Base de dados : LILACS
Pesquisa : Hanseníase
Referências encontradas : 2535 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 254 ir para página                         

  1 / 2535 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: BIBLIO-833138 LILACS-Express
Autor: Basso, Maria Eduarda de Macêdo; Silva, Rodrigo Luís Ferreira da.
Título: Perfil clínico-epidemiológico de pacientes acometidos pela hanseníase atendidos em uma unidade de referência / Clinical and epidemiological profile of patients affected by Leprosy seen in a reference unit
Fonte: Rev. Soc. Bras. Clín. Méd;15(1):32-32, 2017.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Descrever o perfil clínico-epidemiológico de pacientes acometidos pela hanseníase. MÉTODOS: Estudo transversal-observacional realizado em uma unidade de referência com 52 indivíduos afetados pela hanseníase, de ambos os sexos,maiores de 18 anos. Para a coleta de dados, utilizaram-se um questionário socioeconômico e clínico, e a Avaliação Neurológica Simplificada para a determinação do grau de incapacidade física preconizado pelo Ministério da Saúde. RESULTADOS: Observou-se o predomínio do sexo masculino (76,92%), com faixa etária entre 41 e 50 anos (30,76%), solteiros (46,15%), com Ensino Fundamental incompleto (51,92%), residindo no município de Santarém (84,61%), lavradores (36,53%), sem exercer nenhuma atividade laboral (73,08%), sem receber benefício da previdência social (73,08%), com renda mensal entre um e dois salários mínimos (55,76%), com classificação operacional multibacilar (96,15%), forma clínica dimorfa (32,69%), com alta da poliquimioterapia (65,38%) e que não realizavam tratamento medicamentoso para quadros reacionais (63,43%).O grau I de incapacidade física foi o mais frequente (50%), seguido do grau II (40,39%). CONCLUSÃO: Mais pesquisas regionais devem ser realizadas para a compreensão dos fatores que contribuem para a manutenção da endemia na região estudada. Ações de vigilância epidemiológica devem ser intensificadas para a realização do diagnóstico e do tratamento precoce da hanseníase na região.

OBJECTIVE: To describe the clinical and epidemiological profile of patients affected by leprosy. METHODS: Crosssectional, observational study conducted in a Reference Unit with 52 individuals of both genders, over 18 years, affected by leprosy. For data collection a socioeconomic and clinical questionnaire, and the Simplified Neurological Assessment was used for determining the degree of physical disability recommended by the Ministry of Health. RESULTS: The predominance of males (76.92%) was observed. They were between 41 and 50 years (30.76%), single (46.15%), with incomplete primary education (51.92%), residing in the city of Santarém (84.61%), farmers (36.53%), who have no work activity (73.08%) and do not receive the social security benefit (73.08%), with monthly income between one and two minimum wages (55.76%), multibacillary operational classification (96.15%), clinical dimorphic form (32.69%), with high multidrug therapy (65.38%), and who were not under drug treatment for drug reaction cases (63.43%). Grade I physical disability was the most frequent (50%), followed by grade II (40.39%). CONCLUSION: More regional researches should be performed to understand the factors contributing to the endemic continuation in the studied region. Epidemiological surveillance actions must be intensified for the diagnosis and early treatment of leprosy in the region.
Responsável: BR1610.9 - Regional São Paulo


  2 / 2535 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: BIBLIO-832994 LILACS-Express
Autor: Gordon, Ariadne Siqueira de Araujo; Gomes, Janildes Maria Silva; Costa, Ana Cristina Pereira de Jesus; Serra, Maria Aparecida Alves de Oliveira; Santos Neto, Marcelino; Xavier, Marilia Brasil.
Título: INCIDÊNCIA DE HANSENÍASE EM MENORES DE 15 ANOS ACOMPANHADOS NO MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ, MARANHÃO, ENTRE 2004 E 2010 / INCIDENCE OF LEPROSY IN PATIENTS AGED 15 OR YOUNGER CARED IN THE MUNICIPALITY OF IMPERATRIZ, MARANHÃO, BETWEEN 2004 AND 2010
Fonte: Arq. ciências saúde UNIPAR;21(1), jan.-abr. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se estimar a incidência global e em casos índices de hanseníase e traçar o perfil sócio demográfico em menores de 15 anos no município de Imperatriz, Maranhão. Realizou-se um estudo longitudinal retrospectivo dos casos de hanseníase no município, utilizando-se dados obtidos das notificações do agravo junto ao SINAN NET. A população do estudo compreendeu 284 casos novos notificados no período entre 2004 e 2010. A análise dos dados utilizou os testes Qui-quadrado de Pearson ou o Exato de Fischer. Evidenciou-se elevados coeficientes de detecção no ano de 2005 (83,38/ 100.000 hab.), incapacidade física no diagnóstico em 2004 (39,62%.) e de contatos examinados (24,44%). Houve predomínio de casos no sexo masculino (51,06%), cor parda (55,65%), faixa etária de 10­14 anos (60,22%) e com escolaridade média de 6­11 anos (59,8%). A maioria das formas clínicas notificadas foi do tipo indeterminada (40,13 %), tendo como predominante o grau de incapacidade física II (21,1 %). Não foram estatisticamente significantes as diferenças proporcionais entre as formas clínicas (p-valor=0,056); ao passo que a escolaridade apresentou associação significativa (p<0,0001) com a ocorrência da doença entre menores de 15 anos de idade. Conclui-se que a hanseníase continua uma doença de fácil disseminação, considerando a frequência de casos novos.

The purpose of this study was to estimate the global incidence and cases indexes of leprosy and to design the socio-demographic profile in children under 15 years of age in the municipality of Imperatriz, in the state of Maranhão, Brazil. A longitudinal retrospective study of leprosy cases in the municipality was performed, using information generated by the disease reports in SINAN NET. Data collection included 284 patients reported from 2004 to 2010, classified as new cases. Data analysis used Pearson's Chi-square test or Fisher's exact test. There were high detection coefficients in 2005 (83.38/100.000 inhabitants), physical incapacity in the diagnosis in 2004 (39.62%) and in examined contacts (24.44%). There was a predominance of male (51.06%), brown color (55.65%), aged between 10-14 years (60.22%), and average schooling of 6-11 years (59.8%). Most of the clinical forms reported were of the indeterminate type (40.13%), with predominance of physical incapacity degree II (21.1%). The proportional differences between the clinical forms (p-value = 0.056) were not statistically significant, while schooling presented a significant association (p <0.0001) with the occurrence of the disease among children under 15 years of age. It can be concluded that leprosy remains a disease with easy spread when considering the rate of new cases.
Responsável: BR1532.9 - CEDIC - Coordenadoria de Editoração e Divulgação Científica


  3 / 2535 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lana, Francisco Carlos Felix
Texto completo
d: BIBLIO-832370 LILACS-Express
Autor: Ribeiro, Gabriela de Cássia(aut); Fabri, Angélica da Conceição Oliveira Coelho(aut); Amaral, Evaldo Pinheiro(aut); Machado, Ísis Eloah(aut); Lana, Francisco Carlos Félix(aut).
Título: Estimativa da prevalência oculta da hanseníase na microrregião de Diamantina - Minas Gerais / Estimate of hidden prevalence of leprosy in the Diamantina micro-region - Minas Gerais / Estimativa de prevalencia oculta de lepra en la microrregión de Diamantina-Minas Gerais
Fonte: Rev. eletrônica enferm;16(4):[8]-735, 20143112.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo com objetivo deestimar prevalência oculta de hanseníase na microrregião de Diamantina. Utilizou metodologia proposta pelas Organizações Pan-Americana e Mundial de Saúde. Características clínicas e epidemiológicas foram coletadas do Sistema de Informação de Agravos de Notificação, entre 2006 e 2010. Foram notificados 91 casos de hanseníase que correspondem a um coeficiente médio de detecção 11,1/100.000 habitantes. Verificou-se alta prevalência oculta (72 casos), predomínio da forma clínica dimorfa (57,1%), alto percentual de casos diagnosticados com incapacidade física (78,7%) e baixa detecção por busca ativa (16,5%). Serviços de saúde apresentam dificuldades em detectar precocemente casos de hanseníase, contribuindo para alta prevalência oculta e manutenção da cadeia epidemiológica da doença. Este estudo contribui para sensibilizar gestores a inserir a hanseníase no calendário anual de atividades prioritárias de saúde e elaborar estratégias de educação em saúde que visem à interrupção da cadeia de transmissão.

This study sought to estimate the hidden prevalence of leprosy in the Diamantina micro-region, using the methodology proposed by the Pan-American and World Health Organizations. The clinical and epidemiological characteristics were collected from the Notifiable Diseases Information System between 2006 and 2010. Ninety-one cases of leprosy were reported - mean detection rate of 11.1/100,000 inhabitants. There was a high hidden prevalence (72 cases), predominance of the clinical borderline type (57.1%), high percentage diagnosed with physical disability (78.7%) and low active search detection (16.5%). Health services have difficulties in early detection of leprosy, contributing to high hidden prevalence and maintenance of the disease's epidemiological chain. This study encourages managers to include leprosy in the annual calendar of priority health activities and to develop health education strategies to break the transmission of leprosy.

Se objetivó estimar la prevalencia oculta de lepra en la microrregión de Diamantina. Se utilizó metodología propuesta por las Organizaciones Panamericana y Mundial de la Salud. Características clínicas y epidemiológicas obtenidas del Sistema de Información de Enfermedades de Notificación entre 2006 y 2010. Fueron notificados 91 casos de lepra, correspondientes a un coeficiente promedio de detección 11,1/100.000 habitantes. Se verificó alta prevalencia oculta (72 casos), predominio de forma clínica dimorfa (57,1%), alto porcentaje de datos diagnosticados con incapacidad física (78,7%) y baja detección por búsqueda activa (16,5%). Los servicios de salud tienen dificultades para detectar preventivamente la lepra, facilitando alta prevalencia oculta y sostenimiento de la cadena epidemiológica de la enfermedad. El estudio pretende llamar la atención de los gestores, insertar la lepra en el calendario anual de actividades prioritarias de salud, y elaborar estrategias educativas sanitarias que promuevan la interrupción de la cadena de transmisión de la lepra.
Responsável: BR1854.9 - Faculdade de Enfermagem


  4 / 2535 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: BIBLIO-832243 LILACS-Express
Autor: Saltarelli, Rafaela Magalhães Fernandes; Seixas, Denize Helena Terenzi.
Título: LIMITES E POSSIBILIDADES NA ATENÇÃO AO PORTADOR DE HANSENÍASE NO ÂMBITO DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA / Limits and Possibilities in Care Bearer of leprosy within the Family Health Strategy
Fonte: Rev. APS;19(4):622-622, out. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: A magnitude e a transcendência da hanseníase nos indicadores brasileiros fizeram com que esse problema fosse incluído nas ações da Atenção Primária à Saúde (APS) a serem desenvolvidas a partir de diretrizes políticas da assistência à saúde no Brasil. Na prática, entretanto, observa-se que as ações para a eliminação da hanseníase se encontram centralizadas e pouco difundidas dentro do trabalho das Equipes de Saúde da Família (ESFs). O presente estudo teve como objetivo analisar os limites e as possibilidades de implantação do Programa Nacional de Controle da Hanseníase (PCNH) nas equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF). Utilizou-se como metodologia a revisão integrativa. Apesar dos poucos registros de estudos no Brasil avaliando a relação entre os indicadores epidemiológicos e as ações de intervenção da doença, percebe-se que a descentralização é um instrumento capaz de ampliar o acesso aos serviços de saúde, possibilitando a integração das atividades de detecção precoce de casos novos, tratamento poliquimioterápico, prevenção de incapacidades e vigilância de comunicantes. Algumas experiências encontradas na literatura evidenciaram que é possível implantar o PNCH nas unidades do PSF, mas que, para isso, é preciso superar os limites relatados nesse trabalho, assim como garantir um sistema efetivo de referência e de contrarreferência.

The magnitude and transcendence indicators of leprosy in Brazil made this issue to be included in the group of the strategic areas of Primary Health Care, developed by the municipalities from the recent guidelines on decentralization and regionalization of healthcare in the country. Although there is this indicator in the policy guidelines, in practice it is observed that the actions for the elimination of leprosy are still centralized and less widespread within the work of Family Health Teams (ESF's). This study aimed to analyze the limits and possibilities of implementation of the National Leprosy Control (PCNH) teams in the Family Health Program (PSF). The methodology used was an integrative review. Despite there are few reports of studies in Brazil assessing the relationship between the operational strategies and epidemiological indicators about the disease, it is clear that decentralization is an instrument capable of expanding access to health services, enabling the integration of activities early detection of new cases, chemotherapy treatment, disability prevention and surveillance of contacts. Some experiences in literature showed that one can deploy PNCH in the units of PSF, but for that, it is needed to overcome the limits reported in this work, as well as ensuring an effective system of reference and counter reference.
Responsável: BR1861.9


  5 / 2535 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: BIBLIO-832204 LILACS-Express
Autor: Silva, Jefferson Carlos Araujo; Ribeiro, Mara Dayanne Alves; Oliveira, Sabrynna Brito.
Título: Avaliação do nível de informação sobre hanseníase dos agentes comunitários de saúde / Assessment of the level of information on leprosy by community health workers / Evaluación del nivel de información de los agentes comunitários de salud sobre la lepra
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;29(3):[7]-370, jul.-set.2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar o nível de informação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) sobre a hanseníase e os aspectos como diagnóstico, cura, tratamento e transmissão. Métodos: Tratase de uma pesquisa quantitativa, descritiva e transversal. Para a coleta de dados utilizou-se um questionário com perguntas objetivas divididas em tópicos sobre a doença: aspectos gerais (bloco 1), diagnóstico (bloco 2), transmissão (bloco 3) e tratamento (bloco 4) da hanseníase, aplicado a 43 ACS de Cocal, Piauí, entre janeiro e março de 2016. Os participantes tinham como opções de respostas: sim, não e não sei responder. Resultados: Foi observado um nível de conhecimento "bom" para o bloco 3, "regular" para os blocos 1 e 4 e "ruim" para o bloco 2. Quando analisado o panorama geral, o conhecimento dos ACS foi considerado regular. Conclusão: Os resultados obtidos nesta pesquisa evidenciaram um nível de informação aquém do esperado para os ACS sobre os principais aspectos da hanseníase, fazendo-se necessário que maior atenção seja dada na educação permanente em saúde desse profissional.

Objective: To assess the level of information of Community Health Workers (CHW) regarding leprosy and aspects such as diagnosis, cure, treatment and transmission. Methods: This is a quantitative descriptive cross-sectional study. Data were collected using a questionnaire with closed-ended questions divided into topics about the disease - general aspects (block 1), diagnosis (block 2), transmission (block 3) and treatment (block 4) of leprosy - applied to 43 CHWs from Cocal, Piauí from January to March 2016. Participants had to choose between the response options: yeas, no or do not know. Results: the level of knowledge was "good" in block 3, "regular" in blocks 1 and 4 and "poor" in block 2. Considering the general overview, CHWs knowledge was considered fair. Conclusion: The results obtained in this study showed a performance below expectations for CHWs regarding the main aspects of leprosy, pointing out that more attention should be given to the continuing health education of this professional.

Objetivo: Evaluar el nivel de información de los Agentes Comunitarios de Salud (ACS) sobre la lepra y sus aspectos como el diagnóstico, la cura, el tratamiento y la transmisión. Métodos: Se trata de una investigación cuantitativa, descriptiva y transversal. Para la recogida de datos se utilizó una encuesta con preguntas tipo test divididas en tópicos sobre la enfermedad: los aspectos generales (bloque 1), el diagnóstico (bloque 2), la transmisión (bloque 3) y el tratamiento (bloque 4) de la lepra que fue aplicada a 43 ACS de Cocal, Piauí, entre enero y marzo de 2016. Los participantes tenían como opciones de respuestas: sí, no y no sé contestar. Resultados: Se observó un nivel de conocimiento "bueno" para el bloque 3, "regular" para los bloques 1 y 4 y "malo" para el bloque 2. El conocimiento de los ACS fue considerado regular tras analizar el panorama general. Conclusión: Los resultados de esta investigación evidenciaron un nivel de información mayor de lo que se esperaba de los ACS sobre los principales aspectos de la lepra, señalando la necesidad de más atención para la educación permanente en salud de ese profesional.
Responsável: BR1881.9


  6 / 2535 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: BIBLIO-832015 LILACS-Express
Autor: Ferreira, Luiz Oscar Cardoso(aut); Andrade, Antonio Reldismar de(aut); Santos, Tania Maria Ferreira dos(aut); Melo, Mirella Cristina Bezerra de(aut); Rocha, Tathiana Teles de Andrade(aut).
Título: Prevalência de hanseníase em mulheres privadas de liberdade na região metropolitana do Recife em 2013 / Prevalence of imprisoned females with hansen´s disease in the metropolitan region of Recife in 2013
Fonte: Saude e pesqui. (Impr.);9(2):233-233, maio-ago. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo desse estudo é conhecer a prevalência da hanseníase e o perfil epidemiológico das mulheres privadas de liberdade na Região Metropolitana do Recife. Trata-se de um estudo de corte transversal, censitário, mediante coleta de dados por entrevistas e exames dermatológicos. Foram estudadas 1.154 mulheres, destas 81,8% são brancas, 19,5% são analfabetas, 32,4% são pertencentes às classes econômicas D e E. Detectaram-se 45 portadoras de hanseníase (forma indeterminada = 1; tuberculóide = 16; dimorfa = 28), obtendo-se prevalência de 3,9%. A maior prevalência ocorreu nas analfabetas (4,9%); a unidade prisional com mais tempo de confinamento apresentou maior prevalência. A cor da pele escura é fator de risco para ocorrência da hanseníase (p-valor: < 0,001); as portadoras de hanseníase eram mais jovens que as não portadoras da doença, no entanto não apresentando significância estatística. As mulheres privadas de liberdade apresentam elevada prevalência para a hanseníase, caracterizando-se por ser uma população de alta vulnerabilidade, conduzindo a necessidade de priorizar ações de vigilância à saúde nessa população.

The prevalence of Hansen´s disease and the epidemiological profile of imprisoned females in the metropolitan region of Recife, Brazil, are investigated. Current transversal and census study was undertaken by data collection derived from interviews and dermatological tests. One thousand, one hundred and fifty-four females were studied, featuring 81.8% white people, 19.5% illiterate; 32.4% from economic classes D and E. Forty-five were suffering from Hansen´s disease (undetermined=1; tuberculoid=16; dimorphous=28), with 3.9% prevalence. Greater prevalence occurred with illiterate females (4.9%) and in those with more confinement time. Black skin is a risk factor for Hansen´s disease (p-rate: <0.001) and younger females with the disease were more numerous than those without, albeit with no significantly statistical difference. Imprisoned females had a high prevalence for Hansen´s disease due to high vulnerability, requiring priority in health care in this population.
Responsável: BR1934.9 - UniCesumar - Centro Universitário de Maringá


  7 / 2535 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831920
Autor: Araújo, Yana Balduíno de; Rezende, Laura Cristhiane Mendonça; Queiroga, Márcia Mayara Dias de; Santos, Sérgio Ribeiro dos.
Título: Sistemas de Informação em Saúde: inconsistências de informações no contexto da Atenção Primária / Information Systems in Health: inconsistencies of information in the context of Primary Care / Sistemas de Información en Salud: inconsistencias de la información en el contexto de la Atención Primaria
Fonte: J. health inform;8(Especial):[7]-170], 20161200. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Este artigo pretende comparar os dados referentes à hipertensão, diabetes, tuberculose e hanseníase entre o SIAB e os sistemas SISHIPERDIA e SINAN. Método: Trata-se de um estudo transversal de caráter descritivo, com abordagem quantitativa, realizado a partir dos dados de UBS pertencentes ao território do Distrito Sanitário III do município de João Pessoa-PB, considerando a série histórica produzida por estes sistemas no período de julho a dezembro de 2013. Resultados: Os resultados mostram as divergências encontradas entre estes sistemas de informações. Comparando-se o SIAB e o HIPERDIA, este apresentou um número superior de cadastrados, já o inverso ocorreu com os dados apresentados pelo SINAN, pois esse sistema apresentou um quantitativo de cadastros inferior ao SIAB. Conclusão: observou-se que a fragmentação dos referidos sistemas gera excesso e duplicidade de informações, dificultando o cruzamento e a consolidação de dados importantes para o processo de tomada de decisão na atenção primária à saúde.

Objective: This article aims to compare the data of hypertension, diabetes, tuberculosis, and leprosy between SIAB, SISHIPERDIA, and SINAN systems. Method: This is a cross-sectional descriptive study with quantitative approach. The data were obtained from the Basic Health Units within Sanitary District III of the city of João Pessoa-PB in Brazil. It was considered the historical series produced by these systems in the period of July to December 2013. Results: The results show the differences between these information systems. Comparing SIAB and HIPERDIA systems, the last presented a higher number of registered users, although the reverse occurred with the data presented by SINAN because it showed less registered users than SIAB. Conclusion: It was seen that fragmentation of these systems generate excess and duplication of information, making it difficult to cross and consolidate data that are important for decision-making in the primary health care procedures.

Objetivo: El presente artículo tiene como objetivo comparar los datos sobre la hipertensión, la diabetes, la tuberculosis y la lepra entre SIAB y sistemas SISHIPERDIA y SINAN. Método: Se realizó un estudio descriptivo transversal, con abordaje cuantitativo, realizado a partir de datos de UBS que pertenecen al territorio de la Jurisdicción Sanitaria III de la ciudad de João Pessoa-PB, considerando la serie histórica producida por estos sistemas en el período julio a diciembre de 2013. Resultados: Los resultados muestran las diferencias encontradas entre estos sistemas de información. Comparando el SIAB y el HIPERDIA, este presenta un mayor número de domicilio desde la inversa ocurrió con los datos presentados por el SINAN porque este sistema mostró un cuantitativos entradas inferiores a la SIAB. Conclusión: Se observó que la fragmentación de estos sistemas generan exceso y la duplicación de la información, por lo que es difícil de cruzar y la consolidación de los datos importantes para la toma de decisiones en la atención primaria de salud.
Descritores: Sistemas de Informação em Saúde
Atenção Primária à Saúde
Tomada de Decisões
-Estudos Transversais
Epidemiologia Descritiva
Análise Quantitativa
Hipertensão
Diabetes Mellitus
Tuberculose
Hanseníase
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  8 / 2535 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831471
Autor: Rodrigues, Rayssa Nogueira.
Título: Análise espacial da hanseníase no município de Belo Horizonte e sua relação com o índice de vulnerabilidade da saúde / Spatial analysis of leprosy in the city of Belo horizonte and its relationship with the Health Vulnerability Index.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. 89 p. mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A hanseníase configura até hoje um importante problema de saúde pública no Brasil. Dados recentes apontam que o país permanece na segunda posição em número absoluto de casos. Dentro do país, o quadro é ainda mais diversificado, havendo uma maior concentração entre as camadas mais pobres da população. Dessa forma, o conhecimento de sua distribuição espacial e de suas relações com as condições de vida adversas torna-se fundamental na formulação e implementação de estratégias visando o seu controle. O objetivo deste estudo foi analisar a distribuição espacial dos casos de hanseníase no município de Belo Horizonte e sua relação com o Índice de Vulnerabilidade da Saúde (IVS). Trata-se de um estudo ecológico. Para refletir as condições de vida adversas, utilizou-se o IVS 2012, indicador composto elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte (SMSA-BH). Os dados sobre a doença foram retirados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) e as coordenadas geográficas do Sistema de Vigilância Epidemiológica (SISVE). A base cartográfica em formato digital e georreferenciada foi disponibilizada pela SMSA-BH. Inicialmente foi feita uma análise considerando o município como unidade indivisível. Comparou-se indicadores epidemiológicos e operacionais da hanseníase com os parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde e aos resultados descritos em outros trabalhos sobre o tema existentes na literatura científica. Em seguida, foram georreferenciados os endereços de residência dos casos e calculado o coeficiente de detecção por setor censitário. O método Bayesiano Empírico Global foi utilizado para se obter uma taxa de detecção de hanseníase suavizada. Essas análises e a confecção dos mapas foram feitas no software R, versão 3.2.1. O software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) for Windows versão 19 foi utilizado para o tratamento estatístico: estatística....

Leprosy is, until today, an important issue for Brazilian public health. Recent data point to the country remaining in second position in the absolute number of cases. Within the country, the condition is even more diversified, with a higher concentration of among the poorer layers of the population. Thus, the knowledge of its spatial distribution, and its relations with adverse life conditions, is fundamental for formulating and implementing control strategies. The objective of this study was to analyze the spatial distribution of leprosy cases in the municipality of Belo Horizonte, Minas Gerais, and its relations to the Health Vulnerability Index (HVI). This is an ecological study. To reflect the adverse life conditions, we used the HVI 2012, composite indicator elaborated by the Municipal Secretariat of Health of Belo Horizonte (SMSA-BH). The data regarding this disease were obtained from the Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), and the geographical coordinates, obtained from the Sistema de Vigilância Epidemiológica (SISVE). The cartographic basis, in digital and georeferenced formats, was made available by the SMSA-BH. Initially, we conducted an analysis considering the municipality as an indivisible unit. We compared the epistemological and operational indicators of leprosy to the parameters established by the Ministry of Health and to other results described in other papers concerning this theme. Subsequently, the home addresses of the cases were georeferenced and calculated the rate of detection by census tract. The Global Empirical Bayesian method was used in order to obtain a mellowed leprosy detection rate. These analyses, as well as the confection of the maps, were done using the R software, version 3.2.1. Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) for Windows version 19 was used for statistical analysis: descriptive statistics...
Descritores: Análise Espacial
Hanseníase/epidemiologia
Vulnerabilidade em Saúde
-Brasil/epidemiologia
Estudos Ecológicos
Controle de Doenças Transmissíveis/métodos
Condições Sociais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1, ROAN; T-WC335


  9 / 2535 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831461
Autor: Fabri, Angélica da Conceição Oliveira Coelho.
Título: Análise comparativa da reatividade anti-LID-1, NDO-LID, NDO-HSA e PGL-1 em hanseníase / Comparative analysis of the reactivity anti-LID-1, NDO-LID, NDO-HSA and PGL-1 in leprosy.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. 124 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A infecção subclínica pode ser avaliada por meio de teste sorológico, que determina imunoglobulinas circulantes. O objetivo do presente estudo foi analisar a reatividade de diferentes antígenos em casos novos de hanseníase, contatos domiciliares de casos e em população de área endêmica, com o intuito de identificar o melhor antígeno para o diagnóstico sorológico da hanseníase e detecção de indivíduos infectados pelo Mycobacterium leprae.Trata-se de um estudo transversal de natureza exploratória e analítica. A reatividade anti-LID-1, NDO-LID, NDO-HSA e PGL-1 foi avaliada por meio do enzyme-linked immunosorbentassay. Foram analisadas amostras de sangue total em papel de filtro Whatman de 2494indivíduos da população de sete municípios da microrregião de Almenara e de soro de 94casos novos de hanseníase e 104 contatos domiciliares de casos residentes no município de Uberlândia. O Banco de Dados foi criado no Software Epi Info versão 3.5.1 e análise realizada no software Statistical Package for the Social Sciences for Windows 18 e no GraphPad Prism versão 5. Para análise estatística foram utilizados os seguintes testes: Kolmogorov-Smirnov, Kruskal-Wallis one-way (H), Mann-Whitney (U) com correção de Bonferroni, kappa, Spearman (rho), teste Qui-quadrado de Pearson e regressão logística binária. Foi observado maior soropositividade no grupo de casos multibacilares (MB), em contatos domiciliares de casos MB e nos indivíduos residentes nos municípios de Almenara e Jequitinhonha. Obteve-se correlação positiva entre a sorologia e o índice baciloscópico,concordância substancial e significativa no grupo de casos novos de hanseníase e correlação positiva para todos os antígenos testados. Os testes anti-LID-1 e anti-NDO-LID apresentaram melhor performance para identificar os contatos domiciliares e ou indivíduos da população...

The subclinical infection can be evaluated by serologic test which determine circulating immunoglobulins. The aim of this study was to analyze the reactivity of different antigens inleprosy cases, household contacts of index cases and the population of the endemic area toidentify the best antigen for the diagnosis of leprosy and detection of individuals infected with Mycobacterium leprae. It is a cross-sectional study of exploratory and analytical nature. There activity anti-LID-1, NDO-LID, NDO-HAS e PGL-1 were evaluated using the enzyme linke dimmunosorbent assay. The whole blood in What man filter paper of 2494 individuals from the general population of seven municipalities in the micro-Almenara and serum of 94 patients with leprosy and 104 household contacts of patients residing in Uberlândia were analyzed. The database was created in Epi Info software version 3.5.1 and analysis in the software Statistical Package for Social Sciences for Windows 18 and GraphPad Prism version5. For statistical analysis the following tests were used: Kolmogorov-Smirnov, Kruskal Wallisone-way (H), Mann-Whitney (U) with Bonferroni correction, kappa, Spearman (rho), chisquaretest of Pearson and binary logistic regression. Identied higher seropositivity in the group of MB patients, household contacts of MB patients and in individuals living in the municipalities of Almenara and Jequitinhonha. Observed positive correlation between serology test and bacterial index, substantial agreement and significant in patients positive and positive correlation for all antigens. The LID-1 and NDO-LID antigens showed greater ability to identify household contacts or the general population infected with M. leprae, but the performance of the NDO-LID was better. The native PGL-1 had higher seropositivity than the NDO-HSA for all clinical forms of leprosy and household contacts. The seropositivity prevalence in the general population was higher than the detection rate of leprosy...
Descritores: Hanseníase/diagnóstico
Mycobacterium leprae
-Fatores Socioeconômicos
Hanseníase/epidemiologia
Análise por Ativação/instrumentação
Testes Sorológicos/instrumentação
Estudos Transversais/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Meia-Idade
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1, FAAN; T-WC335


  10 / 2535 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831402
Autor: Araújo, Daniella Azevêdo Lobo de; Brito, Karen Krystine Gonçalves de; Santana, Emanuelle Malzac Freire de; Soares, Valéria Leite; Soares, Maria Júlia Guimarães Oliveira.
Título: Caracterização da qualidade de vida de pessoas com hanseníase em tratamento ambulatorial / Characteristics of people of quality of life with leprosy in outpatient treatment / Características de la gente de la calidad de vida con la lepra entratamiento ambulatorio
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);8(4):5010-5016, out.-dez. 2016. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: To characterize the quality of life of people with leprosy in outpatient treatment. Method: Exploratory-descriptive quantitative study with 59 subjects. To obtain the socioeconomic and clinical data of individuals used the questionnaire, and for the quality of life, the Short Medical Outcomes Study 36 - Item Short-Form Health Survey SF-36. Data analysis was adopted IBM SPSS statistical software. Results: 78% multibacillary; males 54.3%; mean age 45.9 years; economically active 67%. The SF-36 shows average scores calculated values up to score 50, but the physical and emotional aspects (score <50) Age was correlated to the areas of functional capacity and physical aspects, while sex was associated with mental health. Conclusion: The investigated population has adequate quality of life, though, it is observed that this is affected by the disease.

Objetivo: Caracterizar a qualidade de vida de pessoas com hanseníase em tratamento ambulatorial. Método: Estudo quantitativo exploratório descritivo com 59 sujeitos. Para obtenção dos dados socioeconômicos e clínicos dos indivíduos utilizou-se formulário próprio e para a qualidade de vida, o questionário Short Medical Outcomes Study 36 – Item Short-Form Health Survey, o SF-36. Para análise dos dados adotou-se o software estatístico IBM SPSS. Resultados: 78% multibacilares; sexo masculino 54,3%; idade média de 45,9 anos; economicamente ativos 67%. O SF-36 aponta escores médios calculados em valores acima ao escore 50, exceto os aspectos físicos e emocionais (escore < 50) A idade esteve correlacionada aos domínios de capacidade funcional e aspectos físicos, enquanto o sexo esteve associado à saúde mental. Conclusão: A população investigada apresenta qualidade de vida adequada, embora, observa-se que esta se encontra afetada pela doença.

Objetivo: Caracterizar la calidad de vida de las personas con lepra en tratamiento ambulatorio. Método: Estudio cuantitativo exploratorio descriptivo con 59 temas. Para obtener los datos socioeconómicos y clínicos de los individuos utilizaron el cuestionario, y para la calidad de vida, el Short Medical Outcomes Study 36 - Artículo Short-Form Health Survey SF-36. Se aprobó el análisis de datos de IBM SPSS software estadístico. Resultados: 78% multibacilar; varones 54.3%; edad media de 45,9 años; económicamente activa de 67%. El SF-36 muestra las puntuaciones medias calculadas valores de hasta anotar 50, pero los aspectos físicos y emocionales (puntuación <50) La edad se correlacionó con las áreas de la capacidad funcional y los aspectos físicos, mientras que el sexo se asocia con la salud mental. Conclusión: La población investigada ha adecuada calidad de vida, sin embargo, se observa que esta se ve afectada por la enfermedad.
Descritores: Hanseníase
Qualidade de Vida
Assistência Ambulatorial
-Brasil
Limites: Humanos
Responsável: BR1208.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição



página 1 de 254 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde