Base de dados : LILACS
Pesquisa : A05.360.444.849.600 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 8 [refinar]
Mostrando: 1 .. 8   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 8 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-545503
Autor: Orsi, Antonio Marcos; Dominiconi, Raquel Fantin; Roque, Domingos Donizeti; Cruz, Claudinei da.
Título: Observações morfológicas no epitélio de revestimento da rede testicular (RT) de codorna (Coturnix coturnix) da variedade italiana / Morphological features on the surface epithelium of the rete testis (RT) of quail (Cotunix coturnix) from the italian variety
Fonte: Biosci. j. (Online);25(4):143-149, july-aug. 2009. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A rede testicular (RT) de codorna é predominantemente do tipo intra-albugínica e constituída por canais tortuosos, revestidos por células epiteliais, estendendo-se pela túnica albugínea do testículo e a seguir penetram na estrutura microscópica da região epididimária (RE), pelo seu tecido matricial. Os canais da RT são contínuos com os ductos eferentes proximais da RE. A ultraestrutura do epitélio de revestimento da RT mostra diferenças marcantes na primavera - a fase proliferativa do ciclo reprodutivo, e em meados do outono - a fase quiescente do ciclo reprodutivo nesta ave. As características ultraestruturais marcantes dos epiteliócitos da RT, nestas duas fases, foram a baixa eletrodensidade citoplasmática e ocorrência de poucas vesículas e lisossomos no outono, que aparecem com maior freqüência na RT primaveril. Aspectos degenerativos de organelas, e presença de extrusões citoplasmáticas apicais, apareceram em número expressivo no outono, não se observando aspectos ultraestruturais marcantes nas estações de inverno e verão, relativamente às observações de primavera.

The RT of domestic quail from Italian variety showed mainly an albuginic pattern being represented by tortuous channels lined predominately by a simple cubic epithelium. RT channels extended along the testicular albuginea and penetrates into the epididymal region (ER) through its myoconnective matrix. Passageways were continuous to proximal efferent ducts of the ER. Epithelium lining ultrastructure of RT passageways showed some differences between the spring and the inactive phase at middle fall, concerning the quail testicular reproductive cycle. The features observed in RT epitheliocytes in fall were the low cytoplasmic electrodensity, paucity of supranuclear vesicles, which were abundant and variable in form and shape in spring, and some degenerative aspects of cell organelles mainly in ER lamellae. Moreover, presence of apical cytoplasmic extrusions were verified in the fall. No marked features were seen in the RT ultrastructure during the winter and summer comparatively to the active phase of spring.
Descritores: Aves
Coturnix
Coturnix/anatomia & histologia
Rede do Testículo/anatomia & histologia
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR396.3 - Biblioteca Setorial Umuarama


  2 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-473002
Autor: Orsi, Antônio M; Domeniconi, Raquel F; Simões, Karina; Stefanini, Maíra A; Baraldi-Artoni, Silvana M.
Título: Variabilidade sazonal no ducto epididimário de codorna doméstica: observações morfológicas / Seasonal variability in epididymal duct of the domestic quail: morphologic features
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;27(12):495-500, dez. 2007. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O ducto epididimário (DE) de codorna doméstica mostrou, ao longo do ano, variabilidade pequena, porém muito expressiva no outono, o qual corresponde à fase quiescente do ciclo testicular anual. A morfologia do DE na primavera foi, em termos, similar à verificada no verão e inverno. Nestas fases notaram-se aumento significante do calibre tubular do DE; estocagem intraluminal de espermatozóides e ocorrência de mitocôndrias, lamelas do RE, vesículas variáveis quanto à forma, dimensões e conteúdos e presença de alguns lisossomos localizados, principalmente, no citoplasma apical das células principais (P), no epitélio epididimário. Estas características ultra-estruturais das células P parecem ser indicativas da ocorrência de processos ativos de endocitose e de secreção micromerócrina. A quiescência outonal foi caracterizada pelo aspecto anfractuoso do DE; ausência de espermatozóides e pouco material intraluminal, observados à microscopia de luz. Características ultra-estruturais degenerativas foram verificadas ao nível do citoplasma supranuclear das células P epididimárias no outono.

Small but expressive variability was noted on the epididymidis duct (ED) of domestic quail along the year, with more evidence in autumn of the quiescent phase of the annual testis cycle in this species. Spring features of ED had a general similar pattern in summer and winter. They were characterized by enlargement of epididymis tubule, storage of spermatozoa into the luminal compartment and presence of mitochondria, ER lamellae, several variable vesicles, and lysosomes localized mainly on the apical cytoplasm of principal cells (P) of the epididymal epithelium. These P cells features indicated a process of endocytosis and perhaps protein secretion. Autumn quiescence was marked by a convolute pattern of the epididymis tubule, lacking of spermatozoa and small amount of exfoliate heterogeneous material inside the luminal compartment at light microscopy. Ultrastructural degenerative features mainly apical cytoplasmic debris were seen in the supranuclear cytoplasm of lining P cells.
Descritores: Células Intersticiais do Testículo/ultraestrutura
Microscopia de Polarização/métodos
Codorniz
Rede do Testículo/anatomia & histologia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Beu, Célia C. L
Stefanini, Maria Aparecida
Texto completo
Id: lil-255247
Autor: Beu, Célia C. L; Stefanini, María Aparecida; Francia-Farje, Luis A. D; Orsi, Antonio Marcos.
Título: Estudio histoquímico de la red testicular del conejillo de indias cavia porcellus / Histochemical study of the rete testis of guinea pig cavia porcellus
Fonte: Rev. chil. anat;17(1):67-73, 1999. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Las observaciones de la red testicular (RT) del desl conejillo de indias en los estudios de microscopía de luz y MEB mostraron que la RT es cavitaria, axial y laberíntica y su revestimiento epitelial está compuesto por células cúbicas, pavimentosas y cilíndricas. Se observan estructuras tales como cordones epiteliales que le dan un aspecto de egmentos cordonales llamados de chordae retis. También puede ser visto un segmento extratesticular, llamado red extratesticular (RED). Segmentos de la RT "ricos en glicógeno" fueron observados en el conejillo de indias, cuyo papel podría estar relacionados con las actividades metabólicas en los túbulos rectos y en la RT o con producción y liberación de fructosa seminal
Descritores: Cobaias/anatomia & histologia
Rede do Testículo/ultraestrutura
-Histocitoquímica/métodos
Rede do Testículo/química
Limites: Animais
Cobaias
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  4 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Beu, Célia Cristina Leme
Stefanini, Maíra Aparecida
Silva, Maeli Dal Pai
Vicentini, Carlos Alberto
Id: lil-205627
Autor: Beu, Célia Cristina Leme; Orsi, Antonio Marcos; Stefanini, Maíra Aparecida; Silva, Maeli Dal Pai; Vicentini, Carlos Alberto.
Título: A rede testicular na cobaia: observaçöes morfológicas e histoquímicas / The rete testis in guinea pig: a morphological and histochemical examination
Fonte: Rev. ciênc. bioméd. (Säo Paulo);18:33-45, 1997. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A rede testicular (RT) da cobaia tem características morfológicas de um tipo intermediário de RT. Esta rede foi caracterizada com cavitária, labiríntica e axial relativamente à disposiçäo de seus canais epiteliais interconectados. Morfologicamente consiste, predominantemente, de câmaras epiteliais interligadas que penetram no parênquima testicular, por uma pequena distância. Os canais e câmaras de todas as partes da rede säo revestidos por epitélio cúbico simples. Reatividades histoenzimáticas fortes foram observadas, predominantemente, na matriz da RT às enzimas fosfatases alcalina e ácida e m-ATPase. Ambas as fosfatases mostraram reatividades médias no epitélio da RT de cobaia, no qual a reatividade da m-ATPase foi fraca. Por outro lado, a NADH-d mostrou reatividade média, porém homogênea, na matriz e no epitélio da RT.
Descritores: Fosfatase Alcalina/metabolismo
Ativação Enzimática
Fosfatase Ácida/metabolismo
Cobaias/anatomia & histologia
Histocitoquímica
Rede do Testículo/anatomia & histologia
-Adenosina Trifosfatases/metabolismo
Di-Hidrolipoamida Desidrogenase/metabolismo
Concentração de Íons de Hidrogênio
Testículo/enzimologia
Limites: Animais
Masculino
Adulto
Cobaias
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  5 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mariana, Araci Nanci Bomfim
Borelli, Vicente
Id: lil-162623
Autor: Souza, Maria Fátima de; Mariana, Araci Nanci Bomfim; Borelli, Vicente.
Título: Contribuiçäo ao estudo do funículo espermático no morcego (Phyllostomus hastatus) / Contribution to the study of spermatic cord in bat (Phyllostomus hastatus)
Fonte: Rev. bras. ciênc. morfol;11(2):172-7, jul.-dez. 1994. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Neste trabalho sao descritas observaçoes anatômicas sobre o suprimento arterial e drenagem venosa testiculares no morcego Phyllostomus hastatus que tem hábito alimentar misto (frutas, insetos e pequenos vertebrados). As disposiçoes e comportamento anatômico dos vasos testiculares arteriais e venosos, incluindo aspectos histológicos, na intimidade do funículo espermático sao comparadas com descriçoes em outras espécies de mamíferos.
Descritores: Cordão Espermático/anatomia & histologia
Quirópteros/anatomia & histologia
-Rede do Testículo/anatomia & histologia
Ducto Deferente/anatomia & histologia
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Viotto, Maria José Salete
Id: lil-131917
Autor: Viotto, Maria José Salete; Orsi, Antônio Marcos; Mello Dias, Sidney.
Título: Ultra-estrutura do epitélio de revestimento da rede extratesticular no gato (Felis domestica, L.) / Fine structure of the epithelial lining of the Rete testis in the cat (Felis domestica, L.)
Fonte: Rev. ciênc. bioméd. (Säo Paulo);13:39-45, 1992. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A rede extratesticular (RET) do gato é formada por um conjunto de câmaras epiteliais interconectadas localizadas externamente à tùnica albugínea do pólo cranial do testículo. Estas câmaras sao formadas a partir da extremidade distal do complexo da rede testicular e sao revestidas por epitélio simples cilíndrico baixo, cujas características ultra-estruturais principais associam-no a processos de absorçao e, talvez, a mecanismos de transcitose. Da RET seguem os dúctulos eferentes cuja morfologia já foi observada em gatos
Descritores: Epitélio Seminífero/ultraestrutura
Rede do Testículo/ultraestrutura
-Gatos/anatomia & histologia
Limites: Animais
Masculino
Gatos
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  7 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Viotto, Maria José Salete
Vicentini, Carlos Alberto
Camilli, José Angelo
Id: lil-129389
Autor: Viotto, Maria José Salete; Orsi, Antonio Marcos; Vicentini, Carlos Alberto; Camilli, José Angelo.
Título: Ultra-estrutura do tecido circundante da rede extratesticular e dos dúctulos eferentes no gato (Felis domestica, L.) / Ultrastructure of the boundary tissue of the extratesticular rete and efferent ductules in the cat (Felis domestica, L.)
Fonte: Rev. bras. biol;53(4):555-60, nov. 1993. ilus.
Idioma: pt.
Projeto: CNPq.
Resumo: No gato o tecido circundante ou lâmina própria da rede extratesticular e dos dúctus eferentes é formado por colágeno com disposiçäo lamelar e fibrilar e por células contráteis alongadas. Essas células säo representadas principalmente por fibras musculares lisas e miofibroblastos
Descritores: Gatos/anatomia & histologia
Rede do Testículo/ultraestrutura
-Tecido Conjuntivo/ultraestrutura
Epididimo/ultraestrutura
Microscopia Eletrônica
Túbulos Seminíferos/ultraestrutura
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 8 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Vicentini, Carlos Alberto
Id: lil-94910
Autor: Martins, Márcia Regina Fernandes Boaro; Orsi, Antonio Marcos; Vicentini, Carlos Alberto.
Título: Observaçöes sobre a histoarquitetura geral dos testículos do hamster pós-natal / Observations on the general histoarchitecture of the post-natal hamster's testes
Fonte: Rev. bras. ciênc. morfol;6(2):72-5, jul.-dez. 1989. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho é uma descriçäo sobre a morfologia da cápsula testicular e do complexo da rede testicular no hamster da variedade champanha, entre 10 e 90 dias de vida pós-natal. Adicionalmente, säo descritas algumas peculiaridades morfológicas dos túbulos seminíferos e do epitélio seminífero. Outras observaçöes apresentadas sobre a morfologia dos túbulos seminíferos e superficial da rede testicular
Descritores: Mesocricetus/anatomia & histologia
Testículo/anatomia & histologia
-Epitélio Seminífero/anatomia & histologia
Rede do Testículo/anatomia & histologia
Túbulos Seminíferos/anatomia & histologia
Limites: Cricetinae
Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde