Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.150.900.493.130.150 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 71 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 71 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1002711
Autor: Lucena, Zilda Margarete Seixas de; Lucena, Carlos Alberto Santos de.
Título: A new glass tetra species of Phenacogaster from the rio Salitre, rio São Francisco drainage, Brazil (Characiformes: Characidae)
Fonte: Neotrop. ichthyol;17(1):e180134, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: A new species of Phenacogaster is described from the rio Salitre, a tributary of the lower middle rio São Francisco drainage. The new species can be clearly distinguished from all its congeners in having a conspicuous, broad caudal peduncle spot reaching the upper and lower margins of the peduncle with a short extension onto the middle caudal fin rays and another weaker extension over the lower lobe of the caudal fin.(AU)

Uma nova espécie de Phenacogaster é descrita do rio Salitre, afluente da drenagem do submédio rio São Francisco. A nova espécie é facilmente distinguida de todas as congêneres por apresentar uma conspícua e larga mancha no pedúnculo caudal que alcança as margens superior e inferior do pedúnculo com uma curta extensão sobre os raios medianos e outra mais fraca sobre o lobo inferior da nadadeira caudal.(AU)
Descritores: Characidae/classificação
Characidae/fisiologia
-Nadadeiras de Animais
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 71 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-990196
Autor: Vanegas-Ríos, James Anyelo; Britzke, Ricardo; Mirande, Juan Marcos.
Título: Geographic variation of Moenkhausia bonita (Characiformes: Characidae) in the rio de la Plata basin, with distributional comments on M. intermedia
Fonte: Neotrop. ichthyol;17(1):e170123, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CONICET; . CNPq; . FAPESP.
Resumo: Moenkhausia bonita occurs in numerous additional localities from the Bermejo, Paraná, Paraguay, and Uruguay river basins. Given that this finding greatly expands the distributional range of M. bonita, we carried out an intraspecific comparison, using multivariate methods for 18 morphometric and eight meristic characters taken from a comprehensive sample of 536 specimens. All localities were distributed in four major geographic groups as follows: Bermejo, Paraná, Paraguay, and Uruguay. Results of the morphometric comparisons showed significant differences among the studied groups except between the Paraguay and Uruguay groups. Statistical differences in meristic values were found for most between-group comparisons, especially in those resulting from discriminant canonical analyses (DCA). Specimens from the Bermejo basin were the most distinct group in most morphological comparisons. However, the overall subtle differences found in body morphology likely reflect intraspecific variation within M. bonita and seem to be mainly influenced by spatial and environmental features of drainages. As M. bonita was previously identified as M. intermedia in the río de La Plata basin, distributional comments on the latter species in that basin are provided.(AU)

Moenkhausia bonita es registrada en numerosas localidades adicionales de las cuencas de los ríos Bermejo, Paraná, Paraguay, y Uruguay. Dado que estos hallazgos expanden ampliamente el rango distribucional de M. bonita, nosotros llevamos a cabo una comparación intraespecífica, usando métodos multivariados para 18 características morfométricas y 8 merísticas que fueron tomados en una muestra exhaustiva de 536 especímenes. Todas las localidades fueron repartidas en cuatro grupos principales como sigue: Bermejo, Paraná, Paraguay y Uruguay. Los resultados de las comparaciones morfométricas mostraron diferencias significativas a través de los grupos bajo estudio, excepto entre los grupos Paraguay y Uruguay. Diferencias estadísticas fueron encontrados en la mayoría de las comparaciones entre los grupos, especialmente en aquellas obtenidas de los análisis discriminantes canónicos (ADC). Los especímenes de la cuenca del Bermejo fueron encontrados como el grupo más divergente en la mayoría de las comparaciones morfológicas. No obstante, estas leves diferencias encontradas en la morfología del cuerpo son consideradas dentro de la variación intraespecífica de M. bonita y parecen estar influidas por características ambientales y espaciales de los drenajes. Dado que M. bonita fue previamente identificada como M. intermedia en la cuenca del río de La Plata, comentarios distribucionales sobre esta última especie en esta cuenca son presentados.(AU)
Descritores: Characidae/crescimento & desenvolvimento
-Geomorfologia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 71 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-914418
Autor: Rodriguez-Rodriguez, Maria del Pilar; Lopera-Barrero, Nelson Mauricio; Santos, Silvio Carlos Alves dos; Vargas, Lauro; Streit Jr, Danilo Pedro; Ribeiro, Ricardo Pereira.
Título: Genetic diversity of Piaractus mesopotamicus (Characiformes: Characidae) broodstocks using in the restocking program of Tietê river, Brazil / Diversidade genética de estoques de Piaractus mesopotamicus (Characiformes, Characidae) utilizados no programa de repovoamento do rio Tietê, Brasil
Fonte: Biosci. j. (Online);29(2):478-486, mar./apr. 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: The restocking programs are being used more frequently as methods of fish conservation. However, the reduction in the genetic diversity can affect survival of juveniles used in this programs and cause effects on the wild populations. The aim of this study was assess the genetic diversity in three broodstocks (BA, BB and BC) of pacu Piaractus mesopotamicus of a Hydropower plant in São Paulo - Brazil, using in restocking program of Tietê River. Nine RAPD primers were amplified used extracted DNA from 89 fin-clipping samples. Sixty-nine fragments were polymorphic, 15 had frequencies with significant differences (P<0.05), seven were excluded, and six were fixed fragments. High values for polymorphic fragments (47.83% to 71.01%) and Shannon index (0.270 to 0.424) were observed. Most of the genetic variation was found within the groups through the AMOVA analysis, which was confirmed by the results of the identity and genetic distance. Ancestry levels (FST) among the groups values indicated little and moderate genetic differentiation. The estimate of number of migrants by generation (Nm) indicated levels of gene flow. Moderate genetic divergence between groups (0.214 to 0.259) was observed. The results indicate high (BA and BB) and moderate (BC) variability within broodstocks and genetic differentiation among them. The fish stocks analyzed represent a genetic base that will allow the fish technicians to release juveniles without genetic risks to wild populations present in the river. These genetics procedures can be used as models for other migratory species.

Os programas de repovoamento estão sendo usados com mais frequência como métodos de conservação de peixes. No entanto, a redução na diversidade genética pode afetar a sobrevivência dos juvenis usados nesses programas e causar efeitos sobre as populações selvagens. O objetivo deste estudo foi avaliar a diversidade genética de três estoques de reprodutores (BA, BB e BC) de pacu Piaractus mesopotamicus de uma hidrelétrica em São Paulo - Brasil, do programa de repovoamento do rio Tietê. Nove iniciadores RAPD amplificaram-se usando DNA extraído de 89 amostras de nadadeira. Sessenta e nove fragmentos foram polimórficos, 15 tiveram frequências com diferenças significativas (P<0.05), sete foram excluídos e seis foram fragmentos limitantes. Observaram-se altos valores de fragmentos polimórficos (47,83% a 71,01%) e de índice de Shannon. A maior variação genética observou-se dentro dos grupos através da análise de AMOVA, sendo confirmado com os resultados de identidade e distância genética. Os níveis de FST entre os grupos indicaram pequena e moderada diferenciação genética. O número de migrantes por geração (Nm) indicou níveis de fluxo gênico. Observou-se moderada divergência genética entre grupos (0,214 a 0,259). Os resultados indicaram alta (BA e BB) e moderada (BC) variabilidade dentro dos estoques e diferenciação genética entre eles. Os estoques de peixes analisados representam uma base genética que permitirá aos produtores liberar juvenis sem riscos genéticos para as populações naturais presentes no rio. Esses procedimentos genéticos podem ser utilizados como modelos para outras espécies migradoras.
Descritores: Variação Genética
Técnica de Amplificação ao Acaso de DNA Polimórfico
Caraciformes
Characidae
Peixes
Responsável: BR396.4


  4 / 71 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-912567
Autor: Goldoni, Angélica; Silva, Luciano Basso da.
Título: Potencial mutagênico do fungicida Mancozebe em Astyanax jacuhiensis (Teleostei: Characidae) / Mutagenic potential of the fungicide Mancozeb in Astyanax jacuhiensis (Teleostei: Characidae)
Fonte: Biosci. j. (Online);28(2):297-301, mar./apr. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O Mancozebe é um fungicida etilenobisditiocarbamato (EBDC) amplamente utilizado, cujos efeitos tóxicos já foram estudados em diversas espécies. No entanto, até o momento nenhum estudo avaliou o potencial mutagênico deste agrotóxico em peixes. Os efeitos mutagênicos de uma exposição aguda (120 h) a quatro diferentes concentrações (0,3 mg/L, 0,7 mg/L, 1,5mg/L e 2,5 mg/L) de uma formulação comercial à base de Mancozebe foram avaliados através do teste do micronúcleo (MN) e da ocorrência de anormalidades nucleares (AN) nos eritrócitos da espécie Astyanax jacuhiensis. Para a determinação das freqüências de MN e AN, foram analisadas 2000 células por animal. Os resultados não demonstraram diferenças significativas (P≥0,05) na freqüência de micronúcleos e anormalidades nucleares entre o grupo controle e os quatro tratamentos à base de Mancozebe, indicando que este fungicida não apresenta evidências de genotoxicidade em peixes da espécie Astyanax jacuhiensis, quando expostos às concentrações testadas neste trabalho.

Mancozeb, a widely used ethylenebisdithiocarbamate (EBDC) fungicide, has been studied for its toxic effects on several species. However, no study has evaluated the genotoxic potential of this agrochemical in fish. Therefore, the mutagenic effects of an acute exposure (120 h) in aquarium to four different concentrations (0,3 mg/L, 0,7 mg/L, 1,5mg/L and 2,5 mg/L) of a Mancozeb commercial formulation were evaluated using the micronucleus (MN) test and the analysis of nuclear abnormalities (NA) in Astyanax jacuhiensis erythrocytes. To determine the frequencies of MN and NA, 2000 cells per fish were evaluated. The results showed no significant differences (P≥0.05) in the micronuclei and nuclear abnormalities frequencies between the control group and the four groups treated with Mancozeb, indicating that this fungicide does not present evidence for genotoxicity on Astyanax jacuhiensis, when exposed to the concentrations tested in this work.
Descritores: Agroquímicos
Genotoxicidade
Characidae
Peixes
Fungicidas Industriais
Responsável: BR396.4


  5 / 71 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-964046
Autor: Kokubun, Érika Endo; Bonato, Karine Orlandi; Burress, Edward D; Fialho, Clarice Bernhardt.
Título: Diet and body shape among populations of Bryconamericus iheringii (Otophysi: Characidae) across the Campos Sulinos ecosystem
Fonte: Neotrop. ichthyol;16(4):[e170167], out. 2018. mapas, ilus, graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Alterations in natural landscapes, mainly caused by anthropic pressures, have been threatening the world's biomes, including aquatic environments and its biota. This study describes the diet of Bryconamericus iheringii, and how its body shape relates to environmental variables in populations of 22 streams. A wide array of food items were found, mainly composed of allochthonous plants (50.5%) and autochthonous invertebrates (25.2%). Even though food items remained almost the same, the predominant food group significantly differed among streams, mainly in relation to environmental characteristics. There was variation in body shape primarily associated with body depth and length of the pre-dorsal region; however, these differences did not correspond with streams. PLS-CA analyses indicated that environmental characteristics, such as substrate type, percentage of marginal vegetation have some influence over food items availability but not on body shape. This may be because B. iheringii is a non-specialist species capable of prey switching based on availability due to an intermediate body shape suited for generalist feeding habits.(AU)

Alterações em paisagens naturais, principalmente as causadas por pressão antrópica, tem ameaçado os biomas mundiais, incluindo ambientes aquáticos e sua biota. Este estudo descreve a dieta de B. iheringii e como seu formato corporal se relaciona com variáveis ambientais, em populações de 22 riachos. Uma grande variedade de itens alimentares foi encontrada, principalmente compostos por plantas alóctones (50,5%) e invertebrados autóctones (25,2%). Ainda que os itens alimentares tenham permanecido quase os mesmos, o grupo alimentar predominante diferiu significativamente entre riachos, principalmente devido a características ambientais. Ocorreu variação no formato corporal principalmente associado com profundidade do corpo e comprimento da região pré-dorsal; entretanto, tais diferenças não corresponderam aos agrupamentos por riacho. A análise PLS-CA indicou que as características ambientais, tais como tipo de substrato, porcentagem de vegetação marginal exercem alguma influência sobre a disponibilidade dos itens alimentares, mas não sobre o formato corporal. Isso pode ocorrer por B. iheringii ser uma espécie não especialista com capacidade de mudar suas presas de acordo a com disponibilidade das mesmas, isto, devido ao seu formato corporal intermediário adequado a hábitos generalistas.(AU)
Descritores: Composição Corporal/genética
Characidae/anatomia & histologia
-Ecossistema
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 71 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-948562
Autor: Britzke, Ricardo; Troy, Waldo P; Oliveira, Claudio; Benine, Ricardo C.
Título: Description of a new species of Moenkhausia (Characiformes: Characidae) from the upper Paraguay basin, Central Brazil, with comments on its phylogenetic relationships
Fonte: Neotrop. ichthyol;16(2):[e170086], jun. 2018. ilus, graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: A new species of Moenkhausia is described from tributaries of the upper rio Sepotuba, Paraguay basin, Brazil. The new species is distinguished from its congeners by a combination of characters, including an inconspicuous oval-shaped vertically elongated humeral blotch, extending horizontally from third through five lateral-line scales, and vertically from third row above lateral line to first row below it, followed by a diffuse field of dark chromatophores in the flank, combined with a well-defined dark line at the base of the anal fin. Furthermore, the phylogenetic position of the new species is presented based on molecular data, showing a close relationship among species of Moenkhausia and Hemigrammus that have a well-defined dark line at the base of the anal fin. Until this moment, this species is only known from in the upper rio Sepotuba basin.(AU)

Uma nova espécie de Moenkhausia é descrita nos afluentes do rio Sepotuba, bacia do Paraguai, no Brasil. A nova espécie se distingue dos seus congêneres por uma combinação de caracteres, incluindo uma mancha umeral discreta de forma oval, alongada verticalmente, que se estende horizontalmente da terceira a quinta escamas da linha lateral e, verticalmente, da terceira fila de escamas acima da linha lateral até a primeira fila abaixo da linha lateral; seguida por escassos cromatóforos no flanco, combinado com uma linha escura bem definida na base da nadadeira anal. Além disso, a posição filogenética da nova espécie é apresentada com base em dados moleculares, mostrando um relacionamento próximo entre as espécies de Moenkhausia e Hemigrammus que possuem uma linha escura bem definida na base da nadadeira anal. Até o momento, essa espécie é conhecida apenas da bacia do Alto Sepotuba.(AU)
Descritores: Filogenia
Characidae/classificação
Characidae/genética
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 71 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-948413
Autor: Urbanski, Bruna Q; Melo, Bruno F; Silva, Gabriel S. C; Benine, Ricardo C.
Título: A new species of Tetragonopterus (Characiformes: Characidae) from Central Amazon lowlands, Brazil
Fonte: Neotrop. ichthyol;16(2):[e170158], jun. 2018. mapas, ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: A new species of Tetragonopterus is described from lowland rivers of Central Amazon. It differs from congeners by having a vertically-oriented patch of dark pigmentation limited to posterior portion of the caudal peduncle and by bearing five thin and sharp teeth on dentary, along with other morphometric and meristic features. We hypothesize that the new taxon belongs to the herein named "Tetragonopterus anostomus clade" that includes T. anostomus, T. denticulatus, T. kuluene, and T. juruena.(AU)

Uma espécie nova de Tetragonopterus é descrita de rios de terra baixa da Amazônia Central. Ela difere de suas congêneres por possuir uma mancha escura orientada verticalmente, limitada à porção posterior do pedúnculo caudal, e por possuir cinco dentes principais finos e afiados no dentário, além de outras características morfométricas e merísticas. Nós levantamos a hipótese que o novo táxon pertença ao clado Tetragonopterus anostomus, o qual inclui T. anostomus, T. denticulatus, T. kuluene e T. juruena.(AU)
Descritores: Biodiversidade
Characidae/anatomia & histologia
Characidae/classificação
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 71 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-911101
Autor: Jatobá, A; Moraes, A. V; Steckert, L. D; Jesus, G. F. A.
Título: Selection of autochtone probiotic for Astyanax bimaculatus / Seleção de probiótico autóctone para Astyanax bimaculatus
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);69(6):1645-1652, nov.-dez. 2017. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to isolate native lactic acid bacteria of yellow tail lambari (Astyanax bimaculatus) and evaluate their effect on host microbiota and gut morphology, as well as survival after experimental challenge. The isolated bacterial strains were evaluated for their inhibition against pathogenic bacterial strains in vitro, and the strain with highest inhibitory ability was molecularly identified as Lactobacillus spp. For in vivo testing, eighty fish were distributed in ten tanks equipped with a recirculation system. The experimental units were divided into two treatments: fish fed with Lactobacillus spp. supplement and fish fed an unsupplemented diet (control). After 30 days, guts from three fish from each experimental unit were pooled for microbiological and histological analysis. The other five fish were inoculated with 2.1x104CFU.mL-1 of Aeromonas hydrophila to evaluate survival after 24h. Lambaris fed with the probiotic diet had a lower count of Vibrios spp., Pseudomonas spp. and Staphylococcus spp., and a higher count of lactic acid bacteria compared to control treatment, as well as, increased length, width and perimeter of intestinal villi, as well as higher survival rate (16.2%) after experimental challenge compared to the unsupplemented group. The results show that the Lactobacillus spp. used has effect probiotic for yellow tail lambari.(AU)

Este estudo objetivou isolar bactéria ácido-láctica nativa do lambari-do-rabo-amarelo (Astyanax bimaculatus) e seu efeito na microbiota e morfologia do trato digestório do hospedeiro, assim como a sobrevivência após um desafio experimental. As bactérias isoladas foram avaliadas quanto a suas inibições in vitro contra bactérias patogênicas; a cepa com maior capacidade de inibição foi identificada como Lactobacillus spp. Para o teste in vivo, 80 peixes foram distribuídos em 10 tanques equipados com sistema de recirculação. As unidades experimentais foram divididas em dois tratamentos: peixes alimentados com Lactobacillus spp. suplementado e peixes alimentados com dieta não suplementada (controle). Após 30 dias, foram coletados o trato intestinal de três peixes, por unidade experimental, para análises microbiológicas e histológicas. Outros cinco peixes foram inoculados com 2,1x104UFCmL-1 de Aeromonas hydrophila para se avaliar a sobrevivência após 24h. Lambaris alimentados com probiótico apresentaram menor contagem de Vibrios spp., Pseudomonas spp. e Staphylococcus spp., e maior de bactérias ácido-lácticas quando comparados com o tratamento controle, assim como aumento do comprimento, da largura e do perímetro das vilosidades intestinais e maior taxa de sobrevivência (16,2%,) após desafio experimental, em comparação com o grupo sem suplementação. Os resultados mostram que o Lactobacillus spp. possui efeito probiótico para o lambari-do-rabo-amarelo.(AU)
Descritores: Characidae/microbiologia
Microbioma Gastrointestinal
Lactobacillus
Probióticos/isolamento & purificação
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 71 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-895136
Autor: Piscor, Diovani; Fernandes, Carlos Alexandre; Parise-Maltempi, Patricia P.
Título: Conserved number of U2 snDNA sites in Piabina argentea, Piabarchus stramineus and two Bryconamericus species (Characidae, Stevardiinae)
Fonte: Neotrop. ichthyol;16(1):e170066, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The chromosomal location of 5S rRNA and U2 snRNA genes of Piabina argentea, Piabarchus stramineus and two Bryconamericus species from two different Brazilian river basins were investigated, in order to contribute to the understanding of evolutionary characteristics of these repetitive DNAs in the subfamily Stevardiinae. The diploid chromosome number was 2n = 52 for Bryconamericus cf. iheringii, Bryconamericus turiuba, Piabarchus stramineus and Piabina argentea. The 5S rDNA clusters were located on one chromosome pair in P. stramineus and B. cf. iheringii, and on two pairs in B. turiuba and P. argentea. The U2 snDNA clusters were located on the one pair in all species. Two-color FISH experiments showed that the co-localization between 5S rDNA and U2 snDNA in P. stramineus can represent a marker for this species. Thus, the present study demonstrated that the number of U2 snDNA clusters observed for the four species was conserved, but particular characteristics can be found in the genome of each species.(AU)

A localização cromossômica dos genes de RNAr 5S e RNAsn U2 de Piabina argentea, Piabarchus stramineus e duas espécies de Bryconamericus provenientes de duas bacias hidrográficas foi investigada, com a intenção de contribuir com o entendimento de características evolutivas destes DNAs repetitivos na subfamília Stevardiinae. O número cromossômico diploide foi 2n = 52 para Bryconamericus cf. iheringii, Bryconamericus turiuba, Piabarchus stramineus e Piabina argentea. Os sítios de DNAr 5S foram localizados em um par cromossômico em P. stramineus e B. cf. iheringii, e em dois pares em B. turiuba e P. argentea. Os sítios de DNAsn U2 foram localizados em um par em todas as espécies. Experimentos de FISH com duas sondas mostraram que a co-localização entre os DNAr 5S e DNAsn U2 em P. stramineus pode representar um marcador para esta espécie. Portanto, o presente estudo demonstrou que o número de sítios de DNAsn U2 observado para as quatro espécies foi conservado, porém características particulares podem ser encontradas no genoma de cada espécie.(AU)
Descritores: Characidae/genética
Análise de Sequência de DNA/estatística & dados numéricos
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 71 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-895135
Autor: Camelier, Priscila; Menezes, Naércio Aquino; Costa-Silva, Guilherme José; Oliveira, Claudio.
Título: Molecular phylogeny and biogeographic history of the Neotropical tribe Glandulocaudini (Characiformes: Characidae: Stevardiinae)
Fonte: Neotrop. ichthyol;16(1):e170157, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Although former studies on systematics and biogeography represent a progress on the knowledge of the tribe Glandulocaudini, none was grounded on molecular evidence. Thus, the first hypothesis of relationships for the tribe based on a multilocus analysis is presented, including all genera and most of the valid species. DNA sequences of Glandulocauda caerulea and Mimagoniates sylvicola were analyzed for the first time. A molecular clock analysis was used to estimate the origin of the Glandulocaudini and the approximate timing of cladogenetic events within the group. Glandulocaudini was recovered as monophyletic. No hypothesis recovered Glandulocauda as monophyletic, since G. melanopleura is sister to Lophiobrycon weitzmani while G. caerulea is closely related to Mimagoniates. The relationships within the latter genus were resolved. The molecular clock results indicate the origin of the Glandulocaudini during the Miocene with diversification in the group occurring from Neogene to Pleistocene. These results corroborated the hypothesis that its origin took place on the Brazilian crystalline shield with the subsequent occupation of the Atlantic Coastal drainages. Apparently, Pleistocene sea-level fluctuations might have shaped the distribution pattern of some species in Glandulocaudini.(AU)

Embora estudos prévios sobre sistemática e biogeografia representam um avanço no conhecimento da tribo Glandulocaudini, nenhum foi baseado em evidência molecular. Assim, a primeira hipótese de relações para a tribo com base em uma análise multilocus é apresentada, incluindo todos os gêneros e a maioria das espécies válidas. Sequências de DNA de Glandulocauda caerulea e Mimagoniates sylvicola foram analisadas pela primeira vez. Uma análise de relógio molecular foi utilizada para estimar a origem de Glandulocaudini e datas aproximadas de eventos cladogenéticos dentro do grupo. Glandulocaudini foi recuperada como monofilética. Nenhuma hipótese recuperou Glandulocauda como monofilético, uma vez que G. melanopleura é irmã de Lophiobrycon weitzmani e G. caerulea está proximamente relacionada a Mimagoniates. As relações dentro deste último gênero foram resolvidas. Os resultados do relógio molecular indicam que Glandulocaudini originou-se durante o Mioceno, com diversificação dentro do grupo ocorrendo desde o Neogeno até o Pleistoceno. Estes resultados corroboram a hipótese da sua origem no escudo cristalino brasileiro, com a subsequente ocupação das drenagens costeiras atlânticas. Aparentemente, as flutuações pleistocênicas do nível do mar podem ter moldado o padrão de distribuição de algumas espécies em Glandulocaudini.(AU)
Descritores: Characidae/genética
Tipagem de Sequências Multilocus/veterinária
Filogenia
-Drenagem Sanitária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde