Base de dados : LILACS
Pesquisa : Hanseníase
Referências encontradas : 2656 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 266 ir para página                         

  1 / 2656 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Barbosa, Jaqueline Caracas
Texto completo
d: biblio-903503 LILACS-Express
Autor: Souza, Eliana Amorim de; Ferreira, Anderson Fuentes; Boigny, Reagan Nzundu; Alencar, Carlos Henrique; Heukelbach, Jorg; Martins-Melo, Francisco Rogerlândio; Barbosa, Jaqueline Caracas; Ramos Jr, Alberto Novaes.
Título: Leprosy and gender in Brazil: trends in an endemic area of the Northeast region, 2001-2014 / Hanseníase e gênero no Brasil: tendências em área endêmica da região Nordeste, 2001-2014
Fonte: Rev. saúde pública (Online);52:20, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Council for Scientific and Technological Development; . National Council for Scientific and Technological Development.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To analyze, stratifield by gender, trends of the new case leprosy detection rates in the general population and in children; of grade 2 disability, and of proportion of multibacillary cases, in the state of Bahia, Brazil from 2001 to 2014. METHODS A time series study based on leprosy data from the National Information System for Notifiable Diseases. The time trend analysis included Poisson regression models by infection points (Joinpoint) stratified by gender. RESULTS There was a total of 40,054 new leprosy cases with a downward trend of the overall detection rate (Average Annual Percent Change [AAPC = -0.4, 95%CI -2.8-1.9] and a non-significant increase in children under 15 years (AAPC = 0.2, 95%CI -3.9-4.5). The proportion of grade 2 disability among new cases increased significantly (AAPC = 4.0, 95%CI 1.3-6.8), as well as the proportion of multibacillary cases (AAPC = 2.2, 95%CI 0.1-4.3). Stratification by gender showed a downward trend of detection rates in females and no significant change in males; in females, there was a more pronounced upward trend of the proportion of multibacillary and grade 2 disability cases. CONCLUSIONS Leprosy is still highly endemic in the state of Bahia, with active transmission, late diagnosis, and a probable hidden endemic. There are different gender patterns, indicating the importance of early diagnosis and prompt treatment, specifically in males without neglecting the situation among females.

RESUMO OBJETIVO Analisar, segundo gênero, as tendências temporais dos coeficientes de detecção de casos novos de hanseníase na população geral e em crianças, do coeficiente de grau 2 de incapacidade física e da proporção de casos multibacilares no estado da Bahia, no período de 2001 a 2014. MÉTODOS Estudo de série temporal baseado em dados epidemiológicos relativos à hanseníase oriundos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. A análise de tendência temporal incluiu modelos de regressão de Poisson por pontos de inflexão (Joinpoint), considerando-se a dimensão de gênero. RESULTADOS Dos 40.054 casos notificados no período, verificou-se tendência de redução no coeficiente de detecção geral (Average Annual Percent Change [AAPC] = -0,4; IC95% -2,8-1,9) e aumento em menores de 15 anos sem significância estatística (AAPC = 0,2; IC95% -3,9-4,5). Para o coeficiente de detecção com grau 2 de incapacidade física, a tendência foi de aumento significativo (AAPC = 4,0; IC95% 1,3-6,8), assim como nos casos multibacilares (AAPC = 2,2; IC95% 0,1-4,3). A análise estratificada por gênero indicou tendência de redução dos coeficientes de detecção entre as mulheres e de manutenção entre os homens, sem significância estatística. Em relação ao coeficiente de detecção em menores de 15 anos, a tendência de redução é mais acentuada nas mulheres do que entre os homens. As mulheres apresentaram tendência mais acentuada de aumento na proporção de casos multibacilares e do coeficiente de detecção de grau 2 de incapacidade. CONCLUSÕES O estado da Bahia mantém alta endemicidade, transmissão ativa, diagnóstico tardio e provável endemia oculta de hanseníase. Há um padrão diferencial segundo gênero, tornando central o diagnóstico e tratamento oportuno com estratégias diferenciadas para os homens, sem desconsiderar a situação entre as mulheres.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 2656 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barbosa, Jaqueline Caracas
Texto completo
d: biblio-903442 LILACS-Express
Autor: Souza, Eliana Amorim de; Ferreira, Anderson Fuentes; Boigny, Reagan Nzundu; Alencar, Carlos Henrique; Heukelbach, Jorg; Martins-Melo, Francisco Rogerlândio; Barbosa, Jaqueline Caracas; Ramos Jr, Alberto Novaes.
Título: Leprosy and gender in Brazil: trends in an endemic area of the Northeast region, 2001-2014 / Hanseníase e gênero no Brasil: tendências em área endêmica da região Nordeste, 2001-2014
Fonte: Rev. saúde pública (Online);52:20, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Council for Scientific and Technological Development; . National Council for Scientific and Technological Development.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To analyze, stratifield by gender, trends of the new case leprosy detection rates in the general population and in children; of grade 2 disability, and of proportion of multibacillary cases, in the state of Bahia, Brazil from 2001 to 2014. METHODS A time series study based on leprosy data from the National Information System for Notifiable Diseases. The time trend analysis included Poisson regression models by infection points (Joinpoint) stratified by gender. RESULTS There was a total of 40,054 new leprosy cases with a downward trend of the overall detection rate (Average Annual Percent Change [AAPC = -0.4, 95%CI -2.8-1.9] and a non-significant increase in children under 15 years (AAPC = 0.2, 95%CI -3.9-4.5). The proportion of grade 2 disability among new cases increased significantly (AAPC = 4.0, 95%CI 1.3-6.8), as well as the proportion of multibacillary cases (AAPC = 2.2, 95%CI 0.1-4.3). Stratification by gender showed a downward trend of detection rates in females and no significant change in males; in females, there was a more pronounced upward trend of the proportion of multibacillary and grade 2 disability cases. CONCLUSIONS Leprosy is still highly endemic in the state of Bahia, with active transmission, late diagnosis, and a probable hidden endemic. There are different gender patterns, indicating the importance of early diagnosis and prompt treatment, specifically in males without neglecting the situation among females.

RESUMO OBJETIVO Analisar, segundo gênero, as tendências temporais dos coeficientes de detecção de casos novos de hanseníase na população geral e em crianças, do coeficiente de grau 2 de incapacidade física e da proporção de casos multibacilares no estado da Bahia, no período de 2001 a 2014. MÉTODOS Estudo de série temporal baseado em dados epidemiológicos relativos à hanseníase oriundos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. A análise de tendência temporal incluiu modelos de regressão de Poisson por pontos de inflexão (Joinpoint), considerando-se a dimensão de gênero. RESULTADOS Dos 40.054 casos notificados no período, verificou-se tendência de redução no coeficiente de detecção geral (Average Annual Percent Change [AAPC] = -0,4; IC95% -2,8-1,9) e aumento em menores de 15 anos sem significância estatística (AAPC = 0,2; IC95% -3,9-4,5). Para o coeficiente de detecção com grau 2 de incapacidade física, a tendência foi de aumento significativo (AAPC = 4,0; IC95% 1,3-6,8), assim como nos casos multibacilares (AAPC = 2,2; IC95% 0,1-4,3). A análise estratificada por gênero indicou tendência de redução dos coeficientes de detecção entre as mulheres e de manutenção entre os homens, sem significância estatística. Em relação ao coeficiente de detecção em menores de 15 anos, a tendência de redução é mais acentuada nas mulheres do que entre os homens. As mulheres apresentaram tendência mais acentuada de aumento na proporção de casos multibacilares e do coeficiente de detecção de grau 2 de incapacidade. CONCLUSÕES O estado da Bahia mantém alta endemicidade, transmissão ativa, diagnóstico tardio e provável endemia oculta de hanseníase. Há um padrão diferencial segundo gênero, tornando central o diagnóstico e tratamento oportuno com estratégias diferenciadas para os homens, sem desconsiderar a situação entre as mulheres.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 2656 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
d: biblio-903350 LILACS-Express
Autor: Morgado, Fabiane Frota da Rocha; Silveira, Erika Maria Kopp Xavier da; Sales, Anna Maria; Nascimento, Lilian Pinheiro Rodrigues do; Sarno, Euzenir Nunes; Nery, José Augusto da Costa; Oliveira, Aldair J; Illarramendi, Ximena.
Título: Cross-cultural adaptation of the EMIC Stigma Scale for people with leprosy in Brazil / Adaptação transcultural da EMIC Stigma Scale para pessoas com hanseníase no Brasil
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:80, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE Describe the process of cross-cultural adaptation of the "Explanatory Model Interview Catalog - Stigma Scale" for people affected by leprosy in Brazil. METHODS After being authorized by the author of the scale to use it in the national context, we initiated the five steps process of cross-cultural adaptation: (1) translation, (2) synthesis meeting, (3) back-translation, (4) committee of experts and (5) pre-test. The internal consistency of the scale was evaluated using Cronbach's alpha coefficient. RESULTS The 15 items of the scale's original version were translated into Brazilian Portuguese. The adapted scale showed evidence of a good understanding of its content, attested both by experts and members of the target population. Its internal consistency was 0.64. CONCLUSIONS The adapted instrument shows satisfactory internal consistency. It may be useful in future studies that intend to provide broad situational analysis that supports solid public health programs with a focus on effective stigma reduction. In a later study, the construct's validity, criterion, and reproducibility will be evaluated.

RESUMO OBJETIVO Descrever o processo de adaptação transcultural da "Explanatory Model Interview Catalogue - Stigma Scale" para pessoas afetadas por hanseníase no Brasil. MÉTODOS Após a autorização do autor da escala para seu uso no contexto nacional, deu-se início aos cinco passos do processo de adaptação transcultural: (1) tradução, (2) reunião de síntese, (3) retrotradução, (4) comitê de peritos e (5) pré-teste. A consistência interna da escala foi avaliada utilizando o coeficiente alfa de Cronbach. RESULTADOS Os 15 itens da versão original da escala foram traduzidos para a língua portuguesa do Brasil. A escala adaptada apresentou evidência de boa compreensão de seu conteúdo, atestada tanto por peritos como por membros da população alvo. Sua consistência interna foi de 0,64. CONCLUSÕES O instrumento adaptado apresenta consistência interna satisfatória. Pode ser útil em estudos futuros que intencionem viabilizar ampla análise situacional que sustente programas sólidos de saúde pública com enfoque na efetiva redução de estigma. Em estudo ulterior será avaliada a validade de constructo, critério e reprodutibilidade.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 2656 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
d: biblio-903291 LILACS-Express
Autor: Freitas, Bruna Hinnah Borges Martins de; Cortela, Denise da Costa Boamorte; Ferreira, Silvana Margarida Benevides.
Título: Trend of leprosy in individuals under the age of 15 in Mato Grosso (Brazil), 2001-2013 / Tendência da hanseníase em menores de 15 anos em Mato Grosso (Brasil), 2001-2013
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:28, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: State Secretariat of Health.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To identify the historical trend of leprosy epidemiological indicators in individuals under the age of 15 in the state of Mato Grosso. METHODS Descriptive study with trend analysis of leprosy indicators in individuals under the age of fifteen registered in the Mato Grosso's System for Notifiable Diseases between 2001 and 2013. We used the Prais-Winsten procedure for analyzing generalized linear regression at a significance level of 5%. We considered as increasing time series when the annual percent change was positive, decreasing when negative and stationary when there was no significant difference between its value and zero. RESULTS We analyzed 2455 cases of leprosy and the average detection rate in individuals under the age of fifteen was 22.7 per 100 thousand inhabitants. The trend of the general coefficient of incidence was decreasing, with an average annual rate of -5.5% (95%CI -7.5--3.5). Increasing trend was observed with an increase of 6.7% (95%CI 2.7-10.8) in the proportion of multibacillary cases, 9.4% (95%CI 4.4-14.7) of cases diagnosed with dimorphic clinical form and 14% (95%CI 7.9-20.4) of cases with physical disability level 2 at the time of diagnosis. There was an increasing trend in the average proportion of examined contacts, with a growth of 4.1% (95%CI 1.2-7.1) and average proportion of healing was precarious (39.7%), with stationary trend. CONCLUSIONS The historical trend of leprosy cases in individuals under the age of fifteen proved to be decreasing in the period, however the trends of epidemiological indicators such as the proportion of multibacillary cases, physical disability level 2 and healing, indicate late diagnosis with stay sources of transmission and consequent worsening of the disease in the state of Mato Grosso.

RESUMO OBJETIVO Identificar a tendência histórica dos indicadores epidemiológicos de hanseníase em menores de 15 anos no estado de Mato Grosso. MÉTODOS Estudo descritivo com análise de tendência dos indicadores de hanseníase em menores de 15 anos registrados no Sistema Nacional de Agravos de Notificação de Mato Grosso, no período de 2001 a 2013. Utilizou-se o procedimento de Prais-Winsten para análise de regressão linear generalizada, adotando-se nível de significância de 5%. Consideraram-se como série temporal crescente quando a annual percent change era positiva, decrescente quando negativa e estacionária quando não havia diferença significante entre seu valor e o zero. RESULTADOS Foram analisados 2.455 casos de hanseníase e o coeficiente médio de incidência em menores de 15 anos foi de 22,7/100 mil habitantes. A tendência geral do coeficiente de incidência foi decrescente, com uma annual percent change de -5,5% (IC95% -7,5-3,5). Observou-se tendência de crescimento, com incremento de 6,7% (IC95% 2,7-10,8) na proporção dos casos multibacilares, de 9,4% (IC95% 4,4-14,7) nos casos com forma clínica dimorfa e de 14% (IC95% 7,9-20,4) nos casos com incapacidade física grau 2 no momento do diagnóstico da doença. Verificou-se crescimento na proporção dos contatos de casos novos examinados, com incremento de 4,1% (IC95% 1,2-7,1) e média da proporção de cura considerada precária (39,7%) com tendência estacionária. CONCLUSÕES A tendência histórica dos casos de hanseníase em menores de 15 anos mostrou-se decrescente no período. Entretanto, as tendências dos indicadores epidemiológicos, como a proporção de casos multibacilares, de incapacidade física grau 2 e de cura, indicam o diagnóstico tardio com permanência de fontes de transmissibilidade e consequente agravo da endemia no estado de Mato Grosso.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 2656 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
d: biblio-903274 LILACS-Express
Autor: Monteiro, Lorena Dias; Mota, Rosa Maria Salani; Martins-Melo, Francisco Rogerlândio; Alencar, Carlos Henrique; Heukelbach, Jorg.
Título: Social determinants of leprosy in a hyperendemic State in North Brazil / Determinantes sociais da hanseníase em um estado hiperendêmico da região Norte do Brasil
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:70, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To identify the socioeconomic, demographic, operational, and health service-related factors associated with the occurrence of leprosy in a hyperendemic State in North Brazil. METHODS This is an ecological study based on secondary data from the Sistema de Informações de Agravos de Notificação in municipalities of the State of Tocantins from 2001 to 2012. Units of analysis were the 139 municipalities of the State. Negative binomial log linear regression models were used to estimate incidence rate ratios. RESULTS In bivariate analysis, the incidence rate ratios were significantly higher for municipalities with higher income ratio of the poorest 20.0% (1.47; 95%CI 1.19-1.81) and better Municipal Human Development Index (1.53; 95%CI 1.14-2.06). In multivariate analysis, the incidence rate ratios were significantly higher in municipalities with higher proportion of immigrants (1.31; 95%CI 1.11-1.55) and higher proportion of households with waste collection (1.37; 95%CI 1.11-1.69). There was a significant reduction in the incidence rate ratio with increased coverage of the Bolsa Família Program (0.98; 95%CI 0.96-0.99). CONCLUSIONS Control programs need to focus on activities in municipalities of greater social vulnerability with intersectoral investment for the improvement of the living conditions of the population.

RESUMO OBJETIVO Identificar fatores socioeconômicos, demográficos, operacionais e de serviços de saúde associados à ocorrência da hanseníase em um estado hiperendêmico do norte do Brasil. MÉTODOS Estudo ecológico com dados secundários do Sistema de Informações de Agravos de Notificação em municípios do estado do Tocantins de 2001 a 2012. As unidades de análise foram os 139 municípios do estado. Modelos de regressão log linear binomial negativa foram utilizados para estimar as razões de taxas de incidência. RESULTADOS Na análise bivariada, a razão de taxa de incidência foi significativamente maior para os municípios com maior razão de renda dos 20,0% mais pobres (1,47; IC95% 1,19-1,81) e melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (1,53; IC95% 1,14-2,06). Na múltipla, a razão de taxa de incidência foi significativamente superior em municípios com maior concentração de imigrantes (1,31; IC95% 1,11-1,55) e proporção de domicílios com coleta de lixo (1,37; IC95% 1,11-1,69). Houve redução significativa da razão de taxa de incidência com o aumento da cobertura do programa bolsa família (0,98; IC95% 0,96-0,99). CONCLUSÕES Os programas de controle precisam focar as atividades em municípios de maior vulnerabilidade social com investimentos intersetoriais para a melhoria das condições de vida da população.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 2656 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
d: biblio-903230 LILACS-Express
Autor: Morgado, Fabiane Frota da Rocha; Silveira, Erika Maria Kopp Xavier da; Sales, Anna Maria; Nascimento, Lilian Pinheiro Rodrigues do; Sarno, Euzenir Nunes; Nery, José Augusto da Costa; Oliveira, Aldair J; Illarramendi, Ximena.
Título: Cross-cultural adaptation of the EMIC Stigma Scale for people with leprosy in Brazil / Adaptação transcultural da EMIC Stigma Scale para pessoas com hanseníase no Brasil
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:80, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE Describe the process of cross-cultural adaptation of the "Explanatory Model Interview Catalog - Stigma Scale" for people affected by leprosy in Brazil. METHODS After being authorized by the author of the scale to use it in the national context, we initiated the five steps process of cross-cultural adaptation: (1) translation, (2) synthesis meeting, (3) back-translation, (4) committee of experts and (5) pre-test. The internal consistency of the scale was evaluated using Cronbach's alpha coefficient. RESULTS The 15 items of the scale's original version were translated into Brazilian Portuguese. The adapted scale showed evidence of a good understanding of its content, attested both by experts and members of the target population. Its internal consistency was 0.64. CONCLUSIONS The adapted instrument shows satisfactory internal consistency. It may be useful in future studies that intend to provide broad situational analysis that supports solid public health programs with a focus on effective stigma reduction. In a later study, the construct's validity, criterion, and reproducibility will be evaluated.

RESUMO OBJETIVO Descrever o processo de adaptação transcultural da "Explanatory Model Interview Catalogue - Stigma Scale" para pessoas afetadas por hanseníase no Brasil. MÉTODOS Após a autorização do autor da escala para seu uso no contexto nacional, deu-se início aos cinco passos do processo de adaptação transcultural: (1) tradução, (2) reunião de síntese, (3) retrotradução, (4) comitê de peritos e (5) pré-teste. A consistência interna da escala foi avaliada utilizando o coeficiente alfa de Cronbach. RESULTADOS Os 15 itens da versão original da escala foram traduzidos para a língua portuguesa do Brasil. A escala adaptada apresentou evidência de boa compreensão de seu conteúdo, atestada tanto por peritos como por membros da população alvo. Sua consistência interna foi de 0,64. CONCLUSÕES O instrumento adaptado apresenta consistência interna satisfatória. Pode ser útil em estudos futuros que intencionem viabilizar ampla análise situacional que sustente programas sólidos de saúde pública com enfoque na efetiva redução de estigma. Em estudo ulterior será avaliada a validade de constructo, critério e reprodutibilidade.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 2656 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
d: biblio-903171 LILACS-Express
Autor: Freitas, Bruna Hinnah Borges Martins de; Cortela, Denise da Costa Boamorte; Ferreira, Silvana Margarida Benevides.
Título: Trend of leprosy in individuals under the age of 15 in Mato Grosso (Brazil), 2001-2013 / Tendência da hanseníase em menores de 15 anos em Mato Grosso (Brasil), 2001-2013
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:28, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: State Secretariat of Health.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To identify the historical trend of leprosy epidemiological indicators in individuals under the age of 15 in the state of Mato Grosso. METHODS Descriptive study with trend analysis of leprosy indicators in individuals under the age of fifteen registered in the Mato Grosso's System for Notifiable Diseases between 2001 and 2013. We used the Prais-Winsten procedure for analyzing generalized linear regression at a significance level of 5%. We considered as increasing time series when the annual percent change was positive, decreasing when negative and stationary when there was no significant difference between its value and zero. RESULTS We analyzed 2455 cases of leprosy and the average detection rate in individuals under the age of fifteen was 22.7 per 100 thousand inhabitants. The trend of the general coefficient of incidence was decreasing, with an average annual rate of -5.5% (95%CI -7.5--3.5). Increasing trend was observed with an increase of 6.7% (95%CI 2.7-10.8) in the proportion of multibacillary cases, 9.4% (95%CI 4.4-14.7) of cases diagnosed with dimorphic clinical form and 14% (95%CI 7.9-20.4) of cases with physical disability level 2 at the time of diagnosis. There was an increasing trend in the average proportion of examined contacts, with a growth of 4.1% (95%CI 1.2-7.1) and average proportion of healing was precarious (39.7%), with stationary trend. CONCLUSIONS The historical trend of leprosy cases in individuals under the age of fifteen proved to be decreasing in the period, however the trends of epidemiological indicators such as the proportion of multibacillary cases, physical disability level 2 and healing, indicate late diagnosis with stay sources of transmission and consequent worsening of the disease in the state of Mato Grosso.

RESUMO OBJETIVO Identificar a tendência histórica dos indicadores epidemiológicos de hanseníase em menores de 15 anos no estado de Mato Grosso. MÉTODOS Estudo descritivo com análise de tendência dos indicadores de hanseníase em menores de 15 anos registrados no Sistema Nacional de Agravos de Notificação de Mato Grosso, no período de 2001 a 2013. Utilizou-se o procedimento de Prais-Winsten para análise de regressão linear generalizada, adotando-se nível de significância de 5%. Consideraram-se como série temporal crescente quando a annual percent change era positiva, decrescente quando negativa e estacionária quando não havia diferença significante entre seu valor e o zero. RESULTADOS Foram analisados 2.455 casos de hanseníase e o coeficiente médio de incidência em menores de 15 anos foi de 22,7/100 mil habitantes. A tendência geral do coeficiente de incidência foi decrescente, com uma annual percent change de -5,5% (IC95% -7,5-3,5). Observou-se tendência de crescimento, com incremento de 6,7% (IC95% 2,7-10,8) na proporção dos casos multibacilares, de 9,4% (IC95% 4,4-14,7) nos casos com forma clínica dimorfa e de 14% (IC95% 7,9-20,4) nos casos com incapacidade física grau 2 no momento do diagnóstico da doença. Verificou-se crescimento na proporção dos contatos de casos novos examinados, com incremento de 4,1% (IC95% 1,2-7,1) e média da proporção de cura considerada precária (39,7%) com tendência estacionária. CONCLUSÕES A tendência histórica dos casos de hanseníase em menores de 15 anos mostrou-se decrescente no período. Entretanto, as tendências dos indicadores epidemiológicos, como a proporção de casos multibacilares, de incapacidade física grau 2 e de cura, indicam o diagnóstico tardio com permanência de fontes de transmissibilidade e consequente agravo da endemia no estado de Mato Grosso.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 2656 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
d: biblio-903154 LILACS-Express
Autor: Monteiro, Lorena Dias; Mota, Rosa Maria Salani; Martins-Melo, Francisco Rogerlândio; Alencar, Carlos Henrique; Heukelbach, Jorg.
Título: Social determinants of leprosy in a hyperendemic State in North Brazil / Determinantes sociais da hanseníase em um estado hiperendêmico da região Norte do Brasil
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:70, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To identify the socioeconomic, demographic, operational, and health service-related factors associated with the occurrence of leprosy in a hyperendemic State in North Brazil. METHODS This is an ecological study based on secondary data from the Sistema de Informações de Agravos de Notificação in municipalities of the State of Tocantins from 2001 to 2012. Units of analysis were the 139 municipalities of the State. Negative binomial log linear regression models were used to estimate incidence rate ratios. RESULTS In bivariate analysis, the incidence rate ratios were significantly higher for municipalities with higher income ratio of the poorest 20.0% (1.47; 95%CI 1.19-1.81) and better Municipal Human Development Index (1.53; 95%CI 1.14-2.06). In multivariate analysis, the incidence rate ratios were significantly higher in municipalities with higher proportion of immigrants (1.31; 95%CI 1.11-1.55) and higher proportion of households with waste collection (1.37; 95%CI 1.11-1.69). There was a significant reduction in the incidence rate ratio with increased coverage of the Bolsa Família Program (0.98; 95%CI 0.96-0.99). CONCLUSIONS Control programs need to focus on activities in municipalities of greater social vulnerability with intersectoral investment for the improvement of the living conditions of the population.

RESUMO OBJETIVO Identificar fatores socioeconômicos, demográficos, operacionais e de serviços de saúde associados à ocorrência da hanseníase em um estado hiperendêmico do norte do Brasil. MÉTODOS Estudo ecológico com dados secundários do Sistema de Informações de Agravos de Notificação em municípios do estado do Tocantins de 2001 a 2012. As unidades de análise foram os 139 municípios do estado. Modelos de regressão log linear binomial negativa foram utilizados para estimar as razões de taxas de incidência. RESULTADOS Na análise bivariada, a razão de taxa de incidência foi significativamente maior para os municípios com maior razão de renda dos 20,0% mais pobres (1,47; IC95% 1,19-1,81) e melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (1,53; IC95% 1,14-2,06). Na múltipla, a razão de taxa de incidência foi significativamente superior em municípios com maior concentração de imigrantes (1,31; IC95% 1,11-1,55) e proporção de domicílios com coleta de lixo (1,37; IC95% 1,11-1,69). Houve redução significativa da razão de taxa de incidência com o aumento da cobertura do programa bolsa família (0,98; IC95% 0,96-0,99). CONCLUSÕES Os programas de controle precisam focar as atividades em municípios de maior vulnerabilidade social com investimentos intersetoriais para a melhoria das condições de vida da população.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 2656 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
d: biblio-901763 LILACS-Express
Autor: Morales Peralta, Estela; Hernández Pérez, Yadira; Peñalver Morales, Kilenda; Lamas Torres, Yulié; Rumbaut Castillo, Raisa; Collazo Mesa, Teresa.
Título: Asociación de los polimorfismos T352C y A16974C con la lepra lepromatosa en pacientes cubanos / Association of T352C and A16974C polymorphisms with lepromatose leprosy in cuban patients
Fonte: Rev. habanera cienc. méd;16(5):700-710, set.-oct. 2017. ilus.
Idioma: es.
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  10 / 2656 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
d: biblio-901750 LILACS-Express
Autor: Brito Chávez, Mayta; Mena Pérez, Rafael; Gil Mejías, José Rogelio.
Título: Fractura luxación de Lisfranc en un paciente con enfermedad de Hansen. Presentación de caso / Lisfranc fracture-dislocation in a patient with Hansen´s Disease. Case presentation
Fonte: Rev. habanera cienc. méd;16(4):579-585, jul.-ago. 2017. ilus.
Idioma: es.
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional



página 1 de 266 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde