Base de dados : LILACS
Pesquisa : A11.436.348 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 142 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 15 ir para página                         

  1 / 142 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-996705
Autor: Paulo, Brena Elisa de; Rocha, Lenado Branco.
Título: Quantificação de mastócitos em lesões reversíveis e irreversíveis do fígado humano / Quantification of mast cells in reversible and irreversible human liver lesions
Fonte: Arq. ciências saúde UNIPAR;23(2):97-105, maio-ago. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Os mastócitos são células distribuídas pela maior parte do corpo e são reguladores importantes da resposta inflamatória. Nesse estudo o objetivo foi quantificar os mastócitos presentes em fígado humano normal, com esteatose e com cirrose. Foram utilizadas peças de fígado humano do Laboratório de Patologia Geral da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, onde selecionaram 16 peças anatômicas, dividindo-se em três grupos: fígado normal (controle), com esteatose e com cirrose. Realizou-se a confecção de 32 lâminas, as quais foram submetidas à duas colorações, sendo HE para análise histopatológica, e Azul de Toluidina para quantificação de mastócitos. Realizou-se análise estatística e a confecção de gráfico, composto pelo número de mastócitos por campo em cada grupo. Observou-se que o aumento da quantidade de mastócitos presentes é diretamente proporcional ao agravo da doença, sendo que a maior população foi encontrada no processo crônico de cirrose hepática. Portanto, subentende-se que exista uma relação intrínseca entre a presença dos mastócitos e, consequente, agravo do processo fibrótico em humanos, de tal modo que uma célula influencie no funcionamento da outra. Torna-se necessário a realização de mais estudos para esclarecerem de forma detalhada tal interação.

Mast cells are distributed in most tissues of the human body and are key regulators of the inflammatory response. The aim of the study was to quantify the presence of mast cells in healthy human livers and diseased human livers presenting steatosis and cirrhosis. Human liver samples were obtained from the General Pathology Laboratory at the Federal University of Triângulo Mineiro. Sixteen samples were divided into three groups: normal liver (control), steatosis, and cirrhosis. A total of 32 slides were prepared, which were submitted to two stainings, the hematoxylin and eosin (HE) for histopathological analysis, and Toluidine Blue (TB) for mast cell quantification. Statistical analysis and a graph composition were performed, presenting the number of mast cells per field in each group. It was observed that the increase of mast cells is directly proportional to the disease burden, and the greatest increase was found in the population with chronic liver cirrhosis. Therefore, it is understood that there is an intrinsic relationship between the presence of mast cells and the consequent aggravation of the fibrotic process in humans, in such way that one cell influences the functioning of the other. Further studies area necessary in order to clarify such interaction.
Descritores: Ferimentos e Lesões
Fígado
Cirrose Hepática
Mastócitos
-Coloração e Rotulagem
Capilares
Citocinas
Hepatócitos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  2 / 142 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886689
Autor: MARINHO, KETSIA S N; ANTONIO, ERIVALDO A; SILVA, CAMILLA V N S; SILVA, KEILA T DA; TEIXEIRA, VALÉRIA W; AGUIAR JUNIOR, FRANCISCO C A DE; SANTOS, KATHARINE R P DOS; SILVA, NICÁCIO H DA; SANTOS, NOEMIA P S.
Título: Hepatic toxicity caused by PLGA-microspheres containing usnic acid from the lichen C ladonia substellata (AHTI) during pregnancy in Wistar rats
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(2):1073-1084, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT This study aimed to evaluate the teratogenic and hepatotoxic potential of the usnic acid encapsulated into PLGA-microspheres. In total, 12 female Wistar rats in pregnancy were randomly distributed in the control group (n= 6) that received 1.0 mL of physiological solution and treatment group (n= 6) that received 25 mg/kg of encapsulated usnic acid by oral administration. All females were euthanized at day 20 of pregnancy and their fetuses were removed and analyzed. During the pregnancy was observed a reduction in weight gain. There was no difference in serum transaminases levels analyzed as well as any difference in liver weight in both groups. The histomorphometric analysis of the liver from the treatment group revealed an increase in number of hepatocytes and a decrease in nuclear area of these cells. Moreover, no alteration was observed in cell area of hepatocytes or number of Kupffer cells. The fetuses had an increase in total number of hepatocytes and a reduction in the amount of megakaryocytes. These results show the hepatotoxic potential of usnic acid during pregnancy. However, its toxicity can be minimized by encapsulation in microspheres.
Descritores: Ácido Poliglicólico/toxicidade
Ascomicetos/química
Benzofuranos/toxicidade
Ácido Láctico/toxicidade
Feto/efeitos dos fármacos
Líquens/química
Fígado/efeitos dos fármacos
-Ácido Poliglicólico/química
Valores de Referência
Anormalidades Induzidas por Medicamentos
Benzofuranos/química
Distribuição Aleatória
Ratos Wistar
Exposição Materna
Ácido Láctico/química
Peso Fetal/efeitos dos fármacos
Hepatócitos/efeitos dos fármacos
Copolímero de Ácido Poliláctico e Ácido Poliglicólico
Fígado/patologia
Limites: Animais
Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 142 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-839158
Autor: Moreira-de-Sousa, C; Iamonte, M; Fontanetti, C S.
Título: Midgut of the diplopod Urostreptus atrobrunneus: structure, function, and redefinition of hepatic cells / Intestino médio do diplópodo Urostreptus atrobrunneus: estrutura, função e redefinição das células hepáticas
Fonte: Braz. j. biol;77(1):132-139, Jan-Mar. 2017. graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Abstract Diplopods are considered important macroarthropods the soil as part of its maintenance and balance. These animals usually do not occur in high densities, but population explosions caused by environmental disturbances, climate changes, and use of pesticides that eliminate possible competitors, have been reported. The millipede Urostreptus atrobrunneus Pierozzi and Fontanetti, 2006 have become a nuisance to humans in infestation sites in urban centers of the state of Sao Paulo, Brazil. As a contribution to the understanding of this potential pest, this study describes the histology, histochemistry, and ultrastructure of the U. atrobrunneus midgut, and presents the redefinition of hepatic cells somewhat controversial in the literature. The region of the midgut is characterized by the absence of a cuticular intima, and composed of a pseudostratified epithelium on a thick basal membrane, followed by a muscle layer, a layer of hepatic cells, lined by an external membrane. The morphology observed in U. atrobrunneus is similar to that reported for other species of diplopods. The hepatic cells have been previously described as randomly without forming a layer, however, the present results clearly demonstrate that these cells form a continuous layer over the whole midgut.

Resumo Diplópodos são considerados importantes macro-artrópodes do solo, uma vez que participam de sua manutenção e equilíbrio. Comumente estes animais não apresentam população numerosa, porém há relatos de explosões populacionais ocasionadas por desequilíbrios ambientais, mudanças climáticas e utilização de pesticidas que eliminam possíveis competidores. O milípede Urostreptus atrobrunneus Pierozzi e Fontanetti, 2006, têm apresentado pontos de infestação em centros urbanos, do estado de São Paulo, Brasil, causando muitos transtornos à população humana. Com objetivo de contribuir para o conhecimento desta potencial praga, este trabalho apresenta a descrição histológica, histoquímica e ultra-estrutural do intestino médio do milípede U. atrobrunneus, bem como apresenta a redefinição das células hepáticas, um tanto controversa na literatura pertinente. A região do intestino médio é caracterizada pela ausência da íntima cuticular, sendo formado por um epitélio pseudoestratificado, apoiado por uma membrana basal espessa, seguido de uma camada muscular, uma camada de células hepáticas, revestido por uma membrana externa. A morfologia observada neste trabalho assemelha-se bastante com as descrições de outras espécies de diplópodos estudadas até o momento. As células hepáticas foram previamente descritas como dispostas aleatoriamente sem a formação de uma camada, contudo, os presentes resultados demonstram claramente que estas células formam uma camada contínua ao longo de todo o intestino médio.
Descritores: Artrópodes/anatomia & histologia
Hepatócitos/citologia
Trato Gastrointestinal/anatomia & histologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 142 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-461269
Autor: Braun, Ana Caroline; Pranke, Patricia.
Título: Potencialidades da terapia com células-tronco na regeneração hepática / Potentialities of stem cell therapy in hepatic regeneration
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;65(3):146-156, set.-dez. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: As células-tronco são capazes de dar origem a diferentes tecidos e órgãos. Muitos artigos e experimentoscientíficos têm sido realizados com o intuito de conhecer melhor os mecanismos pelos quais essas células agem para regenerar os tecidos danificados e na atividade terapêutica de doenças incuráveis. O fígado possui uma notável capacidade de auto-reparo. As células hepáticas envolvidas na regeneração do fígado expressam os muitos dos marcadores presentes nas células-tronco hematopoéticas. Além disso, já foi demonstrado que as células da medula óssea podem originar células do epitélio hepático. Neste contexto, pode-se sugerir que as células-tronco desempenham um papel de suma importância no reparo das células hepáticas lesadas.
Descritores: Células-Tronco
Fígado
Hepatócitos
Regeneração Hepática
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  5 / 142 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1056396
Autor: Eid, Refaat A; Zaki, Mohamed Samir Ahmed; Alghamdi, Mansour A; Sideeg, Abulqasim Mohammed; Ali, Kamal, Z. M; Andarawi, Mohamed; Haidara, Mohamed A.
Título: Vitamin C administration attenuated artemether induced hepatic injury in rats / La aAdministración de vitamina C atenúa la lesión hepática inducida por artemeter en ratas
Fonte: Int. j. morphol;38(1):48-55, Feb. 2020. graf.
Idioma: en.
Projeto: King Khalid University.
Resumo: This research was designed to investigate the potential protective effect of vitamin C supplementation against hepatocyte ultrastructural alterations induced by artemether (antimalarial drug) administration. Twenty-four adult male albino rats were used in this study and were divided into four groups (n=6). Group I served as a control and rats in group II administrated artemether (4 mg/kg B.W) orally for three consecutive days. Group III administered artemether plus a low dose of vitamin C (2.86 mg/kg/l water) while group IV received artemether plusa high dose of vitamin C (8.56 mg/kg). At the end of the experimental period (14 days), the harvested liver tissues were examined by transmission electron microscopy (TEM), and blood samples were assayed for biomarkers of liver injury and oxidative stress. Artemether significantly (p<0.05) augmented biomarkers of liver injury such as alanine aminotransferase (ALT), aspartate aminotransferase (AST), and oxidative stress such as superoxide dismutase (SOD), Glutathione Peroxidase (GPX), and caused degeneration and damage of the rough endoplasmic reticulum and disrupted mitochondria. The blood sinusoids were also damaged with distortion of their canaliculi. Administration of vitamin C showed improvement of liver biomarkers, and liver parenchyma, especially in a high dose of vitamin C.We concludes that vitamin C is a partial protective agent against artemether-induced liver injury.

Esta investigación fue diseñada para investigar el posible efecto protector de la vitamina C contra las alteraciones ultraestructurales de los hepatocitos, inducidas por la administración de arteméter (medicamento antipalúdico). En el estudio se utilizaron 24 ratas albinas macho adultas y se dividieron en cuatro grupos (n = 6). El grupo I fue designado como control y las ratas en el grupo II se adminstró Arteméter (4 mg / kg de peso corporal) por vía oral durante tres días consecutivos. En el grupo III se administró arteméter, además de una dosis baja de vitamina C (2,86 mg / kg / l de agua) mientras que el grupo IV recibió arteméter más una dosis alta de vitamina C (8,56 mg / kg). Al final del período experimental (14 días), los tejidos hepáticos recolectados se examinaron por microscopía electrónica de transmisión (MET), y las muestras de sangre se analizaron en busca de biomarcadores de daño hepático y estrés oxidativo. El arteméter aumentó significativamente (p <0,05) los biomarcadores de daño hepático como alanina aminotransferasa (ALT), aspartato aminotransferasa (AST) y estrés oxidativo como superóxido dismutasa (SOD), glutatión peroxidasa (GPX) y causó degeneración y daño de la retículo endoplásmico rugoso y mitocondrias alteradas. Los sinusoides sanguíneos también fueron dañados con la distorsión de sus canalículos. La administración de vitamina C mostró una mejoría de los biomarcadores hepáticos y el parénquima hepático, especialmente en una dosis alta de vitamina C. Concluimos que la vitamina C es un agente protector parcial contra la lesión hepática inducida por arteméter.
Descritores: Ácido Ascórbico/administração & dosagem
Doença Hepática Crônica Induzida por Substâncias e Drogas/tratamento farmacológico
Artemeter/toxicidade
-Ácido Ascórbico/farmacologia
Superóxido Dismutase/análise
Biomarcadores
Ratos Sprague-Dawley
Estresse Oxidativo/efeitos dos fármacos
Hepatócitos/efeitos dos fármacos
Hepatócitos/ultraestrutura
Microscopia Eletrônica de Transmissão
Modelos Animais de Doenças
Medicamentos Hepatoprotetores
Doença Hepática Induzida por Substâncias e Drogas/patologia
Glutationa Peroxidase/análise
Limites: Animais
Ratos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 142 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049246
Autor: Taha, Mervat El-Sayed; Kamal, Amaal Mohamed; Ibrahim, Dalia Ramzy.
Título: Possible protective effect of olive leaves extract on paracetamol induced hepatotoxicity in male albino rats / Possível efeito protetor do extrato de folhas de oliveira na hepatotoxicidade induzida por paracetamol em ratos albinos machos
Fonte: Biosci. j. (Online);36(1):245-255, jan./feb. 2020. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Paracetamol (PCM) overdose can cause hepatotoxicity with oxidative stress; the present study was carried out to establish the possible protective effect of olive leaves extract (OLE) on toxicity induced by paracetamol in adult male rats. Twenty four adult male rats were divided into four equal groups; control, olive leaves extract group, paracetamol group and olive leaves extract plus paracetamol group. Some biochemical parameters and liver histopathology were evaluated. PCM treatment significantly increased serum aspartate aminotransferase (AST), alanine aminotransferase (ALT), total bilirubin, gamma-glutamyltransferase (GGT), lactate dehydrogenase (LDH), urea, creatinine and alpha-fetoprotein. Paracetamol was found to significantly increase malonaldehyde (MDA) and decrease glutathione reductase (GR) activity in tissue and significantly decrease total antioxidant capacity (TAC) and superoxide dismutase (SOD) in serum. Administration of OLE caused a significant decrease serum AST, ALT enzyme, total bilirubin, GGT, LDH, creatinine, urea, alpha-fetoprotein. Also, amelioration of oxidant ­ antioxidant status with olive leaves extract was observed in addition to a significant decrease in MDA and a significant increase in TAC in liver tissue with a significant increase in glutathione reductase (GR) and SOD in serum compared to paracetamol treated group The chemical pathological changes were in step with histopathological observation suggesting marked hepatoprotective result of olive leaves extract. It could be concluded that olive leaves extract (OLE) treatment may be effective in decreasing hepatic injury and oxidative stress induced by paracetamol overdose in male albino rats

A sobredosagem de paracetamol (PCM) pode causar hepatotoxicidade com estresse oxidativo; o presente estudo foi realizado para estabelecer o possível efeito protetor do extrato de folhas de oliveira (OLE) na toxicidade induzida pelo paracetamol em ratos machos adultos. Vinte e quatro ratos machos adultos foram divididos em quatro grupos iguais: controle, grupo extrato de folhas de oliveira, grupo paracetamol e extrato de folhas de oliveira mais grupo paracetamol. Alguns parâmetros bioquímicos e histopatologia hepática foram avaliados. O tratamento com PCM aumentou significativamente aspartato aminotransferase sérica (AST), alanina aminotransferase (ALT), bilirrubina total, gama-glutamiltransferase (GGT), lactato desidrogenase (LDH), uréia, creatinina e alfa-fetoproteína. Verificou-se que o paracetamol aumenta significativamente o malonaldeído (MDA) e diminui a atividade da glutationa redutase (GR) no tecido e diminui significativamente a capacidade antioxidante total (TAC) e a superóxido dismutase (SOD) no soro. A administração de OLE causou uma diminuição significativa de AST, enzima ALT, bilirrubina total, GGT, LDH, creatinina, uréia, alfa-fetoproteína. Também foi observada melhora do status oxidante - antioxidante com extrato de folhas de oliveira, além de uma diminuição significativa no MDA e um aumento significativo no TAC no tecido hepático, com um aumento significativo na glutationa redutase (GR) e SOD no soro em comparação ao grupo tratado com paracetamol. As alterações patológicas químicas acompanharam a observação histopatológica, sugerindo resultado hepatoprotetor acentuado do extrato de folhas de oliveira. Pode-se concluir que o tratamento com extrato de folhas de oliveira (OLE) pode ser eficaz na diminuição da lesão hepática e do estresse oxidativo induzido pela overdose de paracetamol em ratos albinos machos
Descritores: Extratos Vegetais/farmacologia
Olea
Medicamentos Hepatoprotetores
Doença Hepática Induzida por Substâncias e Drogas/prevenção & controle
Acetaminofen/toxicidade
-Ratos Endogâmicos
Extratos Vegetais/química
Distribuição Aleatória
Oxidantes
Ratos Wistar
Folhas de Planta
Estresse Oxidativo/efeitos dos fármacos
Hepatócitos/efeitos dos fármacos
Fígado/patologia
Antioxidantes/farmacologia
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 142 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1019264
Autor: Barros, Pedro Paulo; Gonçalves, Gisele Mara Silva; Silva, Gustavo Henrique da; Fava, Ana Laura Masquetti.
Título: Pretreatment of hepatetctomized rats with Coleus forskohlii did not interfere with the course of hepatic hyperplasia
Fonte: Acta cir. bras;34(6):e201900607, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Purpose Coleus forskohlii Briq., a medicinal plant originally from India, has been indicated against heart disease, expiratory disorders, convulsions, and hepatic changes, among others. In view of the broad pharmacological potential of the plant and the scarce information about its effects, the objective of the present study was to investigate the effect of its use for pretreatment of partially hepatectomized rats. Methods The animals were divided into two experimental groups: Control (CG) receiving physiological saline for 10 days before partial hepatetctomy, and Treated (TG) receiving 40 mg Coleus forskohlii/kg/day for 10 days before partial hepatectomy. The treatments were performed by gastric gavage. After the surgical procedure, treatment was continued according to the following groups: CG 24 h, CG 48 h, TG 24 h, and TG 48 hs, and liver tissue and intracardiac blood samples were obtained for histological and biochemical analysis, respectively. Results No significant differences were observed in mitotic or apoptotic index or in the concentrations of the enzymes AST, ALT and alkaline phosphatase, and no areas of fibrosis were detected. Conclusion Treatment with Coleus forskohlii did not interfere with the course of hepatic hyperplasia.
Descritores: Extratos Vegetais/administração & dosagem
Plectranthus/química
Hepatectomia/métodos
Fígado/patologia
-Aspartato Aminotransferases/sangue
Biomarcadores/sangue
Hepatócitos/efeitos dos fármacos
Alanina Transaminase/sangue
Fosfatase Alcalina/sangue
Hiperplasia/tratamento farmacológico
Fígado/cirurgia
Fígado/efeitos dos fármacos
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 142 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lima, Sonia Oliveira
Texto completo
Id: lil-795998
Autor: Figueiredo, Maria Bernadete Galrão de Almeida; Santana, Vanessa Rocha de; Nardelli, Maria Júlia; Nogueira, Matheus de Souza; Azevedo, Danilo Xavier; Santana, Danillo Primo Andrade; Figueiredo, Ana Galrão de Almeida; Duarte, Ívison Xavier; Albuquerque Junior, Ricardo Luiz Cavalcanti de; Lima, Sônia Oliveira.
Título: The effect of the aqueous extract Peumus boldus on the proliferation of hepatocytes and liver function in rats submitted to expanded hepatectomy
Fonte: Acta cir. bras;31(9):608-614, Sept. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT PURPOSE: To assess the effect of aqueous extract of Peumus Boldus (AEPB) on the liver proliferative response after parcial hepatectomy of 70% (PH) in rodents. METHODS: Twenty Wistar rats were divided in two groups: AEPB100 (whose rats received 100mg/Kg of AEPB, once a day, orally, in 4 days prior to the first surgical procedure) and Vehicle (whose rats were treated similarly with distilled water). Both groups underwent PH. After 24 hours the remaining livers were removed for studying the proliferation of hepatocytes by Ki-67 and 2mL of blood were collected for serological assessment: cholesterol, glucose, triglycerides, aspartate aminotransferase, alanine aminotransferase, alkaline phosphatase, and total, direct and indirect bilirubin. All data were analyzed by Gaussian distribution. Statistically significant differences between mean values were analyzed using T Student's test. Non-Gaussian data were analyzed using Mann-Whitney's test. RESULTS: The liver of all these rats presented positive staining of Ki-67, indicating liver proliferation. Laboratory results showed no significant difference in serum values between the analyzed groups. The analysis of Ki-67 was significantly more positive in AEPB100 group than in Vehicle group. CONCLUSION: Aqueous extract of Peumus Boldus acute administration exerts significant positive effect on liver regeneration after 24h in rats that underwent parcial hepatectomy, while maintaining unchanged hepatic function.
Descritores: Extratos Vegetais/farmacologia
Hepatócitos/efeitos dos fármacos
Peumus/química
Hepatectomia/métodos
Fígado/fisiologia
Regeneração Hepática/efeitos dos fármacos
-Ratos Wistar
Folhas de Planta/química
Hepatócitos/metabolismo
Modelos Animais de Doenças
Fígado/efeitos dos fármacos
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 142 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1049618
Autor: Cardoso, Liana Monteiro da Fonseca.
Título: Padronização das condições de criopreservação de hepatócitos de rato para terapia celular / Standardization of cryopreservation conditions of rat hepatocytes for cell therapy.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2015. xvi, 84 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A insuficiência hepática aguda (IHA) é uma síndrome clínica grave e complexa, que se destaca pela súbita perda funcional dos hepatócitos. O transplante hepático ainda é a única opção terapêutica definitiva para a substituição da função hepática. Infelizmente, há grande limitação de doadores, o que contribui para uma alta mortalidade de pacientes. Novas estratégias de suporte ao transplante precisam ser desenvolvidas a fim de minimizar a mortalidade de pacientes em filas de espera. Logo, a proposta do transplante hepatocitário pode melhorar a qualidade de vida até o dia do transplante ou mesmo levar à recuperação do paciente. Contudo, o maior desafio para o uso clínico é a disponibilidade de hepatócitos em boas condições para o transplante e a criopreservação é um fator essencial a esta demanda, uma vez que torna possível o armazenamento de hepatócitos em grande escala. No entanto, hepatócitos são altamente suscetíveis ao processo de congelamento. Dessa forma, este estudo tem como objetivo desenvolver um protocolo de criopreservação de hepatócitos, utilizando substâncias naturais que possam minimizar as criolesões

Hepatócitos de ratos foram isolados por dois métodos de dissociação enzimática. A viabilidade celular foi analisada por exclusão do azul de tripan, calceína-AM, iodeto de propídio e pelo método de MTT antes e após a criopreservação. Hepatócitos recém isolados utilizando a enzima colagenase não nos permitiu medir a viabilidade pela técnica de exclusão do azul de tripan. Entretanto, tais células apresentaram atividade metabólica, confirmada pelo ensaio de MTT. O isolamento de hepatócitos de rato com o reagente de digestão Tryple Express mostrou ser eficaz no processo de isolamento das células hepáticas e nos permitiu avaliar a viabilidade em todos os métodos propostos. Além disso, demonstramos que hepatócitos podem ser criopreservados em DMSO a 5%, metade da concentração sugerida pela literatura. Células criopreservadas com 0,2 M de trealose, na ausência de DMSO, apresentaram maior viabilidade quando comparadas àquelas submetidas a apenas 5% de DMSO, demonstrando que a trealose é um potencial agente crioprotetor. (AU)
Descritores: Criopreservação
Falência Hepática Aguda
Hepatócitos
Fígado
Limites: Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  10 / 142 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1049588
Autor: Cardoso, Liana Monteiro da Fonseca.
Título: Transplante Hepatocitário: uma alternativa terapêutica para a insuficiência hepática aguda / Hepatocyte Transplantation: a therapeutic alternative for acute liver failure.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2019. 116 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Dentre as doenças hepáticas que acometem o fígado, a insuficiência hepática aguda (IHA) destaca-se pela rápida perda da função hepática, com um alto índice de mortalidade que, em alguns estudos clínicos, pode chegar a 80%. A causa mais comum de IHA no Brasil é a hepatite viral, seguida pela hepatite medicamentosa e intoxicação exógena. Embora existam terapias visando o tratamento de IHA, o transplante hepático ainda é a única opção terapêutica definitiva para pacientes com doença hepática terminal. No entanto, a escassez de órgãos para o transplante impõe limitação ao número de pacientes beneficiados. Consequentemente, um grande número de pacientes permanece nas filas de espera, contribuindo para elevar o índice de mortalidade. Alguns procedimentos para estender o número de pacientes beneficiados com transplantes têm sido realizados, dentre eles podemos citar o transplante inter-vivo e o transplante hepático dominó. Vale ressaltar que, tais alternativas ainda são insatisfatórias quando relacionadas com o número de pacientes que precisam do transplante. Assim, a proposta do transplante hepatocitário pode melhorar a qualidade de vida até o transplante ou mesmo levar à recuperação espontânea do paciente. Contudo, o maior desafio para a ampla aplicação clínica desse método é a disponibilidade de quantidade, com qualidade suficiente das células do fígado para o transplante

Uma possível solução seria a utilização de fígados rejeitados para o transplante, associado à otimização dos processos de isolamento, e de criopreservação de hepatócitos provenientes desses órgãos. Nesse contexto, o presente trabalho propõe uma caracterização geral, em modelo experimental, de protocolo para terapia celular baseada na coleta de populações de células hepáticas de órgãos rejeitados para o transplante ortotópico, associado à otimização da criopreservação para a criação de bancos de células com vistas ao futuro tratamento de IHA. Para isso, neste trabalho, desenvolvemos um modelo químico de IHA utilizando uma dose única de 400 mg/Kg de acetaminofeno i.p. E um modelo de macroesteatose, doadores de células submetidos a uma dieta deficiente em metionina e colina. Nossos resultados demonstraram que é possível realizar a separação entre os hepatócitos com altos níveis de esteatose das células com pouca ou nenhuma vesícula lipídica utilizando dois processos de centrifugação. Além disso, a terapia celular com a infusão de hepatócitos, apresentaram um leve aumento na sobrevida, com diminuição das enzimas hepáticas AST e ALT além do aumento da produção de albumina quando comparado ao grupo dos animais que não foram submetidos à terapia celular. Para a otimização da criopreservação, utilizamos algoritmos de machine learning como ferramenta de previsão às melhores condições de congelamento para hepatócitos murinos. (AU)
Descritores: Criopreservação
Transplante de Fígado
Hepatócitos
Terapia Baseada em Transplante de Células e Tecidos
Fígado
Limites: Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas



página 1 de 15 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde