Base de dados : LILACS
Pesquisa : A07.541.358 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 538 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 54 ir para página                         

  1 / 538 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-789775
Autor: Stefanini, Edson; Trajano Filho, Juscélio.
Título: Abordagem clínica da congestão pulmonar aguda no cardiopata / Clinical approach to acute pulmonary congestion in heart disease
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;26(1):39-45, jan.-mar.2016.
Idioma: pt.
Resumo: A congestão pulmonar aguda no paciente com doença cardíaca é uma manifestação clínica de extrema gravidade, ocorrendo em aproximadamente 25% dos casosde insuficiência cardíaca aguda. O diagnóstico é essencialmente clínico, baseado na anamnese e exame físico. Os exames complementares não devem retardar o início do tratamento na sala de emergência. Descontrole pressórico, progressão da doença valvar, infarto do miocárdio e arritmias são fatores desencadeantes frequentes paraedema agudo de pulmão. O tratamento inicial fundamenta-se na suplementação de oxigênio e suporte ventilatório, administração de opioides, diuréticos e vasodilatadores endovenosos. Inotrópicos estão indicados na presença de instabilidade hemodinâmicacom disfunção orgânica...

Acute pulmonary congestion in patients with cardiac disease is a clinical manifestation of extreme severity, occurring in approximately 25% of cases of acute heart failure. Diagnosis is essentially clinical, based on history and physical examination. Complementarytests should not delay the start of treatment in the emergency room. Uncontrolled blood pressure, progression of valvular disease, myocardial infarction, and arrhythmias are common triggers for acute pulmonary edema. Initial treatment is based on supplemental oxygen and ventilatory support, administration of opioids, intravenous diuretics, andvasodilators. Inotropic agents are indicated in the presence of hemodynamic instability with organ dysfunction...
Descritores: Edema Pulmonar/complicações
Edema Pulmonar/terapia
Insuficiência Cardíaca/diagnóstico
Insuficiência Cardíaca/terapia
Átrios do Coração
-Cardiotônicos
Dispneia/complicações
Diuréticos/administração & dosagem
Ecocardiografia Doppler/métodos
Eletrocardiografia/métodos
Fatores de Risco
Morfina/administração & dosagem
Ultrafiltração/métodos
Vasodilatadores/administração & dosagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-789228
Autor: Cintra, Fátima Dumas.
Título: Papel do sistema nervoso autônomonas arritmias cardíacas / Role of the autonomic nervous system in cardiac arrhythmias
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;25(4):182-186, out.-dez.2015. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: As arritmias cardíacas apresentam comportamento eletrofisiológico, manifestação clínica, prognóstico e resposta terapêutica diferentes na população. Sendo assim, a compreensão dos mecanismos envolvidos na gênese da anormalidade do ritmo cardíaco é fundamental para nortear a terapêutica. O sistema nervoso autônomo participa ativamente da eletrofisiologia da célula cardíaca e dos mecanismos relacionados ao desencadeamento das arritmias cardíacas. Dentre as arritmias supraventriculares, a fibrilação atrial merece destaque. Estudos avaliando a variabilidade da frequência cardíaca demonstram importante modificação autonômica antecedendo um quadro defibrilação atrial. Tanto a ativação simpática quanto a estimulação parassimpática podem participar da manutenção dessa arritmia. Além disso, métodos que reduzem a inervação autonômica também reduzem a incidência de arritmias atriais, sugerindo que a neuromodulação possa ser uma ferramenta promissora no controle dessa arritmia. As arritmias ventriculares também se relacionam ao comportamento autonômico. O infarto agudo do miocárdio ocasiona denervação das fibras simpáticas na cicatriz e as áreas de intensa fibrose perdem a capacidade de responderem a estimulação simpática; entretanto asregiões próximas a cicatriz apresentam um encurtamento do período refratário para a estimulação simpática de forma heterogênica predispondo a ocorrência da ectopias ventriculares. Dessa forma, a investigação do sistema nervoso autônomo no desencadeamento e manutenção das arritmias cardíacas é uma linha de pesquisa promissora e a maior compreensão dos mecanismos autonômicos irá propiciar novas ferramentas de controle das anormalidades do ritmo cardíaco...

Cardiac arrhythmias present varying electrophysiological behavior, clinical manifestation, prognosis, and therapeutic response in the population. An understanding of the mechanisms involved in the genesis of heart rhythm disorders is there fore essential for guiding the therapy. The autonomic nervous system plays an active role in the electrophysiology of the cardiac cells and the mechanisms that trigger cardiac arrhythmias. Atrial fibrillation, one of the supraventricular arrhythmias, deserves special attention. Studies to evaluate heart rate variability have demonstrated important modifications preceding an episode of atrial fibrillation. Both sympathetic activation and parasympathetic stimulation can play a role in the persistence of this arrhythmia. More over, methods that reduce autonomic innervation also reduce the incidence of atrial arrhythmias, suggesting that neuromodulation can be a promising tool in the control of this arrhythmia. Ventricular arrhythmias are also related to autonomic behavior. Acute myocardial infarction leads to denervation of the sympathetic fibers in the scar tissue, and the areas of intense fibrosis lose their capacity to respond to sympathetic stimulation, while the regions close to thescar tissue present heterogeneous refractory period shortening for sympathetic stimulation, predisposing to the occurrence of ventricular ectopic beats. Thus, the investigation of the autonomic nervous system in the triggering and persistence of heart arrhythmias is a promising line of research, and a better understanding of the autonomic mechanisms involved will provide new tools for the control of heart rhythm disorders...
Descritores: Arritmias Cardíacas/complicações
Arritmias Cardíacas/terapia
Eletrofisiologia/métodos
Sistema Nervoso Autônomo/fisiologia
-Apneia Obstrutiva do Sono/complicações
Apneia Obstrutiva do Sono/diagnóstico
Bradicardia/complicações
Bradicardia/diagnóstico
Fatores de Risco
Frequência Cardíaca
Átrios do Coração/anormalidades
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  3 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-789229
Autor: Scuotto, Frederico; Cirenza, Cláudio.
Título: Taquiarritmias Atriais: Diagnóstico e Tratamento / Atrial Tachyarrhythmias: Diagnosis and Treatment
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;25(4):187-193, out.-dez.2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: As taquiarritmias atriais representam um grupo heterogêneo de arritmias dentro das taquicardias supraventriculares, que apresentam como característica comum a ausência do nó atrioventricular como parte integrante do circuito destas arritmias. Dentre elas, destacam-se as taquicardias atriais, que podem ser focais ou macrorreentrantes. O eletrocardiograma é uma ferramenta importante nesta diferenciação, assim como o estudo eletrofisiológico, valendo-se de técnicas de mapeamento eletroanatômico (MEA), cada vez mais apuradas para este diagnóstico. As taquicardias atriais focais representam especial desafio diagnóstico e terapêutico. Padrões eletrocardiográficos, avaliação dos padrões da arritmia durante monitorização eletrocardiográfica prolongada, avaliação dos padrões de resposta a fármacos e avaliação da ativação atriale da resposta a manobras durante estudo eletrofisiológico constituem a base do seu diagnóstico. Com o desenvolvimento de novas técnicas e taxas de sucesso crescente, a ablação por radiofrequência tem se tornado, nos últimos anos, o tratamento de escolha para pacientes com taquicardia atrial focal sintomática, especialmente nos casos de taquicardia atrial incessante, pelo risco potencial de desenvolvimento de taquicardiomiopatia. Este artigo tem por objetivo realizar revisão da literatura quanto aos aspectos mais atuais no diagnóstico e tratamento das principais taquiarritmias atriais...

Atrial tachyarrhythmias are a heterogeneous group within the supraventricular tachycardia group that share in common the absence of the atrioventricular node as an integral componente of the arrhythmia circuit. Among them, special attention is given to atrial tachycardias (AT), which may present as focal or macroreentrant. The electrocardiogram (EKG) is an important tool in this differentiation, as is the electrophysiological study using techniques of electroanatomical mapping (EAM), both of which are becoming increasingly accurate in this diagnosis. The diagnosis and treatment of focal atrial tachycardias are challenging. The diagnosis is based on electrocardiographic patterns, evaluation of the patterns of arrhythmia during prolonged electrocardiographic monitoring, evaluation of the patterns of response to drugs, and evaluation of the atrial activation and the response to maneuvers during electrophysiological testing. With the development of new techniques, and the increasing success rates, radiofrequency ablation (RFA) has become the gold standard therapy in recent years for patients with symptomatic focal atrial tachycardia, particularly in cases of incessant atrial tachycardia, due to the potential risk for the development of tachycardia-induced cardiomyopathy.The objective of this article is to present a review of the literature, emphasizing the current aspects of diagnosis and therapy for atrial tachyarrhythmias...
Descritores: Taquicardia Atrial Ectópica/diagnóstico
Taquicardia Atrial Ectópica/terapia
Taquicardia Ventricular/diagnóstico
Taquicardia Ventricular/terapia
Átrios do Coração
-Ablação por Cateter/métodos
Arritmias Cardíacas/diagnóstico
Arritmias Cardíacas/terapia
Diagnóstico Diferencial
Eletrocardiografia Ambulatorial/métodos
Eletrocardiografia/métodos
Eletrofisiologia/métodos
Frequência Cardíaca
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  4 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1291093
Autor: Silva, Marcio Augusto; Pazolini, Marcelo; Cazelli, José Guilherme; Peixoto, Daniel Escobar Bueno; Rua, Rafael Soares; Farinazzo, Rodolpho Jacques de Melo.
Título: Pseudotrombo em Apêndice Atrial Esquerdo / Left Atrial Appendage Pseudo-Thrombus
Fonte: ABC., imagem cardiovasc;34(2), 2021. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Apêndice Atrial/diagnóstico por imagem
Átrios do Coração/anatomia & histologia
-Ecocardiografia/métodos
Comorbidade
Angiografia por Tomografia Computadorizada/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  5 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1009492
Autor: Drager, Luciano Ferreira; Poyares, Dalva.
Título: Apneia obstrutiva do sono e doença cardiovascular / Obstructive sleep apnea and cardiovascular diseases
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;29(2):155-159, abr.-jun. 2019. ilus, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: A apneia obstrutiva do sono (AOS) é uma condição prevalente, que tem sido associada com diversas consequências cardiovasculares, sendo a hipertensão arterial a mais bem descrita. Entretanto, doença arterial coronariana, arritmias cardíacas, acidente vascular cerebral e risco aumentado de mortalidade cardiovascular têm sido descritos na literatura em populações clínicas e na população geral, com diferentes níveis de evidência. Ressaltamos também a maior prevalência de AOS em pacientes com doenças cardiovasculares estabelecidas, possivelmente explicada pela coexistência de fatores de risco comuns tais como a idade, o sexo masculino e o sobrepeso/obesidade. Neste artigo discutiremos brevemente a associação de AOS e cada uma dessas condições clínicas, bem como o que há de evidência até o momento para o efeito do tratamento da AOS com a pressão positiva contínua de vias aéreas (CPAP) na prevenção dos desfechos cardiovasculares e mortalidade

Obstructive sleep apnea (OSA) is a prevalent condition that has been associated with several cardiovascular sequelae, among which hypertension is the best documented condition. However, coronary artery disease, cardiac arrhythmias, stroke and increased risk for cardiovascular mortality have been described in the literature in both the general population and in clinical settings, with different levels of evidence. We also emphasize the higher prevalence of OSA in patients with established cardiovascular disease, possibly due to the coexistence of common risk factors such as age, male sex and overweight/obesity. In this article we will briefly discuss the association of OSA and each of these clinical conditions, as well as the current evidence for the effect of OSA treatment with continuous positive airway sure (CPAP) on the prevention of cardiovascular outcomes and mortality
Descritores: Doenças Cardiovasculares
Apneia Obstrutiva do Sono/complicações
Apneia Obstrutiva do Sono/diagnóstico
-Arritmias Cardíacas
Fibrilação Atrial
Bradicardia
Fatores Sexuais
Prevalência
Fatores de Risco
Fatores Etários
Átrios do Coração
Ventrículos do Coração
Hipertensão
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  6 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-906770
Autor: de Paola, Angelo Amato Vincenzo; Silveira, Bruno Toscani Gomes; Libre, Thiago.
Título: Intervenções percutâneas para o tratamento das arritmias cardíacas: abordagem translacional / Percutaneous interventions for the treatment of cardiac arrhythmias: translacional approach
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;28(1):71-80, jan.-mar. 2018. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Nos últimos 50 anos, elegantes modelos clínicos e experimentais impulsionaram a investigação translacional do substrato celular e tissular das arritmias cardíacas, favorecendo o desenvolvimento de intervenções não farmacológicas, com grandes conquistas terapêuticas quando comparadas ao tratamento convencional com drogas antiarrítmicas. Além do progressivo conhecimento da complexidade anatômica e eletrofisiológica, os métodos de mapeamento sofisticados, os cateteres especiais e os estudos clínicos controlados favoreceram o progresso da ablação das taquiarritmias, principalmente das taquicardias ventriculares e da fibrilação atrial

In the last fifty years, elegant clinical and experimental models have prompted new translational concepts on cellular and tissue substrate of cardiac arrhythmias, favoring the development of non-pharmacological interventions, with important therapeutic achievements when compared to conventional treatment with antiarrhythmic drugs. Besides the gradually increasing knowledge of the anatomical and electrophysiological complexity, sophisticated mapping methods, special catheters, and controlled clinical trials have favored the progression of ablation of tachyarrythmias, particularly of ventricular tachyarrythmias
Descritores: Arritmias Cardíacas/diagnóstico
Arritmias Cardíacas/terapia
Pesquisa Médica Translacional
Intervenção Coronária Percutânea/métodos
-Veias Pulmonares
Fibrilação Atrial/diagnóstico
Taquicardia Ventricular
Ablação por Cateter/métodos
Eletrocardiografia/métodos
Eletrofisiologia/métodos
Cateteres
Átrios do Coração
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  7 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1023253
Autor: Isper, Karen Favaretto Sposito; Arakaki, Rodrigo Norio; Rosseto, Fabio; Ebaid, Henrique Issa Artoni.
Título: Relato de endomiocardiofibrose de ventrículo direito em paciente nonagenária / Case history of right ventricular endomyocardial fibrosis in a nonagenarian patient
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;29(3 Supl):324-37, jul.-set. 2019. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: A endomiocardiofibrose é uma cardiopatia restritiva, pouco comum, com descrição recente. Foi descrita pela primeira vez em 1938, por Williams e estudada do ponto de vista anatomopatológico pelo patologista Davies, na África do Sul, recebendo o epônimo Doença de Davies em 1948. Considerando a história natural dessa doença, há maior incidência de diagnósticos nas terceiras e quartas décadas da vida, com média de 32 anos. Queremos chamar a atenção da comunidade científica, relatando o caso de uma senhora com diagnóstico inicial de endomiocardiofibrose aos 90 anos e indagar sobre a incidência e o subdiagnóstico dessa doença, bem como sua evolução

Endomyocardial fibrosis is a rare, recently-described, restrictive cardiopathy. It was first described in 1938 by Williams and studied from an anatomopathological perspective by pathologist Davies in South Africa, receiving the eponym Davies Disease in 1948. In terms of the natural history of this disease, there is a higher incidence of diagnoses in the third and fourth decades of life, at a mean age of 32 years. We want to raise the awareness of the scientific community by reporting the case of a woman who was first diagnosed with endomyocardial fibrosis at 90 years of age and pose questions about the incidence and subdiagnosis of this disease, as well as about its evolution
Descritores: Idoso de 80 Anos ou mais
Fibrose Endomiocárdica/história
Insuficiência Cardíaca
-Ecocardiografia/métodos
Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos
Fatores Sexuais
Extremidade Inferior
Endocárdio
Átrios do Coração
Cardiopatias
Ventrículos do Coração
Limites: Humanos
Feminino
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-836944
Autor: Ribeiro, Marcelo S; Costa, Rodrigo N; Pedra, Simone Rolim F F; Kreuzig, Daniela L; Fontes, Valmir F; Pedra, Carlos A C.
Título: Estado atual do tratamento dos defeitos do septo atrial / Current status of the treatment of atrial septal defects
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;27(1):39-48, jan.-mar. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A comunicação interatrial tipo ostium secundum (CIA OS) é uma cardiopatia congênita relativamente frequente, que causa repercussão hemodinâmica para o ventrículo direito, com sobrecarga volumétrica e dilatação da câmara. A maioria dos pacientes é assintomática, porém sintomas podem aparecer depois da segunda década de vida. O tratamento eletivo é usualmente realizado próximo ao quinto ano de vida, podendo ser indicado mais precocemente quando houver sintomatologia exuberante. O fechamento transcateter usando uma prótese de duplo disco é bem estabelecido como a primeira escolha de tratamento para a maioria dos pacientes de anatomia favorável. Foi comprovado que o forame oval patente (FOP) está associado à acidente vascular cerebral isquêmico (AVCI) em pacientes com poucos ou nenhum fator de risco de doença cardiovascular. Recentemente, foi demonstrado que a oclusão transcateter do FOP é superior ao tratamento clínico para prevenir recorrências de AVCI nessa população, em um estudo randomizado com acompanhamento clínico de longo prazo. Este manuscrito revisa as atuais indicações, critérios de seleção do paciente e o seguimento clínico dos pacientes com CIA OS e FOP submetidos ao tratamento transcateter

Ostium secundum atrial septal defect (OS-ASD) is a relatively frequent congenital heart defect that causes hemodynamic burden on the right ventricle with volume overload and chamber dilatation. Most patients are asymptomatic, however symptoms can appear after the second decade of life. Elective treatment is usually performed around the fifth year of life, and may be occasionally indicated earlier if there are exuberant symptoms. Transcatheter closure using a double disc device is well established as the first choice of treatment for most patients with suitable anatomy. Patent foramen ovale (PFO) has been shown to be associated with ischemic stroke in patients with no or limited risk factors for cardiovascular disease. It was recently demonstrated in a randomized trial with long-term follow-up that transcatheter closure of PFO is superior to medical treatment for preventing recurrences of stroke in this patient population. This manuscript reviews the current indications, patient selection criteria, and long-term follow-up in patients with OS-ASD and PFO submitted to transcatheter closure
Descritores: Forame Oval Patente/terapia
Átrios do Coração/cirurgia
Cardiopatias Congênitas/fisiopatologia
Comunicação Interatrial/terapia
Ventrículos do Coração
-Cirurgia Torácica
Ecocardiografia/métodos
Cateterismo Cardíaco/métodos
Heparina/administração & dosagem
Aspirina/administração & dosagem
Fatores de Risco
Resultado do Tratamento
Artéria Femoral
Cateteres Cardíacos
Coração/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  9 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-836961
Autor: Paola, Angelo Amato Vincenzo.
Título: Oclusão do apêndice atrial esquerdo por cateter: racional, técnica e indicações clínicas / Left atrial appendage occlusion: rationale, techniques and clinical indications
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;27(1):49-53, jan.-mar. 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A fibrilação atrial (FA) está associada ao acidente vascular cerebral (AVC) embólico fatal ou de grande repercussão clínica. Apesar da eficácia da anticoagulação oral, muitos pacientes não podem ser tratados por apresentarem sangramento importante. Pacientes com FA e alto risco de AVC embólico e história de hemorragia intracraniana, doença renal crônica terminal e sangramento gastrintestinal recorrente são candidatos para oclusão do apêndice atrial esquerdo (AAE). Estudos clínicos controlados adicionais serão necessários para identificar as melhores técnicas e os pacientes que terão maior benefício com a oclusão do AAE. Apesar da necessidade de mais dados, a oclusão do AAE deve ser atualmente considerada em pacientes com FA, alto risco de AVC e contraindicação para anticoagulação oral. Neste artigo existe uma revisão do racional, das indicações e das próteses para oclusão do AAE disponíveis no Brasil

Atrial fibrillation (AF) is associated with disabling or fatal thromboembolic stroke. Despite the efficacy of oral anticoagulation, many patients are not treated due to significant bleeding. Patients with AF and high risk of stroke, and prior intracranial bleeding, end-stage renal disease and recurrent gastrointestinal bleeding are candidates for left atrial appendage (LAA) occlusion. Additional randomized trials are needed to identify the best methods and the patients who will benefit from LAA occlusion. Despite the need for more data, LAA occlusion should currently be considered in patients with AF, high risk of stroke and contraindications to long-term oral anticoagulation. In this article, we review the rationale, indications, and prostheses for LAA occlusion available in Brazi
Descritores: Fibrilação Atrial/complicações
Fibrilação Atrial/diagnóstico
Apêndice Atrial/fisiopatologia
Cateteres
Estudos Clínicos como Assunto/métodos
-Próteses e Implantes/tendências
Brasil
Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos
Fatores de Risco
Ecocardiografia Transesofagiana/métodos
Acidente Vascular Cerebral
Protocolos/métodos
Átrios do Coração
Hemorragia/complicações
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  10 / 538 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-836988
Autor: Fischer, Claudio Henrique; Vieira, Marcelo Luiz Campos.
Título: A importância da ecocardiografia intervencionista nas cardiopatias estruturais / The importance of interventional echocardiography in structural cardiopathies
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;27(1):54-62, jan.-mar. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A Cardiologia vem enfrentando uma série de mudanças na abordagem das cardiopatias estruturais na última década. Com o avanço do tratamento por meio da Cardiologia Intervencionista, novos paradigmas têm sido estabelecidos, sobretudo com criação de comitês médicos para ampla discussão dos casos ­ os Times de Cardiologia ou "Heart Teams". Pacientes muito idosos, frágeis e com comorbidades que tornam a cirurgia convencional proibitiva ou de risco muito alto, passaram a ter novas opções além da otimização do tratamento clínico. A ecocardiografia, outrora focada no diagnóstico, tem cada vez mais participado e mesmo atuado de forma ativa nos procedimentos intervencionistas, o que fez surgir uma nova subespecialidade ­ a Ecocardiografia Intervencionista. Importante desde o momento do diagnóstico e do planejamento da intervenção, a ecocardiografia tem papel de destaque durante o procedimento, possibilitando a visualização dos cateteres e dispositivos de forma simultânea às imagens angiográficas, comprovação imediata do resultado e identificação de eventual complicação. Seu uso é praticamente imperativo em situações de implante de endoprótese valvar aórtica, fechamento de comunicação interatrial ou forame oval e oclusão de apêndice atrial esquerdo. Com a evolução tecnológica dos equipamentos e advento da tecnologia tridimensional, tem sido possível visualizar as estruturas cardíacas de forma antes impossível e muito semelhante à visão do cirurgião cardíaco e, com isso, guiar fechamento de "leaks" periprotéticos e reparos na valva mitral

In the last decade, cardiologists have faced a series of changes in the approach to structural cardiopathies. With the advances in treatment through Interventional Cardiology, new paradigms have been established, such as the creation of medical committees for wider discussion of cases, known as "Heart Teams". Very elderly or frail patients, or those with comorbidities that make conventional surgery prohibitive or high risk, now have new alternatives, as well as optimized clinical treatment. Echocardiography, which was previously focused on diagnosis, now plays a major, and even active role in interventional procedures. This has led to the emergence of a new subspecialty ­ Interventional Echocardiography. From the moment of diagnosis and planning of the intervention, echocardiography plays an important role during the procedure, enabling simultaneous visualization of catheters and devices, and angiographic images, immediate identification of the result, and the detection of any complications. Its use is practically mandatory in aortic valve endoprosthesis implantation, interatrial septal defect or foramen ovale closure, and left atrial appendage occlusion procedures. With the technological evolution of the equipment and the advent of three-dimensional technology, it has become possible to visualize the heart structures in a way that was previously impossible, giving a view that is very similar to that of the heart surgeon, guiding periprosthetic leaks and mitral valve repairs
Descritores: Diagnóstico por Imagem/métodos
Ecocardiografia/métodos
Ecocardiografia Tridimensional/métodos
Cardiopatias Congênitas/epidemiologia
-Valva Aórtica/cirurgia
Próteses e Implantes
Bioprótese
Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos
Tomografia Computadorizada por Raios X/métodos
Stents
Morbidade
Cateteres
Átrios do Coração
Valva Mitral/cirurgia
Insuficiência da Valva Mitral/cirurgia
Insuficiência da Valva Mitral/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt



página 1 de 54 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde