Base de dados : BDENF
Pesquisa : SP1.001.007.023.010 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 496 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 50 ir para página                         

  1 / 496 BDENF  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 31640
Autor: Afonso, Lívia Napoli.
Título: O trabalho prescrito e real do agente comunitário de saúde na estratégia de saúde da família / The prescribed and actual work of the community health agent in the family health strategy.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2017. 103 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: com o estabelecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), as práticas de saúde passaram a priorizar ações de promoção à saúde e prevenção de doenças e seus agravos. Neste contexto, o Agente Comunitário de (ACS) é um importante ator para a consolidação destas práticas. O trabalho do ACS, desde a implantação do SUS, foi marcado pela ampliação dos espaços de atuação e de saberes. Este trabalho é prescrito por Leis, Portarias, e Manuais do Ministério da Saúde, sendo vivenciado no contexto real de acordo com as demandas e exigências do cenário da prática profissional. Objetivo: compreender o trabalho do ACS na Estratégia de Saúde da Família (ESF), considerando as dimensões prescrita e real. Metodologia: trata-se de um estudo de caso de abordagem qualitativa realizado na Atenção Primária a Saúde (APS) no Município de Belo Horizonte. O estudo foi realizado em três etapas. Na primeira etapa, a Pesquisa Documental, foram utilizados documentos de cunho Legislativo – Leis, Portarias e Decretos – a cartilha do Programa do Agente Comunitário de Saúde (PACS) e o Manual de Trabalho do ACS desenvolvido pelo Ministério da Saúde. A análise documental possibilitou a capitação do trabalho prescrito do ACS. Na segunda etapa, entrevistas com questionário semiestruturada com Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem e Médicos que atuam na ESF. A análise das entrevistas possibilitou a capitação do trabalho realdo ACS sob a ótica da equipe da ESF. Participaram desta etapa vinte e sete profissionais. Na terceira etapa, Grupo Focal (GF), foi realizado com ACS que atuam na ESF. Foram realizados quatro GF com média de nove participantes por grupo, totalizando trinta e cinco participantes. As entrevistas, realizadas com a equipe de saúde da ESF e os GF, com os ACS, foram gravados e transcritas na íntegra para análise e interpretação dos dados. Na análise dos dados foi utilizada a Análise de Temática de Conteúdo com auxílio do Softwer ATLAS ti. 7.0 para organização dos...(AU)

Introduction: with the creation of the Sole Health System (SUS), the health practices began to prioritize health promotion and disease prevention actions. In this context, the Community Health Agent (ACS) is an important player for the consolidation of such practices. The work of the ACS, since the implementation of SUS, has been marked by the expansion of theperformance spaces and knowledge. This paper was guided by Laws, Ordinances and Health Department’s Manuals, being applied in the real context accordingly to the demands of the professional practices. Goal: to understand the ACS work within the Family Health Strategy (ESF) considering the real and prescribed dimensions. Methodology: this paper regards a case study of the qualitative approach, performed in the Primary Health Attention (APS), in the Belo Horizonte County. The study was conducted in three phases. In the first phase, the Document Research Phase, Legislative documents – Laws, Ordinances and Decrees, the Community Agent Program (PACS) best practices and the ACS Work Manual developed by the Health Department were used. The document analysis enabled the understanding of the ACS’ prescribed work. In the second phase, semi-structured interviews with Nurses, Nursing Technicians and ESF Doctors were conducted. The analysis of the interviews enabled the understanding of the real ACS’ work under the ESF point of view. Twenty-seven professionals participated in this phase. The third phase, Focal Groups (GF), was conducted with ACSs currently working within ESF. Four GF were conducted, with the average of nineparticipants per group, totaling thirty-five participants in this phase. The interviews conducted with the ESF health team, as well as the GFs conducted with the ACSs, were recorded and transcribed in full for analysis and data interpretation. The Content Theme Analysis was usedwith the aid of the ATLAS ti. 7.0 Software in order to...(AU)
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1; T-W21.5, AFTR


  2 / 496 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 31551
Autor: Medeiros, Raquel Trovão de; Bezerra, Renato Galvão; Menezes, Rejane Maria Paiva de; Davim, Rejane Marie Barbosa; Carvalho, Camila Fernandes Silva de.
Título: Utilização da vacina Rogan durante o pré-natal em mulheres Rh negativo: conhecimento dos profissionais da saúde / Use of Rogan vaccine during prenatal care in Rh negative women: the healthcare professionals’ knowledge
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;5(5):1193-1203, Jul. 2011. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: identificar o conhecimento do enfermeiro e médico acerca da importância da utilização da vacina anti-Rh durante o pré-natal em gestantes portadoras de Rh negativo. Método: trata-se de um estudo do tipo exploratório descritivo, com abordagem quantitativa, desenvolvido com médicos e enfermeiros que trabalham em serviços de pré-natal em instituições hospitalares e no Programa Saúde da Família (PSF) nos municípios de Bento Fernandes e Santo Antônio, localizados na região agreste do Estado do Rio Grande do Norte. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisada Universidade Federal do Rio Grande do Norte com Parecer Favorável e Protocolo n. 101/06 CEP-UFRN. Resultados: é necessário que haja esforços de todos os profissionais da saúde no sentido de dar maior ênfase à isso imunização e possível doença hemolítica perinatal nos serviços de assistência pré-natal, com a finalidade de evitar futuras complicações para mãe e bebê. Conclusão: percebe-se que não há ação mais efetiva por parte dos profissionais, não em função da falta de informações sobre a doença e/ou vacina, mas, principalmente, porque não é do conhecimento a utilização da vacina quando identificam gestantes Rh negativo durante o pré-natal. (AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  3 / 496 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 31546
Autor: Ximenes Neto, Francisco Rosemiro Guimarães; Silva, Kelvya Abreu.
Título: Saberes e práticas de agentes comunitários de saúde sobre promoção da saúde / Knowledge and practice of communitarian health agents on health promotion
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;5(5):1151-1160, Jul. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: analisar as práticas e saberes dos ACS, na perspectiva do conceito de promoção da saúde; identificar as facilidades e dificuldades vivenciadas pelos ACS para o desenvolvimento de ações de promoção da saúde. Metodologia: pesquisa exploratório-descritiva, realizada no período de junho a agosto de 2008, com quatorze ACS d acidade de Sobral –Ceará, utilizando como instrumento para coleta de dados um questionário. Foram respeitados os aspectos éticos preconizados pela Resolução Nº 196/1996, sendo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Estadual do Vale do Acaraú/UVA, mediante parecer consubstanciado 681/2008. Resultados: das concepções de promoção da saúde, emergiram as categorias: promoção da saúde como prevenção de doenças; como capacitação da comunidade; e viabilização do acesso da comunidade aos serviços de saúde. As ações de promoção da saúde desenvolvidas pelos ACS centram-se nos trabalhos com grupos em desenvolvimento de atividades comunitárias, como caminhadas, ginástica e educação em saúde. Nas facilidades para desenvolver ações de promoção da saúde, as enfermeiras são consideradas profissionais colaboradoras. A principal dificuldade apresentada foi a inexistência de alguns profissionais na equipe. Conclusão: O estudo mostra a importância que o ACS possui para a efetivação da promoção da saúde como estratégia parao trabalho em saúde. (AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  4 / 496 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Marcon, Sônia Silva
Texto completo
Texto completo
Id: 31536
Autor: Peruzzo, Hellen Emília; Silva, Eraldo Schunk; Haddad, Maria do Carmo Fernandes Lourenço; Marcon, Sonia Silva.
Título: Influência do sexo, idade e tempo de atuação na percepção sobre o trabalho em equipe / Influence of the gender, age and time of practice in perception on teamwork
Fonte: REME rev. min. enferm;21, 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi identificar se as variáveis sexo, idade e tempo de atuação influenciam a percepção dos profissionais sobre o trabalho em equipe na Estratégia Saúde da Família (ESF). Trata-se de estudo transversal não probabilístico, realizado com 458 profissionais pertencentes às 72 equipes da ESF alocadas nas 34 unidades básicas de um município do noroeste do Paraná. Os dados foram coletados no período de março a julho de 2016 com levantamento de dados sociodemográficos, aplicação da Escala de Clima na Equipe (ECE) e dois questionamentos: “qual nota você daria para sua equipe da ESF quanto ao trabalho em equipe?” e “qual nota você se daria como membro de sua equipe de trabalho?” Na associação entre os resultados e as diferentes variáveis foi utilizado o teste de Kruskal-Wallis seguido do teste post hoc de comparações múltiplas de Dunn. Observou-se que não houve diferença significativa entre os sexos para as notas atribuídas à equipe (NE), nota pessoal (NP) e média da ECE. Quanto à idade, foi evidenciada diferença entre as NE (p=0,0138) e NP (p=0,0210), sendo os profissionais com até 30 anos os que atribuíram os menores escores médios (NE=186,11 e NP=184,76). Para a variável tempo de atuação na equipe, apurou-se diferença significativa na NP (p=0,0030), sendo os menores escores atribuídos por profissionais com até um ano nas equipes (NE=186,65). Concluiu-se que os profissionais mais jovens ou com menos tempo de atuação tendem a atribuir menores notas para o trabalho de suas equipes, assim como para o próprio desempenho.(AU)
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  5 / 496 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 31498
Autor: Souza, Luanni Rayssa de Medeiros; Oliveira, Luciane Paula Batista Araújo de; Medeiros, Anna Cecília Queiroz de; Menezes, Rejane Maria Paiva de.
Título: Ações de enfermagem no cuidado ao homem idoso na Estratégia de Saúde da Família / Nursing actions in care for elderly men in the Family Health Strategy
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;11(supl.5):2024-2032, maio 2017. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: identificar as ações realizadas pela equipe de Enfermagem voltadas ao homem idoso. Método: estudo descritivo, de abordagem quantitativa, realizado em Unidades de Saúde da Família. Foram entrevistados dez enfermeiros e 20 técnicos de Enfermagem. A análise dos dados foi realizada utilizando o programa SPSS, versão 20.0. Os resultados foram expressos em frequências e médias. Para verificar possível associação entre categorias, foi utilizado o teste exato de Fisher, sendo considerado significativo um valor dep < 0,05. Resultados: 73% conheciam tanto a política do homem, quanto a da saúde da pessoa idosa. Troca de curativos e cuidados com sonda vesical foram as ações mais citadas na atenção ao homem idoso; 47% já realizaram ações de educação em saúde durante consultas do Hiperdia ou visita domiciliar a idosos. Conclusão: os entrevistados costumam atender idosos, porém, não significa dizer que atendam integralmente à ideia de promoção à saúde. (AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  6 / 496 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: 31481
Autor: Souza, Tuanny Gonçalves Benjamim de; Peixoto, Juliane Berenguer de Souza; Chaves, Ana Elisa Pereira; Oliveira, Maria Amélia de Campos; Brandão, Gisetti Corina Gomes.
Título: O acolhimento na estratégia saúde da família: transformando o processo de trabalho / The host in the family health strategy: transforming the work process
Fonte: Nursing (São Paulo);20(231):1788-1791, ago.-2017.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo objetivou implementar ações de acolhimento em uma Unidade Básica de Saúde da Famíliano município de Campina Grande-PB. Trata-se de uma pesquisa-ação, modalidade de pesquisa qualitativa usada para atransformação da realidade. Para coleta de dados foi utilizada a técnica de oficina de trabalho. Foram realizados quatroencontros com 18 trabalhadores da saúde que desenvolvem atividades no cenário da pesquisa. A análise dos dados foiinstituída segundo a análise de conteúdo proposta por Bardin. Os resultados revelaram duas categorias temáticas: “refletindosobre o acolhimento”, evidenciando as percepções, potencialidades, fragilidades e prioridades; e “operacionalizando oacolhimento”. O estudo proporcionou a reflexão, a reorganização do trabalho e a construção de novas práticas, visando aum cuidado em saúde resolutivo.(AU)

This study aimed to implement embracement actions of Family Health Strategy Unit in the city of CampinaGrande-PB. This is an action research that used qualitative research method. For data collection, the workshop techniquewas used. Four meetings were held with 18 health workers who carry out their activities in the research setting. Data analysiswas performed according to the content analysis proposed by Bardin. The results revealed two themes: “reflecting on theembracement”, reflecting the perceptions, potential, weaknesses and priorities and “operationalizing the embracement.”The study enabled the reflection, the reorganization of work and the construction of new practices, aiming at a moreresolute health care.(AU)

El objetivo de este estudio fue implementar acciones de acogida en una Unidad Básica de Salud de la Familiaen la ciudad de Campina Grande-PB. Se trata de una investigación-acción que utilizo el método de investigación cualitativapara acercarse de una realidad. La recolección de datos utilizo la técnica de taller. Se hicieran cuatro reuniones con 18trabajadores de la salud. El análisis de datos se estableció de acuerdo con el análisis de contenido propuesta por Bardin.Los resultados revelaron dos temas: “reflexionando sobre el acogimiento”, destacando las percepciones, el potencial, lafragilidad y las prioridades y “implementando el acogimiento”. El estudio proporciono la reflexión, la reorganización deltrabajo y la construcción de nuevas prácticas, con miras a una atención de salud decidida.(AU)
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 496 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 31390
Autor: Previato, Giselle Fernanda; Baldissera, Vanessa Denardi Antoniassi.
Título: Domínios e competências da prática interprofissional colaborativa nas equipes da atenção primária à saúde / Domains and competencies of the collaborative interprofessional practice in primary health care teams
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;11(5):1966-1970, mai.2017.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: analisar os domínios e competências da Prática Interprofissional Colaborativa em Saúde no processo de trabalho das equipes de Estratégia Saúde da Família e Núcleo de Apoio à Saúde da Família. Método: estudo exploratório, descritivo, de abordagem qualitativa. Os participantes serão profissionais nas equipes de Estratégia Saúde da Família e de Núcleo de Apoio à Saúde da Família do município de Maringá (PR), Brasil. A produção de dados iniciará pela técnica “Photovoice”, seguida da realização de Grupo Focal. Os dados produzidos serão organizados pelo software Live Iramuteq®, submetidos à Análise Lexical e discutidos à luz da Teoria Dialógica de Freire. O projeto possui aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa Envolvendo Humanos da Universidade Estadual de Maringá, CAAE 63610916.1.0000.0104. Resultados esperados: contribuir na compreensão de como as equipes atuantes na Atenção Primária à Saúde organizam seu processo de trabalho pautado em domínios e competência para uma Prática Interprofissional Colaborativa em Saúde. (AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  8 / 496 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 31380
Autor: Nogueira, Karla Regina Celestino; Moraes, Marilúcia Mota de.
Título: Prevenção do câncer cervical: o conhecimento das usuárias em uma equipe de saúde da família / Cervical cancer prevention: the knowledge of users in a family health team
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;11(5):1892-1901, mai.2017. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: analisar o conhecimento das usuárias acerca do exame preventivo em uma equipe de saúde da família. Método: estudo de campo, descritivo, transversal, de prevalência, com abordagem quantitativa, com143 mulheres na faixa etária dos 25 aos 50 anos, a partir de entrevista com aplicação de questionário em domicílio. Os dados foram submetidos à análise por meio da estatística descritiva, com a realização do teste qui-quadrado e apresentados em figuras. Houve a discussão com a literatura. Conclusão: as usuárias tinham o nível de conhecimento baixo devido ao estilo de vida, pois a maioria tinha baixo nível de escolaridade e baixa renda. (AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  9 / 496 BDENF  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 31372
Autor: Dantas, Raquel Farias de Barros; Gouveia, Bernadete de Lourdes André; Albuquerque, Adriana Montenegro de; Torquato, Isolda Maria Barros; Ferreira, Jocelly de Araújo; Oliveira, Simone Helena dos Santos.
Título: Caracterização das lesões crônicas nos idosos atendidos na estratégia de saúde da família / Characterization of chronic injuries in the elderly assisted in the family health strategy
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;11(5):1835-1841, mai.2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: conhecer a realidade das lesões crônicas nos idosos atendidos na Estratégia de Saúde da Família (ESF). Método: estudo exploratório, descritivo, com abordagem quantitativa. Participaram 20 idosos, comida de entre os 60 aos 99 anos, a maioria do sexo feminino, acometidos por lesões crônicas, referenciados pelas ESF. Resultados: as lesões são do tipo úlceras por pressão, varicosa, diabética, arterial e ferida neoplásica, todas advindas de doenças crônicas não transmissíveis, onde todos os idosos faziam troca do curativo em domicílio pela equipe de enfermagem ou por cuidadores familiares. Observou-se que a técnica utilizada se distanciava da asséptica e as substâncias eram inadequadas ao tratamento específico de algumas lesões. Conclusão: diante da assistência revelada aos idosos com lesões crônicas, observamos a necessidade de implantar um protocolo de atendimento que orientasse o autocuidado. (AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  10 / 496 BDENF  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 31368
Autor: Oliveira, Daniela do Carmo; Mandú, Edir Nei Teixeira.
Título: Suscetibilidades e problemas de saúde de mulheres grávidas: cuidados adotados na Estratégia Saúde da Família / Susceptibilities and health problems of pregnant women: care adopted in the Family Health Strategy
Fonte: Rev. enferm. UFPE on line;11(5):1798-1809, mai.2017.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: analisar condutas pré-natais da Estratégia Saúde da Família (ESF) adotadas em situações com possíveis repercussões negativas para a mulher e/ou o concepto. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado em cinco ESF, a partir de entrevista aberta com médicos e enfermeiros, consulta a registros pré-natais e observação participante de consultas. A análise das informações foi realizada pela Técnica de Análise de conteúdo na modalidade Análise Temática. Resultados: as condutas coadunam-se com a perspectiva de risco privilegiada no pré-natal; abrangem a vinculação da mulher ao pré-natal especializado e orientações sobre a classificação de maior risco e o encaminhamento feito. O acompanhamento conjunto da mulher referenciada e a oferta de ações de apoio à família são assistemáticos, transferindo-se a responsabilidade do cuidado ao serviço de referência e à própria mulher. Conclusão: as condutas revelam-se limitadas na perspectiva dos determinantes sociais da saúde reprodutiva e da produção da autonomia das mulheres. (AU)
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt



página 1 de 50 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde