Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.043.075 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 30 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 30 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-750753
Autor: Picelli, Amanda Maria; Carvalho, Aluísio Vasconcelos de; Viana, Lúcio André; Malvasio, Adriana.
Título: Prevalence and parasitemia of Haemogregarina sp. in Podocnemis expansa (Testudines: Podocnemididae) from the Brazilian Amazon / Prevalência e parasitemia de Haemogregarina sp. em Podocnemis expansa (Testudines: Podocnemididae) da Amazônia Brasileira
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;24(2):191-197, Apr-Jun/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: Seventy-five turtles Podocnemis expansa in the Brazilian Amazon were examined for the presence of ectoparasites and hemoparasites. Samplings were performed in three study areas in the state of Tocantins, Brazil. Twenty-five specimens were sampled per study area (a commercial breeding facility, an indigenous subsistence breeding facility and a wild population of the Javaés River). Hemoparasites of the genus Haemogregarina were found in 66% (50/75) of the turtle specimens, and the infections were restricted to the commercial breeding facility and to the wild population of the Javaés River. The mean level of parasitemia was 54/2,000 erythrocytes (2%). There was no correlation between the body condition index of the chelonians and the level of parasitemia, with no significant difference between genders. No leeches were observed during the physical exams in any of the study areas, but the specimens from the commercial breeding facility were in poor physical condition with shell deformities and the presence of a relatively high amount of skin ulcerations, most likely caused by fungi and bacteria. This was the first study to record the occurrence of hemogregarines on a population scale in P. expansa and helps to increase knowledge about hemoparasites in chelonians in Brazil.

Setenta e cinco tartarugas Podocnemis expansa foram examinadas para a presença de ectoparasitos e hemoparasitos na região amazônica brasileira. As coletas foram realizadas no Estado do Tocantins, Brasil. No estudo foram amostrados 25 indivíduos por local, um criatório comercial, um criatório de subsistência indígena e uma população silvestre do rio Javaés. Foram encontrados hemoparasitos pertencentes ao gênero Haemogregarina em 66% (50/75) dos animais, sendo que as infecções foram restritas ao criatório comercial e a população silvestre do rio Javaés. A parasitemia média foi de 54/2.000 eritrócitos (2%). Não houve relação entre o índice de condição corporal dos quelônios e os níveis de parasitemia e nem diferença quanto ao sexo dos animais. Não foram observadas sanguessugas durante os exames físicos, porém os animais do criatório comercial apresentaram condições físicas ruins com deformidades no casco e presença de uma quantidade relativamente alta de ulcerações na pele, provavelmente causadas por fungos ou bactérias. Este estudo registrou a primeira ocorrência de hemogregarinas em uma escala populacional de P. expansa e contribui para expandir o conhecimento de hemoparasitos em quelônios no Brasil.
Descritores: Infecções Protozoárias em Animais/epidemiologia
Tartarugas
Apicomplexa
Parasitemia/veterinária
-Brasil
Prevalência
Rios
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-777528
Autor: Silva, Patricia Mirella da; Costa, Carolina Pereira; Araújo, Jaíse Paiva Bragante de; Queiroga, Fernando Ramos; Wainberg, Alexandre Alter.
Título: Epizootiology of Perkinsus sp. inCrassostrea gasar oysters in polyculture with shrimps in northeastern Brazil / Epizootiologia de Perkinsus sp. em ostrasCrassostrea gasar em policultivo com camarões no Nordeste do Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;25(1):37-45, Jan.-Mar. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq/MPA.
Resumo: Abstract Bivalve culture is of considerable economic and social interest in northeastern (NE) Brazil. The polyculture is an alternative approach to traditional monoculture for reducing the environmental impact of shrimp farming and improving oyster culture. Perkinsus marinus andPerkinsus olseni were found infecting oysters in NE Brazil and can threaten oyster production. This study evaluatedPerkinsus spp. occurrence in Crassostrea gasar during all production stages. Oyster spats were produced in a hatchery and grown in shrimp ponds in Rio Grande do Norte state.Perkinsus spp. were surveyed by Ray’s fluid thioglycollate medium and confirmed by polymerase chain reaction. Prevalence and intensity of infection were determined in oysters until they reached 7 cm. Results showed that the broodstock was already infected by Perkinsus (60%), but the derived spats were Perkinsus-free. Oyster spats acquired Perkinsus infection when transferred to ponds. The prevalence gradually increased in the seven months following placement in ponds (73%), and then decreased to 17% by the tenth month. The infections were initially mild, but intensity increased at the final growth stage. In conclusion, it is possible to produce Perkinsus-free C. gasar oyster spats from infected broodstock, and their culture in shrimp ponds is feasible.

Resumo O cultivo de bivalves é de grande interesse econômico e social no Nordeste (NE) do Brasil. O policultivo é uma alternativa ao monocultivo tradicional de camarões para reduzir o impacto ambiental e melhorar a produção de ostras.Perkinsus marinus e Perkinsus olseni foram identificados infectando ostras no Nordeste do Brasil e representam uma ameaça a produção de ostras. Este estudo avaliou a ocorrência dePerkinsus spp. em Crassostrea gasardurante todas as fases de produção. Sementes de ostras foram produzidas em laboratório e cultivadas em viveiros de camarão no Rio Grande do Norte.Perkinsus spp. foram diagnosticados ​​com o uso do meio de tioglicolato fluido de Ray e confirmado por reação em cadeia da polimerase. A prevalência e intensidade de infecção foram determinadas em ostras até atingirem 7 cm. Os resultados mostraram que os reprodutores encontravam-se infectados porPerkinsus (60%), mas as sementes produzidas estavam livres de Perkinsus. As sementes adquiriram a infecção porPerkinsus quando transferidas para os viveiros. A prevalência aumentou gradualmente nos sete meses após a colocação nos viveiros (73%) e, em seguida, diminuiu para 17% até o décimo mês. As infecções foram inicialmente leves, mas aumentaram até a fase final do crescimento. Em conclusão, é possível produzir sementes de ostras C. gasarlivres de Perkinsus a partir de reprodutores infectados e seu cultivo em viveiros de camarão é viável.
Descritores: Infecções Protozoárias em Animais/epidemiologia
Apicomplexa
Aquicultura/métodos
Crassostrea/parasitologia
-Brasil
Reação em Cadeia da Polimerase
Crustáceos/crescimento & desenvolvimento
Crassostrea/crescimento & desenvolvimento
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Machado, Rosangela Zacarias
Texto completo
Id: biblio-899291
Autor: Bouer, Andréa; André, Marcos Rogério; Gonçalves, Luiz Ricardo; Luzzi, Mayara de Cássia; Oliveira, Juliana Paula de; Rodrigues, Adriana Carlos; Varani, Alessandro de Melo; Miranda, Vitor Fernandes Oliveira de; Perles, Lívia; Werther, Karin; Machado, Rosangela Zacarias.
Título: Hepatozoon caimani in Caiman crocodilus yacare (Crocodylia, Alligatoridae) from North Pantanal, Brazil / Hepatozoon caimani em Caiman crocodilus yacare (Crocodylia, Alligatoridae) do Norte do Pantanal, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;26(3):352-358, July-Sept. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Abstract Hepatozoon species are the most common intracellular hemoparasite found in reptiles. Hepatozoon caimani, whose vectors are Culex mosquitoes, has been detected in a high prevalence among caimans in Brazil by blood smears examinations. The present work aimed to detect and characterize the Hepatozoon spp. found in 33 caimans (24 free-ranging and 9 captive; 28 males and 5 females) (Caiman crocodilus yacare) sampled at Poconé, North Pantanal, state of Mato Grosso, Brazil, using blood smears examinations and molecular techniques. Hepatozoon spp.-gametocytes were found in 70.8% (17/24) and 88.8% (8/9) of blood smears from free-ranging and captive caimans, respectively. Hepatozoon spp. 18S rRNA DNA was found in 79.2% (19/24) and 88.8% (8/9) of free-ranging and captive caimans, respectively. Comparative analysis of parasitized and non-parasitized erythrocytes showed that all analyzed features were significantly different (P<0.05) for both linear and area dimensions. Phylogenetic analysis based on 18S rRNA sequences grouped the Hepatozoon spp. sequences detected in the present study together with H. caimani, recently detected in caimans in southern Pantanal.

Resumo Espécies do gênero Hepatozoon são os hemoparasitas intracelulares mais comumente encontrados em répteis. Hepatozoon caimani, cujos vetores são mosquitos do gênero Culex sp., têm sido detectados em uma alta prevalência entre jacarés no Brasil, por meio da análise de esfregaços sanguíneos. O presente estudo objetivou detectar e caracterizar parasitas do gênero Hepatozoon spp. em 33 jacarés (24 de vida-livre e 9 de cativeiro; 28 machos e 5 fêmeas) (Caiman crocodilus yacare) amostrados em Poconé, região norte do Pantanal, estado do Mato Grosso, Brasil, por meio da análise de esfregaços sanguíneos e técnicas moleculares. Gametócitos de Hepatozoon spp. foram encontrados em 70,8% (17/24) e em 88,8% (8/9) dos esfregaços sanguíneos de jacarés de via-livre e cativeiro, respectivamente. 18S rRNA DNA de Hepatozoon spp. foi detectado em 79,2% (19/24) e 88,8% (8/9) das amostras de sangue de jacarés de vida-livre e cativeiro, respectivamente. A análise comparativa de eritrócitos parasitados e não parasitados mostrou diferença significativa (P<0,05) em todas as variáveis lineares e de área analisadas. A análise filogenética baseada em sequências de DNA do 18S rRNA agrupou as sequências de Hepatozoon spp. detectadas no presente estudo juntamente com aquelas de H. caimani, recentemente detectadas em jacarés do Pantanal do Mato Grosso do Sul.
Descritores: Apicomplexa/genética
Jacarés e Crocodilos/parasitologia
-Brasil
Apicomplexa/isolamento & purificação
Apicomplexa/classificação
Jacarés e Crocodilos/sangue
Áreas Alagadas
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Machado, Rosangela Zacarias
Texto completo
Id: biblio-1057995
Autor: Perles, Lívia; Barranco, Guilherme Henrique Fernandes; Soriano, Isabela Maciel; Cruz, Nathan da Rocha Neves; Bueno, Patrícia Jábali; Santana, Áureo Evangelista; Machado, Rosangela Zacarias; Werther, Karin; André, Marcos Rogério.
Título: Hepatozoon sp. gamonts as an accidental finding in synovial liquid from an injured maned wolf (Chrysocyon brachyurus) in southeastern Brazil / Gamontes de Hepatozoon sp. como achado acidental em líquido sinovial de lobo guará (Chrysocyon brachyurus) no sudeste do Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;28(4):779-785, Oct.-Dec. 2019. graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP; . CNPq.
Resumo: Abstract A free-living, adult male maned wolf (Chrysocyon brachyurus) was referred to the Governador "Laudo Natel" - FCAV/Unesp veterinary hospital after being found with skin lesions and a fracture on the right pelvic limb, which had to be amputated due to compromised integrity. Around 20 days later, bilateral accentuated swollen on humerus-radius-ulna articulation was observed. The synovial liquid was drained and sent to the laboratory for synovial cytology with Rosenfeld staining that revealed predominantly degenerated neutrophils with karyolytic chromatin associated with intracellular inclusions suggestive of Hepatozoon sp. gametocytes. Blood and synovial liquid samples were submitted to molecular analysis, aiming to amplify the Hepatozoon spp. 18S rRNA gene fragment. Despite the positioning of the found Hepatozoon sequence together with Hepatozoon canis previously detected in domestic carnivores, the BLAST analysis showed only 98% identity with H. canis. To the best of the authors' knowledge, this is the first time a Hepatozoon was detected in the synovial liquid by clinical pathology and molecular analyses.

Resumo Um lobo guará (Chrysocyon brachyurus) adulto, macho, de vida livre foi encaminhado para atendimento no hospital veterinário Governador "Laudo Natel" - FCAV/Unesp após ser encontrado com lesões de pele e fratura em membro pélvico direito, sendo amputado devido a comprometimento da integridade do membro. Aproximadamente 20 dias após a chegada ao hospital, foi notado acentuado aumento de volume bilateral em região de articulação úmero-rádio-ulnar. O líquido sinovial foi drenado e enviado para análise citológica com coloração de Rosenfeld, revelando a presença de neutrófilos degenerados com cromatina cariolítica associados a inclusões intracelulares sugestivas de gametócitos de Hepatozoon sp. Amostras de sangue e líquido sinovial foram submetidas a análises moleculares visando amplificar um fragmento do gene 18S rRNA de Hepatozoon spp. Apesar da sequência de Hepatozoon detectada se posicionar filogeneticamente no mesmo clado que H. canis previamente detectado em carnívoros domésticos, o resultado da análise do BLAST mostrou somente 98% de identidade com H. canis. De acordo com o conhecimento dos autores, esta é a primeira vez que Hepatozoon foi detectado no líquido sinovial por meio de patologia clínica e análises moleculares.
Descritores: Infecções por Protozoários/parasitologia
Líquido Sinovial/parasitologia
Apicomplexa/genética
Canidae/parasitologia
-Filogenia
Brasil
RNA Ribossômico 18S/genética
Apicomplexa/isolamento & purificação
Achados Incidentais
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Azevedo, Carlos
Texto completo
Id: biblio-990811
Autor: Silva, Themis Jesus; Soares, Emerson Carlos; Casal, Graça; Rocha, Sónia; Santos, Elton Lima; Nascimento, Renato; Oliveira, Elsa; Azevedo, Carlos.
Título: Ultrastructure of phagocytes and oocysts of Nematopsis sp. (Apicomplexa, Porosporidae) infecting Crassostrea rhizophorae in Northeastern Brazil / Ultraestrutura de fagócitos e oocistos de Nematopsis sp. (Apicomplexa, Porosporidae) infectando Crassostrea rhizophorae no Nordeste brasileiro
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;28(1):97-104, Jan.-Mar. 2019. graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPEAL.
Resumo: Abstract This work describes the detailed ultrastructural morphology of the phagocyte imprisoning an oyster of Nematopsis (Apicomplexa) found in Crassostrea rhizophorae, in the city of Maceió (AL), Brazil. The highly infected hosts had half-open leaflets with weak, slow retraction of the adductor muscles. Variable number of ellipsoid oocytes, either isolated and or clustered, was found between myofibrils of the adductor muscle. Each oocyst was incarcerated in a parasitophorous vacuole of host uninucleated phagocyte. The oocysts were composed of a dense wall containing a uninucleate vermiform sporozoite. The wall of the fine oocysts was composed of homogeneous electron-lucent material formed by three layers of equal thickness, having a circular orifice-micropyle obstructed by the operculum. The oocysts presented ellipsoid morphology with their wall was surrounded by a complex network of numerous microfibrils. Important details of the taxonomic value were visualized such as the ultrastructural organization of the oocyst wall and the organization of the micropyle and operculum, beyond the microfibrils that protrude from the oocyst wall only observed by transmission electron microscopy (TEM) and that may aid in the identification of the species. However, in order to clarify the systematic position of the species reported of the genus Nematopsis, it is important to proceed with genetic analyses.

Resumo Este trabalho descreve a morfologia ultraestrutural detalhada do fagócito encarcerando um oocisto de Nematopsis (Apicomplexa) encontrado em Crassostrea rhizophorae, na cidade de Maceió (AL), Brasil. Os hospedeiros muito infectados apresentavam valvas entreabertas com retração fraca e lenta dos músculos abdutores. Número variável de oócitos de forma elipsoide, isolados e ou agrupados foi encontrado entre as miofibrilas do músculo abdutor. Cada oocisto estava encarcerado num vacúolo parasitóforo do fagócito uninucleado do hospedeiro. Os oocistos eram compostos por uma parede densa contendo um esporozoíto vermiforme uninucleado. A parede dos oocistos finos era composta de material electron-lucente homogêneo formado por três camadas de espessura igual, possuindo um orifício circular - micrópila, obstruída pelo opérculo. Os oocistos apresentavam morfologia elipsoide, sua parede era circundada por uma complexa rede de numerosas microfibrilas. Detalhes de valor taxonômico importantes foram visualizados tais como: a organização ultraestrutural da parede do oocisto e a organização da micrópila e do opérculo, além das microfibrilas que se projetam da parede do oocisto, estrutura apenas observada em microscopia eletrônica de transmissão (MET) e que pode auxiliar na identificação da espécie. Contudo, para esclarecer a posição sistemática da maioria das espécies relatadas do gênero Nematopsis é importante prosseguir com as análises genéticas.
Descritores: Fagócitos/ultraestrutura
Apicomplexa/ultraestrutura
Oocistos/ultraestrutura
Crassostrea/parasitologia
-Brasil
Apicomplexa/isolamento & purificação
Microscopia Eletrônica de Transmissão
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-317750
Autor: Corrêa, Marcelo Osvaldo Alvares.
Título: Isosporose humana / Human sporozoea infections
Fonte: In: Veronesi, Ricardo; Focaccia, Roberto. Tratado de infectologia: v.2. Säo Paulo, Atheneu, 2002. p.1237-1240, ilus. (BR)
Idioma: pt.
Símbolo: BR.
Descritores: Isospora
Infecções por Protozoários/diagnóstico
Infecções por Protozoários/epidemiologia
Infecções por Protozoários/etiologia
Infecções por Protozoários/terapia
-Apicomplexa
Técnicas de Laboratório Clínico
Responsável: BR31.1 - SIDC - Serviço de Informação e Documentação Científica
BR31.1; WC100, V599t, 2.ed., v.2


  7 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1095988
Autor: Antonello, A. M; Pivoto, F. L; Camillo, G; Braunig, P; Sangioni, L. A; Pompermayer, E; Venturini, M. C; Vogel, F. S. F.
Título: Investigação de anticorpos contra Sarcocystis neurona e Sarcocystis cruzi em equinos / Investigation of antibodies against Sarcocystis neurona and Sarcocystis cruzi in equines
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(5):1465-1468tab.
Idioma: pt.
Resumo: Sarcocystis neurona is the primary agent for Equine Protozoal Myeloencephalitis (EPM), important neurological disease characterized by behavior or muscular changes, that impairs animal performance and husbandry. Sarcocystis cruzi is a pathogen related to myositis in cattle. Although related the life cycles of the parasites are distinct. S. neurona has opossums (Didelphis spp.) and S. cruzi, dogs as definitive hosts. However, S. neurona and S. cruzi may undergo cross-reactivity in serological tests, interfering on results of EPM ante-mortem diagnostic tests. In the present study, serology of 189 mares was performed by indirect immunofluorescence antibody test, using antigens of S. neurona and S. cruzi in order to assess the exposure degree of animals to antigens. Analyzing the results, it was observed that most of the animals (84.13%) reacted with at least one protozoal species and the number of animals which showed antibodies against S. cruzi was greater than S. neurona (80.42% and 33.86%, respectively) and a third of seropositive animals reacted to antigens of both species.(AU)
Descritores: Anticorpos Antiprotozoários/análise
Apicomplexa
Sarcocystis/isolamento & purificação
Sarcocistose/veterinária
Sarcocistose/epidemiologia
Encefalomielite/veterinária
Cavalos
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1038658
Autor: Prado, C. M; Candeias, A. P. M; Beninca, A. L. V; Wu, S; Piccoli, R. J; Borges, L. Q. F. C; Carvalho, A. L; Fernandes, N. L. M.
Título: Primeira descrição de pseudoparasitismo por esporocistos de Monocystis sp. em tatu-galinha, Dasypus novemcinctus (Linnaeus, 1758) - relato de caso / First description of pseudoparasitism by sporocysts of Monocystis sp. in nine banded armadillo, Dasypus novemcinctus (Linnaeus, 1758) - case report
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(5):1591-1594, set.-out. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo é um relato sobre uma fêmea de D. novemcinctus que foi capturada de forma imprevista, durante um projeto de avaliação sanitária de animais silvestres sinantrópicos do município de Toledo/PR (autorização Sisbio/Ibama n. 55109-1). Durante a avaliação física, amostras de fezes foram coletadas após defecação espontânea e encaminhadas para análise. O material foi submetido aos métodos de flutuação simples em solução hipersaturada de cloreto de sódio e centrífugo-flutuação em sacarose. Na leitura das lâminas obtidas pelo método de centrífugo-flutuação em sacarose, foram observadas estruturas com comprimento de aproximadamente 10µm, forma bicônica e um tampão em cada extremidade, compatíveis com esporocistos de Monocystis sp. Protozoários do filo Apicomplexa, os Monocystis sp., são geralmente parasitas de anelídeos, como as minhocas. Esse organismo é comumente correlato a pseudoparasitismo em vários animais, porém não foram encontrados relatos de pseudoparasitismo desse agente em tatus-galinhas, logo essa é a primeira descrição de Monocystis sp. em espécime de D. novemcinctus.(AU)

The present article is an account of a female of D. novemcinctus which was captured during a sanitary evaluation project of synanthropic wild animals of the municipality of Toledo/PR (license SISBIO/ICMBIO n°. 55109-1). During a physical evaluation, samples of feces were collected, after spontaneous defecation, and sent for analysis. The material was subjected to simple flotation methods in hypersaturated sodium chloride solution and centrifugal-flotation solutions in sucrose. In a test reading by the centrifugal-flotation method in sucrose, structures with approximately 10µm, biconical shape and one plate at each end were observed, compatible with sporocysts of Monocystis sp. Protozoa of the phylum Apicomplexa, like Monocystis sp., it is common parasitic annelids, such as worms. This organism is a correlate of pseudoparasitism in several animals but was not found to describe this product as an agent in nine banded armadillos, so this is a first description of Monocystis sp. in specimen of D. novemcinctus.(AU)
Descritores: Tatus/parasitologia
Apicomplexa/parasitologia
Animais Selvagens/parasitologia
Limites: Animais
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1000071
Autor: Camilo, Valéria Macedo Almeida; Souza, Jamille da Conceição; Freitas, Fernanda de; Miranda, Felipe Silva de; Campiolo, Sofia; Boehs, Guisla.
Título: Parasitism by Nematopsis sp. (Apicomplexa: Eugregarinida) in Mytella guyanensis at the Marine Extractive Reserve Baía do Iguape, Bahia, Brazil / Parasitismo por Nematopsis sp. (Apicomplexa: Eugregarinida) em Mytella guyanensis na Reserva Extrativista Marinha Baía do Iguape, Bahia, Brasil
Fonte: Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online);55(4):[e145204], Dezembro 21, 2018. ilus, graf, mapas, tab.
Idioma: en.
Resumo: Several studies show the presence of protozoa of the genus Nematopsis Schneider, 1892, in many species of bivalves. The pathogenicity of this Apicomplexa is still much debated, which is possibly related to the parasitism degree and host habitat. In this context, this study investigated parasitism by Nematopsis sp. in Mytella guyanensis (Bivalvia: Mytilidae) in a mangrove of the Marine Extractive Reserve Baía do Iguape, Bahia, Brazil. The collections were made monthly, from March 2014 to March 2015, consisting of 30 adults with shell height above 40 mm per month, totaling 360 specimens. The specimens were measured, weighed, opened, and macroscopically examined for identifying parasites and/or signs of morphological changes. After that, they were fixed in Davidson's solution and processed according to classical histological techniques, with inclusion in paraffin, obtaining 5 µm-thick sections by microtomy, and stained by Harris' Hematoxylin and Eosin (HE). The water temperature ranged from 25.5 to 33.6 ºC and the salinity from 21.1 to 34.3 Practical Salinity Units (PSU). The specimens measured between 41.1 and 68.6 mm and had an average weight of 7.24 g. Macroscopically, there was no presence of the parasite or any morphological changes related its presence. The frequency percentage of Nematopsis sp. was 99.45%. The mantle was the organ with the highest frequency of infection (46.26%), followed by the gonads (18.36%). Among the analyzed organs, all presented the parasite and, in a few severely infected cases, microscopical changes were observed in the mantle conformation. The infection intensity for most of the sessions analyzed was 1 to 3 oocysts/phagocyte; however, in one of the sessions, 9 oocysts/phagocytes were recorded. The parasite had a negative correlation with salinity. The high frequency of Nematopsis sp. should be considered for the sustainability of natural stocks, especially if such parasitism occurs simultaneously with other pathogens and stressful environmental conditions.(AU)

Diversos estudos evidenciam a presença de protozoários do gênero Nematopsis Schneider, 1892 em várias espécies de bivalves. A patogenicidade desse apicomplexo ainda é bastante debatida, a qual possivelmente relaciona-se ao grau de parasitismo e habitat do hospedeiro. Nesse contexto, este estudo investigou o parasitismo por Nematopsis sp. em Mytellaguyanensis(Bivalvia: Mytilidae) em um manguezal da Reserva Extrativista Marinha Baía do Iguape, Bahia, Brasil. As coletas foram efetuadas mensalmente, de março de 2014 a março de 2015, constando 30 adultos com altura da concha acima de 40 mm, totalizando 360 espécimens. Os espécimens foram medidos, pesados, abertos e examinados macroscopicamente para a identificação de parasitos e/ou sinais de alterações morfológicas, em seguida fixados em solução de Davidson e processados segundo técnica histológica clássica, com inclusão em parafina, obtenção de cortes de 5 µm de espessura por microtomia e coloração por hematoxilina de Harris e Eosina (HE). A temperatura da água variou de 25,5 a 33,6 ºC e a salinidade de 21,1 a 34,3 Unidades Práticas de Salinidade (UPS). Os espécimens mediram entre 41,1 e 68,6 mm e tiveram um peso médio de 7,24g. Macroscopicamente, não se observou presença do parasito ou qualquer alteração morfológica relacionada à presença do mesmo. A frequência percentual de Nematopsis sp. foi de 99,45%. O manto foi o órgão de maior frequência de infecção (46,26%), seguido das gônadas (18,36%). Entre os órgãos analisados, todos apresentaram o parasito, sendo que, para poucos casos severamente infectados, observaram-se microscopicamente modificações na conformação do manto. A intensidade de infecção para a maioria das sessões analisadas foi de 1 a 3 oocistos/fagócitos, contudo em uma das sessões foram registrados 9 oocistos/fagócitos. O parasito apresentou correlação negativa com a salinidade. A elevada frequência do Nematopsis sp. deve ser levada em consideração para a sustentabilidade dos estoques naturais, principalmente se tal parasitismo ocorrer simultaneamente a outros patógenos e condições ambientais estressantes.(AU)
Descritores: Bivalves/parasitologia
Apicomplexa/parasitologia
-Conservação dos Recursos Naturais
Indicadores de Desenvolvimento Sustentável
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 30 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-841993
Autor: Portella, Luiza P; Cadore, Gustavo C; Lima, Marcelo de; Sangioni, Luís A; Fischer, Geferson; Vogel, Fernanda S. F.
Título: Antibodies against Neospora caninum, Sarcocystis spp. and Toxoplasma gondii detected in buffaloes from Rio Grande do Sul, Brazil / Anticorpos contra Neospora caninum, Sarcocystis spp. e Toxoplasma gondii detectados em búfalos no Rio Grande do Sul
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;36(10):947-950, out. 2016. ilus.
Idioma: en.
Resumo: The presence of antibodies against Neospora caninum, Sarcocystis spp. and Toxoplasma gondii was evaluated in buffaloes (Bubalus bubalis) from Rio Grande do Sul state (RS), southern Brazil. Serum samples (n=220) were analyzed for antibodies by indirect fluorescent antibody test (IFAT). Antibody presence was considered when the titers were equal or higher than 100 for these protozoa. A total of 60.5% (133/220) buffalo serum samples were positive for at least one of the protozoa evaluated in this study. Antibodies for N. caninum, Sarcocystis spp. and T. gondii were found in 36.4% (80/220), 25.5% (56/220) and 16.8% (37/220) of the buffaloes respectively, indicating a higher frequency of N. caninum infection (p=0.0133). The IFAT is a suitable method to diagnose N. caninum, Sarcocystis spp. and T. gondii infection in buffaloes for detecting IgG antibodies. This study demonstrates the presence of these three protozoa in buffalo herds in RS, Brazil, which may be source of infection to other animals. The high frequency of animals positive for N. caninum is important and could be related to reproductive problems. Additionally, the presence of Sarcocystis spp. and T. gondii in buffaloes can be a possible public health issue.(AU)

A presença de anticorpos contra Neospora caninum, Sarcocystis spp. e Toxoplasma gondii foi avaliada em búfalos (Bubalus bubalis) no estado do Rio Grande do Sul (RS), Região Sul do Brasil. Amostras de soro de 220 bubalinos foi analisada para presença de anticorpos, através de reação de imunofluorescência indireta (RIFI). Foram consideradas positivas as amostras que apresentaram títulos de anticorpos maiores ou iguais a 100, para os protozoários estudados. Um total de 60,5% (133/220) das amostras sorológicas dos búfalos foram positivas para pelo menos um dos parasitas pesquisados. Anticorpos para N. caninum, Sarcocystis spp. e T. gondii foram encontrados em 36,4% (80/220); 25,5% (56/220) e 16,8% (37/220) dos búfalos respectivamente, indicando que houve uma maior frequência de infecção de N. caninum em relação aos demais protozoários (p=0.0133). A RIFI é um método adequado para o diagnóstico sorológico da infecção por N. caninum, Sarcocystis spp. e T. gondii em búfalos. Este estudo demonstrou a presença destes três protozoários em bubalinos no RS, Brasil, que pode ser fonte de infecção para outros animais. A elevada ocorrência de animais positivos para N. caninum é importante e pode estar relacionada a problemas reprodutivos. Adicionalmente, a presença de Sarcocystis spp. e T. gondii em búfalos, pode significar um possível problema de saúde pública.(AU)
Descritores: Anticorpos/análise
Búfalos/imunologia
Neospora/isolamento & purificação
Sarcocystis/isolamento & purificação
Toxoplasma/isolamento & purificação
-Apicomplexa
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde