Base de dados : LILACS
Pesquisa : A18.024.249.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 181 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 19 ir para página                         

  1 / 181 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1148015
Autor: Segurondo Loza, Romina; Huanca Cruz, María Alejandra; Perez Villarreal, Paola.
Título: Determinación del porcentaje de miel de flores y miel de mielada comercializadas en supermercados de la ciudad de La Paz / Determining the percentage of flower honey and honey honey marketed in supermarkets in the city La Paz
Fonte: Con-ciencia (La Paz);8(2):101-111, 2020. tab..
Idioma: es.
Resumo: INTRODUCCIÓN: la miel, consumida por el hombre desde hace miles de años debido a sus propiedades organolépticas y terapéuticas, es el producto de la unión entre el mundo animal, la abeja (apis melífera), y el vegetal, el néctar de las flores y/o secreciones azucaradas de las plantas o insectos. En general existen diferencias significativas entre las características físico-químicas de las mieles florales y la miel de mielada. OBJETIVO: determinar del porcentaje de miel de flores y miel de mielada comercializadas en supermercados de la ciudad de La Paz. MÉTODOS: Para la diferenciación entre miel de flores y miel de mielada se utilizó el método estandarizado por el Centro de Investigaciones Apícolas ­ CEDIA) y para la determinación de los parámetros fisicoquímicos, los métodos establecidos en la Norma Boliviana (NB 38023). RESULTADOS: Se analizaron 25 muestras de miel comercializadas en supermercados de la ciudad de La Paz, y a través del parámetro cualitativo de diferenciación de miel de flores y miel de mielada, se logró evidenciar que el 88,46% corresponde a mieles de origen floral, el 7,69 % a mieles de mielada y el 0,96 a mieles adulteradas. CONCLUSIONES: los datos obtenidos reflejan la importancia de considerar en el etiquetado el origen del que procede la miel, así mismo recomendar que este parámetro forme parte de los requisitos de la Norma Boliviana de Miel y de esta manera otorgar un mayor valor comercial a la miel de procedencia nacional.

INTRODUCTION: honey, consumed by man for thousands of years due to its organoleptic and therapeutic properties, is the product of the union between the animal world, the bee (Apis melífera), and the plant, the nectar of flowers and / or sugary secretions from plants or insects. In general, there are significant differences between the physicochemical characteristics of floral honeys and honeydew honey. OBJECTIVE: to determine the percentage of flower honey and honeydew honey sold in supermarkets in the City of La Paz. METHODS: for the differentiation between flower honey and honeydew honey, the standardized method by the Beekeeping Research Center - CEDIA) was used and for the determination of the physicochemical parameters, the methods established in the Bolivian Standard (NB 38023). RESULTS: 25 samples of honey sold in supermarkets in the city of La Paz were analyzed, and through the qualitative parameter of differentiation of flower honey and honeydew honey, it was possible to show that 88.46% corresponds to honeys of origin floral, 7.69% to honeydew honeys and 0.96 to adulterated honeys. CONCLUSIONS: the data obtained reflect the importance of considering the origin of the honey in the labeling, as well as recommending that this parameter be part of the requirements of the Bolivian Honey Standard and thus granting a greater commercial value to the honey of national origin.
Descritores: Pesquisa
Flores
Criação de Abelhas
Mel
-Plantas
Abelhas
Néctar de Plantas
Responsável: BO138.1 - Biblioteca Central


  2 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011815
Autor: Batista, Sandro Rodrigues; Vilarins, Geisa Cristina Modesto; Lima, Mirlene Guedes de; Silveira, Talita Braga.
Título: O Complexo Regulador em Saúde do Distrito Federal, Brasil, e o desafio da integração entre os níveis assistenciais / The Regulatory Complex for Health Care in the Federal District, Brazil and the challenge for integrating levels of health care
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(6):2043-2052, jun. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A integração entre os níveis de atenção é um desafio contínuo mesmo em sistemas de saúde consolidados e de alta performance. A reestruturação do sistema público de saúde do Distrito Federal, baseado no fortalecimento da Atenção Primária à Saúde (APS), na reconfiguração da atenção especializada (ambulatorial e hospitalar) e de sua rede de urgência e emergência, trouxe como desafio a necessidade de integração entre esses níveis. Fez-se necessária a criação de um dispositivo que desempenhasse o papel de "gatekeeper" conduzindo o acesso equânime, transparente e seguro para a atenção especializada e hospitalar. Neste sentido, foi estruturado o Complexo Regulador em Saúde do Distrito Federal (CRDF) e suas Centrais de Regulação (CR), orientados para a execução de um processo regulatório de acesso para os serviços de internação hospitalar, ambulatorial (procedimentos e consultas especializadas), cirurgias eletivas, alta complexidade, transporte sanitário, urgências e transplantes de pacientes do Distrito Federal e de fora dele. Este artigo descreve o processo de implantação e de implementação do CRDF e de suas CR, de forma a refletir sobre as potencialidades e desafios de seu papel enquanto instrumento de integração entre os níveis assistenciais de saúde.

Abstract The integration among levels of care is a continuous challenge even in consolidated and high performance health systems. The reform of public health system of Distrito Federal, based on the strengthening of primary health care associated to the reconfiguration of specialized attention (ambulatory and hospital) and of its of urgency and emergence network brought, as a challenge, the need for integration between these levels. Thus, became necessary to create an instrumentto perform the role of gatekeeper, leading to equanimous, transparent and safe access to specialized and hospital care. Thus, the Regulatory Complex in Health of Distrito Federal (CRDF) and its Regulatory Centers (CR) were created to carry out the regulatory process of access to care services, such as hospitalization, ambulatory care (procedures and specialized consultations), elective surgeries, complex procedures, sanitary transport, urgencies and transplants of patients of the Federal District and outside it. This article describes the process of the CRDF implementation and its CRs, aiming to reflect on the potential and challenges of its role as an instrument of integration among the levels of care.
Descritores: Feromônios/isolamento & purificação
Estômago/química
Tilia
Flores
Mel/análise
-Feromônios/química
Volatilização
Abelhas
Extratos Vegetais/química
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1100215
Autor: Carvalho, Flávio Alexandre; Aguilar, Polyanna Pereira; Oda, Fernando Bombarda; Uchina, Helena Sayuri; Tininis, Aristeu Gomes; Crevelin, Eduardo José; Crotti, Antônio Eduardo Miller; Santos, André Gonzaga.
Título: Chemical variability between different organs of the medicinal plant Casearia sylvestris
Fonte: Rev. ciênc. farm. básica apl;39, 01/01/2018. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The phytochemical profile of essential oils and extracts from Casearia sylvestris leaves, flowers and fruits have been investigated here. Leaf and flower extracts were prepared by sonication and analyzed by thin-layer chromatography and high-performance liquid chromatography. The phenolic content was determined by ultraviolet spectrophotometry. Leaves, flowers, and fruits essential oils were extracted by hydrodistillation. The highest extracts yields were 20.3 % (leaves) and 23.4 % (flowers) with ethanol 70 %. Essential oil extraction yields were 0.3 % (leaves) and 0.1 % (flowers and fruits). Bicyclogermacrene was the major component in all essential oil. Thin-layer chromatography suggests a chemical profile similar for leaves and flowers. The leaves and flowers phenolic content were similar (14.0 and 15.0 %, respectively). Chromatography analyses indicated the predominance of casearin clerodane diterpenes in leaves (λmax 232-235), whereas in flowers, diterpenes with a different standard diene in side-chain C13(16) and C14 (λmax 223-229). The different phytochemical profile of C. sylvestris flowers as compared to the leaves could be explored by the search for new bioactive components. This is the first report on the fruit and flower C. sylvestris essential oil composition. These data could be used as quality control of herbal medicine derived from C. sylvestris leaves.(AU)
Descritores: Plantas Medicinais/química
Óleos Voláteis
Extratos Vegetais/química
Casearia/química
-Cromatografia Líquida
Folhas de Planta/química
Flores/química
Diterpenos Clerodânicos/química
Frutas/química
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  4 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-437676
Autor: Benezar, Rosa M. Cordovil; Pessoni, Luiz Alberto.
Título: Biologia floral e sistema reprodutivo de Byrsonima coccolobifolia (Kunth) em uma savana amazônica / Floral Biology and the reproductive system of Byrsonima coccolobifolia (Kunth) in an amazonian savanna
Fonte: Acta amaz;36(2):159-168, abr.-jun.2006. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A biologia reprodutiva de Byrsonima coccolobifolia, foi avaliada em uma população de savana do Estado de Roraima. A espécie é constituída de arbustos e arvoretas com altura inferior a 3m, de flores hermafroditas zigomorfas, pentâmeras, reunidas em inflorescências do tipo racemo terminal, produzidos em brotações novas, o cálice é composto por cinco sépalas, que apresentam um par de glândulas produtoras de óleo. A corola é formada por cinco pétalas albo-róseas e unguiculadas, o androceu é composto por dez estames com anteras de coloração amarela. A antese pode ser noturna ou diurna, estende-se por um período médio de 12 horas e as flores costumam ficar abertas e vistosas por um período adicional de 15 horas, quando se inicia a senescência. Foram registrados dois episódios de floração e o fogo parece ser um fator ambiental estimulador desta fenofase. Os visitantes florais predominantes foram abelhas das famílias Anthophoridae (Centris sp. e Xylocopa sp.) e Apidae (Apis mellifera e Bombus sp.). Os resultados das polinizações controladas e o cálculo do índice de auto-incompatibilidade (ISI) indicam que a espécie apresenta comportamento protogínico e é autocompatível, produzindo frutos em todos os tratamentos de autopolinização em proporções semelhantes à polinização natural, não sendo confirmada a produção de frutos apomíticos. Entretanto, os percentuais de frutos formados nos tratamentos de xenogamia foram significativamente superiores aos tratamentos de autofertilização, indicando que B. coccolobifolia apresenta um sistema reprodutivo misto com níveis elevados de alogamia e autogamia.

The reproductive biology of Byrsonima coccolobifolia was evaluated in a savanna area of State of Roraima, Brazil. This is a woody species of bushes and small trees 3m tall. The flowers are hermaphrodite, pentamerous, zygomorphic, arranged in a terminal inflorescence, produced in new sprouts. Five sepals form the calyx, each one with a pair of oil-producing glands, called elaiophores. The corolla is pale-pink and formed by five clawed and fringed petals, and the androecium is composed of ten stamens with yellow-colored anthers. The anthesis can be nocturnal or diurnal, which lasts for an average of 12 hours, and the flowers usually remain open and pretty for 15 more hours after the end of the process, when senescing begins. Two flowering periods were registered and the fire seems to be a factor environmental stimulator of this phonological phase. The predominant floral visitors were bees of the families Anthophoridae (Centris sp. and Xylocopasp.) and Apidae (Apis mellífera and Bombus sp.). Results of controlled pollination and the self-incompatibility index (ISI) suggest that the species presents protogynous behavior and is self-compatible, producing fruits in all self-pollination treatments in similar proportions as under natural pollination. The production of apomict fruits was not confirmed. However, the percentages of fruits formed under xenogamy treatments were significantly superior to the fruit-set in self-fertilization. This suggests that the species presents a mixed reproductive system with high allogamy and autogamy levels.
Descritores: Reprodução
Flores
Genitália
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Absy, Maria Lucia
Texto completo
Id: lil-437687
Autor: Kaminski, Ana Claudia; Absy, Maria Lúcia.
Título: Bees visitors of three species of Clusia (Clusiaceae) flowers in Central Amazonia / Abelhas visitantes de flores de três espécies de Clusia (Clusiacea) na Amazônia Central
Fonte: Acta amaz;36(2):259-263, abr.-jun.2006. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Observations on bees visitors to three species of Clusia (Clusiaceae) flowers in the Reserva Adolpho Ducke, Manaus, Amazonas, Brazil were made during three two-week periods. The three species of Clusia, namely C. grandiflora, C. panapanari and C. insignis, presented variations regarding the species of bee visitors. A total of 23 bee species visited the three species of Clusia. The Euglossini and Meliponinae bees were the most frequent visitors of the Clusia flowers. Bee collecting behavior of floral resources is described.

Durante seis semanas foram realizadas observações das abelhas visitantes de flores de três espécies de Clusia (Clusiaceae), na Reserva Florestal Adolpho Ducke, em Manaus. As três espécies de Clusia: C. grandiflora Splitg., C. panapanari (Aubl.) e C. insignis Mart. apresentaram diferenças com relação às visitas de espécies de abelhas, tendo sido visitadas por 23 espécies. Abelhas Euglossini e Meliponinae foram os visitantes mais freqüentes em flores de Clusia. O comportamento de coleta de recursos florais é descrito.
Descritores: Abelhas
Clusia
Flores
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  6 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-977657
Autor: Pancieri, Ana Paula; Fusco, Suzimar Benato; Ramos, Bianca Ires Abrantes; Braga, Eliana Mara.
Título: Meanings of flower therapy for anxiety in people with overweight or obesity / Significados de la terapia floral para la ansiedad en personas con sobrepeso u obesidad / Significados da terapia floral para ansiedade em pessoas com sobrepeso ou obesidade
Fonte: Rev. bras. enferm;71(supl.5):2310-2315, 2018.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To understand the experience from the perspective of the participant of a clinical research, which had as intervention the flower therapy for anxiety of individuals with overweight and obesity. Method: qualitative study, developed by semi-structured interview with 42 participants from a clinical research and data submitted to content analysis. Results: after analysis, five thematic categories emerged: seeking natural alternatives to aid in control of anxiety and obesity; perceiving the benefits of flower therapy in itself and in family and professional relationships; recognizing flower therapy as source of tranquility and self-knowledge; perceiving changes in sleep quality; acquiring self-control and guidance on food and relational needs. Final considerations: the participants showed the intention of seeking natural alternatives to aid the control of anxiety and obesity, employing complementary therapies to strengthen their health. Consequently, participants reported self-control in feeding and in family and professional relationships.

RESUMEN Objetivo: Comprender la experiencia desde la perspectiva del participante de una investigación clínica, que tuvo como intervención la terapia floral para ansiedad de individuos con sobrepeso y obesidad. Método: estudio cualitativo, desarrollado por entrevista semiestructurada con 42 participantes de una investigación clínica y datos sometidos al análisis de contenido. Resultados: después del análisis, surgieron cinco categorías temáticas: Buscando alternativas naturales para auxiliar en el control de la ansiedad y la obesidad; Percibiendo los beneficios de la terapia floral en sí mismo y en personas de las relaciones familiares y profesionales; Reconociendo la terapia floral como fuente de tranquilidad y autoconocimiento; Percibiendo cambios en la calidad del sueño; Adquiriendo autocontrol y direccionamiento en las necesidades alimentarias y relacionales. Consideraciones finales: los participantes revelan la intención de buscar alternativas naturales para auxiliar el control de la ansiedad y la obesidad, apropiándose de terapias complementarias para fortalecer su salud. Como consecuencia, los participantes relataron autocontrol en la alimentación y en las relaciones familiares y profesionales.

RESUMO Objetivo: Compreender a experiência sob a perspectiva do participante de uma pesquisa clínica, que teve como intervenção a terapia floral para ansiedade de indivíduos com sobrepeso e obesidade. Método: estudo qualitativo, desenvolvido por entrevista semiestruturada com 42 participantes de uma pesquisa clínica e dados submetidos à análise de conteúdo. Resultados: após análise, emergiram cinco categorias temáticas: Buscando alternativas naturais para auxiliar no controle da ansiedade e obesidade; Percebendo os benefícios da terapia floral em si mesmo e em pessoas das relações familiares e profissionais; Reconhecendo a terapia floral como fonte de tranquilidade e autoconhecimento; Percebendo mudanças na qualidade do sono; Adquirindo autocontrole e direcionamento nas necessidades alimentares e relacionais. Considerações finais: os participantes revelam a intenção de buscar alternativas naturais para auxiliar o controle da ansiedade e obesidade, apropriando-se de terapias complementares para fortalecer sua saúde. Como consequência, os participantes relataram autocontrole na alimentação e nas relações familiares e profissionais.
Descritores: Ansiedade/terapia
Flores
Obesidade/psicologia
-Placebos
Pesquisa Qualitativa
Sobrepeso/psicologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-504694
Autor: Muniz, Francisca Helena.
Título: Padrões de floração e frutificação de árvores da Amazônia Maranhense / Flowering and fruiting patterns of the Maranhense Amazon rainforest trees
Fonte: Acta amaz;38(4):617-626, dez. 2008. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Estudos fenológicos em nível de comunidades podem facilitar a compreensão do comportamento das espécies diante de alterações nos ecossistemas, além de refletir a distribuição anual de tipos específicos de recursos. Este trabalho buscou definir os padrões gerais e a sazonalidade de floração e frutificação de uma comunidade em duas áreas de floresta na Amazônia Maranhense, uma não perturbada e outra submetida a corte seletivo. A vegetação corresponde às matas de cipós das florestas amazônicas, alternando matas densas e abertas, de alta biomassa. Valores médios anuais de temperatura variam entre 24,5º C e 26,0º C, e entre 1400 mm e 1800 mm de precipitação, com um período seco de 5 a 6 meses, de junho a novembro. Foram analisadas a floração e a frutificação de 89 espécies arbóreas, de agosto de 1994 a junho de 1996. As espécies foram agrupadas em: árvores do sub-dossel, árvores do estrato superior e árvores que ocorrem em ambos os estratos. Foi feita comparação entre grupos (estratos, tipos de floresta e mecanismos de dispersão) e possíveis correlações com a precipitação foram investigadas. Quinze espécies estudadas foram exclusivas do estrato inferior e 63 do estrato superior da floresta; 17 espécies foram registradas apenas na mata nativa e 37 apenas na mata manejada. A maioria das espécies é zoocórica (62,9 por cento). A floração e a frutificação ocorreram durante todo o ano, com pico de floração de outubro a dezembro e picos de frutificação de março a julho e de outubro a dezembro. Os resultados obtidos demonstram uma grande sincronia na floração e frutificação dos indivíduos, e confirmam a relação entre esses processos e a variação na precipitação ao longo do ano, e que plantas de ambientes diferenciados exibem comportamentos fenológicos diferentes. Os padrões observados foram semelhantes entre as áreas e a outros estudos na Amazônia.

Community level phonological studies can facilitate the understanding of species behavior as a result of ecosystem changes, further reflecting on the annual allotment of specific resources. The aim of the present study was to define the general patterns, flowering and fruiting seasonality from a community in two forest areas of the Maranhense Amazon Rainforest: a non-disturbed area and another submitted to selective logging. The vegetation is composed of Amazon forest lianas alternating between dense and open high biomass forest. Average annual temperature varies between 24.5O C and 26.0O C, with precipitation ranging from 1400 mm to 1800 mm, and a dry season between June and November. Flowering and fruiting of 89 species were analyzed from August 1994 to June 1996. The species were grouped as follows: sub-dossal, upper strata, and trees occurring in both strata. Comparison was made between groups (strata, types of forest and mechanisms for dispersal) and possible correlations with rainfall were investigated. Fifteen studied species were solely from the lower strata, and 63 from the upper forest strata; 17 species were recorded only in native forest and 37 in managed forest. Most species (62.9 percent) is zoochorous. Flowering and fruiting take place throughout the year with flowering peak from October to December and fruiting peaks from March to July and from October to December. The results showed a great synchrony in flowering and fruiting of individuals, and confirm the relationship between these cases and the variation in rainfall throughout the year, and that plants of different environments exhibit phonological behavior different. The observed flowering and fruiting patterns were similar between the areas and comparable to other studies in the Amazon Rainforest.
Descritores: Flores
Frutas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  8 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-504696
Autor: Pinto, Antonio Moçambite; Morellato, L. P. C; Barbosa, Antenor Pereira.
Título: Fenologia reprodutiva de Dipteryx odorata (Aubl. ) Willd (Fabaceae) em duas áreas de floresta na Amazônia Central / Reproductive phenology of Dipteryx odorata (Aubl. ) Willd (Fabaceae) in two forest areas in the Central Amazon
Fonte: Acta amaz;38(4):643-649, dez. 2008. graf, tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Estudos fenológicos de longa duração em florestas tropicais são raros. Foi realizado o acompanhamento fenológico de Dipteryx odorata, no período de 1974 à 2000, em duas áreas de floresta amazônica: a Reserva Florestal Ducke (RFD) e Estação Experimental de Silvicultura Tropical (EEST). O objetivo foi observar os padrões fenológicos nas duas áreas, verificar a regularidade da floração e frutificação num período de 27 anos e a influência dos fatores climáticos nestes eventos. Foram marcados cinco indivíduos na RFD e cinco na EEST e observados quanto à produção de flores, frutos imaturos e maduros. A floração e a produção de frutos imaturos apresentaram padrão irregular nas duas áreas observadas, variando quanto a época de ocorrência e a duração entre anos e estações, mas apresentaram freqüência de ocorrência similar nos 27 anos observados. Para a fenofase frutos maduros este padrão foi diferente, com intervalos de até três anos sem ocorrência de frutos maduros, na RFD e de sete anos na EEST. Conclui-se que a freqüência de ocorrência das fenofases de floração e frutos imaturos foi anual e a de frutos maduros supra-anual, todas com padrão irregular e duração de intermediária a prolongada. Ocorreu variação de um a três anos entre episódios de floração e frutos imaturos e de um a sete anos entre episódios de frutos maduros, não ficando evidente, nesta análise, a influência dos fatores climáticos nos padrões observados. Sugere-se o uso racional dos produtos derivados de Dipteryx odorata, o cumaru, especialmente quanto à exploração de seus frutos e o desenvolvimento de mais estudos de longa duração, fundamentais para entender os padrões fenológicos reprodutivos e de oferta de recursos em florestas tropicais.

Long term phenological studies in tropical forests are scarce. A phenological study of Dipteryx odorata was carried out from 1974 to 2000 in two areas of Amazon Forest: Reserva Florestal Ducke (RFD) and Estação Experimental de Silvicultura Tropical (EEST). The objective was to compare the phenological patterns between the two areas, to verify the regularity of flowering and fruiting over a period of 27 years, and to verify the influence of climatic factors in these events. Five trees were marked in the RFD and five in the EEST; and were observed monthly for the presence of flowers, unripe and ripe fruits. The flowering and unripe fruiting presented an irregular pattern in both areas, and also varied with regard to duration and period of occurrence between years and seasons. Nevertheless, they presented similar frequency of occurrence during the 27 years of observation. On the other hand, the production of ripe fruits presented a different pattern, with three year intervals without ripe fruits in the RFD, and seven year intervals in the EEST. We concluded that the frequency of flowering and unripe fruiting was annual, and the frequency of occurrence of ripe fruiting was supra-annual, with an irregular pattern, and a duration from intermediate to extended. We also observed the occurrence of one to three year intervals between flowering and unripe fruiting episodes, and one to seven year intervals between episodes with ripe fruiting. The influence of climatic factors in the patterns observed was not clear. We suggest the rational use of natural products extracted from Dipteryx odorata, the "cumaru", especially the fruits, and the development of more long term studies, fundamental for understanding the reproductive phenological patterns as well as the resource offering patterns in tropical forests.
Descritores: Reprodução
Ecossistema Amazônico
Flores
Dipteryx
Frutas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  9 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Wiest, José Maria
Texto completo
Id: lil-783200
Autor: Silva, Analú Barbosa da; Wiest, José Maria; Paim, Marcelo Pinto; Girolometto, Giovani.
Título: Caracterização antibacteriana e fitoquímica de flores de Hibiscus rosa-sinensis L. (mimo-de-vênus) e Hibiscus syriacus L. (hibisco-da-síria) / Antibacterial and phytochemical characterization of flowers of Hibiscus rosa-sinensis L. (treat-of-venus) and Hibiscus syriacus L. (hibiscus-the-syrian)
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;73(3):264-271, jul.-set. 2014. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Hibiscus rosa-sinensis e o Hibiscus syriacus são considerados flores comestíveis e estudos demonstram seu potencial antibacteriano frente a diversos micro-organismos. Este trabalho teve por objetivo analisara Intensidade de Atividade de Inibição (IINIB) e a Inativação Bacteriana (IINAB) in vitro dos extratos alcoólicos das flores dos hibiscos e a relação com os polifenóis e antocianinas revelados. Avaliou-se a ação antibacteriana frente às bactérias de interesse alimentar, Staphylococcus aureus e Salmonella Enteritidis resultando em diferenças significativas entre as médias de IINIB/IINAB, sendo S. aureus a cepa maisresistente para o H. syriacus e S. Enteritidis a mais sensível em ambos os experimentos. Com relação ao H. rosa-sinensis, este foi eficaz para ambas as bactérias. O teor dos compostos fitoquímicos presentes nas plantas constatou que há uma forte correlação positiva com a atividade antibacteriana (r = 0,88),sendo que o H. rosa-sinensis obteve poder antibacteriano maior do que o H. syriacus, presumindo estar relacionado à maior quantidade de polifenóis e antocianinas detectadas no primeiro. Conclui-se que as plantas estudadas têm poder bactericida e bacteriostático podendo agir contra a contaminação bacteriana...
Descritores: Antibacterianos
Compostos Fitoquímicos
Flores
Hibiscus/imunologia
Limites: Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  10 / 181 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-595184
Autor: Fonseca, Fernando Stopato da; Ruvieri, Valter; Onaka, Eduardo Makoto; Santana, Rosana Lisboa; Scorsafava, Maria Anita; Sabino, Myrna.
Título: Influência de fatores climatológicos na ocorrência de microcistina / Influence of climatic factors on the occurrence of microcystin
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;69(4):461-466, out.-dez. 2010. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: As toxinas de cianobactérias têm sido um problema de saúde pública pela capacidade de contaminar águas dos reservatórios. Microcistinas (MCs) são compostos fortemente hepatotóxicos produzidos por diferentes cianobactérias, sendo a mais comum a Microcystis aeruginosa. Este estudo, realizado em 2005, pesquisou a ocorrência de MCs na região noroeste do Estado de São Paulo, bem como sua relação com a temperatura e o índice pluviométrico. A pesquisa de MCs nas amostras de água foi realizada por meio de ELISA (kitcomercial), empregando-se anticorpo monoclonal. As concentrações de MCs mostraram variação temporal e foram relativamente menores durante as altas temperaturas. Apesar da contaminação detectada não ser considerada alta, recomenda-se a realização de constante monitoramento.

Cyanobacteria toxins have been a public health problem, due to the ability incontaminating waters ofreservoirs. Microcystins (MCs) are strongly hepatotoxic produced by various cyanobacteria, notablyMicrocystis aeruginosa. The present investigation, conducted in 2005, aimed at studying the occurrenceof MCs in the northwestern region of São Paulo State, and also its relationship with temperature and rainfalls, which favor the development of cyanobacteria. The MCs were determined in water samples by meansof commercial ELISA kit using a monoclonal antibody. Concentrations of MCs showed temporal variationand being relatively lower during the high temperatures. In spite of the contamination has not been high,a constant monitoring is recommended.
Descritores: Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Cianobactérias
Flores
Microcistinas
Microcystis
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação



página 1 de 19 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde