Base de dados : LILACS
Pesquisa : A10.690.552.875 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 13 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 13 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-741451
Autor: Tinano, Mariana Maciel; Martins, Milene Aparecida Torres Saar; Bendo, Cristiane Baccin; Mazzieiro, Ênio.
Título: Base of the skull morphology and Class III malocclusion in patients with unilateral cleft lip and palate
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(1):79-84, Jan-Feb/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: The aim of the present study was to determine the morphological differences in the base of the skull of individuals with cleft lip and palate and Class III malocclusion in comparison to control groups with Class I and Class III malocclusion. METHODS: A total of 89 individuals (males and females) aged between 5 and 27 years old (Class I, n = 32; Class III, n = 29; and Class III individuals with unilateral cleft lip and palate, n = 28) attending PUC-MG Dental Center and Cleft Lip/Palate Care Center of Baleia Hospital and PUC-MG (CENTRARE) were selected. Linear and angular measurements of the base of the skull, maxilla and mandible were performed and assessed by a single calibrated examiner by means of cephalometric radiographs. Statistical analysis involved ANCOVA and Bonferroni correction. RESULTS: No significant differences with regard to the base of the skull were found between the control group (Class I) and individuals with cleft lip and palate (P > 0.017). The cleft lip/palate group differed from the Class III group only with regard to CI.Sp.Ba (P = 0.015). Individuals with cleft lip and palate had a significantly shorter maxillary length (Co-A) in comparison to the control group (P < 0.001). No significant differences were found in the mandible (Co-Gn) of the control group and individuals with cleft lip and palate (P = 1.000). CONCLUSION: The present findings suggest that there are no significant differences in the base of the skull of individuals Class I or Class III and individuals with cleft lip and palate and Class III malocclusion. .

OBJETIVO: o objetivo do presente estudo foi determinar diferenças morfológicas da base do crânio de indivíduos portadores de fissura de lábio e palato e de má oclusão de Classe III, comparado-os com indivíduos controle com má oclusão de Classes I ou III. MÉTODOS: oitenta e nove indivíduos, de ambos os sexos, com idade variando entre 5 e 27 anos, Classe I (n = 32), Classe III não fissurados (n = 29) e Classe III com fissura labiopalatina unilateral (n = 28), oriundos do Centro de Odontologia e Pesquisa da PUC-MG e do Centro de Atendimento de Fissurados do Hospital da Baleia e da PUC-MG (CENTRARE), foram selecionados. Medições lineares e angulares da base do crânio, maxila e mandíbula foram realizadas e avaliadas por um único examinador calibrado, por meio de radiografias cefalométricas. Foram utilizados os testes ANCOVA e correção de Bonferroni para a análise estatística dos dados. RESULTADOS: com relação à base do crânio, os resultados não indicaram diferença estatística entre indivíduos controle (Classe I) e os indivíduos com fissuras (p > 0,017). O grupo com fissura foi diferente do grupo Classe III somente em relação à medida CI.Sp.Ba (p = 0,015). O comprimento maxilar (Co-A) apresentou diferença estatisticamente significativa na comparação entre o grupo controle (Classe I) e o grupo com fissuras (p < 0,001), sendo que os fissurados apresentaram uma maxila menor. Não foram encontradas diferenças na mandíbula (Co-Gn) entre indivíduos do grupo controle (Classe I) e indivíduos fissurados (p = 1,000). CONCLUSÃO: os resultados sugerem que não houve diferença estatisticamente significativa na base do crânio entre indivíduos Classe I e III e indivíduos com fissuras de lábio e palato com má oclusão de Classe III. .
Descritores: Cardiomegalia/metabolismo
Cardiomegalia/patologia
Coração Fetal/metabolismo
Coração Fetal/patologia
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Materna
Hipernutrição/metabolismo
Hipernutrição/patologia
-Biomarcadores/metabolismo
Calcineurina/metabolismo
Doenças Cardiovasculares/epidemiologia
Espaço Extracelular
Fáscia/patologia
Fatores de Transcrição Forkhead/metabolismo
Regulação da Expressão Gênica no Desenvolvimento
Miofibrilas/patologia
Fatores de Transcrição NFATC/metabolismo
Peptídeos Natriuréticos/genética
Peptídeos Natriuréticos/metabolismo
Fosforilação
RNA Mensageiro/metabolismo
Carneiro Doméstico
Serina-Treonina Quinases TOR/metabolismo
Limites: Animais
Feminino
Tipo de Publ: Research Support, N.I.H., Extramural
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-668781
Autor: Brazilian Journal of Medical and Biological Research; Wang, Hui; Wang, Lin; Song, Li; Zhang, Yan-Wan; Ye, Jue; Xu, Rui-Xia; Shi, Na; Meng, Xian-Min.
Título: TNNI3K is a novel mediator of myofilament function and phosphorylates cardiac troponin I
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;46(2):128-137, 01/fev. 2013. graf.
Idioma: en.
Projeto: National Natural Science Foundation of China.
Resumo: The phosphorylation of cardiac troponin I (cTnI) plays an important role in the contractile dysfunction associated with heart failure. Human cardiac troponin I-interacting kinase (TNNI3K) is a novel cardiac-specific functional kinase that can bind to cTnI in a yeast two-hybrid screen. The purpose of this study was to investigate whether TNNI3K can phosphorylate cTnI at specific sites and to examine whether the phosphorylation of cTnI caused by TNNI3K can regulate cardiac myofilament contractile function. Co-immunoprecipitation was performed to confirm that TNNI3K could interact with cTnI. Kinase assays further indicated that TNNI3K did not phosphorylate cTnI at Ser23/24 and Ser44, but directly phosphorylated Ser43 and Thr143 in vitro. The results obtained for adult rat cardiomyocytes also indicated that enhanced phosphorylation of cTnI at Ser43 and Thr143 correlated with rTNNI3K (rat TNNI3K) overexpression, and phosphorylation was reduced when rTNNI3K was knocked down. To determine the contractile function modulated by TNNI3K-mediated phosphorylation of cTnI, cardiomyocyte contraction was studied in adult rat ventricular myocytes. The contraction of cardiomyocytes increased with rTNNI3K overexpression and decreased with rTNNI3K knockdown. We conclude that TNNI3K may be a novel mediator of cTnI phosphorylation and contribute to the regulation of cardiac myofilament contraction function.
Descritores: Ventrículos do Coração/citologia
Miócitos Cardíacos/metabolismo
Proteínas Tirosina Quinases/metabolismo
Troponina I/metabolismo
-Imunoprecipitação
Miofibrilas
Miócitos Cardíacos/química
Fosforilação
Plasmídeos
Limites: Animais
Ratos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-414206
Autor: Moreira, Manoel de Almeida; Brito, Marcus Vinicius Henriques; Brito, Nara Macedo Botelho; Freire Filho, Marcos de Souza Lopes.
Título: Estudo histomorfométrico do músculo esquelético de ratos em anestro / Skeletal muscle histomorphometric study of rats in anestrus
Fonte: Acta cir. bras;20(4):329-335, July-Aug. 2005.
Idioma: pt.
Resumo: A castracão, assim como a menopausa, representa estágio de supressão endócrina em que prevalece o hipoestrogenismo e sua conseqüência maior sobre o músculo esquelético é provocar sarcopenia. OBJETIVOS: estudar as alteracões histomorfológicas do músculo esquelético de ratos fêmeas castrados. MÉTODOS: vinte e seis ratos Wistar, distribuídos em dois grupos, A e B, submetidos inicialmente à pesagem, citologia vaginal, ovariectomia e biópsia do músculo rectus femoris das patas traseiras, grupo A na direita e B na esquerda. Decorridos 20 dias foi colhido citologia vaginal para comprovar o estado de anestro. Após 70 dias os animais foram pesados e passaram por biópsia muscular, grupo A na pata E e grupo B na D. A histomorfometria foi realizada com o auxílio de uma lente gradiculada de 1cmy, com retículo de Weibel de 1mmy; contou-se as miofibrilas com seis leituras na vertical e cinco na horizontal em cada lamina, obtendo-se um número múltiplo que aplicado sobre uma formula especifica para calcular o Coeficiente de Densidade Muscular. RESULTADOS: em A a densidade muscular variou de 60.0 para 52.33 (p<0,05) com variacão de 14,12 por cento, e em B de 73.5 para 54.0 (p<0,05 por cento) com variacão de 26,53 por cento. CONCLUSAO: A castracão provocou sarcopenia no músculo esquelético e reducão do número de miofibrilas.
Descritores: Anestro/fisiologia
Músculo Esquelético/patologia
Ovariectomia/efeitos adversos
-Miofibrilas/patologia
Ratos Wistar
Vagina/citologia
Limites: Ratos
Animais
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Taniwaki, Noemi Nosomi
Id: lil-336683
Autor: Taniwaki, Noemi Nosomi.
Título: Distribuiçäo de componentes de Trypanosoma cruzi e de proteínas miofibrilares do músculo cardíaco em Calomys callosus cronicamente infectados e imunossuprimidos / Distribuition of Trypanosoma cruzi and myofibrillar components in cardiac muscle of Colomy callosus chronically infected and immunosuppressed.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 2003. [159] p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Säo Paulo. Escola Paulista de Medicina. Curso de Morfologia, Biologia Celular para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Um modelo experimental de reativação da doença de Chagas crônica com um agente imunossupressor foi desenvolvido a fim de se obter informações sobre do ciclo de vida intracelular do Trypanosoma cruzi e o arranjo das miofíbrilas cardíacas, com o propósito de entender melhor o processo de reativação que ocorre no homem. Calomys caffosus cronicamente infectados com as cepas Y e CL de T. cruzi sofreram reagudização quando tratados com ciclofosfamida, um agente imunossupressor. Cortes de 5 - 8 mm de parafina foram processados para microscopia confocal de imunofluorescência. Anticorpos monoclonais (AcM) produzidos contra as formas do T. cruzi foram usados com base em reatividades previamente descritas: AcM 2C2, reage com um epitopo carboidrato em Ssp-4, uma glicoproteína majoritária da superfície dos amastigotas, enquanto AcM 1 D9, 2137, 3139, 4139 identificam epitopos sobre Ssp-4 diferentes do AcM 2C2. Amostras foram coradas com DAPI para visualizar o cinetoplasto e o núcleo dos parasitas. AcM 2C2 apresentou um padrão de fluorescência homogeneamente distribuído sobre a superfície dos amastigotas; AcM 4139 e 3139 apresentaram a mesma distribuição observada em 2C2. Marcação muito fraca e negativa foi observada com AcM 1 D9 e 2137, respectivamente. AcM 3132, que reage com um epitopo nãocarboidrato de formas flageladas e AcM 4135 que também detecta um epitopo nãocarboidrato, revelou a bolsa flagelar em amastigotas alongados e a membrana plasmática dos parasitas que estavam sofrendo divisão. Para observação das proteínas miofibrilares, a técnica de recuperação antigênica foi utilizada nos cortes de parafina. Os cortes foram submetidos a tripla marcação; 1. AcM para visualizar as diferentes proteínas miofibrilares (miosina, actina, desmina, tropomiosina, troponina T, titina e a-actinina) do músculo cardíaco; 2. Soro chagásico humano para marcar a suprefície dos parasitas; 3. DAPI (para marcar DNA) que coram o núcleo das células e cinetoplasto e núcleo dos parasitas. Em paralelo, culturas primárias de cardiomiócitos de Calomys caflosus recémnascidos foram desenvolvidas para obtenção de informações adicionais sobre o arranjo ou desarranjo das miofibrilas durante a proliferação do T cruzi nestas células. Tanto amostras in vivo como in vitro apresentaram regiões com perda de estriação transversal, acúmulo de. marcação e desarranjo das miofibrilas. Ao E microscópio eletrônico de transmissão também foram observados desarranjos das ...(au)
Descritores: Anticorpos Monoclonais
Ciclofosfamida
Miofibrilas
Proteínas
Trypanosoma cruzi
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central
BR1.2; 7713


  5 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-319844
Autor: Silva-Matos, A. M; Cotta-Pereira, G.
Título: Histochemical and ultrastructural study on the presence of elastic microfibrils in the myotendinal junction of mouse gastrocnemius
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;86(Supl.3):117-117, 1991.
Idioma: en.
Descritores: Músculos/química
Miofibrilas
Tecido Elástico/química
Tendões/química
-Músculos/ultraestrutura
Miofibrilas
Proteínas Contráteis/análise
Coloração e Rotulagem
Tecido Elástico/ultraestrutura
Tendões/ultraestrutura
Limites: Animais
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lira, Giselda Macena
Shimokomaki, Massami
Id: lil-263417
Autor: Lira, Giselda Macena; Shimokomaki, Massami; Gioielli, Luiz Antonio.
Título: Efeitos do processamento sobre a solubilização das frações protéicas (miofibrilares e colagenosa) e textura da carne-de-sol / Processing effects on solubilization of proteins during preparation of ®sunshine meat¼ (Brazilian salted meat)
Fonte: RBCF, Rev. bras. ciênc. farm. (Impr.);35(2):237-44, jul.-dez. 1999. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Carne-de-sol (CS) é um produto cárneo salgado, tradicionalmente consumido pela população brasileira principalmente da região nordestina. São praticamente inexistentes os trabalhos relacionados com as mudanças bioquímicas que ocorrem durante o seu processamento. Este trabalho tem o objetivo de avaliar a solubilização das proteínas miofibrilares e da fração colagenosa pelo processamento do músculo patinho (Vastus lateralis) e o seu efeito sobre a textura. Nossos resultados mostram que há 24,2 por cento menos proteínas miofibrilares solúveis em KCl 0,6 M e 4,7 por cento da fração colagenosa solúvel em 0,5 M de ácido acético em CS, quando comparadas com amostras controle. Ao contrário, quando o resíduo insolúvel da CS é enzimaticamente digerido pela pepsina, 25,2 por cento a mais da fração colagenosa solúvel é recuperada da CS em comparação com a da matéria-prima (MP)...
Descritores: Colágeno
Manipulação de Alimentos
Conservação de Alimentos
Tecnologia de Alimentos
Carne
Miofibrilas
Proteínas
-Bovinos
Solubilidade
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas


  7 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lira, Giselda Macena
Shimokomaki, Massami
Id: lil-263415
Autor: Lira, Giselda Macena; Shimokomaki, Massami; Oliveira, Sérgio Ferreira.
Título: Avaliação ultra-estrutural da carne-de-sol / Ultrastructure evaluation of ®sunshine¼ meat (Brazilian salted meat)
Fonte: RBCF, Rev. bras. ciênc. farm. (Impr.);35(2):227-30, jul.-dez. 1999. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A carne-de-sol é um produto cárneo salgado tradicionalmente consumido pela população brasileira principalmente da região nordestina. Apesar do conhecimento da existência do produto desde o século passado, infelizmente pouco se conhece em relação às transformações que ocorrem durante o seu processamento ainda baseado em técnicas artesanais. Este trabalho tem o objetivo de avaliar as alterações ultra-estruturais do músculo cárneo, decorrentes da utilização do cloreto de sódio no processamento. Verificou-se que, ao nível de microscopia eletrônica, o processamento acarretou mudanças nítidas na ultra-estrutura dentro do sarcômero, pois a banda M não pode ser visualizada devido à extração das proteínas miofibrilares e não houve condições de distinguir a região limítrofe entre as bandas A e 1, enquanto que a linha Z aparece parcialmente fragmentada...
Descritores: Manipulação de Alimentos
Conservação de Alimentos
Tecnologia de Alimentos
Carne
Miofibrilas
-Bovinos
Músculos/ultraestrutura
Cloreto de Sódio
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas


  8 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-165465
Autor: Brooks, Stanley E. H.
Título: Ultrastructure of voluntary muscle in childhood malnutrition
Fonte: West Indian med. j;44(4):133-9, Dec. 1995.
Idioma: en.
Resumo: This paper is part of a study on the electron microscopy of protein-energy malnutrition, using a rapid autopsy protocol. Samples of voluntary muscle, obtained from eight children dying of severe oedematous malnutrition, were fised in glutaraldehyde within 75 minutes of death. Atrophy of myofibres, increased prominence of satellite cells, and segmental necrobiosis were seen by light microscopy. Electron microscopy showed variable depletion of myofibrils. In the most severe case, there was focal absence of myofibrils, also disorganized Z lines, and absent M bands. Residual atrophic myofibrils measured less than 0.1 µm in width. Other specimens showed sarcomere disorganization, mitochondrial swelling, glycogen depletion, sarcoplasmic oedema, and focal contractions of sarcomeres. Though non-specific, rigor may phosphates. These conditions may exist in severe malnutrition, complicated by terminal infection and metabolic disturbances
Descritores: Músculo Esquelético/ultraestrutura
Desnutrição Proteico-Calórica/patologia
-Microscopia Eletrônica
Atrofia Muscular/etiologia
Atrofia Muscular/patologia
Miofibrilas/patologia
Limites: Seres Humanos
Lactente
Feminino
Responsável: JM3.1 - Médical Library


  9 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-134413
Autor: De Rosa, Susana; Litwin, N; Dávila, María Teresa G. de; Ruiz, J. A; Guastavino, Elsa; Pini, Aída de; Queralt, Ana María.
Título: Correlación de anticuerpos antigliadina y antiendomisiales clase IgA (AGA-IgA--EmA-IgA) con la histología intestinal en la enfermedad celíaca (EC) / The correlation of IgA-class antigliadin and antiendomysial antibodies (AGA-IgA--EmA-IgA) with the intestinal histology in celiac disease (CD)
Fonte: Acta gastroenterol. latinoam;22(3):161-7, jul.-sept. 1992. ilus, tab, graf.
Idioma: es.
Descritores: Doença Celíaca/imunologia
Gliadina/imunologia
Imunoglobulina A/sangue
Intestino Delgado/patologia
Miofibrilas/imunologia
-Biópsia
Criança
Pré-Escolar
Doença Celíaca/diagnóstico
Doença Celíaca/patologia
Doença Celíaca/terapia
Resumo em Inglês
Lactente
Sensibilidade e Especificidade
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 13 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-101915
Autor: Canaval Erazo, Gladys Eugenia.
Título: Curso temporal de la tension pico generada en sacudidas simples periodicas por musculos sartorios parcialmetne recuperados despues de una fase de fatiga / Temporal course of the peak tension generated in periodical simple jerks of sartorium partially restored after a fagighe phase.
Fonte: s.l; s.n; 1983. <150> p.
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad del Valle. Facultad de Salud. Departamento de Ciencias Fisiologicas para obtenção do grau de Master en Ciencias Fisiologia.
Resumo: Mediante un diseno de bloques balanceados incompletos se trabajo con musculos sartorios de Bufo Marinus aislados que se contraian isometricamente; estos fueron sometidos a diversos tratamientos en los cuales fueron fatigados por estimulacion tetanica o por sacudidas simples hasta que la tension se redujo 20, 40 y 60% de la tension control en sacudida simple y a los que se permitio recuperar parcialmente con tiempos de recuperacion de 0.5, 2 y 5 min; pasado este timepo los musculos se sometieron auna segunda fase de estimualcion por sacudidas simples a 1 Hz. Se encontro que la caida de tension durante la primera fatiga sigue el mismo patron descrito en otros trabajos, pero durante la segunda fatiga dicho patron varia, presentando dos fases exponenciales una rapida inicial seguida por otra lenta. Existen exponenciales una rapida inicial seguida por otra lenta. Existen diferencias adicionales entre las fases iniciales de las dos fatigas; en cambio, las segundas fases son iguales, con lo cual la fase rapida se constituye en una transitoria; pasada esta el musculo se hallaria en condiciones semejantes a los del fin de primera fatiga. Los parametros que caracterizan la fase rapida de la pregunta fatiga, mas no los de la fase lenta, resultaron ser dependientes de la historia previa del musculo. Se propone un modelo hidraulico (con sus correspondientes expresiones matematicas) para el manejo de calcio en el musculo, con base en un modelo de compartimentos siguiendo la idea de comportamentalizacion de CA++ propuesta por otros autores, con un deposito pequeno. El empobrecimiento del deposito pequeno daria cuenta de la .....
Descritores: Contração Muscular
Miofibrilas/metabolismo
Miofibrilas/fisiologia
-Bufo marinus
Cálcio/metabolismo
Estimulação Elétrica/instrumentação
Estimulação Elétrica/métodos
Músculos/fisiologia
Músculos/metabolismo
Limites: Animais
Responsável: CO47.1 - Centro de Documentación
CO47.1/VC-UV/EN



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde