Base de dados : LILACS
Pesquisa : A10.165 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 541 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 55 ir para página                         

  1 / 541 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1049188
Autor: Bueno Rossi, Luis Alexandro.
Título: Cirugía plástica periodontal: reporte de un caso clínico / Periodontal plastic surgery: report of a clinical case
Fonte: Rev. Fundac. Juan Jose Carraro;23(43):6-10, 2019. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El abordaje terapéutico de las recesiones gingivales requiere un plan de tratamiento que involucre terapia básica, la cual tendrá como objetivo la resolución de la/las etiologías de la/las mismas y una terapia de cirugía plástica periodontal adecuada al caso específico. Los procedimientos quirúrgicos con injertos de tejido conjuntivo tomados principalmente del paladar son el gold standard en el tratamiento de las recesiones gingivales. El objetivo de este trabajo es exponer paso a paso el tratamiento de una recesión gingival post-terapia de ortodoncia y su evaluación a largo plazo (AU)

The therapeutic approach to gingival recession requires a treatment plan involving basic therapy, which will focus on its etiologies, and the most suitable periodontal plastic surgery therapy in each specific case. Surgical procedures with connective-tissue grafts, taken mainly from the palate, are the gold standard in gingival recession treatment. The aim of this paper is to present the step-bystep post-orthodontic therapy treatment of a case of gingival recession and its long-term evaluation (AU)
Descritores: Ortodontia Corretiva/efeitos adversos
Cirurgia Plástica
Retração Gengival/cirurgia
-Planejamento de Assistência ao Paciente
Retalhos Cirúrgicos
Uruguai
Seguimentos
Tecido Conjuntivo/transplante
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  2 / 541 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891383
Autor: Peretti, Ana Luiza; Antunes, Juliana Sobral; Lovison, Keli; Kunz, Regina Inês; Castor, Lidyane Regina Gomes; Brancalhão, Rose Meire Costa; Bertolini, Gladson Ricardo Flor; Ribeiro, Lucinéia de Fátima Chasko.
Título: Action of vanillin (Vanilla planifolia) on the morphology of tibialis anterior and soleus muscles after nerve injury / Ação da vanilina (Vanilla planifolia) sobre a morfologia dos músculos tibial anterior e sóleo após lesão nervosa
Fonte: Einstein (Säo Paulo);15(2):186-191, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To evaluate the action of vanillin (Vanilla planifolia) on the morphology of tibialis anterior and soleus muscles after peripheral nerve injury. Methods Wistar rats were divided into four groups, with seven animals each: Control Group, Vanillin Group, Injury Group, and Injury + Vanillin Group. The Injury Group and the Injury + Vanillin Group animals were submitted to nerve injury by compression of the sciatic nerve; the Vanillin Group and Injury + Vanillin Group, were treated daily with oral doses of vanillin (150mg/kg) from the 3rd to the 21st day after induction of nerve injury. At the end of the experiment, the tibialis anterior and soleus muscles were dissected and processed for light microscopy and submitted to morphological analysis. Results The nerve compression promoted morphological changes, typical of denervation, and the treatment with vanillin was responsible for different responses in the studied muscles. For the tibialis anterior, there was an increase in the number of satellite cells, central nuclei and fiber atrophy, as well as fascicular disorganization. In the soleus, only increased vascularization was observed, with no exacerbation of the morphological alterations in the fibers. Conclusion The treatment with vanillin promoted increase in intramuscular vascularization for the muscles studied, with pro-inflammatory potential for tibialis anterior, but not for soleus muscle.

