Base de dados : LILACS
Pesquisa : A02.835.583.405.350 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 56 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 56 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-900848
Autor: Anzola Fuentes, Luz Kelly; Cortés Germán, Gerardo Horacio; Niño, María Eugenia.
Título: Hallazgos gammagráficos en manos de población adulta, sin patología osteoarticular, bajo un análisis semicuantitativo / Semi-quantitative analysis of scintigraphic findings in the hands of adults without osteoarticular disease
Fonte: Rev. colomb. reumatol;24(1):25-31, ene.-mar. 2017. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Introducción: La gammagrafia ósea es uno de los estudios más frecuentemente utilizados para el abordaje diagnóstico de la patología osteoarticular, sin embargo, no se conocen patrones claros de normalidad para algunos sitios anatómicos, llevando a tasas altas de variabilidad interobservador, como es el caso de la evaluación de las manos. No se encuentra en la literatura una descripción del patrón gammagráfico normal sobre manos, por lo cual pretendemos describir el patrón de captación más frecuente en una población adulta sin enfermedad osteoarticular. Materiales y métodos: Se hizo un análisis prospectivo de 156 gammagrafías óseas sobre manos que cumplieron el criterio de inclusión. Se delinearon regiones de interés en el carpo, metacarpo, articulaciones interfalángicas proximales y distales de los dedos índice y medio de ambas manos; se tomaron las cuentas totales, se analizaron promedios y desviación estándar, y se hizo análisis semicuantitativo de la imagen. Resultados: Se incluyeron 36 hombres (23%) y 119 mujeres (77%), la edad media fue de 44,9 ± 13,9. Los promedios de las cuentas totales disminuyeron progresivamente deproximal a distal en todos los grupos de edad y en ambos géneros, siguiendo la siguiente proporción: carpo 4,4 veces más que metacarpo; metacarpo 1,7 veces más que interfalángica proximal; interfalángica proximal 1,4 veces más que distal. Conclusiones: En manos de pacientes adultos, sin enfermedad osteoarticular, sin distinción de género y edad, encontramos un patrón gammagráfico en «degradé¼ con mayor concentración isotópica en carpo, seguida del metacarpo y de las articulaciones interfalángicas proximales y distales.

ABSTRACT Introduction: Bone and joint disease has a high incidence and impact on the population. The bone scan is a diagnostic tool that provides important metabolic and clinical information; therefore the interpretation of the images by the nuclear medicine physician must be very precise. The isotopic distribution pattern in hands has not yet been described. For this reason a description is presented of common scintigraphic findings in adults without osteoarticular disease. Materials and methods: A prospective analysis was conducted on 156 hands of patients whose bone scans met inclusion criteria. There were delineated regions of interest in the carpal, metacarpal, proximal, and distal interphalangeal joints of the second and third fingers of both hands. An analysis was made, including the total counts, means, and standard deviations. The cut-offs were selected using the normal distribution, which was defined as the cut at the 99th percentile of each variable. A semi-quantitative analysis was made of the images. Results: The study included 36 men (23%) and 119 women (77%), and the mean age was 44.9 ± 13.9. The mean total counts gradually decreased from proximal to distal in all age groups and in both genders in the following proportions: the activity in carpus was 4.4 fold more than the metacarpus; the metacarpus was 1.7 fold more than proximal interphalangeal joint; proximal interphalangeal joint was 1.4 fold more than distal one. Conclusions: A scintigraphic pattern consisting of a gradual decrease from proximal to dis-tal joints (degradation) was found in the hands of adults without bone and joint disease, regardless of gender and age.
Descritores: Patologia
Cintilografia
Articulações dos Dedos
-Dedos
Artropatias
Articulações
Medicina Nuclear
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: CO356.9


  2 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-990940
Autor: Fernández-Ávila, Daniel G; Rincón-Riaño, Diana N; Gutiérrez, Juan Martín.
Título: Inicio de artritis reumatóide durante el embarazo / Onset of rheumatoid arthritis during pregnancy
Fonte: Rev. colomb. reumatol;25(2):141-145, abr.-jun. 2018. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Reportamos 2 casos de artritis reumatoide que inician durante el periodo de gestación, situación clínica muy poco frecuente y de la cual no encontramos otros casos clínicos reportados.

ABSTRACT Two cases are presented of rheumatoid arthritis that started during the gestation period, a rare clinical situation and for which no other clinical cases are reported.
Descritores: Artrite Reumatoide
Gravidez
-Artralgia
Diagnóstico
Articulações dos Dedos
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO356.9


  3 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-962035
Autor: Valencia-Otero, Álvaro F; Maradei-Garcia, Maria F; Espinel-Correal, Francisco.
Título: Estudio sobre la influencia del diámetro de apertura en la fuerza ejercida por cada dedo / A study on the influence of grip span on the strength exerted by each finger
Fonte: Rev. salud pública;18(6):935-945, nov.-dic. 2016. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Objetivo Estudiar el efecto de mantener un mismo diámetro de apertura en los dedos sobre la fuerza actuante de éstos en un agarre de fuerza. Métodos Se condujo un experimento con 30 participantes (15 hombres y 15 mujeres) quienes realizaron el gesto de aprehensión en un dispositivo diseñado para mantener constante la apertura para todos los dedos en 4 diámetros diferentes. Resultados Se muestra evidencia que en un rango de accionamiento entre 0-75% de la apertura funcional, los dedos índice, corazón y anular ejercen una fuerza significativamente igual si el diámetro de apertura se mantiene constante. Conclusiones Este hallazgo permitiría reducir la exposición de los operarios de herramientas de corte a factores de riesgo de síndrome del conducto carpiano (SCC). Se sugiere que en el diseño de herramientas, la distancia de apertura para todos los dedos debe mantenerse constante durante el gesto de aprehensión.(AU)

ABSTRACT Objective To study the effect of maintaining the same grip span between the thumb and exerting fingers, on the acting force of these in a power grip. Methods We conducted an experiment with 30 participants (15 men and 15 women) who made the gesture of apprehension in a device designed to maintain constant grip span to all fingers in 4 different diameters. Results In the range between 0-75 percent of functional grip span of the fingers, the index, middle and ring finger exert a force significantly equal when the aperture diameter is maintained constant. Conclusions These findings would reduce exposure to risk factors for carpal canal syndrome (CTS) in cutting activities, by controlling risk factors like strength. We suggest that on the design of tools, the opening distance for all the fingers must remain constant during the act of apprehension.(AU)
Descritores: Síndrome do Túnel Carpal/prevenção & controle
Força da Mão
Articulações dos Dedos
-Fatores de Risco
Força Muscular
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-899461
Autor: Ducci, Renata Dal-Prá; Germiniani, Francisco Manoel Branco; Czecko, Letícia Elizabeth Augustin; Paiva, Eduardo S; Teive, Hélio Afonso Ghizoni.
Título: Relapsing polychondritis and lymphocytic meningitis with varied neurological symptoms / Policondrite recidivante e meningite linfocitária com sintomas neurológicos variados
Fonte: Rev. bras. reumatol;57(6):623-625, Nov.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Descritores: Policondrite Recidivante/complicações
Policondrite Recidivante/diagnóstico
Meningite Asséptica/etiologia
-Policondrite Recidivante/tratamento farmacológico
Imagem por Ressonância Magnética
Metotrexato/uso terapêutico
Antirreumáticos/uso terapêutico
Dura-Máter/patologia
Dura-Máter/diagnóstico por imagem
Orelha/patologia
Articulações dos Dedos/patologia
Articulações dos Dedos/diagnóstico por imagem
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-868345
Autor: Takemura, Renan Lyuji; Nakamoto, Hugo Alberto; Iwase, Fernanda do Carmo; Nakamoto, João Carlos; Veronesi, Bruno Azevedo; Wei, Teng Hsiang.
Título: Reconstrução tardia na mão traumatizada com perda de múltiplos dedos / Late reconstruction of a traumatized hand with loss of multiple fingers
Fonte: Rev. bras. cir. plást;32(3):441-444, jul.-set. 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: As lesões mutilantes de mão são um desafio para o cirurgião de mão e o paciente. O cirurgião deve tomar decisões desde o debridamento inicial, escolhendo quais dedos e articulações serão preservadas e uso apropriado das partes a serem retiradas. A reconstrução tardia é a segunda parte dessa difícil tarefa. Dificuldade que se atribui à particularidade de cada lesão, do grande número de possibilidades de tratamento e seus diversos níveis de complexidade que devem ser adequados à necessidade e motivação pessoal de cada paciente. Este relato de caso apresenta uma reconstrução tardia de mão com perda de indicador e dedo médio com transplante de articulação metacarpofalângica de indicador para função de interfalangeana proximal de dedo médio.

Mutilating hand injuries are a challenge to both the hand surgeon and the patient. The surgeon must make decisions ranging from the initial debridement to which fingers and joints will be preserved and the appropriate use of the parts to be removed. Late reconstruction constitutes the second part of this difficult task. The difficulty attributed to the characteristics of each lesion, the large number of treatment possibilities, and the different levels of complexity must be adapted to the personal needs and motivation of each patient. This case report describes a late hand reconstruction with index and middle finger loss, using metacarpophalangeal joint transplantation of the index finger to gain the proximal interphalangeal function of the middle finger.
Descritores: Deformidades da Mão
Deformidades Adquiridas da Mão
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos
Articulação da Mão
Articulações dos Dedos
Mãos
Traumatismos da Mão
Microcirurgia
-Deformidades da Mão/cirurgia
Deformidades Adquiridas da Mão/cirurgia
Deformidades Adquiridas da Mão/terapia
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos
Articulação da Mão/cirurgia
Articulação da Mão/lesões
Articulações dos Dedos/anormalidades
Articulações dos Dedos/cirurgia
Mãos/cirurgia
Traumatismos da Mão/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  6 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-982656
Autor: Romero-Flórez, Luz Alexandra; Madrigal Ramos, Diana Carolina.
Título: Calcinosis cutis idiopática universal / Calcinosis cutis idiopathic universal
Fonte: Dermatol. pediátr. latinoam. (En línea);13(1):24-28, abr. 2015. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La calcinosis cutis es un trastorno raro causado por el depósito anormal de sales de calcio en la piel y tejido subcutáneo. Clínicamente se caracteriza por pápulas, placas o nódulos calcificados. Según su etiopatogenia se distinguen cinco tipos clínicos: distrófica, metastásica, iatrogénica, idiopática y calcifilaxis.Comunicamos el caso clínico de un paciente en edad pediátrica con una calcinosis cutis idiopática universal, sin afectación extra-cutánea. Esta publicación reviste importancia debido a lo infrecuente de esta enfermedad y a que su diagnóstico nos permite detectar padecimientos asociados, que son determinantes para el pronóstico y tratamiento.

Cutaneous calcinosis is a rare disorder caused by the deposit of abnormal calcium salts in the skin and subcutaneous tissue. Itpresents with calcified papules, plaques or nodules. Five clinical types are distinguished: dystrophic, metastatic, iatrogenic, idiopathic and calcifilaxis. This paper reports a pediatric patient with aidiopathic calcinosis cutisuniversalis, without extracutaneous manifestations. This publication is important because of the rarity of this disease. The diagnosis allows us to investigate the possible associated diseases that determine patient prognosis and treatment.
Descritores: Calcinose
-Durapatita
Articulações dos Dedos
Articulação do Joelho
Limites: Masculino
Humanos
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR338.1 - Biblioteca


  7 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-938645
Autor: Almeida, Saulo Fontes; Monteiro, Anderson Vieira; Lanes, Rúbia Carla da Silva.
Título: Avaliação do tratamento da camptodactilia: análise retrospectiva de 22 pacientes, em um total de 39 dígitos.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2013. 30 p.
Idioma: pt.
Resumo: Camptodactilia é uma deformidade congênita caracterizada por uma postura em flexão na IFP, geralmente encontrada no dedo mínimo. Afeta aproximadamente 1% da população. A causa primária para esta deformidade é ainda motivo de discussão, não havendo consenso na literatura mundial. Se não for tratada haverá uma piora progressiva em cerca de 80% dos casos. Essa patologia, de aparência relativamente simples, não é fácil de ser tratada. O problema reside no fato da existência de várias formas de apresentação clínica, o que faz com que não haja um modelo único de tratamento efetivo. O objetivo deste estudo é avaliar, retrospectivamente, os resultados dos casos tratados no serviço de Cirurgia da Mão do INTO-MS-RJ, a partir de um protocolo pré estabelecido; e realizar uma análise crítica dos resultados alcançados, separando os casos em seus respectivos subgrupos. Foram avaliados 22 pacientes, num total de 39 dígitos, de janeiro de 2004 a dezembro de 2012. Relacionamos as estruturas anatômicas alteradas encontradas nos casos que foram submetidos a procedimento cirúrgico e seus resultados, tanto no tratamento conservador, como para os cirúrgicos, enfatizando suas principais indicações. Os resultados foram analisados pelo método de Sierget e col da clínica Mayo. Observamos que os casos de camptodactilia isolada do dedo mínimo na forma flexível, >60º, que foram submetidos a tratamento cirúrgico, de maneira uniforme apresentaram resultados excelentes. Nas formas rígidas, nossas observações indicam benefícios com ganho de extensão e correção da deformidade, entretanto o arco de movimento com flexão ativa na IFP é sempre parcial. Com o tempo de evolução alguns casos apresentaram alguma perda de ganho previamente alcançado, o que corrobora a permanente vigilância necessária no acompanhamento, com uso sistemático de órteses, até a fase final do crescimento esquelético.
Descritores: Articulações dos Dedos/anormalidades
Articulações dos Dedos/fisiopatologia
Articulações dos Dedos/cirurgia
Deformidades Congênitas da Mão/fisiopatologia
Deformidades Congênitas da Mão/reabilitação
Deformidades Congênitas da Mão/cirurgia
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1756.1 - Sergio Eduardo Vianna
BR1756.1; WE835, A447


  8 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-893127
Autor: Alsharif, Mohammed H. Karrar; Alfaki, Mamoun A; Elamin, Abubaker Y; Manssor, Elbagir H; Taha, Khalid M; Arafa, Emad M; Aldosari, Khalid Hadi M.
Título: An accessory extensor pollicis longus tendon: a case report of rare anatomical variant / Tendón accesorio del músculo extensor largo del pulgar: reporte de caso de una rara variación anatómica
Fonte: Int. j. morphol;35(4):1276-1279, Dec. 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: SUMMARY: Variation in the morphology of the extensor pollicis longus muscle is very rare. The muscle is considered as one of the deep group of dorsal forearm muscles. It passes through the dorsal radiocarpal ligament in a detached compartment. It inserts at the base of the distal phalanx of the thumb. The muscle might have double tendons where they run either in one, or in separate compartments. In this study, we report an extremely rare condition for a 38-year-old male where some of the tendon fibers split at the base of the proximal phalanx and the two tendons insert at the sides of the base of the distal phalanx. We also noticed a high range of hyperextension where the action was painless and showed no sign of discomfort. We believe that the way the tendons get inserted might have a role in this wide range of extension.

RESUMEN: La variación en la morfología del músculo extensor largo del pulgar es muy rara. Es considerado perteneciente al grupo profundo de los músculos del dorso del antebrazo. Su tendón pasa a través del ligamento radiocarpiano dorsal en un compartimiento separado. Se inserta en la base de la falange distal del pulgar. El músculo puede tener tendones dobles que pasan a través de un solo compartimiento, o en compartimentos separados, del ligamento radiocarpiano dorsal. En este estudio se reporta una variación extremadamente rara en un hombre de 38 años de edad, donde algunas de las fibras del tendón se dividen en la base de la falange proximal y los dos tendones se insertaban a los lados de la base de la falange distal del pulgar. También observamos un alto grado de hiperextensión siendo la acción indolora y no mostrando ningún signo de malestar. Creemos que la forma en que los tendones se insertan podrían tener un papel en este amplio rango de extensión.
Descritores: Articulações dos Dedos/anormalidades
Músculo Esquelético/anormalidades
Tendões/anormalidades
-Variação Anatômica
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-879377
Autor: Motta, G. A; Girardi, A. M; Sabes, A. F; Portugal, E. S; Nociti, R. P; Bueno, G. M; Marques, L. C.
Título: Clinical and radiographic changes of carpi, tarsi and interphalangeal joints of beef zebu bulls on semen collection regimen / Mudanças clínicas e radiográficas das articulações carpo, tarso e interfalangeana de touros de corte zebuínos em regime de colheita de sêmen
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);69(6):1357-1366, nov.-dez. 2017. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Osteoarthritis and osteochondrosis are highly correlated to reproductive failure in bulls. This study aimed to evaluate the carpal, tarsal and interphalangeal lesions in beef zebu bulls on semen collection regimen. Twenty-one beef cattle bulls, in a total of forty-one animals, were split into three age-based groups: animals from two to four years old (GI), from more than four to eight years old (GII) and above eight years old (GIII). The clinical findings were conformational changes of limbs, synovial effusion, peripheral venous engorgement of joints and prolonged decubitus. The total population showed moderate clinical manifestation and radiographic score. The GIII presented more severe joint lesions. Carpi and tarsi regions had discrete to difuse osteophytosis, subchondral cysts, cartilaginous flaps, bone incongruence and fragmentation, osteitis, and ankylosis. Interphalangeal joints presented osteophytosis, distal phalanx osteitis and enthesophytosis. The digital radiographic examination allowed full identification of articular lesions and their clinical correspondences, besides the positive correlation between age, body weight and radiographic score.(AU)

Osteoartrite e osteocondrose estão altamente correlacionados à falha reprodutiva em touros. Este estudo teve como objetivo avaliar as lesões do carpo, tarso e interfalangianas em touros zebuínos de corte em regime de coleta de sêmen. Vinte e um bovinos de corte, touros, provenientes de um total de 41 animais, foram divididos em três grupos baseados na idade, sendo eles: animais de dois a quatro anos (GI), de mais de quatro a oito anos (GII) e acima de oito anos de idade (GIII). Os sinais clínicos encontrados foram mudanças de conformação dos membros, derrame sinovial, ingurgitamento venoso periférico das articulações e decúbito prolongado. A população total avaliada apresentou manifestação clínica e escore radiográfico de grau moderado. Os touros mais velhos apresentaram maior gravidade nas lesões articulares. O GIII foi o que apresentou as lesões articulares mais severas. Identificou-se nos carpos osteofitose de discreta a difusa, cistos subcondrais, "flaps" cartilaginosos, fragmentação óssea, perda de congruência óssea, osteíte e anquilose; as lesões társicas obedeceram ao mesmo padrão. As articulações interfalangeanas apresentaram somente osteofitose, osteíte nas falanges distais e entesiofitose. O exame radiográfico digital permitiu a identificação completa das lesões articulares e suas correspondências clínicas, além da correlação positiva entre a idade, o peso corporal e o escore radiológico.(AU)
Descritores: Articulações do Carpo/diagnóstico por imagem
Articulações dos Dedos/diagnóstico por imagem
Infertilidade Masculina/veterinária
Articulações/lesões
Sobrepeso/complicações
Articulações Tarsianas/diagnóstico por imagem
Limites: Animais
Masculino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 56 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Brass, K. E
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-876511
Autor: Dau, S. L; Azevedo, M. S; De La Corte, F. D; Brass, K. E; Gallio, M; Ceni, F; Lubini, B. B.
Título: Response of three digital anesthetic technics in horses with forelimb hoof lameness / Resposta de três técnicas anestésicas digitais em equinos com claudicação dos membros anteriores ligada ao casco
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);69(4):793-801, jul.-ago. 2017. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: The presented study aimed to assess objectively the response of distal interphalangeal joint (DIJ), navicular bursa (NB) and deep digital flexor tendon sheath (DDFTS) anesthesia in horses with forelimb hoof lameness; and evaluate if the presence of radiographic abnormalities on navicular bone could interfere on blocks' results. Fifteen horses with lameness improvement above 70% after palmar digital nerve (PDN) block were selected for this study. Blocks were assessed separately on five consecutive trials at seven different time-points. The fifth trial was performed to evaluate the influence of exercise on preexisting lameness. Most of horses (73.33%) presented pain related to the podotrochlear apparatus based on clinical and lameness exam and blocks' responses. NB and DIJ anesthesia differed on the frequency of horses with lameness improvement above 70% only at 10min (p=0.03), and both differed from DDFTS block until 30'(p<0.05). The blocks' response was variable along the time and the highest means for NB, DIJ and DDFTS were observed at 5-10 minutes ('), 15-20' and 10-15' respectively.Exercise had low interference on lameness intensity since no improvement above 50% was observed and an increase on lameness intensity over time was identified in seven horses. Variable grades of navicular bone radiographic lesions were observed in 14 horses, although these lesions had no interference on blocks' response (p>0.05). The NB and DIJ blocks had similar responses and both were superior to DDFTS anesthesia, coincident with a major prevalence of podotroclear apparatus abnormalities in this equine population.(AU)

O presente estudo avaliou, de forma objetiva, as respostas do bloqueio da articulação interfalangeana distal (AID), da bursa do navicular (BN) e da bainha do tendão flexor digital profundo (BTFDP) em equinos com claudicação ligada ao casco nos membros torácicos; além de analisar a influência das alterações radiográficas do osso navicular no resultado dos bloqueios. Quinze cavalos, que apresentaram uma melhora da claudicação acima de 70% após o bloqueio do nervo digital palmar, foram selecionados para este estudo. Os bloqueios foram avaliados separadamente em cinco turnos consecutivos e em sete tempos diferentes. O quinto turno foi utilizado para analisar a influência do exercício sobre a claudicação preexistente. A maioria dos cavalos (73,33%) apresentou dor relacionada à porção palmar do casco, com base nos achados do exame clínico em movimento e nas respostas dos bloqueios. As anestesias da BN e da AID apresentaram diferença quanto à frequência de cavalos com melhora da claudicação acima de 70% apenas aos 10min (p=0.03), e ambos diferiram do bloqueio da BTFDP até os 30min (p<0.05). A resposta dos bloqueios foi variada ao longo do tempo, e as maiores médias de melhora da claudicação para os bloqueios BN, AID e BTFDP foram observadas aos 5-10min, 15-20min e 10-15min, respectivamente. O exercício teve pequena interferência na intensidade da claudicação, uma vez que nenhuma melhora acima de 50% foi observada e sete cavalos aumentaram a intensidade da claudicação ao longo do tempo. A presença de diferentes graus de lesão radiográfica do osso navicular foi observada em 14 cavalos, porém essas lesões não interferiram na resposta dos bloqueios (p>0,05). Os bloqueios da BN e da AID apresentaram respostas semelhantes, e ambos foram superiores ao bloqueio da BTFDP, coincidindo com uma marcada prevalência de doença do aparato podotroclear nesta população de equinos.(AU)
Descritores: Anestésicos Locais/análise
Articulações dos Dedos/patologia
Cavalos
Coxeadura Animal/tratamento farmacológico
-Casco e Garras/patologia
Osteoartrite/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde