Base de dados : LILACS
Pesquisa : Hanseníase
Referências encontradas : 2795 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 280 ir para página                         

  1 / 2795 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-984293
Autor: Araújo, Érica Juliana Benício; Araújo, Olívia Dias de; Araújo, Telma Maria Evangelista de; Almeida, Priscilla Dantas; Sena, Inara Viviane de Oliveira; Neri, Érica de Alencar Rodrigues.
Título: Pós-alta de hanseníase: prevalência de incapacidades físicas e sobreposição de doenças / Post-alta de lepra: prevalencia de discapacidades físicas y superposición de enfermedades / Post-discharge of subjects with leprosy: prevalence of physical disabilities and overlapping of other diseases
Fonte: Cogitare enferm;23(4):e58080, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO: Objetivo: caracterizar a prevalência de incapacidades físicas em indivíduos acometidos por hanseníase no pós-alta e sua relação com as doenças crônicas. Método: a população da pesquisa foi de 603 casos novos de hanseníase notificados entre 2001 e 2014 em municípios endêmicos no Piauí. Os dados foram coletados mediante aplicação de questionários e avaliação neurológica simplificada. Análises estatísticas foram realizadas por distribuição de frequência, testes Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher. Resultados: observou-se a prevalência de incapacidade física de 70,43%, e associação significativa com a forma clínica multibacilar, sexo masculino, idade avançada e baixa escolaridade (p<0,01). Conclusão: a sobreposição de doenças não se comportou como um fator de risco, mas constatou-se frequência importante de pessoas. Registra-se a necessidade de planejamento de ações de saúde mais adequadas à população, fortalecendo a longitudinalidade do cuidado frente às condições crônicas.

RESUMEN: Objetivo: Caracterizar la prevalencia de discapacidades físicas en individuos afectados por lepra luego del alta y su relación con las enfermedades crónicas. Método: La población del estudio fue de 603 casos nuevos de lepra notificados entre 2001 y 2014 en municipios endémicos de Piauí. Datos recolectados mediante aplicación de cuestionarios y evaluación neurológica simplificada. Se realizaron análisis estadísticos de distribución de frecuencia, tests de Chi-cuadrado de Pearson y Exacto de Fisher. Resultados: Se observó prevalencia de discapacidad física del 70,43%, y asociación significativa con la forma clínica multibacilar, sexo masculino, edad avanzada y baja escolarización (p<0,01). Conclusión: La superposición de enfermedades no constituyó un factor de riesgo, aunque se la constató en importante cantidad de personas. Se registra la necesidad de planificación de acciones de salud más adecuadas a la población, fortaleciendo la atención longitudinal frente a las condiciones crónicas.

ABSTRACT: Objective: To characterize the prevalence of physical disabilities in individuals affected by post-discharge leprosy and its relationship with chronic diseases. Method: The study population consisted of 603 new cases of leprosy reported between 2001 and 2014 in endemic municipalities in the state of Piauí. Data was collected through questionnaires and simplified neurological evaluation. Statistical analyzes were performed by frequency distribution, Pearson's Chi-square test and Fisher's Exact test. Results.The prevalence of physical disability was 70.43%, and there was a significant association with the multibacillary clinical form, male gender, old age and low educational level (p <0.01). Conclusion: Overlapping of diseases was not a risk factor for the development of physical disabilities, but there was a higher frequency of diabetic and hypertensive subjects in the group with physical disabilities. It is necessary to plan health actions that are more suitable to the population, strengthening the longitudinality of care to chronic conditions.
Descritores: Saúde Pública
Doença Crônica
Epidemiologia
Pessoas com Deficiência
Hanseníase
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  2 / 2795 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-988322
Autor: Matias, Suely Angelo.
Título: Análise epidemiológica e socioeconômica da incidência de hanseníase na população de Maceió - 2007 a 2012 / Epidemiological and socioeconomic analysis of the incidence of leprosy in the population of Maceió - 2007 to 2012.
Fonte: Recife; s.n; 2014. graf, mapas, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Pernambuco. Centro de Ciências Sociais Aplicadas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A hanseníase é uma doença infectocontagiosa, de evolução lenta, para a qual, além das condições individuais, outros fatores relacionados aos níveis de endemias e às condições socioeconômicas desfavoráveis influenciam no risco de adoecer. A hanseníase ainda constitui relevante problema de saúde pública no Brasil. O objetivo deste estudo foi realizar uma análise da incidência da doença entre a população de Maceió, para o período entre 2007 e 2012, baseado no cálculo de indicadores do Ministério da Saúde. Trata-se de um estudo retrospectivo, descritivo. A população alvo constitui-se de (879) casos notificados como portadores de hanseníase de ambos os sexos atendidos no serviço público de saúde de Maceió. Os dados foram obtidos através do banco do sistema de notificação e agravo da Secretaria Municipal de Maceió. Os resultados mostraram que do total de casos (879) Maceió tem um coeficiente de detecção geral anual de casos novos de hanseníase considerado alto de 14,18/100.000 habitantes. Destes 4% correspondem ao número de menores de 15 ano; 58% têm faixa etária entre 20-49 anos; 59 % são da raça parda; 99% residem em zona urbana; 49% mora nos bairros de maior densidade populacional; A maioria são classificados como multibacilares com forma clínica dimorfa 26% dos casos, seguida das não classificadas com 24%. O maior tipo de entrada foi como casos novos com 91% dos casos; 81% do total de casos obtiveram cura, 13% abandono; 8% apresentaram incapacidade grau 2; 33% exercem atividade econômica; 38% têm apenas ensino fundamental incompleto; a maioria encontra-se na faixa de renda 1 e a taxa de prevalência encontra-se em média 1,56 casos por 10.000 habitantes. A associação do baixo perfil socioeconômico e epidemiológico imprime maior vulnerabilidade a essa população impactando diretamente na sua qualidade de vida.(AU)

The leprosy is an infectious disease, with a slow evolution, in which, besides the individual conditions, other related factors to the level of endemics and the unfavorable socioeconomic conditions influence the risk of getting sick. The leprosy also represents a relevant problem of public health in Brazil. This research aims to provide an analysis of the incidence of such a disease among the population in Maceió, in the period between 2007 and 2012, based on indicators' calculus from the Health Department. It is a retrospective and descriptive study. The target population is composed by (879) cases notified as leprosy bearers of both genders assisted by the public health service in Maceió. The data was obtained through the data system of notifications and grievance from the Municipal Secretary of Maceió. The results showed that from the whole cases (879) Maceió has a general annual detection coefficient of new cases considered high of 14,18/100.00 inhabitants. In which 4% correspond to the number of under 15 years old; 58% in the 20-49 age-group; 59% belong to the brown skin-color; 99% live in a urban area; 49% live in high population density neighborhoods: most of them are classified as multibacillary with clinical form dimorph in 26% of the cases, followed by nonclassified with 24%. The highest kind of entrance was as new cases with 91% of cases; 81% of the whole cases were healed, 13% dropout; 8% presented incapacity level 2; 33% pursue economic activity; 38% has incomplete grade school; most of them has income bracket 1 and prevalence rate on average 1,56 cases per 10.000 inhabitants. The association of the low socioeconomic and epidemiological profile cause a higher vulnerability to that population affecting straightly on their life quality.(AU)
Descritores: Qualidade de Vida
Fatores Socioeconômicos
Hanseníase/epidemiologia
-Brasil
Epidemiologia Descritiva
Estudos Retrospectivos
Estudos de Coortes
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 2795 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-987983
Autor: Silva, Deysianne Ferreira da; Santos, Geovana Cristiane Viana; Brasil, Maria Hellena Ferreira; Patrício, Anna Cláudia Freire de Araújo.
Título: Causas e estratégias de soluções para hanseníase em crianças: Diagrama de Ishikawa / Causes and solution strategies for hanseniasis in children: Ishikawa Diagram / Causas y estrategias de soluciones para hanseniasis en niños: Diagrama de Ishikawa
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);11(3):739-747, abr.-maio 2019. tab, il.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: The study's target has been to analyze the causes and solutions strategies for leprosy in children using the Ishikawa Diagram. Methods: It is a literature review based on the Ishikawa Diagram production, which was carried out over April 2017 in the databases of PubMed, Virtual Health Library (VHL), EBSCO and SciELO. Results: It was identified that the prevalence of leprosy in children is due to social, environmental and cultural factors, where: socioeconomic conditions, population cluster and lack of professional qualification correspond to 70% of the mentioned causes. Conclusion: It was evidenced the need for intensifying epidemiological surveillance, promoting larger investments in preventive actions, such as health education, including the adoption of professional training towards the professionals directly responsible the disease diagnosis

Objetivo: Analisar por meio do Diagrama de Ishikawa as causas e as estratégias de soluções para hanseníase em crianças. Método: Revisão da literatura baseada na construção do Diagrama de Ishikawa, realizado em abril de 2017, nos bancos de dados do Pubmed, Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), Scielo e Ebsco. Resultados: Identificou-se que a prevalência da hanseníase em crianças se dá por fatores sociais, ambientais e culturais, onde: condições socioeconômicas, aglomerado populacional e ausência de capacitação profissional correspondem a 70% das causas apontadas. Conclusão: Evidenciou-se a necessidade de intensificar a vigilância epidemiológica, realizar maiores investimentos nas ações preventivas, como a educação em saúde, incluindo também a adoção de capacitações dos profissionais responsáveis pelo diagnóstico

Objetivo: Analizar por medio del diagrama de Ishikawa las causas y estrategias de las soluciones para la lepra en los niños. Método: Revisión de la literatura basada en la construcción del Diagrama de Ishikawa, realizado en abril de 2017 en los bancos de datos del Pubmed, Biblioteca Virtual de Salud (BVS), Scielo y Ebsco. Resultados: Se identificó que la prevalencia de la hanseniasis en niños se da por factores sociales, ambientales y culturales, donde: condiciones socioeconómicas, aglomerado poblacional y ausencia de capacitación profesional corresponden al 70% de las causas señaladas. Conclusión: Se evidenció la necesidad de intensificar la vigilancia epidemiológica, realizar mayores inversiones en las acciones preventivas, como la educación en salud, incluyendo también la adopción de capacitaciones de los profesionales responsables del diagnóstico
Descritores: Equipe de Assistência ao Paciente/utilização
Hanseníase/diagnóstico
Hanseníase/prevenção & controle
Hanseníase/terapia
-Saúde Pública/educação
Saúde Pública/recursos humanos
Fortalecimento Institucional
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  4 / 2795 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-909299 LILACS-Express
Autor: Santos, Sílvia Maria Farias dos; Sousa, Maria Teresa de; Santos, Luana Almeida dos; Jacob, Lia Maristela da Silva; Figueira, Maura Cristiane e Silva; Melo, Márcio Cristiano de.
Título: Perfil Epidemiológico e Percepção sobre a Hanseníase em Menores de 15 anos no Município de Santarém-PA / Epidemiological Profile and Perception about Leprosy in Children Under 15 Years Old in the City of Santarém-PA
Fonte: J. health sci. (Londrina);20(1), 30/05/2018.
Idioma: pt.
Resumo: A hanseníase é uma doença de evolução lenta e infectocontagiosa, causada pelo Mycobacterium Leprae que apresenta afinidade pela pele e nervos periféricos, causando lesões cutâneas assintomáticas e anestésicas, podendo formar máculas hipopigmentadas, placas e nódulos eritematosos. É considerada uma patologia da idade adulta, devido o longo período de incubação, a sua presença em crianças menores de 15 anos é um indicador da prevalência da doença na população geral. O estudo tem como objetivo descrever o perfil epidemiológico, a percepção dos menores e seus responsáveis sobre a doença. Trata-se de uma pesquisa descritiva, de natureza quantitativa e qualitativa realizada no município de Santarém. Foram notificados 18 casos da doença na faixa etária supracitada, no período de janeiro de 2011 a dezembro de 2015 no município, dos quais 10 pacientes compõem a amostra desse estudo. Identificou-se características semelhantes como: a baixa condição econômica, ser contato de um caso de hanseníase, residir com cinco ou mais pessoas, possuir o nível de escolaridade baixo e não ter conhecimento sobre a doença.(AU).

Leprosy is a slow developing disease and infectious caused by Mycobacterium leprae that has affinity for skin and peripheral nerves, causing asymptomatic and anesthetic skin lesions which may form hypopigmented macules, plaques and erythematous nodules. It is considered an adulthood pathology due to the long incubation period, its presence in children under 15 years is an indicator of the prevalence of the disease in the general population. The study aims to describe the epidemiological profile, the perception of minors and their guardians about the disease. It is a descriptive, quantitative and qualitative research carried out in the city of Santarém. 18 cases of the disease were reported in the age group aforementioned from January 2011 to December 2015 in the municipality, of which 10 patients comprised the sample of this study. Similar characteristics were identified: low economic status, contact with a leprosy case, residing with five or more people, low educational level and no knowledge of the disease.(AU).
Responsável: BR1896.9 - UNOPAR - Universidade Norte do Paraná


  5 / 2795 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-877799 LILACS-Express
Autor: Freitas, Daniela Vasques; Xavier, Sirlândia Soares; Lima, Márcio Amorim Tolentino.
Título: Perfil Epidemiológico da Hanseníase no Município de Ilhéus-BA, no Período de 2010 a 2014 / Epidemic Profile of Leprosy in the County of Ilhéus-BA, from 2010 to 2014
Fonte: J. health sci. (Londrina);19(4), 30/10/2017.
Idioma: pt.
Resumo: A hanseníase é considerada uma doença infectocontagiosa de alta patogenicidade e baixa infectividade, causada pelo bacilo Mycobacterium leprae - M.L. É uma doença cercada de forte estigma social e demonstra predileção por pele e nervos periféricos. A prevalência desta doença é julgada, significativamente, alta em muitos municípios da região do Nordeste. Este estudo foi realizado para avaliar o perfil epidemiológico da hanseníase no município de Ilhéus-Bahia no período de 2010 a 2014, sendo relevante esta pesquisa. Trata-se de uma pesquisa epidemiológica de forma descritiva quantitativa, fundamentada na coleta de dados secundários, usando como fonte o Sistema de Notificação e Agravos ­ SINAN e a Vigilância Epidemiológica do município, no intuito de caracterizar as formas clínicas da doença e sua prevalência nos pacientes, quanto à faixa etária, raça, ano e escolaridade. Buscou-se conhecer a incidência da hanseníase, analisando os dados obtidos através dos órgãos responsáveis pela notificação e controle da doença. Vale ressaltar que a hanseníase tem cura e que quanto mais precoce for o diagnóstico, mais simples será o tratamento que é disponibilizado nas redes de atenção à saúde pública do SUS e as chances de sequelas reduzidas. Foi possível observar que indivíduos jovens adultos, em idade economicamente ativa, formaram o grupo mais suscetível à contaminação pela hanseníase e que as formas predominantes foram a dimorfa e a tuberculoide. Indivíduos de menor escolaridade também foram os mais atingidos, o que indica que educação e o acesso à informação podem ser as melhores formas de prevenção. (AU)

This study was conducted to evaluate the epidemiological profile of leprosy in the city of Ilheus, Bahia in the period from 2010 to 2014. Leprosy is considered an infectious disease highly pathogenic and of low infectivity, caused by the bacillus Mycobacterium leprae (ML). It is anillness surrounded of a strong social stigma and demonstrates predilection for skin and peripheral nerves. Its prevalence is taken as significantly high in many municipalities in Bahia, being this study relevant.It is an epidemiological survey, whose methodology was a quantitative descriptive analysis, based on secondary data collection, using as source the Notification System and Diseases - SINAN and Epidemiological Surveillance of the municipality in order to characterize the clinical forms of the disease and its prevalence in patients as to age, race, educational leves and years. It was sought to know the incidence of leprosy, analyzing the data obtained from the bodies responsible for the report and the disease control. It is worthy highlighting that leprosy is curable and that the earlier the diagnosis is made, the simpler the treatment that is available on the networks of NHS public health and the chances of reduced sequelae. It was observed that young adults individuals of working age formed the most usceptible group to contamination by leprosy and that the predominant forms were borderline and tuberculoid. Less educated individuals were also most affected suggesting that education and access to information can be the best forms of prevention. (AU)
Responsável: BR1896.9 - UNOPAR - Universidade Norte do Paraná


  6 / 2795 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-987344
Autor: Perú. Ministerio de Salud; .Dirección General de Intervenciones Estratégicas en Salud Pública.
Título: Norma técnica de salud para la prevención, atención integral y control de la Lepra en el Perú / Technical health standard for the prevention, integral attention and control of Leprosy in Peru.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20190300. 90 p. tab.
Idioma: es.
Resumo: Establecer disposiciones técnicas para la atención integral de las personas afectadas por la lepra, que permitan planificar y programar intervenciones sanitarias a fin de reducir la carga de enfermedad por lepra en las regiones endémicas del país
Descritores: Prevenção Primária
Assistência Integral à Saúde
Hanseníase
-Controle de Doenças Transmissíveis
Normas Técnicas
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  7 / 2795 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-960789 LILACS-Express
Autor: Pinheiro, Mônica Gisele Costa; Miranda, Francisco Arnoldo Nunes de; Simpson, Clélia Albino; Carvalho, Francisca Patrícia Barreto de; Ataide, Cáthia Alessandra Varela; Lira, Ana Luisa Brandão de Carvalho.
Título: Compreendendo a "alta em hanseníase": uma análise de conceito / Understanding "patient discharge in leprosy": a concept analysis
Fonte: Rev. gaúch. enferm;38(4):e63290, 2017. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo OBJETIVO Analisar o conceito de alta em hanseníase. MÉTODOS Estudo teórico pautado no referencial metodológico de análise de conceito. Realizou-se levantamento bibliográfico, de dezembro de 2015 a janeiro de 2016, nas bases SCOPUS, CINAHL, PUBMED, LILACS, SCIELO e BDENF, mediante uso dos descritores "Hanseníase" e "Alta do Paciente", obtendo-se 13 estudos. RESULTADOS Identificou-se alta por cura, alta medicamentosa, alta bacteriológica e pós-alta como possíveis usos do conceito. Os atributos definidos foram conclusão da poliquimioterapia, conclusão da poliquimioterapia para paucibacilares, conclusão da poliquimioterapia para multibacilares e cura da hanseníase. Como antecedentes, identificou-se infecção pelo M. leprae, acometimento de pele e de nervos periféricos, diagnóstico e tratamento e reações hansênicas. Saída do registro ativo de casos de hanseníase e continuidade de atenção em saúde foram os consequentes. Apresentou-se um caso modelo e um caso contrário. CONCLUSÕES A análise ampliou o conceito "alta em hanseníase", para além da clínica focada na poliquimioterapia.

Resumen OBJETIVO Analizar el concepto de alta lepra. MÉTODOS Análisis de concepto, propuesto por Walker y Avant. Literatura detenido en los meses de diciembre de 2015 y enero de 2016, las bases SCOPUS, CINAHL, PUBMED, LILACS, SCIELO y BDENF mediante el uso de descriptores "alta" del paciente asociados con el operador boleano AND, dando lugar a 13 estudios "lepra". RESULTADOS Se identificaron alta curación, drogas alta, alta bacteriológico y después del alta como posibles usos del concepto. Los atributos definidos eran finalización de la poliquimioterapia, la finalización de la poliquimioterapia para paucibacilar, la finalización de la poliquimioterapia para la curación de la lepra multibacilar y. Como antecedente, se identifico la infección por M. leprae, lapiel y La participación de los nervios periféricos, diagnóstico y tratamiento de las reacciones y la lepra. Activa La producción récord de casos de lepra, La continuidad del cuidado de la salud son consecuentes. CONCLUSIONES El término "alta lepra" se agranda, además de la terapia de múltiples fármacos.

Abstract OBJECTIVE To analyze the concept of patient discharge in leprosy. METHODS Theoretical study guided in the methodological framework of concept analysis. A bibliographical survey was held from December 2015 to January 2016 using the following bases: SCOPUS, CINAHL, PubMed, LILACS, SCIELO and BDENF, by use of the descriptors "Leprosy" and "Patient Discharge", resulting in 13 studies. RESULTS The following were identified as possible uses for the concept: discharge by cure, drug use discharge, bacteriological discharge and post-discharge. The attributes defined were completion of multidrug therapy, completion of multidrug therapy for paucibacillary leprosy, completion of multidrug therapy for multibacillary leprosy and cure from leprosy. The presence of an M. leprae infection, symptoms present in skin and peripheral nerves, diagnosis and treatment and leprosy reactions were identified as antecedents. Consequents were exclusion from the active leprosy record and continuity of health care. One case model and one opposing case were presented. CONCLUSIONS The analysis broadened the concept "discharge in leprosy", providing other meanings than the clinical definition of multidrug therapy.
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  8 / 2795 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-984796 LILACS-Express
Autor: SILVA, LIDIANE MARA DE ÁVILA E; BARSAGLINI, RENI APARECIDA.
Título: "A reação é o mais difícil, é pior que hanseníase": contradições e ambiguidades na experiência de mulheres com reações hansênicas / "The reaction is the most difficult, it is worse than leprosy": contradictions and ambiguities in the experience of women with leprosy reactions
Fonte: Physis (Rio J.);28(4):e280422, 2018.
Idioma: pt.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: Resumo Estudo de abordagem socioantropológica, analisa a experiência de mulheres com reações hansênicas, quadro agudo de evolução crônica que acomete cerca da metade das pessoas que têm hanseníase. Foram entrevistadas sete mulheres com reações, acompanhadas por um serviço de referência em Cuiabá-MT, região com maior número de casos no Brasil. A análise foi realizada na modalidade temática e os resultados abrangem o contexto em que vivem, o aparecimento e interpretação das reações, as repercussões e dilemas de um "tratamento que adoece". As reações imbricam-se na trajetória da hanseníase e são marcadores do adoecimento por intensificarem a dor ou por causarem marcas e eritemas pelo corpo. Ao explicarem sua origem, as reações são inseridas em contextos abrangentes e situações de estresse ou tristeza. O tratamento torna-se um problema na medida em que afeta como elas se veem, processo que é acrescido e incorporado à situação estigmatizante causada pela hanseníase. Ter reações pode ser considerado "pior" do que ter hanseníase, pois nem sempre é possível prevê-las ou controlá-las; por isso, assume-se que a noção de cura requer outros sentidos, baseados na reconstrução cotidiana. Reitera-se a importância de abordar o problema em perspectiva que favoreça uma atenção integral aos adoecidos.

Abstract Study of socio-anthropological approach on the experience of women with leprosy reactions, an acute chronic evolution that affects half of those who have leprosy. Seven women with reactions were interviewed, accompanied by a reference service in Cuiabá-MT, the region with the highest number of cases in Brazil. The analysis was carried out in the thematic modality and the results cover the context in which they live, the appearance and interpretation of the reactions, the repercussions and dilemmas of a "treatment that gets sick". Reactions are embedded in the trajectory of leprosy and are markers of illness by intensifying pain or causing bruising and erythema throughout the body. In explaining their origin, reactions are inserted into broad contexts and situations of stress or sadness. Treatment becomes a problem as it affects how they look, a process that is added and incorporated into the stigmatizing situation caused by leprosy. Having reactions can be considered "worse" than having leprosy, since it is not always possible to predict or control them and therefore, it is assumed that the notion of cure requires other senses, based on daily reconstruction. It reiterates the importance of approaching the problem in a perspective that favors a comprehensive care for the patients.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 2795 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-752991
Autor: Lescaille Torres Torre, Juan Gualberto.
Título: Manifestaciones nasales de la lepra / Nasal manifestations of leprosy
Fonte: Rev. cuba. med. gen. integr;31(1):52-60, ene.-mar. 2015. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: la lepra es una enfermedad crónica infecciosa, causada por Mycobacterium leprae, que se manifiesta mediante el desarrollo de lesiones granulomatosas específicas y neurotróficas en piel, membranas mucosas, nervios, ojos y vísceras. Objetivo: destacar, casuísticamente, lo más relevante de la Lepra nasal que sea de utilidad para el diagnóstico precoz de esta enfermedad por los médicos de la Atención Primaria de Salud. Métodos : estudio descriptivo de corte transversal y retrospectivo realizado por el Servicio de Otorrinolaringología del Policlínico Docente "Carlos Manuel Portuondo", durante el periodo Enero de 2010 a Enero 2012. El Universo estuvo comprendido por 106 pacientes del área de Marianao diagnosticados de lepra por el Servicio de Dermatología del Hospital "Carlos Juan Finlay", la muestra quedó constituida por 90 casos que presentaron patología nasosinusal. Resultados: 90 casos presentaron patología nasosinusal. Fue muy frecuente el hallazgo de lesiones nasales en pacientes hansenianos. Conclusiones: el síntoma más comúnmente referido como antecedente fue la obstrucción nasal, seguida por el de epistaxis o sangramiento nasal. La única forma clínica en la que hemos encontrado la destrucción total del septum nasal fue la lepromatosa.

Introduction: leprosy is a chronic infectious disease caused by Mycobacterium leprae, which is manifested by the development of specific and neurotrophic granulomatous lesions in skin, mucous membranes, nerves, eyes and viscera. Objective: highlight casuistically is the most relevant knowledge of nasal leprosy for helping early diagnosis of this disease by doctors at Primary Health Care. Methods: adescriptive cross-sectional and retrospective study was conducted by the Department of Otorhinolaryngology at Carlos Manuel Portuondo Polyclinic, from January 2010 to January 2012. The universe was comprised of 106 patients from Marianao area diagnosed with leprosy by the dermatology service at Carlos Finlay Hospital. The sample was composed of 90 cases with sinonasal pathology. Results: 90 cases showed sinus pathology. Nasal lesions were very common finding in leprosy patients. Conclusions: The most commonly referred symptom as antecedent was nasal obstruction, followed by epistaxis or nasal bleeding. Lepromatous was only clinical way in which we found total destruction of the nasal septum
Descritores: Hanseníase Virchowiana/epidemiologia
Eritema Nodoso/diagnóstico
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais/métodos
Estudos Retrospectivos
Estudos de Coortes
Limites: Seres Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  10 / 2795 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-955056
Autor: Tablada Robinet, María Elena; Marrero Rodríguez, Haidee; López Pupo, Natacha.
Título: Coinfección por lepra y tuberculosis ganglionar en un adulto / Leprosy and ganglionar tuberculosis coinfection in an adult
Fonte: Medisan;22(7), jul.-ago. 2018. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Se describe el caso clínico de un paciente de 34 años de edad, quien acudió a consulta de Dermatología por presentar máculas eritematosas pruriginosas generalizadas. A los 3 meses con tratamiento específico comenzó a presentar febrículas vespertinas y adenopatías cervicales dolorosas, por lo que se indicó una baciloscopia en ambos codos y pabellones auriculares, pero no se halló el Mycobacterium leprae; además se realizó biopsia por aspiración con aguja fina de un ganglio cervical, cuyo resultado reveló una tuberculosis ganglionar. Finalmente se diagnosticó una coinfección por lepra y tuberculosis ganglionar, dos enfermedades producidas por el Mycobacterium, cuya coexistencia es rara.

The case report of a 34 year-old patient is described who came to the Dermatology Service due to disseminated pruritic erythematous stains. After 3 months with specific treatment he began to present evening low fevers and painful cervical adenopathies, reason why a baciloscopy was indicated in both elbows and ear pavilions, but the Mycobacterium leprae was not found; besides aspiration biopsy with fine needle of a cervical ganglion was also carried out, which result revealed a ganglionar tuberculosis. Finally a leprosy and tuberculosis ganglionar coinfection was diagnosed, two diseases emerging due to the Mycobacterium, which coexistence is strange.
Descritores: Tuberculose dos Linfonodos/diagnóstico
Coinfecção/diagnóstico
Hanseníase/diagnóstico
-Tuberculose dos Linfonodos/tratamento farmacológico
Hanseníase/tratamento farmacológico
Mycobacterium
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Comentário
Responsável: CU418.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas de Santiago de Cuba



página 1 de 280 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde