Base de dados : LILACS
Pesquisa : A13.473.683 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 13 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 13 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895521
Autor: Silva, Alessandra; Martins, Leandro L; Garcia-Filho, Sergio P; Oliveira, Fabricio S. de; Sasahara, Tais H. C; Tosta, Cintia R. N; Moraes, Paola C; Machado, Márcia R. F.
Título: Anatomia microscópica e ultraestrutura do joelho da paca (Cuniculus paca Linnaeus, 1766) / Microscopic anatomy and ultrastructure of paca stifle (Cuniculus paca Linnaeus, 1766)
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(9):995-1001, Sept. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A paca (Cuniculus paca), um dos maiores roedores da fauna brasileira, possui características inerentes à sua espécie que podem contribuir como uma nova opção de animal experimental; assim, considerando-se que há crescente busca por modelos experimentais apropriados para ortopedia e pesquisas cirúrgicas, foram analisados e descritos em detalhes a anatomia microscópica e ultraestrutural do joelho desse roedor. Os ligamentos colaterais são constituídos por feixes de fibras colágenas arranjadas paralelamente e com trajeto ondulado. Os fibroblastos formavam fileiras paralelas às fibras colágenas; quanto aos ligamentos colaterais, estes apresentaram citoplasma imperceptível à avaliação por microscopia de luz, entretanto, em análise ultraestrutural verificou-se vários prolongamentos citoplasmáticos. Microscopicamente, as estruturas presentes no joelho da paca assemelham-se às dos animais domésticos, roedores e lagomorfos.(AU)

Paca (Cuniculus paca), one of the largest rodent of the Brazilian fauna, has characteristics inherent to the species that can contribute as a new experimental animal; so, considering that there is a growing search for experimental models suitable for orthopedic and surgical research, it was analyzed and described in detail the microscopic and ultrastructural anatomy of the stifle in this rodent. The collateral ligaments are composed of bundles of collagen fibers arranged in parallel and in wavy path. Fibroblasts formed parallel rows to the collagen fibers; concerning the collateral ligaments, they presented imperceptible cytoplasm at light microscopy, but at ultrastructure analysis they presented several cytoplasmic processes. At the microscopic level, the stifle of paca resembles the domestic animals, rodents and lagomorphs.(AU)
Descritores: Joelho de Quadrúpedes/anatomia & histologia
Joelho de Quadrúpedes/ultraestrutura
Cuniculidae/anatomia & histologia
Menisco/anatomia & histologia
Ligamentos/anatomia & histologia
-Microscopia Eletrônica/veterinária
Modelos Animais
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965841
Autor: Silva, Fernanda Souza da; Castro, Matheus Oliveira; Bernardes, Lucas Lanza; Araújo, Angélica Rodrigues de; Huebner, Rudolf.
Título: Numerical simulation of heat transfer in a canine knee joint in thermal neutrality: analysis of the influence of different values of blood perfusion and considerations of the blood perfusion rate / Simulação numérica da transferência de calor na articulação do joelho canino em neutralidade térmica: análises das influências dos diferentes valores de perfusão sanguínea e das considerações da taxa de perfusão sanguínea
Fonte: Biosci. j. (Online);32(6):1703-1716, nov./dec. 2016. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to simulate heat transfer in thermal equilibrium in the canine knee joint. We analyzed the impact of different values of blood perfusion available in the literature and considered blood perfusion rates. The geometric models of canine knee joints were created from a photographic record of a cross section of an anatomical part. Two geometric models were developed: one without the epidermis and one with the epidermis. A heat diffusion equation was used to model the heat transfer phenomenon. Numerical simulations of the canine knee in a thermal neutrality condition were performed using the ANSYS-CFX® program. The simulation results were compared with experimental in vivo data. The smaller percentage differences between the experimental and simulated in vivo results were found in simulations that used the blood flow rate as a function of temperature. The computer simulation proved to be a good alternative to evaluate the temperature of biological tissues.

O presente trabalho visa simular a transferência de calor, em equilíbrio térmico, na articulação do joelho canino e analisar o impacto dos diferentes valores de perfusão sanguínea disponíveis na literatura e das considerações da taxa de perfusão sanguínea. Os modelos geométricos da articulação do joelho canino foram criados com base em um registro fotográfico de um corte transversal de uma peça anatômica. Foram desenvolvidos dois modelos geométricos: 1- sem epiderme e 2 ­ com epiderme. A equação de difusão de calor foi utilizada para modelar o fenômeno de transferência de calor. As simulações numéricas do joelho canino na condição de neutralidade térmica foram realizadas utilizando o programa ANSYS-CFX®. Os resultados da simulação foram comparados com os dados experimentais in vivo. As menores diferenças percentuais, entre o experimento in vivo e os resultados simulados, foram encontradas nas simulações que utilizaram a taxa de perfusão sanguínea em função da temperatura. A simulação computacional mostrou-se uma boa alternativa para avaliar a temperatura dos tecidos biológicos.
Descritores: Joelho de Quadrúpedes
Transferência de Calor
Articulações
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  3 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-976424
Autor: Gomes Junior, Deusdete C; Oriá, Arianne P; Vieira, João Victor R; Barbosa, Sirlene F; Estrela-Lima, Alessandra; Dórea Neto, Francisco A.
Título: Using allogeneic cortical graft preserved in glycerin as spacer in the advancement of tibial tuberosity in 34 dogs / Uso de enxerto cortical alogênico preservado em glicerina como espaçador no avanço da tuberosidade tibial em 34 cães
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;38(12):2246-2253, dez. 2018. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Cranial cruciate ligament is the main responsible for knee stability by preventing cranial tibial displacement regarding the femur. Deficiency in this ligament (CCLD) may cause subluxation of the tibia and dysfunction of the pelvic member due to overloading. Tibial osteotomies are among the more current surgical techniques for treating CCLD in dogs and they proportionate the dynamic stability by means of modifying bone geometry and the distribution of forces acting on the articulation. The objective of this work is to describe the use of the allogeneic cortical bone graft conserved in glycerin as a spacer on the tibial tuberosity advancement (TTA) for treating the CCLD. In order to do that, 34 dogs submitted to TTA surgery correction were evaluated, being 23 males (67.35%) and 11 females (32.35%). Surgical procedures happened from May 2011 to October 2015. Regarding the surgical procedure after osteotomy of the tibial tuberosity, a disk of allogeneic cortical disk, sawn wedge-hapsed, conserved in glycerin, proportions of 2x1mm was applied as spacer, enabling TTA. Advancements from 3 to 12 mm were executed, depending on the need of the patient. For animals with patella dislocation, trochleoplasty and TTA were executed in order to correct the deviation. The mean ± SD age of animals was 6.67±3.58 and weight was 15.16±12.97 kg. Mongrel dogs, Poodles and Yorkshire terriers were the most affected ones. From the 36 evaluated knees, 11 (30.56%) were associated with some traumatic process and in 25 (69.44%) there was no relation with previous trauma. From those wounds, 20 (55.56%) happened in the right limb and 16 (44.44%) in the left limb and two animals had CCLD bilaterally. Animals had continuous support, discreet drawer movement and negative tibial compression 15 days after surgery. At 30 days, 26 cases (72.22%) had firm support (FS); at 45 days, 24 cases (66 test at 7 and 67%) had FS and eight cases (22.22%) without claudication (WC). During subsequent radiographic evaluations the progressive incorporation of the graft and osteotomy union were observed. In this study, most of the diagnosed CCLD occurred in males diverging from results obtained by other authors that found greater frequency in females. Support without claudication it was observed in most of the cases of implants at 60 days. We concluded that the conserved allogeneic cortical bone graft was able to promote bone union in TTA of dogs with CCLD. None of the animals had signs of contamination, infection of the surgical wound or rejection related with the presence of the graft, demonstrated by the complete graft-bone incorporation observed early at 45 days in some animals. The glycerin was a good conservation medium for those fragments intended for grafting because, besides being of low cost, it kept bone fragments free of contamination, reducing antigenicity and preserving the functions of osteoinduction and osteoconduction. The possibility of molding the graft to the animal need is a characteristic favorable to executing the modified technique that could be molded according to the size of the animal, allowing perfect adaptation to the osteotomized local in different breeds. Intercurrences commonly observed in TTA with patellar dislocation, meniscal lesions, tibial crest fracture and displacement were not found in the animals of this study, probably due to the better distribution of forces between the pass screw in TT and the TTA plate confirming that it has good adaptation to the technique conferring to the modified TTA advantages regarding the conventional TTA.(AU)

O ligamento cruzado cranial é o principal responsável pela estabilidade do joelho, impedindo o deslocamento da tíbia cranial em relação ao fêmur. A deficiência neste ligamento (CCLD) pode causar subluxação da tíbia e disfunção do membro pélvico devido à sobrecarga. As osteotomias tibiais estão entre as técnicas cirúrgicas mais atuais para o tratamento de CCLD em cães e proporcionam a estabilidade dinâmica por meio da modificação da geometria óssea da distribuição das forças que atuam sobre a articulação. O objetivo desse estudo é descrever o uso do enxerto ósseo cortical alogênico conservado em glicerina como espaçador no avanço da tuberosidade tibial (TTA) para o tratamento do CCLD. Para isso, 34 cães submetidos à cirurgia de TTA foram avaliados, sendo 23 machos (67,35%) e 11 fêmeas (32,35%). Os procedimentos curúrgicos aconteceram entre maio de 2011 e outubro de 2015. Com relação ao procedimento cirúrgico após a osteotomia da tuberosidade tibial, um disco alogênico cortical, em forma de cunha serrada, conservado em glicerina com proporções de 2 x 1mm foi aplicado como espaçador possibilitando a TTA. Avanços de 3 a 12mm foram executados, dependendo da necessidade do paciente. Para animais com luxação da patela, realizou-se a trocleoplastia e a TTA para a correção do desvio. A idade média dos animais foi de 6,67±3,58 anos e pesos médios de 15,16±12,97kg. Cães sem raça definida, Poodles e Yorkshire Terriers foram os mais afetados. Dos 36 joelhos avaliados, 11 (30,56%) foram associados a algum processo traumático e em 25 (69,44%) não havia nenhuma relação com um trauma prévio. Dos ferimentos, 20 (55,56%) aconteceram no membro direito e 16 (44,44%) no esquerdo, sendo que dois animais apresentavam CCLD bilateralmente. Os animais tiveram suporte contínuo, discreto movimento de gaveta e compressão tibial negativa 15 dias após a cirurgia. Aos 30 dias, 26 casos tinham suporte firme (FS); aos 45 dias, 24 casos tinham FS e oito casos sem claudicação (WC). Durante avaliações radiográficas subsequentes, observou-se a incorporação progressiva da união do enxerto e da osteotomia. Neste estudo, a maior parte do CCLD diagnosticado ocorreu em machos, divergindo dos resultados obtidos por outros autores que encontraram maior frequência em fêmeas. Suporte sem claudicação foi observado na maioria dos casos de implantes aos 60 dias. Foi concluído que o enxerto ósseo cortical alogênico conservado foi capaz de promover a união óssea na TTA de cães com CCLD. Nenhum dos animais apresentou sinais de contaminação, infecção da ferida cirúrgica ou rejeição relacionada à presença do enxerto, demonstrada pela incorporação completa do enxerto ósseo observada precocemente aos 45 dias em alguns animais. A glicerina foi um bom meio de conservação para os fragmentos destinados à enxertia porque, além do menor custo, manteve os fragmentos ósseos livres de contaminação, reduzindo a antigenicidade e preservando as funções de osteoindução e osteocondução. A possibilidade de moldagem do enxerto à necessidade do animal é uma característica favorável à execução da técnica modificada que pode ser moldada de acordo com o tamanho do animal, possibilitando perfeita adaptação ao local osteotomizado em diferentes raças. Intercorrências comumente observadas na TTA com luxação patelar, lesões meniscais, fratura da crista tibial e deslocamento não foram encontradas nos animais deste estudo, provavelmente devido à melhor distribuição de forças entre a passagem do parafuso no TT e a placa do TTA, confirmando que tem boa adaptação à técnica conferindo às vantagens da TTA modificada em relação à TTA convencional.(AU)
Descritores: Joelho de Quadrúpedes/cirurgia
Joelho de Quadrúpedes/fisiopatologia
Joelho de Quadrúpedes/lesões
Transplante Ósseo/métodos
Transplante Ósseo/veterinária
-Glicerol/farmacologia
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-792462
Autor: Yamauchi, K. C. I; Ferrigno, C. R. A; Pereira, C. A. M; Cavalcanti, R. A. O; Grisi-Filho, J. H. H.
Título: Comportamento biomecânico de diferentes placas de avanço da tuberosidade da tíbia em cães: estudo comparativo ex vivo / Biomechanical behavior of two different tibial tuberosity advancement plates in dogs: comparative ex vivo biomechanical study
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;68(4):945-952, jul.-ago. 2016. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este é o primeiro estudo que compara o comportamento biomecânico de duas diferentes placas de avanço da tuberosidade tibial (ATT). Com o objetivo de minimizar a incidência de falhas de implante, foram realizados ensaios biomecânicos em 10 pares de membros pélvicos de cadáveres de cães. No membro pélvico direito, foi colocada placa de ATT fixa por garfo, e no membro pélvico esquerdo placa fixa por parafusos. Os ensaios foram realizados utilizando-se máquina universal de ensaios mecânicos Kratos(r), modelo KE3000, dotada de célula de carga de 3000N, com velocidade de ensaio de 20mm/min. O parâmetro força e os gráficos gerados foram gravados por meio de sistema de aquisição analógica TRACOMP-W95 (TRCV61285). A média da carga máxima até a falha foi de 128,70kg/F (mínimo 104,55kg/F e máximo 151,80kg/F) e de 141,99kg/F (mínimo 111,60kg/F e máximo 169,65kg/F) no grupo utilizando garfo e parafusos, respectivamente. O desvio-padrão dos grupos garfo e parafuso foi baixo, 12,99 e 17,21, respectivamente. Foi encontrada diferença significativa (P=0,03) entre as médias dos grupos. Com base nos resultados obtidos, conclui-se que existe diferença estatística significativa na resistência promovida entre as placas testadas, quando se observou que a placa fixa por parafusos promove maior resistência.(AU)

This is the first study to compare the biomechanical strength between the two different TTA plates. With the purpose of minimizing the incidence of implant failure, biomechanical tests were performed on 10 pairs of cadaveric hind limbs from dogs. The right hind limb of each dog was used as a model for the TTA plate fixed by fork, and the left pelvic limb was used as a model for the TTA plate fixed by screws. Tests were performed using a universal mechanical testing Kratos (r) machine, model KE 3000, equipped with a load cell of 3000N with a test speed of 20mm/min. The strength parameter and graphs generated were recorded via analog acquisition system TRACOMP-W95 (TRCV61285). The mean load to failure was 128.70kg/F (minimum 104.55kg and maximum 151.80kg/F) and 141.99kg/F (minimum 111.60kg/F and maximum 169.65kg/F) in the fork and screws groups respectively. The standard deviation of the fork and screws groups was low: 12.99 and 17.21 respectively. Significant difference (P= 0.03) between means of the groups was observed. From the results obtained it was concluded that there is a statistically significant difference in the resistance between plates and the plate fixed by screws promotes increased strength.(AU)
Descritores: Fenômenos Biomecânicos
Implantação de Prótese/veterinária
Tíbia/transplante
-Osteotomia/veterinária
Joelho de Quadrúpedes
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-660214
Autor: Iamaguti, L. S; Brandão, C. V. S; Mota, L. S. L. S; Sereno, M. G; Almeida, M. F; Padovani, C. R.
Título: Reparação de defeitos osteocondrais de cães com implante de cultura de condrócitos homólogos e membrana biossintética de celulose: avaliação clínica, ultrassonográfica e macroscópica / The repair of osteochondral defects in dogs with homologous articular chondrocytes and biosynthetic cellulose membrane: clinical, ultrasound and macroscopic evaluation
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;64(6):1483-1490, Dec. 2012. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliou-se o implante de condrócitos homólogos em lesões osteocondrais, utilizando a membrana biossintética à base de celulose (MBC) como revestimento. Dez cães adultos e clinicamente sadios foram submetidos à artrotomia das articulações fêmoro-tíbio-patelares. Defeitos de quatro milímetros de diâmetro por quatro milímetros de profundidade foram induzidos na tróclea femoral de ambos os membros. A MBC foi aplicada na base e superfície das lesões. Os defeitos do membro direito foram preenchidos com condrócitos homólogos cultivados e formaram o grupo tratado (GT); e os defeitos do membro esquerdo, sem implante celular, formaram o grupo controle (GC). Os animais foram avaliados clínica e ultrassonograficamente aos 30 e 60 dias. A evolução pós-operatória dos cães foi analisada com especial interesse nos processos de reparação da lesão, por meio de macroscopia. Não houve diferença clínica e ultrassonográfica entre os grupos. Entretanto, à macroscopia, ocorreu maior prevalência de formação de tecido cicatricial esbranquiçado no GT. O tecido neoformado apresentou melhor qualidade associado ao implante homólogo de condrócitos, mas não promoveu reparação por cartilagem hialina.

The aim of the study was to evaluate the repair of deep cartilaginous defects made in the femoral trochlear sulcus of dogs, using the cellulose biosynthetic membrane (CBM) as coating. Ten healthy adult dogs without locomotor disorders were used. All animals were submitted to arthrotomy of stifle joints and defects with four millimeters diameter x four millimeters deep were done in the femoral trochlear sulcus of both limbs. CBM was applied in the lesion's base and surface of all limbs. In the treated group (TG), the defects of the right limb were filled with cultivated homologous chondrocytes, and in control group (CG), the defects of the left limb were filled without cellular implant. The animals were evaluated by physical examination and ultrasound at 30 and 60 days. The postoperative follow up of the dogs was done by macroscopy with special interest in the healing process of the osteochondral defect. No clinical and ultrasonographic differences were observed in both groups. In the macroscopic evaluation higher prevalence of whitish scar tissue formation was noted in TG, but without statistical difference. The neoformed tissue showed slightly higher quality in TG, but without promoting repair by the hyaline cartilage.
Descritores: Condrócitos/fisiologia
Condrócitos
Osteocondrite
Osteocondrite/veterinária
-Cães/lesões
Cartilagem Articular/lesões
Cartilagem Articular
Cartilagem Hialina
Joelho de Quadrúpedes/lesões
Joelho de Quadrúpedes
Limites: Animais
Adulto
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Tudury, E. A
Texto completo
Id: lil-655886
Autor: Figueiredo, M. L; Silva, C. E. S; Fernandes, T. H. T; Chioratto, R; Tudury, E. A.
Título: Exame ortopédico, com e sem anestesia geral, de cães com luxação patelar medial / Orthopedic exam differences in awake and anaesthetized dogs with medial patellar luxation
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;64(5):1156-1160, out. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Compararam-se os achados musculotendinosos e osteoarticulares encontrados em cães com luxação patelar medial, por meio do exame ortopédico realizado com e sem anestesia geral. Para tal, foram utilizados 11 joelhos de 10 cães, sem distinção de sexo, idade e raça, os quais apresentaram luxação patelar medial dos graus II, III e IV, diagnosticada clinicamente. O exame ortopédico específico da articulação do joelho foi realizado previamente à cirurgia, com o animal sem anestesia, e, no dia da cirurgia, com o cão já anestesiado. Verificou-se, quanto aos achados osteoarticulares, que não houve diferenças. Já em relação aos achados musculotendinosos, houve diferença entre as avaliações do movimento de gaveta e dos músculos sartório e retofemoral.

This study aimed to compare the osteoarticular and musculotendineal findings in dogs with medial patellar luxation by orthopedic examination performed with and without general anesthesia. For this we used 11 knees of 10 dogs without distinction of sex, age and race, which had medial patellar luxation in grades II, III and IV, diagnosed clinically. The specific orthopedic examination of the knee joint was performed prior to surgery with the non-anaesthetised dog, and on the day of surgery with the same patient already anesthetized. Regarding the osteoarticular results, no differences were found. In relation to the musculotendineal results, differences were observed between the assessments of the drawer movement and sartorius and rectum femoral muscle tension.
Descritores: Anormalidades Musculoesqueléticas/veterinária
Luxação Patelar/diagnóstico
Luxação Patelar/veterinária
Ortopedia/veterinária
-Exames Médicos/análise
Joelho de Quadrúpedes/cirurgia
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-546100
Autor: Martínez Méndez, Pedro Pablo; Achury, Olga Lucia; Lara, Sonia; Gutiérrez, Edgar; Forero, Jorge.
Título: Técnica de la Hamaca modificada para la estabilización extra-articular de la rodilla en ruptura del ligamento cruzado en caninos / Technique of the modified hammock for the extra-articulate stabilization of the knee in rupture of the cranial cruciate ligament in canine
Fonte: Rev. med. vet. (Bogota);(9):19-35, jun. 2005. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El ligamento cruzado anterior es el principal estabilizador de la articulación de la rodilla, su lesión produce un grado de inestabilidad que desencadena una osteoartritis degenerativa y un daño en el menisco interno en la mayoría de los casos. La ruptura del ligamento cruzado anterior (RLCA), es una de las patologías de rodilla más común en caninos. Dicha patología se encuentra relacionada con condiciones del paciente como tamaño, peso e incluso ejercicio, y también a los diversos factores biomecánicos individuales de cada animal. La RLCA, generalmente está acompañada de complicaciones como lesiones sobre los meniscos, ligamentos, inflamación y dolor. Para el tratamiento de la RLCA se han establecido una amplia variedad de técnicas Quirúrgicas, las cuales implican un abordaje total de la articulación. La técnica de la hamaca modificada permite una exitosa resolución del problema, con un abordaje mínimamente invasivo y una excelente estabilización de la articulación que permite una recuperación rápida y adecuada en paciente con ruptura de ligamento cruzado anterior en estado agudo...
Descritores: Ligamento Cruzado Anterior
Osteoartrite
Joelho de Quadrúpedes
-Especialidades Cirúrgicas
Limites: Cães
Responsável: CO149 - Facultad de Medicina Veterinária


  8 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rahal, Sheila Canevese
Texto completo
Id: lil-496888
Autor: Hette, Khadije; Rahal, Sheila Canevese; Mamprim, Maria Jaqueline; Volpi, Reinaldo dos Santos; Silva, Vicente Colombi da; Ferreira, Danilo Otávio Laurenti.
Título: Avaliações radiográfica e ultra-sonográfica do joelho de ovinos / Radiographic and ultrasonographic evaluations of the ovine stifle joint
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;28(9):393-398, set. 2008. ilus, tab.
Idioma: pt.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . FAPESP.
Resumo: The aim of this study was to evaluate the stifle joint of 18 healthy Santa Ines sheep in different age groups, utilizing both radiographic and ultrasonographic exams. The animals were divided into 3 equal groups: Group I, 6-8 months old (mean weight of 25 kg); Group II, 2 years old (mean weight of 50 kg); Group III, 3-5 years old (mean weight of 55 kg). Radiographically the lateral femoral condyle was larger than medial femoral condyle, and the lateral tibial condyle was larger than the medial tibial condyle in the craniocaudal view. The patella showed a pyramidal base and a pointed apex in mediolateral view. The medial sesamoid bone of the gastrocnemius muscle was observed in one, and the lateral sesamoid bone was observed in four of 36 hindlimbs evaluated. Out of all the radiographs, the fibula was identified in only one animal - a Group III sheep. The distal femoral, proximal tibial and tibial tuberosity physes could be evaluated in all radiographs. These physes were closed or semiclosed in all animals of Group III. According to ultrasonographic examination, the convex surface of the patella was observed as a hyperechogenic line with an acoustic shadow and the articular cartilage of the femoral condyles was observed as a hypoechogenic line outlining the bone surface. The intermediate patellar ligament presented as a fibrilar hyperechogenic structure measuring 1.2-3.2mm in thickness. The lateral and medial menisci appeared triangular in shape, slightly heterogeneous, and moderately echogenic. In conclusion, the radiographic images were useful to evaluate the bone structures of the stifle, and physis closure and the ultrasonographic images allowed to identify soft tissue structures, such as menisci and patellar ligament.

Com o presente trabalho visou-se estudar as características osteo-articulares do joelho de ovinos hígidos em diferentes idades, considerando duas possibilidades de exames: radiográfico e ultra-sonográfico. Foram utilizados 18 ovinos da raça Santa Inês, divididos em três grupos experimentais eqüitativos: Grupo I, idade de 6-8 meses (peso médio de 25 kg); Grupo II, idade de 2 anos (peso médio de 50 kg); Grupo III, idade de 3-5 anos (peso médio de 55 kg). Radiograficamente, na incidência craniocaudal, o côndilo femoral lateral apresentou-se mais amplo que o côndilo medial, assim como o côndilo tibial lateral foi maior em relação ao medial. A patela apresentava base em formato piramidal e ápice afilado na incidência mediolateral. Dos 36 membros avaliados, o osso sesamóide medial do músculo gastrocnêmio foi visibilizado em apenas um membro e o osso sesamóide lateral em quatro. A fíbula foi identificada somente em um animal do Grupo III. As linhas fisárias femoral distal, tibial proximal e da tuberosidade da tíbia puderam ser avaliadas em todas as radiografias, estando fechadas ou semifechadas especialmente nos ovinos do Grupo III. Ao exame ultra-sonográfico, a superfície convexa da patela foi visibilizada como uma linha hiperecogênica com sombra acústica e a cartilagem articular dos côndilos femorais como uma linha hipoecogênica contornando a superfície óssea. O ligamento patelar intermédio mostrou-se como uma estrutura fibrilar hiperecogênica homogênea com espessura de 1,2 a 3,2mm. Os meniscos lateral e medial apresentaram formato triangular, aspecto discretamente heterogêneo e ecogenicidade moderada. Sendo assim, o exame radiográfico foi útil para avaliar especialmente as estruturas ósseas do joelho e o fechamento da placa fisária, e a ultra-sonografia permitiu identificar algumas das estruturas teciduais moles, como os meniscos e o ligamento patelar.
Descritores: Articulações
Radiografia
Joelho de Quadrúpedes
Ultrassonografia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-481230
Autor: Hette, Khadije; Rahal, Sheila C; Volpi, Reinaldo S; Ferreira, Danilo Otávio L; Teixeira, Carlos R.
Título: Artroscopia do joelho de ovinos / Arthroscopy of the stifle joint in sheep
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;28(2):119-123, fev. 2008. ilus.
Idioma: pt.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . FAPESP.
Resumo: O trabalho teve por objetivo avaliar artroscopicamente a articulação do joelho de ovinos hígidos em diferentes idades, com o intuito de determinar, de acordo com os portais estabelecidos, a capacidade de observação das estruturas. Utilizaram-se 18 animais da raça Santa Inês, divididos em três grupos experimentais eqüitativos, conforme a idade cronológica, sendo: Grupo I, 6-8 meses (peso médio de 25 kg); Grupo II, 2 anos (peso médio de 50 kg); e Grupo III, 3,5-5 anos (peso médio de 55 kg). Foram estabelecidos três portais: (1) portal artroscópico primário, craniolateral; (2) portal para fluxo de drenagem; e (3) portal instrumental, craniomedial. Identificaram-se com facilidade a patela, sulco e bordas trocleares, côndilos medial e lateral do fêmur, e tendão do músculo extensor longo dos dedos. Após a remoção da maior parte do coxim gorduroso infrapatelar com emprego do "shaver" foram visibilizados, ainda com dificuldade, os ligamentos cruzados e os meniscos. Para a identificação dos primeiros foram necessárias movimentos de flexão e extensão e para os meniscos manobras de varo e valgo. O grau de dificuldade foi inversamente proporcional ao tamanho da articulação. Sendo assim, foi possível concluir que os portais artroscópicos utilizados possibilitaram a identificação das principais estruturas articulares, independente da idade, e o método em si teve por vantagem a rápida recuperação pós-operatória dos animais.

The aim of this study was to evaluate arthroscopically the stifle joint of healthy Santa Ines sheep with different ages, and observe the joint elements according to the established portals. Eighteen Santa Ines sheep were divided into 3 equal groups according to the chronological age: GI - 6 to 8 months old (mean weight 25 kg), G II - 2 years old (mean weight 50 kg), and G III - 3.5 to 5 years old (mean weight 55 kg). Three arthroscopic portals were established: craniolateral primary arthroscopic portal, drainage outflow portal, and craniomedial instrumental portal. The patella, the trochlear groove and ridges, the medial and lateral femoral condyles, and the long digital extensor tendon were easily identified. After removing a great portion of the infrapatellar fat pad using a shaver, the cruciate ligaments and the menisci could be observed, even though with some difficulty. The limbs were flexed and extended to identify the cruciate ligaments. Varus and valgus stress of the joint was used to improve meniscal observation. The difficulty level was inversely proportional to the joint size. In conclusion, the arthroscopic portals allowed identification of the main elements of the knee joint, regardless of animal age, and the arthroscopic method had as advantage early postoperative recovery of the animals.
Descritores: Artroscópios
Artroscópios/veterinária
Joelho de Quadrúpedes/anatomia & histologia
Joelho de Quadrúpedes/fisiologia
Observação
Ovinos
Limites: Animais
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 13 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-462189
Autor: Dórea Neto, F. A; Padilha Filho, J. G; Santos, L. A; Oriá, A. P; Canola, J. C; Stefanes, S. A; Regonato, E.
Título: The use of hydroxyapatite for arthrodesis in dogs and cats: a clinical study
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;59(4):932-938, ago. 2007. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: Twenty-five arthrodeses were performed in four cats and 17 dogs using synthetic hydroxyapatite as fresh autogenous graft cancellous bone substitute. Arthrodesis was performed in the carpal joint in eight cases, in the tarsal joint in 10, in the elbow joint in six, and in the knee joint in one case. The mean radiographic follow-up time was 30 days in one animal, 45 days in another animal and 60 days in the 19 remaining cases. Bone union was observed in 24 arthrodeses. Non-union of one elbow arthrodesis was due to failure of stabilization. Restoration of limb functionality was classified as good to excellent in 22 cases. Hydroxyapatite was able to promote bone growth and is suitable for using in routine surgical procedures for small animals

Realizaram-se 25 artrodeses em 21 casos, quatro em gatos e 17 em cães, utilizando hidroxiapatita sintética como substituto ao enxerto ósseo autógeno esponjoso fresco, sendo oito na articulação do carpo, 10 na articulação do tarso, seis na do cotovelo e uma na do joelho. As avaliações radiográficas foram realizadas aos 30 dias em um animal, aos 45 dias em outro e aos 60 dias nos 19 casos restantes. Visibilizou-se união óssea em 24 artrodeses e a não-união em um cotovelo foi atribuída a falha na estabilização. O retorno à função do membro foi classificado de bom a excelente em 22 casos. A hidroxiapatita foi capaz de viabilizar o crescimento ósseo e mostrou-se factível para utilização na prática cirúrgica rotineira em pequenos animais
Descritores: Artrodese/métodos
Cães/cirurgia
Carpo Animal/cirurgia
Carpo Animal/fisiopatologia
Durapatita/uso terapêutico
Gatos/cirurgia
Joelho de Quadrúpedes/cirurgia
Joelho de Quadrúpedes/fisiopatologia
Tarso Animal/cirurgia
Tarso Animal/fisiopatologia
-Membro Anterior/cirurgia
Membro Anterior/fisiopatologia
Limites: Animais
Gatos
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde