Base de dados : LILACS
Pesquisa : A01.378.610.400 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 432 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 44 ir para página                         

  1 / 432 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039893
Autor: Bocarde, Larissa; Porto, Jaqueline Mello; Freire Júnior, Renato Campos; Fernandes, Júlia Adorno; Nakaishi, Ana Paula Midori; Abreu, Daniela Cristina Carvalho de.
Título: Medo de quedas e força muscular do quadril em idosos independentes da comunidade / Miedo a caerse y fuerza muscular de cadera en ancianos independientes de la comunidad / Fear of falling and hip muscular strength in independent older adults of the community
Fonte: Fisioter. Pesqui. (Online);26(3):298-303, jul.-set. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO O medo de quedas pode fazer com que o idoso desenvolva estratégias que alteram o equilíbrio semiestático e dinâmico, predispondo-o a um risco aumentado de cair. A função muscular dos abdutores e adutores de quadril tem importante papel na manutenção da estabilidade postural. Entretanto, não se sabe se idosos com medo de cair apresentam maior comprometimento na função muscular do quadril. Assim, o objetivo foi comparar o pico de torque (PT) isométrico dos músculos abdutores e adutores de quadril entre idosos com e sem medo de quedas. Os participantes foram divididos em dois grupos: com (n=81) e sem (n=81) medo de quedas. O PT dos abdutores e adutores de quadril foi obtido com dinamômetro isocinético (System 4 Pro, Biodex, Nova York, EUA). A comparação do PT dos grupos foi realizada por meio de modelo linear geral univariado, ajustado pelas covariáveis idade, sexo, índice de massa corporal, nível de atividade física e histórico de quedas, utilizando o software SPSS 17.0, com nível de significância de 5%. Não houve diferença do PT abdutor e adutor do quadril entre os grupos após análise univariada com ajustamento. Observou-se que idosos com medo de quedas não apresentam prejuízos na função muscular dos estabilizadores de quadril quando comparados a idosos sem medo de quedas.

RESUMEN El miedo a caerse puede hacer que los ancianos desarrollen estrategias de alteración del equilibrio semiestático y dinámico, predisponiéndolos a un mayor riesgo de caídas. La función muscular de los abductores y de los aductores de cadera juega un papel importante en el mantenimiento de la estabilidad postural. Sin embargo, no se sabe si los ancianos con miedo a caerse tienen un mayor deterioro en la función muscular de la cadera. Por lo tanto, el objetivo fue comparar el torque máximo (TM) isométrico de los músculos abductores y aductores de cadera entre los ancianos con miedo y sin miedo a caerse. Los participantes se dividieron en dos grupos: con miedo a caerse (n=81) y sin (n=81) miedo a caerse. El TM de los abductores y aductores de cadera se obtuvo mediante la utilización del dinamómetro isocinético (System 4 Pro, Biodex, Nueva York, EE.UU.). La comparación del TM de los grupos se realizó mediante un modelo lineal general univariado, ajustado por covariables edad, género, índice de masa corporal, nivel de actividad física e historial de caídas, utilizando el software SPSS 17.0, con nivel de significancia del 5%. No hubo diferencias entre el TM del abductor y del aductor de cadera entre los grupos tras el análisis univariado con ajuste. Se observó que los ancianos con miedo a caerse no presentaron daños en la función muscular de los estabilizadores de la cadera en comparación con los ancianos sin miedo a caerse.

ABSTRACT The fear of falling can cause older adults to develop strategies that alter the semi-static and dynamic balance, predisposing them to increased risk of falling. The muscular function of abductors and adductors plays an important role in maintaining postural stability. However, it is unknown whether older people with fear of falling have greater impairment in hip muscular function. Thus, the objective was to compare the isometric peak torque (PT) of hip abductor and adductor muscles among older adults with and without fear of falling. Participants were divided into two groups: with (n=81) and without (n=81) fear of falling. The PT of hip abductors and adductors was obtained with isokinetic dynamometer (System 4 Pro, Biodex, New York, USA). The PT groups were compared using general linear model univariate, adjusted for covariates age, sex, body mass index, physical activity level and history of falls, using the SPSS 17.0 software, with a significance level of 5%. No difference was found between the PT of hip abductor and adductor and the groups after univariate analysis with adjustment. We observed that older people with fear of falling have no muscle function loss of the hip stabilizers when compared with subjects without fear of falling.
Descritores: Torque
Força Muscular/fisiologia
Quadril/fisiologia
-Acidentes por Quedas
Estudos Transversais
Equilíbrio Postural/fisiologia
Dinamômetro de Força Muscular
Medo/fisiologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  2 / 432 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1015095
Autor: Neumann, Ignacio; Rada, Gabriel; Claro, Juan Carlos; Carrasco-Labra, Alonso; Thorlund, Kristian; Akl, Elie A; Bates, Shannon M; Guyatt, Gordon H.
Título: Inhibidores directos del Factor Xa para la prevención del tromboembolismo en pacientes sometidos a reemplazo total de cadera o de rodilla. Protocolo de una revisión sistemática / Direct Factor Xa inhibitors for the prevention of thromboembolism in patients undergoing total replacement of hip or knee.Protocol of a systematic review
Fonte: ARS med. (Santiago, En línea);39(1):4-10, 2012.
Idioma: es.
Resumo: Los reemplazos articulares de cadera y la rodilla se encuentran entre los procedimientos quirúrgicos más comunes en América del Norte y Europa y están aumentando en frecuencia. La enfermedad tromboembólica es la complicación médica más frecuente en este tipo de pacientes. Por esta razón, las guías de práctica clínicas actuales recomiendan la tromboprofilaxis de rutina con heparinas de bajo peso molecular (HBPM), antagonistas de la vitamina K (AVK) o pentasacáridos sintéticos (fondaparinux) después de estos procedimientos. (AU)

Hip and knee joint replacements are among the most common surgical procedures in North America and Europe and are increasing in frequency. Thromboembolic disease is the most common medical complication in this type of patients. For this reason, current clinical practice guidelines recommend routine thromboprophylaxis with low molecular weight heparins (LMWH), vitamin K antagonists (AVK) or synthetic pentasaccharides (fondaparinux) after these procedures(AU)
Descritores: Artroplastia de Substituição
-Tromboembolia
Quadril
Joelho
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CL10.1 - Biblioteca Biomédica


  3 / 432 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-884776
Autor: Kunzle Elizeche, Hugo Gustavo; Enriquez Pereira, Saturnino; Sisa Acosta, Jorge; Gregor, Ricardo.
Título: Miositis osificante traumática de cadera bilateral / Bilateral hip traumatic myositis ossificans
Fonte: Rev. Nac. (Itauguá);7(2):35-36, dic 2015.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN La miositis osificante traumática es un proceso proliferativo, benigno, donde ocurre una metaplasia de tejido blando a hueso. El objetivo de este trabajo es presentar el caso de un paciente masculino de 17 años de edad con diagnóstico de miositis osificante postraumática en ambas caderas. A pesar de la rareza de dicha patología, su frecuencia puede ir creciendo debido al aumento de traumatismos de alta energía por accidentes de tránsito. Presentamos además una revisión bibliográfica sobre este tópico.

ABSTRACT Traumatic myositis ossificans is a proliferative benign process, where a metaplasia of soft tissue to bone occurs. The aim of this paper is to present the case of a 17-year-old male patient, diagnosed with traumatic myositis ossificans in both hips. Despite the rarity of this disease, its frecuency may increasedue to the increase in high energy trauma secondary to traffic accidents. We also present the literature review on this topic.
Descritores: Miosite Ossificante/cirurgia
Miosite Ossificante/diagnóstico
-Quadril/cirurgia
Quadril/diagnóstico por imagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PY92.1 - Biblioteca


  4 / 432 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1042409
Autor: Galia, Carlos Roberto; Diesel, Cristiano Valter; Guimarães, Marcelo Reuwsaat; Ribeiro, Tiango Aguiar.
Título: Total hip arthroplasty: a still evolving technique / Atualização em artroplastia total de quadril: uma técnica ainda em desenvolvimento
Fonte: Rev. bras. ortop;52(5):521-527, 2017.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT It has been advocated that total hip arthroplasty (THA) is probably the most successful surgical intervention performed in Medicine. In the 1960s, Sir John Charnley not only introduced, but also modified and improved the technique of cemented arthroplasties. The concepts on biological , fixation established by Pillar and Galante served as the foundation for the development of uncemented implants that are now used worldwide. Currently, THA is a worldwide widespread surgery performed on millions of people. However, keeping abreast of the large number of information available on these procedures, especially on implant fixation, designs, different tribological pairings, and the long-term results can be challenging at times. This article is a brief update on the main aspects of THA.

RESUMO A artroplastia total do quadril (ATQ) é uma das cirurgias de maior sucesso na história da medicina. Nos anos 1960,SirJohn Charnley introduziu e aperfeiçoou as artroplastias cimentadas. Pillar e Galante estabeleceram os conceitos da fixação biológica, base para o desenvolvimento das artroplastias não cimentadas. Atualmente, a ATQ é uma cirurgia mundialmente difundida e feita em milhões de pessoas. No entanto, o grande número de informações disponíveis sobre as artroplastias, especialmente quanto à forma de fixação do implante ao osso, aos diferentesdesignsdas hastes e dos acetábulos, aos diferentes pares tribológicos e aos resultados no longo prazo por vezes dificulta a tomada de decisão. Este artigo é uma breve atualização sobre os principais aspectos da ATQ.
Descritores: Artroplastia de Quadril/métodos
Quadril/cirurgia
Prótese de Quadril
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  5 / 432 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1042428
Autor: Nunes, Nara Granja; Oliveira, José Alberto Alves; Bezerra, Francisca Magna Prado; Nascimento, Velma Dias do; Dumaresq, Danielle Maia Holanda; Patrocinio, Manoel Cláudio Azevedo.
Título: Is Intraoperative Blood Cell Salvage Effective in Hip Surgery? / A recuperação intraoperatória de células sanguíneas é eficaz em cirurgias de quadril?
Fonte: Rev. bras. ortop;54(4):377-381, July-Aug. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective The present study aims to evaluate the efficacy of blood cell salvage (CS) as a method of reducing allogeneic blood transfusion in patients submitted to transtrochanteric femoral and hip surgeries due to injury. Methods Prospective cohort of 38 patients froma school hospital submitted to hip or trochanteric surgeries and divided into two groups from August 2015 to February 2017. Patients with any malignancy or infectious condition were excluded from the study. Cell savage group (19 patients) received autologous blood using cell saver, whereas control group (19 patients) received just allogeneic blood, if needed. Red blood cell parameters, blood transfusion requirements, and clinical and surgical characteristics, such as age, gender, ASA scale and type of surgery, were compared both preoperatively and postoperatively. Data was processed in SPSS 20.0. Results There were no differences in the clinical parameters studied (age, gender and ASA scale). Red blood cell parameters on the first day postoperative were higher in the cell savage group (p < 0.05). No significant reduction of intraoperative and postoperative allogeneic blood transfusion requirements was found. Conclusion This study found that CS was not effective in reducing intraoperative and postoperative allogeneic blood transfusion requirements in patients submitted to transtrochanteric femoral and hip surgery.

Resumo Objetivo O estudo visa avaliar a eficácia da recuperação intraoperatória de sangue (RIOS) na redução de hemotransfusão alogênica em pacientes submetidos à cirurgia por fratura de fêmur e quadril. Métodos Coorte prospectiva com 38 pacientes submetidos a cirurgia traumatológica para fraturas em quadril e transtrocantéricas de fêmur, divididos em dois grupos em um hospital de ensino de agosto de 2015 a fevereiro de 2017. Pacientes com qualquer enfermidade ou condição infecciosa foram excluídos do presente estudo. O grupo RIOS (19 pacientes) recebeu sangue autólogo com a utilização de Cell Saver, enquanto o grupo controle (19 pacientes) recebeu apenas sangue alogênico, quando necessário.. Grupos comparados em relação ao gênero, idade na cirurgia, escala da Sociedade Americana de Anestesiologistas (ASA) (I, II ou III), uso intraoperatório da RIOS, volume sanguíneo reinfundido pela RIOS, parâmetros hematimétricos pré- e pósoperatórios, volume intra e pós-operatório de sangue alogênico transfundido. Dados processados no software SPSS Statistics for Windows, Versão 20.0 (IBM Corp, Armonk, NY, EUA). Resultados Sem diferenças significativas entre os grupos com as variáveis: idade, gênero e ASA. Percebeu-se que os valores finais de hemoglobina e hematócrito (no 1° dia de pós-operatório) foram mais elevados no grupo que utilizou o dispositivo (p < 0,05). Não houve redução significativa da transfusão alogênica intra e pósoperatória no grupo RIOS em comparação ao controle. Conclusões O presente estudo constatou que a RIOS não foi eficaz em reduzir a transfusão alogênica no intra e pós-operatório de pacientes submetidos à cirurgia de fêmur transtrocantérica e de quadril.
Descritores: Transfusão de Sangue Autóloga
Fraturas do Fêmur
Quadril/cirurgia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  6 / 432 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1042419
Autor: Faccioni, Samuel; Cachoeira, Vinicius Adelchi; Knop, Gabriel Pozzobon; Silva, Luiz Henrique Penteado; Knop, Tercildo.
Título: Femoroacetabular Impingement - Factors Associated with the Presence of Deep Injuries of the Chondrolabral Junction / Impacto femoroacetabular - Fatores associados à presença de lesões profundas da junção condrolabral
Fonte: Rev. bras. ortop;54(4):434-439, July-Aug. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective The purpose of the present study was to evaluate factors associated with the presence of deep chondral lesions (Konan/Haddad grades III and IV) in patients submitted to hip arthroscopy to treat femoroacetabular impingement (FAI). Method This was a prospective, cross-sectional study of a series of 125 consecutive hip arthroscopies performed between May 2016 and May 2017. After applying the exclusion criteria, 107 hips of 92 patients submitted to surgical treatment for mixed and CAM FAI were analyzed. For purposes of analysis, the present study considered groups with lesions considered mild and deep, which were associated with symptom score, lateral coverage angle, α angle, age, gender, and radiological classification of arthrosis. Results with a p-value < 0.05 were considered statistically significant. Results Patients whose hips had lesions considered deep had significantly higher nonarthritic hip scores (NAHSs) than those whose hips presented lesions considered mild or who did not present chondral lesions (67.9 ± 19.4 versus 57.0 ± 21.9, p= 0.027). The prevalence of deep lesions was higher in hipswith Tonnis 1 compared with hips with Tonnis 0: 15(55.6%) versus 10 (12.7%), respectively, p< 0.001.Men presented a higher prevalence of grades III and IV lesions than women, 23 (34.3%) versus 2 (5.0%), p= 0.001, and had significantly higher functional scores (65.6 ± 19.6 versus 49.3 ± 21.6, p< 0.001). Conclusion Men presented a higher prevalence of deep lesions. Hips classified as Tonnis 1 presented a 4.4-fold higher probability of presenting these lesions. Patients with deep chondrolabral lesions had a better preoperative functional score.

Resumo Objetivo Avaliar os fatores associados à presença de lesões condrais profundas (graus III e IV de Konan/Haddad) em pacientes submetidos à artroscopia do quadril para tratamento do impacto femoroacetabular (IFA). Método Estudo transversal, prospectivo, de uma série de 125 artroscopias consecutivas do quadril feitas entre maio de 2016 e maio de 2017. Depois de aplicados os critérios de exclusão, foram analisados 107 quadris de 92 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico do IFA dos tipos misto e CAM. Para fins de análise, os grupos foram divididos entre lesões consideradas leves e profundas, e foi feita associação comescore de sintomas, ângulo de cobertura lateral, ângulo alfa, idade, gênero, e classificação radiológica de artrose. Foramconsiderados como estatisticamente significativos testes com valor de probabilidade < 0,05. Resultados Pacientes cujos quadris apresentaram lesões consideradas profundas tiveramescores de quadril não artrítico (NAHSs, na sigla em inglês) significativamentemaiores do que aqueles cujos quadris apresentavam lesões consideradas leves ou não apresentavamlesão condrolabral (67,9 ± 19,4 versus 57,0 ± 21,9; p= 0,027). Aprevalência de lesões profundas foi maior nos quadris Tonnis 1 do que nos que apresentaramTonnis 0: 15 (55,6%) versus 10 (12,7%), respectivamente; p< 0,001. Homens apresentaram melhores escores funcionais e maior prevalência de lesões graus III e IVdoque as mulheres: 65,6 ± 19,6 versus 49,3 ± 21,6; p< 0,001, e 23 (34,3%) versus 2 (5,0%), p= 0,001, respectivamente. Conclusão Homens apresentaram maior prevalência de lesões profundas. Quadris Tonnis 1 tiveram um risco 4,4 vezes maior de apresentar essas lesões. Pacientes com lesões condrolabrais profundas apresentaram melhor escore funcional pré-operatório.
Descritores: Artroscopia
Impacto Femoroacetabular
Quadril
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  7 / 432 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Andrade, Marco Antônio Percope de
Texto completo
Id: biblio-1042416
Autor: Barros, Antônio Augusto Guimarães; Vassalo, Carlos César; Costa, Lincoln Paiva; Gómez-Hoyos, Juan; Paganini, Vinícius de Oliveira; Andrade, Marco Antônio Percope de.
Título: Reliability of the Arthroscopic Classifications of Hip Chondral Lesions* / Confiabilidade das classificações artroscópicas das lesões condrais do quadril*
Fonte: Rev. bras. ortop;54(4):440-446, July-Aug. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective To evaluate the inter- and intraobserver reliability of the Outerbridge, Beck, and Haddad classifications for acetabular joint cartilage lesions through the arthroscopic procedure. Methods A total of 60 hip arthroscopy videos were evaluated twice by 4 surgeons at 2 different times to assess the inter- and intraobserver reproducibility of the classifications, and the data was analyzed by means of the weighted Cohen Kappa index. Results The mean weighted Kappa values in the interobserver assessment of the Outerbridge, Beck, and Haddad classifications were, respectively, 0.72, 0.78, and 0.68. The three classifications were considered as presenting good interobserver agreement. Regarding the intraobserver assessment of the Outerbridge, Beck, and Haddad classifications, the weighted Kappa values were, respectively, 0.9, 0.9, and 0.93. The three classifications were considered as presenting excellent intraobserver agreement. Conclusion In the present series, the Outerbridge, Beck, and Haddad classifications presented good interobserver reproducibility and excellent intraobserver reproducibility when evaluating acetabular chondral lesions by the arthroscopic approach.

Resumo Objetivo Avaliar a confiabilidade inter- e intraobservador das classificações de Outerbridge, Beck e Haddad para lesões da cartilagem articular acetabular com o uso da via artroscópica. Métodos Foram avaliados 60 vídeos de artroscopias do quadril por 4 cirurgiões em 2 momentos para avaliar a reprodutibilidade inter- e intraobservador das classificações. Os dados foram analisados a partir do cálculo do índice Kappa de Cohen ponderado. Resultados Os valores do Kappa ponderado médio na avaliação interobservador das classificações de Outerbridge, Beck e Haddad foram, respectivamente, 0,72, 0,78 e 0,68. As três classificações foram consideradas como de boa concordância interobservador. Comrelação à avaliação intraobservador das classificações de Outerbridge, Beck e Haddad, os valores Kappa foram, respectivamente, 0,9, 0,9 e 0,93. As três classificações foram consideradas excelentes na comparação intraobservador. Conclusão Na presente série, as classificações de Outerbridge, Beck e Haddad apresentaram boa reprodutibilidade interobservador e excelente reprodutibilidade intraobservador ao avaliar lesões condrais acetabulares por via artroscópica.
Descritores: Artroscopia
Doenças das Cartilagens/classificação
Reprodutibilidade dos Testes
Quadril
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  8 / 432 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Amaral, Denise Tokechi
Texto completo
Id: biblio-1042415
Autor: Polesello, Giancarlo Cavalli; Queiroz, Marcelo Cavalheiro; Ricioli Junior, Walter; Rudelli, Marco; Nunes, Marcus Aurelius Araújo; Amaral, Denise Tokechi.
Título: Comparative Evaluation of Cross-table and Ducroquet Incidences for Measurement of the Hip Alpha Angle / Avaliação comparativa das incidências radiográficas cross-table e Ducroquet para a medição do ângulo alfa do quadril
Fonte: Rev. bras. ortop;54(4):428-433, July-Aug. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective The purpose of the present paper is to compare the equivalence of the measurement of the alpha angle using the Ducroquet and cross-table lateral views. Methods We have recruited 90 patients, resulting in 95 hips. We have standardized the realization of the radiographic views. The incidence of the lateral cross-table views were takenwith 15° of internal rotation with the patient in the supine position, and the incidence of the Ducroquet viewswas standardizedwith the patient in the supine position,with 90° of flexion and 45° of abduction of the hip. The alpha angle wasmeasured in both lateral views, by two musculoskeletal radiologists. The measurements were performed in 2 different times: an initial evaluation andanother 4weeks afterwards. The t Student test was usedand calculated the intraclass correlation coefficient (ICC). Results We have found a good intraobserver correlation for both views in different times; there was no statistically significant difference between the measurements performed by the two views. However, the interobserver correlation was low. Conclusion In conclusion, the Ducroquet profile view is a good choice for the α angle measurement and can be used instead of the cross-table view.

Resumo Objetivo O objetivo do presente trabalho é comparar a equivalência da medida do ângulo alfa do quadril usando as incidências laterais de Ducroquet e de cross-table. Método Estudamos 90 pacientes, com um total de 95 quadris, e padronizamos a realização das radiografias conhecidas como "Ducroquet" e "cross-table." A incidência de perfil de cross-table foi realizada em 15° de rotação interna com o paciente em posição supina, e a incidência de perfil de Ducroquet foi padronizada com o paciente posicionado em decúbito dorsal, em 90° de flexão e 45° de abdução do quadril. O ângulo alfa foi medido em ambas as radiografias de perfil, por dois radiologistas especializados em afecções musculoesqueléticas. As medidas foram realizadas em 2 épocas diferentes: uma avaliação inicial e outra após 4 semanas. O teste t de Student foi utilizado e calculou o coeficiente de correlação intraclasse (CCI). Resultados Encontramos boa correlação intraobservador para ambas as incidências radiográficas em diferentes momentos. Não houve diferença estatisticamente significante entre as medidas feitas pelas duas visualizações. No entanto, a correlação interobservadores foi baixa. Conclusão A incidência radiográfica de perfil de Ducroquet é uma boa opção para a medida do ângulo alfa e pode ser usada ao invés da incidência radiográfica de perfil cross-table.
Descritores: Radiografia
Impacto Femoroacetabular
Quadril/anormalidades
Quadril/diagnóstico por imagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  9 / 432 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-980305
Autor: Estrada, AF; Avendaño, VA; Ramírez, LX.
Título: Síndrome de pinzamiento femoroacetabular / Femoroacetabular impingement síndrome / Síndrome de pinzamiento femoroacetabular
Fonte: Med. U.P.B = Med. UPB;38(1):71-77, 13 de febrero de 2019.
Idioma: es.
Resumo: El síndrome de pinzamiento femoroacetabular (SPFA) se caracteriza por un contacto anormal entre el fémur y el acetábulo al final de ciertos movimientos de la cadera, especialmente durante la flexión, la rotación interna y la externa. Ha sido propuesto recientemente como factor causal importante de osteoartritis temprana y de dolor de cadera en pacientes jóvenes. Es una entidad cuyo diagnóstico se basa en una buena historia clínica y en ayudas imagenológicas, como radiografías AP de pelvis, lateral verdadera de cadera o a través de la mesa (cross table) y artroresonancia magnética. El tratamiento se dirige hacia la corrección quirúrgica de la anormalidad anatómica que está desencadenando el cuadro y su éxito depende de una intervención temprana. El propósito de este artículo es brindar una aproximación a la patología, clínica, diagnóstico y tratamiento de este síndrome basado en el caso clínico de un paciente.

Femoroacetabular impingement (FAI) is a clinical syndrome characterized by an abnormal contact between the femur and acetabulum at the end of certain hip movements, especially during flexion, internal and external rotation, and has currently been proposed as an important causal factor of early-onset osteoarthritis and hip pain in young adults. This syndrome is diagnosed on the basis of a complete clinical history and imaging methods, such as pelvic and lateral hip or cross-table radiographs and magnetic resonance arthrography. Treatment involves surgical improvement of the anatomic abnormality that is producing the syndrome, and its success depends on an early intervention. The purpose of this paper is to gain a better understanding of the pathology, clinical aspects, diagnosis, and treatment of this syndrome based on a patient case report.

A síndrome de pinçamento femoroacetabular (SPFA) se caracteriza por um contato anormal entre o fémur e o acetábulo ao final de certos movimentos do quadril, especialmente durante a flexão, a rotação interna e a externa. Há sido proposto recentemente como fator causal importante de osteoartrites precoce e de dor de quadril em pacientes jovens. É uma entidade cujo diagnóstico se baseia em uma boa história clínica e em ajudas imagenológicas, como radiografias AP de pélvis, lateral verdadeira de quadril ou através da mesa (cross table) e artroresonancia magnética. O tratamento se dirige para a correção cirúrgica da anormalidade anatómica que está desencadeando o quadro e seu sucesso depende de uma intervenção precoce. O propósito deste artigo é brindar uma aproximação à patologia, clínica, diagnóstico e tratamento deste síndrome baseado no caso clínico de um paciente.
Descritores: Osteoartrite
Adulto Jovem
Quadril
Acetábulo
Responsável: CO101.1 - BCdeS - Biblioteca Ciencias de la Salud


  10 / 432 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-843198
Autor: González Ortega, F J; Peñas García, J; Ramírez Garrido, F.
Título: Tumor fibromixoide lipoesclerosante / Liposclerosing fibromyxoid tumor
Fonte: Rev. argent. radiol;79(4):222-223, dic. 2015. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Neoplasias Ósseas/diagnóstico por imagem
Fêmur/patologia
-Radiografia
Tomografia Computadorizada por Raios X
Fêmur/diagnóstico por imagem
Quadril/diagnóstico por imagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: AR144.1 - CIBCHACO - Centro de Información Biomedica del Chaco



página 1 de 44 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde