Base de dados : BDENF
Pesquisa : SP1.001.002.008 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 22 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 22 BDENF  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 30421
Autor: Santos, Dherick Fraga; Castro, Denise Silveira de; Lima, Eliane de Fátima Almeida; Albuquerque Neto, Leônidas; Moura, Maria Aparecida Vasconcelos; Leite, Franciéle Marabotti Costa.
Título: Percepção de mulheres acerca da violência vivenciada / Percepción de mujeres acerca de la violencia vivida / The women’s perception on the violence experienced
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);9(1):193-199, jan.-mar. 2017. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: To analyse the women’s perception on the violence experienced. Method: Qualitative study. Data was obtained through a semi-structured interview, and was analysed through the Content Analysis modality. Results: Four thematic categories were identified from the analysis of the accounts of the 14 participating women: 34.8% of the accounts fit in the category Perception and Feelings about violence; 26.1% presented accounts on the category Perception of the Motives for the Experience of Violence; and also in the category Freedom Cessation; and 13.0% in the category Reflex of Violence on Health. Conclusion: There is a need for policies and actions that support and contribute to women’s freedom from violence, as well as the strengthening of intersectoral support networks, as violence poses a number of problems not only of socio-economic nature, but also damages the health of their victims.(AU)

Objetivo: Analisar a percepção de mulheres acerca da violência vivenciada. Método: Estudo qualitativo. Os dados foram obtidos por meio de uma entrevista semiestruturada e analisados através da modalidade de Análise de Conteúdo. Resultado: A partir da análise dos relatos das 14 mulheres participantes do estudo foram identificadas 04 categorias temáticas. Sendo que 34,8% dos relatos se enquadram na categoria Percepção e sentimentos acerca da violência; 26,1% apresentaram relatos na categoria Percepção dos motivos da vivência da violência e na categoria Cessação da liberdade; e 13,0% na categoria Reflexo da violência sobre a saúde. Conclusão: Emerge a necessidade de políticas e ações que apoiem e contribuam para que as mulheres se desvencilhem da violência, bem como o fortalecimento das redes de apoio intersetoriais, já que a violência acarreta inúmeros problemas não apenas de caráter socioeconômico, mas também gera danos à saúde de suas vítimas.(AU)

Objetivo: Analizar la percepción de mujeres acerca de la violencia vivida. Método: Estudio cualitativo. Los datos fueron obtenidos por medio deuna entrevista cuasi-estructurada y analizados a través del Análisis del Contenido. Resultado: A partir del análisis y de relatos de las 14 mujeres participantes fueron identificadas 04 categorías temáticas. Siendo que 34,8% se encuadraran en la categoría Percepción y sentimientos sobre la violencia; 26,1% estaban en la categoría Percepción de los motivos de la vivencia de la violencia y en la categoría Cesación de la libertad; 13,0% en la categoría Reflejo de la violencia sobre la salud. Conclusión: Surge la necesidad de políticas que apoyen y que contribuyan para que las mujeres se libren de la violencia, así como el fortalecimiento de redes de apoyo intersectoriales, ya que la violencia acarrea inúmeros problemas, no apenas de carácter socio-económico, sino que también genera daños a la salud de las víctimas.(AU)
Responsável: BR1208.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição
BR1208.1


  2 / 22 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: 28804
Autor: Nascimento, Murilo César do; Rodrigues Júnior, Antonio Luiz.
Título: Dengue e intersetorialidade: representações sociais de enfermeiros da atenção primária à saúde / Dengue and intersectionality: social representations of nurses in primary health care
Fonte: Nursing (São Paulo);17(219):1140-1142, fev. 2016. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Tratou-se de uma Pesquisa de Representação Social sobre quem deveria fazer parte do enfrentamento da Dengue, segundo os Enfermeiros da Atenção Primária à Saúde de Alfenas-MG. As Representações Sociais foram: Todos; Educação; Saúde e a População; Saúde e outros Setores; Intra-Setor Saúde; Vigilância Epidemiológica; Empresas e Profissionais; Estratégia Saúde da Família e Agentes de Controle de Endemias; Setor Público e Privado; e, Gestores. O enfrentamento da Dengue foi representado como uma responsabilidade de todos, tanto do setor saúde como de diversos segmentos sociais.(AU)

This was a social representation research on people who should be coping with Dengue, from the perspective of primary health care nurses from Alfenas, in the state of Minas Gerais. The social representations identified were: Ali; Education; Health and population; Health and other sectors; Intra-Sector Health; Epidemiological surveillance; Companies and professionals; Family health strategy and endemic disease control agents; Public and private sectors; and, Managers. Coping with Dengue was represented as a responsibility of ali people, both in the health sector and in several social segments. (AU)

Se trató de una investigación de representación social sobre quién debería hacerse cargo del enfrentamiento del dengue, según la visión de los enfermeros de atención primaria de salud de Alfenas-MG. Las representaciones sociales identificadas fueron: Todos; Educación; Salud y la población, Salud y otros sectores; Intrasector de salud; Vigilancia epidemiológica; Empresas y profesionales; Estrategia Salud de la Familia Agentes de control de endemias; Sector público y privado; y Funcionarios. El enfrentamiento del dengue resultó representado como una responsabilidad de todos, tanto del sector salud como de diversos segmentos sociales.(AU)
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  3 / 22 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 27952
Autor: Gomes, Nadirlene Pereira; Bonfim, Aiara Nascimento Amaral; Barros, Rafael Damasceno; Silva Filho, Cláudio Claudino da; Diniz, Normélia Maria Freire.
Título: Enfrentamento da violência conjugal no âmbito da estratégia saúde da família / Addressing domestic violence through the family health strategy / Afrontamento de la violencia conyugal en la estrategia salud familiar
Fonte: Rev. enferm. UERJ;22(4):477-481, jul.-ago. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo descritivo e qualitativo com o objetivo de identificar elementos que contribuem para o enfrentamento daviolência conjugal. Foram realizadas, em 2011, entrevistas com 14 profissionais que atuam nas unidades de saúde da família na Bahia, Brasil. Foram considerados todos os aspectos éticos. O estudo mostrou que a identificação da violência conjugal como agravo associado à demanda da mulher no serviço de saúde, a notificação dos casos suspeitos ou confirmados, a percepção por parte dos profissionais da complexidade do fenômeno e a articulação intersetorial com outras áreas de atenção são elementos que contribuem para o enfrentamento da problemática. Esses elementos poderão direcionar ações em saúde no sentido de sensibilizar, qualificar e comprometer os profissionais para o enfrentamento de questões que ameaçam a saúde pública, como a violência conjugal.(AU)

This qualitative descriptive study aimed to identify factors that contribute to addressing domestic violence. In 2011, 14 professionals working in family health facilities in Bahia, Brazil, were interviewed. All ethical considerations were addressed. The study showed that identifying harm from conjugal violence and injury in women approaching health services, reporting suspected or confirmed cases, mprofessionals’ perceiving the complexity of the phenomenon, and intersectoral coordination with other areas of care all contribute to combating the problem. These components can inform public health efforts to raise professionals’ awareness, and train and engage them to address problems, such as domestic violence, that threaten public health.(AU)

Estudio descriptivo y cualitativo con el objetivo de identificar los factores que contribuyen para hacer frente a la violencia doméstica. Se llevaron a cabo em 2011 entrevistas con 14 profesionales que trabajan en las unidades de salud familiar en Bahía, Brasil. Se consideraron todos los aspectos éticos. El estudio mostró que la identificación de la violencia conyugal y lesiones asociadas con la demanda de las mujeres en el servicio de salud, la notificación de casos sospechosos o confirmados, la percepción de los profesionales de la complejidad del fenómeno y la coordinación intersectorial con otras áreas de interés son elementos que contribuyen para hacer frente al problema. Estos elementos pueden dirigir los esfuerzos de salud pública para crear conciencia, capacitar y comprometer a los profesionales para abordar los problemas tales como la violencia doméstica.(AU)
Responsável: BR1366.1 - Serviço de Bibliotecas Biomédicas B - Odontologia e Enfermagem


  4 / 22 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Camponogara, Silviamar
Texto completo
Id: 27821
Autor: Sari, Vanúzia; Camponogara, Silviamar.
Título: A procura de pontos de mutação na enfermagem: eles existem? / Looking for turning points in nursing: do they exist? / Buscando puntos de mutación en la enfermería: ¿ellos existen?
Fonte: Rev. enferm. UERJ;21(1,n.esp):665-670, 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Nos últimos anos, é diária a veiculação de informações acerca de catástrofes ambientais e seus impactos ecológicos e sociais, o que torna relevante pesquisar a interface saúde e meio ambiente. O objetivo deste estudo foi discutir o estado da arte construído pela enfermagem na temática ambiental, na base de dados Medline, no período de 1997 a 2010. Trata-se de uma revisão sistemática qualitativa, processada em junho de 2010, e que resgatou 35 referências, sendo 16 delas analisadas. Construíram-se como categorias de análise: Riscos ambientais; Concepção de meio ambiente e ações de enfermagem; Meio ambiente como ambiente de trabalho da enfermagem; Interação indivíduo-meio ambiente e sua influência no processo saúde/doença; e A formação em enfermagem e sua relação com a questão ambiental. Concluiu-se que a produção na área é limitada, pontual, vinculada a entrevistas e reflexões, as quais funcionam como pontos de mutação; resta saber quantos são os sensibilizados. (AU)

Given the information about environmental disasters and their ecological and social impacts broadcast daily in recent years, it is important to research at the health-environment interface. This study aimed to discuss the state-of-the-art knowledge constructed by nursing on environmental issues in the Medline database from 1997 to 2010. This qualitative, systematic review, performed in June 2010, found 35 references, 16 of which were examined. The analytical categories constructed were: Environmental hazards; The conception of environment and nursing actions; Environment as nurses’ working environment; Interaction between individual and environment and its influence on health-disease processes; and Nursing training and its Relation to environmental issues. It was concluded that production in the field is limited, occasional, and connected with interviews and critical thinking, which function as “turning points”. It remains to know how many people are aware of them. (AU)

Actualmente, es diaria la vinculación de informaciones acerca de catástrofes ambientales y sus impactos ecológicos y sociales, lo que torna relevante investigar la interface salud y medio ambiente. Esa exploración bibliográfica pretende discutir el estado de la arte construido por la enfermería en la temática ambiental, en la base de datos Medline, en periodo de 1997 a 2010. Es una revisión sistemática cualitativa, procesada en junio de 2010, que rescató 35 referencias, siendo 16 de ellas analizadas. Las categorías de análisis: Riesgos ambientales; Concepción de medio ambiente y acciones de enfermería; Medio ambiente como ambiente de trabajo de enfermería; Interacción individuo-medio ambiente y su influencia en el proceso salud enfermedad; y La formación en enfermería y su relación con la cuestión ambiental. Se concluyó que la producción en esta área es limitada, puntual, vinculada a entrevistas y reflexiones, las cuales funcionan como puntos de mutación; falta saber cuantos son los sensibilizados. (AU)
Responsável: BR1366.1 - Serviço de Bibliotecas Biomédicas B - Odontologia e Enfermagem


  5 / 22 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 24440
Autor: Gonçalves, Alda Martins; Sena, Roseni Rosângela; Resende, Verônica Amorim; Horta, Natália de Cássia.
Título: Promoção da saúde no cotidiano das equipes de saúde da família: uma prática intersetorial? / Promoción de la salud en el cotidiano de los equipos de salud de la familia: una práctica intersectorial? / Health promotion in the daily work of the family health teams: an intersectoral pratice?
Fonte: Rev. Enferm. Cent.-Oeste Min;1(1):94-102, 2011.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo apresenta resultado de estudo que tevepor objetivo analisar as ações intersetoriais de saúde identificadas naspráticas de profissionais integrantes da Estratégiade Saúde da Família. Os dados foram gerados a partir da pesquisa:“Concepções de promoção da saúde na equipe de saúdeda família”. Estudo de abordagem qualitativa, descritivo-exploratória. Os sujeitos da pesquisa foram 28 integrantes de Equipes de Saúde da Família dos municípios de BeloHorizonte e Contagem. Utilizaram-se, como instrumento de coleta de dados, entrevistas com roteiro semiestruturado. Osresultados evidenciaram que as ações intersetoriaisdesenvolvidas são isoladas e pontuais. Demostrou-se um certodistanciamento entre os fins políticos e a promoçãoda saúde como um ato de cuidado de saúde. Os profissionais têmpouco domínio do conceito de intersetorialidade. Verifica-se que as parcerias estabelecidas entre os serviços de saúde eoutros setores têm pouca sistematização, interferindo na efetividade das ações e nos seus resultados.Conclui-se,também, que as atividades realizadas com enfoque intersetorial são tímidas, comprometendo a consolidação do modeloassistencial que tem como eixo a promoção da saúde,prevenção de agravos, tratamento e reabilitação.(AU)

This article shows the result of a study analyzingintersectoral health actions of the practice of Family Health Teams. Thedata was generated from the research: “Concepts ofhealth promotion in the family health team”. This is a qualitative,descriptive-exploratory study carried out in the cities of Belo Horizonte, Contagem, State of Minas Gerais, Brazil. Thesubjects of the research were 28 members of familyhealth teams. Semi-structured interviews were usedto collect data.The results showed that intersectoral actions are isolated and occasional. The political purposes revealed some distancefrom health promotion as an act of health care. Theprofessionals have little knowledge of the conceptofintersectionality. We found that partnerships between health services and other sectors are not very systematic, whichinterferes in the intersectoral actions and their sustainability. We also concluded that intersectoralactivities are limited,compromising the consolidation of the technical healthcare model, which has as its axis the promotionof health, injuryprevention, treatment and rehabilitation. (AU)

Este artículo presenta los resultados del estudio que tuvo como objetivo analizar las acciones intersectoriales para la saludidentificadas en las prácticas de los profesionalesde la Estrategia de Salud de la Familia. Los datosfueron generados apartir de la investigación: "Los conceptos de promoción de la salud en el equipo de salud de la familia." Un estudiocualitativo, descriptivo y exploratorio. Los sujetos del estudio fueron 28 integrantes de los Equiposde Salud de la Familiaen las ciudades de Belo Horizonte y Contagem. Comoinstrumento de recolección de datos, fueron utilizadas entrevistassemi-estructuradas. Los resultados mostraron que las acciones intersectoriales son aisladas y puntuales. Los objetivospolíticos se mostraron distantes de la promoción dela salud como un acto de atención de la salud. Losprofesionalestienen poco conocimiento del concepto de interseccionalidad. Se percibe que la asociación establecidaentre los serviciosde salud y otros sectores tiene poca sistematización, lo que afecta la eficacia de las acciones y susresultados. De ello sededuce también que las actividades con enfoque intersectorial son limitadas, lo que compromete la consolidación delmodelo de atención de salud, que se centra en la promoción de la salud, prevención de enfermedades, tratamiento yrehabilitación(AU)
Responsável: BR1259.1 - DIBIB - Divisão de Biblioteca


  6 / 22 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 23929
Autor: Pinto, Bruna Knob; Soares, Deisi Cardoso; Cecagno, Diana; Muniz, Rosani Manfrin.
Título: Promoção da saúde e intersetorialidade: um processo em construção / Promoción de la salud e intersectorialidad: un proceso en construcción / Health promotion and intersectionality: a process under construction
Fonte: REME rev. min. enferm;16(4):487-493, out.-dez.2012.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se, com este estudo, apresentar o conhecimento dos profissionais da equipe de Estratégia Saúde da Família(ESF) diante dos conceitos de promoção da saúde e intersetorialidade. Trata-se de um estudo qualitativo, do tipoexploratório e descritivo, realizado com duas equipes da ESF, uma na área rural e outra na área urbana, compostas poroito sujeitos, no período de agosto e setembro de 2010. A promoção da saúde foi considerada ação que objetiva preveniras doenças, desenvolvidas pela educação em saúde, visando ao empoderamento da população. A intersetorialidadefoi citada em diversas atividades, entretanto não contemplou a totalidade do conceito, uma vez que as ações, em suamaioria, foram planejadas por um único setor, para serem aplicadas em outro setor. Trabalhar com esses conceitosimpele os profissionais da saúde a vencer suas incertezas e medos, lançando novos olhares a velhos desafios.(AU)
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 22 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 22781
Autor: Gomes, Nadirlene Pereira; Bomfim, Aiara Nascimento Amaral; Diniz, Normélia Maria Freire; Souza, Simone Santos; Couto, Telmara Menezes.
Título: Percepção dos profissionais da rede de serviços sobre o enfrentamento da violência contra a mulher / Combating violence against women: service network personnel’s perceptions / Percepción de los profesionales de la red de servicios sobre el enfrentamiento de la violencia contra la mujer
Fonte: Rev. enferm. UERJ;20(2):173-178, abr.-jun. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: A violência contra a mulher constitui um sério problema de saúde pública. Estudo qualitativo com o objetivo de identificar, na percepção de profissionais da rede de serviços, elementos que contribuem para o enfrentamento da violência contra a mulher. Em 2010, realizou-se entrevista, a partir de um formulário semiestruturado, com profissionais de 17 serviços em Salvador-BA. Na percepção dos profissionais entrevistados, o enfrentamento da violência contra a mulher perpassa pela articulação do serviço com outros a fim de garantir o atendimento às diversas demandas da mulher; pela dinâmica de trabalho institucional com recursos humanos conhecedores de outros serviços e do papel da rede, e não sobrecarregados, o que viabiliza o processo de comunicação intersetorial para o delineamento da rede; e o suporte financeiro para as mulheres. É notória a importância da rede de serviços a fim de empoderar as mulheres para o enfrentamento da violência.(AU)

Violence against women is a serious public health problem. This qualitative study aimed to identify, in the perceptions of personnel in the service network, elements that contribute to addressing violence against women. Personnel from 17 services in Salvador-Bahia were interviewed in 2010 using a semi-structured script. In the respondents’ perceptions, addressing violence against women hinges on: liaison with other services to ensure that women’s diverse demands are met; an institutional work dynamics with human resources that understand the other services and the network’s role, and are not overloaded, thus allowing inter-sector communication to design the network; and financial support for women. These results underline the importance of networked services to empower women to combat violence.(AU)

La violencia contra la mujer constituye un problema serio de salud pública. Estudio cualitativo con el objetivo de identificar elementos que contribuyen para el enfrentamiento de la violencia contra la mujer. En 2010, se realizó entrevista, a partir de un formulario semiestructurado con profesionales de 17 servicios en Salvador-Bahía-Brasil. En la percepción de los encuestados, el enfrentamiento de la violencia contra la mujer trasciende el servicio conjunto con otros para garantizar el cumplimiento de las diversas demandas de la mujer. La dinámica de trabajo institucional con los expertos en recursos humanos de otros servicios y el papel de la red que no estén sobrecargados, lo que permite el proceso de comunicación intersectorial para el diseño de la red, y el apoyo financiero para las mujeres. Estos resultados enfatizan la importancia de los servicios de red para empoderar a las mujeres.(AU)
Responsável: BR1366.1 - Serviço de Bibliotecas Biomédicas B - Odontologia e Enfermagem
BR1366.1


  8 / 22 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: 22444
Autor: Lora, Eduardo.
Título: Health Perceptions in Latin America.
Fonte: s.l; IDB Working Paper Series; 2011. 53 p. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This is the first study that uniformly analyzes health perceptions in all of LatinAmerica and tests in a systematic way their relation to economic conditions at thecountry, income group and individual levels. The study uses three types of healthself-assessment questions: i) health satisfaction; ii) health status on a scale of 0-10; and iii) the EuroQol 5D instrument (EQ-5D), which asks about mobility, selfcare,usual activities, pain/discomfort, and anxiety/depression. The empiricalanalysis finds support for the hypothesis that cultural differences betweencountries prevent cross-national comparisons of health perceptions, but it does notfind support for the widely held view that the same applies within countries,presumably because the poor are more tolerant of their health problems.(AU)
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  9 / 22 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 22072
Autor: Lopes, Emeline Moura; Pinheiro, Ana Karina Bezerra; Pinheiro, Patrícia Neyva da Costa; Vieira, Neiva Francenelly Cunha.
Título: Tecnologia e práticas de enfermagem - um estudo bibliográfico / Technology and nursing practice - a bibliographical research
Fonte: Online braz. j. nurs. (Online);8(1), 2009. tab.
Idioma: pt.
Resumo: The study aimed to analyze the scientific production related to the use of technology in the practices of nursing. This is a bibliographic study of quantitative approach, which used to search in the databases Scielo, LILACS, Medline and BDEnf, in which the descriptors used were technology and educational technology. Twenty-eight articles were selected. Most of the articles, 27 (96.4%), had been published in journals inside the nursing area. It was observed that the articles with the chosen thematic had been published from 2000 onwards. Among the studies, sixteen (57.1%) are related to the development, implementation experience or reports of the use of technologies. Of these, 10 (62.5%) were targeted to own professionals and five (31.2%) towards the patients. As for the type of technology, 11 (68.7%) used harsh technologies. It is perceived the greater interest of nurses in developing and using technology in their practice in the past five years. This consists as a facilitator methodology for the nursing profession and as a benefit for the nursing’s actions improvement. (AU)

O estudo objetivou analisar a produção científica relacionada à utilização de tecnologias nas práticas da enfermagem. Estudo bibliográfico e com abordagem quantitativa realizado por meio de busca nas bases de dados Scielo, LILACS, Medline e BDEnf com os descritores tecnologia e tecnologia educacional. Foram selecionados vinte e oito trabalhos. A maioria dos estudos, 27 (96,4%), foi publicada em periódicos na área da enfermagem. Verificou-se que os artigos com esta temática foram publicados a partir de 2000. Dos estudos, 16 (57,1%) tratam-se de desenvolvimento, aplicação ou relato de experiência de uso de tecnologias. Destes, 10 (62,5%) são direcionados aos próprios profissionais e cinco (31,2%), aos pacientes. Quanto ao tipo de tecnologia, 11 (68,7%) utilizaram tecnologias duras. Percebe-se, maior interesse dos enfermeiros em desenvolver e utilizar tecnologia em sua prática nos últimos cinco anos. Estas constituem-se como uma metodologia facilitadora para a profissão e como benefício para melhoria das ações em enfermagem.(AU)
Responsável: BR1342.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem
BR1342.1


  10 / 22 BDENF  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 20365
Autor: Batista-Rafael, Maria Eugênia Pires Pessoa; Leal, Simone Maria Irineu; Moura, Talita Helena Monteiro de; Cavalcanti, Tatiana Prísgida de Oliveira; Albuquerque, Thaísa Marinho Carneiro de; Francisco-de-Paula, Janaina Maria dos Santos; Galdino, Edivane Patrícia da Costa.
Título: Tétano: uma proposta de cuidados interdisciplinares na unidade de terapia intensiva: revisão sistemática de literatura / Tetanus  a proposal of interdisciplinary care in an intensive care unit: literature systematic review
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;4(3):1535-1542, jul./ set 2010. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivos: introduzir informações atualizadas a respeito da assistência de enfermagem ao portador de tétano acidental e confeccionar uma pauta de cuidados interdisciplinares. Método: trata-se de estudo de revisão bibliográfica em periódicos de língua portuguesa disponíveis na Biblioteca da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças e na Biblioteca Virtual em Saúde para consulta on line usando os descritores “assistência de enfermagem”, “enfermagem”, “protocolos”, “tétano” e “unidade de terapia intensiva”. Resultados: as propostas de cuidados em Unidade de Terapia Intensiva foram descritas em relação à admissão, aos cuidados gerais enquanto na Unidade de Terapia Intensiva e procedimentos para alta hospitalar. Conclusão: ensinar um cuidar mais humano não depende apenas de rotinas nos procedimentos, envolve nuances próprias que se ligam à essência do sujeito, enquanto ser-no-mundo. A Sistematização da Assistência de Enfermagem é de suma importância para traçarmos um plano de cuidados para assistirmos ao paciente de forma integral e individualizada. O Processo de Enfermagem é um modelo de ação capaz de auxiliar no cuidado e dar credibilidade às atividades dos profissionais. Planejar a Assistência de Enfermagem permite a continuidade e a integralidade do cuidado humanizado, fortalecendo o trabalho em equipe
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde