tibial nerve impairement, leading to motor, sensitive and autonomic deficits along tibial nerve trajectory. The objective os the present article was to identify risk factors for plantar ulcers in patients who were diagnosed for leprosy at Eduardo Menezes Hospital, Minas Gerais State Hospital Foundation, from 2005 to 2016. This is an epidemiological, observational, transversal, analytical study.The studied population was made of notified cases of leprosy, diagnosed at Eduardo de Menezes Hospital from 2005 to 2016. Pearson's qui-square, Fisher's exact test and Mann-Whitney's test, with 5% statistical significancy (p < 0,05), where used for univariate analysis. For multivariate analysis, CHAID algorythm decision tree was used. Results showed that clinical type, physical disability grade at the time of discharge, impaired nerve and absence of use of insoles or adapted shoes before the appearance of ulcers where risk factors for plantar ulcers ocurrence. For patients with 0 disability grade at discharge there where no cases of plantar ulcers. For those with grade 1 disability, clinical type was a relevant risk fator. For patients with grade 1 disability and type V or DT clinical types, probability was also zero. On the other hand, for DD and DV clinical types, probabilities rise up to 8,7%. Patients with grade 2 at discharge with or without fibular or other nerve impairement also have no probability of plantar ulcers ocurrence. AMong patients with grade 2 disability, tibial nerve impairment or both tibial and fibular nerve impairment, but who made use of insoles ou adapted shoes had a 65,9% probability of developing ulcers. In patients who do not use insoles ou special shoes before ulcer formation,probability of developing ulcers rises up to 95,7%. Present study has highlighted the need of early diagnosis of leprosy, and also the need of the use of efficient association of drug and non-drug techniques of disability prevention and use of insoles and/or special shoes.(AU)
Descritores: Fatores de Risco
Úlcera do Pé/prevenção & controle
Úlcera do Pé/epidemiologia
Hanseníase/complicações
Hanseníase/diagnóstico
-Fatores Socioeconômicos
Estudos Epidemiológicos
Estudos Retrospectivos
Dissertações Acadêmicas
Mycobacterium leprae
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1, CHFA; T-WC335


  5 / 226 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-915360
Autor: Brito, Karen Krystine Gonçalves; Soares, Maria Júlia Guimarães Oliveira; Costa, Marta Mirian Lopes; Oliveira, Simone Helena Santos.
Título: Práticas e limitações de clientes com Hanseníase no cuidar das lesões cutâneas / Practices and limitations of users with Hansen's disease in care of skin lesions
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;8(1):16-21, jan. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: conhecer a prática dos clientes com hanseníase quanto aos cuidados inerentes às lesões primárias e secundárias (úlceras plantares e palmares). Método: estudo exploratório-descritivo com abordagem quantitativa, realizado com 20 clientes que responderam a um questionário em um centro de referência para o tratamento de doenças infectocontagiosas, na cidade de João Pessoa/PB/Nordeste do Brasil. As respostas foram analisadas pela estatística descritiva, apresentados em tabelas e discutidos à luz da literatura. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa, CAAE nº 011040000126-11. Resultados: destacaram-se os casos multibacilares, e presença de ulcerações em apenas 15% da amostra. Número considerável da amostra não referiu cuidados com as mãos, realização de compressas de forma incorreta, além de não executarem cuidados adequados na presença de calos, fissuras e rachaduras. Conclusão: verificou-se necessidade de melhores estratégias de prevenção das úlceras e dos cuidados com as mãos e os pés.(AU)
Descritores: Hanseníase
Enfermagem
-Epidemiologia
Prevenção Secundária
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  6 / 226 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-915274
Autor: Canário, Djulian Diego Ribeiro do Carmo; Silva, Susanne Pinheiro Costa e; Costa, Flávia Monteiro da.
Título: Saberes e práticas de agentes comunitários de saúde acerca da Hanseníase / Knowledge and practices of community health agents about Hansen's disease
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;8(1):1-7, jan. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: avaliar o conhecimento de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) acerca da hanseníase. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, com 37 ACS de Petrolina-PE escolhidos aleatoriamente. Os dados foram coletados por meio de formulário contendo questões abertas, analisados e categorizados pela Análise de Conteúdo. Resultados: a maioria dos agentes tinha pacientes hansênicos em sua área, porém alguns não realizavam tratamento; também a maioria sabia identificar a sintomatologia e medidas a serem tomadas após diagnóstico. No entanto, referiram pouco conhecimento sobre a doença. Nenhum dos participantes mencionou a importância da vacinação BCG para contatos do paciente. O preconceito ainda é algo preocupante, visto que alguns afirmaram evitar tocar ou aproximar-se dos acometidos. Conclusão: urge intensificar ações de educação em saúde, dado o contato permanente destes profissionais com a população, evitando marginalização de pacientes hansênicos e familiares. Descritores: Agentes Comunitários de Saúde; Hanseníase; Conhecimentos, Atitudes e Práticas em Saúde.(AU)
Descritores: Agentes Comunitários de Saúde
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Hanseníase
-Epidemiologia
Pesquisa Qualitativa
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  7 / 226 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-898455 LILACS-Express
Autor: Gonçalves, Marcela; Prado, Michely Aline Rodrigues do; Silva, Simone Santana da; Santos, Karen da Silva; Araujo, Priscila Norié de; Fortuna, Cinira Magali.
Título: Work and Leprosy: women in their pains, struggles and toils / El trabajo y la lepra: las mujeres en sus dolores, luchas y esfuerzos / Trabalho e hanseníase: as mulheres em suas dores, lutas e labutas
Fonte: Rev. bras. enferm;71(supl.1):660-667, 2018.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: ABSTRACT Objective: To analyze the interference of leprosy in women's life regarding work and daily life activities. Method: Exploratory qualitative study developed from semi-structured interviews and with the use of field diaries. The strategy of the organization of data was a thematic analysis of content and referential of the work process in health and gender. Results: The themes presented are: "The leprosy pains", "Changes with the disease and adaptation at work and activities" and "Being a woman with leprosy". On them, we present the aspects that changed in women's life from the leprosy, especially regarding work and daily activities. Beyond physical limitation, there are impacts on social relations and above all on formal work, there may even be dismission. Final considerations: In women affected by leprosy, work and daily activities are directly affected; this deepens the social difficulties and requires attention of health professionals.

RESUMEN Objetivo: Analizar la interferencia de la lepra en la vida de mujeres en relación al trabajo y las actividades de la vida diaria. Método: Estudio cualitativo exploratorio desarrollado a partir de entrevistas semiestructuras y con el uso de diario de campo. La estrategia de organización de los datos fue el análisis temático de contenido y referencial del proceso de trabajo en salud y género. Resultados: Los temas presentados son: "Los dolores de la lepra", "Cambios con la enfermedad y adaptaciones en el trabajo y en las actividades" y "Ser mujer con lepra". En ellos, presentamos los aspectos que cambiaron en la vida de las mujeres a partir de la lepra, especialmente con relación al trabajo y a las actividades diarias. Además de la limitación física, hay impactos en las relaciones sociales y sobre todo en el trabajo formal, con posibilidad incluso de dimisión. Consideraciones finales: En mujeres contagiadas por la lepra, el trabajo y las actividades diarias son directamente afectados, lo que profundiza las dificultades sociales y requiere atención de los profesionales de la salud.

RESUMO Objetivo: Analisar a interferência da hanseníase na vida de mulheres em relação ao trabalho e atividades de vida diária. Método: Estudo qualitativo exploratório desenvolvido a partir de entrevistas semiestruturadas e com uso de diário de campo. A estratégia de organização dos dados foi análise temática de conteúdo e referencial do processo de trabalho em saúde e gênero. Resultados: Os temas apresentados são: "As dores da hanseníase", "Mudanças com a doença e adaptações no trabalho e nas atividades" e "Ser mulher com hanseníase". Neles, apresentamos os aspectos que mudaram na vida das mulheres a partir da hanseníase, especialmente com relação ao trabalho e às atividades diárias. Além da limitação física, há impactos nas relações sociais e sobretudo no trabalho formal, podendo haver inclusive demissão. Considerações finais: Em mulheres acometidas pela hanseníase, o trabalho e as atividades diárias são diretamente afetados; isso aprofunda as dificuldades sociais e requer atenção dos profissionais de saúde.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 226 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Vasconcellos, Cidia
Texto completo
Id: biblio-898381 LILACS-Express
Autor: Romanholo, Helizandra Simoneti Bianchini; Souza, Eliana Amorim de; Ramos Júnior, Alberto Novaes; Kaiser, Adélia Cileode Gomes Castelo Branco; Silva, Ismália Oliveira da; Brito, Aline Lima; Vasconcellos, Cídia.
Título: Surveillance of intradomiciliary contacts of leprosy cases: perspective of the client in a hyperendemic municipality / Vigilancia de contactos intradomiciliarias de lepra: perspectiva del usuario en municipio hiper endémico / Vigilância de contatos intradomiciliares de hanseníase: perspectiva do usuário em município hiperendêmico
Fonte: Rev. bras. enferm;71(1):163-169, Jan.-Feb. 2018. tab.
Idioma: en.
Projeto: National Council of Scientific Development.
Resumo: ABSTRACT Objective: To characterize approach methods for intradomiciliary contacts (IdC) of leprosy cases resident in Northern Brazil, during 2001-2012. Method: A cross-sectional and descriptive study in the state of Rondônia. Included IdC of leprosy cases diagnosed/reported in SINAN-Ministry of Health (MS), 2001-2012. A semi-structured instrument was applied to the IdCs, with six interventions: complete dermatological examination; complete neurological examination; BCG vaccination; instructions for return to the health unit; BCG guidance; and guidance to mobilize other contacts. Results: From a total of 459 IdCs included, failure to perform the dermatological examination was reported by 191 people (41.6%) and the neurological examination, by 252 (54.9%); 138 (30.1%) did not have BCG indicated and 122 (26.6%) did not receive guidelines; 257 (56.0%) were not advised to return for a new evaluation/follow-up and 186 (40.5%) were not asked to mobilize other contacts. Conclusion: Despite the favorable indicators of IdC examination coverage in the state, the evaluation process presents patterns that indicate operational quality failures.

RESUMEN Objetivo: Caracterizar normas de abordaje de contactos intradomiciliarias(CId) de casos de lepra residentes en el Norte de Brasil, de 2001-2012. Método: Estudio transversal y descriptivo en el estado de Rondônia. Incluidos CId de casos de lepra diagnosticados/notificados en SINAN-Ministerio de Salud (MS), 2001-2012. Se aplicó instrumento semi estructurado a los CId verificándose 6 intervenciones: examen dermatológico completo; examen neurológico completo; vacunación BCG; orientación para retorno a la unidad de salud; orientación sobre BCG y orientación para movilizar otros contactos. Resultados: Fueron incluidos 459 CId. La no realización del examen dermatológico fue referida por 191 personas (41,6%) y el neurológico, por 252 (54,9%), 138(30,1%) no tuvieron la BCG indicada y 122 (26,6%) no recibieron orientaciones, 257 (56,0%) no fueron orientados a retornar para nueva evaluación/seguimiento y 186 (40,5%) no fueron orientados para movilización de otros contactos. Conclusión: A pesar de los indicadores favorables de cobertura de examen de CId en el estado, el proceso de evaluación presenta normas que indican fallos operacionales de cualidad.

RESUMO Objetivo: Caracterizar padrões de abordagem de contatos intradomiciliares (CId) de casos de hanseníase residentes no Norte do Brasil, de 2001-2012. Método: Estudo transversal e descritivo no estado de Rondônia. Incluídos CId de casos de hanseníase diagnosticados/notificados no SINAN-Ministério da Saúde (MS), 2001-2012. Aplicou-se instrumento semiestruturado aos CId verificando-se seis intervenções: exame dermatológico completo; exame neurológico completo; vacinação BCG; orientação para retorno à unidade de saúde; orientação sobre BCG e orientação para mobilizar outros contatos. Resultados: Foram incluídos 459 CId. A não realização do exame dermatológico foi referida por 191 pessoas (41,6%) e o neurológico, por 252 (54,9%); 138 (30,1%) não tiveram a BCG indicada e 122 (26,6%) não receberam orientações; 257 (56,0%) não foram orientados a retornar para nova avaliação/seguimento e 186 (40,5%) não foram orientados para mobilização de outros contatos. Conclusão: Apesar dos indicadores favoráveis de cobertura de exame de CId no estado, o processo de avaliação apresenta padrões que indicam falhas operacionais de qualidade.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 226 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Silva, Maria Josefina da
Texto completo
Id: biblio-898177 LILACS-Express
Autor: Nogueira, Paula Sacha Frota; Marques, Marilia Braga; Coutinho, Janaina Fonseca Victor; Maia, Juliana Cunha; Silva, Maria Josefina da; Moura, Escolástica Rejane Ferreira.
Título: Factors associated with the functional capacity of older adults with leprosy / Factores asociados a la capacidad funcional de las personas mayores con lepra / Fatores associados à capacidade funcional de idosos com hanseníase
Fonte: Rev. bras. enferm;70(4):711-718, Jul.-Aug. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to investigate the association between socio-demographic and clinical factors and the functional capacity of older adults with leprosy. Method: cross-sectional analytical study conducted in Fortaleza, Ceará, Brazil, with 77 older adult patients with leprosy in a referral service, through interview, medical records and application of the Katz Index and the Lawton and Brody Scale. Results: the mean age was 68.23 years, with prevalence of men, in stable union/married, with mean monthly family income of 2.04 minimum wages, positive bacillary index, clinical dimorphic form and grade zero disability. In the Lawton and Brody scale, independence (58.5%) was predominant and associated to the variables "living arrangement" and "educational attainment". Total independence (87.0%) was predominant in the Katz Index and statistically associated to the variable monthly family income. Conclusion: most of the participants were classified as independent in the instruments used. Furthermore, the instruments pointed to a greater number of associations with socio-demographic and clinical factors not related to leprosy.

RESUMEN Objetivo: investigar la asociación de factores sociodemográficos y clínicos a la capacidad funcional de los ancianos con lepra. Método: estudio transversal, analítico, realizado en Fortaleza, Ceará, realizado entre 77 ancianos con lepra mediante entrevista, acompañados en servicio de referencia, consulta al prontuario y aplicación del Índice de Katz y de la Escala de Lawton y Brody. Resultados: la edad promedio era de 68,23 años, con prevalencia del sexo masculino, unión estable/casado, renda familiar mensual promedio de 2,04 salarios mínimos, índice bacteriológico positivo, forma clínica dimorfa y grado de incapacidad física cero. En la escala de Lawton y Brody prevaleció la independencia (58,5%) asociada a las variables "con quien reside" y "escolaridad". Se destacó la independencia total (87,0%) en el índice de Katz, asociándolo estadísticamente a la variable "ingreso mensual del hogar". Conclusión: la mayoría de los participantes demostró independencia de acuerdo con los instrumentos utilizados. Además, las escalas señalaron un número mayor de asociaciones a factores sociodemográficos y clínicos no relacionados con la lepra.

RESUMO Objetivo: investigar a associação de fatores sociodemográficos e clínicos à capacidade funcional de idosos com hanseníase. Método: estudo transversal, analítico realizado em Fortaleza, Ceará, com 77 idosos com hanseníase acompanhados em serviço de referência, através de entrevista, consulta ao prontuário e aplicação do Índice de Katz e Escala de Lawton e Brody. Resultados: a média de idade foi de 68,23 anos, com prevalência de sexo masculino, união estável/casado, renda familiar mensal média de 2,04 salários mínimos, índice baciloscópico positivo, forma clínica dimorfa e Grau de Incapacidade Física zero. Na escala de Lawton e Brody prevaleceu a independência (58,5%) com associação às variáveis "com quem reside" e "escolaridade". Destacou-se a independência total (87,0%) no índice de Katz, associando-se estatisticamente a variável renda familiar mensal. Conclusão: a maioria dos participantes mostrou-se independente nos instrumentos utilizados. Ademais, os instrumentos apontaram mais associações a fatores sociodemográficos e clínicos não relacionados com a hanseníase.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 226 BDENF  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-885856 LILACS-Express
Autor: Silva, Maria Cristina Dias da; Paz, Elisabete Pimenta Araújo.
Título: Experiências de cuidado dos enfermeiros às pessoas com hanseníase: contribuições da hermenêutica / Nursing care experiences with Hansen's disease patients: contributions from hermeneutics
Fonte: Acta Paul. Enferm. (Online);30(4):435-441, Jul.-Ago. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Objetivo Estudo qualitativo fundamentado na hermenêutica filosófica que teve como objetivo analisar a experiência de cuidar de pessoas com hanseníase na pratica de enfermeiros do Município do Rio de Janeiro. Métodos Estudo qualitativo desenvolvido nas áreas programáticas de saúde do município do Rio de Janeiro, que apresentaram alto ou médio coeficiente de detecção de hanseníase em 2014. Foram selecionados serviços com os seguintes perfis: exclusivamente ESF, serviços com clínicas especializadas e unidades mistas que se caracterizam pela coexistência da ESF e do modelo tradicional de atendimento. Participaram da pesquisa dezenove enfermeiros que atuavam nos serviços de Atenção Primária e Secundária destas áreas. Os critérios de inclusão definidos foram possuir experiência de pelo menos cinco anos no acompanhamento de pessoas que receberam diagnóstico de hanseníase e, qualificação técnica por treinamento específico. Como critério de exclusão, estar em afastamento laboral durante toda a etapa de coleta de dados que ocorreu no período de fevereiro de 2015 a março de 2016. As entrevistas foram agendadas em comum acordo com os participantes e gravadas com autorização dos mesmos. Resultados Elaboraram-se duas categorias: Para os enfermeiros, o atendimento da pessoa com hanseníase perdeu em qualidade e os enfermeiros reconhecem o estigma como um problema que compromete o tratamento e a cura da hanseníase. Conclusão O atendimento às pessoas com hanseníase ficou reduzido à uma ação eventual, onde a relação profissional-usuário tem vínculo fragilizado. O estigma e a discriminação que comprometem o tratamento ainda estão presentes nas atitudes e no comportamento dos profissionais de saúde, e se constituem em obstáculo no restabelecimento da saúde.

Abstract Objective To analyze the experience of caring for Hansen's disease patients in the practice of nurses in the city of Rio de Janeiro. Methods Qualitative study based on philosophical hermeneutics conducted in the programmatic areas of health in the city of Rio de Janeiro, which presented high or medium rates of Hansen's disease detection in 2014. Services with the following profiles were selected: exclusively Family Health Strategy (FHS), services with specialized clinics, and hybrid units in which the FHS and the traditional care model coexist. Nineteen nurses working in the primary and secondary health services of these areas participated in the research. The inclusion criteria were having at least five years of experience in following up Hansen's disease patients, and technical ability acquired from specific training. Exclusion criterion was being absent from work during the whole data collection stage, which happened between February 2015 and March 2016. Interviews were scheduled in agreement with participants and recorded with their authorization. Results Two categories were established: For nurses, care for Hansen's disease patients lost its quality, and nurses recognize stigma as a problem that compromises Hansen's disease treatment and cure. Conclusion Treatment of Hansen's disease patients was limited to eventual actions, where the professional-user relationship has a fragile link. The stigma and discrimination that harm treatment are still present in attitudes and behaviors of health professionals, and represent an obstacle for reestablishing health.
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central



página 1 de 23 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde