Base de dados : LILACS
Pesquisa : Hanseníase
Referências encontradas : 2526 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 253 ir para página                         

  1 / 2526 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831471
Autor: Rodrigues, Rayssa Nogueira.
Título: Análise espacial da hanseníase no município de Belo Horizonte e sua relação com o índice de vulnerabilidade da saúde / Spatial analysis of leprosy in the city of Belo horizonte and its relationship with the Health Vulnerability Index.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. 89 p. mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A hanseníase configura até hoje um importante problema de saúde pública no Brasil. Dados recentes apontam que o país permanece na segunda posição em número absoluto de casos. Dentro do país, o quadro é ainda mais diversificado, havendo uma maior concentração entre as camadas mais pobres da população. Dessa forma, o conhecimento de sua distribuição espacial e de suas relações com as condições de vida adversas torna-se fundamental na formulação e implementação de estratégias visando o seu controle. O objetivo deste estudo foi analisar a distribuição espacial dos casos de hanseníase no município de Belo Horizonte e sua relação com o Índice de Vulnerabilidade da Saúde (IVS). Trata-se de um estudo ecológico. Para refletir as condições de vida adversas, utilizou-se o IVS 2012, indicador composto elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte (SMSA-BH). Os dados sobre a doença foram retirados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) e as coordenadas geográficas do Sistema de Vigilância Epidemiológica (SISVE). A base cartográfica em formato digital e georreferenciada foi disponibilizada pela SMSA-BH. Inicialmente foi feita uma análise considerando o município como unidade indivisível. Comparou-se indicadores epidemiológicos e operacionais da hanseníase com os parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde e aos resultados descritos em outros trabalhos sobre o tema existentes na literatura científica. Em seguida, foram georreferenciados os endereços de residência dos casos e calculado o coeficiente de detecção por setor censitário. O método Bayesiano Empírico Global foi utilizado para se obter uma taxa de detecção de hanseníase suavizada. Essas análises e a confecção dos mapas foram feitas no software R, versão 3.2.1. O software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) for Windows versão 19 foi utilizado para o tratamento estatístico: estatística....

Leprosy is, until today, an important issue for Brazilian public health. Recent data point to the country remaining in second position in the absolute number of cases. Within the country, the condition is even more diversified, with a higher concentration of among the poorer layers of the population. Thus, the knowledge of its spatial distribution, and its relations with adverse life conditions, is fundamental for formulating and implementing control strategies. The objective of this study was to analyze the spatial distribution of leprosy cases in the municipality of Belo Horizonte, Minas Gerais, and its relations to the Health Vulnerability Index (HVI). This is an ecological study. To reflect the adverse life conditions, we used the HVI 2012, composite indicator elaborated by the Municipal Secretariat of Health of Belo Horizonte (SMSA-BH). The data regarding this disease were obtained from the Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), and the geographical coordinates, obtained from the Sistema de Vigilância Epidemiológica (SISVE). The cartographic basis, in digital and georeferenced formats, was made available by the SMSA-BH. Initially, we conducted an analysis considering the municipality as an indivisible unit. We compared the epistemological and operational indicators of leprosy to the parameters established by the Ministry of Health and to other results described in other papers concerning this theme. Subsequently, the home addresses of the cases were georeferenced and calculated the rate of detection by census tract. The Global Empirical Bayesian method was used in order to obtain a mellowed leprosy detection rate. These analyses, as well as the confection of the maps, were done using the R software, version 3.2.1. Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) for Windows version 19 was used for statistical analysis: descriptive statistics...
Descritores: Análise Espacial
Hanseníase/epidemiologia
Vulnerabilidade em Saúde
-Brasil/epidemiologia
Estudos Ecológicos
Controle de Doenças Transmissíveis/métodos
Condições Sociais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1, ROAN; T-WC335


  2 / 2526 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831461
Autor: Fabri, Angélica da Conceição Oliveira Coelho.
Título: Análise comparativa da reatividade anti-LID-1, NDO-LID, NDO-HSA e PGL-1 em hanseníase / Comparative analysis of the reactivity anti-LID-1, NDO-LID, NDO-HSA and PGL-1 in leprosy.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. 124 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A infecção subclínica pode ser avaliada por meio de teste sorológico, que determina imunoglobulinas circulantes. O objetivo do presente estudo foi analisar a reatividade de diferentes antígenos em casos novos de hanseníase, contatos domiciliares de casos e em população de área endêmica, com o intuito de identificar o melhor antígeno para o diagnóstico sorológico da hanseníase e detecção de indivíduos infectados pelo Mycobacterium leprae.Trata-se de um estudo transversal de natureza exploratória e analítica. A reatividade anti-LID-1, NDO-LID, NDO-HSA e PGL-1 foi avaliada por meio do enzyme-linked immunosorbentassay. Foram analisadas amostras de sangue total em papel de filtro Whatman de 2494indivíduos da população de sete municípios da microrregião de Almenara e de soro de 94casos novos de hanseníase e 104 contatos domiciliares de casos residentes no município de Uberlândia. O Banco de Dados foi criado no Software Epi Info versão 3.5.1 e análise realizada no software Statistical Package for the Social Sciences for Windows 18 e no GraphPad Prism versão 5. Para análise estatística foram utilizados os seguintes testes: Kolmogorov-Smirnov, Kruskal-Wallis one-way (H), Mann-Whitney (U) com correção de Bonferroni, kappa, Spearman (rho), teste Qui-quadrado de Pearson e regressão logística binária. Foi observado maior soropositividade no grupo de casos multibacilares (MB), em contatos domiciliares de casos MB e nos indivíduos residentes nos municípios de Almenara e Jequitinhonha. Obteve-se correlação positiva entre a sorologia e o índice baciloscópico,concordância substancial e significativa no grupo de casos novos de hanseníase e correlação positiva para todos os antígenos testados. Os testes anti-LID-1 e anti-NDO-LID apresentaram melhor performance para identificar os contatos domiciliares e ou indivíduos da população...

The subclinical infection can be evaluated by serologic test which determine circulating immunoglobulins. The aim of this study was to analyze the reactivity of different antigens inleprosy cases, household contacts of index cases and the population of the endemic area toidentify the best antigen for the diagnosis of leprosy and detection of individuals infected with Mycobacterium leprae. It is a cross-sectional study of exploratory and analytical nature. There activity anti-LID-1, NDO-LID, NDO-HAS e PGL-1 were evaluated using the enzyme linke dimmunosorbent assay. The whole blood in What man filter paper of 2494 individuals from the general population of seven municipalities in the micro-Almenara and serum of 94 patients with leprosy and 104 household contacts of patients residing in Uberlândia were analyzed. The database was created in Epi Info software version 3.5.1 and analysis in the software Statistical Package for Social Sciences for Windows 18 and GraphPad Prism version5. For statistical analysis the following tests were used: Kolmogorov-Smirnov, Kruskal Wallisone-way (H), Mann-Whitney (U) with Bonferroni correction, kappa, Spearman (rho), chisquaretest of Pearson and binary logistic regression. Identied higher seropositivity in the group of MB patients, household contacts of MB patients and in individuals living in the municipalities of Almenara and Jequitinhonha. Observed positive correlation between serology test and bacterial index, substantial agreement and significant in patients positive and positive correlation for all antigens. The LID-1 and NDO-LID antigens showed greater ability to identify household contacts or the general population infected with M. leprae, but the performance of the NDO-LID was better. The native PGL-1 had higher seropositivity than the NDO-HSA for all clinical forms of leprosy and household contacts. The seropositivity prevalence in the general population was higher than the detection rate of leprosy...
Descritores: Hanseníase/diagnóstico
Mycobacterium leprae
-Fatores Socioeconômicos
Hanseníase/epidemiologia
Análise por Ativação/instrumentação
Testes Sorológicos/instrumentação
Estudos Transversais/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Meia-Idade
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1, FAAN; T-WC335


  3 / 2526 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831402
Autor: Araújo, Daniella Azevêdo Lobo de; Brito, Karen Krystine Gonçalves de; Santana, Emanuelle Malzac Freire de; Soares, Valéria Leite; Soares, Maria Júlia Guimarães Oliveira.
Título: Caracterização da qualidade de vida de pessoas com hanseníase em tratamento ambulatorial / Characteristics of people of quality of life with leprosy in outpatient treatment / Características de la gente de la calidad de vida con la lepra entratamiento ambulatorio
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);8(4):5010-5016, out.-dez. 2016. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: To characterize the quality of life of people with leprosy in outpatient treatment. Method: Exploratory-descriptive quantitative study with 59 subjects. To obtain the socioeconomic and clinical data of individuals used the questionnaire, and for the quality of life, the Short Medical Outcomes Study 36 - Item Short-Form Health Survey SF-36. Data analysis was adopted IBM SPSS statistical software. Results: 78% multibacillary; males 54.3%; mean age 45.9 years; economically active 67%. The SF-36 shows average scores calculated values up to score 50, but the physical and emotional aspects (score <50) Age was correlated to the areas of functional capacity and physical aspects, while sex was associated with mental health. Conclusion: The investigated population has adequate quality of life, though, it is observed that this is affected by the disease.

Objetivo: Caracterizar a qualidade de vida de pessoas com hanseníase em tratamento ambulatorial. Método: Estudo quantitativo exploratório descritivo com 59 sujeitos. Para obtenção dos dados socioeconômicos e clínicos dos indivíduos utilizou-se formulário próprio e para a qualidade de vida, o questionário Short Medical Outcomes Study 36 – Item Short-Form Health Survey, o SF-36. Para análise dos dados adotou-se o software estatístico IBM SPSS. Resultados: 78% multibacilares; sexo masculino 54,3%; idade média de 45,9 anos; economicamente ativos 67%. O SF-36 aponta escores médios calculados em valores acima ao escore 50, exceto os aspectos físicos e emocionais (escore < 50) A idade esteve correlacionada aos domínios de capacidade funcional e aspectos físicos, enquanto o sexo esteve associado à saúde mental. Conclusão: A população investigada apresenta qualidade de vida adequada, embora, observa-se que esta se encontra afetada pela doença.

Objetivo: Caracterizar la calidad de vida de las personas con lepra en tratamiento ambulatorio. Método: Estudio cuantitativo exploratorio descriptivo con 59 temas. Para obtener los datos socioeconómicos y clínicos de los individuos utilizaron el cuestionario, y para la calidad de vida, el Short Medical Outcomes Study 36 - Artículo Short-Form Health Survey SF-36. Se aprobó el análisis de datos de IBM SPSS software estadístico. Resultados: 78% multibacilar; varones 54.3%; edad media de 45,9 años; económicamente activa de 67%. El SF-36 muestra las puntuaciones medias calculadas valores de hasta anotar 50, pero los aspectos físicos y emocionales (puntuación <50) La edad se correlacionó con las áreas de la capacidad funcional y los aspectos físicos, mientras que el sexo se asocia con la salud mental. Conclusión: La población investigada ha adecuada calidad de vida, sin embargo, se observa que esta se ve afectada por la enfermedad.
Descritores: Hanseníase
Qualidade de Vida
Assistência Ambulatorial
-Brasil
Limites: Humanos
Responsável: BR1208.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  4 / 2526 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831085
Autor: Carneiro, Isabel Paiva Dias Mendes; Macedo, Alexandre Casimiro de; Nagao-Dias, Aparecida Taemi; Henn, Guilherme Alves de Lima; Campelo, Cássio Marinho; Pinto, Luiz Carlos Albuquerque; Câmara, Lília Maria Carneiro.
Título: Estudo sorológico da co-infecção de leishmania infantum e mycobacterium leprae em área de alta endemicidade / Sorological sutdy of coinfection leishmania infantum e mmycobacterium leprae in area of endemicity high
Fonte: Hansen. int;40(2):59-64, 2015. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A região Nordeste é responsável por 55% dos casos de hanseníase e por quase 50% dos casos de Leishmaniose visceral no Brasil. O Ceará, em especial a capital Fortaleza, é responsável por um grande número de casos novos dessas doenças. Este fato é reforçado pela correlação na distribuição de casos dessas patologias por municípios do estado do Ceará,onde de acordo com os dados da Secretaria de Saúde do Estado (2013), observa-se forte correlação epidemiológica entre os casos de hanseníase e do Leishmaniose visceral nos 184 municípios principalmente em Fortaleza. Objetivos: Nosso objetivo foi analisar a produção de anticorpos IgM anti-PGL1 em pacientes com Calazar sem tratamento. Material e métodos: 28 pacientes com confirmação clínico-laboratorial para Leishmaniose visceral acompanhados no Hospital São José de Doenças Infecciosas. Resultados: Quanto ao gênero, 21 foram do sexo masculino e 7 do sexo feminino, com mediana de idade de 20,5 anos (var. 3 a 76 anos), dos quais 15 pacientes não necessitaram internamento e 13 foram internados por um período médio de 28 dias (var. 5 a 28 dias). A média e desvio-padrão do índice de IgM anti-PGL1 foi de 1,91 + 0,69, sendo 78,6% considerados soropositivos. Conclusão: Não foi observada qualquer diferença entre gênero,idade, necessidade ou não de internamento, ou tempo de tratamento. A alta frequência de IgM anti-PGL1 positiva pode ser secundária à ativiação policlonal que ocorre na Leishmaniose visceral, dificultando a possibilidade de detecção da infecção pelo M. leprae por avaliação sorológica em região de alta endemicidade para Leishmaniose visceral.

Introduction: The Northeast region accounts for 55% of leprosy cases and nearly 50% of cases of visceral leishmaniasis in Brazil. Ceará, in particular the Fortaleza capital is responsible for a large number of new cases of these diseases. This fact is reinforced by the correlation in the distribution of cases of these diseases in the state of Ceará counties where according to the data of the State Health Departament (2013), we observed strong epidemiological correlation between cases of leprosy and visceral leishmaniasis in 184 counties mostly in Fortaleza. Objectives: Our objective was to analyze the production of anti-PGL1 IgM antibodies in patients with visceral leishmaniasis untreated. Materials and Methods: 28 patients with clinical and laboratory confirmation for visceral leishmaniasis followed at SãoJosé Hospital for Infectious Diseases. Results: As togender, 21 were males and 7 females, with a median age of 20,5 years (var 3-76 years.), Of which 15 patients did not require hospitalization and 13 were hospitalized for an average 28 days (var. 5 to 28 days). The mean and standard deviation of the anti-IgM PGL1 index was 1.91 ± 0.69, and 78.6% considered seropositive. Conclusion: It was not observed any difference between gender, age, necessity or not hospitalization, or time treatment. The high frequency of positive IgM anti-PGL1,can be secondary to polyclonal activation occurring in kala-azar, hindering the possibility of detection of M. leprae infection by serologic evaluation in high endemicity area for visceral leishmaniasis.
Descritores: Leishmania infantum
Leishmaniose Visceral
Mycobacterium leprae
Hanseníase
-Formação de Anticorpos
Testes Sorológicos
Doenças Endêmicas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Meia-Idade
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação em Dermatologia Sanitária Luiza Keffer


  5 / 2526 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831084
Autor: Gaudenci, Eliana Maria; Nardelli, Giovana Gaudenci; Almeida Neto, Omar Pereira de; Malaquias, Bruna Stephanie Sousa; Carvalho, Bárbara Tallita; Pedrosa, Leila Aparecida Kauchakje.
Título: Qualidade de vida, sintomas depressivos e incapacidade física de pacientes com hanseníase / Quality of life, depression and physical disability of patients with leprosy
Fonte: Hansen. int;40(2):48-58, 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A hanseníase é uma doença infectocontagiosa com evolução lenta e de natureza crônica, causando impacto no cotidiano dos sujeitos, como sofrimento, abandono, deformidades físicas e problemas psicossociais. Objetivos: Descrever o perfil clínico e socioeconômico, avaliar a qualidade de vida (QV), ocorrência de transtornos depressivos e o grau de incapacidade física de pessoas com hanseníase e suas correlações. Métodos: Estudo transversal, quantitativo, descritivo e analítico, desenvolvido no município de Uberaba (MG), em um centro de saúde especializado. Após o consentimento dos participantes foram realizadas entrevistas com aplicação dos questionários: Clínico e Socioeconômico; Inventário de depressão de Beck- BDI para avaliação dos graus de depressão; Questionário WHOQOL-bref para avaliação da QV. Posteriormente, o Formulário de Classificação de Incapacidades Físicas (IFH) foi preenchido por meio da revisão de prontuários. O estudo foi aprovado pelo comitê de ética local nº 2173/2014. Análises estatísticas descritivas foram realizadas...

Leprosy is a chronic and slowly progressing infectious disease that affects the daily lives of carriers, causing suffering, abandonment, physical deformities and psychosocial problems. Objectives: To describe the clinical and socioeconomic profile, evaluate the quality of life (QOL), occurrence of depressive disorders, and the degree of disability and investigate correlations between these variables in people with leprosy.Methods: This is a cross-sectional, quantitative, descriptive and analytical study, developed in a specialized health center of the city of Uberaba (MG). After receiving consent from the participants, interviews were conducted using questionnaires on clinical and socioeconomic aspects. Moreover, the Beck Depression Inventory (BDI) was used to assess the degree of depression and the WHOQOL-BREF questionnaire was used to assess QoL. Subsequently, the Physical Disability Rating (PDR) form was completed by reviewing patient records. The study was approved by the local Ethics Committee (no. 2173/2014). Descriptive and analytical statistical analysis were performed...
Descritores: Hanseníase/psicologia
Efeitos Psicossociais da Doença
Hanseníase/complicações
-Qualidade de Vida/psicologia
Pessoas com Deficiência/psicologia
Depressão/psicologia
Perfil de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto Jovem
Meia-Idade
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação em Dermatologia Sanitária Luiza Keffer


  6 / 2526 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831083
Autor: Salles, Beatriz Olmo; Gonçalves, Aguinaldo; Padovani, Carlos Roberto.
Título: Perfil epidemiológico da hanseníase em Hospital Universitário de Campinas, SP: explorando fichas de notificação / Epidemiological profile of leprosy in an Universitary Hospital in Campinas, SP: exploring notification protocols
Fonte: Hansen. int;40(2):36-47, 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A documentação de casos novos de hanseníase em Fichas de Notificação é estratégia para auxiliar no controle da enfermidade, visto que delas são extraídas informações clínicas e laboratoriais de seus portadores. Objetivo: Explorar o conteúdo informacional das Fichas de Notificação de Casos Novos de hanseníase do Sistema de Informação de Agravos de Notificação atendidos no Hospital e Maternidade Celso Pierro em Campinas-SP, em período definido de estudo, com o escopo de traçar perfil epidemiológico local. Metodologia: Estudo observacional descritivo transversal em que a coleta de dados totalizou 97 Fichas de Notificação de Hanseníase, referentes aos anos de 2007 a 2013. Codificação mediante planilha padronizada, seguida de arquivamento na forma de banco de dados e análise estatística pelo Software SPSS e testes de Tukey e Kruskal-Wallis, complementada pelo teste de Dunn. Todas as inferências estatísticas foram realizadas ao nível 5% de significância. Resultados: A maioria dos casos revelou-se do sexo masculino, faixa etária de 15 a 44 anos, com lesões cutâneas em número superior a 5, multibacilar, virchowiana, com grau 0 de incapacidade física, baciloscopia negativa e esquema terapêutico inicial de12 doses. Constatou-se baixa detecção em menores de 15 anos, embora elevado número de doentes com grau II de incapacidade física, acima do valor definido pelo Ministério da Saúde como um dos critérios para diagnóstico precoce. Conclusões: O exposto sugere necessidade de notificação epidemiológica presente e constante, com registros de dados contínuos, além de padronização no ato de transcrição das informações nas Fichas de Notificação.

Introduction: The documentation of new leprosy cases in Notification Protocols is an important strategy for control, as clinical and laboratory aspects of the patients are extracted from the notifications. Objetive:To explore the information content in Notification Protocols about new cases of leprosy in the Information System for Notifiable Diseases attended on the Celso Pierro Hospital and Maternity in Campinas-SP, during a defined period, with the scope of describing the local epidemiological profile. Methodology: This is a cross-sectional observational study enrolling data refering to a total of 97 Notification Protocols of leprosy cases notified in the period from 2007 to 2013. Registers on codified sheets, storage in specific data base and statistical processing by SPSS program, Tukey and Kruskal-Wallis tests, complemented with the Dunn test. All the statistical inferences were performed with a 5% significance level. Results: Most of the cases were from male, the age group was from 15 to 44 years old, with skin lesions above 5, multibacillary, lepromatous, grade zero disabilities, negative smear and initial treatment received was multidrugtherapy/12 doses. The disease was found to occur less in people under 15 years old, although there is a high level of patients with grade two disabilities, which is a level above what is defined by the Brazilian Ministry of Health as one of the criteria to early diagnosis. Conclusions: This study suggests for better leprosy control the need of present and constant epidemiological notification, with recording of continuous data, besides standardizing the transcription of reporting forms.
Descritores: Hanseníase/epidemiologia
Notificação de Doenças
Sistemas de Informação em Saúde/utilização
-Brasil/epidemiologia
Incidência
Hospitais Universitários
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação em Dermatologia Sanitária Luiza Keffer


  7 / 2526 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831082
Autor: Oliveira, Marlice Fernandes de; Oliveira, Natália Cristina de; Caixeta, Kaique Ferreira; Castro, Gisélia Gonçalves de.
Título: Estudo epidemiológico da hanseníase em Patrocínio/MG, no período 2001 a 2014 / Epidemiological study of leprosy in Patrocinio/MG in the period 2001-2014
Fonte: Hansen. int;40(2):24-35, 2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A hanseníase é uma doença infectocontagiosa de evolução crônica caracterizada por sinais e sintomas dermato neurológicos. Os clusters consistem em aglomerados com maior risco de adoecimento. A região do Triângulo Mineiro pertence ao cluster 9 de hanseníase do Brasil, sendo o município de Patrocínio/MG considerado de alta endemia. Este estudo teve como objetivo determinar a taxa de detecção de casos e identificar características epidemiológicas da hanseníase no município de Patrocínio/MG. Tratou-se de um estudo epidemiológico observacional, descrito e retrospectivo no período de 2001 a 2014. Os dados foram coletados na Vigilância Epidemiológica de Patrocínio/MG e analisados por meio de medidas estatísticas descritivas, como frequências absolutas, percentuais, médias, correlação de Pearson e o indicador epidemiológico de Coeficiente de Prevalência do Ministério da Saúde para a taxa de detecção de casos. Observou-se uma correlação significativa a de 1% pelo teste t, ou seja, à medida que aumenta a taxa de detecção da hanseníase nacional aumenta também a taxa de detecção em Patrocínio/MG.Na análise temporal, 50% dos anos analisados apresentaram taxa alta de detecção de casos novos, seguido da taxa média com 35,7% e taxa muito alta com 24,3%.O estudo epidemiológico da hanseníase em Patrocínio/MG evidenciou predominância do sexo masculino(64,82%), da raça caucasiana (62,06%), da forma clínica dimorfa (32,4%), da idade entre 31 e 40 anos (23,4%)e da zona urbana (97,59%). A realização deste estudo mostrou, de forma sucinta, dados de distribuição e características da população com hanseníase em Patrocínio/MG e podem ser usados para investigações futuras e direcionamento de estratégias e ações em saúde.

Leprosy is a contagious infectious disease of chronic evolution characterized by dermatological and neurological signs and symptoms. Clusters consist in areas with increased risk of disease. The region named Triangulo Mineiro belongs to Cluster 9 of leprosy in Brazil with Patrocínio considered highly endemic.This study aimed to determine the case detection rate and identify epidemiological characteristics of leprosy in the city of Patrocínio, Minas Gerais State.This was an observational, descriptive, retrospective epidemiological study of cases from 2001 to 2014. Data were collected from the Epidemiological Surveillance records of the city and analyzed using descriptive statistics including absolute frequencies,percentages and means. The Pearson correlationand the epidemiological indicator of the prevalencecoefficient of the Ministry of Health were used for thecase detection rate. There was a significant correlationof 1% according to the t-test, i.e., as the national leprosy detection rate increases, the detection rate in Patrocínio also increases. By temporal analysis, 50% ofthe years analyzed showed high detection rates for newcases, followed by medium and very high detectionrates for 35.7% and 24.3% of the years, respectively.The epidemiological study of leprosy in Patrocinioshowed a predominance of males (64.82%), Caucasians(62.06%), the borderline clinical form (32.4%), and age between 31 and 40 years (23.4%) with most cases livingin urban areas (97.59%). This study succinctly shows a distribution of data and population characteristics of leprosy in the city that can be used for future research to plan control strategies and health measures.
Descritores: Hanseníase/epidemiologia
Doenças Negligenciadas
-Brasil/epidemiologia
Prevalência
Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação em Dermatologia Sanitária Luiza Keffer


  8 / 2526 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831081
Autor: Matos, Everson Vando Melo; Ferreira, Angela Maria Rodrigues; Palmeira, Iaci Proença; Carneiro, Daiane Freitas.
Título: Conjuntura epidemiológica da hanseníase em menores de quinze anos, no período de 2003 a 2013, Belém - PA / Epidemiological situation of leprosy in under 15-year-old children from 2003 to 2013 in Belém, Pará State
Fonte: Hansen. int;40(2):17-23, 2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A hanseníase no Estado do Pará é preocupante por apresentar um coeficiente de detecção em menores de 15 anos com classificação hiperendêmica. Este indicador expressa a força de transmissão recente da doença. Objetivou-se analisar a conjuntura epidemiológica da hanseníase em menores de 15 anos no município de Belém-Pará no período de 2003 a 2013. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e retrospectivo de uma série de casos de menores de 15 anos notificados com hanseníase, utilizando-se os dados do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (SINAN). Os resultados evidenciam uma média do coeficiente de detecção anual da hanseníase em menores de 15 anos de 34,9 por 100 mil habitantes,classificando a doença como hiperendêmica. O sexo masculino foi majoritário com uma frequência de 55,8% (266). O modo de detecção predominante foio de encaminhamentos com 54,7% (261). A forma clínica de destaque foi a tuberculóide com 38,6% (184) dos casos. A média dos contatos registrados foi de 4,36 contatos por cada caso notificado, totalizando 2.082.Quanto aos contatos examinados predominou o parâmetro precário com menos de 50%. O Brasil é um país de grandes proporções e muitas peculiaridades geográficas, Belém-Pará não é tão diferente, dificultando o acesso aos serviços de saúde e, consequentemente,o diagnóstico e tratamento da hanseníase em nossa região. Concluiu-se sobre a importância do conhecimento da situação epidemiológica dos menores de 15 anos para viabilização de estratégias que contribuam para o controle dessa endemia regional.

Leprosy in the state of Pará is worrying as the coefficient of detection in under 15-year olds is classified as hyper endemic. This indicator reflectsrecent transmission of the disease. This study aimed to analyze the epidemiological situation of leprosy inunder 15-year-old children in the city of Belém, Pará from 2003 to 2013. This is a quantitative, descriptive and retrospective study of the number of cases of children with leprosy using data from the Notifiable Diseases Information System (SINAN). The results show an average annual detection rate of leprosy in under15-year olds of 34.9 per 100,000 inhabitants, classifying the disease as hyperendemic. Most patients were malewith a frequency of 55.8% (266). The predominant mode of detection was referrals (54.7% - 261) and the commonest clinical form identified was tuberculoid in 38.6% (184) of the cases. On average, each case recorded 4.36 contacts giving a grand total of 2082contacts. As for the contacts investigated, precarious parameter of less than 50% predominated. Brazil is a country of great proportions and many geographic peculiarities; Belem, Pará State is not so different. The population has difficultly accessing health services and, consequently, there is difficulty diagnosing and treating leprosy in this region. Knowledge on the epidemiological situation of under 15-year-old children is important to plan strategies that contribute to the control of this regional endemics.
Descritores: Hanseníase/epidemiologia
Hanseníase/prevenção & controle
-Brasil/epidemiologia
Estudos Retrospectivos
Doenças Negligenciadas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação em Dermatologia Sanitária Luiza Keffer


  9 / 2526 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Modena, Celina Maria
Texto completo
Id: BIBLIO-831080
Autor: Savassi, Leonardo Cançado Monteiro; Modena, Celina Maria.
Título: Hanseníase e a atenção primária: desafios educacionais e assistenciais na perspectiva de médicos residentes / Leprosy and primary care: educational and health care challenges from the perspective of medical residents
Fonte: Hansen. int;40(2):2-16, 2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A atenção primária é o nível de atenção privilegiado para ações de controle da hanseníase, doença infecciosa,negligenciada e estigmatizante, que ainda não foi controlada como problema de saúde pública no Brasil. Para descrever a percepção de médicos que atuam na atenção primária acerca da hanseníase, foi realizado um grupo focal com sete residentes de Medicina de Família e Comunidade do município de Betim, Minas Gerais. Resultados: A análise do conte-údo apontou para as subcategorias das “fontes de conhecimento”, da “assistência no nível primário” e da“educação em saúde”. Demonstrou-se uma formação para hanseníase na graduação médica foi predominantemente teórica, com poucos casos e no serviço a educação permanente foi insuficiente. Na categoria da assistência, apontou-se a exigência de um alto nível de suspeição para avaliação clínica da hanseníase,e reconheceu-se a Atenção Primária como âmbito adequado para os pacientes a despeito da demanda excessiva e estrutura física inadequada; a referência obrigatória para serviços especializados cria divisões,amplia o estigma e dificulta o acompanhamento horizontal dos pacientes com esta doença. Nas práticas educativas, percebe-se a dissociação entre a doença e sua real gravidade, fato atribuído à mudança da nomenclatura; quanto à comunicação, há necessidade de um linguajar popular, uso da mídia de massa.O estigma foi um tema transversal. Conclusão: as três categorias de análise, conhecimentos (ausentes) -assistência (insuficiente) - educação em saúde (para suspeição) se integram para explicar as dificuldades do cuidado; a graduação em medicina foi insuficiente,baseada em conteúdo teórico, poucos casos, e gera a percepção de uma doença rara, do campo de ação do sub especialista. As ações educativas devem associar o sintoma ®mancha¼ à gravidade da doença, e demanda uma Atenção Primária efetiva para atender adequadamente a estas pessoas.

Primary care is the privileged care level for measures to control leprosy, a neglected and stigmatized infectious disease that has not been controlled as a public health problem in Brazil yet. Aiming to describe the perception of leprosy by primary care physicians, we conducted a focus group with seven Family Medicine residents in the municipality of Betim, Minas Gerais. Results: Content analysis pointed to the subcategories of “knowledge sources”, “primary health care” and “health education”. Undergraduate medical training about leprosy was shown to be predominantly theoretical with few cases, and continuous education in the Local Department of Health is insufficient. In the assistance category, it was pointed out that a high level of suspicion is needed to clinically evaluate patients for leprosy. Primary healthcare was recognized as the correct treatment setting for these patients despite the excessive demands and the inadequate infrastructure of the services; the obligatory reference to specialized services creates separation, expands the stigma and complicates horizontal monitoring of the patients with this disease. In educational practices, the dissociation between the disease and severity, attributed to the change of nomenclature, is clear. Concerning communication,popular language should be used by the mass media; stigma is a crosscutting theme. Conclusion: The three categories of analysis, knowledge (absent), assistance (insufficient) and health education (for suspicion), together explain the difficulties of care. A medical degree is insufficient, relies on theoretical content with few cases, and generates the perception of a rare disease in the purview of the specialist. Educational activities must correlate the symptom of the “skin patch” to disease severity, and demand effective primary healthcare to serve these people satisfactorily.
Descritores: Hanseníase/prevenção & controle
Educação em Saúde
Atenção Primária à Saúde
Hanseníase/epidemiologia
-Brasil/epidemiologia
Corpo Clínico Hospitalar
Doenças Negligenciadas
Limites: Humanos
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação em Dermatologia Sanitária Luiza Keffer


  10 / 2526 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831077
Autor: Borges, Mariana Garcia Lisboa; Lopes, Geovanna Lemos; Nascimento, Gabriel Augusto Remígio Lima do; Xavier, Marília Brasil.
Título: O cuidado hospitalar na hanseníase: um perfil do estado do Pará de 2008 a 2014 / Hospital care in leprosy: a profile of Pará, Brazil, 2008-2014
Fonte: Hansen. int;40(1):25-32, 2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os casos de internação por hanseníase representam as complicações e as situações mais graves da doença. Objetivou-se traçar um perfil epidemiológico da internação hospitalar por hanseníase, no estado do Pará, de 2008 a 2014. Para isso, realizou-se uma pesquisa descritiva de dados secundários disponibilizados pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. A análise efetuada foi, predominantemente,descritiva e os testes Qui-Quadrado e Teste-G foram utilizados quando pertinentes. Calculou-se,a taxa de internação e óbito para cada 10 mil internações ou óbitos por doenças infecciosas e parasitárias para o Pará e outras Unidades de Federação. Verificou-se que, nesse período, 740 pessoas foram internadas com a doença no estado, representando uma taxa de 12,86/10 mil internações por doenças infecciosas e parasitárias. Das internações totais, 526 (71,08%) foram homens e 524 (70,81%) encontravam-se na faixa etária de 20 a 59 anos; 61 (8,25%) possuíam até 19 anos. Dos atendimentos, 79,73% (n=590) foram registrados pelo regime público de saúde, 92,30% (n=683)em caráter eletivo e 84,19% (n=623) fora da região metropolitana de Belém. No ranking regional por taxa de internação o estado encontra-se em último lugar e em penúltimo no ranking nacional. O perfil de internação por hanseníase no Pará acompanha o perfil epidemiológico da doença, sendo mais comum em homens com idade economicamente ativa. O acometimento de crianças e adolescentes é preocupante,pois representa uma exposição precoce e maiores chances de desenvolver incapacidades.Os registros no estado foram mais baixos quando comparados a estados de média e baixa endemicidade.

Cases of hospitalization represent severest cases of leprosy, with more complications. This study aimed to criate an epidemiological profile of hospital admissions for leprosy in the state of Pará, Brazil, from 2008 to 2014. To this end, we carried out a descriptive study of secondary data provided by the Department of the Unified Health System Information of Brazil. The analysis was performed predominantly descriptive and Chi-square test and G-tests were used when appropriate. It calculated the rate of hospitalization and rate of death for every 10,000 hospitalizations or deaths due to infectious and parasitic diseases to the Pará and other units of federation. It was found that during this period 740 people were hospitalized with the disease in the state, representing a rate of 12.86 / 10 000 admissions for infectious and parasitic diseases. Of total admissions, 526 (71.08%) were men and 524 (70.81%) were in the age group 20-59 years;61 (8.25%) were in the age group 0-19 years. Of cases, 79.73% (n = 590) were recorded by the public health system, 92.30% (n = 683) on an elective basis and 84.19% (n = 623) outside the metropolitan area of Belém. Was observed that this state is last in regional ranking by hospitalization rate and second to last in the national ranking. The leprosy hospital admission profile in Pará is similar to the epidemiology of the disease, is more common in young men. The involvement of children and adolescents is worrisome because it’s represent the early exposure and more risk to develop disabilities. The records in the state were lower when compared to the average of states and low endemicity.
Descritores: Hanseníase/epidemiologia
Hospitalização
-Brasil/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Meia-Idade
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação em Dermatologia Sanitária Luiza Keffer



página 1 de 253 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde