Base de dados : LILACS
Pesquisa : A18.024.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 978 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 98 ir para página                         

  1 / 978 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1148151
Autor: Tebaldi, Victor Maximiliano Reis; Souza, Yuri Heinrich Silva de; Almeida, Edilberto Oliveira de; Alves, Jonathan Neves de Carvalho; Souza, Alexandre Miranda de; Nascimento, Kamila de Oliveira do.
Título: Prospecção fitoquímica de cruá vermelho (Sicana odorifera Naudin) e atividade antioxidante do fruto / Phytochemical prospection of cruá vermelho (Sicana odorifera Naudin) and antioxidant activity of the fruit
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;78(único):1-9, dez. 2019. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Originária da América Tropical, provavelmente do Brasil, a Sicana odorifera Naudin (Cucurbitaceae) é uma planta herbácea anual, vigorosa, rasteira ou trepadeira, cujos frutos exalam um odor intenso e agradável quando maduros. O presente trabalho visou caracterizar os metabólitos secundários em extratos obtidos das folhas, sementes, polpa e casca do fruto, e avaliar a atividade antioxidante do fruto. Diferentes classes de metabólitos secundários foram identificadas nas análises qualitativas e quantitativas, realizadas nos diferentes extratos obtidos. A atividade antioxidante do extrato aquoso da polpa do fruto foi determinada pela habilidade de sequestrar o radical estável 2,2-difenil-1-picril-hidrazil (DPPH). Os carotenoides foram extraídos com acetona, separados com éter de petróleo e quantificados em espectrofotômetro UV. A triagem fitoquímica dos extratos indicou a presença de compostos como açúcares redutores, depsídeos e depsidonas, esteroides e triterpenoides, polissacarídeos, proteínas e aminoácidos, saponinas, taninos, alcaloides e carotenoides, além de atividade antioxidante na polpa do fruto. De acordo com os resultados obtidos constata-se que S. odorifera possui propriedades de interesse farmacológico. O estudo serve como subsídio preliminar sobre o conhecimento da composição química e viabilidade de emprego dessa planta para fins medicinais. (AU)

Being native of Tropical America, probably from Brazil, the Sicana odorifera Naudin (Cucurbitaceae) is an annual herbaceous plant, vigorous, creeping or climbing, whose fruits exude an intense and pleasant odor when ripe. This study aimed at characterizing the secondary metabolites in the extracts obtained from the leaves, seeds, pulp and fruit peel, and to evaluate the fruit antioxidant activity. Different classes of secondary metabolites were identified by the qualitative and quantitative analyzes in the varied extracts. The antioxidant activity of the aqueous extract from the fruit pulp was determined by the ability to sequester the stable radical 2,2-diphenyl-1-picryl hydrazyl (DPPH). The carotenoids were extracted with acetone, separated with the petroleum ether, and quantified by UV spectrophotometer. Phytochemical screening of extracts indicated the occurrence of compounds as the reducing sugars, depsids and depsidones, steroids and triterpenoids, polysaccharides, proteins and amino acids, saponins, tannins, alkaloids and carotenoids, besides the antioxidant activity in the fruit pulp. According to the obtained results,S. odorifera possesses properties of pharmacological interest. This study provides a preliminary subsidy on the knowledge concerning the chemical composition and the feasibility of using this plant for medicinal purposes. (AU)
Descritores: Cucurbitaceae
Paullinia
Compostos Fitoquímicos
Frutas
Metabolismo
Antioxidantes
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  2 / 978 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Chor, Dóra
Texto completo
Id: biblio-1055831
Autor: Pires, Raphaela Kistenmacker; Luft, Vivian Cristine; Araújo, Marina Campos; Bandoni, Daniel; Molina, Maria del Carmen; Chor, Dora; Cardoso, Letícia de Oliveira.
Título: Análise crítica do índice de qualidade da dieta revisado para a população brasileira (IQD-R): aplicação no ELSA-Brasil / Critical analysis of the revised diet quality index for the Brazilian population (DQI-R): its application in ELSA-Brasil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(2):703-713, Feb. 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo deste estudo foi analisar criticamente a aplicação do Índice de Qualidade da Dieta - Revisado (IQD-R), explicitar facilidades e dificuldades em seu cálculo, sugerir adaptações e comparar sua distribuição segundo variáveis sociodemográficas entre os 15.105 servidores públicos participantes do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto, no período de 2008 a 2010. O consumo alimentar foi aferido com base em Questionário de Frequência Alimentar e o IQD-R foi estimado de quatro maneiras: original; ponderado para frequência de consumo de frutas e hortaliças; modificado considerando leguminosas separado dos demais vegetais e adaptado abrangendo as duas alterações anteriores. Os resultados indicaram que independentemente da adaptação realizada, as mulheres, os indivíduos com mais de 65 anos e os indivíduos de menor escolaridade apresentaram escores médios mais altos indicando dieta de melhor qualidade. Acredita-se que as adaptações propostas podem ser úteis para estudos futuros que apliquem o IQD-R.

Abstract The scope of this study was to conduct a critical analysis of the application of the Brazilian Healthy Eating Index - Revised (BHEI-R), to explain the ease and difficulties in its calculation, to suggest adaptations and to compare its distribution. This was done in accordance with sociodemographic variables among the 15,105 public servants participating in the Longitudinal Study of Adult Health from 2008 to 2010. Food consumption was assessed based on a Food Frequency Questionnaire and BHEI-R was estimated in four ways: original; weighted for frequency of consumption of fruits and vegetables; modified considering legumes separated from other vegetables, and adapted covering the two previous changes. The results indicated that irrespective of the adaptation performed, women, individuals over 65 years of age and individuals with lower schooling had higher mean scores indicating a better quality diet. It is believed that the proposed adaptations may be useful for future studies that apply BHEI-R.
Descritores: Dieta/estatística & dados numéricos
Comportamento Alimentar
Dieta Saudável
-Verduras
Brasil
Fatores Sexuais
Estudos Longitudinais
Fatores Etários
Dieta/normas
Frutas
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 978 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055829
Autor: Silva, Jaqueline Aragoni da; Silva, Kelly Samara da; Silva, Mônica Costa; Silveira, Pablo Magno da; Duca, Giovâni Firpo Del; Benedet, Jucemar; Nahas, Markus Vinicius.
Título: Consumo de frutas e verduras por adolescentes catarinenses ao longo de uma década / Fruit and vegetable consumption over a decade among adolescents in the State of Santa Catarina, Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(2):613-621, Feb. 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Compreender mudanças no consumo de frutas e verduras por adolescentes é importante para criação de ações de saúde pública. O objetivo deste artigo é investigar mudanças, em dez anos, no consumo diário de frutas e verduras por adolescentes, de acordo com sexo, idade e área de moradia. Estudo de painel (análise secundária) da pesquisa "Estilo de vida e comportamentos de risco de jovens catarinenses". Adolescentes (15-19 anos) de escolas estaduais, em 2001 (n = 5.028) e 2011 (n = 6.529), responderam questionário sobre consumo de frutas e verduras e aspectos sociodemográficos. Estatística descritiva e regressão logística (2001 vs 2011), estratificada para sexo, idade e área de moradia. Houve diminuição no consumo diário de frutas (39,1% e 16,6%) e de verduras (40,1% e 20,6%). Diferentes prevalências são observadas de acordo com subgrupos, principalmente entre moças. A chance para consumo diário de verduras entre rapazes e adolescentes de área rural continuou a mesma. A diminuição na prevalência do consumo diário de frutas e verduras por adolescentes catarinenses de 15 a 19 anos aponta necessidade de criação de estratégias para reversão deste cenário.

Abstract Understanding the changes in the trends of fruit and vegetable consumption among adolescents is important in order to implement public health actions. The scope of this article is to investigate the changes over a ten-year period in the daily fruit and vegetable consumption among adolescents from Santa Catarina, according to sex, age and housing area. It is a secondary analysis of a panel survey entitled "Lifestyle and Risk Behavior of Adolescents in the State of Santa Catarina, Brazil (ComPAC)." Adolescents (15-19 years of age) of state schools in 2001 (n=5.028) and 2011 (n=6.529) answered a questionnaire about fruit and vegetable consumption as well as about sociodemographic aspects. Descriptive statistics and logistic regression were applied, according to sex, age and housing area. There was a decrease in daily fruit (39.1% and 16.6%) and vegetable (40.1% and 20.6%) consumption. Different prevalence levels were observed when analyzing subgroups, mainly among girls. From 2001 to 2011, daily vegetable consumption among boys and adolescents in rural areas remained the same. The decrease in daily consumption of fruit and vegetables among adolescents aged 15 to 19 in Santa Catarina highlights the need for the development of strategies to reverse this scenario.
Descritores: Verduras
Comportamento do Adolescente
Comportamento Alimentar
Frutas
-População Rural/estatística & dados numéricos
População Urbana/estatística & dados numéricos
Brasil
Fatores Sexuais
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Dieta/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 978 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
ALVES, RICARDO ELESBÃO
Texto completo
Id: lil-420227
Autor: Teixeira, Gustavo Henrique de Almeida; Durigan, José Fernando; Lima, Maria Aparecida; Alves, Ricardo Elesbão; Filgueiras, Heloísa Almeida Cunha.
Título: Postharvest changes and respiratory pattern of bacuri fruit (Platonia insignis Mart) at different maturity stages during ambient storage
Fonte: Acta amaz;35(1):17-21, 2005. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo; . European Union.
Resumo: O bacuri (Platonia insignis, Mart.) é um dos mais importantes entre os frutos da Amazônia. Todavia, pouco se sabe sobre sua fisiologia pós-colheita, bem como, estádio de maturação, mudanças durante o armazenamento sob condições ambientais e padrão respiratório. Os frutos foram colhidos em três estádios de maturação baseados na coloração do epicarpo: verde-escuro, verde-claro e "de vez" (50% amarelo), com o objetivo de se determinar as modificações de coloração e padrão respiratório durante armazenamento sob condições de ambiente (25,2 ºC, 75,1 % UR). Os frutos de todos os estádios de maturação apresentaram, a partir do terceiro dia de colheita, comportamento respiratório não climatérico, com os frutos "de vez" apresentando maior taxa de produção de CO2 até o quarto dia de armazenamento (177,63 mg CO2.kg-1.h-1). O amarelecimento aumentou durante o armazenamento e foi relacionado com a diminuição da luminosidade (L), cromaticidade e ângulo hue. Os frutos "de vez" podem ser armazenados sob condições de ambiente por até 10 dias sem nenhuma perda da qualidade comercial.
Descritores: Produtos Agrícolas
Frutas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 978 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barros, Marilisa Berti de Azevedo
Szwarcwald, Célia Landmann
Texto completo
Id: biblio-1133182
Autor: Werneck, André Oliveira; Silva, Danilo Rodrigues da; Malta, Deborah Carvalho; Souza-Júnior, Paulo Roberto Borges de; Azevedo, Luiz Otávio; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Szwarcwald, Célia Landmann.
Título: Lifestyle behaviors changes during the COVID-19 pandemic quarantine among 6, 881 Brazilian adults with depression and 35,143 without depression / Mudanças de comportamentos saudáveis durante a quarentena por conta da pandemia do COVID-19 entre 6.881 adultos brasileiros com depressão e 35. 143 sem depressão
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(supl.2):4151-4156, Mar. 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Our aim was to analyze the association between previously diagnosed lifetime depression and changes in physical activity (PA), TV-viewing, consumption of fruits and vegetables as well as frequency of ultra-processed food (UPF) consumption. Data of 41,923 Brazilian adults (6,881 with depression and 35,042 without depression) were used. Participants reported PA (≥ 150 min/week), TV-viewing (≥ 4 h/day), frequency of eating fruits or vegetables (≤ 4 days/week) and UPF (≥ 5 days/week). For incidence indicators, we only considered participants without the risk behavior before the quarantine. People without and with depression presented, respectively, incidence of physical inactivity [70.1% (95%CI: 67.4-72.8) vs 76.3 (70.3-81.5)], high TV-viewing [31.2 (29.6-32.8) vs 33.9 (30.5-37.4)], low frequency of fruit or vegetable consumption [28.3 (25.8-31.0) vs 31.5 (26.1-37.5)] and elevated frequency of UPF consumption [9.7 (8.9-10.7) vs 15.2 (13.0-17.7)]. Participants with depression were more likely to present elevated frequency of UPF consumption incidence [OR:1.49 (95%CI:1.21-1.83)]. Thus, participants with previous diagnosis of depression were at risk for incidence of unhealthy diet behaviors.

Resumo Nosso objetivo foi analisar a associação entre depressão previamente diagnosticada e alterações na atividade física (AF), tempo assistindo TV, consumo de frutas e vegetais, bem como na frequência do consumo de alimentos ultraprocessados (AUP). Foram utilizados dados de 41.923 adultos brasileiros (6.881 com depressão e 35.042 sem depressão) de uma pesquisa de comportamentos em âmbito nacional. Os participantes relataram a prática de AF (≥ 150 min / semana), tempo de TV (≥ 4 h/dia), frequência de consumo de frutas ou vegetais (≤ 4 dias/semana) e AUP (≥ 5 dias/semana). Para indicadores de incidência, consideramos apenas participantes sem o comportamento de risco antes da quarentena. Pessoas sem e com depressão apresentaram, respectivamente, incidência de inatividade física [70,1% (IC95%: 67,4-72,8) vs 76,3 (70,3-81,5)], elevado tempo assistindo TV [31,2 (29,6-32,8) vs 33,9 (30,5- 37,4)], baixa frequência de consumo de frutas ou vegetais [28,3 (25,8-31,0) vs 31.5 (26.1-37.5)] e frequência elevada de AUP [9,7 (8,9-10,7) vs 15,2 (13,0-17,7)]. Pessoas com diagnóstico prévio de depressão apresentaram maior probabilidade de incidência de elevado consumo de AUP [OR:1,49 (IC95%:1,21-1,83)]. Portanto, participantes com diagnóstico prévio de depressão apresentam maior risco de incidência de comportamentos alimentares não saudáveis.
Descritores: Pneumonia Viral/epidemiologia
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Quarentena
Infecções por Coronavirus/epidemiologia
Depressão/epidemiologia
Estilo de Vida
-Televisão
Verduras
Brasil/epidemiologia
Exercício Físico
Inquéritos Epidemiológicos
Infecções por Coronavirus
Dieta
Comportamento Sedentário
Fast Foods/estatística & dados numéricos
Pandemias
Betacoronavirus
Frutas
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 978 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130143
Autor: Pirovani, Victor Dias; Martins, David dos Santos; Uramoto, Keiko; Ferreira, Paulo Sérgio Fiuza.
Título: New occurrences of Anastrepha Schiner (Diptera: Tephritidae) in the state of Minas Gerais, Brazil / Novas ocorrências de Anastrepha Schiner (Diptera: Tephritidae) no estado de Minas Gerais, Brasil
Fonte: Arq. Inst. Biol;87:e0342019, 2020. tab.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: Occurrences of Anastrepha barbiellinii Lima, Anastrepha connexa Lima, Anastrepha consobrina (Loew), Anastrepha kuhlmanni Lima, Anastrepha leptozona Hendel, and Anastrepha xanthochaeta Hendel are recorded for the first time in the state of Minas Gerais, Brazil. The species were captured in McPhail traps baited with hydrolyzed protein (5%) in orchards of cultivated species and in a remnant of the Atlantic Forest in the municipality of Viçosa, Minas Gerais, or obtained from the collection of species deposited in the Regional Museum of Entomology (UFVB) of the Universidade Federal de Viçosa, Campus Viçosa, in the state of Minas Gerais.(AU)

Ocorrências de Anastrepha barbiellinii Lima, Anastrepha connexa Lima, Anastrepha consobrina (Loew), Anastrepha kuhlmanni Lima, Anastrepha leptozona Hendel e Anastrepha xanthochaeta Hendel são registradas pela primeira vez no estado de Minas Gerais, Brasil. As espécies foram capturadas em armadilhas do tipo McPhail com um atrativo alimentar de proteína hidrolisada (5%) em três pomares de espécies cultivadas e um remanescente de Mata Atlântica no município de Viçosa, Minas Gerais, ou obtidas por meio de levantamento de espécies de Tephritidae depositadas no Museu Regional de Entomologia (UFVB) da Universidade Federal de Viçosa, Campus Viçosa, estado de Minas Gerais.(AU)
Descritores: Árvores
Tephritidae/classificação
Frutas
-Biodiversidade
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  7 / 978 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Yuyama, Lucia Kiyoko Ozaki
Aguiar, Jaime Paiva Lopes
Texto completo
Id: lil-420515
Autor: Silva Filho, Danilo Fernandes da; Yuyama, Lucia Kiyoko Ozaki; Aguiar, Jaime Paiva Lopes; Oliveira, Maslova Carmo; Martins, Lúcia Helena Pinheiro.
Título: Caracterização e avaliação do potencial agronômico e nutricional de etnovariedades de cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) da Amazônia / Characterization and evaluation of the agronomic and nutritional potential of ethnovarieties of cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) in Amazonia
Fonte: Acta amaz;35(4):399-405, out.-dez. 2005. ilus, mapas.
Idioma: pt.
Resumo: O cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) é um importante recurso genético para o povo da Amazônia, porque produz frutos tradicionalmente utilizados como alimento, medicamento e cosméticos. Por se tratar de um excelente produto para o agro-negócio, aprofundar o conhecimento sobre a espécie, será uma contribuição de grande valia para a sociedade da região. Este trabalho teve o objetivo de caracterizar e avaliar o potencial de diferentes etnovariedades (ETNs) por meio de descritores agronômicos e minerais dos seus frutos. O Experimento foi conduzido na Estação Experimental de Hortaliças do INPA, em Manaus, em solo Podzólico vermelho-amarelo, álico, textura arenosa e de baixa fertilidade. Adotou-se um delineamento experimental de blocos ao acaso, com 28 tratamentos (as ETNs) em quatro repetições. Os seguintes descritores agronômicos e minerais dos frutos foram avaliados: forma dos frutos, número de frutos, comprimento do fruto, largura do fruto, peso médio do fruto, espessura da polpa, potássio, zinco, manganês, sódio, ferro, magnésio e cálcio. As análises de variância detectaram diferenças significativas entre as etnovariedades para todos os caracteres. As 28 ETNs puderam ser classificadas em nove formatos diferentes de frutos. As plantas produziram em média 4 a 89 frutos, variando em peso de 18,5 a 301 g. Entre os micro-elementos analisados a concentração de ferro variou de 97,3 a 352,7 mg em 100g da polpa in natura. Destacou-se em conteúdo deste elemento, a ETN3, originária de Barcelos (AM). Entre os macro-elementos, o potássio (variando entre 54,6 a 563,5 mg em 100g da polpa in natura) apresentou maior concentração nas 28 ETNs avaliadas. A ETN9, originária de Lábrea (AM), foi a que produziu os frutos mais ricos nesse elemento. De maneira geral, as ETNs estudadas apresentam variabilidade genética ampla para ser explorada em programa de melhoramento do cubiu.
Descritores: Solanaceae
Melhoramento Genético
Frutas
Minerais
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  8 / 978 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1100215
Autor: Carvalho, Flávio Alexandre; Aguilar, Polyanna Pereira; Oda, Fernando Bombarda; Uchina, Helena Sayuri; Tininis, Aristeu Gomes; Crevelin, Eduardo José; Crotti, Antônio Eduardo Miller; Santos, André Gonzaga.
Título: Chemical variability between different organs of the medicinal plant Casearia sylvestris
Fonte: Rev. ciênc. farm. básica apl;39, 01/01/2018. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The phytochemical profile of essential oils and extracts from Casearia sylvestris leaves, flowers and fruits have been investigated here. Leaf and flower extracts were prepared by sonication and analyzed by thin-layer chromatography and high-performance liquid chromatography. The phenolic content was determined by ultraviolet spectrophotometry. Leaves, flowers, and fruits essential oils were extracted by hydrodistillation. The highest extracts yields were 20.3 % (leaves) and 23.4 % (flowers) with ethanol 70 %. Essential oil extraction yields were 0.3 % (leaves) and 0.1 % (flowers and fruits). Bicyclogermacrene was the major component in all essential oil. Thin-layer chromatography suggests a chemical profile similar for leaves and flowers. The leaves and flowers phenolic content were similar (14.0 and 15.0 %, respectively). Chromatography analyses indicated the predominance of casearin clerodane diterpenes in leaves (λmax 232-235), whereas in flowers, diterpenes with a different standard diene in side-chain C13(16) and C14 (λmax 223-229). The different phytochemical profile of C. sylvestris flowers as compared to the leaves could be explored by the search for new bioactive components. This is the first report on the fruit and flower C. sylvestris essential oil composition. These data could be used as quality control of herbal medicine derived from C. sylvestris leaves.(AU)
Descritores: Plantas Medicinais/química
Óleos Voláteis
Extratos Vegetais/química
Casearia/química
-Cromatografia Líquida
Folhas de Planta/química
Flores/química
Diterpenos Clerodânicos/química
Frutas/química
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  9 / 978 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968931
Autor: Oliveira , Thiago Alves Santos de; Blum, Luiz Eduardo Bassay; Duarte, Elizabeth Amélia Alves; Luz, Edna Dora Martins Newman.
Título: Control of Phytophthora palmivora on postharvest papaya with Trichoderma asperellum, T. virens, T. harzianum and T. longibrachiatum / Controle de Phytophthora palmivora em mamão na pós-colheita por Trichoderma asperellum, T. virens, T. harzianum e T. longibrachiatum
Fonte: Biosci. j. (Online);34(6):1513-1521, nov.-dec. 2018.
Idioma: en.
Resumo: Papaya (Carica papaya) is one of the most cultivated and consumed tropical fruit worldwide. Its production might be limited by preharvest and postharvest diseases. The fruit rot caused by Phytophthora palmivora is one of the most important postharvest diseases of papaya in Brazil. The control of these diseases is usually made with fungicide applications. Therefore, studies concerning biocontrol of postharvest diseases might generate data that may reduce the environmental impacts caused by pesticides. Thus, the biological control by Trichoderma in postharvest diseases is an alternative to the use of fungicides for the postharvest control of P. palmivora in the papaya fruit. Four antagonists [T. asperellum (SF04), T. virens (255C1), T. harzianum (THP) and T. longibrachiatum (4088)] were tested, as follow: 1) Trichoderma spp. applied 1 hour after inoculation of P. palmivora and; 2) Trichoderma spp. applied 24 hours after inoculation of P. palmivora; 3) Trichoderma spp. applied 1 hour before inoculation of P. palmivora, and 4) Trichoderma spp. applied 24 hours before inoculation of P. palmivora. All Trichoderma significantly (P£0,05) reduced the incidence and severity of disease. The 4088 (T. longibrachiatum) isolate was the best controller agent of P. palmivora in postharvest.

O mamão é uma fruta muito cultivada e consumida nas regiões tropicais e subtropicais do mundo e apresenta diversos problemas fitossanitários. Sendo assim, estudos de doenças pós-colheita com biocontroladores viabilizam a diminuição de impactos causados pelo uso de fungicidas. A podridão-dos-frutos (Phytophthora palmivora) é uma importante doença pós-colheita em mamão no Brasil. Neste contexto, o controle biológico desta doença na póscolheita com Trichoderma é uma alternativa viável ao uso de fungicidas e foi aplicado neste estudo para avaliar a eficácia de Trichoderma spp. para o biocontrole de P. palmivora em mamão na pós-colheita. Foram utilizados quatro potenciais antagonistas: T. asperellum (SF04), T. virens (255C1), T. harzianum (THP) e T. longibrachiatum (4088). E as frutas foram submetidas aos seguintes tratamentos: Inoculação de P. palmivora e 1 hora depois inoculação do Trichoderma spp.; Inoculação de P. palmivora e 24 horas depois inoculação do Trichoderma spp.; Inoculação de Trichoderma spp. e 1 hora depois inoculação do P. palmivora e; Inoculação de Trichoderma spp. e 24 horas depois inoculação do P. palmivora. Todos os isolados de Trichoderma reduziram significativamente tanto na incidência como na severidade da doença. O isolado 4088 (T. longibrachiatum) foi o melhor no controle da podridão.
Descritores: Phytophthora
Trichoderma
Controle Biológico de Vetores
Produtos Agrícolas
Carica
Frutas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  10 / 978 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-448118
Autor: Falcão, Newton Paulo de Souza; Borges, Lillian França.
Título: Efeito da fertilidade de terra preta de índio da Amazônia Central no estado nutricional e na produtividade do mamão hawaí (Carica papaya L) / Effect of amazonian dark earth fertility on nutritional status and fruit production of papaya(Carica papaya L)in Central Amazonia
Fonte: Acta amaz;36(4):401-406, out.-dez. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: Com o objetivo de avaliar o efeito da fertilidade de solos antropogênicos no estado nutricional e na produtividade do mamão Havaí (Carica papaya L.), conduziu-se o presente estudo em um plantio, localizado na Costa do Açutuba, Iranduba, AM, em Latossolo Amarelo antrópico em plantas com oito meses de idade e no início da produção de frutos, no período de agosto a outubro de 2003. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e nove repetições, constituídos de uma amostra composta por três plantas e trinta e seis unidades experimentais, sendo os tratamentos Tpn = plantio em terra preta não adubada; Tpa = plantio em terra preta adubada; Tm1 = plantio em terra mulata não adubada; Tm2 = plantio em terra mulata com um ano de pousio. O tratamento que apresentou maior produção foi o Tpa, com média de 61,10 frutos/planta, e o que apresentou menor produção foi o Tpn, com média de 18,18 frutos/planta. A acidez potencial em todos os tratamentos apresentou-se em níveis médios, mesmo com o manejo da fertilidade praticado nos últimos anos. Observou-se um desbalanço nutricional provocado pelos altos teores de P, Ca, Mg e baixo teor de K; todos os tratamentos apresentaram teores de Zn e Mn considerados tóxicos, enquanto que o Fe apresentou níveis adequados.

The effect of Amazonian dark earth fertility on the nutritional status and fruit production of a Carica papaya plantation was evaluated in Açutuba Coast, Iranduba Municipality, Amazonas, Brazil, between August and Octuber 2003, when the plantation was eight months old and just starting production. A completely randomized experimental design, with four treatments and nine replications, was used; each replication contained three plants. The treatment were: Tpn - Amazonian Dark Earth with no supplemental fertilizer; Tpa - Amazonian Dark Earth with supplemental fertilizer (3 kg aged chicken manure and 300 g dolomite per plant); Tm1 - Mulata Earth with no supplemental fertilizer after cropping with squash; Tm2 - Mulata Earth with no supplemental fertilizer after slashing and burning fallow. The fruit production on Tpn (18.2 fruits/plant) was approximately 30 percent of the maximum production obtained on Tpa (61.1 fruits/plant); this effect was attributed to K which is low in Tpn and higher in Tpa because of the chicken manure. The potential acidity in all treatments was as expected in TP or TM, without apparent effect of previous soil management. There appeared to be a very large nutritional disequilibrium, caused by the high levels of P, Ca, Mg and low level of K. All treatments had levels Zn and Mn that are considered toxic, whereas Fe was suitable.
Descritores: Plantas
Clima Tropical
Ciências da Nutrição
Frutas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde



página 1 de 98 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde