Base de dados : LILACS
Pesquisa : 346234 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
experimentalDocumentos relacionados
Id: 346234
Autor: Bagatin, Ediléia; Enokihara, Mauro Y; Souza, Patricia K. de; Macedo, Fernando S.
Título: Xantelasma: experiência no tratamento de 40 pacientes / Xanthelasma: therapppeutic experience in 40 patients
Fonte: An. bras. dermatol;75(6):705-713, nov.-dez. 2000. ilus, tab.
Idioma: pt; en.
Resumo: O xantelasma caracteriza-se por placas amareladas nas pálpebras. Na maioria dos casos não há nenhuma causa sistêmica, mas pode estar associado a uma dislipoproteinemia, mais freqüentemente à hipercolesterolemia familiar com níveis elevados de colesterol e LDL. As razões para seu tratamento são estéticas, e diversas modalidades terapêuticas podem ser empregadas. O objetivo era relatar experiência na avaliação e no tratamento de pacientes com xantelasma, enfatizando os resultados satisfatórios da excisão cirúrgica cuidadosa das lesões, seguida de cicatrização por segunda intenção. No período de 42 meses foram tratados 40 pacientes portadores de Xantelasma, sendo 35 mulheres e cinco homens, com idades variando entre 26 e 72 anos, posteriormente seguidos por 18 meses, em média. Os pacientes, foram divididos em dois grupos: no primeiro, com 10 casos, compararam-se duas formas de tratamento de lesões - exérese cirúrgica e cauterização química; no segundo, com 30 casos, foram acompanhados os resultados da exérese cirúrgica seguida da cicatrização por segunda intenção. Todos os paciente foram avaliados quanto ao perfil lipídico. Dos 40 pacientes tratados, 25 (62,5 por cento) tiveram resultado estético ótimo; 12 (30 por cento), bom; e 3 (7,5 por cento), regular, independentemente da técnica utilizada. A complicação tardia mais comum foi a hipocromia leve, em 12 (30 por cento) casos. Recidivas ocorreram em dois casos (5 por cento), após três e seis meses. Em nove pacientes (22,5 por cento) foram detectados níveis elevados de colesterol e LDL. A retirada cirúrgica cuidadosa da xantelasma oferece resultados satisfatórios, com mínimas probabilidades de recidiva e, às vezes, com hipocromia transitória. Destaca-se a importância da avaliação do perfil lipídico
Descritores: Ácido Tricloroacético
Cianoacrilatos
Cicatrização
Terapêutica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Relatos de Casos
Responsável: BR461.1 - Biblioteca



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde