Base de dados : LILACS
Pesquisa : A01.923.047.849 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 136 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 14 ir para página                         

  1 / 136 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965667
Autor: Pavalecini, Michel; Fasolin, Felipe Bilhar; Zanin, Eduardo Madalosso; Gasperin, Bruno Della Mea; Freitas Neto, Flavio Maciel de; Possamai, Leonardo Milanesi; Webster, Ronaldo Scholze; Ely, Pedro Bins.
Título: Errata de: Simastia pós-mamoplastia de aumento com implantes de silicone: tratamento com suturas de adesão / Erratum to: Symmastia after augmentation mammoplasty with silicone implants: treatment with quilting sutures
Fonte: Rev. bras. cir. plást;33(3), jul.-set. 2018.
Idioma: en; pt.
Descritores: Umbigo/cirurgia
Umbigo/lesões
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos
Endometriose/diagnóstico
Endometriose/fisiopatologia
Endometriose/diagnóstico por imagem
Tipo de Publ: Errata
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  2 / 136 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1170946
Autor: Cottani M; Videla R L; Liptzis A S; Guerra H; Castrillon M E.
Título: Nodulo de la Hermana María José / [Sister Mary Joseph nodule].
Fonte: Rev. Fac. Cienc. Méd. (Córdoba);70(3):167, 2013.
Idioma: es.
Descritores: Neoplasias Abdominais/diagnóstico por imagem
Umbigo/diagnóstico por imagem
-Feminino
Humanos
Idoso
Masculino
Neoplasias Abdominais/secundário
Pessoa de Meia-Idade
Tomografia Computadorizada por Raios X
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Artigo de Revista
Responsável: AR5.1 - Centro de Gestión del Conocimiento y las Comunicaciónes


  3 / 136 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1118340
Autor: Escudero-Sepúlveda, Andrés Felipe; Cala-Durán, Julián Camilo; Jurado, María Belén; Pinasco-Gómez, Romina; Tomasone, Silvio Emilio; Roccuzzo, Carla; Domínguez-Alvarado, Gonzalo Andrés.
Título: Persistencia simultánea del conducto uraco y onfalomesentérico en un paciente adulto, reporte de caso / Simultaneous persistence of the urachus and vitelline ducts in an adult patient, case report / Persistência simultânea de úraco e do ducto onfalomesentérico em um paciente adulto: relato de caso
Fonte: MedUNAB;23(2):288-293, 22-07-2020.
Idioma: es.
Resumo: Introducción. La patología umbilical es un tema frecuente en el ámbito pediátrico, la presentación clínica de una fístula umbilical hace pensar en dos patologías mencionadas en la literatura de manera independiente; la primera es la persistencia del conducto onfalomesentérico y la segunda es la persistencia del remanente del uraco producto del fracaso en el cierre de las estructuras embrionarias. Su presencia en adultos es infrecuente y no existen datos estadísticos acerca de su presentación conjunta en población pediátrica o adulta, solo algunos pocos reportes de caso. El diagnóstico se basa principalmente en la sospecha clínica, depende en gran manera del examen físico al evidenciar secreción a través del ombligo al realizar esfuerzos o maniobras de Valsalva. Objetivo. Mostrar un caso infrecuente de la presentación simultánea del conducto de uraco y onfalomesentérico en un paciente adulto. Reporte de caso. Paciente femenina de 24 años de edad con antecedentes de infecciones urinarias y celulitis periumbilicales a repetición. Se sospecha un conducto persistente onfalomesentérico por lo que es sometida a un procedimiento quirúrgico en el que se encontró incidentalmente la persistencia simultánea del conducto onfalomesentérico y persistencia del uraco. Discusión. La persistencia del conducto onfalomesentérico o la persistencia del uraco de forma individual es poco frecuente en adultos, y es aún más raro la persistencia simultánea de ambos conductos; la presencia simultánea de ambos conductos es reportada principalmente en menores de dos años. Conclusiones. La persistencia de estos conductos es rara en adultos y representa un reto diagnóstico para el clínico. Cómo citar: Escudero-Sepúlveda AF, Cala-Duran JC, Belén Jurado MB, Pinasco-Gómez R, Tomasone SE, Roccuzzo C, Domínguez-Alvarado GA. Persistencia simultánea del conducto uraco y onfalomesentérico en un paciente adulto, reporte de caso. MedUNAB. 2020;23(2): 288-293. doi: 10.29375/01237047.3826.

Introduction. Umbilical pathology is a common topic in the pediatric sphere. The clinical presentation of an umbilical fistula leads to the consideration of two pathologies independently reported in literature. The first is a persistent vitelline duct and the second is a persistent urachal remnant as a result of the embryonic structures' failure to close. They are uncommon in adults and there are no statistical data about their presentation together in the pediatric or adult population, only very few case reports. The diagnosis is mainly based on clinical suspicion. It largely depends on a physical examination noting secretion through the navel when straining or performing Valsalva maneuvers. Objective. Show an uncommon case of the simultaneous presentation of the urachus and vitelline ducts in an adult patient. Case report. Female patient aged 24 years with a background of repeated urinary tract infections and periumbilical cellulitis. A persistent vitelline duct is suspected. Therefore, the patient is subject to a surgical procedure in which the simultaneous persistence of the vitelline duct and the urachus was found incidentally. Discussion. The persistence of the vitelline duct or the persistence of the urachus individually is uncommon in adults, and the simultaneous persistence of both ducts is even rarer. The simultaneous presence of both ducts is reported mainly in infants aged under two years. Conclusions. The persistence of these ducts is rare in adults and poses a diagnostic challenge for clinicians. Cómo citar: Escudero-Sepúlveda AF, Cala-Duran JC, Belén Jurado MB, Pinasco-Gómez R, Tomasone SE, Roccuzzo C, Domínguez-Alvarado GA. Persistencia simultánea del conducto uraco y onfalomesentérico en un paciente adulto, reporte de caso. MedUNAB. 2020;23(2): 288-293. doi: 10.29375/01237047.3826.

Introdução. A patologia umbilical é um tópico frequente no cenário pediátrico; a apresentação clínica de uma fístula umbilical faz pensar em duas patologias mencionadas na literatura de forma independente; a primeira é a persistência do ducto onfalomesentérico e a segunda é a persistência do úraco como resultado da falha no fechamento das estruturas embrionárias. É pouco frequente sua presença em adultos e não há dados estatísticos sobre sua apresentação conjunta em população pediátrica nem adulta, apenas alguns poucos relatos de caso. O diagnóstico baseia-se principalmente na suspeita clínica, dependendo em grande parte do exame físico ao evidenciar uma secreção pelo umbigo quando realizar esforço ou manobra de Valsalva. Objetivo. Mostrar um caso infrequente de apresentação simultânea do úraco e ducto onfalomesentérico em um paciente adulto. Relato de caso. Paciente do sexo feminino, 24 anos, com histórico de infecções urinárias e celulite periumbilical recorrentes. Suspeita-se de um ducto onfalomesentérico persistente, portanto ela é submetida a um procedimento cirúrgico no qual encontrou-se a persistência do ducto onfalomesentérico e a persistência de úraco simultaneamente. Discussão. A persistência do ducto onfalomesentérico e a persistência de úraco individualmente é rara em adultos, e a persistência simultânea de ambos os ductos é ainda mais rara; esta presença simultânea é relatada principalmente em crianças menores de dois anos de idade. Conclusão. A persistência desses ductos é rara em adultos e representa um desafio diagnóstico para o profissional de saúde clínico. Cómo citar: Escudero-Sepúlveda AF, Cala-Duran JC, Belén Jurado MB, Pinasco-Gómez R, Tomasone SE, Roccuzzo C, Domínguez-Alvarado GA. Persistencia simultánea del conducto uraco y onfalomesentérico en un paciente adulto, reporte de caso. MedUNAB. 2020;23(2): 288-293. doi: 10.29375/01237047.3826.
Descritores: Úraco
-Umbigo
Ducto Vitelino
Fístula da Bexiga Urinária
Fístula Intestinal
Fístula Cutânea
Responsável: CO179.1 - Biblioteca


  4 / 136 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-89
Autor: Sperli, Aymar Edison; Freitas, José Octávio Gonçalves de; Fernandes, Thais Helena Antoniete.
Título: Onfaloplastia secundária: descrição de uma nova proposição / Secondary omphaloplasty: description of a new proposal
Fonte: Rev. bras. cir. plást;29(1):84-88, jan.-mar. 2014.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: O umbigo é um componente essencial à estética do abdome. Sequelas de onfaloplastia podem comprometer o resultado final de uma dermolipectomia abdominal. Objetivo do trabalho é propor um procedimento alternativo, de fácil execução, com resultado estético favorável e bem aceito pelas pacientes. Métodos: Fizemos o levantamento dos casos de dermolipectomia abdominal operados no serviço de ensino e na clínica privada nos últimos cinco anos (433 casos) Resultados: Encontramos 30 casos (6,9%) com sequelas, assim distribuídos: 14 casos (3,2%) na cicatriz hipogástrica, e 16 casos de sequelas de umbigo (3,8%), assim caracterizados: sete casos (1,6%) constrição de umbigo e nove casos (2,07%) hipertrofia cicatricial. Conclusão: Analisamos os resultados da técnica de onfaloplastia secundária proposta quanto ao pós-operatório imediato (até 30 dias) e tardio (um ano).

Introduction: The navel is an essential component of abdominal aesthetics. Omphaloplasty sequelae can compromise the result of an abdominal abdominoplasty. The purpose of this article was to propose an alternative procedure that is simple to perform and well accepted by patients, with favorable cosmetic results. Methods: We surveyed cases of abdominal dermolipectomy in teaching hospitals and in private practice in the last 5 years (433 cases). Results: We found 30 cases (6.9%) of sequelae distributed as follows: 14 cases (3.2%) in the hypogastric scar and 16 cases in the umbilicus (3.8%). They are characterized as follows: 7 cases (1.6%) of constriction of the navel and 9 cases (2.07%) of scar hypertrophy. Conclusion: We analyzed the results of the proposed technique of secondary omphaloplasty in the immediate (up to 30 days) and late (1-year) postoperative periods.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias
Umbigo
Relatos de Casos
Cicatriz
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos
Estudo de Avaliação
Aponeurose
Hérnia Umbilical
Hipertrofia
-Complicações Pós-Operatórias/cirurgia
Complicações Pós-Operatórias/terapia
Umbigo/cirurgia
Cicatriz/cirurgia
Cicatriz/complicações
Cicatriz/terapia
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos
Aponeurose/cirurgia
Hérnia Umbilical/cirurgia
Hipertrofia/cirurgia
Hipertrofia/terapia
Limites: Humanos
Feminino
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Estudo de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  5 / 136 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-90
Autor: Mizukami, Aline; Ribeiro, Bruna Borguese; Renó, Brenda Artuzi; Calaes, Ivana Leme de; Calderoni, Davi Reis; Basso, Rafael de Campos Ferreira; Kharmandayan, Paulo; Barreiro, Guilherme Cardinali; Bueno, Marco Antonio Camargo.
Título: Análise retrospectiva de pacientes pós-bariátrica submetidos à abdominoplastia com neo-onfaloplastia: 70 Casos / Retrospective analysis of 70 patients who underwent post-bariatric abdominoplasty with neo-omphaloplasty
Fonte: Rev. bras. cir. plást;29(1):89-93, jan.-mar. 2014.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: Com o crescente aumento do tratamento cirúrgico da obesidade, surge para o cirurgião plástico um grupo de pacientes com grande flacidez cutânea após perda ponderal. Para aqueles submetidos à gastroplastia redutora convencional ou aberta, a abdominoplastia vertical, em âncora ou em T invertido, tem sido largamente utilizada para a melhoria do contorno abdominal, e no presente trabalho foi associada à amputação umbilical seguida de neo-onfaloplastia. Método: Foram operados 70 pacientes, com peso estável há no mínimo 18 meses, procedentes do ambulatório de Cirurgia Plástica da UNICAMP, no período de março de 2011 a abril de 2013. Em todos foi utilizada a técnica de abdominoplastia em âncora com exérese do umbigo original, juntamente com a peça cirúrgica e confecção de neo-umbigo, através de retalhos dermo-gordurosos bilaterais. Procedeu-se à análise retrospectiva dos prontuários médicos e arquivo fotográfico dos mesmos. Resultados: Nos 70 pacientes operados, houve predominância do sexo feminino (91%) e da raça branca (83%), com média de 40 anos. Após tempo de espera de aproximadamente 16 meses, foram submetidos à abdominoplastia em âncora associada a neo-onfaloplastia, que durou em média 2 horas. Observaram-se complicações pós-operatórias em 29,85% - deiscências pequenas, cicatrizes inestéticas, alargadas ou hipertróficas, queloides, seromas, excessos dermo-gordurosos relevantes e infecção de ferida operatória. Os neoumbigos obtidos são muito semelhantes aos umbigos originais. Não observamos necroses, estenoses, distorções morfológicas e nem mau posicionamento dos mesmos. Conclusão: Esta técnica tem permitido a obtenção de umbigos com aspecto natural, é de fácil execução e reduz o tempo operatório.

Introduction: With the increasing surgical treatment of obesity, a new group of patients is being attended by plastic surgeons: those with large flaccid skin following weight loss. For patients treated with conventional or open bariatric surgery, vertical, anchorline, or inverted "T" abdominoplasty has been widely used to improve the abdominal contour. In this study, abdominoplasty was associated with umbilical amputation followed by neo-omphaloplasty. Methods: Seventy patients with stable weight for at least 18 months underwent surgery at the UNICAMP Plastic Surgery Outpatient Clinic, from March 2011 to April 2013. In all patients, anchor-line abdominoplasty with excision of the original navel was executed, together with the surgical specimen and preparation of neo-umbilicus, through bilateral dermal-fat flaps. A retrospective analysis of medical records and photographic archives was performed. Results: The 70 patients were predominantly female (91%) and white (83%) with a mean age of 40 years. After a wait time of approximately 16 months, they were subjected to anchorline abdominoplasty associated with neo-omphaloplasty, which lasted an average of 2 hours. There were post-operative complications in 29.85% of the patients, including small dehiscence, unsightly, enlarged, or hypertrophic scars, keloid, seroma, relevant dermo-fatty excesses, and wound infection. The neo-umbilicus obtained from the surgery is very similar to the original umbilicus. We did not observe necrosis, stenosis, morphological distortions, or bad positioning. Conclusion: This technique has made it possible to obtain an umbilicus with a natural look, is easy to perform, and shortens operating time.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias
Umbigo
Obesidade Mórbida
Registros Médicos
Estudos Retrospectivos
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos
Estudo de Avaliação
Documentação
Abdome
Cirurgia Bariátrica
Fotografia
Abdominoplastia
-Complicações Pós-Operatórias/cirurgia
Umbigo/cirurgia
Obesidade Mórbida/cirurgia
Registros Médicos/classificação
Registros Médicos/normas
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos
Cirurgia Bariátrica/métodos
Abdominoplastia/métodos
Abdome/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Estudo de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  6 / 136 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-91
Autor: Gallo, José Renato Barbieri.
Título: Realocação vertical da cicatriz umbilical em abdominoplastias do grupo IV de bozola e psillakis - padronização tática / Vertical relocation of the umbilical scar in abdominoplasty of Bozola and Psillakis Group IV cases ­ standardization of procedures
Fonte: Rev. bras. cir. plást;29(1):94-98, jan.-mar. 2014.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: O umbigo é a única cicatriz natural visível do corpo. É parte essencial da estética abdominal, fato que torna a umbilicoplastia fundamental no sucesso da abdominoplastia. A posição e a naturalidade de contorno são os dois fatores mais relevantes na avaliação do resultado estético da cicatriz umbilical. Classificações e padronizações têm sido ferramentas importantes para aprimoramento do diagnóstico e refinamentos no tratamento dos distúrbios estéticos do abdome. Além disso, têm facilitado a reprodutibilidade dos procedimentos e servido de base para estudos comparativos. Objetivos: Apresentar a experiência do autor com uma padronização tática para o reposicionamento e reimplante da cicatriz umbilical em casos de abdominoplastias do grupo IV. Demonstrar a tática de realocação vertical do umbigo com detalhamento da nova posição, avaliar a qualidade do resultado obtido e o grau de satisfação das pacientes. Métodos: Vinte pacientes, todas do sexo feminino, foram submetidas ao procedimento entre maio de 2010 e maio de 2012. O período mínimo de acompanhamento foi de trinta dias e o máximo, de dois anos. Resultados: A maioria dos resultados foi considerada excelente, atingindo alto nível de satisfação das pacientes, sem apresentar grandes complicações. Não foram necessárias reintervenções. A técnica mostrou-se segura, simples e de fácil execução. Conclusão: A marcação e o planejamento cirúrgico, com a proposta de um limite caudal máximo para o reposicionamento da cicatriz umbilical, podem ser de grande valia tanto no auxílio aos diagnósticos mais complexos dos tipos de defeitos estéticos do abdome quanto nas indicações das técnicas de abdominoplastias mais adequadas ao tratamento.

Introduction: The navel is the only natural visible scar on the body. It is an essential part of abdominal aesthetics, making umbilicoplasty critical for the success of abdominoplasty. The position and natural contour are the two important factors that are most relevant in evaluating the aesthetic result of the umbilical scar. Classifications and standards are important tools to improve the diagnosis and refine the treatment of abdomen aesthetic disorders. Furthermore, it has facilitated appropriate reproduction of the procedure and served as a basis for comparative studies. Objectives: This study presents the author's experience with procedure standardization for repositioning and re-implantation of the umbilical scar in abdominoplasty group IV cases. The study demonstrates the navel vertical relocation technique, along with details of the new position, and assesses the quality of results obtained and the degree of patient satisfaction. Case studies and methods: Twenty female patients underwent the procedure between May 2010 and May 2012. The minimum follow-up period was thirty days and the maximum follow-up period was two years. Results: Most results were considered excellent, with a high level of patient satisfaction and no major complications. There was no need for re-intervention. The technique was shown to be safe, simple and easy to perform. Conclusion: The marking and surgical planning, with a proposed maximum end limit for repositioning of the umbilical scar, can be valuable both in aiding the most complex diagnoses of aesthetic abdomen defect types and evaluating the technical aspects of abdominoplasty that are most appropriate for treatment.
Descritores: Cirurgia Plástica
Umbigo
Midazolam
Estudos Retrospectivos
Cicatriz
Satisfação do Paciente
Padronização Corporal
Estudo de Avaliação
Abdome
Estética
Levobupivacaína
Anestesia Epidural
-Cirurgia Plástica/métodos
Umbigo/cirurgia
Midazolam/uso terapêutico
Midazolam/farmacologia
Cicatriz/cirurgia
Abdominoplastia/métodos
Levobupivacaína/uso terapêutico
Levobupivacaína/farmacologia
Abdome/cirurgia
Anestesia Epidural/métodos
Limites: Feminino
Adulto
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Estudo de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  7 / 136 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-871199
Autor: Piscoche Torres, Nathaly Luz Marina.
Título: Conocimientos de las madres sobre cuidados del cordón umbilical en el recién nacido de alojamiento conjunto del Hospital II EsSalud Huaraz 2015 / Knowledge of the mothers about the umbilical cord care of the newborn of rooming at the Hospital II EsSalud Huaraz, 2015.
Fonte: Lima; s.n; 2015. 59 p.
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad Nacional Mayor de San Marcos. Facultad de Medicina para obtenção do grau de Especialista.
Descritores: Alojamento Conjunto
Cordão Umbilical
Doenças do Recém-Nascido/prevenção & controle
Enfermagem Neonatal
Mães
Umbigo
-Estudos Transversais
Responsável: PE13.1 - Oficina de Biblioteca, Hemeroteca y Centro de Documentación
PE13.1; EE, WY, 157.3, P62, ej.1. 010000100319; PE13.1; EE, WY, 157.3, P62, ej.2. 010000100320


  8 / 136 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-583
Autor: Santa CeciliaCastro, Débora de Paula Ramos; Saldanha, Osvaldo Ribeiro; Pinto, Ewaldo Bolivar de Souza; Albuquerque, Francisco Mendonça de; Móia, Sandra Márcia da Silva.
Título: Avaliação estética da cicatriz umbilical em duas técnicas de onfaloplastia / Aesthetic evaluation of two omphaloplasty techniques
Fonte: Rev. bras. cir. plást;29(2):248-252, apr.-jun. 2014. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: O tratamento da cicatriz umbilical é um tempo muito importante na plástica abdominal. Existem várias técnicas descritas de onfaloplastia na literatura. Objetivo: Este trabalho tem com objetivo comparar o resultado estético de onfaloplastias com as técnicas em estrela e losango. Método: Foram avaliados os resultados de 20 pacientes, por meio de pontuação, utilizando cinco critérios: formato, localização, cicatriz, tamanho e profundidade. Resultado: As pacientes apresentaram somatória significativamente maior de pontos no critério que avaliou o formato da onfaloplastia, sendo utilizada a técnica em estrela 15,8± 2,05, quando comparada com a técnica de onfaloplastia em losango 12,6± 3,65 com p=0,03. Nos demais critérios de localização, tamanho, profundidade e cicatriz não houve diferenças significantes. Conclusão: O estudo demonstrou que a técnica em estrela apresentou melhores resultados estéticos no critério de formato do que a técnica em losango.

Introduction: The treatment of umbilical scarring is important in abdominoplasty, and many omphaloplasty techniques are described in the literature. Objetive: The objective of this work is to compare the aesthetic result of omphaloplasty with the star technique and the diamond technique. Method: Twenty patients were evaluated through scoring, by using five criteria: shape, location, scar, size, and depth. Result: The patients showed significantly higher scores when evaluating the shape criterion during an omphaloplasty; the star technique scored, on average, 15.8 ± 2.05, whereas the diamond technique scored 12.6 ± 3.65 (p = 0.03). No significant difference was found in all other criteria (location, size, depth, and scar). Conclusion: This study demonstrates that the star technique produces better aesthetic results than the diamond technique.
Descritores: Cirurgia Plástica
Umbigo
Ferimentos e Lesões
Estudo Comparativo
Estudos Prospectivos
Pesquisa e Novas Técnicas
Estudo de Avaliação
Estética
Hérnia Umbilical
-Cirurgia Plástica/efeitos adversos
Cirurgia Plástica/métodos
Umbigo/anatomia & histologia
Umbigo/cirurgia
Umbigo/lesões
Ferimentos e Lesões/cirurgia
Hérnia Umbilical/cirurgia
Hérnia Umbilical/patologia
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Estudo Comparativo
Revisão
Estudo de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  9 / 136 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-584
Autor: Dias Filho, Antonio Vieira; Valadão, Maria Gabriella Cavalcant; Guerra Filho, Tarcísio Roberto.
Título: Onfaloplastia: estudo comparativo de técnicas / Onphaloplasty: comparative study of techniques
Fonte: Rev. bras. cir. plást;29(2):253-258, apr.-jun. 2014. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: O umbigo tem importância central na harmonia do abdome, sendo importante uma cicatriz umbilical de aspecto natural na abdominoplastia. O objetivo deste trabalho foi comparar três técnicas de onfaloplastia. Método: Quarenta e duas pacientes submetidas à abdominoplastia foram agrupadas conforme a técnica utilizada: grupo O (n=19), o umbigo ressecado de forma oval e o retalho abdominal incisado em elipse vertical; no grupo U (n=11), o umbigo ressecado em forma pouco oval e o retalho recebeu incisão curva de concavidade superior; e no Grupo Y (n=12), o umbigo ressecado em forma triangular e o retalho incisado em forma de "Y". Os grupos foram comparados quanto a complicações e satisfações das pacientes e do cirurgião. Resultados: Ocorreram estenoses em três pacientes com cicatriz oval, associadas a cicatrizes patológicas. O umbigo largo foi mais prevalente na técnica curva de concavidade superior (36,36%), embora sem significância estatística. O teste de correlação linear de Person mostrou associação da insatisfação da paciente com o alargamento do umbigo (p=0,0003). Quanto à satisfação das pacientes, avaliada pelo Teste de Kruskal-Wallis, a cicatriz triangular foi estatisticamente melhor que a curva de concavidade superior (p<0,05). Não houve significância estatística na comparação da satisfação das pacientes da cicatriz oval com as outras, assim como não foi constatada diferença significante da satisfação do médico com as três técnicas. Conclusão: A técnica triangular proporcionou maior satisfação às pacientes, em relação à incisão curva de concavidade superior. O alargamento do umbigo foi o fator mais relacionado à insatisfação das pacientes, nesta casuística.

Introduction: The navel is central to the appearance of the abdomen, and it is important for the umbilical scar to have a natural aspect following abdominoplasty. The objective of this study was to compare three omphaloplasty techniques. Method: Forty-two patients undergoing abdominoplasty were grouped according to the technique used: in group O (n=19), the navel was resected in an oval shape and the abdominal flap incised in a vertical ellipse; in group U (n=11), the navel was resected in a short oval shape and the flap incised with an upper concavity; and in group Y (n=12), the navel was resected in a triangular shape and the flap incised in a "Y" shape. The groups were compared regarding complications and satisfaction of patients and the surgeon. Results: Three patients in group O had stenoses associated with pathological scars. A wide navel was more prevalent in the upper concave curve technique used in group U (36.36%), although the differences in prevalence rates were not statistically significantly. Pearson linear correlation test showed an association between patient dissatisfaction and navel enlargement (p = 0.0003). Patient satisfaction was evaluated using the Kruskal-Wallis test. The triangular scar group showed statistically better patient satisfaction than the upper concave curve technique (p <0.05). There was no statistical significance in patient satisfaction between oval scarring and the other methods. We found no significant difference in physician satisfaction with the three techniques. Conclusion: Patients who underwent the triangular technique experienced greater satisfaction than those who underwent the upper concave curve technique. Navel enlargement was the factor most related to patient dissatisfaction.
Descritores: Cirurgia Plástica
Umbigo
Estudo Comparativo
Registros Médicos
Estudos Transversais
Estudos Retrospectivos
Cicatriz
Estudo de Avaliação
Abdome
Abdominoplastia
Estudo Observacional
-Cirurgia Plástica/métodos
Umbigo/cirurgia
Registros Médicos/classificação
Registros Médicos/normas
Cicatriz/cirurgia
Abdominoplastia/métodos
Abdome/cirurgia
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Estudo Comparativo
Revisão
Estudo de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  10 / 136 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-735
Autor: Murillo, William Libardo.
Título: Onfaloplastia: o retorno ao processo natural / Omphaloplasty: back to the natural process
Fonte: Rev. bras. cir. plást;29(3):416-421, jul.-sep. 2014. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: Desde do início da abdominoplastia moderna, os cirurgiões têm focado sua atenção na estética do umbigo. Relatos mostram os esforços realizados para recriar um aspecto natural do umbigo, sendo que diversas técnicas têm sido descritas, publicadas, e utilizadas pelos cirurgiões. Este estudo, imitando o processo de cicatrização natural do umbigo de um recém-nascido, apresenta outra perspectiva em relação a essa abordagem cirúrgica. MÉTODO: Os dados foram coletados entre 2008 e 2012. Nosso estudo inclui 103 pacientes, idade variando de 19 a 52 anos, submetidos a abdominoplastia e reconstrução do umbigo por meio da técnica imitando o processo de cicatrização natural do umbigo. Após resseção do excesso de pele do abdome e replicação, o retalho é posicionado corretamente, e uma incisão vertical de 2 cm é realizado no retalho para acomodar a nova posição do umbigo. Após um nó feito ao redor da pedúnculo a extremidade do umbigo é amputada. Finalmente, o umbigo é fixado nos quatro pontos cardinais da derme com sutura intradérmica, portanto, iniciando processo secundário de cicatrização. Em cerca de três semanas no período pós-operatório, a cirurgia é concluída e o efeito anatômico natural desejado é alcançado. CONCLUSÃO: A facilidade para realizar o procedimento e o aspecto final jovial do umbigo ao longo prazo torna o procedimento apropriado para as abdominoplastias.

INTRODUCTION: Since the beginning of modern abdominoplasty, plastic surgeons have fixed their attention on the aesthetic aspect of the umbilicus. Reports show the efforts made to recreate a natural looking belly button and several techniques have been described, published, and put to use by surgeons. The author, imitating the course of action of the navel's natural healing process of a newborn child, presents another perspective in this surgical field. METHOD: Results were collected between year 2008 to 2012, with patients ranging from 19 to 52 years of age, making a total 103 patients who were submitted to abdominoplasty and navel reconstruction under the technique proposed in this article. After the abdominal skin excess resection and rectiplication, the skin flap is correctly positioned, and a 2 cm vertical incision on the skin flap is performed to fit the new umbilicus position. Afterward a knot is made around the stalk and the extremity of the umbilicus is amputated. Finally the umbilicus is fixated in four cardinals points to the dermis of the skin incision with buried stitches and a secondary healing process begins. After about three weeks of postoperative period, the surgery concludes with the desired natural anatomic effect. RESULTS: The umbilical shape and scar had a natural, clean aspect, leaving aside the common stigmata usually found after abdominoplasty such as noticeable scar, widening, stenotic appearance, etc. CONCLUSION: The easy procedures and the final long-term youthful aspect of the umbilicus, make it suitable for the abdominoplasties armamentarium.
Descritores: Umbigo
Cicatrização
Revisão
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos
Abdome
Abdominoplastia
-Umbigo/cirurgia
Estudos Retrospectivos
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos
Abdominoplastia/métodos
Abdome/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica



página 1 de 14 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde