Base de dados : LILACS
Pesquisa : A11.870.740.800.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 6 [refinar]
Mostrando: 1 .. 6   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 6 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1100656
Autor: Molina-Franky, Jessica-Stephanie; Gómez-Rodriguez, Alida-Marcela; Reyes-Santofimio, César-Mauricio; Plaza-Gutiérrez, David-Fernando.
Título: Receptores del hospedero implicados en la invasión del merozoito de Plasmodium falciparum: revisión / Host receptors involved in the invasion of Plasmodium falciparum merozoite: Review / Receptores do hospedeiro envolvidos na invasão do merozoíto de Plasmodium falciparum: revisão
Fonte: Rev. Investig. Salud. Univ. Boyacá;6(2):156-179, 2019. graf, esq.
Idioma: es.
Resumo: Introducción. La malaria es un problema de salud pública a nivel mundial y es causada por 5 especies de parásitos apicomplejos del género Plasmodium. La invasión exitosa de los merozoítos al glóbulo rojo es una etapa fundamental en el ciclo de vida del parásito, el cual usa un variado repertorio de ligandos que interactúan de forma específica con receptores presentes en la membrana del glóbulo rojo. Objetivo. Revisar las características moleculares y estructurales de los receptores expresados en la superficie de los glóbulos rojos, implicados en el proceso de invasión del merozoito de Plasmodium falciparum. Método. Revisión descriptiva sobre las características moleculares y estructurales de los receptores de la superficie del glóbulo rojo, los cuales juegan un papel fundamental durante la invasión del merozoíto de Plasmodium falciparum. Esta revisión empezó por la búsqueda de literatura publicada hasta el año 2019 en bases de datos electrónicas, especializadas en la divulgación de investigación biomédica. Se encontraron 127 documentos, de los cuales se seleccionaron 111 y se excluyeron 33 por no cumplir los criterios de inclusión; en total, se analizaron 78 referencias. Conclusión. En esta revisión se resumieron las características moleculares y estructurales de los receptores presentes en el glóbulo rojo importantes en el proceso de invasión del merozoito de P. falciparum. También, se resaltó la importancia de elucidar las diferentes vías de invasión del parásito y así, poder desarrollar alternativas profilácticas o terapéuticas que conduzcan a mitigar o eliminar la malaria

Introduction. Malaria is a public health problem worldwide. It is caused by 5 species of the Apicomplexa genus Plasmodium. The successful invasion of the erythrocyte by Plasmodium merozoites is a critical stage in the life cycle of the parasite, which uses a broad repertoire of ligands that interact in a specific way with receptors expressed on the membrane of the erythrocyte. Objective. To review the molecular and structural characteristics of the receptors expressed on the erythrocyte surface, involved in the process of merozoite invasion by Plasmodium falciparum. Method. Here, we descriptively review of the molecular and structural characteristics of the red blood cell surface receptors, which play a key role during the invasion of Plasmodum falciparum merozoite. To this purpose, we searched the literature published until 2019 in electronic databases specialized in biomedical research. 127 documents were found, of these, 111 were selected, 33 were excluded and 78 references were analyzed. Conclusion. In this review, the molecular and structural characteristics of the receptors expressed on the erythrocytes and important in the process of invasion of P. falciparum merozoites were discussed. With this, we highlight the importance of elucidating the different invasion pathways the parasite, in order to develop prophylactic or therapeutic alternatives that could lead to mitigate or eliminate malaria.

Introdução. A malária é um problema de saúde pública a nível mundial, é causada por 5 espécies de parasitos do Filo Apicomplexa, do gênero Plasmodium. A invasão bem-sucedida de merozoítos nas hemácias, é uma etapa fundamental no ciclo de vida do parasita, que usa um repertório variado de ligandos que interatuam especificamente com receptores presentes na membrana dos glóbulos vermelhos. Objetivo. Revisão descritiva das características moleculares e estruturais dos receptores da superfície dos glóbulos vermelhos, que desempenham um papel fundamental durante a invasão do merozoíto de Plasmodium falciparum. Método. Revisão descritiva das características moleculares e estruturais dos receptores da superfície dos glóbulos vermelhos, que desempenham um papel fundamental durante a invasão do merozoíto de Plasmodium falciparum. Esta revisão foi baseada na pesquisa de literatura publicada até 2019 nas bases de dados eletrônicas especializadas na divulgação de pesquisas biomédicas. Foram encontrados 127 documentos, dos quais 111 foram selecionados e 33 foram excluídos por não apresentarem os critérios de inclusão, analisando um total de 78 referências. Conclusão. Nesta revisão, foram resumidas as características moleculares e estruturais dos receptores presentes nos glóbulos vermelhos, importantes no processo de invasão do merozoíto de P. falciparum. Também foi destacada a importância de elucidar as diferentes vias de invasão do parasita, a fim de desenvolver alternativas profiláticas ou terapêuticas que levem a mitigar ou eliminar a malária.
Descritores: Plasmodium falciparum
-Eritrócitos
Merozoítos
Malária
Proteínas de Membrana
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO218.1 - Politeca


  2 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Machado, Rosangela Zacarias
Texto completo
Id: biblio-899306
Autor: Matos, Carlos António; Gonçalves, Luiz Ricardo; Alvarez, Dasiel Obregón; Freschi, Carla Roberta; Silva, Jenevaldo Barbosa da; Val-Moraes, Silvana Pompeia; Mendes, Natalia Serra; André, Marcos Rogério; Machado, Rosangela Zacarias.
Título: Longitudinal evaluation of humoral immune response and merozoite surface antigen diversity in calves naturally infected with Babesia bovis, in São Paulo, Brazil / Avaliação longitudinal da resposta immune humoral e diversidade de antígenos de superfície de merozoítos em bezerros naturalmente infectados com Babesia bovis, em São Paulo, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;26(4):479-490, Oct.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Abstract Babesiosis is an economically important infectious disease affecting cattle worldwide. In order to longitudinally evaluate the humoral immune response against Babesia bovis and the merozoite surface antigen diversity of B. bovis among naturally infected calves in Taiaçu, Brazil, serum and DNA samples from 15 calves were obtained quarterly, from their birth to 12 months of age. Anti-B. bovis IgG antibodies were detected by means of the indirect fluorescent antibody test (IFAT) and enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA). The polymerase chain reaction (PCR) was used to investigate the genetic diversity of B. bovis, based on the genes that encode merozoite surface antigens (MSA-1, MSA-2b and MSA-2c). The serological results demonstrated that up to six months of age, all the calves developed active immunity against B. bovis. Among the 75 DNA samples evaluated, 2, 4 and 5 sequences of the genes msa-1, msa-2b and msa-2c were obtained. The present study demonstrated that the msa-1 and msa-2b genes sequences amplified from blood DNA of calves positive to B. bovis from Taiaçu were genetically distinct, and that msa-2c was conserved. All animals were serologically positive to ELISA and IFAT, which used full repertoire of parasite antigens in despite of the genetic diversity of MSAs.

Resumo A babesiose é uma doença infecciosa economicamente importante que afeta o gado bovino em todo o mundo. Para avaliar longitudinalmente a resposta imune humoral contra B. bovis e a diversidade genética de antígenos de superfície de merozoítos de B. bovis, entre bezerros naturalmente infectados em Taiaçu, Brasil, amostras de soro e DNA de 15 bezerros, foram obtidos trimestralmente, desde o nascimento até aos 12 meses de idade. Os anticorpos IgG para B. bovis foram detectados pelos testes de Imunofluorescência Indireta e Ensaio de Imunoadsorção Enzimático Indireto. A Reação em Cadeia da Polimerase foi utilizada para investigar a diversidade genética de B. bovis, com base em genes que codificam antígenos de superfície de merozoítos (MSA-1, MSA-2b e MSA-2c). Os resultados da sorologia demonstraram que até seis meses de idade todos os bezerros desenvolveram imunidade ativa contra B. bovis. Entre as 75 amostras de DNA avaliadas, foram obtidas 2, 4 e 5 sequências dos genes msa-1, msa-2b e msa-2c. O presente trabalho demonstrou que as sequências dos genes msa-1 e msa-2b amplificadas do DNA do sangue de amostras positivas a B. bovis de bezerros de Taiaçu foram geneticamente distintas, e msa-2c conservadas. Todos os animais foram soropositivos ao ELISA e ao IFAT, os quais utilizaram o repertório completo de antígenos parasitários, apesar da diversidade genética dos MSAs.
Descritores: Babesiose/imunologia
Variação Genética
Doenças dos Bovinos/imunologia
Babesia bovis/imunologia
Merozoítos/imunologia
Imunidade Humoral
Antígenos de Superfície/genética
-Brasil
Estudos Longitudinais
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-623805
Autor: Berzins, Klavs; Perlmann, Hedvig; Wahlin, Birgitta; Ruangjirachuporn, Wipaporn; Högh, Birthe; Petersen, Eskild; Björkman, Anders; Perlmann, Peter.
Título: Antibodies to repeated amino acid sequences in Pf155, a merozoite associated antigen of plasmodium falciparum
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;81(supl.2):77-81, 1986. tab, graf.
Idioma: en.
Descritores: Plasmodium falciparum
Sequência de Aminoácidos
Anticorpos/análise
-Bumetanida
Merozoítos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-971510
Autor: Palma Cuero, Monica.
Título: Caracterização da diversidade genética de amostras clínicas de Plasmodium falciparum isoladas de indivíduos de Barcelos - Amazonas utilizando o gene que codifica para a proteína de superfície do merozoíta 2 (msp2) / Characterization of the genetic diversity of Plasmodium falciparum isolated from clinical samples of individuals from Barcelos - Amazonas using the gene encoding the merozoite surface protein (msp2).
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2016. xvi, 68 p. ilus, map, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: INTRODUCÃO: A complexa diversidade genética do Plasmodium falciparum é emparte responsável pela evasão da resposta imune do hospedeiro, pelo surgimentoda resistência aos fármacos e pela dificuldade no desenvolvimento de uma vacinaanti-malárica eficaz. Estudos sobre a biologia deste parasito se concentramfundamentalmente em áreas holo e hiperendêmicas de malária na Áfricasubsaariana. Trabalhos realizados na região Amazônica, ainda são escassos no quese refere à diversidade genética de populações naturais de P. falciparum. Esteestudo analisou a diversidade genética de P. falciparum isolados de indivíduosprovenientes da região do médio rio Negro, Amazonas utilizando como alvo o geneque codifica para a proteína de superfície do merozoíta 2. METODOLOGIA: Oestudo foi realizado em Barcelos, um município de alto risco epidemiológico paramalária com uma média anual de 5.000 casos nos últimos cinco anos (IPAmédio=156,4/1000). Foram avaliadas 79 amostras isoladas de indivíduos queapresentaram malária clínica ou infecção assintomática. Os DNAs genômicosextraídos foram submetidos à reação em cadeia da polimerase (PCR) para aconfirmação do diagnóstico de infecção pelo P. falciparume em seguida foi feita umaPCR-nested, para amplificação da região do bloco 3 do gene msp2 paradiferenciação das famílias alélicas (3D7 e FC27) e a diversidade intra-família foiobservada após digestão com a enzima HinfI. RESULTADOS: Só foi encontrada afamilia 3D7 nas amostras estudadas. Dois diferentes genótipos foram encontradoscirculando na área, caracterizados pela combinação dos fragmentos 16 pb, 108 pb,349 (genotipo 1) e 16 pb, 108 pb, 400pb (genotipo 2). Foi observado que só doisindivíduos com malária clinica portavam os dois genótipos simultaneamente...

INTRODUCTION: The complex genetic diversity of Plasmodium falciparum is partlyresponsible for the evasion of the host immune response, the emergence of drugresistance and the difficulty in developing an effective anti-malarial vaccine. Studieson the biology of this parasite are mainly concentrated in holo and hyperendemicmalaria areas in sub-Saharan Africa. Research in the Amazon region, is scarce inrelation to the genetic diversity of natural populations of P. falciparum. This studyanalyzed the genetic diversity of P. falciparum isolates from individuals of the MiddleRio Negro, Amazon in Brazil, using the gene coding for the merozoite surface protein2 (MSP2). METHODOLOGY: The study was conducted in Barcelos, a malaria highepidemiological risk municipality, with an annual average of 5,000 cases in the lastfive years (mean IPA = 156.4 / 1000). We evaluated 79 samples isolated fromsubjects presenting clinical malaria or asymptomatic infection. The extracted genomicDNA was subjected to polymerase chain reaction (PCR) to confirm the diagnosis ofinfection with P. falciparum. A PCR-nested was made for amplification of the genemsp2 block 3 region for differentiation of allelic families (3D7 and FC27); intrafamilydiversity was observed after digestion with the enzyme HinfI. RESULTS: Only family3D7 was observed in the samples. Two different genotypes were found circulating inthe area, characterized by the combination of fragments 16 bp, 108 bp, 349(genotype 1) and 16 bp, 108 bp, 400bp (genotype 2). It was observed that only twoindividuals with clinical malaria carried two genotypes simultaneously...
Descritores: Plasmodium falciparum
Variação Genética
Antígenos de Superfície
Merozoítos
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1


  5 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-574433
Autor: Lima Junior, Josué da Costa.
Título: Estudo das respostas imunes celular e humoral frente à proteína 9 de superfície de merozoítas de plasmodium vivax (PVMSP-9), em indivíduos naturalmente expostos à infecção / Study of cellular and humoral immune responses against the protein surface 9 of merozoites of Plasmodium vivax (PvMSP-9) in individuals naturally exposed to infection.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2006. ii,99 p. ilus, tab, graf, mapas.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A proteína 9 de superfície de merozoíta de Plasmodium vivax (PvMSP9) apresenta homologia com diversas espécies incluindo a proteína ABRA de P. falciparum. PvMSP9 é composta por 979 aminoácidos, possui uma sequência sinal hidrofóbica e um grupo de 4 cisteínas na região N-terminal (PvMSP9-NT), e dois blocos de sequências repetitivas espécie específicas na região C-terminal (PvMSP9-RI e PvMSP9-RII). Estudos anteriores demonstraram que anticorpos monoclonais dirigidos para o P. vivax e anticorpos policlonais contra a MSP9 de P. cynomolgi são capazes de inibir a invasão de eritrócitos in vitro e que a PvMSP9 e altamente imunogênica em camundongos. No presente estudo, avaliamos a reatividade celular e de anticorpos contra a PvMSP9 em indivíduos naturalmente expostos à infecção. Em um estudo transversal realizado em Porto Velho (RO), células e soro de indivíduos de Ribeirinha (comunidade nativa da região que reside nas margens do rio Madeira, n=188), e Colina (comunidade de migrantes que vivem em áreas rurais perto da capital Porto Velho, n=122), foram testados por ELISPOT quanto à produção de IFN-gama e IL-4 sob estímulo de 11 peptídeos sintéticos, e por ELISA quanto a reatividade dos anticorpos IgG utilizando proteínas recombinantes representando a PvMSP-9. Nossos resultados mostram que o perfil de citocinas na resposta celular, foi diferente nas duas comunidades. Em Ribeirinha, a população nativa, a frequência de indivíduos positivos para a secreção das citocinas IFN-gama e IL-4 após estímulo com os peptídeos sintéticos foi similar. Os peptídeos mais imunogênicos induzindo a produção de IFN-gama foram pK (29,5por cento) e pA (23,8por cento) e de IL-4, pL (22,7por cento) e pA (17,3por cento). Em Colina, a população migrante, a frequência de positivos é principalmente para a secreção de IFN-gama, onde pE (29.5por cento) e pL (30.3por cento) foram os mais imunogênicos, e para a secreção de IL-4 as maiores frequências observadas...
Descritores: Sistema Imunitário
Malária
Merozoítos
Plasmodium vivax
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1


  6 / 6 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-573303
Autor: Lima Junior, Josué da Costa.
Título: Avaliação do potencial das proteínas de superfície de merozoítas de Plasmodium vivax (PvMSP-9 e PvMSP-3) como candidatas a compor uma vacina contra a malária / Assessing the potential of the surface proteins of merozoites of Plasmodium vivax (PvMSP-9 and PvMSP-3) as candidates to compose a malaria vaccine.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2010. 109 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: As proteínas 9 e 3 de Superfície de Merozoítas de P. vivax (PvMSP9 e PvMSP3) vem sendo consideradas como importantes candidatas potenciais a uma vacina antimalárica principalmente pela: 1) localização na superfície do merozoíta; 2) homologia com plasmódios simianos e P. falciparum; 3) habilidade de IgG específicas em inibir a invasão dos merozoítas; 4) alta imunogenicidade em ensaios realizados em modelos animais. Entretanto, estudo da resposta imune em humanos para determinar o potencial de ambas como candidatas a vacina, embora fundamental, não havia sido realizado. Deste modo, descrevemos, em 3 artigos, o potencial das proteínas PvMSP9 e PvMSP3 como candidatas a compor uma vacina antimalárica através da caracterização da resposta imune naturalmente adquirida de indivíduos residentes em áreas endêmica. No primeiro trabalho, demonstramos que a PvMSP9 apresenta epitopos de células T fortemente reconhecidos e que são capazes de estimular a produção de IFN-gama e IL-4, além de uma potente resposta imune humoral com alta frequência e índices de reatividade de anticorpos IgG e subclasses (principalmente IgG1 e IgG2) para as regiões repetitivas espécie-específicas. No segundo trabalho, observamos que os epitopos de célula T descritos, apresentam propriedades promíscuas, sendo reconhecidos por indivíduos naturalmente expostos que apresentam diferentes grupos alélicos de HLA-DR e HLA-DQ, demonstrando que caso estes peptídeos fossem utilizados como imunógenos não haveria influência do genótipo de HLA na resposta imune celular. Por fim, observamos que a PvMSP3 é altamente reconhecida por anticorpos naturalmente adquiridos por indivíduos de área endêmica de malária, com altas frequências e concentrações de anticorpos citofílicos IgG1 e IgG3. Além disso, pudemos demonstrar, por spot-synthesis, que existem 25 epitopos de células B distribuídos por toda a extensão da proteína, passando por regiões conservadas e polimórficas. Deste modo, os dados gerados nesses trabalhos demonstram que as proteínas PvMSP9 e PvMSP3 são candidatas potenciais a compor uma vacina antimalárica, apresentando epitopos de células T e B capazes de gerar uma marcante resposta imune, com altos títulos de anticorpos citofílicos e uma potente resposta celular.
Descritores: Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Sistema Imunitário
Proteínas de Membrana
Merozoítos
Malária/prevenção & controle
Plasmodium vivax
-Brasil/epidemiologia
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde