Base de dados : LILACS
Pesquisa : A02.835.232.781.324 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 327 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 33 ir para página                         

  1 / 327 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-723155
Autor: Anon.
Título: An interview with Mark G. Hans
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);19(3):26-35, May-Jun/2014. graf.
Idioma: en.
Descritores: Ortodontia Corretiva/tendências
-Desenvolvimento Ósseo/fisiologia
Determinação da Idade pelo Esqueleto
Cefalometria/tendências
Estudos Longitudinais
Fatores Etários
Resultado do Tratamento
Remodelação Óssea/fisiologia
Aparelhos Ortodônticos Funcionais
Mordida Aberta/terapia
Procedimentos de Ancoragem Ortodôntica/instrumentação
Aparelhos de Tração Extrabucal
Ossos Faciais/crescimento & desenvolvimento
Má Oclusão/terapia
Má Oclusão Classe II de Angle/terapia
Má Oclusão Classe III de Angle/terapia
Mandíbula/crescimento & desenvolvimento
Maxila/crescimento & desenvolvimento
Desenvolvimento Maxilofacial/fisiologia
Respiração Bucal/terapia
Limites: Humanos
Criança
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 327 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-751403
Autor: Lenza, Marcos Augusto; Carvalho, Adilson Alves de; Lenza, Eduardo Beaton; Lenza, Mauricio Guilherme; Torres, Hianne Miranda de; Souza, João Batista de.
Título: Radiographic evaluation of orthodontic treatment by means of four different cephalometric superimposition methods
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(3):29-36, May-Jun/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Despite discussion on the merit of various cephalometric superimposition methods, there remains a need to assess which one can be used in daily practice with reasonably accuracy and less working time. OBJECTIVE: The aim of this study was to investigate four methods of cephalometric superimposition by means of assessing the longitudinal changes in craniofacial morphology caused by growth and response of adolescents with Class I malocclusion to orthodontic treatment involving first premolar extraction. METHODS: Pretreatment (T1) and post-treatment (T2) standardized lateral cephalometric radiographs of 31 adolescents (20 females and 11 males), with Angle Class I malocclusion and indication of premolar extraction, participated in this study. Radiographs were digitized, traced and had structures identified by means of a cephalometric software. Four superimposition methods were used: Björk structural method, Steiner/Tweed SN line, Ricketts N-Ba line at N-point and Ricketts N-Ba line at CC-point. Positional changes were quantified by horizontal and vertical linear changes in the following cephalometric landmarks: anterior/posterior nasal spine (ANS and PNS), gnathion (Gn), Gonion (Go), Pogonion (Pog), A-point and B-point. Differences between T1 and T2 in horizontal and vertical positional changes for all superimposition methods were assessed by one-way analysis of variance (ANOVA) and Bonferroni correction (p < 0.05). RESULTS: There were no statistically significant differences among the cephalometric superimposition methods or when patients' sex was considered. CONCLUSION: Björk structural method, Steiner/Tweed SN line, Ricketts N-Ba line at N-point and Ricketts N-Ba line at CC-point methods were reliable and presented similar precision when the overall facial changes due to active growth and/or orthodontic treatment were examined. .

INTRODUÇÃO: apesar dos debates sobre os méritos dos vários métodos de sobreposição cefalométrica, ainda há necessidade de se avaliar quais deles poderiam ser utilizados na prática diária, com razoável precisão e menor tempo de trabalho. OBJETIVO: o objetivo desta pesquisa foi investigar quatro métodos de sobreposição cefalométrica, avaliando as mudanças longitudinais na morfologia craniofacial causadas pelo crescimento e resposta ao tratamento, em adolescentes com má oclusão de Classe I tratados ortodonticamente com extração de primeiros pré-molares. MÉTODOS: foram usadas telerradiografias laterais pré-tratamento (T1) e pós-tratamento (T2) de 31 adolescentes (20 do sexo feminino e 11 do sexo masculino), com Classe I de Angle e indicação de extração de pré-molares. As radiografias foram digitalizadas, traçadas e as estruturas, identificadas com um software cefalométrico (Radiocef, Radio Memory, Belo Horizonte, Brasil). Quatro métodos de sobreposição foram utilizados para avaliar mudanças de posição devidas ao crescimento e/ou tratamento: método Estrutural de Björk; método Steiner/Tweed linha SN; Ricketts linha N-Ba no ponto N; e Ricketts linha N-Ba no ponto CC. As mudanças posicionais avaliadas pelos métodos de sobreposição foram quantificadas por mudanças lineares horizontais e verticais nos seguintes pontos cefalométricos: espinha nasal anterior (ENA), espinha nasal posterior (ENP), gnátio (Gn), Gônio (Go), Pogônio (Pog), Ponto A e Ponto B. Mudanças de posição horizontal e vertical entre T1 e T2 para todos os métodos de sobreposição foram avaliadas por análise de variância (ANOVA) e teste de Bonferroni (p < 0,05). RESULTADOS: não houve diferença estatística significativa entre os métodos de sobreposição cefalométrica em toda a amostra ou quando o sexo dos pacientes foi considerado. CONCLUSÃO: de acordo com a metodologia aplicada nesse estudo, os métodos de sobreposição cefalométrica Estrutural de Björk, de Steiner/Tweed linha SN, ...
Descritores: Ortodontia Corretiva/métodos
Cefalometria/métodos
Radiografia Dentária Digital/métodos
Má Oclusão Classe I de Angle/diagnóstico por imagem
-Extração Dentária/métodos
Dente Pré-Molar/cirurgia
Processamento de Imagem Assistida por Computador/métodos
Estudos Retrospectivos
Seguimentos
Estudos Longitudinais
Queixo/crescimento & desenvolvimento
Queixo/diagnóstico por imagem
Ossos Faciais/crescimento & desenvolvimento
Ossos Faciais/diagnóstico por imagem
Pontos de Referência Anatômicos/crescimento & desenvolvimento
Pontos de Referência Anatômicos/diagnóstico por imagem
Má Oclusão Classe I de Angle/terapia
Mandíbula/crescimento & desenvolvimento
Mandíbula/diagnóstico por imagem
Maxila/crescimento & desenvolvimento
Maxila/diagnóstico por imagem
Osso Nasal/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 327 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1283908
Autor: Costa, Cesar Feitoza Bassi; Gusmão, Tainá Burgos; Loureiro, Carolina Eduvirgens; Pereira, Lorran de Andrade; Galvão, Alana Chaves; Lucindo Sobrinho, Antônio.
Título: Fratura condilar em paciente pediátrico: um relato de caso condilar / Fracture in pediatric patient: a case report
Fonte: Rev. Odontol. Araçatuba (Impr.);42(3):16-20, set.-dez. 2021. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: As fraturas faciais em crianças são raras, já que os ossos faciais pediátricos têm maior elasticidade, menos pneumatização, tecido adiposo circundante mais espesso e mais estabilização da mandíbula e maxila pelos dentes não irrompidos. Em geral, lesões nos tecidos moles são mais comuns em crianças do que fraturas esqueléticas. Entre as fraturas faciais pediátricas, as fraturas da mandíbula são as mais comuns, sendo o côndilo a área mais acometida em pacientes pediátricos. O côndilo é considerado o principal centro de crescimento da mandíbula em crianças, assim é de suma importância a definição do tratamento adequado, pautado em diversos critérios de avaliação, com o intuito de erradicar possíveis complicações advindas da fratura condilar. Assim o objetivo deste estudo é relatar um caso de fratura de côndilo unilateral em uma criança, na qual realizou-se abordagem cirúrgica com fixação interna, afim de elucidar e discutir as possíveis condutas terapêuticas acerca de tratamentos a serem aplicados, visto que esses ainda são bastante controversos na literatura e os resultados das diversas condutas são os mais diversos, apresentando variados aspectos que interferem na evolução dos pacientes(AU)

Facial fractures in children are rare, since pediatric facial bones have greater elasticity, less pneumatization,thicker surrounding adipose tissue and more stabilization of the jaw and jaw by unerupted teeth.In general, soft tissue injuries are more common in children than skeletal fractures.Among pediatric facial fractures, mandible fractures are the most common, with condyl being the most affected area in pediatric patients.The condyl is considered the main center of mandible growth in children, so it is of Paramount importance to define the appropriate treatment, based on several evaluationcriteria, in order to eradicate possible complications resulting from the condilar fracture.Thus, the aim of this study is to report a case of unilateral condyl fracture in a child, in which a surgical approach with internal fixation was performedin order to elucidate and discuss the possible therapeutic approaches about treatments to be applied, since these are still quite controversial in the literature and the results of the various behaviors are the most diverse,presenting several aspects that interfere in the evolution of patients(AU)
Descritores: Fraturas Maxilomandibulares
Côndilo Mandibular/cirurgia
Côndilo Mandibular/lesões
-Procedimentos Cirúrgicos Bucais
Fraturas Ósseas
Ossos Faciais
Traumatismos Faciais
Côndilo Mandibular
Limites: Humanos
Masculino
Pré-Escolar
Responsável: BR186.1 - Biblioteca Honório Monteiro


  4 / 327 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-795068
Autor: Ahmed, Maheen; Shaikh, Attiya; Fida, Mubassar.
Título: Diagnostic performance of various cephalometric parameters for the assessment of vertical growth pattern
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);21(4):41-49, July-Aug. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Introduction: Multiple cephalometric analyses are used to diagnose vertical skeletal facial discrepancy. A multitude of times, these parameters show conflicting results, and a specific diagnosis is hard to reach. Objective: Hence, this study aimed to identify the skeletal analysis that performs best for the identification of vertical skeletal pattern in borderline cases. Methods: The sample consisted of 161 subjects (71 males and 90 females; mean age = 23.6 ± 4.6 years). Y-axis, Sella-Nasion to mandibular plane angle (SN.MP), maxillary plane to mandibular plane angle (MMA), Sella-Nasion to Gonion-Gnathion angle (SN.GoGn), Frankfort to mandibular plane angle (FMA), R-angle and facial height ratio (LAFH.TAFH) were used to evaluate vertical growth pattern on lateral cephalograms. The subjects were divided into three groups (hypodivergent, normodivergent and hyperdivergent groups), as indicated by the diagnostic results of the majority of parameters. Kappa statistics was applied to compare the diagnostic accuracy of various analyses. To further validate the results, sensitivity and positive predictive values (PPV) for each parameter were also calculated. Results: SN.GoGn showed a substantial interclass agreement (k = 0.850). In the hypodivergent group, MMA showed the highest sensitivity (0.934), whereas FMA showed the highest PPV (0.964). In the normodivergent group, FMA showed the highest sensitivity (0.909) and SN.GoGn had the highest PPV (0.903). SN.GoGn showed the highest sensitivity (0.980) and PPV (0.87) in the hyperdivergent group. Conclusions: SN.GoGn and FMA were found to be the most reliable indicators, whereas LAFH.TAFH is the least reliable indicator in assessing facial vertical growth pattern. Hence, the cephalometric analyses may be limited to fewer analyses of higher diagnostic performance.

RESUMO Introdução: diferentes análises cefalométricas são utilizadas para se diagnosticar a discrepância esquelética vertical da face. Muitas vezes, essas análises revelam resultados conflitantes, tornado complicado obter um diagnóstico preciso. Objetivo: o objetivo do presente estudo foi identificar a melhor análise esquelética para identificação do padrão esquelético vertical em casos limítrofes. Métodos: a amostra consistiu em 161 indivíduos (71 homens e 90 mulheres, com idade média de 23,6 ± 4,6 anos). Para avaliar o padrão de crescimento vertical em telerradiografias de perfil, foram utilizados: o eixo Y, o ângulo formado entre a linha sela-násio e o plano mandibular (SN.MP), ângulo formado pelos planos maxilar e mandibular (MMA), ângulo formado pelas linhas sela-násio e gônio-gnátio (SN.GoGn), ângulo formado pelo plano de Frankfort e o plano mandibular (FMA), o ângulo R, e a proporção de altura facial (AFAI.AFAT). Os indivíduos foram divididos em três grupos (hipodivergente, neutro e hiperdivergente), em acordo com os resultados diagnósticos da maioria dessas medidas. A análise estatística Kappa foi empregada para comparar a precisão diagnóstica das diferentes análises. Para uma validação adicional dos resultados, também foram calculados, para cada medida, a sensibilidade e os valores preditivos positivos (VPP). Resultados: o SN.GoGn apresentou um valor alto de concordância interclasses (k = 0,850). No grupo hipodivergente, o MMA apresentou a maior sensibilidade (0,934), enquanto o FMA apresentou o VPP mais alto (0,964). No grupo neutro, o FMA apresentou a maior sensibilidade (0,909), enquanto o SN.GoGn apresentou o VPP mais alto (0,903). No grupo hiperdivergente, o SN.GoGn apresentou a maior sensibilidade (0,980) e o valor mais alto de VPP (0,87). Conclusões: constatou-se que, para avaliação do padrão de crescimento facial vertical, o SN.GoGn e o FMA foram os indicadores mais confiáveis, enquanto o AFAI.AFAT foi o indicador menos confiável. Sendo assim, a análise cefalométrica pode se limitar às análises com maior desempenho diagnóstico.
Descritores: Cefalometria/métodos
Ossos Faciais/crescimento & desenvolvimento
-Estudos Transversais
Ossos Faciais/anatomia & histologia
Mandíbula/anatomia & histologia
Mandíbula/crescimento & desenvolvimento
Maxila/anatomia & histologia
Maxila/crescimento & desenvolvimento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 327 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891097
Autor: Koerich, Leonardo; Brunetto, Daniel Paludo; Ohira, Eduardo Terumi Blatt.
Título: The effect of hard tissue surgical changes on soft tissue displacement: a pilot CBCT study
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);22(5):39-46, Sept.-Oct. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Introduction: This pilot study had as main objective to test the reliability of a new method to evaluate orthognathic surgery outcomes and also, to understand the effect of hard tissue changes on soft tissue displacement. Methods: The sample consisted of eight patients that underwent bimaxillary advancement and had CBCT at two time points (before surgery and 6-8 months follow-up). Voxel-based cranial base superimposition was used to register the scans. A different technique of iterative closest point (ICP) was used to measure and correlate the changes. The average displacement of 15 areas (4 hard tissue and 11 soft tissue) were measured twice. Results: ICC was > 0.99 for all areas. Changes in the tip of the nose did not correlate with changes in any maxillary area, whereas soft tissue A point, A point and upper lips had correlation with several areas. The highest correlation for the maxilla was between the upper lip and the left/right supra cheilion (p< 0.001, r= 0.91 and p< 0.001, r= 0.93, respectively). In the mandible, the majority of the correlations involved soft tissue pogonion, pogonion and lower incisors, with the strongest one between pogonion and lower incisors (p< 0.001, r= 0.98). Conclusion: With the proper case selection, ICP is a reliable method that can be used to assess three-dimensional changes.

RESUMO Objetivo: o objetivo deste estudo piloto foi testar a confiabilidade de um novo método para avaliar os resultados da cirurgia ortognática e entender o efeito das alterações dos tecidos duros no deslocamento dos tecidos moles. Métodos: a amostra selecionada consistiu de oito pacientes submetidos a avanço bimaxilar que possuíam TCFC em dois períodos de tempo (antes da cirurgia e de 6 a 8 meses após a cirurgia). A sobreposição da base do crânio pelo método voxel-based foi utilizada para registrar as varreduras, enquanto uma técnica diferente, de ponto iterativo mais próximo (ICP), foi usada para medir e correlacionar as mudanças. O deslocamento médio de 15 áreas (4 em tecidos duros e 11 em tecidos moles) foi mensurado duas vezes. Resultados: o ICC foi > 0,99 para todas as áreas. As alterações da ponta do nariz não se correlacionaram com alterações em qualquer área da maxila, enquanto o ponto A em tecido mole, o ponto A e os lábios superiores apresentaram correlação com várias áreas. A maior correlação para a maxila foi entre o lábio superior e a supracomissura esquerda/direita (p< 0,001, r = 0,91 e p< 0,001, r = 0,93, respectivamente). Na mandíbula, a maioria das correlações envolveu o pogônio em tecido mole, pogônio e incisivos inferiores, sendo a maior entre pogônio e incisivos inferiores (p< 0,001, r= 0,98). Conclusão: com a seleção adequada do caso, o ICP é um método confiável que pode ser utilizado para avaliar mudanças tridimensionais.
Descritores: Face/diagnóstico por imagem
Ossos Faciais/diagnóstico por imagem
Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico
Procedimentos Cirúrgicos Ortognáticos
-Osteotomia
Projetos Piloto
Reprodutibilidade dos Testes
Estudos Retrospectivos
Imageamento Tridimensional
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 327 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-953014
Autor: Al-Jewair, Thikriat S; Preston, Charles Brian; Flores-Mir, Carlos; Ziarnowski, Paul.
Título: Correlation between craniofacial growth and upper and lower body heights in subjects with Class I occlusion
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);23(2):37-45, Mar.-Apr. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To correlate skeletal age, standing height, upper and lower body lengths, and selected craniofacial growth features in a sample of growing individuals, and to model craniofacial growth using multivariate regression. Methods: This was a retrospective cross-sectional study with 447 African black boys and girls, between the ages 8 and 16 years, who attended the dental clinic at one hospital. The skeletal maturational age was determined from hand-wrist radiographs using the Greulich and Pyle atlas. Craniofacial measurements representing maxillary length (Ar-ANS), mandibular length (Ar-Gn), and lower facial height (ANS-Me) were calculated from lateral cephalograms in habitual occlusion. Body lengths were clinically measured in centimeters. Results: Moderate correlations (r=0.42 to 0.68) were observed between skeletal age and the three selected craniofacial measurements. Statistically significant correlations were also found between the craniofacial measurements and both upper and lower body lengths. The mandibular length had a stronger correlation with the upper body length than with the lower body length. Multiple regression analyses to determine maxillary and mandibular lengths suggested that sex, upper and lower body lengths might be used to determine maxillary length; while skeletal age, upper and lower body lengths might help determine mandibular length. Conclusions: Based on the relatively strong correlation between upper body length and mandibular length, further research in this area may warrant its use as a predictor for mandibular growth modification timing.

RESUMO Objetivo: correlacionar a idade esquelética, a estatura, as alturas corporais superior e inferior, e algumas características específicas do crescimento craniofacial, em uma amostra de indivíduos em crescimento, e delinear o crescimento craniofacial usando regressão multivariada. Métodos: esse estudo transversal retrospectivo foi feito com 447 meninos e meninas negros africanos, com idades entre 8 e 16 anos, atendidos na clínica odontológica de um hospital. A maturação esquelética, em anos, foi determinada a partir de radiografias de mão e punho, usando o atlas de Greulich e Pyle. As medidas craniofaciais representando o comprimento maxilar (Ar-ENA), o comprimento mandibular (Ar-Gn) e a altura facial anterior inferior (ENA-Me) foram calculadas a partir de cefalogramas laterais em oclusão habitual. Os comprimentos corporais foram medidos clinicamente, em centímetros. Resultados: correlações moderadas (r = 0,42 a 0,68) foram observadas entre a idade esquelética e as três medidas craniofaciais selecionadas. Também foram encontradas correlações estatisticamente significativas entre as medidas craniofaciais e as alturas corporais superior e inferior. O comprimento mandibular teve uma correlação mais forte com a altura corporal superior do que com a inferior. As análises de regressão múltipla para determinar os comprimentos maxilar e mandibular sugeriram que o sexo e as alturas corporais superior e inferior podem ser usados para determinar o comprimento maxilar, enquanto a idade esquelética e as alturas corporais superior e inferior podem ajudar a determinar o comprimento mandibular. Conclusões: com base na correlação relativamente forte entre a altura corporal superior e comprimento mandibular, pesquisas adicionais nessa área poderiam justificar seu uso como indicador para o período de modificação do crescimento mandibular.
Descritores: Crânio/crescimento & desenvolvimento
Estatura
Determinação da Idade pelo Esqueleto/estatística & dados numéricos
Oclusão Dentária
Ossos Faciais/crescimento & desenvolvimento
Mandíbula/crescimento & desenvolvimento
Maxila/crescimento & desenvolvimento
-Crânio/anatomia & histologia
Afro-Americanos
Modelos Lineares
Fatores Sexuais
Cefalometria/estatística & dados numéricos
Estudos Transversais
Análise Multivariada
Estudos Retrospectivos
Fatores Etários
Ossos Faciais/anatomia & histologia
Mandíbula/anatomia & histologia
Maxila/anatomia & histologia
Limites: Humanos
Animais
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 327 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1134344
Autor: Sierra-Rebolledo, Alejandro; Jimenez-Tortolero, Rogelio.
Título: Dimensiones de la cresta ósea vestibular en incisivos maxilares con indicación de implantes inmediatos. Un estudio transversal y sus implicaciones en el plan de tratamiento / Dimensions of facial bone ridge in maxillary incisors with immediate implants indication. A cross-sectional study and treatment plan implications
Fonte: Int. j interdiscip. dent. (Print);13(2):71-75, ago. 2020. tab, ilus.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN: Objetivo: Determinar las dimensiones de la cresta ósea vestibular de los incisivos maxilares con indicación de implantación inmediata. Pacientes y método: Un estudio transversal fue realizado en pacientes con necesidad de colocación de implantes inmediatos unitarios en la zona incisiva superior, durante el periodo de Enero-2015 a Diciembre-2017. Cortes tomográficos sagítales fueron utilizados para determinar la altura y el grosor de la cresta ósea alveolar vestibular. El punto de medición del grosor fue localizado a 4 mm apical a la linea amelocementaria. Un análisis T-student, fue utilizado para comparar las variables según la edad, el género y el grupo dentario, con un intervalo de confianza de 95%. Resultados: 298 imágenes fueron incluidas en la evaluación. El promedio de altura fue 10,68 mm, no hubo diferencias al comparar los grupos. El grosor promedio fue de 0,73 mm, diferencias de grosor, estadísticamente significativas, fueron observadas al comparar la edad y el género, no así en el grupo dentarlo. Conclusiones: La altura del hueso alveolar vestibular de incisivos superiores es suficiente para colocar implantes inmediatos dentro de un marco óseo. No obstante, el grosor observado, se traduciría en la necesidad de complementar la implantación con técnicas de regeneraciónn tisular guiada.

ABSTRACT: Objective : Determine the dimensions of the facial bone ridge of the maxillary incisors with indication of immediate implantation. Patients and method: A cross-sectional study was carried out in patients in need of single immediate implant placement in the upper incisor area, during the period from January-2015 to December-2017. Sagittal tomographic sections were used to determine the height and thickness of the vestibular alveolar bone ridge. The thickness measurement point was located 4 mm apical to the amelocementary junction. A T-student analysis was used to compare the variables according to age, gender, and dental group, with a 95% confidence interval. Results: 298 images were included in the evaluation. The mean height was 10.68 mm, there were no differences when comparing the groups. The mean thickness was 0.73 mm, statistically significant differences in thickness were observed when comparing age and gender, but not in the dental group. Conclusions: The height of the vestibular alveolar bone of the upper incisors could be sufficient to place immediate implants within a bone framework. However, the thickness observed would result in the need to complement the implantation with guided tissue regeneration techniques.
Descritores: Terapêutica
Ossos Faciais
Incisivo
Arcada Osseodentária
-Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: CL58.1 - Biblioteca


  8 / 327 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-990025
Autor: Gabarre-Armengol, Cristina; Guerrero-Apolo, David; Navarro-Pastor, José-Blas; Gabarre-Mir, Julián.
Título: Bizygomatic width and personality traits of the relational field / Ancho bizigomático y rasgos de personalidad del campo relacional
Fonte: Int. j. morphol;37(1):184-189, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: SUMMARY: The bizygomatic width when compared to the bigonial width (WD) has been proposed as a craniofacial marker of some social and personality traits, such us self-reliance or the ability to express emotions. However, no studies have examined the association between WD and psychopathic traits, as happens with other craniofacial variables such us the facial width-to-height ratio (fWHR). In a sample of 70 adults (male and female) we took measures of the bizygomatic and the bigonial arches. Subjects performed self-assessment tests to evaluate their self-reliance, their alexithymia and emotional expressiveness and their coldheartedness or callousunemotional. Results showed a significant relationship between WD and self-reliance, emotional expression and alexithymia, and a tendency towards significance with general psychopathic scores. Additionally, we found a modificatory effect of the variables sex and age when analyzing the influence of the WD on the Factor 3 - "Coldheartedness" of the Psychopathic Personality Inventory-Revised (PPI-R), where this effect diminished depending on the subject's sex and age. Results suggested that the WD seem to be a good marker to be taken into consideration in further research that examines craniofacial traits and personality traits of the socio-emotional field.

RESUMEN: La anchura bicigomática en comparación con la anchura bigonial (WD) se ha propuesto como marcador craneofacial de algunos rasgos sociales y de personalidad, como la independencia/gregarismo o la capacidad de expresión emocional. Sin embargo, ningún estudio ha examinado la asociación entre la WD y los rasgos psicopáticos, como ocurre con otras variables craneofaciales, como la ratio anchura / altura facial (fWHR). En una muestra de 70 adultos (hombres y mujeres) tomamos medidas de los arcos bizigomático y bigonial. Los sujetos realizaron pruebas de autoevaluación para evaluar la capacidad de incorporarse al grupo, la alexitimia y la expresividad emocional, y la frialdad o la insensibilidad emocional. Los resultados mostraron una relación significativa entre WD con independencia/gregarismo, expresión emocional y alexitimia, así como una tendencia hacia la significación con la psicopatía en general. Adicionalmente, encontramos un efecto modificador de las variables sexo y edad al analizar la influencia de la WD en el Factor 3 - "Coldheartness" del Inventario de Personalidad Psicopática-Revisado (PPI-R), donde este efecto disminuye según sexo y edad. Los resultados sugieren que el WD parece ser un buen marcador para tener en cuenta en futuras investigaciones que examinen los rasgos craneofaciales y los rasgos de personalidad del campo socioemocional.
Descritores: Personalidade
Zigoma/anatomia & histologia
-Sintomas Afetivos
Ossos Faciais/anatomia & histologia
Transtorno da Personalidade Antissocial
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 327 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1254888
Autor: Pinto, Priscilla Sarmento; Souza, Rosa Rayanne Lins de; Viana, Ruan de Sousa; Vasconcelos, Amanda Freire de Melo; Barros, Bruno Leão dos Santos; Vasconcelos, Belmiro Cavalcanti do Egito.
Título: Manejo de ferimento extenso em terço médio da face / Extensive injury management in middle face chapter
Fonte: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac;18(2):53-57, abr.-jun. 2018. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Os ferimentos faciais variam nas suas características clínicas e complexidade, podendo gerar desde consequências emocionais, devido à possibilidade de deformidade, até o impacto econômico sobre o sistema de saúde, exigindo assim uma avaliação individualizada para cada caso. Deste modo, o objetivo deste trabalho é relatar o tratamento de lesão extensa no terço médio de face atendido pela Equipe de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do Hospital da Restauração, Recife-PE. Paciente de 42 anos de idade, gênero masculino, apresentando amplo ferimento em face com exposição de todo o terço médio. No exame, constatou-se o envolvimento da região nasal com deslocamento de tegumento e exposição de cartilagem. Foi realizado o tratamento cirúrgico sob anestesia local, com infiltração de lidocaína associado a epinefrina 1:10000,além da administração de vacina antitetânicae do uso de antibióticos endovenoso durante internamento. Após 08 meses de acompanhamento, o mesmo se encontra com estética favorável e narinas pérvias. O tempo do tratamento inicial e a qualidade da primeira intervenção são fatores primordiais para um bom resultado... (AU)

Facial injuries vary in their clinical characteristics and complexity, and can have since emotional consequences, due to possibility of deformities, to economic impacts on health systems, what requires an individualized assessment for each case. The aim of this work is to report the treatment of an extensive lesion on middle third of the face, treated by the maxillofacial surgery and traumatology team of Hospital da Restauração, Recife-PE. A 42-year-old male patient, presenting a wide facial wound with exposure of the entire middle third. In the exam, it was found the involvement of the nasal region with displacement of the integument and exposure of cartilage. Surgical treatment was performed under local anesthesia, with infiltration of lidocaine associated with epinephrine 1:10,000, in addition to the administration of tetanus vaccine and the use of intravenous antibiotics during hospitalization. After 8 months of follow-up, he has a favorable aesthetic and clear nostrils. The time of the initial treatment and the quality of the first intervention are essential factors for a good result... (AU)
Descritores: Ferimentos e Lesões
Traumatologia
Acidentes de Trânsito
Face/cirurgia
Traumatismos Faciais
-Estética
Ossos Faciais
Cirurgiões Bucomaxilofaciais
Antibacterianos
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Ensaio Clínico
Responsável: BR310.1 - Biblioteca Professor Guilherme Simões Gomes


  10 / 327 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1252429
Autor: Macedo, Débora Serrano de; Borges, Stephanie Anasenko Correa; Paulesini Junior, Walter(coord).
Título: Fratura do complexo zigomático orbitário: relato de caso / Fracture of the Zygomatic Orbital Complex: Case report
Fonte: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac;21(1):27-31, jan.-mar. 2021. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Fraturas faciais podem ocorrer de forma isolada ou concomitante a outras lesões. O complexo zigomático orbitário (CZO) ocupa uma posição proeminente da face, deixando-o bastante susceptível a traumas de alto e baixo impacto, que podem causar afundamento facial. O trauma de face frequentemente resulta em danos ao tecido ósseo, tecido mole e elementos dentários, causando prejuízo na função e estética do paciente. Os acidentes automobilísticos são uma das causas mais significativas de traumas faciais. As fraturas do terço médio da face incluem as que afetam a maxila, o zigoma e complexo NOE. O presente estudo tem por objetivo relatar o caso clínico de um paciente de 47 anos, sexo masculino, vítima de acidente automobilístico (carro x carro). Diagnosticado com fratura do CZO direito, classe IV. Foi realizada redução incruenta da fratura de arco zigomático; redução e fixação interna rígida de fratura de parede lateral de órbita e pilar zigomático com instalação de camadas de surgicel na região para melhora do contorno, resultando em regressão do afundamento malar e consequente reestabelecimento estético funcional. Estudos como este podem ser fonte de referência em busca constante pelo aprimoramento profissional, objetivando completo domínio teórico-prático das formas de condutas e tratamentos específicos à situação em questão... (AU)

Facial fractures may occur in isolation or concomitantly with other injuries. The zygomatic orbital complex (ZOC) occupies a prominent position of the face, leaving it quite susceptible to high and low impact trauma, which can cause facial sinking. Face trauma often results in damage to bone tissue, soft tissue and dental elements, causing injury to the patient's function and aesthetics. Auto accidents are one of the most significant causes of facial trauma. Fractures of the middle third of the face include those affecting the maxilla, the zygoma, and the NOE complex. The present study aims to report the clinical case of a 47-year-old male patient, victim of an automobile accident (car x car). Diagnosed with right CZO fracture, class IV. A non-invasive reduction of the zygomatic arch fracture was performed; reduction and rigid internal fixation of lateral wall orbital fracture and zygomatic pillar with installation of surgicel layers in the region to improve the contour, resulting in regression of the malar sinking and consequent functional aesthetic reestablishment. Studies like this can be a source of reference in constant search for professional improvement, aiming at a complete theoretical-practical domain of the forms of conduct and treatments specific to the situation in question... (AU)
Descritores: Zigoma
Fraturas Zigomáticas
Fraturas Ósseas
Fixação de Fratura
-Dispositivos de Fixação Cirúrgica
Ossos Faciais
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR310.1 - Biblioteca Professor Guilherme Simões Gomes



página 1 de 33 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde