Database : LILACS
Search on : SP1.001.002 [DeCS Category]
References found : 1607 [refine]
Displaying: 1 .. 10   in format [Large]

page 1 of 161 go to page                         

  1 / 1607 LILACS  
              next record last record
select
to print
Photocopy
Full text
Id: biblio-946374
Author: Macedo, João Paulo; Dimenstein, Magda.
Title: A reforma psiquiátrica em contextos periféricos: o Piauí em análise / Psychiatric reform in peripheral contexts: Piauí in analysis
Source: Memorandum;22:138-164, abr. 2012.
Language: pt.
Abstract: Para contribuir com o debate sobre a reforma psiquiátrica em localidades periféricas, objetiva-se conhecer a realidade piauiense, evidenciando os principais desafios que constituíram seu processo reformista e particularidades perante a realidade nacional e regional. Trata-se de um estudo qualitativo com base no levantamento documental e pesquisa participante para acompanhar as movimentações sociopolíticas mais recentes do contexto investigado. Como resultado, identificou-se que o Piauí foi marcado por significativo atraso quanto à implantação da rede psicossocial. Porém, rapidamente, o Estado alcançou boa cobertura de serviços devido à participação do Ministério Público como principal ator do processo reformista local. Se antes, o desafio era reverter à rede manicomial de serviços para a psicossocial; hoje, mais do que nunca, é urgente fazê-la operar sob tal perspectiva para compor ações de continuidade do cuidado e afirmação da cidadania, especialmente em contextos periféricos ou "minúsculos", onde a cultura manicomial ainda se mantém forte ou absoluta.(AU)

To contribute with the debate about psychiatric reform in peripheral places, this work aims at knowing Piauí reality, highlighting the main challenges that built the reformist process and particularities before national and regional reality. It is a qualitative study based on documental research and oral memory (n=12), combined with participatory research to accompany the most recent sociopolitical movements in the investigated context. As a result, it was identified that Piauí was marked by significant delay on the implantation of the psychosocial net. Nevertheless, it rapidly reached good coverage due to participation of Public Ministration as main actor of local process. If before, the challenge was to reverse the asylum service net to the psychosocial; today, more than never, it is urgent to make it operate under this perspective to compose continuity actions on care and citizenship affirmation, especially in peripheral or "tiny"contexts, where asylum culture is still strong and absolute.(AU)
Responsable: BR654.1 - BIB - Biblioteca Universitária


  2 / 1607 LILACS  
              first record previous record next record last record
select
to print
Id: biblio-941284
Author: Werkema, Maria Cristina Catarino.
Title: As ferramentas da qualidade no gerenciamento de processos.
Source: Belo Horizonte; Editora DG; 1995. 128 p.
Language: pt.
Responsable: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1. 012611, 6. ed. / 1995, W493f; 658.562


  3 / 1607 LILACS  
              first record previous record next record last record
select
to print
Photocopy
Full text
Id: biblio-933946
Author: Gomes, Fátima Meirelles Pereira.
Title: As interfaces entre a clínica, o complexo econômico-industrial da saúde e a organização dos serviços no âmbito do sistema único de saúde: o caso da fase pré-clinica do câncer do colo do útero.
Source: Rio de Janeiro; s.n; 2009. 174 p. map, tab, graf.
Language: pt; pt.
Thesis: Submitted to Fiocruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca presented for the degree Mestre Modalidade Profissional em Saúde Pública.
Abstract: O presente estudo teve como objetivo contribuir na formulação da política de controle do câncer do colo do útero junto ao INCA no Brasil e teve como foco a análise das interfaces existentes entre a clínica, o complexo econômico-industrial da saúde (CEIS) e a organização dos serviços no SUS, utilizando como caso a fase pré-clínica do câncer do colo do útero, com ênfase ao tratamento e acompanhamento das lesões precursoras. As justificativas foram: a magnitude epidemiológica, econômica, social e política do câncer de colo do útero no Brasil; o papel estratégico do INCA na formulação da política nacional do câncer e a inserção das ações de controle do câncer do colo do útero no CEIS. O estudo consistiu em uma pesquisa exploratória de cunho descritivo, em que foram privilegiadas as técnicas de coleta e análise quantitativa de dados secundários. O material e método utilizados envolveram dados de sistemas de informações de domínio público divulgados na internet. Os resultados encontrados foram que os aspectos e recursos críticos envolvidos nessa fase pré-clínica estão relacionados às dificuLdades de acesso ao rastreamento. à fragmentação da atenção especializada de média complexidade interferindo sobre o ciclo de atendimento que envolve o tratamento e acompanhamento das lesões precursoras e, por fim. ao tipo de financiamento do SUS para a atenção especializada que não contempla um ciclo de atendimento. O número de municípios com registro de produção no SUS (colposcopia, biópsia do colo do útero CAF) mostrou uma evolução discreta entre os anos de 2000 e 2007, com predomínio do prestador público municipal em colposcopia e biópsia e uma migração para o prestador privado para CAF. Embora os procedimentos ocorram no mesmo município. isso não significa que eles ocorram na mesma unidade. Este fato gera uma fragmentação das ações relacionadas ao ciclo de atendimento. Através do mapeamento das indústrias, observou-se que grande parte delas é de origem brasileira e que seus equipamentos estão atrelados a um conjunto de acessórios para seu funcionamento. Isto caracteriza uma relação de interdependência setorial que traz péssimas conseqüências para o SUS. Por fim. no Brasil. o desenvolvimento tecnológico aplicado às indústrias da saúde tornou-se distante da prática clínica, apresentando um modelo baseado em serviços de acompanhamento à doença, em que se mobilizam recursos para tratar as suas conseqüências - o que muitas vezes não garante uma melhoria de saúde da população. Além do que, o tratamento e acompanhamento das lesões precursoras estão muito relacionados às dimensões que envolvem saúde e desenvolvimento

The present study aimed at the contribulion to lNCA on the formulation of the policy on control of uterine cervical neoplasms in Brazil. lt focused on the analysis of the existing interfaces among clinic, health industrial and economic complex (CEIS) and health services organization and administration at SUS by using the preclinical phase of uterine cervical neoplasms with emphasis on the treatment and precursor Iesions followup.The justifications were the epidemiological economical, social and polítical magnitude of uterine cervical neoplasms in Brazil; the strategic role of INCA in the formulation of cancer national policy and lhe insertion of control actions of uterine cervical neoplasms in CEIS. The study consisted of an exploratory research 'ith descriptive content which priviledged the collection techiniques and quantitative analysis of secondary data. The material and the method used in the research involved data of information systems of public dominion available on the internet. The results were that the aspects and critical resources involved in this preclinical phase are related to the access dificulty to tracking of the illness, to the fragmented specialized attention of medium complexity whih interfers on the care cycle that involves the treatment and precursor lesions follow-up and finally to the sort of SUS financial support to the specialized attention that does not embraces a care cycle. The number of municipalities with a production registration at SUS (coLposcopy, uterine cervical biopsy and CAF) showed a slight evolution between years 2000 and 2007 with predominance of municipal public supplier in colposcopy and biopsy. In relation to CAF lt was observed a migration to the private supplier. Although the procedures occur in tlhe same municipality it does not mean that they occur at the same unit. This fact causes a fragmentation of the actions related to the care cycle. By maping the industries, it was observed that their majority is Brazilian and the equipment they produce is conneeted to a group of accessores to allow their operation. ·111i5 characterizes an interdependent sectorial relation that brings terríble consequences for SUS. Finally, in Brazil, the Technological deveLopment appLied to health industries became distant of practical clinic, presenting a model based on the illness follow-up services in which resources are mobilized to trea its consequences this fact does not mean a better population health. Besides, the treatment and precursor lesions follow-up are deeply related to the dimensions involving health and development
Responsable: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1


  4 / 1607 LILACS  
              first record previous record next record last record
select
to print
Photocopy
Id: biblio-933167
Author: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Conselho Estadual de Saúde.
Title: 3ª Conferência Estadual de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Estado de São Paulo: relatório estadual.
Source: São Paulo; s.n; fev. 2006. 51 p.
Language: pt.
Conference: Present in: Conferência Estadual de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Estado de São Paulo, 3, São Paulo, 3-5 fev. 2006.
Responsable: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2, 2006, S239g; W3


  5 / 1607 LILACS  
              first record previous record next record last record
select
to print
Photocopy
Full text
Id: biblio-933102
Author: Dau, Denise Motta.
Title: O desafio do diálogo: SUS e relações de trabalho no serviço público - avanços e limites da Mesa Nacional de Negociação Permanente do Sistema Único de Saúde.
Source: São Paulo; s.n; 2005. 99 p. tab.
Language: pt.
Thesis: Submitted to São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências presented for the degree Mestre.
Abstract: O principal objetivo deste trabalho é aprofundar o conhecimento da Mesa Nacional de Negociação Permanente do Sistema Único de Saúde (MNNP/SUS), como instância de negociação entre gestores e representações sindicais sobre as questões relacionadas aos recursos humanos. A Mesa, instalada em 1993, é resultado da mobilização dos atores sociais na construção do SUS nas décadas de 80 e 90. A Mesa apresentou descontinuidade no seu funcionamento até 2002, sendo então retomada pelo novo Governo Federal, a partir de 2003, como elemento estratégico de um Sistema Nacional de Negociação Permanente no âmbito do SUS. A pesquisa buscou identificar os avanços e limites da MNNP-SUS no período entre 1993 e 2004. A metodologia aplicada fez uso de duas técnicas de coleta de dados. A primeira, a análise das atas de dois fóruns de negociação e discussão das políticas de recursos humanos na área de saúde: a MNNP-SUS e o Conselho Nacional de Saúde. A segunda, a aplicação de entrevistas com pessoas que direta e indiretamente estiveram envolvidas com o processo de negociação na MNNP-SUS. A partir da leitura das atas e entrevistas, concluiu-se que a MNNP-SUS é um avanço porque permite que as partes explicitem democraticamente sua pauta de interesses; pratiquem, por meio do diálogo e da negociação, a busca de consensos entre diversos dissensos existentes; sistematizem e troquem informações. Ela possibilita também a institucionalização da participação e negociação como práxis da gestão do Estado; e aponta elementos para a integração dos interesses corporativos com as preocupações e objetivos mais universais das políticas públicas. No entanto, é um avanço ainda limitado, devido ao próprio histórico e cultura da administração pública, e devido à multiplicidade e sobreposição das instâncias de controle social e gestão do SUS. Isto acaba por traduzir-se em aspectos negativos como a morosidade e falta de autonomia de decisão da Mesa. Entre as recomendações...
Responsable: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2, 2005, D235d; W4


  6 / 1607 LILACS  
              first record previous record next record last record
select
to print
Id: biblio-925095 LILACS-Express
Author: Brasil. Conselho Nacional de Secretários de Saúde.
Title: Para entender a gestão do SUS.
Source: Brasília; CONASS; 2003. 247 p. tab, graf.
Language: pt.
Responsable: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)
BR276.2, e.4, C755p; 614


  7 / 1607 LILACS  
              first record previous record next record last record
select
to print
Photocopy
SciELO Brazil full text
Poz, Mario Roberto Dal
Full text
Id: biblio-880547
Author: Oliveira, Ana Paula Cavalcante de; Poz, Mario Roberto Dal; Craveiro, Isabel; Gabriel, Mariana; Dussault, Gilles.
Title: Fatores que influenciaram o processo de formulação de políticas de recursos humanos em saúde no Brasil e em Portugal: estudo de caso múltiplo / Factores que influenciaron el proceso de formulación de políticas de recursos humanos en salud en Brasil y Portugal: estudio de caso múltiple / Factors that influence human resources for health policy formulation: a multiple case study in Brazil and Portugal
Source: Cad. Saúde Pública (Online);34(2), 2018. ilus, tab.
Language: en; pt.
Abstract: O estudo objetiva analisar o processo em que as políticas de recursos humanos em saúde (RHS), que visam melhorar a distribuição geográfica dos médicos, são (ou não) informadas por evidência científica no Brasil e em Portugal. Foi realizado um estudo de caso-múltiplo sobre o processo de decisão das políticas de RHS no Brasil e em Portugal. Para compor os estudos de caso, as políticas escolhidas foram o Programa Mais Médicos (PMM) e a estratégia de contratação de médicos estrangeiros por acordos bilaterais para o trabalho no Serviço Nacional de Saúde (SNS) português. Foram entrevistados 27 atores-chave no processo de formulação das políticas em análise nos seguintes tópicos: fatores que influenciaram a formulação, atores que eram esperados ganhar ou perder, evidências científicas e os dados disponíveis utilizados para a formulação, entre outros. Os fatores mais evidentes identificados nas entrevistas como sendo influenciadores do PMM foram: Instituições; Fatores Externos (eleições presidenciais); Interesses de grupos (por exemplo, associações de profissionais médicos), governos (brasileiro e cubano), organização internacional e sociedade civil; e Ideias (evidência científica). Os fatores mais listados em Portugal foram: Instituições e Interesses dos governos (português e envolvidos nos acordos bilaterais), sociedade civil e grupos (associações de profissionais médicos). Ao contrário do que se verificou no estudo de caso do Brasil, em que reconhecidamente a evidência teve um papel importante na formulação da política em análise, em Portugal a evidência científica não foi identificada como contributo para a formulação da intervenção em estudo.(AU)

El estudio tiene por objetivo analizar el proceso en el que las políticas de recursos humanos en salud (RHS), que tienen como fin la mejora de la distribución geográfica de los médicos, son (o no) informadas por evidencias científicas en Brasil y en Portugal. Se trata de un estudio de caso-múltiple sobre el proceso de decisión de las políticas de RHS en Brasil y en Portugal. Para configurar los estudios de caso, las políticas elegidas fueron el Programa Más Médicos (PMM) y la estrategia de contratación de médicos extranjeros mediante acuerdos bilaterales para el trabajo en el Servicio Nacional de Salud (SNS) portugués. Se entrevistaron a 27 actores-clave en el proceso de formulación de las políticas en el análisis en los siguientes asuntos: factores que influenciaron la formulación, actores que se esperaba ganar o perder, evidencias científicas y datos disponibles utilizados para la formulación, entre otros. Los factores más evidentes, identificados en las entrevistas como de influencia en el PMM, fueron: instituciones; factores externos (elecciones presidenciales); intereses de grupos (por ejemplo, asociaciones de profesionales médicos), gobiernos (brasileño y cubano), organización internacional y sociedad civil; e ideas (evidencia científica). Los factores más registrados en Portugal fueron: instituciones e intereses de los gobiernos (como el portugués y los involucrados en los acuerdos bilaterales), sociedad civil y grupos (asociaciones de profesionales médicos). Al contrario de lo que se verificó en el estudio de caso de Brasil, donde se reconoció que la evidencia tuvo un papel importante en la formulación de la política en análisis, en Portugal la evidencia científica no fue identificada como una contribución para la formulación de la intervención en estudio.(AU)

This study aims to analyze whether the process by which policies for human resources for health that aim to improve the geographic distribution of physicians have been informed by scientific evidence in Brazil and Portugal. This was a multiple case study on a decision-making process for human resources for health in Brazil and Portugal. The respective case studies were based on Brazil's More Doctors Program (Programa Mais Médicos - PMM) and Portugal's strategy of hiring foreign physicians through bilateral agreements, to work in the country's National Health Service (SNS). We interviewed 27 key actors in the policy-making process on the following topics: factors that influenced the policy decisions, actors that were expected to win or lose from the policy, and the scientific evidence and available data used in the policy-making, among others. The most evident factors appearing in the interviews as having influenced the PMM were: institutions; external factors (Presidential elections); group interests (e.g. physicians' professional associations), governments (Brazil and Cuba), international organizations, and civil society; and ideas (scientific evidence). The most frequently cited factors in Portugal were: institutions and interests of government (from Portugal and the countries involved in the bilateral agreements), civil society, and groups (physicians' professional associations). Contrary to the case study in Brazil, where the evidence was reported to having played an important role in the policy decisions, in Portugal, scientific evidence was not identified as contributing to the specific policy process.(AU)
Responsable: BR1.1 - BIREME


  8 / 1607 LILACS  
              first record previous record next record last record
select
to print
Full text
Id: biblio-870515
Author: São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde. Coordenação de Vigilância em Saúde. Gerência do Centro de Controle de Zoonoses.
Title: Manual de procedimentos do Centro de Controle de Zoonoses do Município de São Paulo - 2003 / Sao Paulo Zoonoses Control Center Procedure Manual - 2003.
Source: São Paulo; SMS; 20030000. 95 p.
Language: pt.
Responsable: BR58.1 - Biblioteca


  9 / 1607 LILACS  
              first record previous record next record last record
select
to print
Photocopy
Full text
Id: biblio-835197
Author: Mansano, Sonia Regina Vargas; Carvalho, Paulo Roberto de.
Title: Políticas de subjetivação no trabalho: da sociedade disciplinar ao controle / Politics of subjectification in labor: from disciplinay society to control
Source: Psicol. estud;20(4):651-661, oct.-dec.2015.
Language: en; pt.
Abstract: Asmudanças sociais e históricas que vimos acontecer de maneira marcante no final do século XX e início do XXI mostram que estamos diante de modos de subjetivação mutantes, os quais mantêm conexões diretas com a atividade produtiva. Nesse sentido, política esubjetividade são dois conceitos que caminham lado a lado quando são analisadas as relações de trabalho que colocam em cena a reinvenção dos modos de viver e trabalhar. No presente estudo teórico, será realizada uma aproximação entre os conceitos de política e de subjetivação, tendo como referência a emergência e expansão do denominado trabalho imaterial. Para tanto, o artigo foi dividido em dois momentos. Primeiro, será realizado um resgate histórico sobre a política de subjetivação que vigorava no momento histórico que Foucault caracterizou como disciplinar. Em seguida, serão descritas as transformações históricas que Deleuze assinalou sob a denominação de sociedade de controle. Diante desses dois cenários, que se mesclam na atualidade capitalista, serão percorridas as seguintes questões: Como o trabalhador se constitui histórica e politicamente como sujeito na sua prática laboral? Quais componentes subjetivos se atualizam no contexto produtivo do capitalismo avançado? Quais políticas de subjetivação são inventadas e colocadas em circulação pelos trabalhadores? Ao final do estudo, serão discutidos os desafios que atualmente estão colocados para o trabalhador que constantemente transita entre as duas políticas de subjetivação abordadas.

Remarkable social and historical changes we witnessed in the late nineteenth and early twenty-first centuries show that we are facing mutantmodes of subjectification, which are directly connected to productive activities. In this sense, politics and subjectivity are two concepts that go hand in hand when labor relations are analyzed, bringing into play the reinvention of ways of living and working. This theoretical study will bring together the concepts of politics and subjectification, having as reference the emergence and expansion of the so-called immaterial labor. First, we will go back in time and address the politics of subjectification in force in the historical moment which Foucault characterized as disciplinary. Then, the historical changes which Deleuze pointed out and named control of society will be described. In the face of these two scenarios, which merge in the capitalist contemporaneity, the following questions will be covered: How workers are historically and politically constituted as subjects in their labor practice? Which subjective components are updated in the productive context of advanced capitalism? Which politics of subjectification are invented and put into circulation by workers? At the end of the study, there will be a discussion about current challenges for workers who constantly move between the two politics of subjectification addressed

Cambios históricos y sociales que hemos visto de manera llamativa más a finales del siglo XX y XXI, muestran que estamos ante los modos de subjetivaciónmutantes, que mantienen conexiones directas con la actividad productiva. En este sentido, subjetividad y política son dos conceptos que van de la mano cuando se analizan las relaciones de trabajo que ponen en escena la reinvención de las formas de vivir ytrabajar. En este estudio teórico, se llevará a cabo un acercamiento entre los conceptos de política y de subjetivación, en referencia a la aparición y expansión del denominado trabajo inmaterial. Con este fin, se dividió el artículo en dos fases. En primer lugar, se llevará a cabo un rescate histórico en la política de subjetivación que existía en el momento histórico que Foucault caracteriza como disciplinar. Entonces será descrito los cambios históricos que Deleuze ha señalado bajo el nombre de sociedadde control. Frente a estos dos escenarios, que se combinan en la realidad capitalista, serán cubiertas las siguientes cuestiones: ¿Cómo el trabajador se compone histórica y políticamente como un sujeto en su trabajo? ¿Cuáles son los componentes subjetivosque se actualizan en el contexto productivo del capitalismo avanzado? ¿Cómo es la política de subjetivación inventada y puesta en circulación por los trabajadores? Al final del estudio, será discutido los desafíos que actualmente se asignan al trabajador que se mueve constantemente entre las dos políticas de subjetivación dirigida
Responsable: BR513.1 - BCE - Biblioteca Central


  10 / 1607 LILACS  
              first record previous record
select
to print
Photocopy
Full text
Id: biblio-834982
Author: Táboas-Pais, María Inés; Canales-Lacruz, Inma; Rey-Cao, Ana; Perich-Sancho, María Jesús.
Title: El deporte como mecanismo propagandístico de identidad nacional en España / O esporte como mecanismo propagandístico de identidade nacional na Espanha / Sport as a national identity propaganda mechanism in Spain
Source: Movimento (Porto Alegre);21(4):985-997, 2015. ilus, graf.
Language: pt.
Abstract: El objetivo de este trabajo fue identificar el uso del deporte como mecanismo propagandístico de identidad nacional en los programas de los partidos políticos que presentaron candidatura a las elecciones generales de 2011 en España. Para ello, se analizó el contenido de estos textos. Los resultados del análisis constataron que ocho programas electorales utilizan el deporte en su discurso programático como estrategia para reforzar la identidad cultural de un territorio y patrocinar la nación. Sobre todo, son los partidos nacionalistas los que más uso hacen de este discurso, circunscribiéndolo al independentismo.

This work looks into the use of sport as a mechanism of national identity propaganda in political parties' programs in Spain's 2011 general elections. The study is based on content analysis of those programs. Results indicate that the election programs used sport to reinforce territorial cultural identity and strengthen the idea of nation. Nationalist parties were the ones to use that discourse most often, placing it under within Independentism.

O objetivo deste trabalho foi o de identificar o uso do esporte como mecanismo propagandístico de identidade nacional nos programas dos partidos políticos que apresentaram candidaturas nas eleições gerais de 2011 na Espanha. Para isso, foram analisados os conteúdos desses programas. Os resultados da análise constataram que oito programas eleitorais utilizam o esporte em seu discurso programático como estratégia para reforçar a identidade cultural de um território e patrocinar a nação. Sobretudo, são os partidos nacionalistas os que mais fazem uso desse discurso, circunscrevendo-o ao independentismo.
Responsable: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA



page 1 of 161 go to page                         
   


Refine the search
  Database : Advanced form   

    Search in field  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/PAHO/WHO - Latin American and Caribbean Center on Health Sciences Information