RESUMO Objetivo Avaliar a ação da vanilina (Vanilla planifolia) sobre a morfologia dos músculos tibial anterior e sóleo após lesão nervosa periférica. Métodos Ratos Wistar foram divididos em quatro grupos, com sete animais cada, sendo Grupo Controle, Grupo Vanilina, Grupo Lesão e Grupo Lesão + Vanilina. Os animais dos Grupos Lesão e Grupo Lesão + Vanilina foram submetidos à lesão nervosa por meio da compressão do nervo isquiático, e os Grupos Vanilina e Grupo Lesão + Vanilina foram tratados diariamente com doses orais de vanilina (150mg/kg) do 3o ao 21o dia após a indução da lesão nervosa. Ao término do experimento, os músculos tibial anterior e sóleo foram dissecados e seguiram o processamento de rotina em microscopia de luz, para posterior análise morfológica. Resultados A compressão nervosa promoveu alterações morfológicas características de denervação, sendo que o tratamento com vanilina foi responsável por respostas distintas nos músculos estudados. Para o tibial anterior, houve aumento do número de células satélites, núcleos centrais e atrofia das fibras, bem como desorganização fascicular. Já no sóleo, houve apenas aumento da vascularização, sem exacerbação das alterações morfológicas nas fibras. Conclusão O tratamento com vanilina promoveu o aumento da vascularização intramuscular para os músculos estudados, com potencial pró-inflamatório para o tibial anterior, o que não ocorreu no músculo sóleo.
Descritores: Benzaldeídos/farmacologia
Músculo Esquelético/efeitos dos fármacos
Tecido Conjuntivo/efeitos dos fármacos
Neuropatia Ciática/patologia
Anti-Inflamatórios/farmacologia
-Distribuição Aleatória
Ratos Wistar
Músculo Esquelético/patologia
Fibras Musculares Esqueléticas/efeitos dos fármacos
Tecido Conjuntivo/patologia
Neuropatia Ciática/reabilitação
Modelos Animais
Limites: Seres Humanos
Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 541 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-230767
Autor: Ligocki, Anelise Fagundes.
Título: Avaliaçäo microscópica da reaçäo do tecido conjuntivo subcutâneo de ratos frente à implantaçäo de cimento para obturaçäo de canal / Microscopic evaluation of reaction of the subcutaneous conjunctive tissue of rats by implantation of cement for canal obturation.
Fonte: Porto Alegre; s.n; 1998. 83 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O objetivo deste estudo é avaliar o comportamento biológico do cimento endodôntico Sealer 26, por meio da utilizaçao da análise quantitativa computadorizada de imagens. Para tanto, foram empregados 30 ratos (Tattus norvegicus), dos quais 24 eram do grupo experimental e seis do grupo-controle. Tubos de PVC contendo o cimento foram implantados no tecido celular subcutâneo dos animais do grupo experimental, enquanto nos animais do grupo-controle o tubo nao foi preenchido com o cimento estudado. Decorridos dois, 15 e 30 dias, os animais foram sacrificados, as áreas de implante do tubo nao foi preenchido com o cimento estudado. Decorridos dois, 15 e 30 dias, os animais foram sacrificados, as áreas de implante do tubo removidos e preparadas para análise histopatológica. A quantificaçao da resposta tecidual foi realizada pela contagem do núcleo das células inflamatórias e cálculo da área ocupada pelos mesmos. Os resultados permitiram concluir que: O cimento endodôntico Sealer 26 é irritante ao tecido conjuntivo subcutâneo do rato. Os aspectos quantitativos da reaçao inflamatória promovida pelo material testado nao se modificam nos intervalos de tempo empregados. O método de análise histopatológica empregado no presente estudo congrega eficácia e objetividade.
Descritores: Tecido Conjuntivo/patologia
Cimentos Dentários/efeitos adversos
Obturação do Canal Radicular/efeitos adversos
-Ratos Wistar
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/3261.00; BR97.1; T2.821


  4 / 541 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1006398
Autor: Zurita-Santisteban, E; Matta-Valdivieso, E; Salinas-Pietro, E.
Título: Espacio biológico: invasión, preservación y protocolos de acción en periodoncia y odontología restauradora / Biologic with: invation, preservation, and action protocols in periodontics and restorative dentistry
Fonte: Rev. cient. odontol;3(2):343-349, jul.-dic. 2015. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El concepto de "espacio biológico" ha sido ampliamente descrito por periodoncistas y odontólogos generales. Se denomina "espacio biológico" a la unión dentogingival que está constituida por el epitelio de unión y el tejido conectivo de inserción de la encía. Cuando se habla de "espacio biológico" no sólo se debe pensar en la longitud de la inserción gingival, sino que se debe relacionar con el grosor de la encía, el biotipo periodontal y la profundidad del surco gingival, puesto que todos estos parámetros se integran, y deben ser tomados en cuenta para comprender de manera exacta la morfología del tejido gingival supracrestal. La variabilidad de dimensiones de los componentes epitelial y conectivo que existe entre individuos, e incluso dentro del mismo individuo, es otro factor que debe ser considerado. El mantenimiento de una relación correcta de los tejidos periodontales con los márgenes de las restauraciones depende, además de la óptima adaptación de la restauración, también de la ausencia de invasión del espacio biológico, que es ocupado por los tejidos blandos presentes en la unión dentogingival. Estas invasiones llevan a complicaciones como la inflamación gingival, pérdida de hueso alveolar y recesiones gingivales. Esta revisión discute el concepto de "espacio biológico", su relación con la salud periodontal, la odontología restauradora y su importancia en el mantenimiento de una restauración a largo plazo. (AU)

The concept of biologic width has been extensively described by general practitioners and periodontists. The biologic width is conformed by the dentogingival junction which is formed by the junctional epithelium and connective tissue attachement. When talking about biologic width, we should not only think about the length of the gingival attachment, it must be related to the thickness of the gingiva, periodontal biotype and the depth of the gingival sulcus, since these parameters are integrated and must be taken into account to accurately understand the morphology of the supracrestal gingival tissue. Variability in dimensions of epithelial and connective tissue components between individuals and even within the same individual, is another factor that must be considered. Maintaining a correct relationship of periodontal tissues with restoration margins depends on the optimum adaptation of the restoration. Also, to the absence of invasion of biologic width which is occupied by the soft tissue present in the dentogingival junction. These violations lead to complications like gingival inflammation, alveolar bone loss and gingival recession. This review discusses the concept of biologic width and its relationship to periodontal health and restorative dentistry. The importance in maintaining a long-term restoration will also be addressed. (AU)
Descritores: Periodontia
Aumento da Coroa Clínica
Tecido Conjuntivo
Inserção Epitelial
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: PE391.9 - UCS - Universidad Científica del Sur


  5 / 541 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-77700
Autor: Lombas García, Manuel, coord.
Título: Tejido conectivo / Connective tissue
Fonte: In: Lombas García, Manuel; Mateo Suárez, Manuel; Moreno Mejías, Abel; Castell Pérez, Concepcion; Giral Casielles, Ricardo. Diagnostico diferencial de las enfermedades reumáticas. s.l, s.n, s.d. p.70-70, ilus.
Idioma: es.
Descritores: Tecido Conjuntivo
Doenças do Tecido Conjuntivo
-Tecido Conjuntivo/imunologia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1371.01; CU1; WE544; LOM, 1979


  6 / 541 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1025129
Autor: Costa, Philippos Apolinário; Reis, Wagner Gomes; Loureiro, Bruna Menon; Ferreira Junior, Edson Gonçalves; Rocha, José Roberto Coelho Ferreira; Alencar, Kamilla Maria Souza Aires.
Título: Tumor Desmoplásico de Pequenas Células Redondas: Relato de caso / Desmoplastic Small-Round-Cell Tumor: Case Report / Tumor Desmoplásico de Células Pequeñas y Redondas: Relato de Caso
Fonte: Rev. bras. cancerol;64(4):575-579, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O tumor desmoplásico de pequenas células redondas é uma rara neoplasia que se inicia e se espalha pela superfície peritoneal. Foi descrito pela primeira vez em 1989 e, em 1991, houve seu reconhecimento como entidade clínica e patológica distintas. Relato do caso: Homem de 34 anos apresentou quadro de dor abdominal e perda de peso, evoluindo para obstrução intestinal dois meses após. A laparotomia demonstrou grande massa abdominopélvica irressecável. O laudo anatomopatológico associado à imuno-histoquímica evidenciou diagnóstico de tumor desmoplásico de pequenas células redondas. A tomografia computadorizada confirmou derrame pleural bilateral, implantes peritoneais e massas abdominais e pélvicas. Realizou-se quimioterapia com carbo/taxol com intervalo de 21 dias. Substituiu-se o esquema para VAC/IE com intervalo de 21 dias, com resposta parcial, porém ainda se mantendo um tumor irressecável. Houve piora progressiva da performance do paciente, com evolução ao óbito por obstrução intestinal no 15º mês de seguimento. Conclusão: O tumor desmoplásico de pequenas células redondas, em razão da sua raridade, continua sendo um desafio para o diagnóstico e o tratamento.

Introduction: The desmoplastic small round cell tumor is a rare neoplasm that starts and spreads through the peritoneal surface. It was first described in 1989 and in 1991 was recognized as a distinct clinical and pathological entity. Case report: A 34-year-old man presented with abdominal pain and weight loss, progressing to an intestinal obstruction after two months. Laparotomy showed an unresectable abdominopelvic mass. Anatomopathological an immunohistochemistry analysis showed a desmoplastic small-round-cell tumor. Computerized Tomography showed bilateral pleural effusion, peritoneal implants, along with masses in the abdominal and pelvic region. Chemotherapy with carbo/taxol was administered at intervals of 21-days. Later, the chemotherapy was changed to VAC/IE at a 21-day interval, with a partial response, but it was still an unresectable tumor. There was a worsening in patient performance, and he died of an abdominal obstruction on the 15º month of follow-up. Conclusion: Due to its rarity, the desmoplastic small-round-cell tumor, is still a diagnostic and treatment challenge.

Introducción: El tumor desmoplásico de células pequeñas y redondas es una neoplasia rara que comienza y se disemina a través de la superficie peritoneal. Fue descrito por primera vez en 1989 y en 1991 fue reconocido como una entidad clínica y patológica distintas. Relato del caso: Un hombre de 34 años presentó dolor abdominal y pérdida de peso, progresando a una obstrucción intestinal después de dos meses. La laparotomía mostró una masa abdominopélvica irresecable. El análisis anatomopatológico e inmunohistoquímico mostró un tumor desmoplásico de células pequeñas y redondas. La tomografía computarizada mostró derrame pleural bilateral, implantes peritoneales y masas en la región abdominal y pélvica. Se administró quimioterapia con carbo/taxol en un intervalo de 21 días. Más tarde, la quimioterapia cambió a VAC/IE con un intervalo de 21 días, con una respuesta parcial, pero seguía siendo un tumor irresecable. Hubo un empeoramiento en el estado del paciente, y murió de una obstrucción intestinal en el 15º mes de seguimiento. Conclusión: Debido a su rareza, tumor desmoplásico de células pequeñas y redondas, sigue siendo un desafío de diagnóstico y tratamiento.
Descritores: Cavidade Peritoneal/anormalidades
Neoplasias Peritoneais
Tumor Desmoplásico de Pequenas Células Redondas/diagnóstico
-Tecido Conjuntivo
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I


  7 / 541 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-505562
Autor: Palheta-Neto, Francisco Xavier; Silva, Dorivaldo Lopes da; Almeida, Hirlena Gomes; D'Oliveira, Marcelo Silveira; Neiva, Murilo Miglio; Pezzin-Palheta, Angélica Cristina.
Título: Síndrome de Stickler: aspectos gerais / Stickler syndrome: general aspects
Fonte: Pediatr. mod;44(6):235-240, nov.-dez. 2008.
Idioma: pt.
Resumo: A síndrome de Stickler é a principal causa de descolamento de retina entre os fatores hereditários, sendo ainda pouco conhecida, apesar de comum na Europa. Constitui-se em doença autossômica dominante, progressiva, causada a partir de mutações em genes responsáveis pela síntese de colágeno, como COL2A1, COL11A1 e COL11A2. Possui variada sintomatologia, inclusive dentro de uma mesma família. Ocorrem alterações otorrinolaringológicas, oftalmológicas, ortopédicas e sistêmicas, como hipoacusia, fenda palatina, face plana, nariz achatado, miopia intensa, catarata, glaucoma, articulações hiperflexíveis e prolapso da valva mitral. Dentre as principais complicações dos indivíduos afetados se encontram surdez neurossensorial, descolamento da retina e cegueira. O artigo se constituiu em uma revisão bibliográfica sobre a síndrome de Stickler, abordando os principais sinais e sintomas clínicos, diagnóstico e tratamento, através da pesquisa e seleção de artigos científicos na biblioteca virtual BIREME, predominantemente de 2000 a 2006, associados a artigos clássicos sobre o tema. Devido a seu caráter progressivo, torna-se fundamental o diagnóstico precoce, na tentativa de evitar complicações que prejudiquem o desenvolvimento do indivíduo, havendo necessidade de tratamento multidisciplinar, devido ao acometimento de múltiplas estruturas.
Descritores: Retina/anormalidades
Tecido Conjuntivo/anormalidades
Vias Auditivas/anormalidades
-Anormalidades Congênitas/diagnóstico
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  8 / 541 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Silva, Léa Assed Bezerra da
Texto completo
Id: biblio-1021064
Autor: Queiroz, Alexandra Mussolino de; Amaral, Thais Helena Andreolli do; Silva, Francisco Wanderley Garcia Paula; Nelson Filho, Paulo; Silva, Raquel Assed Bezerra da; Gaton-Hernández, Patrícia; Silva, Lea Assed Bezerra da.
Título: Luting agents differentially modulate inflammation and matrix metalloproteinases in connective tissue
Fonte: Rev. Cient. CRO-RJ (Online);3(1):8-15, Jan.-Apr. 2018.
Idioma: en.
Resumo: Objective: The objective of this study was to evaluate the tissue response and expression of matrix metalloproteinases (MMP) -2 and -9 to resinous and glass ionomer cements in direct contact with the subcutaneous connective tissue. Methods: RelyXTM Unicem resinous cement (RC; n=30), KetacTM Cem Easymix glass ionomer cement (GI; n=30), and polyethylene empty tubes (control; n=30) were implanted in the dorsal subcutaneous tissue of isogenic BALB/c mice, and the tissues were biopsied after 7, 21, and 63 days for histological analysis. The inflammatory cells and fibroblasts were counted, and the fibrous capsule thickness was measured. MMP -2 and MMP-9 expression levels were investigated by immunohistochemistry. Data were analyzed statistically (significance level=5%). Results: We found that RC induced a low inflammation at day 7 and 21, which was increased at day 63 (p<0.05). GI induced a more intense mononuclear inflammatory response at day 7 and 21 (p<0.05), which was reduced at day 63 to levels similar to the control (p>0.05). The fibrous capsule thickness was thin for RC, GI, and control (p>0.05).MMP-2 was detected early for GI and RC and decreased afterwards. MMP-9 presented a similar pattern for GI, whereas the MMP -9 expression was late for RC. Conclusion: Resinous cementRelyXTM Unicem induced an inflammatory response and late MMP -9 expression in the subcutaneous connective tissue that was different from that induced by KetacTM Cem Easymixglass ionomer cement.

Objetivo: Avaliar a resposta tecidual e a expressão de metaloproteinases da matriz (MMP) -2 e -9 frente a um cimento resinoso e um cimento ionomérico, após implantação no tecido conjuntivo subcutâneo de camundongos. Métodos: O cimento resinoso RelyXTM Unicem (CR; n=30), o cimento ionomérico KetacTM Cem Easymix (CI; n=30) e tubo de polietileno vazio (controle; n=30) foram implantados no tecido subcutâneo dorsal de camundongos isogênicos BALB/c e os tecidos removidos para análise histológica após 7, 21 e 63 dias. Foram analisadas a resposta celular local, por meio da contagem de células inflamatórias e a espessura da cápsula fibrosa. A expressão de MMP -2 e -9 foi investigada por meio de imunohistoquímica. Os dados foram submetidos à análise estatística (α=5%). Resultados: Foi observado que CR induziu uma inflamação leve aos 7 e 21 dias com aumento do número de células inflamatórias aos 63 dias (p<0,05). CI induziu uma resposta inflamatória mononuclear mais intensa aos 7 e 21 dias (p<0,05), com redução do infiltrado aos 63 dias, semelhante ao observado no controle (p>0,05). Em todos os grupos a espessura da cápsula foi considerada fina (p>0,05). MMP -2 foi detectada em períodos precoces para CR e CI, com diminuição com o passar do tempo. MMP -9 apresentou um padrão semelhante ao controle para o CI, enquanto para o CR houve aumento com o passar do tempo. Conclusão: O cimento resinoso RelyXTM Unicem induziu uma resposta inflamatória e a expressão de MMP -9 mais tardia no tecido conjuntivo subcutâneo que foi diferente da resposta induzida pelo cimento ionomérico KetacTM Cem Easymix.
Descritores: Tecido Conjuntivo
-Cimentos de Resina
Metaloproteinases da Matriz
Cimentos Dentários
Cimentos de Ionômeros de Vidro
Responsável: BR1356.1 - Biblioteca Prof Antonio F Ribeiro da Silva Filho


  9 / 541 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1023896
Autor: Oliveira, Lucas Viana de; Dias, Alexandra Tavares.
Título: Possibilidades com o PRF no tratamento das recessões gengivais: uma revisão de literatura / Possibilities with PRF on treatment of gingival recession: a literature review
Fonte: Periodontia;29(3):48-54, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Os problemas periodontais possuem uma grande prevalência na população em geral. Estes se caracterizam pela alteração e/ou destruição dos tecidos de suporte dentário. A regeneração periodontal, que consiste na reconstrução de alguma parte perdida do periodonto, ainda enfrenta alguns desafios no que tange ao tratamento de recessões gengivais. Atualmente, o considerado padrão ouro para estes tratamentos é o retalho avançado coronalmente adjunto ao enxerto de tecido conjuntivo subeptelial. Contudo, novas técnicas têm surgido, buscando aumentar a eficácia e diminuir o desconforto dos pacientes submetidos a estes procedimentos. A fibrina rica em plaqueta (PRF) é uma nova geração de agregados plaquetários, com um processamento simples e rápido, que se mostra capaz de dar um novo rumo à regeneração tecidual. Esta já vem sido estudada e aplicada como um acelerador de cicatrização, tanto em tecidos moles quanto duros, devido à liberação de citocinas e fatores de crescimento por um longo tempo. O objetivo deste trabalho foi realizar uma breve revisão de literatura, buscando artigos científicos através da plataforma CAFe, PubMed e Scielo, afim de descobrirmos em que ponto a ciência está em relação ao uso do PRF nos tratamentos de recessão gengival e quais são as suas possíveis aplicações clínicas. Pode-se concluir que, apesar de ter uma técnica simples de uso, eficácia na cicatrização e diversas aplicabilidades, ainda precisamos de mais estudos com acompanhamento a médios e longos prazo para definirmos as limitações deste biomaterial. (AU)

Periodontal problems have a high prevalence in the general population. These are characterized by the alteration and/or destruction of dental's support tissues. Periodontal regeneration, which consists in the reconstruction of some lost part of the periodontium, still faces some challenges regarding the treatment of gingival recessions. Currently, the gold standard for these treatments is the coronally advanced flap attached to the subeptelial connective tissue graft. However, new techniques have emerged, seeking to increase efficacy and decrease the discomfort of patients undergoing these procedures. Platelet-rich fibrin (PRF) is a new generation of platelet aggregates, with a simple and fast processing, showing itself capable of giving a new direction to tissue regeneration. This has been studied and applied as a healing accelerator, both in soft and hard tissues, due to the release of cytokines and growth factors for a long time. The objective of this work was to carry out a brief review of the literature, searching for scientific articles through the CAFe platform, PubMed and Scielo, in order to find out where the science spot is due to the use of PRF in gingival recession treatments and what their possible clinical applications are. It can be concluded that, despite having a simple technique of use, healing efficacy and several applicability, we still need more follow-up studies in the medium and long term to define the limitations of this biomaterial. (AU)
Descritores: Tecido Conjuntivo
Transplantes
Fibrina Rica em Plaquetas
Retração Gengival
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  10 / 541 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1021309
Autor: Vieira, Esio de Oliveira.
Título: Avaliação clínica do uso do Alloderm®, enxerto conjuntivo e retalho reposicionado coronariamente no tratamento da recessão gengival / Clinical evaluation of the use of Alloderm®, connective tissue graft and coronally advanced flap in treatment of gengival recession.
Fonte: Rio de janeiro; s.n; 2006. 90 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar clinicamente, o enxerto de tecido conjuntivo subepitelial (CO), o Alloderm® (ALL) e o retalho reposicionado coronariamente (RPC) quando utilizados no tratamento da recessão gengival tipo classe I de Miller. Trinta pacientes participaram do estudo. Os pacientes foram distribuídos em três grupos de 10 pacientes. Dez pacientes com idade média de 38.7(±10.3) anos foram tratados pela técnica do RPC, incluindo 18 recessões. Dez pacientes com idade média de 40.2(+/-9.9) anos foram tratados pela técnica do CO, totalizando 23 recessões. Dez pacientes com idade média de 37.7(±11.2) anos foram tratados através da utilização do ALL, totalizando 18 recessões. Os pacientes não poderiam apresentar cárie sobre a superfície radicular exposta, a junção amelocementária deveria ser visível e identificável, não poderia ter sido submetido a nenhum tipo de tratamento cirúrgico nos elementos envolvidos no experimento nos últimos 24 meses e não apresentar bolsa periodontal ou tratamento endodôntico nos elementos dentários candidatos à cobertura das superfícies radiculares expostas. As seguintes mensurações foram realizadas: índice de placa (IP), índice gengival (IG), profundidade de bolsa à sondagem (PBS), nível de inserção à sondagem (NIS), largura de gengiva ceratinizada (GI), profundidade da recessão gengival (PRG), posição da linha muco-gengival (PLMG). As medidas de IP, IG, PBS, NIS, GI, PRG e PLMG, foram executadas com sonda periodontal calibrada nos dias 0, 30, 60, 90, 120 e 180, exceto PBS e NIS que não foram mensuradas no dia 30. Avaliações subjetivas relativas ao resultado estético alcançado foram realizadas pelo operador e pelo paciente no sexto mês pós-operatório. O teste T de Student para amostras pareadas foi utilizado nas análises intragrupos e o ANOVA foi utilizado nas análises entre os grupos (p<0.05). Os resultados mostraram uma cobertura radicular média de 66.8% para o grupo RPC, enquanto a cobertura radicular média dos grupos ALL e CO foi de 75.9% e de 87.9%, respectivamente. Não houve diferença estatisticamente significante entre os valores de cobertura radicular média entre os grupos ALL e CO. Os valores para o grupo CO eram significantemente maiores que o do grupo RPC. Os valores médios de ganho de inserção clínica de 4.2(±0.9) mm e de 3.5(±1.0) mm dos grupos CO e ALL, respectivamente, foram significantemente maiores que os valores de 2.1(±0.7) mm do grupo RPC. O aumento médio de largura de gengiva ceratinizada foi de 1.41(±0.3) mm no grupo CO e de 1.3(±0.2) mm no grupo ALL, não havendo diferença significativa entre os dois grupos. Não houve alteração na largura de gengiva ceratinizada no grupo RPC. Concluindo, as técnicas de CO e ALL apresentaram resultados clínicos semelhantes e superiores ao RPC em relação ao ganho de inserção clínica, aumento na largura de gengiva ceratinizada e cobertura radicular

The aim of the present study was to clinically evaluate the subepithelial connective tissue graft (CTG), Alloderm (ALL) and coronally advanced flap (CAF) in the treatment of gingival recessions Class I of Miller. 30 patients were included in the study, and were divided in 3 groups of 10 patients. 10 patients with mean age of 38.7 (± 10,3) years were treated with CAF, including 18 defects. 10 patients with mean age of 40.2(± 9.9) years were treated with CTG, including 23 defects, while 10 patients with mean age of 37.7(±11.2) were treated with ALL, including 18 gingival recessions. The patients should not have caries over the denuded root surface, the cementoename junction should visible and easily identified, should not have received any surgical treatment during the last 24 months, and not have periodontal pockets or endodontic treatment at the tested teeth. The following measurements were performed: Plaque index (PI), gingival index (GI), probing pocket depth (PPD), probing attachment level (PAL), width of keratinized gingiva (KG), depth of gingival recession (GR) and position of the mucogingival junction (MGJ). PI, GI, PPD, PAL, KG, GR, MGJ were made with a calibrated periodontal probe on days 0, 30, 60, 90, 120 and 180. PPD and PAL were not measured on day 30. Subjective evaluations were performed by the patient and the dentist on day 180. Paired T Test was used to observe differences within the groups in the different time periods, and ANOVA was performed to analyze differences between the 3 surgical procedures (p<0.05). The results showed that the mean root coverage was 66.8% for the CAF group, while the corresponding values for ALL and CTG were 775.9% and 81.4%, respectively. There was no significant difference between the values of ALL and CO, but the mean values for root coverage of CO group were statistically higher than the CAF group. The mean values of clinical attachment gain of 4.2 (± 0.9) mm and 3.5 (± 1.0) mm in CTG and ALL groups, respectively, were statistically higher than the corresponding values for CAF group (2.1 ± 0.7 mm). There was no significant difference between the mean increase of KG of 1.4 (± 0.3) mm in CTG group and 1.3(± 0.2) mm in ALL group. KG was not different in the CAF group. In conclusion, CTG and ALL procedures presented similar and better results than CAF procedure in relation to clinical attachment gain, increase in the width of KG and the % of root coverage
Descritores: Retalhos Cirúrgicos/transplante
Periodonto/cirurgia
Tecido Conjuntivo/transplante
Retração Gengival/terapia
-Índice Periodontal
Análise de Variância
Colágeno
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)
BR1366.1; 616.314, V658, TO838



página 1 de 55 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde