Base de dados : BDENF
Pesquisa : Z01.058 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Longo]

página 1 de 1

  1 / 2 BDENF  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 16897
Autor: Candundo, Guedes.
Título: Infecções sexualmente transmissíveis e HIV/aids: conhecimento e crença acerca dos riscos entre estudantes do ensino médio de Lubango, Angola - África / Sexually transmissible infections and HIV/ aids: Knowledge and beliefs on risks among secondary students in Lubango.
Fonte: Ribeirão Preto; s.n; dez. 2005. 135f p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Vivenciando no dia-dia que o número de casos das infecções sexualmente transmitidas (IST) e da aids vem aumentando em todo mundo e na África, principalmente na população jovem, é imprescindível a tomada de medidas preventivas para seu controle. Assim, desenvolvemos este estudo do tipo descritivo transversal com o objetivo de identificar os conhecimentos e risco para IST e aids entre estudantes de nível médio. O referencial teórico foi o "o Modelo de Crenças em Saúde" que compõe as dimensões de susceptibilidade percebida, severidade percebida, benefícios percebidos e barreiras percebidas. A população estudada constituiu-se de 385 estudantes, pertencente a três escolas de ensino médio. A coleta dos dados ocorreu no período de maio a junho de 2004 e os dados analisados quali-quantitativamente. Para análise quantitativa, os dados foram codificados e registrados numa base de dados e tratados em estatística descritiva. Quanto aos dados qualitativos foram tratados com base no Método de BARDIN (1977), sendo analisados e interpretados utilizando o referencial teórico do Modelo de Crenças em saúde de Rosenstock (1974a). Quanto às características demográficas, 59,9% dos estudantes eram do sexo feminino, 49,1% do sexo masculino, a idade variou entre 13 e 45 anos, 83,9% referiram ser solteiros. Com relação às práticas sexuais, 77,4% dos alunos investigados eram sexualmente ativos, sendo que 51,6% mencionaram nunca terem usado ou usado algumas vezes o preservativo; 66,7% referiram nunca terem usado e ou usado algumas vezes o preservativo com o parceiro fixo; 55,3% perceberam o risco de adquirir as IST/ aids. Quanto as informações acerca das IST /aids 95,8% dos respondentes já ouviram falar da aids, 95,3% de sífilis, 92,9% de gonorréia, 58,1% de hepatite B, sendo que 90,1% dos informantes tiveram como fonte de informação a televisão, 85,4% o radio, 78,4% os amigos, 74,5% os livros, 65,9% o jornal. ...(AU)
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação
Nº de Classificação: 4392


  2 / 2 BDENF  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: 5510
Autor: Oguisso, Taka.
Título: Colaborando para o desenvolvimento da enfermagem na Africa / Colaboration to development nursing in africans countries
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;27(1):183-93, abr. 1993. tab.
Idioma: Pt.
Resumo: É apresentado o apoio prestado pelo International Council of Nurses (CN) por meio de um projeto com dois Seminários aos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) - Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Säo Tomé e Principe. O referido projeto foi desenvolvido com os seguintes objetivos: analisar a situaçäo da enfermagem nestes países; identificar seus pontos fracos e fortes; atualizar a situaçäo dos sistemas de saúde para fortalecer a partipaçäo dos enfermeiros; identificar prioridades da associaçäo profissional de enfermagem; incrementar o relacionamento com enfermeiros de outros países e com o ICN e, elaborar um plano de açäo para estabelecer ou fortalecer a Associaçäo Nacional de Enfermagem. Näo se espera com o projeto que de imediato se estabeleça a profissäo de enfermagem estruturada mas, esta iniciativa teve grandes impactos, haja vista, a filiaçäo ao ICN de duas das associaçöes criadas. Säo expostos ainda, dados sobre os países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) e sobre a enfermagem nestes países. (AU)
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde