Base de dados : BDENF
Pesquisa : SP1.001 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 170 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 17 ir para página                         

  1 / 170 BDENF  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Silva, Eliete Maria
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-970774
Autor: Pinho, Eloísa Aparecida; Leite, Tânia Maria Coelho; Daólio, Edilaine; Silva, Eliete Maria.
Título: Analisando criticamente a formação de auxiliares e técnicas de enfermagem no Brasil / Nursing aides in Brazil - an analisis of personnel resources training / Analizando criticamente la formación de auxiliares y técnicos de enfermería en Brasil
Fonte: Rev. Paul. Enferm. (Online);29(1/3):117-126, nov. 14, 2018. quadros.
Idioma: pt.
Resumo: Nos processos de globalização identificamos mudanças nos comportamentos e necessidades das populações, bem como, no mundo do trabalho. Nosso objetivo foi refletir, numa perspectiva histórica, sobre a legislação e a necessidade de formação em enfermagem no nível médio no Brasil. Trata-se de uma reflexão teórica sobre a formação de auxiliares e técnicas de enfermagem para a qual realizamos levantamento histórico das legislações pertinentes, textos científicos e discutimos a partir de nossa vivência profissional, desde o início da formação de auxiliares, regulamentada em 1949, até 2009. Concluímos que a formação em nível médio persiste na enfermagem como resposta às necessidades sociais, presentes na estrutura educacional e nos serviços de saúde

In the globalization processes we identify changes in the behaviors and needs of populations as well as in the world of work. Our objective was to refl ect, in a historical perspective, on legislation and nursing's needs for training in the middle level of education in Brazil. It is a theoretical refl ection on the training of nursing auxiliaries and techniques by historical surveys of relevant legislation, scientifi c texts and discussions based on our professional experience, from the beginning of the training of auxiliaries, regulated in 1949, until 2009. We conclude that the middle level training is maintained in nursing as a response to social needs, present in the educational structure and health services

En los procesos de globalización identificamos cambios en los comportamientos y necesidades de las poblaciones, así como en el mundo del trabajo. Nuestro objetivo fue reflexionar, en una perspectiva histórica, sobre la legislación y necesidad de educación en enfermería en el nivel medio. Se trata de una reflexión teórica sobre la formación de auxiliares y técnicas de enfermería por realización de levantamientos históricos de las legislaciones relevantes, textos científicos y discusiones a partir de nuestra vivencia profesional, desde el inicio de la formación de auxiliares, regulada en 1949, hasta 2009. Concluimos que la formación a nivel medio se mantiene en enfermería como respuesta a las necesidades sociales, presentes en la estructura educativa y en los servicios de salud
Responsável: BR30.1 - Biblioteca
BR30.1


  2 / 170 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-987541
Autor: Guilherme, Fábio José de Almeida.
Título: O estágio extracurricular remunerado em enfermagem no serviço de atendimento médico de urgência de campus da Universidade do Grande Rio - UNIGRANRIO / The paid extracurricular internship in nursing in the emergency medical service of campus of the University of Grande Rio - UNIGRANRIO.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; out. 2014. 106 f p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Enfermagem Anna Nery para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A oferta de Estágio Extracurricular pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência de Campus - SAMUC é disponibilizada para alunos do curso de graduação em Enfermagem, através de um edital de Seleção, gerenciada pelo Departamento de Recursos Humanos ­ DRH, da Universidade do Grande Rio - UNIGRANRIO. O objeto dessa pesquisa é a Identidade do Eu profissional dos Acadêmicos de Enfermagem que participam do Estágio Extracurricular Remunerado - EER no SAMUC. Os objetivos da pesquisa são: Identificar a atuação do acadêmico de enfermagem inserido no EER do SAMUC. Identificar as atividades do acadêmico de enfermagem inserido no Estágio Extracurricular do Serviço de Atendimento Médico de Campus ­ SAMUC. Discutir a Identidade do Eu Profissional do acadêmico de enfermagem durante as atividades do EER no SAMUC. Analisar a autonomia do acadêmico de enfermagem diante das atividades desenvolvidas durante o EER do SAMUC. O referencial teórico tem como base o conceito da Teoria da Ação Comunicativa de Habermas e a construção da Identidade do Eu profissional. Os participantes da pesquisa foram os Acadêmicos de Enfermagem integrantes do Programa de EER desenvolvido pela UNIGRANRIO no SAMUC, localizado no Campus I ­ Duque de Caxias ­ RJ. Realizamos a pesquisa através do estudo exploratório do tipo descritivo, através da abordagem metodológica qualitativa. Utilizamos como técnicas para coleta de dados a entrevista semiestruturada, observação participante apoiada por um diário de campo e análise documental. Realizamos a análise temática do conteúdo a partir da triangulação dos achados. A partir da triangulação foi realizada a construção das categorias de análise. Categoria 1 - Decisões e Ações dos Acadêmicos de Enfermagem no Serviço de Assistência Médica de Campus - SAMUC. Essa categoria apresenta o cotidiano das ações realizadas pelos alunos no decorrer do EER no SAMUC, o ambiente de atuação, a rotina diária do serviço, bem como a utilização de conteúdos abordados nas disciplinas da graduação no desenvolvimento das atividades. Categoria 2 - O Desenvolvimento dos Estágios do Eu profissional do Acadêmico de Enfermagem durante as atividades no SAMUC. Nessa categoria identificamos, de acordo com os estágios do Desenvolvimento do Eu profissional, que os acadêmicos participantes do EER no SAMUC podem ser denominados no estágio Egocêntrico, com tendências para o Sócio-Cêntrico-Objetivista, à luz dos conceitos habermasianos. Destacamos que o SAMUC precisa incorporar as mudanças adotadas pelo Governo Federal para o atendimento de urgência nas ações de atenção primária em saúde, enquanto Política Pública de Saúde, para proporcionar ao estagiário extracurricular essa vivência e reflexão, integrando-o aos serviços de atenção primária que a universidade disponibiliza para a população, e aproximando-se da academia, através da interação com disciplinas teóricas e ao próprio Projeto Político Pedagógico do Curso de Enfermagem. (AU)
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação
BR442.1; T846 EEAN


  3 / 170 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-987303
Autor: Scarton, Juliane; Paula, Saul Ferraz de; Andrade, Gustavo Baade de; Rangel, Rosiane Filipin; Ventura, Jeferson; Siqueira, Hedi Crecencia Heckler de.
Título: Perfil da mortalidade materna: uma revisão integrativa da literatura / Maternal mortality profile: an integrative literature review / El perfil de lamortalidad materna: una revisión integradora
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);11(3):816-822, abr.-maio 2019. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: The study's goal has been to both know and analyze the aspects that the studies from national and international literatures can reveal about the profile of maternal mortality. Methods: It is an integrative literature review. The search was conducted in August 2017, through the Virtual Health Library (VHL), searching in the databases named Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) [Latin-American and Caribbean Literature in Health Sciences], Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE), Nursing Database (ND); establishing inclusion and exclusion criteria, and then selecting nine studies. Results: The epidemiological profile of maternal deaths is influenced by social factors, which reflect the inequalities present in the world, the disparities in accessing health services, education and other factors that affect a vulnerable group at alarming rates. Conclusions: The studies suggest the need for greater efforts regarding the engagement of society, public agencies and health professionals, aiming to bigger commitment and co-responsibility in the struggle to reduce maternal mortality

Objetivo: Conhecer e analisar os aspectos que os estudos da literatura nacional e internacional revelam sobre o perfil da mortalidade materna. Métodos: Revisão da literatura, a busca foi realizada em agosto de 2017, por meio da Biblioteca Virtual em Saúde, nas bases de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Medical Literature Analysis and Retrieval System Online e, Base de dados da Enfermagem, estabelecendo-se critérios de inclusão e exclusão, sendo selecionados nove estudos. Resultados: O perfil epidemiológico dos óbitos maternos é influenciado por fatores sociais, os quais refletem as desigualdades que assolam o mundo, a disparidade nas formas de acesso aos serviços de saúde, a educação e demais fatores que repercutem num grupo vulnerável para índices alarmantes. Conclusões: Os estudos refletem a necessidade de maiores esforços com engajamento da sociedade, órgãos públicos, profissionais de saúde, com vista a maior comprometimento e co-resposabilização na luta pela redução da mortalidade materna

Objetivo: Investigar y analizarlos aspectos que elestudio de la literatura nacional e internacional revelan sobre el perfil de lamortalidad materna. Metodos: La revisión se realizóen agosto de 2017, a través de la Biblioteca Virtual enSalud, enlas bases de datos de la Literatura Latinoamericana y del Caribe enCiencias de laSalud, Medical LiteratureAnalysis and Retrieval System Online y, Base de datos de la literatura Enfermería, estableciéndosecriterios de inclusión y exclusión, siendo selecionado snueve estudios. Resultados: El perfil epidemiológico de lasmuertes maternas se ve influenciada por factores sociales, que reflejanlas desigualdades que aquejan al mundo, la disparidadenlas formas de acceso a losservicios de salud, educación y otrosfactores que afectan a un grupo vulnerable a niveles alarmantes. Conclusiones: Los estúdios reflejan la necesidad de mayores esfuerzos para involucrar a lasociedad, agencias gubernamentales, profesionales de lasalud, con miras a um mayor compromiso y co-resposabilizaçãoenla lucha por reducir la mortalidad materna
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição
BR1208.1


  4 / 170 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-982178
Autor: Fiorati, Regina Célia; Souza, Larissa Barros de; Cândido, Fernanda Carla de Assis; Silva, Luana Nunes de Freitas; Finzeto, Larissa Chacon; Alves, Luana Seles; Berra, Thais Zamboni; Arcêncio, Ricardo Alexandre.
Título: Iniquidades sociais e intersetorialidade: desafio à Atenção Primária à Saúde / Social iniquities and intersectoriality: challenge to Primary Health Care
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;12(6):1705-1716, jun. 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: investigar ações intersetoriais voltadas ao enfrentamento das iniquidades sociais, em nível de Atenção Primária à Saúde, desenvolvidas com vistas à redução das desigualdades em saúde no Brasil. Método: revisão sistemática com busca nas Bases de dados LILACS e MEDLINE. Utilizaram-se, como critérios de elegibilidade, pesquisas desenvolvidas no Brasil, de 2005 a 2015, em português, inglês ou espanhol, com, pelo menos, um descritor em título ou resumo. Para a análise dos dados, utilizaram-se os referenciais teóricos, as variáveis ação intersetorial governamental e ação intersetorial com participação social e o Guia de Diretrizes PRISMA. Resultados: 40% dos estudos trataram sobre ações intersetoriais de nível governamental envolvendo iniciativas do governo federal; 20%, de ações intersetoriais locais envolvendo a sociedade civil; 40%, dos dois tipos; 40%, baseados no referencial da Organização Mundial da Saúde; 20%, no referencial do Capital Social; 20%, nos referenciais da Organização Mundial da Saúde e Curso da Vida e 20%, nos referenciais da Organização Mundial da Saúde e do Capital Social. Conclusão: políticas intersetoriais, em conjunto com a sociedade, aumentam as possibilidades de concretização de equidade social no Brasil.(AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  5 / 170 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-980056
Autor: Lima, Iana Bezerra; Silva, José Eduardo; Cruz, Sérgio de Souza.
Título: Políticas públicas de saúde mental e economia solidária: construção de uma nova concepção / Mental health public policies and solidary economics: construction of a new conception
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;7(3,n.esp):1008-1015, mar. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: discutir a importância do desenvolvimento de políticas públicas de saúde mental e da economia solidária eficaz, eficiente, para uma proposta alternativa de organização de trabalho orientada à reabilitação psicossocial dos portadores de transtorno mental. Metodologia: trata-se de estudo descritivo sobre as políticas públicas de saúde mental e economia solidária ao longo do tempo até os dias atuais. Resultados: com o movimento de Reforma Psiquiátrica, percebe-se o acréscimo dos diálogos sobre as formas como os portadores de transtorno mental eram observados e tratados, tanto nas instituições psiquiátricas como na comunidade onde viviam. Nesse panorama, o resgate da cidadania submergida desses sujeitos coloca-se como um grande desafio a ser pensado. Conclusão: observou-se que a economia solidária possibilita e proporciona aos portadores de transtorno mental tornar-se trabalhadores solidários e viabilizar sua participação nas tomadas de decisões e na gestão de sua própria vida.(AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  6 / 170 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-980055
Autor: Oliveira, Larissa Costa; Vasconcelos, Renata Borges de; Fixina, Eliana Barreto.
Título: Síndrome Spoan: uma questão de consanguinidade e de conquista de direitos / Spoan Syndrome: a matter of consanguinity and of conquest of rights
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;7(3,n.esp):1001-1007, mar. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivos: refletir sobre a influência dos casamentos consanguíneos na determinação da Síndrome SPOAN e a assistência à saúde oferecida aos portadores da síndrome tendo em vista a Política Nacional de Saúde da Pessoa Portadora de Deficiência. Método: estudo reflexivo baseado em revisão de literatura. Resultados: a Síndrome SPOAN, acomete o sistema Nervoso Central. Apresenta evolução progressiva e por isso os portadores necessitam de uma assistência que priorize a qualidade de vida, para isso a Política Nacional de Saúde da Pessoa Portadora de Deficiência (PNSPPD) deve fazer-se presente na construção da cidadania desses sujeitos. Conclusão: a Política Nacional de Saúde da Pessoa Portadora de Deficiência deve nortear as ações em saúde desenvolvidas pelo poder local, para que sejam efetivas na promoção da qualidade de vida dos pacientes.(AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  7 / 170 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-980406
Autor: Lira, Lara Caline Santos; Silva, Priscilla Maria de Castro; Clementino, Francisco de Sales; Barbosa, Khívia Kiss da Silva.
Título: Entre políticas e práticas: atividades terapêuticas baseadas na redução de danos / Between policies and practices: therapeutic activities based on harm reduction
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;12(5):1206-1215, maio 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: investigar as práticas terapêuticas realizadas em Centros de Atenção Psicossocial de Álcool e Drogas (CAPSad) pautadas na política de redução de danos. Método: estudo qualitativo com natureza aplicada, a partir de pesquisa de campo, exploratória e descritiva, em um dos serviços de CAPSad, com 10 profissionais, entrevistados por meio de um roteiro semiestruturado. A produção de dados foi analisada pela Técnica de Análise de Conteúdo na modalidade Análise de conteúdo temática. Resultados: as bases conceituais da redução de danos estão restritas à redução da droga, não preconização imediata da abstinência e prevenção de comorbidades. A valorização da autoestima, autocuidado, troca de experiências e o manejo do paciente no consultório foram as estratégias citadas. A família, o usuário e a equipe profissional foram revelados como aspectos facilitadores da redução de danos. Conclusão: existem lacunas para a operacionalização da Política. Para o preenchimento, são necessárias ações gestoras, dialógicas e educativas englobando a rede de saúde mental.(AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  8 / 170 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-970831
Autor: Ferreira, Jessica; Celuppi, Ianka Cristina; Baseggio, Lilian; Geremia, Daniela Savi; Larentes, Gessiani Fátima; Hillesheim, Adriana Cristina.
Título: Formação de gestores como estratégia para o fortalecimento da regionalização da saúde / Managers' training as a strategy for strengthening regionalization of health
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;12(4):1179-1184, abr. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: relatar a experiência das oficinas de educação permanente com os gestores municipais de saúde da região oeste de Santa Catarina frente à conformação das redes de atenção à saúde, na busca por estratégias para o fortalecimento da gestão e do princípio da regionalização. Metódo: estudo descritivo, tipo relato de experiência, em que foram utilizadas metodologias ativas para o desenvolvimento das oficinas com 48 participantes. Resultados: os principais resultados apontam para as dificuldades dos gestores frente às articulações entre os serviços públicos e privados, as pactuações intermunicipais, a falta de engajamento dos profissionais de saúde na qualificação da gestão, o subfinanciamento crônico do SUS e o pouco uso dos instrumentos de gestão pública. Conclusão: os avanços destacados para regionalização estão relacionados ao consórcio intermunicipal, a atuação proativa das instâncias colegiadas de tomada de decisão e a realização de atividades de educação permanente que fortalecem as relações entre os atores regionais.(AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  9 / 170 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-684965
Autor: Bonfada, Diego; Guimarães, Jacileide; Miranda, Francisco Arnoldo Nunes de; Brito, Andiara Araújo Cunegundes de.
Título: Reforma psiquiátrica brasileira: conhecimentos dos profissionais de saúde do serviço de atendimento móvel de urgência / Brazilian psychiatric reform: knowledges of health professional of mobile service of urgency
Fonte: Esc. Anna Nery Rev. Enferm;17(2):227-233, abr.-jun. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se identificar os conhecimentos dos profissionais de saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Natal sobre a Reforma Psiquiátrica brasileira. As informações foram coletadas por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com 24 profissionais de saúde lotados na instituição. As entrevistas foram transcritas e submetidas à técnica da análise temática, que revelou três categorias de análise: internação do sujeito em crise como demanda social e familiar; Reforma Psiquiátrica: legislação e realidade no SAMU-Natal; e Reforma Psiquiátrica brasileira como promotora de desospitalização. Os profissionais demonstraram compreensões deturpadas e reducionistas da Reforma Psiquiátrica brasileira e, em sua maioria, não deram credibilidade ao atual modelo de atenção à saúde mental pautado no tratamento psicossocial, remetendo suas falas à necessidade de internamento dos pacientes psiquiátricos. Nesse sentido, percebemos que o modelo hospitalocêntrico e excludente concebido pela psiquiatria clássica ainda permanece vivo no ideário desses profissionais como referência para a assistência às urgências psiquiátricas.
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação


  10 / 170 BDENF  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-968856
Autor: Santos, Michelle de Oliveira; Gomes, Marilia Miranda Forte; Faustino, Andrea Mathes; Moura, Leides Barroso Azevedo.
Título: A pessoa idosa no sistema prisional: um ambiente envelhecedor e adoecedor / Older people in the prision system: an aging and sickening enviromental / Adulto mayor en el sistema prisional: un ambiente envejecedor y adoecedor
Fonte: CuidArte, Enferm;12(1):30-37, jan.-jun.2018.
Idioma: pt.
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería



página 1 de 17 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde