Base de dados : LILACS
Pesquisa : A12.200.455 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1307 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 131 ir para página                         

  1 / 1307 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055147
Autor: Santos, V. C; Ribeiro, D. C. S. Z; Fonseca, L. M.
Título: Ocorrência de não conformidades físico-químicas e microbiológicas em leite e derivados no estado de Minas Gerais, no período de 2011 a 2015 / Occurrence of physico-chemical and microbiological nonconformities in milk and dairy products in the State of Minas Gerais, from 2011 to 2015
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(6):2111-2116, Nov.-Dec. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Milk and dairy products are potential sources for spoilage and pathogenic microorganisms, and although a huge amount of data is collected by the official inspection services, only a few reports are available to the public. This study aimed to evaluate the data for physicochemical and microbiological quality of pasteurized milk and dairy products, collected for inspection at industrial establishments registered at the Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), which is an official inspection service in Minas Gerasi State, Brazil. A total of 192 analyzes were done in 2011, 1008 in 2012, 1368 in 2013, 1271 in 2014, 1582 in 2015, adding up to 5421 samples analyzed by standard analytical techniques in official government laboratories. The statistical analysis was descriptive. A total of 2010 analytical results were nonconform to the legal requirements. Among the results, 78 (4.3%) samples of mozzarella cheese were positive for alkaline phosphatase, and freezing point results for pasteurized milk were outside the legal requirements in 86 (10%) samples. Staphylococcus coagulase positive was above limits in 80 (4.4%) samples of mozzarella cheese. These results indicate a risk to the consumer's health even in pasteurized products, and the need for effective enforcement of good manufacturing practices in the food industries.(AU)
Descritores: Qualidade dos Alimentos
Leite/microbiologia
Fenômenos Químicos
-Técnicas Microbiológicas
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 1307 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055143
Autor: Dereti, R. M; Gonçalves, E. B; Zanela, M. B; Schafhauser Júnior, J; Alvarenga, M. B.
Título: Boas práticas agropecuárias na produção leiteira: diagnóstico e ajuste de não conformidades / Good agricultural practices for milk production: diagnosis and non-compliances adjustment
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(6):2075-2084, Nov.-Dec. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se com este estudo desenvolver e validar uma ferramenta semiológica para diagnóstico do nível de adoção e conformidade das boas práticas agropecuárias em fazendas de produção de leite, segundo requisitos preconizados pela Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO) e pela International Dairy Federation (IDF). A ferramenta foi testada em 62 fazendas de produção de leite, em seis diferentes regiões do estado do Rio Grande do Sul, como parte das ações do Projeto Protambo - "Transferência de tecnologias para o desenvolvimento da atividade leiteira no RS com base nas boas práticas agropecuárias" - da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa, entre janeiro de 2014 e março de 2017. A validação da ferramenta não apontou divergências estatisticamente significativas entre avaliadores, satisfazendo o parâmetro de exatidão para métodos de medições exigidos pela ISO/IEC 17025. Foi evidenciado um espaço de variação que mostrou desenvolvimento de métrica, em que se obteve consistência (coerência) de medição. O teste t-Student aproximado para a comparação de médias de não conformidades nas BPA mostrou melhora significativa no grupo tratamento (diagnóstico seguido de plano de ajuste) quando comparado ao controle (diagnóstico sem plano de ajuste subsequente). Essa nova abordagem semiológica contribui para a adoção das BPA em fazendas leiteiras, para a melhoria da qualidade do leite e da segurança na cadeia produtiva de lácteos.(AU)

This study reports the development and validation of a novel diagnostic tool, based on the FAO and IDF ¨Guide to Good Dairy Farming Practice¨. Sixty-two dairy farms over six different regions within the State of Rio Grande do Sul were selected, evaluated and ranked, from January 2014 to March 2017; as part of the PROTAMBO- Dairying Technology Transfer Project (EMBRAPA). Results indicated that the proposed diagnostic tool was significantly consistent among different field evaluators, meeting trueness validation parameter for ISO/IEC 17025 validation requirement. Binomial distribution of probabilities of positive changes showed significant kind of metric evolution for the treatment group when compared to the control, in addition to significant consistency. Approximated t-Student test for comparison of the means of GAP non-compliances demonstrated significant improvements for the treatment group relative to the control. This novel approach could assist in overcoming existing and emerging GAP challenges to maximize dairy quality.(AU)
Descritores: Qualidade dos Alimentos
Leite/microbiologia
Boas Práticas de Fabricação
Indústria Agropecuária
Criação de Animais Domésticos/métodos
-Legislação sobre Alimentos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 1307 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Leite, M. O
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1096017
Autor: Mendes, D. P. G; Souza, M. R; Galletti Júnior, M; Leite, M. O; Penna, C. F. A. M.
Título: Quality of fermented milks produced with Lactobacillus rhamnosus and Lactobacillus fermentum isolated from artisanal cheeses / Qualidade de leites fermentados produzidos com Lactobacillus rhamnosus e Lactobacillus fermentum isolados de queijos artesanais
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;66(4):1291-1295, 08/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Leites fermentados por Lactobacillus rhamnosus e Lactobacillus fermentum, isolados de queijos artesanais, foram produzidos e avaliados quanto às características físico-químicas e microbiológicas durante 45 dias de estocagem a 8-10ºC. Análises sensoriais foram realizadas aos 15 e 60 dias. Ambos os leites fermentados apresentaram contagens adequadas das bactérias láticas, superiores a 108 UFC/g, durante toda a estocagem. As médias das análises físico-químicas e microbiológicas dos produtos durante a estocagem foram iguais e todos atenderam às especificações da legislação brasileira. Melhores resultados de avaliações sensoriais (P<0.05) foram aos 15 dias de estocagem. Leites fermentados por L. fermentum obtiveram melhor aceitação sensorial aos 60 dias de estocagem, quando apresentavam acidez titulável inferior à encontrada no leite fermentado por L. rhamnosus. Portanto, a utilização dessas culturas pode ser viável para a elaboração de novos leites fermentados, que apresentariam prazo de validade de 45 dias de estocagem sob refrigeração.(AU)
Descritores: Leite
Armazenamento de Alimentos/métodos
Alimentos e Bebidas Fermentados/análise
Lactobacillus
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 1307 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1095995
Autor: Sartori, L. C. A; Santos, R. C; Marin, J. M.
Título: Identification of Candida species isolated from cows suffering mastitis in four Brazilian states / Identificação de espécies de Candida isoladas de vacas com mastite em quatro estados Brasileiros
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;66(5):1615-1617, Sep-Oct/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: A mastite representa um dos problemas mais sérios que afetam as fazendas de gado leiteiro. As mastites clínica e subclínica em bovinos, devido a leveduras, são causadas principalmente por espécies do gênero Candida. O objetivo deste trabalho foi identificar quais espécies dessa levedura estavam presentes em amostras de leite obtidas da glândula mamária de vacas apresentando mastite. Um total de 428 amostras de leite foi coletado nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A identificação foi realizada por meio de critérios fenotípicos e fisiológicos. Foi possível isolar seis espécies de Candida em 55 (12,8%) das amostras. As espécies mais frequentes foram C. krusei (34,6%), C. parapsilosis (25,4%), C. tropicalis (18,2%) e C. albicans (12,8%). Esses resultados sugerem que outras espécies de Candida, além da C. albicans, possuem um papel importante em mastites micóticas em vacas.(AU)
Descritores: Leveduras
Candida/isolamento & purificação
Leite/microbiologia
Mastite Bovina/diagnóstico
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 1307 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Leite, M. O
Cerqueira, M. M. O. P
Texto completo
Texto completo
Id: lil-747045
Autor: Sampaio, V. S. C; Souza, F. N; Saraiva, C. J. C; Santos, R. P; Leite, M. O; Resende, G. M; Gonçalves, N. C; Dionizio, F. L; Cerqueira, M. M. O. P.
Título: Influência de diferentes tipos de micro-organismos na contagem bacteriana total por citometria de fluxo do leite cru refrigerado / Influence of different types of microorganisms in total bacterial count by flow cytometry of refrigerated raw milk
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(2):607-612, Mar-Apr/2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Contagens bacterianas de 179 amostras de leite cru refrigerado, provenientes de diferentes bacias leiteiras de Minas Gerais, foram realizadas pelos métodos de citometria de fluxo e contagem padrão em placas. O estudo das associações entre a contagem bacteriana total e as contagens bacterianas dos diferentes grupos de micro-organismos foi realizado pela correlação de Pearson. Houve uma forte correlação positiva e significativa entre os valores de contagem de psicrotróficos (r = 0,67) e mesófilos (r = 0,70), determinados pelo método de referência, e os valores da contagem bacteriana total, determinados pela citometria de fluxo. Foi possível estabelecer uma curva de calibração para o citômetro de fluxo utilizando equações de regressão linear. As equações para a contagem bacteriana obtida por citometria de fluxo em função da contagem de mesófilos e psicrotróficos foram: log (CBI) = 0,701 log mesófilos + 1,9091 e log (CBI) = 0,4703 log psicrotróficos + 3,2784, respectivamente. Não foi possível estabelecer curvas de calibrações para termófilos e termodúricos, pois as correlações obtidas entre as contagens desses micro-organismos e a contagem bacteriana total, determinada por citometria de fluxo, foram fracas (r = 0,30 e 0,27, respectivamente).(AU)

Total Bacterial count was performed in 179 raw milk samples from different dairy farms in Minas Gerais State, Brazil, through flow cytometry and standard plate count, that was regarded as the reference method. There was significant strong correlation between the values of psychrotrophic and mesophilic counts determined by the reference method with the values of bacterial count determined by flow cytometry (r = 0.67 and 0.70, respectively), which allowed to establish linear regression equations for bacterial count to calibrate the flow cytometry and estimate the count of mesophilic (log bacterial individual count (BIC) by flow cytometry = 0.701 log mesophilic + 1.9091) and psychrotrophic (log BIC by flow cytometry = 0.4703 log psychrotrophic + 3.2784) bacteria. It was not possible to establish calibration curves for thermophiles and thermodurics due to the weak to moderate correlation coefficients found among these microorganism counts and total bacterial count determined by flow cytometry (r = 0.30 and 0.27, respectively).(AU)
Descritores: Leite/microbiologia
Alimentos Resfriados
Carga Bacteriana/veterinária
Alimentos Crus/microbiologia
-Citometria de Fluxo/veterinária
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 1307 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-747039
Autor: Souza, R. C; Reis, R. B; Lopez, F. C. F; Mourthe, M. H. F; Lana, A. M. Q; Barbosa, F. A; Sousa, B. M.
Título: Efeito da adição de teores crescentes de ureia na cana-de-açúcar em dietas de vacas em lactação sobre a produção e composição do leite e viabilidade econômica / The effect of increasing urea in sugarcane diet of lactating cows on milk production and composition and its economic viability
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(2):564-572, Mar-Apr/2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliou-se o efeito da adição de teores crescentes de ureia (0,0; 0,5 e 1,0%) na matéria natural da cana-de-açúcar sobre a produção e composição do leite, eficiência alimentar e viabilidade econômica. Foram utilizadas 18 vacas em lactação, com produção média inicial de 21,3±0,8kg/dia de leite e com 83±7 dias em lactação, distribuídas em delineamento ensaio de reversão do tipo switch-back, 3x3. As dietas experimentais foram constituídas de cana-de-açúcar como volumoso único e concentrado, na relação de 50:50 (base MS). Não houve efeito da suplementação dos diferentes teores de ureia sobre a produção e composição do leite. Contudo, a eficiência alimentar (produção de leite/consumo de matéria seca) foi melhor nas dietas em que se utilizou ureia, sendo 1,14; 1,17 e 1,17, respectivamente, para as dietas com 0,0; 0,5 e 1,0% de ureia (P<0,05). Considerando-se apenas o custo alimentar, todas as dietas apresentaram saldo positivo, sendo que a dieta com 1,0% de ureia apresentou o melhor saldo.(AU)

We studied the effect of increasing 0.0, 0.5 and 1.0% urea in natural sugar cane on cow milk production and composition, food productivity and economic viability. Eighteen lactating cows were studied, they had avarage milk production of 21.3±0.8kg/day and were 83±7 days in lactation in a switch-back, 3 x 3 design. The experimental diets consisted of a unique concentrated sugar cane portion with the 50:50 relation (MS base). The results showed no effect of different urea concentrations on the milk production or composition. However, food productivity (milk production/dry matter consumption) was 1.14; 1.17, and 1.17 respectively on urea diets of 0.0; 0.5 and 1.0% (P<0.05). Considering only the alimentary cost, all diets had a positive balance, and the 1.0% urea concentration was the best.(AU)
Descritores: Lactação
Leite/química
Aditivos Alimentares
-Ureia/administração & dosagem
Custos e Análise de Custo
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 1307 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lamounier, Joel Alves
Texto completo
Id: biblio-902890
Autor: Café, Ana Carolina Corrêa; Lopes, Carlos Alexandre de Oliveira; Novais, Rommel Larcher Rachid; Bila, Wendell Costa; Silva, Daniely Karoline da; Romano, Márcia Christina Caetano; Lamounier, Joel Alves.
Título: Consumo de bebidas açucaradas, leite e sua associação com o índice de massa corporal na adolescência: uma revisão sistemática / Intake of sugar-sweetened beverages, milk and its association with body mass index in adolescence: a systematic review
Fonte: Rev. paul. pediatr;36(1):91-99, jan.-mar. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: Sistematizar as referências da literatura relacionadas à associação entre consumo de bebidas açucaradas não alcoólicas, leite e índice de massa corporal (IMC) em adolescentes. Fontes de dados: Realizou-se a pesquisa dos artigos nos portais PubMed (US National Library of Medicine National Institutes of Health) e BVS (Biblioteca Virtual em Saúde). Os descritores foram: adolescente, adulto jovem, bebidas, ingestão de líquidos, obesidade, sobrepeso, IMC e estado nutricional. Utilizaram-se os filtros: idade entre 10 e 19 anos e artigos em português e inglês, publicados entre 2011 e 2015. Síntese dos dados: Trinta estudos foram selecionados (22 transversais, 4 coortes, 1 ensaio clínico aleatório, 1 caso-controle e 1 quase experimental). Dos 20 estudos que abordaram bebidas açucaradas em geral, 55% encontraram associação entre consumo e aumento do IMC. Em relação aos estudos sobre a ingestão de refrigerantes, todos apresentaram associação entre consumo e aumento do IMC. Dos estudos sobre leite, somente um demonstrou associação entre consumo e aumento do IMC. Três artigos mostraram proteção entre consumo de leite e aumento do IMC, e três trabalhos não encontraram associação de seu consumo com aumento do IMC. Dezenove estudos possuíam amostras representativas e outros 20 declararam ter amostras aleatórias. Dos artigos com questionários, 84% eram validados. Conclusões: Verifica-se que não há consenso na literatura pesquisada sobre a associação entre consumo de bebidas açucaradas não alcoólicas, leite e IMC de adolescentes.

ABSTRACT Objective: To systematize literature references addressing the association of sugar-sweetened beverage (SSB) and milk intake with body mass index (BMI) in adolescents. Data source: A search was carried out in PubMed (US National Library of Medicine National Institutes of Health) and BVS (Virtual Library in Health). The descriptors used were: adolescents, young adult, beverages, drinking, obesity, overweight, BMI, and nutritional status. The following filters were applied: age ranging from 10 to 19 years, studies published in Portuguese or English language between 2011-2015. Data synthesis: Thirty studies were selected (22 cross-sectional studies, 4 cohort studies, 1 randomized clinical trial, 1 case-control study, and 1 quasi-experimental study). There was association between the intake of these beverages and increase in BMI in 55% of all 20 studies that dealt with sugary drinks. When it came to soft drinks, 100% of studies reported association with increase in BMI. As to milk intake, only one article showed association with increased BMI. Three articles reported milk as a protection factor against increase in BMI; three studies found no association between this intake and BMI. Nineteen studies had representative samples and 20 surveys reported random samples. Among papers using questionnaires, 84% had been validated. Conclusions: There is no consensus in the literature about the association between SSB or milk intake and BMI in adolescents.
Descritores: Edulcorantes/administração & dosagem
Bebidas
Índice de Massa Corporal
Leite
Dieta
Limites: Humanos
Animais
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 1307 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Venancio, Sonia Isoyama
Mello, Débora Falleiros de
Texto completo
Id: biblio-902880
Autor: Saldan, Paula Chuproski; Venancio, Sonia Isoyama; Saldiva, Silvia Regina Dias Medici; Vieira, Daniele Gonçalves; Mello, Débora Falleiros de.
Título: Consumo de leites em menores de um ano de idade e variáveis associadas ao consumo de leite não materno / Milk consumption in infants under one year of age and variables associated with non-maternal milk consumption
Fonte: Rev. paul. pediatr;35(4):407-414, out.-dez. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: RESUMO Objetivos: Verificar o tipo de leite consumido por crianças menores de um ano de idade e identificar variáveis associadas ao consumo de leite não materno (LNM) - fórmula infantil ou leite de vaca (LV). Métodos: Estudo transversal realizado durante a Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite 2012. Os acompanhantes de 935 crianças menores de um ano responderam a um questionário estruturado sobre a alimentação da criança nas últimas 24 horas. As estimativas são apresentadas por pontos e intervalo de confiança de 95% (IC95%). Adotou-se a estatística F para verificar diferenças na proporção de consumo dos tipos de leite segundo a faixa etária das crianças (<6 meses e 6-11 meses) e a associação entre o consumo de leite não materno e as variáveis estudadas. Resultados: O consumo de leite materno e fórmula infantil foi maior entre as crianças menores de 6 meses - sendo 82,8% (IC95% 78,5-86,3) e 70,4% (IC95% 61,4-78,0), respectivamente -, enquanto o de leite de vaca foi maior entre as crianças de 6 a 11 meses - 74,2% (IC95% 66,5-80,6) -, com diferenças nas proporções de consumo (p<0,0001). As variáveis associadas ao maior consumo de leite de vaca foram: menor escolaridade materna (p<0,0001), o fato de a mãe não trabalhar fora (p=0,0015), a criança consultar na rede pública de saúde (p<0,0001) e participar do Programa Leite das Crianças - PLC (p<0,0001). Conclusões: As crianças receberam leite de vaca precocemente (antes do primeiro ano de vida), em especial aquelas pertencentes às famílias de menor nível socioeconômico e inseridas em programa social específico para recebimento de leite.

ABSTRACT Objective: To verify the type of milk consumed by children under one year of age and identify variables associated with non-maternal milk consumption (formula or cow milk). Methods: Cross-sectional study developed during the 2012 National Vaccination Campaign against Poliomyelitis. The companions of 935 children under one year of age answered a structured questionnaire on the child's diet in the last 24 hours. The estimates are presented by points, with 95%CI. F-statistics were used to check for differences in the proportion of the types of milk consumption according to the children's age range (<6 months and 6-11 months) and the association between non-maternal milk consumption and the study variables. Results: The consumption of maternal milk and child formula was higher for children under six months of age - corresponding to 82.8% (95%CI 78.5-86.3) and 70.4% (95%CI 61.4-78.0), respectively -, whereas the consumption of cow milk was higher among children between 6 and 11 months of age - 74.2% (95%CI 66.5-80.6) -, with differences in the consumption proportions (p<0.0001). The variables associated with higher cow milk consumption were lower maternal education (p<0.0001), the fact that the mother does not have a paid occupation (p=0.0015), child doctor's appointment in the public health network (p<0.0001) and participation in the Child's Milk Program (p<0.0001). Conclusions: The infants received cow's milk early (before the first year of life), especially children from families with lower socioeconomic levels and children who took part in a specific social program for milk distribuition.
Descritores: Fórmulas Infantis
Leite
Dieta
-Estudos Transversais
Leite Humano
Limites: Humanos
Animais
Masculino
Feminino
Lactente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 1307 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1052860
Autor: Correa, Frederico Teixeira; Haddad, Felipe Furtini; Oliveira, José Hugo de.
Título: Simplification of the analysis of dry matter in fluid milk / Simplificação da análise de matéria seca em leite fluído / Simplificación del análisis de materia seca en leche fluida
Fonte: Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online);22(4):115-118, out-dez. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: This study aims to evaluate a simpler methodology for determination of dry matter in three types of milk. The treatments consisted of three methodologies: AOAC (Association of Official Agricultural Chemists), characterized by the drying in porcelain capsules and pre-heating; use of analytical sand in the process of drying, as well as a simplified methodology characterized by drying in Petri dishes without analytical sand and pre-heating proceeding. The statistical analysis was performed with F test (5% significance level), Pearson's correlation and Lin's concordance correlation coefficient. All methodologies showed precision and accuracy in the measurement of the dry matter in milk, however, the simplified methodology was superior in material savings and shorter time consumption for the analysis.(AU)

Este estudo teve como objetivo avaliar metodologia simplificada de determinação de matéria seca em três tipos de leite. Os tratamentos consistiram de três metodologias: AOAC (Association of Official Agricultural Chemists), caracterizada pela secagem em cápsulas de porcelana e pré-secagem; uso de areia analítica no processo de secagem e utilização de metodologia simplificada baseada no uso de placas de Petri com secagem direta em estufa, sem o uso de areia analítica e procedimento de pré-secagem. A análise estatística envolveu o teste F ao nível de significância de 5%, correlação de Pearson e coeficiente de concordância de Lin. Todas as metodologias mostraram acurácia na determinação da matéria seca para todos os tipos de leite, mas a metodologia simplificada foi superior em economia e menor tempo de análise.(AU)

Este estudio tuvo como objetivo evaluar la metodología simplificada de determinación de materia seca en tres tipos de leche. Los tratamientos consistieron en tres metodologías: AOAC (Association of Official Agricultural Chemists), caracterizada por pre-secado y secado en cápsulas de porcelana; uso de arena analítica en el proceso de secado y utilización de metodología simplificada basada en el uso de placas de Petri con secado directo en invernadero, sin el uso de arena analítica y procedimiento de pre secado. El análisis estadístico involucró la prueba F al nivel de significancia del 5%, correlación de Pearson y coeficiente de concordancia de Lin. Todas las metodologías mostraron precisión en la determinación de la materia seca para todos los tipos de leche, pero la metodología simplificada fue superior en economía y menor tiempo de análisis.(AU)
Descritores: Leite/classificação
Leite/química
Confiabilidade dos Dados
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 1307 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bertoli, Ciro Joäo
Texto completo
Id: biblio-830748
Autor: Nascimento, Viviane Gabriela; da Silva, Janaína Paula Costa; Ferreira, Patrícia Calesco; Bertoli, Ciro João; Leone, Claudio.
Título: Maternal breastfeeding, early introduction of non-breast milk, and excess weight in preschoolers / Aleitamento materno, introdução precoce de leite não materno e excesso de peso na idade pré-escolar
Fonte: Rev. paul. pediatr;34(4):454-459, Oct.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: Investigate associations between excess weight in preschool children, breastfeeding duration and age of non-breast milk introduction. Methods: Cross-sectional study of a representative sample of 817 preschool children, aged 2-4 years, attending municipal day care centers in the city of Taubaté. The weight and height of children were measured in the day care centers in 2009, 2010 and 2011. The body mass index z-score (BMIz) was calculated and children were classified as risk of overweight (BMIz≥1 to<2) or excess weight (BMIz≥2). Data analysis was carried out by comparison of proportions, coefficient of correlation and multivariate linear regression. Results: The prevalence of risk of overweight was 18.9% and of excess weight (overweight or obesity) was 9.3%. The median duration of breastfeeding and age of introduction of non-breast milk was 6 months. The child's BMIz showed direct correlation with birth weight (r=0.154; p<0.001) and maternal body mass index (BMI) (r=0.113; p=0.002). The correlation was inverse with the total duration of breastfeeding (r=−0.099; p=0.006) and age at non-breast milk introduction (r=−0.112; p=0.002). There was no correlation between the child's BMIz with birth length, duration of exclusive breastfeeding and mother's age. Conclusions: The earlier the introduction of non-breast milk, the higher the correlation with excess weight at preschool age.

Resumo Objetivo: Investigar relações existentes entre excesso de peso em pré-escolares, duração do aleitamento materno e a idade de introdução de leite não materno. Métodos: Estudo transversal de amostra representativa de 817 pré-escolares, 2-4 anos de idade, de creches municipais de Taubaté. O peso e a altura das crianças foram mensurados nas creches em 2009, 2010 e 2011. Calculado o escore z de Índice de Massa Corporal (zIMC), as crianças foram classificadas como risco de sobrepeso (zIMC≥1 a<2) ou como excesso de peso (zIMC≥2). A análise dos dados foi feita por comparação de proporções, coeficiente de correlação e regressão linear multivariada. Resultados: A prevalência de risco de sobrepeso foi 18,9% e de excesso de peso (sobrepeso ou obesidade) de 9,3%. A mediana de duração do aleitamento materno e a idade de introdução do leite não materno foi de 6 meses. O zIMC da criança evidenciou correlação direta com o peso ao nascer (r=0,154; p<0,001) e com o Índice de Massa Corporal (IMC) materno (r=0,113; p=0,002). A correlação foi inversa com a duração total do aleitamento materno (r=−0,099; p=0,006) e a idade de introdução de leite não materno (r=−0,112; p=0,002). Não houve correlação entre o zIMC da criança com o comprimento ao nascer, duração do aleitamento exclusivo e idade da mãe. Conclusões: Quanto mais precoce a introdução de leite não materno, maior a correlação com excesso de peso na idade pré-escolar.
Descritores: Aleitamento Materno
Leite
Sobrepeso
-Estudos Transversais
Fatores Etários
Limites: Humanos
Animais
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 131 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde