Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.150.900.493.130.150 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 106 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 106 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Visintin, José Antônio
Texto completo
Id: biblio-1122181
Autor: Rocha, Nathalia Alcântara; Schade, Gabriel Marra; Alves, Álvaro de Miranda; Silva, Claudia de Souza; Nakirimoto, Jacqueline Megumi; Lauri, Liura Sanchez; Campos, Lucca Gobatto; Santos, Marcelo Galvão dos; Mesquita, Nicole Nascimento; Relvas, Rachel Sordi; Carnevale, Rafaella Fernandes; Oh, Se Yoon; Gaia, Victoria Portela Diniz; Kida, Vivian Renata; Celeghini, Eneiva Carla Carvalho; Assumpção, Mayra Elena Ortiz D' Avila; Senhorini, José Augusto; Siqueira, Hatus de Oliveira; Nascimento, Nivaldo Ferreira; Silva, Luciano Andrade; Lázaro, Talita Maria; Visintin, José Antonio; Monzani, Paulo Sérgio; Yasui, George Shigueki.
Título: Acute exposure to hyperosmotic conditions reduces sperm activation by urine in the yellowtail tetra Astyanax altiparanae, a freshwater teleost fish / Exposição aguda a condições hipereosmoticas reduz ativação do sêmen por urina em lambari do-rabo-amarelo (Astyanax altiparanae), um teleósteo de água doce
Fonte: Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online);57(3):e166205, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: São Paulo Research Foundation (FAPESP). Young Investigators Award; Young Researcher Scholarship.
Resumo: In freshwater fish with external fertilization, sperm sampling can be contaminated with urine, which triggers motility and gives rise to decreased fertilization success. The maintenance of freshwater fish in hyperosmotic conditions may reduce urine production and improve sperm quality. Thus, the aim of this work was to verify if acute exposure to various NaCl concentrations improves sperm quality in the yellowtail tetra Astyanax altiparanae. Spermiation was induced using a single dose of carp pituitary gland (5 mg kg-1) and the males were maintained at various NaCl concentrations: NaCl 0.00% (control), NaCl 0.45% (hypoosmotic), NaCl 0.9% (isosmotic) and NaCl 1.0% (hyperosmotic) for 6 h at 26 °C. Sperm was collected and verified for activation by urine and motility traits. At 0.00%, 0.45%, and 0.90%, the sperm was motile just after sampling, indicating activation by urine. Surprisingly, at hyperosmotic conditions, no activation was observed. Other sperm and motility parameters did not show any statistical differences, including sperm viability (P = 0.7083), concentration (P = 0.9030), total motility (P = 0.6149), VCL (curvilinear velocity; P = 0.1216), VAP (average path velocity; P = 0.1231) and VSL (straight-line velocity; P = 0.1340). Our results indicate that acute maintenance at hyperosmotic conditions eliminates sperm activation by urine and maintains sperm quality. Such a new procedure is interesting for both basic and applied sciences, including reproductive practice in fish.(AU)

Em peixes de água doce com fertilização externa, a amostragem de espermatozoides pode ser contaminada pela urina, o que desencadeia motilidade e gera menor sucesso na fertilização. A manutenção de peixes de água doce em condições hiperosmóticas pode reduzir a produção de urina e melhorar a qualidade do esperma. Assim, o presente trabalho foi delineado para verificar se a exposição aguda a várias concentrações de NaCl melhora a qualidade do esperma no tetra-amarelo Astyanax altiparanae. A espermiação foi induzida usando uma dose única de hipófise da carpa (5 mg kg-1) e os machos foram mantidos em várias concentrações de NaCl: NaCl 0,00% (controle), NaCl 0,45% (hipoosmótico), NaCl 0,9% (isosmótico) e NaCl 1,0% (hiperosmótico) por seis horas a 26 °C. O esperma foi colhido e verificado quanto à ativação por urina e traços de motilidade. Em 0,00%, 0,45%, 0,90% os espermatozóides eram móveis logo após a amostragem, indicando ativação pela urina. Surpreendentemente, em condições hiperosmóticas, nenhuma ativação foi observada. Outros parâmetros espermáticos e de motilidade não mostraram diferenças estatísticas, incluindo viabilidade espermática (P = 0,7083), concentração (P = 0,9030), motilidade total (P = 0,6149), VCL (Velocidade Curvilinear; P = 0,1216), VMD (Velocidade Média de Deslocamento; P = 0,1230) e VLR (Velocidade em linha Reta; P = 0,1340). Nossos resultados indicam que a manutenção aguda em condições hiperosmóticas elimina a ativação do esperma pela urina e mantém a qualidade do esperma. Esse novo procedimento é interessante para as ciências básicas e aplicadas, incluindo a prática reprodutiva em peixes.(AU)
Descritores: Osmose
Salinidade
Análise do Sêmen/métodos
Análise do Sêmen/veterinária
Characidae/fisiologia
-Motilidade Espermática
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1121285
Autor: COSTA, Igor David da; ROCHA, Vanessa Martins da.
Título: Feeding ecology of Serrapinnus notomelas (Characiformes: Cheirodontinae) in small forest streams in the Machado River basin, Rondônia, Brazil
Fonte: Acta amaz;47(1):19-28, jan. -mar. 2017.
Idioma: en.
Resumo: Estudos sobre a estrutura trófica de peixes dão informações sobre autoecologia espécies e seu papel no ecossistema. Os objetivos deste estudo foram caracterizar a dieta Serrapinnus notomelas em igarapés da bacia do rio Machado e avaliar o efeito da sazonalidade das chuvas. Os peixes foram coletados bimestralmente de julho 2013 a maio de 2014, com redes de arrasto e redes de mão. O comprimento de cada espécime foi medido para identificar a categoria das classes. Também foram medidos o grau de repleção e o volume de cada item ingerido, e estes dados foram combinadas para se obter um índice alimentar. Foram utilizados uma ANOVA e Kruskal-Wallis para diferenças entre classes de comprimento e graus de repleção, teste de qui-quadrado para detectar diferenças sazonais na origem dos alimentos e análise de escalonamento multidimensional não-métrico para examinar variação temporal na dieta. Nós encontramos que a maioria dos indivíduos eram maiores que 20 mm, apresentando distribuição polimodal. Para ambas as estações a maioria dos estômagos apresentaram-se cheios. Serrapinnus notomelas ingeriu itens vegetais e animais. Observamos maior consumo de macrófitas aquáticas e algas, sugerindo comportamento alimentar onívoro com tendência a herbivoria. Itens de origem vegetal e autóctone foram mais consumidos que os demais itens em ambas as estações, e o consumo de itens animais e itens autóctones variou entre as estações. Estes resultados reforçam a ideia de que S. notomelas apresenta plasticidade trófica entre as estações.(AU)
Descritores: Ecossistema Amazônico
Ecologia
Áreas Alagadas
Characidae
Peixes
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-785150
Autor: Oliveira, Marcos Sidney Brito; Tavares-Dias, Marcos.
Título: Communities of parasite metazoans in Piaractus brachypomus (Pisces, Serrasalmidae) in the lower Amazon River (Brazil) / Comunidades de parasitos metazoários em Piaractus brachypomus (Pisces, Serrasalmidae) no baixo Rio Amazonas, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;25(2):151-157tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The aim of this study was to investigate the component community of parasite metazoans of Piaractus brachypomus in the lower Amazon River, northern Brazil. From 34 necropsied fish, 27,384 metazoan parasites were collected, such as Anacanthorus spathulatus, Mymarothecium viatorum and Notozothecium janauachensis (Monogenoidea); Spectatus spectatus and Contracaecum sp (Nematoda); Clinostomum marginatum and Dadaytrema oxycephala (Digenea); and Argulus carteri and Ergasilus sp. (Crustacea). The dominant species was S. spectatus followed by monogenoidean species, and there was aggregated dispersion of parasites, except for D. oxycephala and Contracaecum sp., which presented random dispersion. Positive correlation among the abundance of the three monogenoideans species were found, thus indicating that there was no competition between the species of these parasites on the gills of hosts. The abundances of some parasite species showed positive correlations with the size of the hosts, but the condition factor of the fish was not affected by the parasitism levels. It showed that this host had a metazoan community characterized by high species richness of metazoans, low evenness and high diversity of parasites, with prevalence of endoparasites, including larval stages. This was the first record of C. marginatum, A. carteri, Ergasilus sp. and Contracaecum sp. for P. brachypomus.

Resumo O objetivo deste estudo foi investigar a comunidade componente de parasitos metazoários em Piaractus brachypomus no baixo Rio Amazonas, Norte do Brasil. Em 34 peixes necropsiados, 27.384 parasitos foram colhidos, tais como Anacanthorus spathulatus, Mymarothecium viatorum, Notozothecium janauachensis (Monogenoidea), Spectatus spectatus, larvas de Contracaecum sp. (Nematoda), Clinostomum marginatum, Dadaytrema oxycephala (Digenea), Argulus carteri e Ergasilus sp. (Crustacea). A dominância foi de S. spectatus, seguida por espécies de monogenoideas, e houve dispersão agregada dos parasitos, exceto D. oxycephala e Contracaecum sp., que apresentaram uma dispersão randômica. Foi encontrada correlação positiva entre a abundância das três espécies de monogenoideas, indicando que não houve uma competição entre as espécies desses parasitos nas brânquias. A abundância de algumas espécies de parasitos mostrou correlação positiva com o tamanho dos hospedeiros, e o fator de condição não foi afetado pelos níveis de parasitismo dos peixes. Mostrou-se que esse hospedeiro teve comunidade de metazoários, caracterizada por elevada riqueza de espécies, baixa uniformidade e elevada diversidade de parasitos com predominância de endoparasitos, inclusive em estágios larvais. Esse é o primeiro relato de C. marginatum, A. carteri, Ergasilus sp., e Contracaecum sp. para P. brachypomus.
Descritores: Rios
Characidae/parasitologia
Doenças dos Peixes/parasitologia
-Brasil
Larva/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886701
Autor: COSTA, OSCAR T F DA; RAMOS, CLEVERSON A; DUNCAN, WALLICE P; LAMEIRAS, JULIANA L V; FERNANDES, MARISA N.
Título: Mitochondria-rich cells changes induced by nitrite exposure in tambaqui (Colossoma macropomum Cuvier, 1818)
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(2):965-972, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas.
Resumo: ABSTRACT The gill mitochondria-rich cells of the juvenile Amazonian fish Colossoma macropomum were analyzed using light and scanning and transmission electron microscopy after 96 h exposure to 0.04 and 0.2 mM nitrite. Although the number of mitochondria-rich cells decreased significantly in the lamellar epithelium, no decrease was found in the interlamellar region of the gill filament. Nitrite exposure caused significant reduction on the apical surface area of individual mitochondria-rich cells (p < 0.05), with a resulting reduction of the fractional area of these cells in both the lamellar and filament epithelium. Swelling of endoplasmic reticulum cisternae, nuclear envelope and mitochondria were the main changes found in the mitochondria-rich cells. Cristae lysis and matrix vacuolization characterized the mitochondrial changes. The overall ultrastructural changes indicated cellular functional disruption caused by exposure to nitrite. The changes observed in the gill indicate that the cellular structures involved in the process of energy production become severely damaged by exposure to nitrite indicating irreversible damage conducting to cell death.
Descritores: Morte Celular
Exposição Ambiental
Characidae
Brânquias/citologia
Brânquias/efeitos dos fármacos
Mitocôndrias/efeitos dos fármacos
-Microscopia Eletrônica de Varredura
Análise de Variância
Microscopia Eletrônica de Transmissão
Nitritos/toxicidade
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886705
Autor: AGUILAR, FREDY A A; CRUZ, THALINE M P DA; MOURÃO, GERSON B; CYRINO, JOSÉ EURICO P.
Título: Water temperature, body mass and fasting heat production of pacu (Piaractus mesopotamicus)
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(2):1305-1312, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: ABSTRACT Knowledge on fasting heat production (HEf) of fish is key to develop bioenergetics models thus improving feeding management of farmed species. The core of knowledge on HEf of farmed, neotropical fish is scarce. This study assessed the effect of body mass and water temperature on standard metabolism and fasting heat production of pacu, Piaractus mesopotamicus, an omnivore, Neotropical fresh water characin important for farming and fisheries industries all through South American continent. An automated, intermittent flow respirometry system was used to measure standard metabolic rate (SMR) of pacu (17 - 1,050 g) at five water temperatures: 19, 23, 26, 29 and 33 °C. Mass specific SMR increased with increasing water temperature but decreased as function of body mass. The allometric exponent for scaling HEf was 0.788, and lied in the range recorded for all studied warm-water fish. The recorded van't Hoff factor (Q10) for pacu (2.06) shows the species low response to temperature increases. The model HEf = 0.04643×W0.7882×T1.837 allows to predict HEf (kJ d-1) from body mass (W, kg) and water temperature (T, °C), and can be used in bioenergetical models for the species.
Descritores: Temperatura
Jejum/metabolismo
Termogênese/fisiologia
Tamanho Corporal/fisiologia
Characidae/metabolismo
Água Doce
-Consumo de Oxigênio/fisiologia
Valores de Referência
Modelos Lineares
Metabolismo Energético/fisiologia
Characidae/anatomia & histologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-844130
Autor: Santos, Paulo Henrique Nascimento; Tavares-Dias, Marcos.
Título: First study on communities of parasites in Triportheus rotundatus, a Characidae fish from the Amazon River system (Brazil) / Primeiro estudo sobre as comunidades parasitárias de Triportheus rotundatus, um Characidae do sistema Rio Amazonas (Brasil)
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;26(1):28-33, Jan.-Mar. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: Abstract This study was the first investigation on the parasites of Triportheus rotundatus, a Characiformes fish from the Amazon, in Brazil. All the fish collected (100%) in a tributary from the Amazon River system were infected by one or more parasite species. The mean species richness of parasites was 4.9 ± 0.9, the Brillouin index was 0.39 ± 0.16, the evenness was 0.24 ± 0.09 and the Berger-Parker dominance was 0.81 ± 0.13. A total of 1316 metazoan parasites were collected, including Anacanthorus pithophallus, Anacanthorus furculus, Ancistrohaptor sp. (Dactylogyridae), Genarchella genarchella (Derogenidae), Posthodiplostomum sp. (Diplostomidae), Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus (Camallanidae), Echinorhynchus paranensis (Echinorhynchidae) and Ergasilus sp. (Ergasilidae), but monogenoideans were the dominant parasites. These parasites presented an aggregate dispersion pattern, except for P. (S.) inopinatus, which showed a random dispersion pattern. The body conditions of the hosts were not affected by the parasitism levels. This first report of these parasites for T. rotundatus indicates that the presence of ectoparasites and endoparasites was due to hosts behavior and availability of infective stages in the environment, and this was discussed.

Resumo Este estudo foi a primeira investigação sobre os parasitos de Triportheus rotundatus, um Characiformes da Amazônia, no Brasil. Todos os peixes coletados (100%) em um afluente do sistema Rio Amazonas estavam infectados por uma ou mais espécies de parasitos. A riqueza média de espécies de parasitos foi 4,9 ± 0,9, índice de Brillouin 0.39 ± 0,16, equitabilidade 0,24 ± 0,09 e a dominância de Berger-Parker foi 0,81 ± 0,13. Um total de 1.316 parasitos metazoários foram coletados, incluindo Anacanthorus pithophallus, Anacanthorus furculus, Ancistrohaptor sp. (Dactylogyridae), Genarchella genarchella (Derogenidae), Posthodiplostomum sp. (Diplostomidae), Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus (Camallanidae), Echinorhynchus paranensis (Echinorhynchidae) e Ergasilus sp. (Ergasilidae), mas monogenoideas foram os parasitos dominantes. Estes parasitos apresentaram padrão de dispersão agregado, com exceção de P. (S.) inopinatus, que mostrou padrão de dispersão randômico. As condições corporais dos hospedeiros não foram afetadas pelos níveis de parasitismo. Este primeiro relato desses parasitos em T. rotundatus indica que a presença de ectoparasitos e endoparasitos foi devido ao comportamento dos hospedeiros e disponibilidade de estágios infectantes no ambiente, e isso foi discutido.
Descritores: Rios
Characidae/parasitologia
Doenças dos Peixes/parasitologia
-Brasil
Caraciformes/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-844131
Autor: Vieira-Menezes, Flavia Guerra; Costa, Danielle Priscilla Correia; Brasil-Sato, Marilia Carvalho.
Título: Nematodes of Astyanax fasciatus (Actinopterygii: Characidae) and their parasitic indices in the São Francisco river, Brazil / Nematoides de Astyanax fasciatus (Actinopterygii: Characidae) e seus índices parasitários do rio São Francisco, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;26(1):10-16, Jan.-Mar. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The endoparasite fauna of Astyanax fasciatus from the upper São Francisco river was investigated and ecological parameters and morphological and morphometric data on the parasites are presented. A total of 74 specimens of banded astyanax were collected downstream from the Três Marias dam, municipality of Três Marias, Minas Gerais (18°12’32”S, 45°15’41”W) in January 2011 and January 2012. Eleven taxa of Nematoda were found: Contracaecum sp.; Hysterothylacium sp.; Goezia sp.; Brevimulticaecum sp.; Procamallanus sp.; Procamallanus (Spirocamallanus) saofranciscencis; Cystidicoloides sp.; Spinitectus rodolphiheringi; Rhabdochona sp.; Spiroxys sp.; and Eustrongylides sp.. The fauna of A. fasciatus consisted of by larval specimens of Contracaecum sp., Hysterothylacium sp., Brevimulticaecum sp., Cystidicoloides sp., and Spiroxys sp., and by adult specimens of P. saofranciscencis, whose prevalence was greater than 10%. Thus, this fish acts as an intermediate host of some species of larval nematodes especially, Anisakidae and Acanthocheilidae (Brevimulticaecum sp., new host record and new locality). It participates in transmitting species such Rhabdochona sp. to carnivorous fish and also acts as a definitive host for P. saofranciscencis and S. rodolphiheringi in the upper São Francisco river.

Resumo A fauna endoparasitária de Astyanax fasciatus do alto rio São Francisco foi investigada e os parâmetros ecológicos e os dados morfométricos e morfológicos dos parasitos apresentados. Um total de 74 espécimes de lambaris foi coletado à jusante da barragem de Três Marias, município de Três Marias, Minas Gerais (18°12’32”S, 45°15’41”W), em janeiro de 2011 e de 2012. Onze táxons de Nematoda foram encontrados: Contracaecum sp., Hysterothylacium sp., Goezia sp., Brevimulticaecum sp., Procamallanus sp., Procamallanus (Spirocamallanus) saofranciscencis, Cystidicoloides sp., Spinitectus rodolphiheringi, Rhabdochona sp., Spiroxys sp. e Eustrongylides sp.. A fauna de A. fasciatus foi caracterizada por espécimes larvais de Contracaecum sp., Hysterothylacium sp., Brevimulticaecum sp., Cystidicoloides sp., Spiroxys sp. e por espécimes adultos de P. saofranciscencis, cuja prevalência foi maior que 10%. Assim, o lambari atua como hospedeiro intermediário de algumas espécies de nematoides larvais, especialmente, Anisakidae e Acanthocheilidae (Brevimulticaecum sp., novos hospedeiro e localidade); participa na transmissão de espécies como Rhabdochona sp., para peixes carnívoros, e atua também como hospedeiro definitivo para P. saofranciscencis e S. rodolphiheringi no alto Rio São Francisco.
Descritores: Ascaridoidea/isolamento & purificação
Rios
Characidae/parasitologia
-Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-781384
Autor: Nishiyama, P B; Vieira, M M R; Porto, F E; Borin, L A; Portela-Castro, A L B; Santos, I C M.
Título: Karyotypic diversity among three species of the genus Astyanax (Characiformes: Characidae) / Diversidade Cariotípica entre três espécies do gênero Astyanax (Characiformes, Characidae)
Fonte: Braz. j. biol;76(2):360-366, Apr.-June 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The group Incertae sedis within the Characidae family currently includes 88 genera, previously included in the subfamily Tetragonopterinae. Among them is the genus Astyanax comprising a group of species with similar morphology and widely distributed in the Neotropics. Thus, the present study aimed to analyze the karyotype diversity in Astyanax species from different watersheds by conventional Giemsa staining, C-banding and fluorescence in situ hybridization (FISH rDNA 18S) probe.specimens of Astyanax aff. paranae belonging to the “scabripinnis complex”, Astyanax asunsionensis and Astyanax aff. bimaculatus were analyzed”. Two sympatric karyomorphs were observed in Astyanax.aff paranae, one of them having2n=48andthe other one with 2n=50 chromosomes. Other population of this same species also presented 2n=50 chromosomes, but differing in the karyotype formula and with macro supernumerary chromosome found in 100% of the cells in about 80%of females analyzed. Two population of A. asuncionensis and one population of Astyanax. aff. bimaculatus, also showed a diploid number of 50 chromosomes, but also differing in their karyotype formulas. Therefore, A. asuncionensis was also characterized by intraspecific chromosome diversity. The C-banding analysis was able to demonstrate a distinctable to demonstrate a distinct pattern of heterochromatin differing A. asuncionensis from Astyanax aff. paranae and Astyanax aff. bimaculatus. The supernumerary chromosome of Astyanax aff. paranae proved completely heterochromatic. Only Astyanax.aff. bimaculatus multiple showed multiple sites of nucleolar organizing regions. The other species were characterized by having a simple system of NOR. These data contributes to the know ledge of the existing biodiversity in our fish fauna, here highlighted by the inter- and intraspecific chromosomal diversity in the genus Astyanax.

Resumo O grupo Incertae sedis, dentro da família Characidae inclui atualmente 88 gêneros, anteriormente incluídos na subfamília Tetragonopterinae. Dentre eles encontra-se o gênero Astyanax que compreende um grupo de espécies com morfologia similar e com ampla distribuição na região Neotropical. Assim, o presente estudo teve como objetivo analisar a diversidade cariotípica em espécies de Astyanax de diferentes bacias hidrográficas, através da coloração convencional com Giemsa, bandeamento C e hibridização fluorescente in situ (FISH com rDNA 18S). Exemplares de Astyanax aff. paranae, pertencentes ao “complexo scabripinnis”; Astyanax asunsionensise Astyanax aff. bimaculatus foram analisados. Dois cariomorfos foram observados em A. aff. paranae, um deles com 2n=48 cromossomos e outro com 2n=50 cromossomos. Outra população apresentou 2n=50 cromossomos, ambas diferindo na fórmula cariotípica e um cromossomo supranumerário encontrado em 100% das células, em aproximadamente 80% das fêmeas analisadas. Populações de A.asunsionensis e uma população de Astyanax aff. Bimaculatus também mostraram número diplóide de 50 cromossomos, mas diferindo em suas fórmulas cariotípicas. Portanto, A. asuncionensis foi também caracterizado por uma diversidade cariotípica intraespecífica. As análises de bandeamento C foi capaz de demonstrar um padrão distinto de heterocromatina, diferindo A. asuncionensis de A.aff. paranae e A. aff. bimaculatus. O cromossomo supranumerário de Astyanax aff. paranae mostrou-se completamente heterocromático. Apenas Astyanax aff. bimaculatus mostrou múltiplos sítios de regiões organizadoras de nucléolo(NORs). As outras espécies foram caraterizadas por apresentar um sistema simples de NOR. Estes dados contribuem para o conhecimento da existência de biodiversidade em nossa fauna de peixes, aqui em destaque pela diversidade cromossômica inter e intraespecífica no gênero Astyanax.
Descritores: Characidae/classificação
Characidae/genética
-Variação Genética
Brasil
Hibridização in Situ Fluorescente
Biodiversidade
Cariótipo
Cariotipagem/métodos
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1057967
Autor: Silva, Marcelo Francisco da; Sousa-Henrique, Dalila de Deus; Messias-Luz, Nirvana; Borralho, Larissa dos Santos; Oliveira, Jorge Diniz de; Sindeaux-Neto, José Ledamir; Matos, Edilson Rodrigues.
Título: Myxobolus sp. (Myxozoa; Myxosporea) causing asymptomatic parasitic gill disease in Astyanax aff. bimaculatus (Characiformes; Characidae) in the Tocantins river basin, amazon region, Brazil / Myxobolus sp. (Myxozoa; Myxosporea) causando doença parasitária assintomática nas brânquias em Astyanax aff. bimaculatus (Characiformes; Characidae) na bacia do rio Tocantins, região amazônica, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;28(4):739-743, Oct.-Dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CAPES; . CNPQ; . The Amazonia Foundation for Studies and Research.
Resumo: Abstract The middle course of the Tocantins river is located in the eastern portion of the "Legal Amazon" region of Brazil and the Dantas river is one of its tributaries. Among the components of the aquatic biota, eukaryote microparasites establish direct relationships with several species of fish and have zoonotic potential that is still little known. Myxozoans stand out among these parasites: they cause myxosporidiosis, a disease that gives rise to high mortality rates worldwide. The genus Myxobolus accounts for the largest number of species that have been described. Thirty specimens of Astyanax aff. bimaculatus that had been caught in the Dantas river were examined. The prevalence of cysts with spores morphologically compatible with myxozoans of the genus Myxobolus in the arcuate and gill filaments of these specimens was 20%.

Resumo O curso médio do rio Tocantins está localizado na porção leste da região da "Amazônia Legal" do Brasil, e o rio Dantas é um dos seus afluentes. Dentre os componentes da biota aquática, os microparasitos eucarióticos estabelecem relações diretas com várias espécies de peixes e possuem potencial zoonótico ainda pouco conhecido. Os mixozoários destacam-se entre esses parasitos causando mixosporidiose, doença que dá origem a altas taxas de mortalidade em todo o mundo. O gênero Myxobolus é responsável pelo maior número de espécies descritas de mixozoários. Trinta espécimes de Astyanax aff. bimaculatus capturados no rio Dantas foram examinados. A prevalência de cistos com esporos morfologicamente compatíveis com mixozoários do gênero Myxobolus nos filamentos arqueados e branquiais desses espécimes foi de 20%.
Descritores: Myxobolus/isolamento & purificação
Characidae/parasitologia
Doenças dos Peixes/parasitologia
Brânquias/parasitologia
-Brasil
Rios
Myxobolus/classificação
Characidae/classificação
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 106 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-828104
Autor: Villares Junior, G A; Goitein, R.
Título: Morphological aspects in the ontogeny of Salminus hilarii Valenciennes, 1850 (Ostaryophysi: Characidae) / Aspectos Morfológicos na ontogenia de Salminus hilarii Valenciennes, 1850 (Ostaryophysi: Characidae)
Fonte: Braz. j. biol;76(4):905-911, Oct.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract This study compared various morphological characteristics of S. hilarii, in order to verify possible variations over the life of the fish. It was used individuals collected from the Tietê river basin (sub-basins of Sorocaba, Jacaré Pepira and Corumbataí rivers) and from the Rio Grande basin (sub-basins of Pardo and Mogi Guaçu rivers). For the analysis we used 15 relative values of morphological attributes. Measures of S. hilarii were taken from samples with a range of size ranging between 49-430 mm standard length. The relative values were first analyzed by an array of Principal Component Analysis of correlation (PCA). Subsequently the most important attributes of PCA were correlated with standard length, using the Pearson correlation coefficient. The PCA revealed eight most important characteristics, and six showed a significant correlation with standard lengths (relative height, depth ratio, relative area of caudal fin, relative head length, eye diameter relative height and relative mouth height), indicating common variations along the fish’s growth besides indicating an adaptation to the conditions of the environment it occupies. On the other hand some characteristics have not changed, maintaining typical morphological patterns of fish that occupy the middle water and piscivorous predators.

Resumo Este trabalho comparou várias características morfológicas de S. hilarii, com a finalidade de verificar possíveis variações ao longo da vida do peixe. Foram utilizados indivíduos coletados nas bacias dos rios Tietê (sub-bacias dos rios Sorocaba, Jacaré Pepira e Corumbataí) e da bacia do rio Grande (sub-bacias dos rios Mogi Guaçu e Pardo). Para as análises foram utilizados 15 valores relativos de atributos morfológicos. As medidas de S. hilarii foram tomadas a partir de exemplares com uma amplitude de tamanho variando entre 49 a 430 mm de comprimento padrão. Os valores relativos foram analisados primeiramente por uma Análise de Componentes Principais (PCA). Posteriormente os atributos mais importantes da PCA foram correlacionados com o comprimento padrão, utilizando o coeficiente de correlação de Pearson. A análise de componentes principais revelou oito características mais importantes sendo que seis mostraram correlação significativa com os comprimentos padrão (altura relativa, razão de profundidade, área relativa da nadadeira caudal, comprimento relativo da cabeça, diâmetro relativo do olho, altura relativa da boca, indicando variações comuns ao longo do crescimento do peixe, além de, indicar uma adequação para as condições dos ambientes que ocupa. Por outro lado, outras características não mudaram, mantendo padrões morfológicos típicos de peixes que ocupam a meia água e de predadores piscívoros.
Descritores: Characidae/crescimento & desenvolvimento
-Brasil
Rios
Characidae/anatomia & histologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde