Base de datos : LILACS
Búsqueda : SP1.001.002.008 [Categoria DeCS]
Referencias encontradas : 612 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   en el formato [Largo]

página 1 de 62 va a la página                         

  1 / 612 LILACS  
              next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-909085
Autor: Guimarães, Mariana Ramos.
Título: Criança e adolescente em situação de violência: o desafio da atenção integral e da intersetorialidade / Child and adolescent in situations of violence: the challenge of integral care and intersectoriality.
Fuente: Niterói; s.n; 2018. 141 p.
Idioma: pt.
Tesis: Presentada en Universidade Federal Fluminense. Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa para obtención del grado de Mestre.
Resumen: Apesar dos avanços de políticas públicas de combate à violência contra crianças e adolescentes, é um grande desafio da instituição da rede intersetorial a implementação de ações de redução desses casos. Este estudo objetiva conhecer as ações e estratégias de atenção integral à criança e ao adolescente vítimas de violência no município de Niterói para delinear o perfil epidemiológico das ocorrências no período de 2010 a 2016; descrever a atenção destinada às vítimas, a partir da ótica de integrantes da rede de cuidados e proteção à criança e ao adolescente e discutir os seus limites e as suas potencialidades de atuação. A abordagem é quanti-qualitativa, na modalidade Estudo de Caso. No primeiro momento, realizou-se o perfil epidemiológico no município por meio de dados coletados em notificações de violência interpessoal/autoprovocada ocorridas no período delimitado, presentes no Sistema de Informação de Agravos de Notificação, e analisadas estatisticamente com o auxílio do TABWIN. No segundo, elaborou-se uma etnografia de reuniões do "Projeto de Vigilância às Violências de Niterói" da Regional de Saúde Norte I, baseando-se na observação participante e em entrevistas com representantes da rede de cuidados que frequentam regularmente esses encontros. O software Atlas ti 8.0 e a técnica de análise de conteúdo foram utilizados para análise dos resultados, que apontaram para a ocorrência de 2.693 notificações de violência, das quais 98% realizadas por unidades locais e 88,42% provenientes de hospitais e emergências. Dentre as 1.983 vítimas residentes em Niterói, 527 (26,58%) eram crianças e 765 (38,58%), adolescentes, sendo que 274 das crianças (51,99%) eram do sexo feminino e 395 dos adolescentes (51,63%) eram do sexo masculino. Em relação à violência contra as crianças, as mães são responsáveis por 50,16% (N= 309); e os pais, por 24,35% (N= 150). Quanto aos adolescentes, as agressões são predominantemente cometidas pelas mães (2749%, N= 221), mas também por desconhecidos (17,09%, N= 137). Na comparação entre negligência e violência física, as crianças são as maiores vítimas da primeira (54,38%, N=335); os adolescentes, da segunda (42,05%, N=439). E crianças, 48,96% (N=258) dos casos ocorreram na residência e em adolescentes, 40% (N=306), em via pública. A observação corroborou a ausência dos representantes da rede intersetorial; a violência urbana como limitador para a busca dos casos; o envolvimento de vítimas de violência com tráfico de drogas; a impossibilidade de a Unidade realizar visita domiciliar; e a ilegibilidade e incompletude de fichas de notificação. Os depoimentos geraram cinco categorias: ações desenvolvidas pelos serviços para criança e adolescente em situação de violência; desafio da articulação intersetorial; potencialidades para o desenvolvimento da atenção à violência contra a criança e o adolescente; limitações para o desenvolvimento da atenção à violência contra a criança e o adolescente; e sugestões para a atenção integral a crianças e adolescentes vítimas de violência. Chegou-se à conclusão de que o preenchimento das fichas de notificações compromete a qualidade das informações e o planejamento estratégico local. Há a necessidade de desenvolvimento de ações no plano micro para o enfrentamento da violência contra crianças e de planos micro e macro para adolescentes, englobando políticas públicas eficazes de combate ao envolvimento dessas vítimas com o tráfico de drogas, com a violência urbana e com a marginalização. Poucas potencialidades foram apontadas diante dos desafios para a atuação nos casos de violência, como ações de prevenção do agravo e de promoção da cultura da paz. Destaca-se a necessidade de investimentos em estruturação dos equipamentos da rede de atenção, capacitação profissional e notificação e estímulo do acompanhamento conjunto por todos os integrantes da rede de cuidado e proteção, além do fortalecimento do vínculo empregatício, da valorização dos profissionais e do desenvolvimento de ações de forma contínua a longo prazo

Despite the advances in public policies to combat violence against children and adolescents, it is a great challenge for the institution of the intersectoral network to implement actions to reduce these cases. This study aims to know the actions and strategies of comprehensive care for children and adolescents victims of violence in the city of Niterói to delineate the epidemiological profile of the occurrences in the period from 2010 to 2016; to describe the attention to the victims, from the point of view of members of the network of care and protection of children and adolescents and discuss their limits and their potentialities of action. The approach is quanti-qualitative, in the case study modality. At the first moment, the epidemiological profile was performed in the municipality through data collected in reports of interpersonal / self-harm violence occurring within the delimited period, present in the Information System of Notifiable Diseases, and analyzed statistically with the aid of TABWIN. In the second, an ethnography of meetings of the Niterói Violence Surveillance Project of the North Health Regional I was elaborated, based on participant observation and interviews with representatives of the care network that regularly attend these meetings. The Atlas ti 8.0 software and the content analysis technique were used to analyze the results, which indicated the occurrence of 2,693 reports of violence, of which 98% were performed by local units and 88.42% came from hospitals and emergencies. Among the 1,983 victims living in Niterói, 527 (26.58%) were children and 765 (38.58%) were adolescents. Of these, 274 of the children (51.99%) were female and 395 were adolescents (51, 63%) were male. In relation to violence against children, mothers are responsible for 50.16% (N = 309); and parents, by 24.35% (N = 150). As for adolescents, aggressions are predominantly committed by mothers (2749%, N = 221), but also by unknowns (17.09%, N = 137). In the comparison between neglect and physical violence, children are the main victims of the first (54.38%, N = 335); the adolescents, the second (42.05%, N = 439). And children, 48.96% (N = 258) of the cases occurred in the residence and in adolescents, 40% (N = 306), in public. The observation corroborated the absence of representatives of the intersectoral network; urban violence as limiting the search for cases; the involvement of victims of violence with drug trafficking; the inability of the Unit to carry out a home visit; and the illegibility and incompleteness of notification tokens. The testimonies generated five categories: actions developed by services for children and adolescents in situations of violence; challenge of intersectoral articulation; potential for the development of attention to violence against children and adolescents; limitations for the development of attention to violence against children and adolescents; and suggestions for the integral attention to children and adolescents victims of violence. It has been concluded that completing the notification sheets compromises the quality of the information and the local strategic planning. There is a need to develop micro-actions to address violence against children and micro and macro plans for adolescents, including effective public policies to combat the involvement of these victims with drug trafficking, urban violence and marginalization . Few potentialities were identified in the face of the challenges for action in cases of violence, such as actions to prevent aggravation and promote a culture of peace. It is worth mentioning the need for investments in structuring the network equipment for care, professional training and notification, and stimulating joint monitoring by all members of the care and protection network, as well as strengthening the employment relationship, valuing professionals and developing continuously in the long term
Responsable: BR1342.1 - Biblioteca da Escola de Enfermagem BENF
BR 1342.1, G963; D 362.7


  2 / 612 LILACS  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-907592
Autor: Kõptcke, Luciana Sepúlveda; Padrão, Maria Regina Araújo de Vasconcelos; Pereira, Felipe Medeiros.
Título: A importância da formação continuada para a gestão intersetorial no Programa Saúde na Escola / The importance of professional education to support intersectoral management in School Health programs
Fuente: Comun. ciênc. saúde;27(3):211-222, jul. 2016. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: compreender os resultados obtidos com o “Curso de Aperfeiçoamento para planejamento e atuação intersetorial em promoção da saúde na escola”, ofertado pela Fiocruz Brasília, entre 2014 e 2015, a 25 profissionais envolvidos com o Programa Saúde na Escola, no Distrito Federal. Metodologia: Descrição dos objetivos e etapas do curso; análise do processo de mobilização para a participação, das expectativas e das opiniões dos estudantes sobre cada módulo e sobre a proposta global. Resultados: Foram capacitados profissionais da educação e da saúde para planejar, atuar e refletir sobre situações práticas da gestão intersetorial e colaborativa. As etapas da formação incluem a elaboração coletiva do projeto do curso, reunindo gestores locais, regionais e federais do Programa Saúde na Escola, a mobilização no território e a metodologia participativa em nove módulos temáticos. Participaram pesquisadores e profissionais da saúde e da educação. Globalmente, o perfil do grupo foi feminino (92%), de nível superior completo (67%) e com atuação na saúde (70%). Os trabalhos finais apresentaram projetos coletivos de intervenção no território, com foco em ações voltadas para a busca de dados nas unidades de saúde e escolas, a ação educativa junto aos escolares, a formação permanente de profissionais da educação e da saúde nos espaços cotidianos de sua prática e o fortalecimento do Grupo de Trabalho Intersetorial, por meio de tecnologia de diálogo. Conclusão: É importante buscar experiências de formação articuladas à prática profissional dos participantes e reunir trabalhadores da saúde e da educação..

Objective: to understand the results obtained with the “Improvement Course for planning intersectoral action in health promotion at school” offered by Fiocruz Brasilia, between 2014 and 2015, to 25 professionals involved with the School Health Program in the Federal District. Methodology: Description of objectives and steps of the course; analysis of the mobilization process for participation, expectations and opinions of students on each module and the overall proposal. Results: Educators trained to plan, act and reflect on practical situations of inter sectoral and collaborative management. The stages of training included the collective elaboration of the project, bringing together local, regional and federal managers of the health program at the school, the mobilization in the territory and participatory methodology in nine the matic modules. Researchers and health and education professionals were the public of the course. Overall, the group's profile was female (92%) of college graduates (67%) and health professionals (70%). The final work presented collective projects of intervention in the territory, focusing on actions to search for data in health facilities and schools, the educational action at the school, ongoing training of education and health professionals in everyday spaces of their practice and the strengthening of the Inter Sectoral Working Group, through dialogue technology. Conclusion: It is important to seek training experiences articulated to the professional practice of the participants and bring together health and educational workers.
Responsable: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  3 / 612 LILACS  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906624
Autor: Oliveira, Fernanda Piana Santos Lima de.
Título: Avaliação do Programa Saúde na Escola com foco na integração entre Unidade Básica de Saúde e Escola de Ensino Fundamental: um estudo de caso em Belo Horizonte, Brasil / Evaluation of the School Health Program with a focus on the integration between Basic Unit Health and Elementery Schools: a case study in Belo Horizonte, Brazil.
Fuente: Belo Horizonte; s.n; 2017. 226 p.
Idioma: pt.
Tesis: Presentada en Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Odontologia para obtención del grado de Doutor.
Resumen: O Programa Saúde na Escola (PSE), política intersetorial da saúde e educação tem como meta a construção de escolas saudáveis. O objetivo deste estudo foi realizar uma avaliação do Programa Saúde na Escola (PSE). Foi realizado um estudo de caso em Belo Horizonte em duas Escolas de Ensino Fundamental (EEF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) de referência, e desenvolvido em cinco etapas: 1. Análise estratégica por meio de um estudo de avaliabilidade do PSE, baseado nas seis linhas de orientação sobre o processo em que se deve pautar esse tipo de estudo e utilizando os parâmetros de qualidade do Joint Committee on Standards for Educational Evaluation (JCEE). O PSE em Belo Horizonte foi considerado um programa avaliável; 2. Mapeamento da literatura sobre avaliações econômicas de programas de saúde escolar, realizado no PubMed/Medline para estudos publicados na última década, utilizando como estratégia de busca os termos "cost", "economic evaluation", "school health services", "school health", "school health promotion" e "school health program. Os resultados, após a análise de 35 artigos mostraram uma relação positiva entre os programas de saúde escolar, custos e benefícios para os escolares e as comunidades; 3. Avaliação normativa do programa considerando dados secundários, avaliando a frequência com que as atividades foram realizadas. A análise apresentou desempenho medio em avaliações de saúde (visual, 54,78%; saúde bucal, 53,20%; situação vacinal, 55%; avaliação antropométrica, 83,32%). Ações de prevenção de agravos mais realizadas pelas escolas foram combate a dengue e vacinação contra o Papiloma Vírus Humano, assim como, ações de promoção de saúde relacionadas à segurança alimentar e promoção de alimentação saudável. Não foram encontrados registros de capacitações realizadas aos profissionais da saúde e da educação. Algumas ações de prevenção de agravos que parecem ser de domínio dos executores foram feitas com maior frequência. As ações de promoção da saúde apresentaram os piores resultados apesar de sua importância. Os sistemas de monitoramento possuem falta de regularidade de alimentação e a falta de capacitação para o preenchimento; 4. Avaliação do contexto por meio da análise com foco na integração entre a saúde e a educação no PSE, um estudo de caso, com abordagem qualitativa, que se iniciou com uma matriz de indicadores, a partir do modelo teórico e lógico desenvolvido no estudo de avaliabilidade, que foi consensuada por experts utilizando a Técnica Delphi, possibilitando a contrução de um roteiro de entrevista semiestruturado. Como resultado, o PSE em Belo Horizonte apresentou uma característica multissetorial, onde a maioria das ações e serviços prestados foi planejada por um único setor e aplicados junto aos outros, com baixo ou nenhum vínculo entre as equipes, sendo as ações pontuais, pouco efetivas e sem sustentabilidade; 5. Avaliação da efetividade por meio da análise da percepção dos estudantes sobre o PSE, estudo qualitativo, com coleta de dados realizada com escolares de onze a quatorze anos de idade e como instrumento de coleta foi utilizado narrativa escrita. A partir da análise das narrativas escritas foram identificados três temas: Facilidade de atendimento e cuidado; Aprendizagem e cuidado; e Bondade, gratuidade ou direito? Os escolares perceberam as atividades assistenciais desenvolvidas pelo programa, mas o mesmo não ocorreu com as atividades preventivas e de promoção de saúde. O programa é percebido como ajuda e favor, sujeito a gratidão. Os escolares se mostraram passivos e receptivos sem, no entanto, o protagonismo necessário à produção da própria saúde. A corresponsabilização parece ser uma semente ainda germinando

The School Health Program (SHP), an intersectorial health and education policy, aims to build health schools. The aim of this study was to carried out in Belo Horizonte in two Elementery Schools (ES) and basic Unit Health (BUH), and was developed in five stages...
Responsable: BR365.1 - BIB - Biblioteca
BR365.1. T, 2017, O48a; D047


  4 / 612 LILACS  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891728
Autor: Pinho, Leandro Barbosa de; Wetzel, Christine; Schneider, Jacó Fernando; Olschowsky, Agnes; Camatta, Marcio Wagner; Kohlrausch, Eglê Rejane; Santos, Elitiele Ortiz dos; Eslabão, Adriane Domingues.
Título: Avaliação dos Recursos Intersetoriais na composição de redes para o cuidado ao usuário de crack / Evaluation of intersectoral resources in the composition of care networks for crack users
Fuente: Esc. Anna Nery Rev. Enferm;21(4):e20170149, 2017.
Idioma: pt.
Resumen: Objetivo: Avaliar os recursos intersetoriais na composição de redes para o cuidado ao usuário de crack. Método: Estudo avaliativo, qualitativo, baseado na Avaliação de Quarta Geração. Os participantes foram 10 usuários, 11 familiares, oito trabalhadores e sete gestores de um município da região metropolitana de Porto Alegre/Rio grande do Sul. Os dados foram coletados em 2014 por meio de observação e entrevistas semiestruturadas. A análise ocorreu pelo Método Comparativo Constante. Resultados: Os grupos de interesse problematizaram a forma como Ministério Público e a Brigada Militar estão inseridos na rede, pois desenvolvem ações que, muitas vezes, não condizem com a proposta da atenção psicossocial. Identificou-se a necessidade de ampliação e manutenção das articulações com os recursos comunitários. Conclusão: Constata-se a necessidade de integração dos setores e participação de todos os agentes sociais de diferentes esferas para fomentar, avaliar as práticas e políticas de atenção aos usuários de crack.
Responsable: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação


  5 / 612 LILACS  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-891687
Autor: Pinho, Leandro Barbosa de; Wetzel, Christine; Schneider, Jacó Fernando; Olschowsky, Agnes; Camatta, Marcio Wagner; Kohlrausch, Eglê Rejane; Santos, Elitiele Ortiz dos; Eslabão, Adriane Domingues.
Título: Evaluation of intersectoral resources in the composition of care networks for crack users / Evaluación de recursos intersectoriales en la composición de redes para el cuidado al consumidor de crack / Avaliação dos Recursos Intersetoriais na composição de redes para o cuidado ao usuário de crack
Fuente: Esc. Anna Nery Rev. Enferm;21(4):e20170149, 2017.
Idioma: en.
Resumen: Objective: To evaluate the intersectoral resources in the composition of care networks for crack users. Method: Evaluative, qualitative study based on the Fourth Generation Evaluation. The participants were 10 users, 11 family members, eight workers, and seven managers from a municipality in the metropolitan region of Porto Alegre/Rio Grande do Sul, Brazil. Data were collected in 2014 through observation and semi-structured interviews. The analysis occurred by the constant comparative method. Results: Stakeholders have discussed how the Public Prosecutor's Office and the Military Brigade are inserted in the network, since they carry out actions that often are not compatible with the psychosocial care proposal. The need for expansion and maintenance of liaisons with community resources was identified. Conclusion: It is noted the need for sector integration and participation of all social agents from different spheres in order to promote and evaluate the practices and policies of care for crack users.

Objetivo: Evaluar los recursos intersectoriales en la composición de redes para el cuidado al usuario de crack. Método: Estudio evaluativo, cualitativo, basado en Evaluación de Cuarta Generación. Los participantes fueron diez usuarios, 11 familiares, ocho trabajadores y siete gestores de un municipio de la región metropolitana de Porto Alegre/Rio Grande do Sul. Los datos fueron recolectados en 2014 por medio de observación y entrevistas semiestructuradas. El análisis se realizó por el Método Comparativo Constante. Resultados: Los grupos de interés problematizaron la inserción del Ministerio Público y de la Brigada Militar en la red, pues desarrollan acciones que frecuentemente no concuerdan con la propuesta de atención psicosocial. Se identificó necesidad de ampliar y mantener articulaciones con los recursos comunitarios. Conclusión: Necesidad de integración de sectores y la participación de todos los agentes sociales de diferentes esferas para fomentar y evaluar prácticas y políticas de atención a usuarios de crack.

Objetivo: Avaliar os recursos intersetoriais na composição de redes para o cuidado ao usuário de crack. Método: Estudo avaliativo, qualitativo, baseado na Avaliação de Quarta Geração. Os participantes foram 10 usuários, 11 familiares, oito trabalhadores e sete gestores de um município da região metropolitana de Porto Alegre/Rio grande do Sul. Os dados foram coletados em 2014 por meio de observação e entrevistas semiestruturadas. A análise ocorreu pelo Método Comparativo Constante. Resultados: Os grupos de interesse problematizaram a forma como Ministério Público e a Brigada Militar estão inseridos na rede, pois desenvolvem ações que, muitas vezes, não condizem com a proposta da atenção psicossocial. Identificou-se a necessidade de ampliação e manutenção das articulações com os recursos comunitários. Conclusão: Constata-se a necessidade de integração dos setores e participação de todos os agentes sociais de diferentes esferas para fomentar, avaliar as práticas e políticas de atenção aos usuários de crack.
Responsable: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação


  6 / 612 LILACS  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-885179
Autor: Ugalde, Hilda Sancho.
Título: Estudio sobre marco normativo, proceso regulatorios, de evaluación y acreditación de la calidad educativa en medicina y enfermería en Centroamérica, Belice y República Dominicana, mapa de actores a nivel país y regional / Study on regulatory framework, regulatory process, evaluation and accreditation of educational quality in medicine and nursing in Central America, Belize and the Dominican Republic, map of actors at country and regional level.
Fuente: s.l; Organización Mundial de la Salud. Organización Panamericana de la Salud; 2017. 133 p. ilus, tab, graf.
Idioma: es.
Responsable: BR1.1 - BIREME


  7 / 612 LILACS  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-885172
Autor: Organização Mundial de Saúde. Organização Pan-Americana de Saúde.
Título: Recursos humanos para a saúde universal / Marcos em recursos humanos em direção à saúde universal / Human resources for universal health / Milestones in human resources towards universal health.
Fuente: s.l; Organização Mundial de Saúde. Organização Pan-Americana de Saúde; s.d. 2 p. ilus.
Idioma: pt.
Responsable: BR1.1 - BIREME


  8 / 612 LILACS  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-885128
Autor: Secretaria Ejecutiva Consejo de Ministros de Salud Centroamérica Y República Dominicana. Organización Panamericana de la Salud. Organización Mundial de la Salud.
Título: Relatoría / Relatoría.
Fuente: s.l; Secretaria Ejecutiva Consejo de Ministros de Salud Centroamérica Y República Dominicana Organización Panamericana de la Salud;Organización Mundial de la Salud; 2017. 5 p. ilus.
Idioma: es.
Conferencia: Presentado en: X Encuentro de la comisión técnica de desarrollo de recursos humanos en salud de centroamérica y república dominicana: hacia el fortalecimiento de la calidad educativa y el trabajo intersectorial, s.l, 2017.
Responsable: BR1.1 - BIREME


  9 / 612 LILACS  
              first record previous record next record last record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-885127
Autor: Secretaria Ejecutiva Consejo de Ministros de Salud Centroamérica Y República Dominicana. Organización Panamericana de la Salud. Organización Mundial de la Salud.
Título: Reunión Regional CA-DOR / Regional Meeting CA-DOR.
Fuente: Panamá; Secretaria Ejecutiva Consejo de Ministros de Salud Centroamérica Y República Dominicana;Organización Panamericana de la Salud;Organización Mundial de la Salud; 2017. 18 p.
Idioma: es.
Conferencia: Presentado en: XI Encuentro de la Comisión Técnica de Desarrollo de Recursos Humanos en Salud,, Presentado en: "Hacia el fortalecimiento de la calidad educativa y el trabajo intersectorial"., Presentado en: Reunión Regional CA-DOR, Panama, 2017.
Responsable: BR1.1 - BIREME


  10 / 612 LILACS  
              first record previous record
selecciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-883729
Autor: Peres, Girlane Mayara; Schneider, Daniela Ribeiro; Grigolo, Tania Maris.
Título: Desafios da Intersetorialidade na Implementação de Programa de Prevenção ao Uso Abusivo de Drogas / Challenges of the Intersectoral Approach in the Implementation of a Program for the Prevention of Drug Abuse / Desafíos del Enfoque Intersectorial en la Implementación de un Programa de Prevención del Uso Abusivo de Drogas
Fuente: Psicol. ciênc. prof;37(4):869-882, out.- dez. 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumen: Este artigo possui como objetivo conhecer as percepções dos profissionais e gestores da saúde e educação sobre os desafios da articulação intersetorial para a implantação de um programa de prevenção ao uso de drogas. Faz parte da avaliação de processo de um projeto maior de avaliação de programas preventivos baseados em evidência em procedimento de adaptação para a realidade brasileira. Com base em uma abordagem qualitativa, teve delineamento exploratório e descritivo, envolvendo entrevistas semiestruturadas e grupos focais com 18 profissionais e gestores dos setores da educação e saúde do município de Florianópolis, envolvendo três escolas e três unidades básicas de saúde. Utilizou-se análise de conteúdo para o tratamento dos dados. Os resultados indicam que os profissionais perceberam que a necessidade de criar estratégias conjuntas de intervenção para a implementação do programa foi algo positivo, que contribuiu para a aproximação da saúde com o espaço escolar, indicando que a ação conjunta possibilitou ampliar o cuidado às famílias que procuravam a UBS e facilitou o acesso integral aos educandos. Os entrevistados identificaram, por outro lado, algumas dificuldades para a atuação conjunta, tais como o atravessamento de questões políticas, a personalização das relações intersetoriais, as dificuldades para se compreender o significado de intersetorialidade na prática cotidiana dos serviços e as excessivas demandas cotidianas de trabalho que impedem o envolvimento dos profissionais em novos projetos. O desafio da implementação conjunta de ações no programa preventivo mobilizou os setores e pode significar um estímulo à aproximação intersetorial para se debruçar sobre o complexo tema dos problemas relacionados ao uso de drogas....(AU)

This article aims to know the perceptions of professionals and managers of health and education on the challenges of intersectoral coordination for the implementation of a drug prevention program. It is part of the evaluation of processes of one larger project of evaluation of preventive programs based on evidences, in process of adaptation to the Brazilian reality. Based on a qualitative approach, this study has an exploratory and descriptive design, with semi-structured interviews and focus groups with 18 professionals and managers of the education and health sectors of the municipality of Florianopolis, including three schools and three basic health units (UBS). Content analysis was used for the treatment of the data. The results show that the professionals perceived that the need to establish joint strategies for the implementation of the program was something positive that contributed to approaching health within the school space, showing that the joint action made possible to extend the care to families seeking the UBS and provided comprehensive access to the students. On the other hand, respondents identified some difficulties in joint activities, such as political issues, customization of intersectoral relationships, difficulties to understand the meaning of the intersectoral approach in the daily practice of services, excessive demands of work that stop the involvement of professionals in new projects. The challenge of the joint implementation of actions in the preventive program mobilized the sectors and can mean a stimulus so that the intersectoral approach tackles the complex issue of the problems related to drug use....(AU)

Este artículo tiene como objetivo conocer las percepciones de profesionales y gestores de la salud y educación sobre los retos de la coordinación intersectorial para la implementación de un programa de prevención del uso de drogas. Forma parte de la evaluación de procesos de un proyecto mayor de evaluación de programas preventivos basados en evidencias, en proceso de adaptación a la realidad brasileña. Basado en un enfoque cualitativo, posee un diseño exploratorio y descriptivo, con entrevistas semiestructuradas y grupos focales con 18 profesionales y gestores de los sectores de educación y salud del municipio de Florianópolis, abarcando tres escuelas y tres unidades básicas de salud (UBS). Se utilizó análisis de contenido para el tratamiento de los datos. Los resultados indican que los profesionales percibieron que la necesidad de establecer estrategias conjuntas para la implementación del programa fue algo positivo, que contribuyó a aproximar la salud con el espacio escolar, lo que indica que la acción conjunta hizo posible extender la atención a las familias que buscaban la UBS y facilitó el acceso integral a los estudiantes. Los entrevistados identificaron, por otra parte, algunas dificultades para las actividades conjuntas, tales como cuestiones políticas, personalización de las relaciones intersectoriales, dificultades para comprender el significado del enfoque intersectorial en la práctica diaria de los servicios, las excesivas demandas de trabajo diarias que impiden el envolvimiento de los profesionales en nuevos proyectos. El reto de la implementación conjunta de acciones en el programa preventivo movilizó a los sectores y puede significar un estímulo para que el enfoque intersectorial aborde la compleja cuestión de los problemas relacionados al uso de drogas...(AU)
Responsable: BR1552.1 - Biblioteca Central



página 1 de 62 va a la página                         
   


Refinar la búsqueda
  Base de datos : Formulario avanzado   

    Buscar en el campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPS/OMS - Centro Latinoamericano y del Caribe de Información en Ciencias de la Salud