Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.150.900.493.080 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 384 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 39 ir para página                         

  1 / 384 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135392
Autor: Farias, Renata S; Silva, Bruno C. N. R; Nascimento, Wilka V. G; Silva, Gênison C; Luz, Ronald K; Prosdocimi, Francisco; Figueiredo, Rozzanno A. C. R; Carvalho, Daniel C; Coimbra, Maria R. M.
Título: Genetic diversity and aquaculture conservation for a threatened Neotropical catfish
Fonte: Neotrop. ichthyol;18(3):e200028, 2020. tab, graf, ilus, mapas.
Idioma: en.
Projeto: Grupo Boticário de Proteção à Natureza; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro; . Fundação de Amparo a Pesquisa de Minas Gerais; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: Due to the ecological importance of Lophiosilurus alexandri, the present work evaluated its genetic representativeness by comparing wild stocks to broodstocks that were kept at three restocking hatcheries along the São Francisco River. A total of 97 samples were genotyped for newly developed microsatellite markers. Low levels of genetic diversity (average alleles number of 4.2 alleles) were detected in all cases, being more severe in captive groups. Significant pairwise FST and DEST values, Structure, and DAPC analyses showed that wild animals were structured in two groups, and a third group was formed by captive animals, evidencing the need to adopt genetic criteria to retain genetic diversity in the hatcheries. For this reason, three full-sib families were constructed to select the best relatedness estimator for L. alexandri and establish a cut-off value aimed to avoid full-sibling matings in the hatcheries. Two estimators, Wang (RW) and Lynch & Li (RLL), were accurate in reflecting the relatedness level for full-sibs in this species. According to them, less than 50% of the potential breeding matings in the three hatcheries are advisable. The innate low diversity of L. alexandri highlights the importance of minimizing inbreeding and retaining genetic diversity towards the species recovery.(AU)

Devido à importância ecológica de Lophiosilurus alexandri, o presente trabalho avaliou sua representatividade genética, comparando estoques selvagens com plantéis de reprodutores de três larviculturas ao longo do Rio São Francisco. Noventa e sete amostras foram genotipadas com marcadores microssatélites recém-desenvolvidos. Baixos níveis de diversidade genética (número médio de alelos de 4,2) foram detectados em todos os casos, sendo mais severo no cativeiro. Os valores de FST e DEST par a par, as análises do Structure e DAPC mostraram a estruturação dos animais selvagens em dois grupos, e um terceiro formado pelas larviculturas, evidenciando a necessidade de adoção de critérios genéticos para retenção da diversidade genética no cativeiro. Por essa razão, três famílias de irmãos completos foram construídas para selecionar o melhor estimador de parentesco para a espécie e estabelecer os valores mínimos de corte para evitar cruzamentos indesejados. Dois estimadores, Wang (RW) e Lynch & Li (RLL), foram eficientes em refletir as relações de parentesco para irmãos completos nessa espécie. Segundo eles, menos de 50% dos potenciais cruzamentos são recomendáveis nas três larviculturas. A baixa diversidade genética inerente ao L. alexandri destaca a importância de minimizar a consanguinidade e evitar perda de diversidade genética, visando a recuperação da espécie.(AU)
Descritores: Variação Genética
Peixes-Gato/genética
Aquicultura
-Cruzamento
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 384 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Margarido, Vladimir Pavan
Texto completo
Id: biblio-1135393
Autor: Kowalski, Samantha; Paiz, Leonardo Marcel; Silva, Maelin da; Machado, Amanda de Souza; Feldberg, Eliana; Traldi, Josiane Baccarin; Margarido, Vladimir Pavan; Lui, Roberto Laridondo.
Título: Chromosomal analysis of Centromochlus heckelii (Siluriformes: Auchenipteridae), with a contribution to Centromochlus definition
Fonte: Neotrop. ichthyol;18(3):e200009, 2020. tab, graf, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Historically, there are divergences in the species allocation between Centromochlus and Tatia. This study aimed to generate the first cytogenetic data about Centromochlus and, by analyzing a population of Centromochlus heckelii from the Amazon River basin, to contribute as evidence to a historical taxonomic dilemma. Diploid number of 46 chromosomes and a heteromorphic pair was found in the female karyotypes, thus characterizing a ZZ/ZW sex chromosome system. Pale blocks of heterochromatin were located in centromeric regions of some chromosomes; however, the exclusive female chromosome (W) is almost entirely heterochromatic. AgNORs were detected in terminal position on the short arms of one acrocentric pair in males and two chromosome pairs in females, the acrocentric plus the sex chromosome pair. Notable differences between Centromochlus heckelii and previous data about species of Tatia are: lower diploid number, presence of a sex chromosome system and multiple AgNORs in Centromochlus, while species of Tatia have simple AgNORs and the absence of acrocentric chromosomes. Results in this study show that chromosomal markers could contribute as evidence to taxonomic delimitation studies.(AU)

Historicamente, há divergências na alocação de espécies entre Centromochlus e Tatia. Este estudo teve como objetivo gerar os primeiros dados citogenéticos para Centromochlus e, através da análise de uma população de Centromochlus heckelii da bacia do rio Amazonas, contribuir como evidência para o dilema histórico taxonômico. Foi encontrado o número diploide de 46 cromossomos e um par heteromórfico nos cariótipos das fêmeas, o que caracteriza um sistema sexual ZZ/ZW. Blocos pálidos de heterocromatina foram localizados na região centromérica de alguns cromossomos; no entanto, o cromossomo exclusivo das fêmeas (W) se apresenta quase todo heterocromático. As AgRONs foram detectadas na posição terminal do braço curto de um par acrocêntrico nos machos e em dois pares cromossômicos nas fêmeas, um par de cromossomos acrocêntricos e o par sexual. Notáveis diferenças entre os dados cromossômicos de Centromochlus heckelii e os dados anteriores das espécies de Tatia são: menor número diploide, presença de sistema de cromossomos sexuais e AgRONs múltiplas em Centromochlus, enquanto espécies de Tatia apresentam AgRON simples e ausência de cromossomos acrocêntricos. Resultados deste estudo mostram que marcadores cromossômicos podem contribuir como evidência para estudos de delimitação taxonômica.(AU)
Descritores: Peixes-Gato
Análise Citogenética
Citogenética
-Marcadores Genéticos
Ecossistema Amazônico
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 384 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-420239
Autor: Py-Daniel, Lúcia H. Rapp; Fernandes, Cristina Cox.
Título: Dimorfismo sexual em Siluriformes e Gymnotiformes (Ostariophysi) da Amazônia / Sexual dimorfism in Amazonian Siluriformes and Gymnotiformes (Ostariophysi)
Fonte: Acta amaz;35(1):97-110, 2005. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: No presente trabalho é feito um levantamento dos casos de dimorfismo sexual em Siluriformes e Gymnotiformes. Este levantamento se restringe às formas Neotropicais, com ênfase mais especificamente, às da Amazônia. Peixes dessa região possuem uma grande diversidade, ainda que os limites intraespecíficos não estejam bem definidos. Embora preliminar, o mapeamento de características dimórficas em um cladograma referente a família Loricariidae (Siluriformes) auxilia na demonstração de que padrões de dimorfismo sexual são consistentes com hipóteses de monofiletismo. Em Apteronotidae (Gymnotiformes), com base no mapeamento dos caracteres tamanho e forma do focinho e presença de dentes diferenciada em árvores filogenéticas, podemos inferir que esses caracteres originaram-se como eventos independentes em vários táxons. Recentemente, em Gymnotiformes, foram detectados casos de erros taxonômicos atribuídos a diferenças extremas entre machos e fêmeas.
Descritores: Peixes-Gato
Peixe Elétrico
Caracteres Sexuais
Gimnotiformes
Evolução Biológica
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  4 / 384 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131514
Autor: Soares, S. H. C; Sousa, D. B. P; Jesus, W. B; Carvalho-Neta, R. N. F.
Título: Biomarcadores histológicos em Sciades herzbergii (Pisces, Ariidae) para avaliação de impactos em ambientes estuarinos da Baía de São Marcos, Maranhão / [Biomarkers histological in Sciades herzbergii (Pisces, Ariidae) for impact assessment in estuarine environments of São Marcos Bay, Maranhão]
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(4):1403-1412, July-Aug. 2020. tab, ilus, mapas.
Idioma: pt.
Resumo: Neste estudo, objetivou-se avaliar o impacto ambiental em áreas estuarinas da Baía de São Marcos, Maranhão, utilizando-se alterações histológicas nas brânquias e no fígado de Sciades herzbergii como biomarcadores de contaminação aquática. Foram realizadas coletas no período chuvoso (março de 2018) e de estiagem (julho de 2018), em que foram capturados 40 exemplares de S. herzbergii em duas regiões distintas da Baía de São Marcos: A1) Ilha dos Caranguejos (área referência); A2) Terminal de Pesca Industrial de Porto Grande (área potencialmente contaminada). As estações foram georreferenciadas por GPS e, em cada local de captura dos peixes, registraram-se as seguintes variáveis abióticas: temperatura, salinidade, pH e oxigênio dissolvido. Em campo, os organismos foram pesados e medidos, as brânquias e os fígados foram retirados e fixados. Posteriormente, foram mantidos em álcool a 70% até o procedimento histológico padrão. Resultados indicam que as duas áreas são semelhantes em termos de características físico-químicas da água e do sedimento. Todavia, a análise semiquantitativa das alterações histológicas observadas revelou que as brânquias foram o órgão mais afetado nos peixes de A2, indicando que os peixes desse local apresentam danos teciduais maiores resultantes de estresse acentuado por impactos antrópicos.(AU)

This study aimed to evaluate the environmental impact in estuarine areas of São Marcos Bay, Maranhão, using histological changes in the gills and liver of Sciades herzbergii as biomarkers of aquatic contamination. Samples were collected during the rainy (March 2018) and dry (July 2018) seasons, in which 40 specimens of S. herzbergii were captured in two distinct regions of São Marcos Bay: A1) Crab Island (reference area); A2) Porto Grande Industrial Fishing Terminal (potentially contaminated area). The stations were georeferenced by GPS and at each fish capture site the following abiotic variables were recorded: temperature, salinity, pH and dissolved oxygen. In the field, the organisms were weighed and measured and the gills and livers removed and fixed. Afterwards, they were kept in 70% alcohol until the standard histological procedure. Results indicate that the two areas are similar in terms of physicochemical characteristics of water and sediment. However, the semi-quantitative analysis of the observed histological alterations revealed that the gills were the most affected organ in A2 fish, indicating that the fish in this site have greater tissue damage resulting from stress accentuated by anthropic impacts.(AU)
Descritores: Peixes-Gato/anatomia & histologia
Biomarcadores/análise
Poluição de Estuários/análise
Brânquias/anatomia & histologia
Fígado/anatomia & histologia
-Brasil
Meio Ambiente
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 384 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135373
Autor: Tobes, Ibon; Falconí-López, Ana; Valdiviezo-Rivera, Jonathan; Provenzano-Rizzi, Francisco.
Título: A new species of Microglanis (Siluriformes: Pseudopimelodidae) from the Pacific slope of Ecuador
Fonte: Neotrop. ichthyol;18(2):e190023, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT A new species of catfish is described from the Esmeraldas River Basin, Pacific slope, northern Ecuador. Tentatively included in Microglanis, represents the second species of the genus inhabiting the Trans-Andean region. The new species is distinguished from known congeners by a unique combination of external characteristics: head and body color pattern, uniform, pale brown, yellowish or grayish, without any kind of blotches, bands or dots, only a lunate transverse band, dark or black, at caudal-fin origin; adipose-fin origin and forward without lighter or luminous areas. Compared with M. variegatus, the new species has morphometric differences, such as the distances between dorsal and pelvic fins, and between posterior nostrils. Some osteological characteristics are compared with those observed in species of Pseudopimelodidae inhabiting the Pacific versant of Colombia and Ecuador and with some other species of Microglanis.

RESUMEN Se describe una nueva especie de bagre para la cuenca del río Esmeraldas, vertiente del Pacífico, en el norte de Ecuador. Incluida tentativamente en Microglanis, representa la segunda especie del género que habita en la región transandina. La nueva especie se distingue de los congéneres conocidos por una combinación única de características externas, que incluyen: patrón de color de la cabeza y el cuerpo, uniforme, marrón pálido, amarillento o grisáceo, sin ningún tipo de manchas, bandas o puntos, excepto una banda transversal alunada, oscura o negra, en el origen de la aleta caudal; origen de la aleta adiposa y región anterior sin áreas más claras o luminosas. En comparación con M. variegatus, la nueva especie tiene diferencias morfométricas, como las distancias entre las aletas dorsal y pélvica, y entre las narinas posteriores. Algunas características osteológicas se comparan con las observadas en especies de Pseudopimelodidae que habitan en la vertiente del Pacífico de Colombia y Ecuador, y en algunas otras especies de Microglanis.
Descritores:
Peixes-Gato/classificação
Cor
Identidade de Gênero
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 384 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Visconti, Maria Aparecida
Texto completo
Id: biblio-1135376
Autor: Grempel, Renato Grotta; Trajano, Eleonora; Visconti, Maria Aparecida.
Título: Regression of dark color in subterranean fishes involves multiple mechanisms: response to hormones and neurotransmitters
Fonte: Neotrop. ichthyol;18(2):e190120, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: Organisms with source-populations restricted to the subterranean biotope (troglobites) are excellent models for comparative evolutionary studies, due to their specialization to permanent absence of light. Eye and dark pigment regression are characteristics of most troglobites. In spite of the advance in knowledge on the mechanisms behind eye regression in cave fishes, very little is known about pigmentation changes. Studies were focused on three species of the genus Pimelodella. Exemplars of the troglobitic P. spelaea and P. kronei were compared with the epigean (surface) P. transitoria, putative sister-species of the latter. Melanophore areas and densities are significantly lower in the troglobitic species. Evaluating the in vitro response of these cells to adrenaline, acetylcholine and MCH, we observed a reduced response in both troglobites to adrenaline. The same trend was observed with MCH, but not statistically significant. No response to acetilcholine was detected in all the three. Contrary to expectations, even though eye-regression in P. spelaea was much lower than in P. kronei, pigmentation regression was more advanced. Multiple mechanisms of loss showing a mosaic of traits in troglobitic fishes are discussed here.(AU)

Organismos com populações-fonte restritas ao biótopo subterrâneo (troglóbios) são excelentes modelos para estudos evolutivos comparativos, devido à especialização resultante do isolamento sob um regime seletivo particular, com ênfase na permanente falta de luz. A regressão do olho e da pigmentação são características dos troglobites. Apesar do avanço do conhecimento sobre os mecanismos subjacentes à regressão ocular em peixes de caverna, pouco se sabe sobre mudanças de pigmentação. Os estudos foram focados em três espécies do gênero Pimelodella. Exemplares das espécies troglóbias P. spelaea e P. kronei foram comparados com a epígea P. transitoria, provável espécie-irmã dessa última. As áreas e densidades dos melanóforos são significativamente menores nas espécies troglóbias. Avaliando a resposta in vitro dessas células à adrenalina, acetilcolina e MCH, observamos uma resposta reduzida em ambos os troglóbios à adrenalina. A mesma tendência foi observado com o MCH, mas não estatisticamente. Nenhuma resposta à acetilcolina foi detectada três. Contrariamente às expectativas, embora a regressão ocular em P. spelaea seja bem menor do que em P. kronei, a regressão na pigmentação foi mais acentuada. Múltiplos mecanismos de regressão, mostrando um mosaico de características em peixes troglóbios, são discutidos aqui.(AU)
Descritores: Peixes-Gato/fisiologia
Pigmentação
Cor
Neurotransmissores
Hormônios
-Peixes
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 384 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135377
Autor: Ferrer, Juliano; Malabarba, Luiz R.
Título: Systematic revision of the Neotropical catfish genus Scleronema (Siluriformes: Trichomycteridae), with descriptions of six new species from Pampa grasslands
Fonte: Neotrop. ichthyol;18(2):e190081, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: The Neotropical genus Scleronema is revised based on the re-examination of the type specimens and 1,713 newly collected specimens. Scleronema is diagnosed from other trichomycterids by the following unambiguous derived characters: fleshy flap at the base of the maxillary barbell; skin flap in the posterior margin of the opercle; articulation between the autopalatine and the vomer ventrally located, with the medial margins of the autopalatines very close to each other; and autopalatine with an interrupted or not interrupted ossified arch-shaped process on its dorsal surface forming a canal. Scleronema minutum and S. operculatum are redescribed, S. angustirostre is considered a junior synonym of S. minutum, and six new species are described. A lectotype is designated for Trichomycterus minutus. The type localities of S. angustirostre, S. minutum, and S. operculatum are reviewed in order to correct erroneous information cited in articles and catalogs subsequent to the original descriptions. Species of Scleronema are geographically distributed in the La Plata basin and Atlantic coastal drainages from Southern Brazil, Southern Paraguay, Northeastern Argentina and Uruguay. They inhabit rivers or streams with sand- or gravel-bottoms across the Pampa grasslands. We provide evidences to recognize two putative monophyletic units within the genus, namely the S. minutum species group and the S. operculatum species group, and discuss the distribution patterns of their species.(AU)

O gênero Neotropical Scleronema é revisado com base na análise do material-tipo e outros 1.713 espécimes recentemente coletados. Scleronema é diagnosticado de outros tricomicterídeos pelos seguintes caracteres derivados não ambíguos: aba de pele na base do barbilhão maxilar; aba de pele na margem posterior do opérculo; articulação entre o autopalatino e o vômer posicionada ventralmente, deixando as margens mediais dos autopalatinos muito próximas entre si; e o autopalatino com um processo com formato de arco na sua superfície dorsal. Scleronema minutum e S. operculatum são redescritas, S. angustirostre é considerada um sinônimo júnior de S. minutum e seis novas espécies são descritas. Um lectótipo é designado para S. minutum. As localidades-tipo de S. angustirostre, S. minutum e S. operculatum são revisadas com o intuito de corrigir informações errôneas citadas em artigos e catálogos após suas descrições. As espécies de Scleronema distribuem-se na bacia do rio da Plata e drenagens costeiras atlânticas no sul do Brasil, sul do Paraguai, nordeste da Argentina e Uruguai, habitando rios e riachos ao longo do Pampa com fundos de areia ou cascalho. Dois grupos de espécies supostamente monofiléticos, o grupo S. minutum e o grupo S. operculatum, são reconhecidos no gênero e os padrões de distribuição de suas espécies são discutidos.(AU)
Descritores: Peixes-Gato/classificação
Biodiversidade
Identidade de Gênero
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 384 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135382
Autor: Silva-Junior, Dario Ernesto da; Ramos, Telton Pedro Anselmo; Zanata, Angela Maria.
Título: A new species of Parotocinclus with reduced adipose fin (Loricariidae: Hypoptopomatinae), from the rio Jacuípe basin, Bahia State, Brazil
Fonte: Neotrop. ichthyol;18(2):e190137, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: A new species of Parotocinclus, apparently endemic to the rio Jacuípe basin, Bahia State, Brazil, is described. The new species is distinguished from congeners, except P. bidentatus, P. cabessadecuia, P. dani, P. halbothi, P. muriaensis, P. pentakelis, P. seridoensis, and P. spilurus, by the presence of a reduced adipose fin. The new species differs from the aforementioned species by the absence of unicuspid accessory teeth, abdomen with broad naked areas between lateral and medial patches of plates, and snout tip completely covered by plates and odontodes. The adipose fin of the new species is restrict solely to the adipose-fin spine, lacking the adipose-fin membrane, a reduction pattern previously described to P. halbothi, a congener from rivers of the Amazonas and Marowijne basins.(AU)

Uma espécie nova de Parotocinclus, aparentemente endêmica da bacia do rio Jacuípe, Estado da Bahia, Brasil, é descrita. A espécie nova se distingue de suas congêneres, exceto P. bidentatus, P. cabessadecuia, P. dani, P. halbothi, P. muriaensis, P. pentakelis, P. seridoensis e P. spilurus, pela presença de nadadeira adiposa reduzida. A nova espécie difere das espécies mencionadas anteriormente pela ausência de dentição acessória unicúspide, abdômen com amplas áreas nuas entre o grupo de placas laterais e o grupo de placas medianas e ponta do focinho completamente coberta por placas e odontódeos. A nadadeira adiposa da nova espécie é restrita somente ao espinho, sem a membrana da adiposa, um padrão de redução descrito para P. halbothi, uma congênere de rios da bacia Amazônica e da bacia do rio Marowijne.(AU)
Descritores: Peixes-Gato/anatomia & histologia
Peixes-Gato/classificação
-Bacias
Rios
Membranas
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 384 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135383
Autor: Glugoski, Larissa; Deon, Geize; Schott, Stephane; Vicari, Marcelo R; Nogaroto, Viviane; Moreira-Filho, Orlando.
Título: Comparative cytogenetic analyses in Ancistrus species (Siluriformes: Loricariidae)
Fonte: Neotrop. ichthyol;18(2):e200013, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Coordenacão de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: Ancistrus is a specious genus of armored catfishes that has been extensively used for cytogenetic studies in the last 17 years. A comparison of the extensive karyotypic plasticity within this genus is presented with new cytogenetic analysis for Ancistrus cf. multispinis and Ancistrus aguaboensis. This study aims to improve our understanding of chromosomal evolution associated with changes in the diploid number (2n) and the dispersion of ribosomal DNAs (rDNAs) within Ancistrus. Ancistrus cf. multispinis and A. aguaboensis exhibit 2n of 52 and 50 chromosomes, respectively. Given that A. cf. multispinis shares a 2n = 52 also found in Pterygoplichthyini, the sister group for Ancistrini, a Robertsonian (Rb) fusion event is proposed for the 2n reduction in A. aguaboensis. 5S rDNAs pseudogenes sites have already been associated with Rb fusion in Ancistrus and our analysis suggests that the 2n reduction in A. aguaboensis was triggered by double strand breaks (DSBs) and chromosomal rearrangements at 5S rDNA sites. The presence of evolutionary breakpoint regions (EBRs) into rDNA cluster is proposed to explain part of the Rb fusion in Ancistrus. Cytogenetic data presented extends the diversity already documented in Ancistrus to further understand the role of chromosomal rearrangements in the diversification of Ancistrini.(AU)

Ancistrus é um gênero rico em espécies de peixes conhecidos como cascudos e tem sido alvo de estudos citogenéticos nos últimos 17 anos. Uma comparação da plasticidade presente no gênero é apresentada com novas análises citogenéticas para Ancistrus cf. multispinis e Ancistrus aguaboensis. Este estudo visa melhorar nossa compreensão da evolução cromossômica associada as alterações do número diploide (2n) e a dispersão de DNAs ribossômicos (rDNAs) em Ancistrus. Ancistrus cf. multispinis e A. aguaboensis apresentaram 2n de 52 e 50 cromossomos, respectivamente. Visto que A. cf. multispinis compartilha 2n = 52 também encontrado em Pterygoplichthyini, o grupo irmão para Ancistrini, um evento de fusão Robertsoniana (Rb) é proposto para a redução do 2n em A. aguaboensis. Sítios de pseudogenes de rDNA 5S já foram associados a eventos de fusão Rb em Ancistrus e nossas análises sugerem que a redução do 2n em A. aguaboensis foi desencadeada por quebras na dupla fita e rearranjos cromossômicos em sítios de rDNA 5S. A presença de evolutionary breakpoint regions (EBRs) em clusters de rDNA foi proposta para explicar parte da fusão Rb em Ancistrus. Os dados citogenéticos apresentados ampliam a diversidade já documentada em Ancistrus visando melhor entender o papel dos rearranjos cromossômicos na diversificação de Ancistrini.(AU)
Descritores: Peixes-Gato/genética
DNA Ribossômico
Análise Citogenética
-Identidade de Gênero
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 384 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1143346
Autor: Tencatt, Luiz Fernando Caserta; Santos, Sérgio Alexandre dos; Britto, Marcelo Ribeiro de.
Título: Taxonomic review of the typical long-snouted species of Corydoras (Siluriformes: Callichthyidae) from the río de La Plata basin
Fonte: Neotrop. ichthyol;18(4):e200088, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: The typical long-snouted species of Corydoras from the río de La Plata basin were reviewed herein, and the previously proposed synonymy of Corydoras ellisae was corroborated. Corydoras areio and C. aurofrenatus are diagnosed from their congeners, excluding those in lineage 1, by the following features: temporal sensory canal in sphenotic with two pores; upper tooth plate of branchial arch with three or four series of teeth; fleshy flap at mouth corner. Corydoras areio differs from all lineage 1 congeners by having infraorbital 2 with relatively wider posterior laminar expansion; absence of large patches of black pigmentation on the body and absence of conspicuous concentration of dark brown or black chromatophores on anterior portion of the dorsal fin; and presence of blotches on flanks not aligned in longitudinal series. Corydoras aurofrenatus differs from all lineage 1 congeners by having ventral surface of head and trunk densely covered by small, not coalescent platelets; middle portion of flank with two or three dark brown or black patches (below the dorsal-fin, below the adipose-fin base, and on the caudal peduncle base, diffuse and variably present), patches decreasing in size posteriorly; poorly developed fleshy flap at the corner of mouth; anteroventral portion of cleithrum exposed.(AU)

As espécies típicas de focinho longo de Corydoras da bacia do río de La Plata foram revisadas, e a sinonímia proposta anteriormente de Corydoras ellisae foi corroborada. Corydoras areio e C. aurofrenatus são diagnosticadas de seus congêneres, excluindo aquelas da linhagem 1, pelas seguintes características: canal sensorial temporal no esfenótico com dois poros; placa dentária superior do arco branquial com três ou quatro séries de dentes; aba carnosa no canto da boca. Corydoras areio difere de todos os congêneres da linhagem 1 pelo infraorbital 2 com expansão laminar posterior relativamente mais ampla; ausência de grandes manchas de pigmentação preta no corpo e ausência de concentração conspícua de cromatóforos marrom-escuros ou pretos na porção anterior da nadadeira dorsal; presença de manchas laterais não alinhadas em série longitudinal. Corydoras aurofrenatus difere de todas as congêneres da linhagem 1 pela superfície ventral da cabeça e do tronco densamente coberta por pequenas plaquetas não coalescentes; porção média lateral com duas ou três manchas marrom-escuras ou pretas (abaixo da nadadeira dorsal, abaixo da base da nadadeira adiposa, e na base do pedúnculo caudal, difusa e variavelmente presente), manchas diminuindo de tamanho posteriormente; aba carnosa pouco desenvolvida no canto da boca; porção anteroventral do cleitro exposta.(AU)
Descritores: Peixes-Gato/anatomia & histologia
Peixes-Gato/classificação
Cabeça
-Linhagem
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 39 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde