Base de dados : LILACS
Pesquisa : A01.378.800.750 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 483 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 49 ir para página                         

  1 / 483 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1161347
Autor: Valenti, Eduardo A.
Título: Distocia de hombros / Shoulder dystocia
Fonte: Clin. perinatol. argent;(4):103-42, 1997-1998. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Administração dos Cuidados ao Paciente/métodos
Apresentação no Trabalho de Parto
Distocia/terapia
Fatores de Risco
Ombro
-Administração dos Cuidados ao Paciente/normas
Distocia/complicações
Feto
Macrossomia Fetal/complicações
Traumatismos do Nascimento/complicações
Traumatismos do Nascimento/fisiopatologia
Limites: Feminino
Humanos
Gravidez
Tipo de Publ: Guia de Prática Clínica
Responsável: AR144.1 - CIBCHACO - Centro de Información Biomedica del Chaco


  2 / 483 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-794820
Autor: Buget, Mehmet Ilke; Atalar, Ata Can; Edipoglu, Ipek Saadet; Sungur, Zerrin; Sivrikoz, Nukhet; Karadeniz, Meltem; Saka, Esra; Kucukay, Suleyman; Senturk, Mert N.
Título: Patient state index and cerebral blood flow changes during shoulder arthroscopy in beach chair position / Patient State Index e alterações do fluxo sanguíneo cerebral durante artroscopia do ombro em posição de cadeira de praia
Fonte: Rev. bras. anestesiol;66(5):470-474, Sept.-Oct. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background and objectives: The aim of the study were to demonstrate the possible hemodynamic changes and cerebral blood flow alterations in patients who were positioned from supine to beach chair position; and to detect if the position change causes any cortical activity alteration as measured by the 4-channeled electroencephalography monitor. Methods: 35 patients were included. Before the induction, mean arterial pressure and patient state index values were recorded (T0). After the intubation, doppler-ultrasonography of the patients’ internal carotid and vertebral arteries were evaluated to acquire cerebral blood flow values from the formula. In supine position, mean arterial pressure, patient state index and cerebral blood flow values were recorded (T1) and the patient was positioned to beach chair position. After 5 min all measurements were repeated (T2). Measurements of patient state index and mean arterial pressure were repeated after 20 (T3), and 40 (T4) min. Results: There was a significant decrease between T0 and T1 in heart rate (80.5 ± 11.6 vs. 75.9 ± 14.4 beats/min), MAP (105.8 ± 21.9 vs. 78.9 ± 18.4 mmHg) and PSI (88.5 ± 8.3 vs. 30.3 ± 9.7) (all p < 0.05). Mean arterial pressure decreased significantly after position change, and remained decreased, compared to T1. The overall analysis of patient state index values (T1-T4) showed no significant change; however, comparing only T1 and T2 resulted in a statically significant decrease in patient state index. There was a significant decrease in cerebral blood flow after beach chair position. Conclusion: Beach chair position was associated with a decrease in cerebral blood flow and patient state index values. Patient state index was affected by the gravitational change of the cerebral blood flow; however, both factors were not directly correlated to each other. Moreover, the decrease in patient state index value was transient and returned to normal values within 20 min.

Resumo Justificativa e objetivos: Demonstrar as possíveis alterações hemodinâmicas e do fluxo sanguíneo cerebral (FSC) em pacientes que foram posicionados de supinação para cadeira de praia (CP) e detectar se a mudança de posição causa alguma alteração na atividade cortical como mensurado pelo monitor de EEG com quatro canais. Métodos: Foram incluídos 35 pacientes. Antes da indução, os valores da PAM e do IEP foram registrados (T0). Após a intubação, ultrassonografias com Doppler da carótida interna e artérias vertebrais dos pacientes foram avaliadas para adquirir os valores do FSC a partir da fórmula. Em supinação, os valores da PAM, IEP e FSC foram registrados (T1) e o paciente foi posicionado em CP. Após cinco minutos, todas as mensurações foram repetidas (T2). As mensurações do IEP e PAM foram repetidas após 20 (T3) e 40 minutos (T4). Resultados: Houve uma diminuição significativa entre T0 e T1 na FC (80,5 ± 11,6 vs. 75,9 ± 14,4 bpm), PAM (105,8 ± 21,9 vs. 78,9 ± 18,4 mmHg) e IEP (88,5 ± 8,3 vs. 30,3 ± 9,7) (p < 0,05 para todos). A PAM diminuiu significativamente após a mudança de posição e permaneceu diminuída em relação a T1. A análise global dos valores do IEP (T1-T4) não mostrou mudança significativa, mas a comparação de apenas T1 e T2 resultou em redução estatisticamente significativa do IEP. Houve redução significativa do FSC após o posicionado em CP. Conclusão: O posicionado em CP foi associado à diminuição do FSC e dos valores do IEP. O IEP foi afetado pela mudança gravitacional do FSC; no entanto, ambos os fatores não estavam diretamente correlacionados. Além disso, a diminuição do valor do IEP foi transitória e voltou aos valores normais dentro de 20 minutos.
Descritores: Artroscopia/métodos
Ombro/cirurgia
Córtex Cerebral/irrigação sanguínea
Circulação Cerebrovascular
Posicionamento do Paciente/métodos
-Córtex Cerebral/diagnóstico por imagem
Projetos Piloto
Estudos Prospectivos
Sedação Consciente
Ultrassonografia Doppler Transcraniana
Eletroencefalografia
Pressão Arterial
Frequência Cardíaca
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 483 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1144201
Autor: Ikemoto, Roberto Yukio; Almeida, Luiz Henrique Oliveira; Motta, Giovanna Galvão Braga; Kim, Alexandre Se Moo; Lial, Carlos Vitor Nunes; Claros, Johny James.
Título: Comparative Study between Scales: Subjective Elbow Value and Patient-rated Tennis Elbow Evaluation Applied to Patients Affected by Lateral Epicondylitis / Estudo comparativo entre as escalas: "Subjective Elbow Value" e "Patient-rated Tennis Elbow Evaluation" aplicadas em pacientes com epicondilite lateral do cotovelo
Fonte: Rev. bras. ortop;55(5):564-569, Sept.-Oct. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective To verify if the subjective elbow value (SEV) scale presents similar results to those of the Patient-rated Tennis Elbow Evaluation (PRTEE) scale in the evaluation of patients with lateral elbow epicondylitis (LEE). Methods Thirty-seven patients were diagnosed with LEE in the outpatient service of our hospital through clinical history, physical examination, X-ray, and ultrasonography. The SEV and PRTEE scales were used and their results were compared using a significance level ≥ 5% (p ≥0.05). Results A statistically significant relationship was found between the values of SEV and PRTEE in the group of patients studied (p= 0.017). Conclusion Subjective elbow value presented similar results to PRTEE in the evaluation of patients with diagnosis of LEE.

Resumo Objetivo Avaliar se a aplicação das escalas subjective elbow value (SEV) e Patient-rated Tennis Elbow Evaluation (PRTEE) apresentam resultados similares na avaliação de pacientes com epicondilite lateral do cotovelo. Métodos Trinta e sete indivíduos com diagnostic de epicondilite lateral do cotovelo foram avaliados no ambulatório de cirurgia do ombro e cotovelo do nosso hospital. O diagnóstico foi realizado com a história clínica da patologia, exame físico, raio-x, e ultrassonográfia. Foram utilizadas as escalas SEV e PRTEE, e os resultados foram comparados estatisticamente, usando-se como nível de significância 5% (p ≥ 0,05). Resultados Encontramos uma relação estatisticamente significante entre os valores obtidos pelas escalas SEV e PRTEE quando aplicadas no grupo de pacientes portadores de epicondilite lateral (p= 0,017). Conclusão Subjective elbow value apresentou resultados similares ao PRTEE na avaliação de pacientes com diagnóstico de epicondilite lateral do cotovelo.
Descritores: Exame Físico
Ombro
Tendões
Cotovelo de Tenista
Ultrassonografia
Cotovelo
Assistência Ambulatorial
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  4 / 483 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1144204
Autor: Godinho, André Couto; Santos, Flávio Márcio Lago; Donato Neto, Francisco Pereira; Silva, Paulo Victor Nunes Paz; Fonseca Júnior, Ricardo Dantas.
Título: Evaluation of the Functional Outcomes of Arthroscopic Surgical Treatment of Complete Rotator Cuff Lesion with Minimum Follow-up of 10 Years / Avaliação dos resultados funcionais do tratamento cirúrgico artroscópico da lesão completa do manguito rotador com seguimento mínimo de 10 anos
Fonte: Rev. bras. ortop;55(5):579-584, Sept.-Oct. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives To analyze the functional outcomes in patients submitted to videoarthroscopic surgical treatment for compleat rotator cuff tears of the shoulder, with a minimum follow-up of 10 years. Methods A total of 63 patients (63 shoulders) underwent videoarthroscopic surgical repair for compleat rotator cuff tears with a minimum follow-up of 10 years. The postoperative functional outcomes of these patients were evaluated using the Constant and University of California at Los Angeles (UCLA) scores. Results The functional evaluation revealed mean UCLA and Constant scores of 26 and 93 points, respectively. Ninety-one percent of the subjects had satisfactory Constant scores, whereas 62% presented satisfactory UCLA scores. Conclusion The arthroscopic repair of rotator cuff complete tear was effective even in the long term (minimum follow-up period of 10 years). The age of the patients before surgery, size of the lesion, the degree of fatty infiltration, and evaluation of muscle trophism are important predictors of prognosis.

Resumo Objetivo Analisar o resultado funcional dos pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico videoartroscópico da ruptura completa do manguito rotador do ombro, com seguimento mínimo de 10 anos. Métodos Foram avaliados 63 pacientes (63 ombros) submetidos ao reparo cirúrgico videoartroscópico da ruptura completa do manguito rotador com seguimento mínimo de 10 anos. O resultado funcional no pós-operatório desses pacientes foi avaliado pelos escores de Constant e UCLA. Resultados Os valores médios foram de 26 pontos no escore UCLA e de 93 no escore de Constant. Para o escore de Constant, 91% foram considerados satisfatórios; e para o UCLA, 62% dos pacientes apresentaram escores satisfatórios. Conclusão O reparo artroscópico da ruptura completa do manguito rotador mostrou-se efetivo mesmo a longo prazo (seguimento mínimo de dez anos). A idade dos pacientes antes da cirurgia, o tamanho da lesão, o grau de infiltração gordurosa e a avaliação do trofismo muscular foram importantes preditores de prognóstico.
Descritores: Prognóstico
Artroscopia
Ruptura
Ombro
Ferimentos e Lesões
Manguito Rotador
Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Estudo de Avaliação
Lesões do Manguito Rotador
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  5 / 483 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1144207
Autor: Cohen, Carina; Figueiredo, Eduardo A; Belangero, Paulo S; Andreoli, Carlos Vicente; Leal, Mariana Ferreira; Ejnisman, Benno.
Título: Genetic Aspects in Shoulder Disorders / Aspectos genéticos nas afecções do ombro
Fonte: Rev. bras. ortop;55(5):537-542, Sept.-Oct. 2020.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The influence of genetic inheritance has been increasingly investigated in shoulder disorders, such as rotator cuff injury, instability and frozen shoulder. Although the initial findings are enlightening, it is necessary to progressively build a database of genetic markers to catalog genomic profiles that, later, may contribute for predicting the risk of the disease, as well as to the development of better diagnostic and treatment tools. The present article seeks to update what is evidence of genetic studies in the literature for these diseases, from polymorphism analyses, expression of candidate genes in tissues and broad genomic association studies (GWAS). However, it is necessary to point out that there is great difficulty in replicating and using the findings, mainly due to the lack of statistical power, the high rate of false-positive results and the large number of variables involved.

Resumo A influência da herança genética tem sido cada vez mais investigada nas afecções do ombro, como a lesão do manguito rotador, instabilidade e ombro congelado. Ainda que os achados iniciais sejam pouco esclarecedores, é necessário construir progressivamente um banco de marcadores genéticos para catalogar perfis genômicos que, mais adiante, poderão contribuir para a previsão do risco da doença, desenvolvimento de melhores ferramentas de diagnóstico e tratamento. O presente artigo busca atualizar o que há de evidências de estudos genéticos na literatura para essas doenças, desde análises de polimorfismos, expressão de genes candidatos em tecidos e estudos de associação genômica ampla (GWAS, na sigla em inglês). Porém, é necessário apontar que existe grande dificuldade na replicação e utilização dos achados, principalmente em razão da falta de poder estatístico, da alta taxa de resultados falso-positivos e da grande quantidade de variáveis envolvidas.
Descritores: Polimorfismo Genético
Ombro
Ferimentos e Lesões
Bursite
Marcadores Genéticos
Expressão Gênica
Incidência
Manguito Rotador
Hereditariedade
Diagnóstico
Reações Falso-Positivas
Lesões do Manguito Rotador
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  6 / 483 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1138005
Autor: Castropil, Wagner; Schor, Breno; Bitar, Alexandre; Medina, Giovanna; Ribas, Luiz Henrique; Mendes, Carlos.
Título: Arthroscopic Latarjet: Technique Description and Preliminary Results. Study of the First 30 Cases / Latarjet artroscópico: Descrição de técnica cirúrgica e resultados preliminares. Estudo de 30 primeiros casos
Fonte: Rev. bras. ortop;55(2):208-214, Mar.-Apr. 2020. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective Arthroscopic Latarjet has been performed with the aim to be an accurate technique with a low incidence of complications. The aim of the present study was to briefly describe the technique and to evaluate the shot-term complications following arthroscopic Latarjet procedure to correct anterior shoulder dislocation with glenoid bone loss. Methods Retrospective study with 30 subjects with anterior shoulder instability, submitted to arthroscopic Latarjet. Intraoperative and short-term postoperative complications were recorded, as well as the rate of revision surgery. Results Five cases had complication (16.7%), and in the last 10 cases no complication occurred. In 1 case (3.3%), it was required to reverse for open surgery due to a fracture of the coracoid process during fixation in the glenoid. No other intraoperative complication occurred. No infection was observed. Two cases (6.7%) evolved with temporary neuropraxia of the musculocutaneous nerve, totally reversed with physiotherapy. With a follow-up from 6 to 26 months, 2 patients (6.7%) required a new intervention for graft/screws removal and release of the joint due to excessive limitation in external rotation. There was no case of recurrence. Conclusion Even in an initial learning curve, arthroscopic Latarjet demonstrated a low rate of short-tem complications and was a safe procedure for treating anterior dislocation of the shoulder with glenoid bone loss.

Resumo Objetivo A realização da cirurgia de Latarjet por via artroscópica tem sido possível pelo desenvolvimento de instrumentais adequados e um protocolo para cirurgia estabelecido e reprodutível, que promete uma técnica mais precisa e com menor incidência de complicações. O objetivo do presente estudo foi fazer uma breve descrição de técnica cirúrgica e avaliar as complicações de curto prazo após a cirurgia de Latarjet por via artroscópica para correção de luxação anterior do ombro com perda óssea glenoidal. Método Estudo retrospectivo com 30 pacientes com instabilidade anterior do ombro, operados com a técnica de Latarjet por via artroscópica. Foram feitas avaliação das complicações intraoperatórias e pós-operatório de curto prazo e documentação de necessidade de reintervenções. Resultados Cinco casos tiveram complicação (16,7%), sendo que nos últimos 10 casos nenhuma complicação foi observada. Em 1 caso (3,3%) foi necessária conversão para cirurgia aberta por fratura do processo coracoide no momento de fixação na glenoide. Nenhum outro caso apresentou complicação intraoperatória. Não houve infecção nos casos operados. Dois casos (6,7%) evoluíram com neuropraxia temporária do musculocutâneo, revertida com fisioterapia. Em tempo de seguimento de 6 a 26 meses, 2 pacientes (6,7%) necessitaram de nova intervenção para retirada do material de síntese e liberação articular por excessiva limitação da rotação externa. Não houve caso de recidiva. Conclusão O procedimento de Latarjet artroscópico se mostrou seguro e com baixa incidência de complicações de curto prazo para correção da luxação anterior no ombro com perda óssea na glenoide mesmo em curva inicial de aprendizagem.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias
Artroscopia
Ombro
Luxação do Ombro
Osso e Ossos
Incidência
Procedimentos Cirúrgicos Minimamente Invasivos
Protocolos
Fraturas Ósseas
Limites: Humanos
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  7 / 483 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1138014
Autor: Galbiatti, José Antonio; Cardoso, Fabrício Luz; Galbiatti, Marília Gabriela Palacio.
Título: Obstetric Paralysis: Who is to blame? A systematic literature review / Paralisia obstétrica: De quem é a culpa? Uma revisão sistemática de literatura
Fonte: Rev. bras. ortop;55(2):139-146, Mar.-Apr. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Obstetric palsy is classically defined as the brachial plexus injury due to shoulder dystocia or to maneuvers performed on difficult childbirths. In the last 2 decades, several studies have shown that half of the cases of Obstetric palsy are not associated with shoulder dystocia and have raised other possible etiologies for Obstetric palsy. The purpose of the present study is to collect data from literature reviews, classic articles, sentries, and evidence-based medicine to better understand the events involved in the occurrence of Obstetric palsy. A literature review was conducted in the search engine PubMed (MeSH - Medical Subject Headings) with the following keywords: shoulder dystocia and obstetric palsy, completely open, boundless regarding language or date. Later, the inclusion criterion was defined as revisions. A total of 21 review articles associated with the themes described were found until March 8, 2018. Faced with the best available evidence to date, it is well-demonstrated that Obstetric palsy occurs in uncomplicated deliveries and in cesarean deliveries, and there are multiple factors that can cause it, relativizing the responsibility of obstetricians, nurses, and midwives. The present study aims to break the paradigms that associate Obstetric palsy compulsorily with shoulder dystocia, and that its occurrence necessarily implies negligence, malpractice or recklessness of the team involved.

Resumo A paralisia obstétrica é classicamente definida como a lesão do plexo braquial decorrente da distócia de ombros ou das manobras executadas no parto difícil. Nas 2 últimas décadas, vários estudos comprovaram que metade dos casos de paralisia obstétrica não estão associados à distócia de ombros e levantaram outras possíveis etiologias para a paralisia obstétrica. O objetivo do presente trabalho é colher dados da literatura de revisão, artigos clássicos, sentinelas e da medicina baseada em evidências para compreender melhor os eventos envolvidos na ocorrência de paralisia obstétrica. Foi realizada uma revisão da literatura no motor de busca da PubMed (MeSH - Medical Subject Headings) com as seguintes palavras-chave: shoulder dystocia and obstetric palsy, completamente aberto, sem limites de língua ou data. Posteriormente, definimos como critério de inclusão artigos de revisão. Encontramos 21 artigos de revisão com associação dos temas descritos até 8 de março de 2018. Frente às melhores evidências existentes até o momento, está bem demonstrado que a paralisia obstétrica ocorre em partos não complicados e em partos cesáreos, e são múltiplos os fatores que podem causá-la, relativizando a responsabilidade de médicos obstetras, enfermeiras e parteiras. Procuramos, com o presente estudo, quebrar os paradigmas de que paralisia obstétrica se associa obrigatoriamente à distócia de ombros e que a sua ocorrência necessariamente implica em negligência, imperícia ou imprudência da equipe envolvida.
Descritores: Paralisia Obstétrica
Ombro
Traumatismos do Nascimento
Parto
Distocia do Ombro
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  8 / 483 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1138019
Autor: Storti, Thiago Medeiros; Lima, Renato de Almeida; Costa, Eloíse de Barros e Silva; Simionatto, João Eduardo; Simionatto, Carolina; Paniago, Alexandre Firmino.
Título: Postoperative Evaluation of Patients Submitted to Arthroscopic Repair of Anterior Shoulder Instability / Avaliação pós-operatória de pacientes submetidos a reparo artroscópico de instabilidade anterior do ombro
Fonte: Rev. bras. ortop;55(3):339-346, May-June 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective To clinically evaluate the results of patients undergoing arthroscopic surgical treatment of anterior shoulder instability. Methods A retrospective study of 94 patients. With a minimum follow-up of 24 months, we sought to correlate the characteristics of the patients and the surgery, such as age, gender, type of injury (traumatic or atraumatic) and the patient's position during surgery (lateral decubitus and beach chair) with the results obtained, the recurrence rate, the lateral rotation loss, the residual pain, and the functional scores of Carter-Rowe, University of California at Los Angeles (UCLA), and Constant-Murley. Results We observed a recurrent dislocation rate of 11.7%, lateral rotation loss in 37.23% of the patients, and some degree of residual pain in 51.6% of them. We obtained a mean Carter Rowe score of 85.37, representing 86% of good/excellent results. In the UCLA score, we obtained 88% of good/excellent results, similar to those obtained in the Constant-Murley score (86%). Conclusion The arthroscopic treatment of the anterior instability of the shoulder presents satisfactory results and low index of important complications, being the method of choice for most patients.

Resumo Objetivo Avaliar clinicamente os resultados de pacientes submetidos a tratamento cirúrgico artroscópico de instabilidade anterior do ombro. Métodos Estudo retrospectivo de 94 pacientes. Com seguimento mínimo de 24 meses, buscamos correlacionar as características dos pacientes e da cirurgia, como idade, gênero, tipo de lesão (traumática ou atraumática) e posição do paciente na cirurgia (decúbito lateral e cadeira de praia) com os resultados obtidos, avaliando o índice de recidivas de luxação, a perda de rotação lateral, a dor residual, e os escores funcionais de Carter-Rowe, da University of California at Los Angeles (UCLA) e de Constant-Murley. Resultados Observamos uma taxa de recidiva de luxação de 11,7%, perda de rotação lateral em 37,23% dos pacientes, e algum grau de dor residual em 51,6%. Obtivemos uma pontuação média no escore de Carter Rowe de 85,37, representando 86% de resultados bons/excelentes. No escore da UCLA, obtivemos 88% de resultados bons/excelentes, índice semelhante aos encontrados no escore de Constant-Murley (86%). Conclusão O tratamento artroscópico da instabilidade anterior do ombro apresenta resultados satisfatórios e baixo índice de complicações importantes, podendo ser o método de escolha para a maioria dos pacientes.
Descritores: Artroscopia
Recidiva
Ombro
Ferimentos e Lesões
Incidência
Estudos Retrospectivos
Posicionamento do Paciente
Instabilidade Articular
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  9 / 483 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-740706
Autor: Della Vedova, Franco; Slullitel, Daniel.
Título: Parálisis aislada del nervio circunflejo en deportistas de contacto / Isolated axillary nerve palsy in contact sports
Fonte: Rev. Asoc. Argent. Traumatol. Deporte;21(1):14-19, 2014.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: La parálisis del nervio circunflejo es la más frecuente entre los nervios periféricos del hombro. Esta lesión de difícil diagnóstico, implica una seria complicación en los deportes de contacto. El objetivo de éste trabajo es reportar los resultados del tratamiento conservador de 18 casos de parálisis aislada del nervio circunflejo causada por traumatismos directos del hombro en deportistas de contacto, sin luxación glenohumeral. Material y Método: Se evaluaron retrospectivamente con un seguimiento mínimo de 2 años, 18 jugadores de rugby, con diagnóstico de parálisis post-traumática del nervio circunflejo. Se evaluó la recuperación de la función, la fuerza y sensibilidad del músculo deltoides y el tiempo en retorno a la actividad deportiva. Todos los pacientes fueron evaluados con el score de ASES. Resultados: La función y la fuerza del músculo deltoides se recuperaron totalmente en 13 pacientes...
Descritores: Axila/lesões
Futebol Americano/lesões
Ombro/lesões
Músculo Deltoide/lesões
Paralisia/etiologia
Paralisia/terapia
Plexo Braquial/lesões
Traumatismos dos Nervos Periféricos
Traumatismos em Atletas
-Estudos Retrospectivos
Recuperação de Função Fisiológica
Limites: Adulto
Responsável: AR337.1 - Biblioteca A.A.O.T.


  10 / 483 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-779402
Autor: Gracitelli, Mauro Emilio Conforto; Assunção, Jorge Henrique; Malavolta, Eduardo Angeli; Sakane, Daniel Takashi; Rezende, Marcelo Rosa de; Ferreira Neto, Arnaldo Amado.
Título: Trapezius muscle transfer for external shoulder rotation: anatomical study
Fonte: Acta ortop. bras;22(6):304-307, Nov-Dec/2014. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Comparar a viabilidade da transferência da porção inferiore transversa do trapézio para o tubérculo maior através de três diferentestécnicas. Métodos: Doze ombros de seis cadáveres foramutilizados. O desfecho primário foi a avaliação da viabilidade da suturada transferência do músculo trapézio para a tuberosidade maior,na topografia da inserção do tendão do infraespinal, com a escápularetraída e o ombro em rotação interna no abdome. Foram realizadastrês diferentes transferências em cada ombro: inserção distal daporção inferior e transversa do trapézio (Grupo 1); porção inferiordo trapézio (Grupo 2); inserção e a origem da porção inferior dotrapézio (Grupo 3). A integridade do nervo acessório antes e depoisdas transferências foi avaliada. Resultados: A transferência foi viávelem 42% (5/12) e 58% (7/12) dos pacientes dos Grupos 1 e 3, respectivamente,sem diferença estatística (Teste de Fisher, p=0,558); NoGrupo 3, encontramos um alto índice de lesão neurológica (11/12).O Grupo 2 que não obteve viabilidade em nenhum caso, sendo atécnica de pior escolha para este tipo de procedimento. Conclusão:Os Grupos 1 e 3 apresentam os melhores resultados quanto à viabilidadede sutura no tubérculo maior, sem a utilização de enxertostendíneos, entretanto, o Grupo 3 apresentou alto índice de lesões donervo espinal acessório. Nível de Evidência IV, Estudo Anatômico...

To compare the viability of transferring the lowerand transverse trapezius to the greater tuberosity using threedifferent techniques. Methods: Twelve shoulders from six cadaverswere used. The primary outcome was to assess thesuture viability of the trapezius muscle transfer to the greatertuberosity in the insertion topography of the infraspinatus, withthe arm adducted during internal rotation (hand on the abdomen)and maximum scapular retraction. Three transfers wereapplied to each shoulder: the lower and transverse trapeziusdistal insertion (Group 1); lower trapezius alone (Group 2); andlower trapezius insertion and origin (Group 3). Accessory nerveintegrity was assessed before and after transfers. Results:Sutures were viable in 42% (5/12) and 58% (7/12) on Groups1 and 3, respectively, with no statistically significant difference(Fisher's test, p=0.558); Group 3 exhibited frequent neurologicinjury (11/12). Group 2 was the least successful; the tendon didnot reach the greater tuberosity, and no sutures were viable.Conclusion: Groups 1 and 3 exhibited the best nongraftingsuture viability to the greater tuberosity; however, Group 3 wasassociated to frequent spinal accessory nerve injury. Level ofEvidence IV, Anatomical Study...
Descritores: Cadáver
Nervo Acessório
Ombro
Paralisia
Plexo Braquial/lesões
Transferência Tendinosa
Trapézio
Responsável: BR734.1 - Biblioteca Central Cesar Lattes - BCCL



página 1 de 49 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde