Base de dados : LILACS
Pesquisa : A11.118.637 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 412 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 42 ir para página                         

  1 / 412 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-268655
Autor: Lorenzi, Therezinha F.
Título: Manual de Hematologia: propedeutica e clinica / Hematology manual.
Fonte: Rio de Janeiro; Medsi; 1992. 500 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Patologia
Biologia Celular
Eritrócitos
Hematologia
Hematologia/classificação
Hematologia/história
Hemostasia
Anemia
Leucócitos
Baço
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1; L0193


  2 / 412 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-201689
Autor: Marques, Mariangela Esther Alencar.
Título: Atividade do antígeno de referência do Paracoccidioides brasiliensis em teste de imunidade celular na Paracoccidoidomicose experimental e humana / Activity of Paracoccidoides brasiliensis reference antigen in cellular immunity test for experimental and human paracoccidioidomicosis.
Fonte: Botucatu; s.n; 1993. 103 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista \"Júlio de Mesquita Filho\" para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Recentemente Camargo et al. (1988) padronizaram o exoantígeno do P. brasiliensis obtido de filtrado de culturas leveduriformes da cepa 339 do fungo; esse antígeno tem sido proposto como padräo de referência (AgR) para testes de imunidade humoral na paracoccidioidomicose (PCM). O objetivo principal do presente trabalho foi o de avaliar a atividade de AgR na medida da resposta imune-celular "in vivo" e "in vitro" em PCM experimental e humana. Os experimentos foram realizados inicialmente em camundongos (G) e cobaios (G') divididos em três grupos: infectados com P. brasiliensis (G1:n=7 e G'1:n=16) sensibilizados com antígenos do fungo (G2:n=36 e G'2:n=12) e controles (G3:n=19 e G'3:n=19) respectivamente. A resposta imuno celular específica ao P. brasiliensis foi avaliada "in vivo" em camundongos e cobaios dos três grupos experimentais, através de reaçöes intradérmicas com AgR: teste do coxim plantar (TCP) para camundongos e testes cutâneos para os cobaios. A leitura das reaçöes foi feita após 24 e/ou 48 h da inoculaçäo do antígeno. A avaliaçäo da resposta imune-celular "in vitro" foi feita através de Testes de Inibiçäo da Migraçäo de Macrófagos (TIMM) na presença do AgR, utilizando-se células do baço para o grupo G e células de exsudato peritoneal para o grupo G'. Os testes foram previamente padronizados em animais G3 e G'3 para estabelecer a maior diluiçäo do AgR que näo determinasse clinicamente reaçäo inespecífica nos controles. Foram utilizados quarenta pacientes com diversas formas clínicas de apresentaçäo da PCM e dezoito controles adultos sem epidemiologia para PCM, com respostas negativas ao teste cutâneo com AgF. A avaliaçäo da resposta imune-celular "in vivo" foi feita com reaçöes intradérmicas. O AgR em humanos foi submetido a dois métodos de esterilizaçäo: filtro de millipore (AgRf) e autoclave (AgRa). Após a padronizaçäo prévia nos controles para determinar a maior dose näo tóxica de AgR, trinta pacientes e doze controles realizaram reaçöes intradérmicas com AgRa; dez pacientes e seis controles com AgRf. A resposta imune-celular "in vitro" foi avaliada através de Testes de Inibiçäo da Migraçäo Leucocitária (TIML), utilizando-se células do sangue periférico em trinta pacientes e doze controles.
Descritores: Paracoccidioidomicose/imunologia
Imunidade Celular/imunologia
Leucócitos/imunologia
Antígenos
Inibição de Migração Celular
Técnicas In Vitro
Macrófagos/imunologia
Relação Dose-Resposta Imunológica
-Testes Cutâneos
Testes Imunológicos
Limites: Humanos
Animais
Camundongos
Cobaias
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação
BR33.1


  3 / 412 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-65538
Autor: Haddad Júnior, Vidal; Haddad, William T.
Título: BAU de 1- grau reversível associado a vasculite leucocitoclástica: relato de caso
Fonte: Arq. bras. cardiol;51(6):459-61, dez. 1988. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Os autores apresentam um caso de vasculite leucocitoclástica em jovem de 29 anos, sexo masculino, com envolvimento sistêmico manifestado por púrpura, hematúria macroscópica, dor articular, moderada cardiomegalia e bloqueio atrioventricular de 1- grau, alteraçöes que desapareceram com a regressäo do surto, sem uso de medicamentos. Conjuntamente, é apresentada uma revisäo sobre a doença e as manifestaçöes do comprometimento cardíaco
Descritores: Vasculite/complicações
Leucócitos
Bloqueio Cardíaco/etiologia
Limites: Adulto
Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros


  4 / 412 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-157334
Autor: Kitamura, Cecilia; Cangerana, Fernanda Alves; Yokomizo, Ryuko Miyamaru; Gushiken, Elena Yoko; Niero, Luiz Italo; Munhoz, Marcos Antonio Goncalves.
Título: A importancia do diagnostico e do estudo familiar na anomalia de Pelger-Huet / The importance of the diagnostic and the family study of the Pelger-Huet
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;54(2):115-20, 1994. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A anomalia de Pelger-Huet e uma alteracao leucocitaria autossomica dominante, caracterizada pela segmentacao incompleta do nucleo dos neutrofilos e eosinofilos. A forma heterozigoto em geral e assintomatica, com prevalencia que varia de 1:1.000 a 1:10.000 pessoas, podendo acometer caucasoides, negroides e orientais. A forma homozigoto e extremamente rara, algumas vezes letal. Os autores estudaram o sangue periferico de uma familia de dez pessoas, sete portadoras desta anomalia, nas quais os neutrofilos e eosinofilos apresentaram nucleos com aspecto em "casca de amendoim" e "oculos" (pince-nez), com cromatina mais densa. No heredograma e ilustrada a distribuicao da anomalia nos individuos portadores. O reconhecimento desta anomalia leucocitaria nos hemogramas e importante, pois evita interpretacoes clinicas erroneas, como o "desvio a esquerda" por causa infecciosa
Descritores: Anomalia de Pelger-Huët/diagnóstico
-Leucócitos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  5 / 412 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-141019
Autor: Munhoz, Marcos Antonio Gonçalves; Yokomizo, Ryuko Miyamam; Gushiken, Elena Yoko; Zamfirov, Vânia Maria Caçäo; Arruda, Inês de Castro; Cangerana, Fernanda Alves; Niero, Luiz Italo; Azevedo Neto, Raymundo Soares de.
Título: Determinaçäo de valores-alvo para uso no controle de qualidade de analisadores hematológicos / Determination of target values for use in quality control of hematology analysers
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;53(1/2):41-7, 1993. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os autores relatam um estudo retrospectivo realizado com valores hematimétricos(hemoglobina, hematócrito e hemácias), índices hematimétricos(volume corpuscular médio, hemoglobina corpuscular média e concentraçäo de hemoglobina corpuscular média) e leucócitos, obtidos em 3 anos(1988 a 1990), provenientes de dois analisadores hematológicos semi-automatizados, previamente calibrados com padröes primários e amostra controle, para estabelecimento de valores-alvo (média das médias diárias), que seräo utilizados no monitoramento da exatidäo desses equipamentos. Preliminarmente, foram calculadas as médias, as medianas, as modas e as frequências das 1000 primeiras determinaçöes do ano de 1988, para avaliaçäo das distribuiçöes da populaçäo estudada. A seguir, realizou-se estudo estatístico retrospectivo através de microcomputador, analisando-se 613 rotinas, com 392.000 determinaçöes, de 56.000 pacientes de Centros de Saúde do ERSA 2, Município de Säo Paulo, sendo calculadas as médias aritméticas, os desvios padräo e os coeficientes de variaçäo, e determinadas as medianas e as médias aritméticas máximas e mínimas, de cada ano em separado e nos três anos em conjunto. Das relaçöes entre os valores hematimétricos, foram obtidas fórmulas empíricas para serem usadas no controle dos analisadores hematológicos. Os valores-alvo obtidos foram: Hemoglobina 13,4g/dL, Hematócrito 40,1 por cento Hemácias 4,63x10(6)/mm(3), Volume corpuscular médio 86,7 u(3), Hemoglobina corpuscular média 29,1pg, Concentraçäo de Hemoglobina corpuscular média 33,5 por cento e Leucócitos 7,91x10(3)/mm. Os intervalos de referência dos valores-alvo säo apresentados com 1 e 2 desvios padräo
Descritores: Controle de Qualidade
-Hemoglobinas
Estudos Retrospectivos
Leucócitos
Hematócrito
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  6 / 412 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-432560
Autor: Madella, Daniela Alves; Rodrigues Neto, Elias José; Felisberto, Maria Elisa; Souza, Celso Eduardo de.
Título: Valores hematológicos de capivaras ( Hydrochoerus hydrochaeris ) Rodentia: Hydrochoeridae ) de vida livre na região de Campinas-SP / Capybara's ( Hydrochoerus hydrochaeris ) hematological values free ranging life from Campinas regions, São Paulo state, Brazil
Fonte: Ciênc. rural;36(4):1321-1324, jul.-ago. 2006. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi determinar os valores hematológicos de 14 capivaras de vida livre capturadas nos municípios de Campinas, Monte Alegre do Sul e de São João da Boa Vista. Para a obtenção das amostras de sangue, os animais foram anestesiados via intramuscular, mediante associação de cloridrato de xilazina 2 por cento e cloridrato de ketamina 1 por cento, em doses de 4,5mg/kg/pv e 5,0mg/kg/pv, respectivamente. O sangue foi coletado em tubos contendo EDTA. Para a determinação dos números de eritrócitos e leucócitos, foi utilizada a metodologia tradicional da câmara de Neubauer. O hematócrito foi determinado pelo método de microhematócrito e a hemoglobina pelo método da cianometahemoglobina. Para a contagem diferencial de leucócitos, foi utilizada a técnica de Shilling. Os índices hematimétricos (VCM, HCM E CHCM) foram determinados com os valores encontrados na série vermelha. Os resultados da série eritrocitária foram: 4,5 x10(6)/miL ± 0,2; hemoglobina: 13.5g/dL ± 0,7; hematócrito: 40,4 por cento ± 2; VCM: 90,2 fL ± 0,9; HCM: 30,1 pg ± 0,7; CHCM: 33,3g/dL ± 1. Na série leucocitária: 5,3 x10 /miL ± 2; bastonetes: 1 por cento ± 2,1; segmentados: 36,6 por cento ± 19,9; eosinófilos: 3,5 por cento ± 11,7; basófilos: 0 por cento; linfócitos: 58,8 por cento ± 19,6; monócitos: 1,5 por cento ± 2,1. Não foram encontrados os mielócitos e metamielócitos.
Descritores: Roedores
Linfócitos
Hematologia
Leucócitos
Basófilos
Hematócrito
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  7 / 412 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-557392
Autor: Silva, Sueli Riul da; Nascimento, Talita Garcia do.
Título: Leucocitúria em pacientes submetidas a quimioterapia e coleta de urina / Leucocituria in patients submitted to chemoteraphy and urine collection / Leucocitúria en pacientes sometidas a quimioterapia y recolección de orina
Fonte: Rev. bras. enferm;63(4):616-622, jul.-ago. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do estudo foi verificar a freqüência de leucocitúria em portadoras de câncer ginecológico em quimioterapia (QT) e avaliar as práticas na coleta de urina para exame. Pesquisa descritiva, transversal realizada com mulheres portadoras de câncer ginecológico, durante seções de QT. Com entrevista semi-estruturada foi identificada técnica da coleta de urina e verificados os resultados dos exames realizados antes das seções de QT. Das 30 entrevistadas, 80 por cento relataram coletar corretamente urina, 100 por cento apresentaram pelo menos um erro durante o processo. A frequência de leucocitúria foi de 30 episódios. Os erros ocorreram principalmente na higienização genital e coleta do jato urinário. Infere-se que a forma errônea na coleta de urina somada a neutropenia sejam responsáveis pela leucocitúria.

The proposal of the study was to verify leucocituria frequency in carriers of gynecological cancer in chemotherapy (CT) and to identify practices in urine collection for exam. Descriptive transversal study carried out with ginecologyc cancer patients during chemotherapy sections. With semi-structured interview, it was identified urine collection technique and verified the results of exams accomplished before chemotherapy sections. Among 30 interviews, 80 percent related to collect urine correctly, 100 percent presented at last a mistake during the process. Leucocituria frenquency was 30 episodes. The mistakes occurred mostly in genital cleaning and collection of the urinary jet. It infers that the erroneous form in the collection in addition to the neutropenia can be responsible for the leucocituria.

El objetivo del estudio fue verificar la frecuencia de leucocitúria en portadoras de cáncer ginecológico en quimioterapia (QT) e identificar las prácticas en la colecta de orina para examen. Pesquisa descriptiva transversal realizada con portadoras de cáncer ginecológico, durante las secciones de QT. Por medio de entrevista semi-estructurada fue identificada técnica de colecta de orina y verificados los resultados de los exámenes realizados antes de las secciones de QT. De las 30 entrevistadas, 80 por ciento relataron colectar correctamente la orina, 100 por ciento presentaron por lo menos un error durante el proceso. La frecuencia de leucocitúria fue de 30 episódios. Los errores ocurrieron principalmente en la higienización genital y colecta del chorro urinario. Se infiere que la forma errada en la colecta de orina sumada a la neutropénia sean responsables por la leucocitúria.
Descritores: Neoplasias dos Genitais Femininos/tratamento farmacológico
Neoplasias dos Genitais Femininos/patologia
Leucócitos
Urina/citologia
-Estudos Transversais
Urinálise
Adulto Jovem
Limites: Adulto
Idoso
Feminino
Humanos
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 412 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-885959
Autor: HOSHINO, Maria Danielle Figueiredo Guimarães; MARINHO, Renata das Graças Barbosa; PEREIRA, Diogle Farias; YOSHIOKA, Eliane Tie Oba; TAVARES-DIAS, Marcos; OZORIO, Rodrigo Otavio de Almeida; RODRIGUEZ, Anselmo Fortunato Ruiz; RIBEIRO, Ricardo Amaral; FARIA, Fernando Sérgio Escócio Drummond Viana de.
Título: Hematological and biochemical responses of pirarucu (Arapaima gigas, Arapaimidae) fed with diets containing a glucomannan product derived from yeast and algae / Respostas hematológicas e bioquímicas de pirarucu (Arapaima gigas, Arapaimidae) alimentado com dietas contendo mananoligossacarídeos derivados de leveduras e algas
Fonte: Acta amaz;47(2):87-94, Apr.-June 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: Brazilian Federal Agency for Support and Evaluation of Postgraduate Education (CAPES).
Resumo: ABSTRACT The hematological and biochemical responses of pirarucu fingerlings (Arapaima gigas) fed with diets containing different concentrations of a glucomannan product derived from yeast and algae were evaluated in order to ascertain the effect of these diets on fish physiology. Four treatments were conducted, with three replications, with 12 fish in each tank. The product evaluated (MycosorbA+(r)) was incorporated into the commercial diet, at four concentrations: 0, 1, 2 and 4 g.kg-1, called M0%, M0.1%, M0.2% and M0.4%, respectively. After 45 days of feeding, blood samples from six fish in each replicate were collected to perform the analyses. Their weight and length were determined to calculate the condition factor and weight gain, but no differences (P > 0.05) were observed among the treatments. No changes to the hematocrit, hemoglobin or erythrocyte levels or to the hematimetric indices of the pirarucus were observed. The glucose and triglyceride levels of the pirarucus in the M0.1% and M0.2% groups were significantly lower than those of the M0% group. The M0.2% group showed higher albumin levels (P < 0.05) than M0% and M0.4%. The M0.4% group showed a total cholesterol level that was significantly higher than in all other treatments. MycosorbA+(r) contributed towards increasing the levels of defense cells in A. gigas. It would be possible to use this product at concentrations of between 0.1% and 0.2%, given that they increase the levels of some defense cells and plasma albumin concentrations, without changes to hematological parameters, cholesterol and triglyceride plasma levels or condition factor.

RESUMO As características hematológicas e bioquímicas de alevinos de pirarucu Arapaima gigas alimentados com diferentes concentrações de mananoligossacarídeos derivados de leveduras e algas na dieta foram avaliadas para verificar o efeito sobre sua fisiologia. Quatro tratamentos foram conduzidos com três repetições (12 peixes em cada). O produto avaliado (MycosorbA+(r)) foi incorporado à ração comercial, em quatro níveis: 0, 1, 2 e 4 g kg-1 de ração, denominados M0%, M0,1%, M0,2% e M0,4%, respectivamente. Após 45 dias de alimentação, amostras de sangue de seis peixes de cada repetição foram coletadas para realização das análises. O peso e comprimento foram obtidos para cálculo do fator de condição e ganho de peso, entretanto, não foram observadas diferenças (P>0,05) entre os tratamentos. Assim como não foram observadas alterações nos valores de hematócrito, hemoglobina, eritrócitos e índices hematimétricos dos pirarucus. A concentração de glicose e triglicérides dos pirarucus dos grupos M0,1% e M0,2% foram significativamente menores que o tratamento M0%. Os peixes do tratamento M0,2% apresentaram níveis de albumina maior (P<0,05) que do M0% e M0,4%. Os peixes alimentados com M0,4% mostraram nível de colesterol total significativamente maior que todos os demais tratamentos. MycosorbA+(r) contribuiu para o aumento das células de defesa de A. gigas, podendo ser utilizado nas concentrações de 0,1% a 0,2%, devido ao aumento do número de certas células de defesa e dos níveis plasmáticos de albumina e por não ter sido observadas outras alterações nos parâmetros hematológicos, nos níveis plasmáticos de colesterol e triglicérides e no fator de condição.
Descritores: Albuminas
Leucócitos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  9 / 412 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-899363
Autor: Monroy-Jaramillo, Nancy.
Título: Analyzing leukocyte telomere length in bipolar disorder
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;39(3):274-274, July-Sept. 2017.
Idioma: en.
Descritores: Transtorno Bipolar
Telômero
-Envelhecimento
Leucócitos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 412 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-899362
Autor: Barbé-Tuana, Florencia M; Parisi, Mariana M; Panizzutti, Bruna S; Fries, Gabriel R; Grun, Lucas K; Guma, Fátima T; Kapczinski, Flávio; Berk, Michael; Gama, Clarissa S; Rosa, Adriane R.
Título: Analyzing leukocyte telomere length in bipolar disorder: Authors' reply
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;39(3):275-276, July-Sept. 2017.
Idioma: en.
Descritores: Transtorno Bipolar
-Telômero
Encurtamento do Telômero
Leucócitos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 42 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde