Base de dados : LILACS
Pesquisa : A07.541.358 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 474 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 48 ir para página                         

  1 / 474 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-970063
Autor: Almeida, Marcos Merula de; Alban, Noemí Rocío Andrade; Aguay, Galo Juvenal Vinueza.
Título: Fibrilação atrial e insuficiência tricúspide como apresentações tardias de contusio cordis / Atrial fibrillation and tricuspid regurgitation as late presentations of contusio cordis
Fonte: ABC., imagem cardiovasc;32(1):75-78, jan.-mar. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Fibrilação Atrial
Insuficiência da Valva Tricúspide/cirurgia
Contusões Miocárdicas
-Arritmias Cardíacas
Volume Sistólico
Traumatismos Torácicos
Bloqueio de Ramo
Ecocardiografia/métodos
Eletrocardiografia/métodos
Átrios do Coração
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 474 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-967579
Autor: Melo Neto, Jônatas; Valdigem, Bruno Pereira.
Título: Ectopias atriais e associação com fibrilação atrial / Atrial ectopes and atrial fibrillation association
Fonte: RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm;31(3), jul.-set. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Instabilidade elétrica atrial é um termo recentemente incorporado na prática médica para descrever o amplo espectro de arritmias atriais que se sobrepõem. Essa relação já era intuitiva entre flutter atrial e fibrilação atrial (que deu berço ao anteriormente chamado "fibrilo-flutter"), e, mais recentemente, associou taquicardias atriais e fibrilação atrial. Essa relação é de suma importância, posto que o diagnóstico de fibrilação atrial implica estratégias para prevenção de eventos embólicos. Com novos métodos de rastreio, o diagnóstico de fibrilação atrial se mostrou mais frequente (monitorização prolongada, monitores implantáveis, telemetria de marcapassos). A presença de extrassistolia atrial e taquicardia atrial se torna um desafio: apesar da relação intuitiva de maior risco para fibrilação atrial e eventos cerebrovasculares, a evidência científica para tal se tornou mais robusta recentemente. Este artigo tem a intenção de agregar a evidência de melhor qualidade disponível para facilitar a seleção da estratégia adequada ante um paciente portador de taquicardia e extrassistolia atrial e avaliar adequadamente seu risco

Atrial electrical instability is a recently incorporated term in medical practice to describe the broad spectrum of overlapping atrial arrhythmias. This relationship was already intuitive between atrial flutter and atrial fibrillation (which gave birth to the so-called "fibril-flutter"), and has more recently been related to atrial tachycardias and atrial fibrillation. This relationship is extremely important, since the diagnosis of atrial fibrillation implies in strategies to prevent embolic events. With new screening methods, the diagnosis of atrial fibrillation has become more frequent (prolonged monitoring, implantable monitors, pacemaker telemetry). The presence of atrial extrasystoles and atrial tachycardia is a challenge: despite the intuitive relationship of higher risk for atrial fibrillation and cerebrovascular events, the scientific evidence became more robust recently. This article intends to aggregate the best quality evidence available to facilitate the choice of an appropriate strategy for a patient with tachycardia and atrial extrasystoles and to adequately assess their risk
Descritores: Arritmias Cardíacas/diagnóstico
Fibrilação Atrial
Taquicardia Atrial Ectópica/diagnóstico
-Nó Atrioventricular
Fatores de Risco
Complexos Atriais Prematuros/etiologia
Eletrocardiografia/métodos
Coração
Átrios do Coração
Antiarrítmicos/uso terapêutico
Anticoagulantes/uso terapêutico
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  3 / 474 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913972
Autor: Moreira, Dalmo Antonio Ribeiro.
Título: Alterações eletrocardiográficas que identificam pacientes com risco para fibrilação atrial / Electrocardiographic changes that identify patients at risk for atrial fibrillation
Fonte: RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm;31(2), abr.-jun. 2018. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O eletrocardiograma corresponde ao registro gráfico da atividade elétrica cardíaca. As ondas que o compõem são obtidas por meio de cabos-eletrodos posicionados de maneira convencional na superfície corpórea, e, por essa razão, apresentam características tanto de duração como de morfologia bem estabelecidas. Quaisquer modificações dessas ondas podem indicar alterações da atividade elétrica, de átrios e/ou de ventrículos. Esse conceito é importante não somente para se diagnosticar um desarranjo muscular, mas também para se estadiar uma doença e estabelecer o prognóstico. A fibrilação atrial é uma arritmia frequente, cuja incidência aumenta com a idade e com o acúmulo de fatores de risco relacionados a sua origem. Várias doenças que surgem ao longo da vida agridem o tecido atrial, causando desarranjos elétrico e estrutural atriais, que podem se manifestar como modificações das características das ondas p, tais como morfologia e duração, bem como de sua relação com o intervalo PR. Essas alterações, quando detectadas, podem ser úteis na identificação precoce dos pacientes mais propensos a terem fibrilação atrial, e sua presença, associada a escores clínicos que definem indivíduos mais "doentes", tem se mostrado um aliado útil no manuseio clínico dessa população. Este trabalho tem como objetivo atualizar esses conceitos para a prática clínica

The electrocardiogram is a graphical recording of cardiac electrical activity. The waves in an electrocardiogram are obtained by means of electrode-cables positioned in a conventional way on the body surface and for this reason, their characteristics, including both duration and morphology, are well established. Any changes in these waves may indicate electrical activity changes of the atria and/or ventricles. This concept is important not only for diagnosing heart muscle disease but also for staging the disease and establishing prognosis. Atrial fibrillation is a frequent arrhythmia whose incidence increases with age and with the accumulation of risk factors related to its origin. Several diseases which develop throughout a patient's lifetime cause atrial tissue lesions and atrial electrical and structural derangements whose manifestations may be modifications of p wave characteristics such as its morphology and duration, as well as its relationship with the PR interval. These changes, when detected, may be useful for the early identification of patients most likely to have atrial fibrillation and their presence, along with clinical scores that define "sicker" individuals, have been shown to be a useful ally in the clinical management of this population. The purpose of this study is to update these concepts for the clinical practice
Descritores: Pacientes
Fibrilação Atrial/diagnóstico
Fibrilação Atrial/fisiopatologia
Fatores de Risco
Eletrocardiografia/métodos
-Arritmias Cardíacas/diagnóstico
Prognóstico
Tabagismo
Diagnóstico por Imagem/métodos
Canais de Cálcio
Onda p
Átrios do Coração/diagnóstico por imagem
Ventrículos do Coração/diagnóstico por imagem
Obesidade
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  4 / 474 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-836944
Autor: Ribeiro, Marcelo Silva; Costa, Rodrigo Nieckel; Pedra, Simone Rolim Fernandes Fontes; Kreuzig, Daniela Lago; Fontes, Valmir Fernandes; Pedra, Carlos Augusto Cardoso.
Título: Estado atual do tratamento dos defeitos do septo atrial / Current status of the treatment of atrial septal defects
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;27(1):f:39-l:48, jan.-mar. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A comunicação interatrial tipo ostium secundum (CIA OS) é uma cardiopatia congênita relativamente frequente, que causa repercussão hemodinâmica para o ventrículo direito, com sobrecarga volumétrica e dilatação da câmara. A maioria dos pacientes é assintomática, porém sintomas podem aparecer depois da segunda década de vida. O tratamento eletivo é usualmente realizado próximo ao quinto ano de vida, podendo ser indicado mais precocemente quando houver sintomatologia exuberante. O fechamento transcateter usando uma prótese de duplo disco é bem estabelecido como a primeira escolha de tratamento para a maioria dos pacientes de anatomia favorável. Foi comprovado que o forame oval patente (FOP) está associado à acidente vascular cerebral isquêmico (AVCI) em pacientes com poucos ou nenhum fator de risco de doença cardiovascular. Recentemente, foi demonstrado que a oclusão transcateter do FOP é superior ao tratamento clínico para prevenir recorrências de AVCI nessa população, em um estudo randomizado com acompanhamento clínico de longo prazo. Este manuscrito revisa as atuais indicações, critérios de seleção do paciente e o seguimento clínico dos pacientes com CIA OS e FOP submetidos ao tratamento transcateter

Ostium secundum atrial septal defect (OS-ASD) is a relatively frequent congenital heart defect that causes hemodynamic burden on the right ventricle with volume overload and chamber dilatation. Most patients are asymptomatic, however symptoms can appear after the second decade of life. Elective treatment is usually performed around the fifth year of life, and may be occasionally indicated earlier if there are exuberant symptoms. Transcatheter closure using a double disc device is well established as the first choice of treatment for most patients with suitable anatomy. Patent foramen ovale (PFO) has been shown to be associated with ischemic stroke in patients with no or limited risk factors for cardiovascular disease. It was recently demonstrated in a randomized trial with long-term follow-up that transcatheter closure of PFO is superior to medical treatment for preventing recurrences of stroke in this patient population. This manuscript reviews the current indications, patient selection criteria, and long-term follow-up in patients with OS-ASD and PFO submitted to transcatheter closure
Descritores: Forame Oval Patente/terapia
Átrios do Coração/cirurgia
Cardiopatias Congênitas/fisiopatologia
Comunicação Interatrial/terapia
Ventrículos do Coração
-Cirurgia Torácica
Ecocardiografia/métodos
Cateterismo Cardíaco/métodos
Heparina/administração & dosagem
Aspirina/administração & dosagem
Fatores de Risco
Resultado do Tratamento
Artéria Femoral
Cateteres Cardíacos
Coração/fisiopatologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  5 / 474 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-837230
Autor: Andrade, Alexandre José Aguiar; Rezende, Mariana Oliveira; Ferreira, Murilo Castro; Santos, Natasha Soares Simões dos; Scorsioni, Nelson Henrique Góes; Queiroga, Olívia Ximenes de; Mateos, José Carlos Pachón; Mateos, Juan Carlos Pachón.
Título: Fatores preditores para boa resposta à terapia de ressincronização cardíaca: critérios práticos para o clínico / Predicting factors of good response to cardiac resynchronization therapy: practical criteria for the clinician
Fonte: RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm;30(1):f:9-l:19, jan.-mar. 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A terapia de ressincronização cardíaca é uma alternativa eficaz em pacientes com insuficiência cardíaca e dessincronia, podendo reduzir significativamente a morbimortalidade. Apesar de haver indicações bem estabelecidas, cerca de um terço dos pacientes não responde à terapia; assim, a busca por critérios que possam avaliar de forma acurada a real chance de resposta à terapia de ressincronização cardíaca faz-se imprescindível. A seleção correta dos pacientes, a utilização de técnicas para otimizar o posicionamento do cabo-eletrodo de ventrículo esquerdo, a programação cuidadosa, o acompanhamento após o implante e a procura rotineira de fatores associados à ausência de resposta podem reduzir o número de não respondedores

Cardiac resynchronization therapy is an effective alternative for patients with heart failure and dyssynchrony that may significantly reduce morbidity and mortality. Although indications are well established, about 1/3 of the patients do not respond to therapy. Thus, it is critical to search for criteria that may accurately assess the actual probability of response to cardiac resynchronization therapy. Proper patient selection, the use of techniques to optimize left ventricular lead positioning, careful setting, post-implantation follow-up and routine search for factors associated with the lack of response, may reduce the number of non-responders
Descritores: Diagnóstico por Imagem/métodos
Diagnóstico Clínico/tendências
Valor Preditivo dos Testes
Dispositivos de Terapia de Ressincronização Cardíaca/tendências
Insuficiência Cardíaca/fisiopatologia
Insuficiência Cardíaca/epidemiologia
-Brasil/epidemiologia
Ecocardiografia/métodos
Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos
Doenças Cardiovasculares/epidemiologia
Prevalência
Desfibriladores Implantáveis/tendências
Eletrocardiografia/métodos
Bloqueio Atrioventricular
Átrios do Coração
Ventrículos do Coração
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  6 / 474 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1040
Autor: Rebelo, Bianca Rosa Rodrigues; Oliveira, Paula Malagoni Cavalcante; Damasceno, Marcela Macedo Marques; Freitas, Diana Azeredo de; Silvério, Américo de Oliveira.
Título: Hepatocarcinoma com metástase para átrio direito / Hepatocellular carcinoma with metastasis to atrium
Fonte: GED gastroenterol. endosc. dig;35(2):74-77, abr.-jun. 2016. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O hepatocarcinoma é o tumor primário maligno mais comum no fígado e está frequentemente associado à cirrose hepática. Relatamos o caso de um paciente com hepatopatia crônica de etiologia alcoólica e hepatocarcinoma com extensão >50% do fígado e invasão de veias supra-hepáticas e átrio direito.

Hepatocellular carcinoma is the most common primary malignant liver tumor and is often associated with liver cirrhosis. We report the case of a patient with chronic liver disease and alcoholic etiology of hepatocellular carcinoma with extension >50% of the liver and invasion of hepatic veins and right atrium.
Descritores: Carcinoma Hepatocelular
Átrios do Coração
Cirrose Hepática Alcoólica
Neoplasias Hepáticas
Metástase Neoplásica
Limites: Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  7 / 474 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-794201
Autor: Oliveira, Edmundo Clarindo; Moura, Marco Antônio Gonçalves de; Barbosa, José Augusto de Almeida.
Título: Oclusão percutânea de comunicação interatrial ou de forame oval guiada por ecocardiograma intracardíaco / Percutaneous closure of atrial septal defect or foramen ovale guided by intracardiac echocardiography
Fonte: Rev. bras. cardiol. invasiva;23(3):216-219, jul.-set.2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O ecocardiograma transesofágico (ECO-TE) é o método mais utilizado para guiar otratamento percutâneo da comunicação interatrial (CIA) e do forame oval (FOP), mas a necessidade de um outro profissional para realizá-lo e de anestesia geral constituem inconvenientes para seu emprego. Oecocardiograma intracardíaco (ECO-IC) apresenta-se como alternativa ao ECO-TE, pois pode ser realizado pelo próprio operador e demanda apenas anestesia local, com leve ou nenhuma sedação. Nosso objetivo foi relatar a experiência do serviço com a oclusão de CIA/FOP guiada por ECO-IC. Métodos: O ECO-IC utiliza cateter de ultrassom, que é introduzido por via venosa em câmaras cardíacas direitas e, por meio de posicionamento variável do transdutor, obtém as imagens adequadas para a intervenção. Foram avaliadas as taxas de sucesso do procedimento e as complicações. Resultados: De 2011 a 2015, foram realizados 201 procedimentos guiados pelo ECO-IC, sendo 139 empacientes com CIA e 62 com FOP. A maioria dos pacientes era do sexo feminino (64,2%), as idades variaramde 7 a 78 anos (36,6 ± 19,3 anos) e o peso variou de 28 a 92 kg (62,5 ± 13,0 kg). Foram utilizadas próteses Occlutech Figulla®, e todas as intervenções tiveram sucesso, com tempos de fluoroscopia de 5,7 ± 2,4 minutos e tempo de procedimento de 21,5 ± 6,4 minutos. Dois pacientes (2,0%) apresentaram taquicardia supraventricular transitória e outros dois pacientes evoluíram com fístula arteriovenosa na via de acesso, com resolução espontânea no primeiro mês. Conclusões: O ECO-IC forneceu informações anatômicas precisas para guiar o fechamento da CIA/FOP com sucesso e eliminou as principais desvantagens do ECO-TE...

Transesophageal echocardiography (TEE) is the most widely used method to guide the percutaneous treatment of atrial septal defect (ASD) and patent foramen ovale (PFO), but the necessity of another professional to perform it and the need for general anesthesia are potential disadvantages. Intracardiac echocardiography (ICE) is seen as an alternative to TEE, as it can be performed by the interventionist and requires only local anesthesia with mild or no sedation. The aim of this study was to report our experience with ASD/PFO occlusion guided by ICE. Methods: The ICE uses an ultrasound catheter, which is intravenously inserted in the right heart chambers and acquires images for the intervention through variable positioning of the transducer. Success and complication rates of the procedure were evaluated. Results: From 2011 to 2015, 201 procedures guided by ICE were performed, comprising 139 in patients with ASD and 62 in those with PFO. Most patients were female (64.2%), ages ranged from 7 to 78 years (36.6 ±19.3 years), and weight ranged from 28 to 92 kg (62.5 ± 13.0 kg). Occlutech Figulla® prostheses were used and all interventions were successful, with fluoroscopy time of 5.7 ± 2.4 minutes and procedure time of 21.5 ± 6.4 minutes. Two patients (2.0%) had transient supraventricular tachycardia and two others had arteriovenous fistula at the access site, with spontaneous resolution in the first month of follow-up. Conclusions: ICE provided accurate anatomical information to guide the closure of the ASD/PFO and successfully eliminated the main drawbacks of TEE...
Descritores: Cardiopatias Congênitas/complicações
Cardiopatias Congênitas/terapia
Comunicação Interatrial/complicações
Comunicação Interatrial/terapia
Ecocardiografia Transesofagiana/métodos
Forame Oval
-Próteses e Implantes
Artéria Femoral/cirurgia
Cateterismo Cardíaco
Defeitos dos Septos Cardíacos/complicações
Defeitos dos Septos Cardíacos/terapia
Estudos Retrospectivos
Heparina/administração & dosagem
Átrios do Coração
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 474 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-794194
Autor: Chamié, Francisco; Fuks, Valério; Bõsiger, Angélica; Carvalho, Marcio; Araújo, João Otávio de Queiroz; Guérios, Enio.
Título: Oclusão percutânea do apêndice atrial esquerdo com AMPLATZER® Cardiac Plug para prevenção de fenômenos tromboembólicos na fibrilação atrial crônica / Percutaneous occlusion of the left atrial appendage with AMPLATZER® Cardiac Plug for the prevention of thromboembolic events in chronic atrial fibrillation
Fonte: Rev. bras. cardiol. invasiva;23(3):177-182, jul.-set.2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A fibrilação atrial (FA) aumenta o risco de eventos tromboembólicos por êmbolos origina do sem apêndice atrial esquerdo (AAE). Métodos mecânicos para a oclusão do AAE foram desenvolvidos como alternativa à anticoagulação oral. O objetivo deste trabalho foi apresentar uma experiência inicial com o AMPLATZER® Cardiac Plug. Métodos: Incluímos pacientes com FA permanente ou paroxística, que apresentavam contraindicações ou complicações derivadas da anticoagulação oral. Pacientes com anatomia e medidas do AAE compatíveis com o oclusor, e sem trombos foram selecionados por meio de ecocardiograma transesofágico. Resultados: Foram realizados 14 procedimentos em 13 pacientes (5M:8F), com média de idade de 66,7 anos. Sangramento significativo e acidentes vasculares cerebrais prévios foram encontrados em 69,2% e em 53,8%, respectivamente. A FA era permanente em 84,6% e paroxística no restante da amostra. Os diâmetros médiodo óstio e da zona alvo mediram 23,9 mm e 20,8 mm, respectivamente. AAE bilobulados foram observados em 76,9%. Os procedimentos foram possíveis em todos os casos. Dezesseis dispositivos foram usados em 13 pacientes, numa razão de 1,2:1, e apenas 1 paciente precisou de um segundo dispositivo para oclusão do AAE. O tempo médio de acompanhamento foi de 12,2 meses. Todos os AAE permanecem fechados e sem defeito residual até o momento. Houve apenas um óbito tardio não relacionado ao procedimento. Conclusões: A oclusão do AAE com o dispositivo de AMPLATZER® Cardiac Plug mostrou ser segura e eficaz nesta pequena série de pacientes. Os resultados iniciais são encorajadores e apontam para o fechamento transcateter do AAE como alternativa para a anticoagulação oral em pacientes selecionados...

Atrial fibrillation (AF) increases the risk of thromboembolic events caused by embolioriginating in the left atrial appendage (LAA). Mechanical methods for LAA occlusion have been developed as an alternative to oral anticoagulation. The aim of this study was to present an initial experience with the AMPLATZER® Cardiac Plug. Methods: Patients with permanent or paroxysmal AF and with contraindications or complications of oral anticoagulation were included. Patients with LAA anatomy and measures compatible with the occluder, and without thrombi, were selected through transesophageal echocardiography. Results: A total of 14 procedures were performed in 13 patients (5M:8F), with mean age of 66.7 years. Significant bleeding and previous strokes were found in 69.2% and 53.8%, respectively. AF was permanent in 84.6% and paroxysmal in the remainder. The mean diameters of the ostium and the landing zone were 23.9 mm and 20.8mm, respectively. Bilobulated LAA was observed in 76.9%. Procedures were possible in all cases. Sixteen devices were used in 13 patients, a ratio of 1.2:1, and only one patient required a second device for LAA occlusion. The mean follow-up was 12.2 months. All LAA remain closed, with no residual defect to date. There was only one late death, unrelated to the procedure. Conclusions: LAA occlusion using the AMPLATZER® Cardiac Plug device was shown to be safe and effective in this small series of patients. The initial results are encouraging and indicate the transcatheter closure of the LAA as an alternative to oral anticoagulation therapy in selected patients...
Descritores: Acidente Vascular Cerebral
Anticoagulantes/administração & dosagem
Anticoagulantes/uso terapêutico
Fibrilação Atrial/prevenção & controle
Tromboembolia/prevenção & controle
-Próteses e Implantes
Angiografia/métodos
Cateteres
Ecocardiografia Transesofagiana/métodos
Fatores de Risco
Heparina/administração & dosagem
Átrios do Coração
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  9 / 474 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-794193
Autor: Andrade, Pedro Beraldo de; Tebet, Marden André; Rinaldi, Fábio Salerno; Bienert, Igor Ribeiro de Castro; Carvalho, Luis Fernando; Galina, João Antônio de Toledo; Barbosa, Robson Alves; Noguera, Ederlon Ferreira; Kreimer, Sérgio; Esteves, Vinícius Cardozo; Mattos, Luiz Alberto Piva e; Labrunie, André.
Título: Desfechos hospitalares e tardios de pacientes submetidos à valvoplastia mitral percutânea em centro com volume intermediário de procedimentos estruturais / In-hospital and late outcomes of patients undergoing percutaneous mitral valvuloplasty in a center with intermediate volume of structural procedures
Fonte: Rev. bras. cardiol. invasiva;23(3):173-176, jul.-set.2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A valvoplastia mitral percutânea é o tratamento de escolha da estenose mitral reumática comanatomia favorável, por sua capacidade de prevenir complicações inerentes ao tratamento cirúrgico e com manutenção da eficácia. Faz-se necessário promover comparações entre os resultados obtidos com o procedimento por centros de referência e alta drenagem de pacientes e por instituições de menor volume e casuística, sendo este o objetivo principal deste estudo. Métodos: Foram analisados 31 pacientes consecutivos submetidos à valvoplastia mitral percutânea no período de setembro de 2006 a janeiro de 2015. Avaliaram-se o sucesso imediato do procedimento e a sobrevida livre de eventos tardios, definidos como morte cardiovascular ou necessidade de novaintervenção valvar mitral. Resultados: A média de idade foi de 40,9 ± 14,2 anos, com predomínio do sexo feminino (96,8%). O escore médio de Wilkins e Block foi de 8,1 ± 1,2. A totalidade dos procedimentos foi efetivada pela técnica de Inoue, com taxa de sucesso imediato de 90,3%. Em acompanhamento médio de 6,8 ± 2,5 anos, foram constatadossete eventos (22,6%), sendo dois óbitos de etiologia cardiovascular, quatro cirurgias de troca valvar mitral e uma comissurotomia mitral. Conclusões: Em um hospital com volume intermediário de procedimentos, os resultados da valvoplastia mitral percutânea no tratamento da estenose mitral reumática com anatomia favorável foram comparáveis àqueles alcançados por centros de alto referenciamento...

Background: Percutaneous mitral valvuloplasty is the treatment of choice for rheumatic mitral stenosis with favorable anatomy, for its ability to prevent complications inherent to a surgical procedure, while maintaining effectiveness. It is necessary to promote comparisons between the results obtained by the procedure performed at referral centers with high patient inflow and at institutions with lower volume and fewer patients, which represents the main objective of this study. Methods: Thirty-one consecutive patients undergoing percutaneous mitral valvuloplasty were analyzed from September 2006 to January 2015. Immediate procedural success and late event-free survival rates were evaluated, defined as cardiovascular death or need for a new mitral valve intervention. Results: The mean age was 40.9 ± 14.2 years, with a predominance of females (96.8%). The mean Wilkinsand Block score was 8.1 ± 1.2. All procedures were performed using the Inoue technique, with na immediate success rate of 90.3%. At mean follow-up of 6.8 ± 2.5 years, seven events (22.6%) were observed: two cardiovascular deaths, four surgeries for mitral valve replacement, and one mitral commissurotomy Conclusions: In a hospital with intermediate procedure volume, the results of percutaneous mitral valvuloplasty in the treatment of rheumatic mitral stenosis with favorable anatomy were comparable to those achieved by high-volume centers...
Descritores: Estenose da Valva Mitral/etiologia
Febre Reumática/etiologia
Valvuloplastia com Balão/métodos
-Análise Estatística
Doenças Cardiovasculares
Ecocardiografia/métodos
Valva Mitral/cirurgia
Ventrículos do Coração
Átrios do Coração
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  10 / 474 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1009492
Autor: Drager, Luciano Ferreira; Poyares, Dalva.
Título: Apneia obstrutiva do sono e doença cardiovascular / Obstructive sleep apnea and cardiovascular diseases
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;29(2):155-159, abr.-jun. 2019. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A apneia obstrutiva do sono (AOS) é uma condição prevalente, que tem sido associada com diversas consequências cardiovasculares, sendo a hipertensão arterial a mais bem descrita. Entretanto, doença arterial coronariana, arritmias cardíacas, acidente vascular cerebral e risco aumentado de mortalidade cardiovascular têm sido descritos na literatura em populações clínicas e na população geral, com diferentes níveis de evidência. Ressaltamos também a maior prevalência de AOS em pacientes com doenças cardiovasculares estabelecidas, possivelmente explicada pela coexistência de fatores de risco comuns tais como a idade, o sexo masculino e o sobrepeso/obesidade. Neste artigo discutiremos brevemente a associação de AOS e cada uma dessas condições clínicas, bem como o que há de evidência até o momento para o efeito do tratamento da AOS com a pressão positiva contínua de vias aéreas (CPAP) na prevenção dos desfechos cardiovasculares e mortalidade

Obstructive sleep apnea (OSA) is a prevalent condition that has been associated with several cardiovascular sequelae, among which hypertension is the best documented condition. However, coronary artery disease, cardiac arrhythmias, stroke and increased risk for cardiovascular mortality have been described in the literature in both the general population and in clinical settings, with different levels of evidence. We also emphasize the higher prevalence of OSA in patients with established cardiovascular disease, possibly due to the coexistence of common risk factors such as age, male sex and overweight/obesity. In this article we will briefly discuss the association of OSA and each of these clinical conditions, as well as the current evidence for the effect of OSA treatment with continuous positive airway sure (CPAP) on the prevention of cardiovascular outcomes and mortality
Descritores: Doenças Cardiovasculares
Apneia Obstrutiva do Sono/complicações
Apneia Obstrutiva do Sono/diagnóstico
-Arritmias Cardíacas
Fibrilação Atrial
Bradicardia
Fatores Sexuais
Prevalência
Fatores de Risco
Fatores Etários
Átrios do Coração
Ventrículos do Coração
Hipertensão
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt



página 1 de 48 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde