Base de dados : LILACS
Pesquisa : A02.633.567.400 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 184 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 19 ir para página                         

  1 / 184 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-671786
Autor: Montalván-Bustamante, Luis Eduardo.
Título: Microlipoinjerto autólogo facial intramuscular: descripción de la técnica / Microlipoinjerto autologous facial muscle: description of the art
Fonte: Dermatol. peru;22(1):21-28, ene.-mar. 2012. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El microlipoinjerto autólogo facial intramuscular consiste en la inyección de pequeñas alícuotas de grasa en el espacio intramuscular o cerca a los músculos faciales. Preferimos el uso de un sistema cerrado para evitar la contaminación de la grasa. Consiste en muchos detalles técnicos que deben ser escrupulosamente seguidos para obtener un buen resultado cosmético. La evaluación clínica debe ser escrupulosa. El análisis facial debe ser detallado. Procedimiento. Para infiltrar la zona dadora se usó solución anestésica tumescente. La aspiración de la grasa de la zona dadora se realizó únicamente con anestesia local. Para anestesiar el rostro, se empleó bloqueo nervioso más solución tumescente. La grasa a ser inyectada, se mezcló con plasma rico en plaquetas, para asegurar la supervivencia de la grasa. La inyección de la grasa se realizó con cánulas de Coleman. Las partes del rostro que pueden ser inyectadas son la frente, los temporales, la región periocular, la región perioral y el mentón. Se deben seguir escrupulosamente todos los detalles de la técnica para lograr un buen resultado cosmético y evitar las complicaciones. Se pueden realizar procedimientos complementarios como liposucción de carrillos, región submentoniana y cuello. Conclusiones. El microlipoinjerto autólogo facial intramuscular es una herramienta valiosa tanto en cirugía facial cosméticacomo reconstructiva.

Fat autograft muscle injection is the injection of small aliquots of fat in muscle space or near the facial muscles. We prefer to use a closed system to avoid fat contamination. This technique has many technical details that must be thoroughly followed to attain a good cosmetic result. Comprehensive clinical evaluation and facial analysis is mandatory. Procedure. We currently use tumescent anesthetic solution to infuse donor site. Liposuction from the donor site is currently performed under local anesthesia. Facial nerve block facemore tumescent solution, is currently used. Fat to be injected is currently mixed with platelet-rich plasma to ensure the survival of the fat. Fat re-injection is performed with Coleman cannulas. Parts of the face that can be injected are the forehead, temporal, periocular, perioral region, and chin. Careful, detailed technique must be displayed to achieve a good cosmetic result and avoid complications. Complementary procedures such as liposuction of cheeks, submental and neck region can be performed. Conclusions. Facial fat auto graft muscle injection is a valuable tool in both cosmetic and reconstructive facial surgery.
Descritores: Face/cirurgia
Cirurgia Plástica/métodos
Gorduras/uso terapêutico
Injeções Intramusculares/métodos
Músculos Faciais/cirurgia
Transplante Autólogo
-Ilustração Médica
Rejuvenescimento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  2 / 184 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1009
Autor: Costa, Pedro Hermesson Oliveira; Coelho, Victor Cavalcanti; Oliveira, Wanessa Ventura de; Soares, Diego Moura; Sousa Júnior, José Romero Souto de; Santos, Marconi Eduardo Sousa Maciel.
Título: Avaliação estética e condutas terapêuticas relacionadas aos principais perfis faciais / Aesthetic evaluation and therapeutic procedures related to main facial profiles
Fonte: Rev. bras. cir. plást;30(2):219-227, 2015. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: A cirurgia ortognática para correções de deformidades dentofaciais proporciona uma face mais harmoniosa, funcional e estética. O objetivo desse estudo foi avaliar a percepção dos cirurgiões bucomaxilofaciais quanto à estética dos perfis faciais padrões I, II e III, relacionada ao sexo, etnia e às principais condutas terapêuticas. Métodos: Foram entrevistados 18 cirurgiões especialistas ou em formação em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, utilizando uma ficha clínica padronizada para avaliação estética e condutas terapêuticas de 12 imagens manipuladas simulando os perfis faciais, sexo e raças. Resultados: Quanto à estética, destacaram-se os perfis faciais tipo I, que apresentaram as melhores médias, enquanto os perfis faciais tipo III as menores; entretanto, não houve diferenças significativas entre as médias obtidas nos diferentes perfis faciais em relação ao sexo e à raça. As condutas terapêuticas foram homogêneas nos perfis II e III, com maiores percentuais para condutas clássicas no tratamento ortocirúrgico destas deformidades dentofaciais. Conclusão: O perfil facial I foi o considerado mais estético; então, houve influência do sexo e do tipo racial na estética para a amostra estudada. Os perfis faciais I foram os mais difíceis de avaliar quanto às condutas terapêuticas, o que resultou em grande variedade de opções em relação aos perfis II e III.

Introduction: Orthognathic surgery for correction of dentofacial deformities provides a more-symmetrical face, and functional and aesthetic benefits. The aim of this study was to evaluate the perception of buccomaxillofacial surgeons regarding the aesthetics of facial profiles patterns I, II, and III in related to sex, ethnicity, and the main therapeutic procedures. Methods: We interviewed 18 specialist surgeons or surgeons in training in buccomaxillofacial surgery by using a standardized clinical report form for aesthetic evaluation and therapeutic procedures of 12 manipulated images simulating facial profiles, sex, and race. Results: As for aesthetics, the highlights were that facial profile type I had the highest mean values, whereas facial profile type III had the lowest mean values. However, no significant differences were found between the mean values obtained in different facial profiles in relation to sex and race. The therapeutic procedures were homogeneous in profiles II and III, with higher percentages for classical procedures in the orthosurgical treatment of these dentofacial deformities. Conclusion: Facial profile I was considered more aesthetic. Furthermore, sex and racial type effects on aesthetics for the studied sample. Facial profiles I were the most difficult to assess as to therapeutic procedures, which resulted in a wide range of options in relation to profiles II and III.
Descritores: Percepção
Diagnóstico por Imagem
Condutas Terapêuticas
Estudos Transversais
Estudos Prospectivos
Inquéritos e Questionários
Anormalidades Maxilofaciais
Procedimentos Cirúrgicos Bucais
Estudo de Avaliação
Odontólogos
Estudos Observacionais como Assunto
Estética Dentária
Face
Ossos Faciais
Músculos Faciais
-Inquéritos e Questionários/classificação
Inquéritos e Questionários/normas
Anormalidades Maxilofaciais/cirurgia
Anormalidades Maxilofaciais/terapia
Procedimentos Cirúrgicos Bucais/métodos
Procedimentos Cirúrgicos Bucais/ética
Odontólogos/psicologia
Odontólogos/ética
Face/cirurgia
Ossos Faciais/cirurgia
Músculos Faciais/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Estudo de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  3 / 184 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-608203
Autor: Gomes, Rogério Schutzler.
Título: Frontal and glabellar myotomy: single short frontal scar approach / Miotomia frontoglabelar: acesso por pequena incisão frontal
Fonte: Rev. bras. cir. plást;26(3):446-452, July-Sept. 2011. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: BACKGROUND: Frontal and glabellar muscle hyperactivity with consequent wrinkles are frequent complaints in plastic surgery. Treatment consists of impediment of related muscles; this can be achieved by application of botulinum toxin or surgery by means of classic coronal incision, endoscopic approach, transblepharoplasty access, or non-endoscopic limited approaches. This paper proposes an alternative of limited approach in which an incision is made on the central frontal scalp for treatment of the frontal and glabellar muscles. METHODS: Between March 2009 and April 2010, 20 female patients were treated using a small incision on the frontal scalp, followed by dissection of frontal and glabellar regions. Muscles and supratrochlear and supraorbital nerve branches were identified; subsequently, frontal and glabellar muscle myotomy was performed. RESULTS: All patients showed good results by frontal and glabellar muscle impediment during the evaluation period, with improvement in wrinkles and hyperactivity. Complications consisted of temporary paresthesia and pruritus in the central frontal region and scalp, in addition to recurrence of partial muscle contraction. CONCLUSIONS: The small incision approach on the central frontal scalp for treatment of frontal and glabellar muscles seems to be a good alternative to other surgical options due to its small size, inconspicuous scarring, and direct visualization of frontal and glabellar anatomic structures, allowing selective myotomy or myectomy.

INTRODUÇÃO: A hiperatividade da musculatura frontoglabelar, com suas consequentes rugas, são queixas frequentes em consultórios de cirurgia plástica. O tratamento consiste de impedimento desses músculos, o que pode ser obtido com a aplicação de toxina botulínica ou cirurgicamente, por incisão coronal clássica, acesso endoscópico, acesso transblefaroplastia ou acessos limitados não-endoscópicos. Neste artigo é proposta uma alternativa de acesso limitado, por incisão pós-capilar central frontal (IPCF), para tratamento das musculaturas frontal e glabelar. MÉTODO: Entre março de 2009 e abril de 2010, 20 pacientes do sexo feminino foram submetidas a IPCF, seguida de dissecção das regiões frontal e glabelar. Os músculos e os nervos supratroclear e supraorbitário foram identificados, sendo, em seguida, realizada miotomia dos músculos frontoglabelares. RESULTADOS: Todos os casos apresentaram bons resultados pelo impedimento da musculatura frontoglabelar no período avaliado, com melhora das rugas e da hiperatividade. As complicações observadas foram temporárias e incluíram parestesia e prurido na região frontal central e no escalpe, além de recorrência parcial da contração muscular. CONCLUSÕES: A IPCF parece ser uma boa alternativa para o tratamento das musculaturas frontal e glabelar, pela pequena incisão, pela cicatriz inaparente e por permitir visão direta das estruturas anatômicas das regiões frontal e glabelar, permitindo miotomia ou miectomia seletiva.
Descritores: Cirurgia Plástica
Ritidoplastia
Toxinas Botulínicas Tipo A
Dissecação
Estética
Face
Músculos Faciais
Ferida Cirúrgica
Miotomia
-Cirurgia Plástica/métodos
Ritidoplastia/métodos
Toxinas Botulínicas Tipo A/uso terapêutico
Dissecação/métodos
Face/cirurgia
Músculos Faciais/cirurgia
Ferida Cirúrgica/cirurgia
Ferida Cirúrgica/terapia
Miotomia/métodos
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
História do Século XXI
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  4 / 184 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-668139
Autor: Chia, Chang Yung.
Título: Suspensão temporofrontal gálea-periostal com duplo acesso: tática conservadora / Temporofrontal galea periosteal lifting with double access: a conservative procedure
Fonte: Rev. bras. cir. plást;27(3):398-404, jul.-set. 2012. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: O tratamento do terço superior da face deve ser amplo, englobando as regiões frontal e temporal. Entretanto, em decorrência das potenciais complicações e da cicatriz extensa, o lifting coronal tem sido evitado e substituído por técnica endoscópica e procedimentos menos invasivos, porém, talvez, menos eficazes. O objetivo deste estudo é propor uma tática cirúrgica com eficácia similar à do lifting coronal, sem, no entanto, as complicações típicas desse procedimento. MÉTODO: Foi realizada análise retrospectiva de 20 pacientes do sexo feminino, consecutivas, com média de idade de 53,3 anos, submetidas a lifting cervicofacial, no período de fevereiro de 2008 a julho de 2011. Foram avaliadas a sensibilidade da região abordada (anestesia, hipoestesia, hiperestesia, parestesia), a função motora do ramo temporal do nervo facial (movimento do músculo frontal), e a cicatrização (alargamento e alopecias). RESULTADOS: Não houve complicações sensitivas ou motoras, bem como vasculares. Também não foram observados alargamento cicatricial ou alopecias. Uma paciente precisou de revisão da miectomia dos músculos corrugadores e outra foi submetida a miectomia do músculo orbicular lateral do olho, para otimização do resultado. CONCLUSÕES: A tática é segura, simples, não necessita de equipamentos ou materiais especiais, e tem a vantagem da ampla e boa distribuição cutânea, englobando as regiões frontal e temporal.

BACKGROUND: Surgical treatment of the superior third of the face should usually involve an extensive area, including the frontal and temporal regions. However, the open coronal technique has been avoided because it carries a risk of potential complications and a wide scar. The technique has been supplanted by endoscopic and other less-invasive techniques, which are perhaps less efficacious. This article proposes an open technique that maintains the coronal lifting efficiency without its typical complications. METHODS: A retrospective analysis of 20 consecutive female patients who underwent cervicofacial facelift from February 2008 to July 2011 was performed. The patients had a mean age of 53.3 years (range, 46-71 years). The sensitivity of the regions covered (i.e., anesthesia, hypoesthesia, hyperesthesia, paresthesia), motor function of the temporal branch of the facial nerve (i.e., frontal muscle movement), and healing (i.e., widening and alopecia) were evaluated. RESULTS: There were no sensory, motor, or vascular complications. Moreover, neither cicatricial enlargement nor alopecia was observed. One patient required revision of the corrugator muscle myectomy, and another underwent myectomy of the lateral orbicularis muscle of the eye for optimal results. CONCLUSIONS: The proposed technique is simple, safe, does not require special equipment or devices, and has the advantage of wide and harmonious distribution of the flap, including the temporal and frontal regions.
Descritores: Cirurgia Plástica
Músculo Temporal
Ritidoplastia
Estudos Retrospectivos
Cicatriz
Estudo de Avaliação
Face
Músculos Faciais
-Cirurgia Plástica/métodos
Cirurgia Plástica/reabilitação
Músculo Temporal/cirurgia
Ritidoplastia/métodos
Cicatriz/terapia
Face/cirurgia
Músculos Faciais/cirurgia
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
História do Século XXI
Tipo de Publ: Revisão
Estudo de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  5 / 184 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-883646
Autor: Gomes, Rogerio Schutzler; Barazzetti, Daniel Ongaratto; Pintarelli, Guilherme.
Título: Miotomia glabelar fechada: uma nova abordagem cirúrgica para tratar rugas sem cicatrizes / Closed glabellar myotomy: a new surgical approach to treat wrinkles without scarring
Fonte: Rev. bras. cir. plást;33(1):110-114, jan.-mar. 2018. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: A hiperatividade da musculatura glabelar e as consequentes rugas são queixas frequentes na cirurgia plástica. O tratamento consiste em impedimento dos músculos relacionados. Propomos uma abordagem fechada para o tratamento da musculatura glabelar. Métodos: 78 pacientes foram operados entre abril de 2012 e agosto de 2015. A miotomia é realizada guiada pela marcação e tem início utilizando fio de poliglactina 0 ou fio de aço, passando várias vezes através das linhas marcadas, entrando pelo supercílio e utilizando o plano justaperiostal, retornando através do mesmo orifício da agulha em direção ao orifício de entrada, agora usando o plano subcutâneo. Resultados: Foram obtidos bons resultados em todos os casos com impedimento da atividade da musculatura glabelar durante o período avaliado (pelo menos 1 ano), com melhora das rugas e hiperatividade. As complicações observadas foram parestesia temporária na região frontal central (35 casos) e recidiva parcial (4 casos). Não foi observado nenhum caso de recorrência completa. As opções de tratamento cirúrgico de longo prazo para rugas glabelar são miotomia, neurotomia parcial ou miectomia. A miotomia glabelar fechada evita algumas possíveis complicações associadas a essas opções, diminui o tempo cirúrgico utilizando instrumentos cirúrgicos convencionais, permite a correção de assimetria, com menos edema, menos equimoses e evita cicatrizes. Conclusão: A miotomia glabelar fechada parece ser uma boa alternativa às outras opções cirúrgicas tradicionais, porque evita cicatrizes, permite correção de assimetria e apresenta bons resultados a longo prazo.

Introduction: Hyperactivity of the glabellar musculature and resulting wrinkles are frequent complaints in the field of plastic surgery. Treatment consists of blocking the involved muscles. We propose a closed approach for the treatment of glabellar musculature. Methods: Seventy-eight patients underwent operation between April 2012 and August 2015. Myotomy includes the use of markings and polyglactin 0 wire or steel wire, passing through the marked lines several times, entering the eyebrow and using the juxtaperiostal plane, returning through the same orifice of the needle toward the entry hole, and using the subcutaneous plane. Results: Good results were obtained in all cases by preventing glabellar muscle activity during the period evaluated (at least 1 year), with improvement in wrinkles and muscle hyperactivity. The complications observed included temporary paresthesia in the frontal region (35 cases) and partial recurrence (4 cases). There was no case of total recurrence. The options for long-term surgical treatment of glabellar wrinkles are myotomy, partial neurotomy, or myectomy. Closed glabellar myotomy prevents some possible complications associated with these options, reduces the surgical time, requires the use of conventional surgical instruments, eliminates scarring, and causes asymmetric correction, less edema, and fewer bruises. Conclusion: Closed glabellar myotomy seems to be a good alternative compared to other traditional surgical options, because it eliminates scarring, allows correction of asymmetry, and presents good long-term results.
Descritores: Pacientes
Ritidoplastia
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos
Difusão de Inovações
Estética
Músculos Faciais
Miotomia
-Pacientes/psicologia
Ritidoplastia/instrumentação
Ritidoplastia/métodos
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/instrumentação
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos
Músculos Faciais/cirurgia
Miotomia/instrumentação
Miotomia/métodos
Limites: Humanos
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Estudo de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  6 / 184 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bento, Ricardo Ferreira
Texto completo
Id: biblio-975613
Autor: Bernardes, Daniele Fontes Ferreira; Bento, Ricardo Ferreira; Gomez, Maria Valeria Schimidt Goffi.
Título: The Contribution of Surface Electromyographic Assessment for Defining the Stage of Peripheral Facial Paralysis: Flaccid or Sequelae Stage
Fonte: Int. arch. otorhinolaryngol. (Impr.);22(4):348-357, Oct.-Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction Surface electromyographic activity may not be symmetric, even in subjects with no facial paralysis history. Objective To evaluate the contribution of the index of electromyographic (IEMG) activity in the identification of the two extremes of the facial paralysis course. Methods Thirty-four subjects with unilateral peripheral facial paralysis were selected. A control group was composed of volunteers without a history of facial paralysis. The electromyographic assessment of the facial muscle was performed by placing surface electrodes during movements of the forehead, eyes and lips using MIOTEC equipment, such as the MIOTOOL (Miotec, Porto Alegre, Brazil) software. The electromyographic activity was also recorded in other channels during the primary activity to identify the presence of synkinesis. The statistical analysis was performed using the Statistical Package for Social Sciences for Macintosh (SPSS Inc, Chicago, IL, USA). The IEMG activity was obtained from the division of the electromyographic activity root mean square (RMS) values on both sides. Results There was a statistically significant difference among the groups in all the analyzed indexes. The ocular-oral synkinesis in all patients must be correctly identified (with 100% sensitivity and specificity) using an IEMG activity of 1.62 as a cutoff point. The oral-ocular synkinesis must be correctly identified (93.3% sensitivity and 95.9% specificity) using the IEMG activity of 1.79 as a cutoff point. Conclusion The IEMG activity is below the normal scores in patients in the flaccid stage, whereas patients in the sequelae stage can either show normal values or values above or below the normal scores. The IEMG activity was shown to have high sensitivity and specificity in the identification of synkinesis.
Descritores: Eletromiografia
Paralisia Facial/diagnóstico
Paralisia Facial/fisiopatologia
-Superfície Corporal
Evolução Clínica
Sincinesia/diagnóstico
Músculos Faciais/fisiopatologia
Paralisia Facial/complicações
Hipotonia Muscular/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  7 / 184 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048915
Autor: Pedro, Ana Carolina Corazza.
Título: Impacto do comprometimento motor oral e de condições sistêmicas na qualidade de vida relacionada à saúde de crianças e adolescentes com sequência de Moebius e síndrome de Down / Impact of oral motor impairment and systemic conditions on healthrelated quality of life of children and adolescents with Moebius sequence and Down syndrome.
Fonte: São Paulo; s.n; 20190000. 130 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Mestre.
Descritores:
Qualidade de Vida
Síndrome de Down
Músculos Faciais
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  8 / 184 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Machado, Luís dos Ramos
Yacubian, Elza Márcia Targas
Id: lil-165393
Autor: Limongi, Joäo Carlos Papaterra.
Título: Toxina botulínica em distúrbios do movimento / Botulinum toxins in movement disorders
Fonte: In: Nitrini, Ricardo; Machado, Luís dos Ramos; Yacubian, Elza Marcia Targas; Rabello, Getúlio Daré. Condutas em neurologia: 1995. Säo Paulo, Clínica Neurológica HC/FMUSP, 1995. p.62-62, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Transtornos de Tique/tratamento farmacológico
Tremor/tratamento farmacológico
Distonia/tratamento farmacológico
Espasticidade Muscular/tratamento farmacológico
Músculos Faciais
Toxinas Botulínicas/uso terapêutico
-Distonia/classificação
Resistência a Medicamentos
Toxinas Botulínicas/efeitos adversos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/2673.05; BR73.1; WL100, N731c. 1968


  9 / 184 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-782227
Autor: Macedo, Julya; Limana, Mirieli Denardi; Gomes, Cristiane Faccio; Amaral, Anne Paula Peçanha Morovis.
Título: Funcionamento do músculo bucinador em bebês que utilizam e não utilizam bicos artificiais / Operation of the buccinator muscle in babies using and not using artificial tips
Fonte: Pediatr. mod;51(9):326-331, set, 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Com objetivo de identificar e comparar o funcionamento do músculo bucinador em bebês que utilizam e não utilizam bicos artificiais, foi realizada eletromiografia de superfície em 14 bebês entre zero e seis meses de idade, divididos em três grupos: Grupo A, com cinco bebês que utilizam mamadeira e chupeta; Grupo B, com três bebês amamentados e que utilizam chupeta, e Grupo C, com seis bebês que são apenas amamentados, sem uso de chupeta; e mamadeira. A análise quantitativa foi realizada por meio das medianas e RMS de cada grupo. Observou-se que o Grupo A revelou os maiores valores de contração muscular, o Grupo B valores intermediários e o Grupo C, os menores valores de contração do músculo bucinador, devido ao fato de que nos bicos artificiais há maior atividade deste músculo do que em aleitamento materno. Conclui-se que, a partir do momento em que o bebê inicia a sucção de um bico artificial, ocorre aumento da atividade desse músculo. Quando há uso de dois bicos, a atividade é maior ainda e em aleitamento materno a atividade é menor, já que a função do músculo bucinador refere-se apenas à manutenção da mama na cavidade oral do bebê. Deste modo, não há indicação do uso de bicos artificiais em bebês, pois a atividade aumentada dos bucinadores pode trazer consequências negativas ao crescimento das estruturas orais ou no desempenho das funções do sistema estomatognático (sucção, mastigação, deglutição, respiração, expressão facial e articulação dos sons da fala).
Descritores: Sucção
Eletromiografia
Músculos Faciais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 184 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Andrade, Claudia Regina Furquim de
Texto completo
Id: biblio-1001365
Autor: Rondon-Melo, Silmara; Andrade, Claudia Regina Furquim de.
Título: Efeitos do uso de diferentes tecnologias educacionais na aprendizagem conceitual sobre o sistema miofuncional orofacial / Effects of the use of different educational technologies in conceptual learning of the orofacial myofunctional system
Fonte: Audiol., Commun. res;24:e2050, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Comparar três métodos de aprendizagem sobre anatomia e fisiologia do sistema miofuncional orofacial, sendo dois interativos (uso de softwares educacionais) e um tradicional, quanto à aprendizagem conceitual de estudantes de graduação em Fonoaudiologia. Métodos Participaram 36 estudantes do segundo ano, alocados randomicamente em grupos: Grupo 1 (G1) - método interativo com jogo computacional 2D (n=12); Grupo 2 (G2) - método interativo com modelo computacional 3D (n=12); Grupo 3 (G3) - método tradicional (textos e figuras 2D) (n=12). Os métodos de aprendizagem foram aplicados durante estudo complementar, por sete semanas, após aula expositiva. Foi realizada uma avaliação de conhecimento antes da aplicação dos métodos de aprendizagem, imediatamente após e seis meses depois da conclusão, e o desempenho dos grupos, nos três momentos, foi comparado. Os dados foram analisados no software SPSS, versão 21 (nível de significância de 5%). Resultados Predominaram sujeitos do gênero feminino, com média de idade de 22,0 (±4,7) anos (F2,33=60,72, p=0,260). Os resultados indicaram que, no G1, apenas o pré-teste diferiu do pós-teste, enquanto no G2 e no G3 o pré-teste diferiu do pós-teste e do pós-teste tardio. Ao verificar a interação entre o desempenho dos grupos e os momentos de avaliação, observou-se que os resultados do GI foram inferiores aos dos demais grupos (F2,22=722,30 p<0,001). Conclusão O uso de modelo computacional 3D foi comparável ao do método tradicional para a aprendizagem conceitual e retenção de conhecimento, em curto e longo prazo, sendo ambos mais eficazes do que o uso de jogo computacional 2D.

ABSTRACT Purpose Compare three learning methods on Anatomy and Physiology of the Orofacial Myofunctional System (OMS): two interactive methods with educational software and one traditional method, regarding the conceptual learning of Speech-Language and Hearing Sciences (SLHS) undergraduate students. Methods Thirty-six students were randomly divided into three groups: Group 1 (G1) - 2D computer game-based method (n=12); Group 2 (G2) - 3D computational model method (n=12); Group 3 (G3) - traditional method (texts and 2D images) (n=12). The learning methods were applied during a complementary study schedule, for seven weeks, after a lecture. Knowledge assessments were conducted prior to the application of the learning methods, immediately after, and six months after completion; the performance of the groups at the three moments was compared. Data were analyzed in SPSS 21 software (p≤0.005). Results Female individuals were predominant, with mean age of 22.0 (±4.7) years (F2.33=60.72; p=0.260). The results show that only the pre-test differed from the short-term test in the G1, whereas the pre-test differed from the short- and the long-term tests in the G2 and G3. Regarding correlation between the performance of the groups and the moments of evaluation, it was observed that the results for the G1 were inferior (F2.22=722.30; p<0.001). Conclusion The 3D computational model was comparable to the traditional method for short- and long-term conceptual learning and knowledge retention, and both were more effective than the 2D computer game.
Descritores: Tecnologia Educacional/educação
Músculos Faciais/anatomia & histologia
Músculos Faciais/fisiologia
Jogos Experimentais
Aprendizagem
-Estudantes
Instrução por Computador
Treinamento por Simulação
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança



página 1 de 19 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde