Base de dados : LILACS
Pesquisa : A09.371.784 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 81 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 9 ir para página                      

  1 / 81 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-744026
Autor: Ambou Frutos, Isabel; Valdés Petitón, Ángeles; de Prada Sánchez, Carmen; Pérez Sotolongo, Lisette; Carvajal Reyes, Sandra.
Título: Escleritis posterior: a propósito de un caso / Posterior scleritis: a propos of a case
Fonte: Rev. cuba. oftalmol;27(3):497-502, jul.-set. 2014. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Las enfermedades inflamatorias de la esclera son infrecuentes. Involucran tanto la esclera como la epiesclera y se caracterizan por su cronicidad, dolor y por ser una causa potencial de ceguera. Su asociación con enfermedades sistémicas, frecuentemente de causa autoinmune, y la aparición de graves complicaciones oculares, conllevan una terapia sistémica agresiva con antinflamatorios no esteroideos, corticoesteroides y agentes inmunosupresores, los cuales se pueden utilizar solos o combinados. Presentamos el caso de un paciente masculino de 37 años de edad quien acudió al Cuerpo de Guardia por dolor ocular intenso, asociado a ojo rojo, disminución de la agudeza visual y cifras elevadas de tensión ocular del ojo derecho, a quien le fue diagnosticada una escleritis posterior.

The inflammatory diseases of the sclera are uncommon. They involve both the sclera and the episclera and are characterized by chronic nature, pain and potential cause of blindness. Their association with systemic diseases, frequently autoimmune ones, and the occurrence of serious ocular complications lead to applying aggressive systemic therapy with non-steroid antinflammatory drugs, corticosteroids and immunosuppressive agents, which can be administered alone or combined. This is a 37 years-old patient who went to the emergency service because he suffered intense ocular pain associated to red eyes, reduction of visual acuity and high ocular pressure values in his right eye. He was finally diagnosed with posterior scleritis.
Descritores: Esclera/anormalidades
Doenças da Esclera/diagnóstico
Esclerite/diagnóstico
Limites: Seres Humanos
Masculino
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  2 / 81 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Coutinho, Ligia M. Barbosa
Texto completo
Id: biblio-848263
Autor: Degrazia, Carlos Oswaldo; Coutinho, Ligia M. Barbosa; Degrazia, José Eduardo Candal; Degrazia, Daniel Figueiró; Lubisco Filho, Humberto.
Título: Tumor indiferenciado da lâmina fusca / Undifferentiated tumor of the lamina fusca
Fonte: Rev. AMRIGS;52(4):261-272, out.-dez. 2008. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Na reunião da Associação Pan-americana de Patologia Oftálmica, realizada em Los Angeles CA, 10 de Outubro de 1991, no DOHENY EYE INSTITUTE, C.O. Degrazia propôs o nome de LOFONEUROGONIOMA para um tumor solitário intra-ocular, indiferenciado, originado nas células da lâmina fusca, com células indiferenciadas de expressiva diferenciação para a linhagem schwannocítica, melanocítica e neuroendócrina. Em face do trimorfismo, o patologista pode ser conduzido para os diagnósticos de melanoma, schwannoma maligno ou outro tipo de tumor. O exaustivo estudo do tumor apresentado, através da microscopia eletrônica, da histoquímica e da imunohistoquímica permitiu a formulação da seguinte hipótese: uma célula indiferenciada em repouso, a lofoneurogô- nia, segue as linhagens melanocítica, schwannocítica e neuroendócrina. A diversidade de células dentro de um tumor, o continuus intratumor, responsável pela estrutura em mosaico de muitas neoplasias, além da multiclonalidade resultante de mitoses atípicas, pode ser explicada por essa hipótese. É dessa maneira que se torna compreensível a classificação de Callender para os melanomas intra-oculares nos tipos celulares fusiforme A, fusiforme B, epitelióide, fasciculado e misto, num verdadeiro continuus intertumores. Para justificar a designação proposta, e para enquadrar o caso num grupo taxonômico, foram usadas duas bases classificatórias: 1o ­ histogênica, isto é, correlacionar as células do tumor com as células normalmente existentes nas membranas oculares, no caso, a lâmina fusca; 2o ­ embriogênica isto é, delimitar um grupo de tumores cuja base, no desenvolvimento do embrião, é a crista neural (AU)

In the meeting of the Panamerican Association of Ophtalmic Pathology, held in the Doheny Eye Institute in Los Angeles, CA on Oct 10 1991, C.O. Degrazia proposed the name LOPHONEUROGONIOMA for an undifferentiated intraocular solitary tumor, originating from the cells of the lamina fusca, with undifferentiated cells of expressive differentiation for the schwannian, melanocitic and neuroendocrine lines. Because of the trimorphism, the pathologist may be led to the diagnosis of melanoma, malignant schwannoma or other type of tumor. The exhaustive investigation of the presented tumor through electronmicroscopy, histochemistry, and immunohistochemistry allowed the formulation of the following hypothesis: an undifferentiated cell at rest, the lophoneurogonia, follows the melanocitic, schwannian, and neuroendocrine lines. The diversity of cells inside a tumor responsible for the mosaic structure of many neoplasias, besides the multiclonality resulting from atypical mitoses, can be explained by this hypothesis. This also elucidates Callender's classification of intraocular melanomas in cell types fusiform A, fusiform B, epithelioid, fasciculated and mixed, in a true intertumor continuum. In order to justify the proposed designation, and to fit the case into a taxonomic group, two classificatory bases were used: first, a histogenic one, correlating tumor cells with normally existing cells; and second, embriogenic which bases is the neural crest (AU)
Descritores: Neoplasias Oculares/classificação
Crista Neural/anormalidades
Esclera/patologia
-Biomarcadores Tumorais/análise
Imuno-Histoquímica/estatística & dados numéricos
Doenças da Esclera/patologia
Esclera/anatomia & histologia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  3 / 81 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-771909
Autor: Lantigua-Dorville, Yrbani; Saornil, Maria Antonia; García-Alvarez, Ciro; García-Lagarto, Elena.
Título: Choroidal melanoma recurrence after episcleral brachytherapy and transpupillary thermotherapy / Recorrência melanoma de coroide após a braquiterapia episcleral e termoterapia transpupilar
Fonte: Arq. bras. oftalmol;79(1):48-49, Jan.-Feb. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT A 68-year-old man diagnosed with choroidal melanoma (CM) in the right eye underwent treatment with episcleral brachytherapy (I125) and transpupillary thermotherapy. Ultrasound, computed tomography, and magnetic resonance imaging were performed and revealed ocular recurrence of CM. Treatment with extended enucleation was performed. Macroscopic and microscopic examinations revealed extraocular extension and malignant cells, respectively. Immunohistochemistry demonstrated tumoral Melan-A and HMB-45 expression. No cytogenic abnormalities were detected with fluorescence in situhybridization of tumor cells using probes against chromosomes 3q27 and 8q24. The patient underwent adjuvant external beam radiotherapy for treatment of residual tumor tissue. This case represents the first reported case of recurrent CM with no cytogenetic abnormalities and the absence of metastatic disease, despite a number of the poorest prognostic factors.

RESUMO Um homem de 68 anos de idade com diagnóstico de melanoma de coroide no olho direito foi submetido a tratamento com braquiterapia episcleral (I125) e termoterapia transpupilar. Ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética foram realizadas para avaliar a presença de recorrência ocular ou doença sistêmica. Enucleação ampliada foi realizada para tratar a recorrência ocular. O exame macroscópico e microscópico revelou o tipo de célula tumoral e a extensão extraocular. Colorações por Melan-A e HMB-45 foram realizadas. A fluorescência por hibridização in situ com sondas para os cromossomos 3q27 e 8q24 não mostraram anormalidades citogenéticas. O paciente foi submetido a radioterapia externa adjuvante para o tratamento de tumor residual orbitário. Este caso representa a o primeiro relato de paciente sem anomalias citogenéticas e sem doença metastática, apesar de demonstrar alguns dos mais pobres fatores prognósticos.
Descritores: Neoplasias da Coroide/patologia
Neoplasias da Coroide/terapia
Melanoma/patologia
Melanoma/terapia
Recidiva Local de Neoplasia/patologia
Recidiva Local de Neoplasia/terapia
-Braquiterapia/métodos
Hipertermia Induzida/métodos
Imagem por Ressonância Magnética
Esclera/patologia
Tomografia Computadorizada por Raios X
Limites: Idoso
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 81 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-771905
Autor: Gunenc, Uzeyır; Ozturk, Taylan; Arikan, Gul; Kaya, Mahmut.
Título: Combined transscleral fixation of an artificial iris prosthesis with an intraocular lens / Combinação de fixação transescleral de prótese de íris artificial com lente intraocular
Fonte: Arq. bras. oftalmol;79(1):53-55, Jan.-Feb. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Post-traumatic aniridia combined with aphakia may be seen after globe injury. Aside from esthetic aspects, partial or total loss of the iris tissue may also be related to various degrees of glare and photophobia. Such patients suffer from severe visual impairment secondary to aphakia. Herein we describe a novel surgical technique for the management of an aphakic eye with traumatic aniridia for a patient who underwent transscleral fixation of a custom-tailored artificial iris prosthesis combined with a rigid intraocular lens (IOL). Tight suturing of the IOL haptic eyelets on the silicone iris prosthesis and fixation of such a complex to the scleral wall may provide excellent cosmetic and functional outcomes in aphakic eyes with aniridia.

RESUMO Aniridia pós-traumática combinada com afacia pode ser observada após lesões do globo ocular. Além do ponto de vista estético, a perda parcial ou total do tecido da íris também pode estar relacionada com vários graus de ofuscamento e fotofobia. Estes pacientes sofrem de deficiência visual grave secundária a afacia. Relata-se uma técnica cirúrgica inovadora para tratamento de um olho com afacia associada à aniridia traumática que foi submetido à fixação transescleral de uma prótese de íris artificial feita sob medida combinada com uma lente intraocular rígida (IOL). A sutura das alças da IOL sobre a prótese iriana de silicone, e a fixação desse complexo na parede escleral podem proporcionar excelente resultado estético e funcional em olhos afácicos com aniridia.
Descritores: Aniridia/cirurgia
Afacia/cirurgia
Iris/cirurgia
Lentes Intraoculares
Próteses e Implantes
Esclera/cirurgia
-Aniridia/etiologia
Afacia/etiologia
Traumatismos Oculares/cirurgia
Implante de Lente Intraocular/métodos
Desenho de Prótese
Resultado do Tratamento
Acuidade Visual
Limites: Feminino
Seres Humanos
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 81 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-761517
Autor: Gul, Adem; Duran, Mustafa; Can, Ertugrul; Yucel, Ozlem Eski; Sullu, Yuksel.
Título: Surgical management of intraocular lens dislocations / Tratamento cirúrgico dos deslocamentos de lentes intraoculares
Fonte: Arq. bras. oftalmol;78(5):313-317, Sep.-Oct. 2015. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACTPurpose:To report and compare the surgical, visual, and anatomical outcomes following treatment of dislocated intraocular lenses (IOLs).Methods:The medical records of 28 eyes of 28 patients were evaluated. Age, gender, pre-and postoperative best-corrected visual acuity (BCVA), surgical methods, and complications were recorded.Results:Pre-and postoperative BCVA ranged from counting fingers to 20/32 and from counting fingers to 20/25, respectively. Late-onset dislocations were the most frequently observed complication. The most frequent surgical method was IOL repositioning in 15 of 28 patients, followed by IOL exchange in 11 patients, and IOL removal in 2 patients. Only 1 patient required surgical re-intervention with IOL capture.Conclusions:Visual acuity improved following the use of either IOL repositioning or IOL exchange. No superiority of one method over the other was observed. In the present retrospective case series, management of dislocated IOLs with repositioning or exchange of the primary implant conferred comparable surgical and visual outcomes.

RESUMOObjetivo:Relatar e comparar as abordagens cirúrgicas e os resultados visuais e anatômicos no tratamento de lentes intraoculares (IOL) deslocadas.Métodos:Foram avaliados os registros médicos de 28 olhos de 28 pacientes. Idade, sexo, melhor acuidade visual corrigida pré e pós-operatória, abordagens cirúrgicas e complicações foram registrados.Resultados:Melhor acuidade visual corrigida pré e pós-operatória variou de conta dedos a 20/32 e de conta dedos a 20/25, respectivamente. Os deslocamentos tardios foram os mais frequentemente encontrados. A cirurgia mais frequente foi o reposicionamento da IOL em 15 dos 28 pacientes, em seguida, o troca da IOL em 11 pacientes, e a remoção da IOL em dois pacientes. Apenas um caso de necessitou de reintervenção devido à captura da IOL.Conclusões:A acuidade visual melhorou em ambas as abordagens, reposicionamento e troca de IOL. Não houve superioridade de um método sobre o outro. Na presente série de casos retrospectiva, o tratamento do deslocamento de IOL com reposição ou troca do implante primário gerou resultados cirúrgicos e visuais comparáveis.
Descritores: Migração do Implante de Lente Intraocular/cirurgia
Implante de Lente Intraocular/métodos
Lentes Intraoculares/efeitos adversos
-Migração do Implante de Lente Intraocular/fisiopatologia
Implante de Lente Intraocular/efeitos adversos
Registros Médicos
Complicações Pós-Operatórias/etiologia
Estudos Retrospectivos
Esclera/cirurgia
Fatores de Tempo
Resultado do Tratamento
Acuidade Visual
Vitrectomia/métodos
Corpo Vítreo/cirurgia
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Criança
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 81 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-723844
Autor: Garcia-Medina, Jose Javier; del-Rio-Vellosillo, Mónica; Zanon-Moreno, Vicente; Ortiz-Gomariz, Amanda; Morcillo-Guardiola, Manuela; Pinazo-Duran, Maria Dolores.
Título: Severe scleral dellen as an early complication of pterygium excision with simple conjunctival closure and review of the literature / "Dellen" escleral grave como complicação precoce de excisão de pterígio com fechamento conjuntival simples e revisão da literatura
Fonte: Arq. bras. oftalmol;77(3):182-184, May-Jun/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: We describe a patient with acute scleral dellen (SD) after pterygium excision with simple conjunctival closure. In addition, we present a PUBMED review on the medical literature on early SD after pterygium surgery. This case describes a 45-year-old man who presented with severe SD, 7 days after pterygium surgery with minimal cauterization of episcleral vessels and simple conjunctival closure. No other adjunctive therapy was used intraoperatively. The patient refused conjunctival flap coverage of the lesion. Therefore, medical treatment consisted of antibiotic ointment, patching, and daily follow-up. After 7 days, the patching was changed for intensive ocular lubrication. Five weeks later, the surrounding conjunctiva had completely covered the affected sclera. To the best of our knowledge, this is the first report of early SD following pterygium excision and simple conjunctival closure with no other adjunctive therapy. When performing pterygium excision with conjunctival coverage of the sclera, a close follow-up is recommended to rule out wound dehiscence and SD, even when surgical wound closure is considered to prevent SD. If this complication is detected, the treatment can be conservative.

Descrevemos um paciente com "dellen" escleral agudo (SD) após excisão de pterígio com fechamento conjuntival simples. Uma revisão adicional da literatura médica sobre SD precoce após a cirurgia de pterígio também é realizada. Este caso descreve um homem de 45 anos de idade, que apresentou SD grave, sete dias após a cirurgia de pterígio com cauterização mínima de vasos episclerais e fechamento conjuntival simples. Nenhuma outra terapia adjuvante foi utilizada no intraoperatório. O paciente recusou-se à cobertura de retalho conjuntival da lesão. Portanto, o tratamento médico consistiu em pomada antibiótica, oclusão e acompanhamento diário. Após sete dias, a oclusão foi mudada para a lubrificação ocular intensiva. Cinco semanas após, a conjuntiva cobriu completamente a esclera afetada. Ao melhor de nosso conhecimento, este é o primeiro relato de SD precoce após a excisão do pterígio e fechamento conjuntival simples com nenhuma outra terapia adjuvante. Ao realizar a excisão do pterígio com cobertura conjuntival da esclera, um acompanhamento frequente é recomendado para descartar a deiscência da ferida e SD. Se esta complicação for detectada, o tratamento pode ser conservador.
Descritores: Túnica Conjuntiva/cirurgia
Complicações Pós-Operatórias/etiologia
Pterígio/cirurgia
Doenças da Esclera/etiologia
-Esclera/patologia
Esclera/cirurgia
Doenças da Esclera/patologia
Fatores de Tempo
Resultado do Tratamento
Limites: Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 81 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-723830
Autor: Torres, Rogil José de Almeida; Luchini, Andrea; Barberini, Lucas Younes; Precoma, Leonardo; Torres, Caroline Luzia de Almeida; Torres, Robson Antonio de Almeida; Noronha, Lucia de; Erbano, Bruna Olandoski; Casella, Antonio Marcelo Barbante; Precoma, Dalton Bertolim.
Título: Expression of TNF-α and IL-6 cytokines in the choroid and sclera of hypercholesterolemic rabbits / Expressão das citocinas TNF-α and IL-6 na coroide e esclera de coelhos hipercolesterolêmicos
Fonte: Arq. bras. oftalmol;77(3):168-172, May-Jun/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Purpose: This study aimed to evaluate the expression of the inflammatory cytokines TNF-α and IL-6 in the sclera and choroid of hypercholesterolemic rabbits. Method: Twenty-one New Zealand male albino rabbits were divided into two groups: NG and HG. The NG group was fed a standard rabbit diet and the HG group was fed a cholesterol-enriched diet (1%). The serum total cholesterol, triglyceride, HDL cholesterol, and fasting blood glucose levels were determined at the beginning of the experiment and on the day of euthanasia. Euthanasia of animals in the NG and HG groups was performed at the end of the 4th and 8th week, respectively. The eyes were analyzed immunohistochemically using TNF-α and IL-6 antibodies. Results: At the time of euthanasia, the HG group showed a significant increase in total cholesterol and triglyceride when compared with the NG group (p<0.001). When compared with the NG group, there was a significant increase in the expression of TNF-α (p<0.001) and IL-6 (p=0.002) in the choroid and sclera of animals in the HG group. Conclusion: This study demonstrates that the hypercholesterolemic diet induces expression of TNF-α and IL-6 in the choroid and sclera of rabbits. .

Objetivo: Avaliar a expressão das citocinas inflamatórias TNF-α e IL-6 na esclera e coroide de coelhos hipercolesterolêmicos. Método: Coelhos New Zealand foram organizados em dois grupos: GN recebeu ração padrão para coelhos; GH recebeu dieta rica em colesterol a 1%. Foi realizada a dosagem sérica de colesterol total, triglicerídeos, HDL colesterol, glicemia de jejum no início do experimento e no momento da eutanásia. Ao final da 4ª semana para o GN e 8ª semana para o GH foi realizada a eutanásia dos animais. Os olhos foram submetidos à análise imuno-histoquímica com os anticorpos TNF-α e IL-6. Resultados: O GH manifestou significativo aumento do colesterol total e triglicerídeos em relação ao GN (p<0,001). Houve significativo aumento da expressão da TNF-α (p<0,001) e da IL-6 (p=0,002) na coroide e esclera dos animais do GH em relação ao GN. Conclusão: Este estudo demonstra que a dieta hipercolesterolêmica induz ao aumento da expressão das citocinas TNF-α e IL-6 na coroide e esclera de coelhos. .
Descritores: Corioide/metabolismo
Hipercolesterolemia/metabolismo
/metabolismo
INTERLEUKIN-ABDOMEN, ACUTE/metabolismo
Esclera/metabolismo
Fator de Necrose Tumoral alfa/metabolismo
-Colesterol na Dieta
Corioide/patologia
Modelos Animais de Doenças
Imuno-Histoquímica
/análise
INTERLEUKIN-ABDOMEN, ACUTE/análise
Degeneração Macular/metabolismo
Valores de Referência
Esclera/patologia
Fatores de Tempo
Fator de Necrose Tumoral alfa/análise
Fator A de Crescimento do Endotélio Vascular/análise
Fator A de Crescimento do Endotélio Vascular/metabolismo
Limites: Animais
Masculino
Coelhos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 81 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-701377
Autor: Torres, Rogil Jose de Almeida; Luchini, Andrea; Torres, Regiane do Rocio de Almeida; Oliveira, Luciano Rodrigo Silva de; Torres, Caroline Luzia de Almeida; Torres, Robson Antonio de Almeida; Olandoski, Marcia; Nagashima, Seigo; Noronha, Lucia de; Precoma, Dalton Bertolim.
Título: Effect of candesartan on the expression of sclera-choroidal intercellular adhesion molecule-1 in hypercholesterolemic models
Fonte: Clinics;69(2):145-149, 2/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: To evaluate the effect of blocking the angiotensin II AT-1 receptor by the systemic administration of candesartan on the expression of intercellular adhesion molecule-1 in the sclera and choroid of hypercholesterolemic rabbits. METHODS: New Zealand rabbits were divided into 3 groups, as follows: GI, which was fed a rabbit standard diet; GII, which was fed a hypercholesterolemic diet; and GIII, which received hypercholesterolemic diet plus candesartan. Samples of the rabbits' sclera and choroid were then studied by hematoxylin-eosin staining and histomorphometric and immunohistochemical analyses for intercellular adhesion molecule-1 expression. RESULTS: Histological analysis of hematoxylin- and eosin-stained sclera and choroid revealed that macrophages were rarely present in GI, and GII had significantly increased macrophage numbers compared to GIII. Moreover, in GII, the sclera and choroid morphometry showed a significant increase in thickness in comparison to GI and GIII. GIII presented a significant increase in thickness in relation to GI. Sclera and choroid immunohistochemical analysis for intercellular adhesion molecule-1 expression revealed a significant increase in immunoreactivity in GII in relation to GI and GIII. GIII showed a significant increase in immunoreactivity in relation to GI. CONCLUSION: Candesartan reduced the expression of intercellular adhesion molecule-1 and consequently macrophage accumulation in the sclera and choroid of hypercholesterolemic rabbits. .
Descritores: Bloqueadores do Receptor Tipo 1 de Angiotensina II/farmacologia
Benzimidazóis/farmacologia
Corioide/efeitos dos fármacos
Hipercolesterolemia/fisiopatologia
Molécula 1 de Adesão Intercelular/efeitos dos fármacos
Esclera/efeitos dos fármacos
Tetrazóis/farmacologia
-Corioide/anatomia & histologia
Modelos Animais de Doenças
Imuno-Histoquímica
Macrófagos/efeitos dos fármacos
Degeneração Macular/fisiopatologia
Valores de Referência
Esclera/anatomia & histologia
Limites: Animais
Masculino
Coelhos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 81 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-686162
Autor: Degrazia, Carlos Oswaldo.
Título: Primitive tumor of lamina fusca: original findings
Fonte: Rev. AMRIGS;57(1):64-70, jan.-mar. 2013. ilus.
Idioma: en.
Resumo: In a meeting of the Pan-American Association of Ophthalmic Pathology, held in Los Angeles, CA, on October 10, 1991, at the Doheny Eye Institute, C.O. Degrazia proposed the name LOFONEUROGONIOMA for a single undifferentiated intraocular tumor originated in the cells of lamina fusca, with undifferentiated cells of expressive differentiation into Schwann cell, melanoblast and neuroendocrine cell lineages. In view of trimorphism, a pathologist may be led to a diagnosis of malignant melanoma, schwannoma or endocrine cell tumor. After this date, an article was published in Revista da AMRIGS, Porto Alegre, 52 (4): 261-272, oct-dec 2008, with collaboration of experts from the fields of Immunohistochemistry and electron microscopy. The current publication is the third one and its main purpose is to highlight the original characteristics of such a tumor.

Na reunião da Associação Pan-americana de Patologia Oftálmica, realizada em Los Angeles CA, 10 de Outubro de 1991, no DOHENY EYE INSTITUTE, C.O. Degrazia propôs o nome de LOFONEUROGONIOMA para um tumor solitário intraocular, indiferenciado, originado nas células da lâmina fusca, com células indiferenciadas de expressiva diferenciação para a linhagem schwannoblástica, melanoblástica e neuroendócrina. Em face do trimorfismo, o patologista pode ser conduzido para os diagnósticos de melanoma, schwannoma malignos, ou tumor de células endócrinas. Foi feita após essa data uma publicação na Revista da AMRIGS. Porto Alegre, 52 (4): 261-272, out.-dez 2008, na qual consta a lista dos colaboradores. A publicação atual é a terceira, tendo como finalidade principal colocar em relevo as originalidades de semelhante tumor.
Descritores: Esclera/ultraestrutura
Neoplasias Oculares/diagnóstico
-Crista Neural
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  10 / 81 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-681846
Autor: Rebouças-Santos, Vespasiano; Meira-Freitas, Daniel; Cariello, Angelino Júlio; Prata, Tiago dos Santos; Teixeira, Sergio Henrique.
Título: New adjustable suture technique for trabeculectomy / Nova técnica de sutura ajustável para trabeculectomia
Fonte: Arq. bras. oftalmol;76(3):152-154, maio-jun. 2013. ilus.
Idioma: en.
Resumo: PURPOSE: To describe an adjustable suture (AS) experimental model that allows for tightening, loosening and retightening of the suture tension in trabeculectomy. METHODS: Standard trabeculectomy was performed in fifteen pig eyeballs. All pig eyes were tested twice: one test with conventional suture in both flap's corners (conventional suture group) and another test with a conventional suture at one corner and an adjustable suture in the other corner (AS group). The order in which each test was performed was defined by randomization. Intraocular pressure was measured at three time points: T1) when the knots were tightened; T2) when the AS was loosened or the conventional knot was removed; and T3) when the AS was retightened in the AS group or five minutes after the knot removal in the conventional suture group. RESULTS: The mean Intraocular pressure was similar between the two groups at time point 1 (p=0.97). However, significant Intraocular pressure differences were found between eyes in the conventional and adjustable suture groups at time points 2 (12.6 ± 4.2 vs 16.3 ± 2.3 cmH2O, respectively, p=0.006) and 3 (12.2 ± 4.0 vs 26.4 ± 1.7cmH2O, respectively; p=0.001). While the conventional technique allowed only Intraocular pressure reduction (following the knot removal; T2 and T3), the AS technique allowed both Intraocular pressure reduction (T2) and elevation (T3) through the management (loosening and retightening) of the suture. CONCLUSION: This experimental model provides an effective noninvasive postoperative mechanism of suture tension adjustment.

OBJETIVO: Descrever uma nova técnica de sutura ajustável para o "flap" da trabeculectomia (TREC), que permite apertar e folgar a sutura no pós-operatório. MÉTODOS: Foram realizadas trabeculectoomia em 15 olhos de porco. Todos os olhos de porco foram testados duas vezes; um teste com sutura convencional nas duas extremidades do "flap"(grupo sutura convencional), outro teste com sutura convencional em uma das extremidades e na outra extremidade a sutura ajustável proposta por esse trabalho (grupo sutura ajustável). A ordem de qual teste seria realizado primeiro em cada olho foi definida por sorteio. A pressão intraocular foi medida de forma direta em três momentos: T1) Todas as suturas apertadas; T2) Após lise de uma sutura convencional ou de afrouxar a sutura ajustável; T3) Após apertar novamente a sutura ajustável ou no caso do teste com as duas suturas convencionais após 5 minutos da lise de uma das suturas. RESULTADOS: No primeiro momento de medida da pressão intraocular (T1) as pressões médias foram similares entre os dois grupos (p=0.97). No entanto, diferenças significativas em relação a pressão intraocular foram encontradas entre os grupos de sutura convencional e ajustável nos tempos 2 (12,6 ± 4,2 vs 16,3 ± 2,3 cmH2O, respectivamente; p=0,006) e 3 (12,2 ± 4,0 vs 26,4 ± 1.7cmH2O, respectivamente; p=0,001). Enquanto a técnica convencional permitiu somente a redução da pressão intraocular após a remoção da sutura (T2 e T3), a técnica de sutura ajustável permitiu tanto a redução (T2) quanto a elevação da pressão intraocular (T3) através do manejo da sutura. CONCLUSÃO: Esse modelo experimental demonstrou a eficácia de uma possível técnica não-invasiva para ajuste da tensão da sutura do "flap"no pós-operatório da trabeculectomia.
Descritores: Técnicas de Sutura
Trabeculectomia/métodos
-Pressão Intraocular
Modelos Animais
Período Pós-Operatório
Valores de Referência
Reprodutibilidade dos Testes
Retalhos Cirúrgicos
Suínos
Esclera/cirurgia
Fatores de Tempo
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 9 ir para página                      
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde