Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.150.900.493.602.200 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 248 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 25 ir para página                         

  1 / 248 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131577
Autor: Justo, M. C. N; Nascimento, L. G. A; Meneses, Y. C; Trombeta, T; Cohen, S. C.
Título: Monogenoidea parasites of Oreochromis niloticus submitted to ractopamine supplemented diet from cultivated system / [Monogenoidea parasitos de Oreochromis niloticus provenientes de sistema de cultivo submetidos a uma dieta suplementada com ractopamina]
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(5):1980-1988, Sept.-Oct. 2020. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Oreochromis niloticus (Linnaeus) (Perciformes: Cichlidae), commonly named "tilapia", is the second most cultivated species in the world. Among the diseases that affect tilapia are parasitic diseases caused by parasites of the class Monogenoidea. The aim of the present study was to analyze parasitism rates among specimens of O. niloticus in farming systems, after dietary supplementation with ractopamine, a growth promoter that is used for fattening fish. The action of this substance on the quantitative parameters of infestation by Monogenoidea was evaluated. Samples of O. niloticus were obtained from a fish farm in Brasília, Federal District, Brazil. Their gills were removed and fixed. Four species of monogenoideans were collected: Cichlidogyrus halli, C. sclerosus, C. thurstonae and Scutogyrus longicornis. The results from this study indicate that the monogenoidean parasites of tilapias examined here presented different behaviors in relation to the ractopamine concentrations that were added to the food. The parasitological indexes did not present significant reductions through using ractopamine, thus leading to the conclusion that administration of ractopamine is not efficient as a method for controlling infestations of monogenoidean parasites.(AU)

Oreochromis niloticus (Linnaeus) (Perciformes: Cichlidae), tilápia, é a segunda espécie mais cultivada no mundo. Entre outras doenças que afetam a tilápia, estão as doenças provocadas por parasitos da classe Monogenoidea. O presente estudo teve como objetivo analisar os índices de parasitismo em espécies de O. niloticus provenientes de sistemas de cultivo, submetidos a uma dieta com suplementação de ractopamina, usada como promotor de crescimento no estágio de engorda dos peixes, para avaliar as ações dessa substância nos parâmetros quantitativos da infestação por Monogenoidea. Exemplares de O. niloticus obtidos na piscicultura "Agropecuária do Buriti Perdido", em Brasília, Distrito Federal, Brasil, foram examinados; as brânquias foram removidas e fixadas. Quatro espécies foram coletadas: Cichlidogyrus halli, C. sclerosus, C. thurstonae e Scutogyrus longicornis. Os resultados obtidos no presente estudo indicaram que as espécies de Monogenoidea parasitos de tilápia examinadas apresentam diferentes comportamentos relacionados à concentração de ractopamina adicionada ao alimento. Os índices parasitológicos não apresentaram redução significativa pelo uso da ractopamina, levando à conclusão de que a ractopamina não é eficiente como método de controle parasitário em infestações por Monogenoidea.(AU)
Descritores: Parasitos
Ciclídeos/fisiologia
Aditivos Alimentares/administração & dosagem
-Perciformes
Ganho de Peso
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1146414
Autor: Araujo, Glacio Souza; Maciel, Rafael Lustosa; Moreira, Thales da Silva; Saboya, Jefferson Pablo de Sousa; Moreira, Renato Teixeira; Silva, José William Alves da.
Título: Performance of the nile tilapia with varying daily feeding amounts, using a commercial diet / Desempenho da Tilápia do Nilo com variação diária de alimentação, usando dietas comerciais
Fonte: Biosci. j. (Online);36(2):527-538, 01-03-2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: In order to evaluate the performance of Nile tilapia (Oreochromis niloticus), daily feeding amounts were varied in an experiment following a completely randomized design for 154 days and consisting of four treatments with three replications each, totaling 12 tanks with 3 m3 (3 x 1 x 1 m) of area each at densities of 5 fish m-3 (initial) and 3 fish m-3 until the end of the experiment. Throughout the experimental period, the daily amount of feed was varied and delimited for each feeding time (8h00, 11h00, 14h00 and 17h00) as: 25; 25; 25 and 25% in daily treatment 1 - T1; 20; 30; 30 and 20% in treatment 2 - T2; 30; 20; 20 and 30% in daily treatment 3 - T3; and 20; 30; 20 and 30% in treatment 4 - T4. Feed was offered six days a week, with extruded isocaloric (1,412 KJ) and isoproteic (32% crude protein) diets from 2 to 4 mm. Every two weeks, a sample containing 30% of stocked individuals was collected in each replication to monitor fish growth. Nile tilapia (O. niloticus) fed in daily amounts of 20; 30; 20 and 30% showed a better growth performance in the final of experiment, mainly on biomass, final average weight and feed conversion.

Para avaliar o desempenho da tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus), as quantidades diárias de alimentação foram variadas em um experimento após um delineamento inteiramente casualizado de 154 dias e consistindo em quatro tratamentos com três repetições cada, totalizando 12 tanques com 3 m3 (3 x 1 x 1 m) de área cada uma em densidades de 5 peixes m-3 (inicial) e 3 peixes m-3 até o final do experimento. Ao longo do período experimental, a quantidade diária de alimentos foi variada e delimitada para cada tempo de alimentação (8h00, 11h00, 14h00 e 17h00) como: 25; 25; 25 e 25% no tratamento diário 1 - T1; 20; 30; 30 e 20% no tratamento 2 - T2; 30; 20; 20 e 30% no tratamento diário 3 - T3; e 20; 30; 20 e 30% no tratamento 4 - T4. O alimento foi oferecido seis dias por semana, com dietas isocalóricas extrudadas (1.412 KJ) e isoprotéicas (32% de proteínas brutas) de 2 a 4 mm. A cada duas semanas, uma amostra contendo 30% de indivíduos estocados foi coletada em cada replicação para monitorar o crescimento do peixe. Tilápias do Nilo (O. niloticus) alimentadas em quantidades diárias de 20; 30; 20 e 30% mostraram um melhor desempenho de crescimento no final do experimento, principalmente na biomassa, peso médio final e conversão alimentar.
Descritores: Aquicultura
Ciclídeos
Dieta
-Tanques
Pesqueiros
Peixes
Crescimento
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  3 / 248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-680452
Autor: Druzian, Janice Izabel; Machado, Bruna Aparecida Souza; Souza, Carolina Oliveira de; Fraga, Lorena Magalhães; Duran, Viviane de Alencar Araes; Burghgrave, Uiara Souza de; Bastos, Bruno Lopes; Albinati, Ricardo Castelo Branco; Guimarães, José Eugênio.
Título: Influência da dieta suplementada com óleo de soja na composição centesimal e perfil lipídico de tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) / Effect of dietary regime supplemented with soybean oil on the lipid profile and chemical composition of Nile tilapia (Oreochromis niloticus)
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;71(1):85-92, jan.-mar. 2012. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A dieta exerce efeito pronunciado na composição das carcaças de peixes. Neste trabalho, foi avaliada a qualidade nutricional da fração lipídica do tecido muscular de tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) submetidas a dietas com diferentes teores de óleo de soja (OS). Os peixes foram alimentados por 21 dias com ração contendo 5,98% de lipídios totais (LT) oriundos de ração comercial, sem adição de óleo de soja(A), dieta com adição de 2% (B) e 4% de óleo de soja (C). Não houve diferenças significativas (p > 0,05)entre os teores de umidade, cinzas, proteína bruta e LT (0,98% a 1,08%) dos tecidos musculares resultantes dos tratamentos. Foram separados e identificados até 25 ácidos graxos, com diferença significativa (p <0,05) na maioria deles, dependendo da dieta. Os majoritários em ordem decrescente foram: 16:0, 18:1n9,18:2n6, 18:0, 20:4n6 e 22:5n6, independentemente do tratamento. A adição de OS na ração comercial mostrou perspectivas de promover o crescimento dos animais, sem afetar a composição centesimal e a qualidade nutricional da fração lipídica do tecido, em função dos altos teores de poli-insaturados, indicando ser uma matéria-prima satisfatória para incorporação parcial na ração.
Descritores: Ciclídeos
Gorduras
Músculos
Suplementos Nutricionais
Ácidos Graxos
Óleo de Soja
Responsável: BR76.1 - Biblioteca


  4 / 248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-595171
Autor: Alfaro, Alexandre da Trindade; Silva, Edilson Ferreira da.
Título: Propriedades reológicas da gelatina obtida a partir de pele de tilápia (Oreochromis niloticus) / Rheological properties of gelatin from skin of tilapia (Oreochromis niloticus)
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;69(4):555-561, out.-dez. 2010. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A gelatina foi preparada da pele de tilápia (Oreochromis niloticus) e suas propriedades reológicas foram determinadas. A avaliação da força de gel da gelatina foi realizada por meio de analisador de textura, modelo TA-XTplus e a viscosidade foi determinada por meio de viscosímetro Ostwald-Fensk. As propriedades viscoelásticas foram estimadas em reômetro Rheostress Haake RS-150. Com o tempo de maturação de 18±1h, a força de gel e a viscosidade apresentaram valores, respectivamente, de 243±7,55g e 5,24±0,29cP.O prolongamento do tempo de maturação ocasionou aumento de força de gel e viscosidade. Os pontos de fusão e de formação de gel foram, respectivamente, de 27º e 22,5ºC, e o processo resultou em rendimento de 8,85±1,80%. A gelatina de pele de tilápia possui propriedades reológicas intermediárias àquelas descritas na literatura para gelatinas originárias de outros pescados.

Gelatin from the skin of tilapia (Oreochromis niloticus) was prepared, and the rheological properties of thisproduct were determined. The gel strength of gelatin was assessed by texture analyzer, model TA-XTplus,and its viscosity was determined by Ostwald-Fenske viscometer. The viscoelastic properties were estimatedon a RheoStress Haake RS-150 rheometer. At maturation period of 18±1h, the gel strength and viscosityshowed values of 243±7,55g and 5,24±0,29cP, respectively. The prolongation of maturation period increasedthe gel strength and viscosity. The gelling and melting points were at 27º and 22.5ºC, respectively, and theprocess yield was 8.85±1.80%. The gelatin from tilapia skin shows intermediate rheological properties whencompared with those reported for other fish gelatins.Key words. Oreochromis niloticus, viscoelastic properties, gel strength, viscosity.
Descritores: Ciclídeos
Gelatina
Tilápia
Viscosidade
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  5 / 248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-555560
Autor: Favero, Jana Menegassi del; Pompeu, Paulo dos Santos; Prado-Valladares, Ana Carolina.
Título: Biologia reprodutiva de Heros efasciatus Heckel, 1840 (Pisces, Cichlidae) na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã-AM, visando seu manejo sustentável / Reproductive biology of Heros efasciatus Heckel,1840 (Pisces, Cichlidae) in the Amanã Sustainable Reserve (Amazonas, Brazil), aiming at sustainable management of the species
Fonte: Acta amaz;40(2):373-380, 2010. graf, mapas, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Com o principal objetivo de fornecer ferramentas para auxiliar na implementação do manejo sustentável de peixes ornamentais na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, Amazonas, foi realizado o estudo da biologia reprodutiva de Heros efasciatus Heckel, 1840, um ciclídeo com potencial ornamental e com poucos trabalhos sobre a sua biologia e ecologia, apesar de já ser comercializado em algumas regiões amazônicas. Coletas bimestrais foram realizadas de fevereiro de 2006 a janeiro de 2007 em dez igarapés contribuintes do Lago Amanã e Urini, sendo utilizados três aparelhos de pesca (rede de arrasto, rapiché e armadilha tipo matapi) e ainda galhadas artificiais nas amostragens realizadas próximas aos lagos. Foram capturados 140 exemplares de H. efasciatus, sendo 50 fêmeas, 42 machos, e 46 indivíduos cujo sexo não foi identificado devido ao pequeno tamanho. O tipo de crescimento encontrado foi isométrico, sendo que o maior indivíduo observado apresentava 174 mm e o menor 14 mm. Os resultados encontrados auxiliarão na adoção de medidas de manejo, como a determinação de tamanhos mínimos de captura, superiores aos tamanhos médios de maturação (97 mm para as fêmeas) e o estabelecimento de períodos de defeso durante a época de sua reprodução (outubro a janeiro). A pequena abundância de indivíduos da espécie, quando comparada com o total de exemplares capturados (apenas 0,07 por cento) e a baixa fecundidade média, de 2502 ovócitos, indica que se deve trabalhar anualmente apenas com um pequeno número de indivíduos, a fim de garantir a continuidade do estoque.

The aim if the present work is to supply basic information that may help the management of ornamental fishes in the Amanã Sustainable Reserve, State of Amazonas, Brazi. A study of the reproductive biology of Heros efasciatus, a cichlid fish with ornamental potential, was performed using specimens collected bi-monthly between February 2006 and January 2007 in ten creeks contributing to Lakes Amanã and Urini. The sample collection gear included hand net, seine and traps. In addition, artificial tree branches were used for sampling near the lakes. A total of 140 specimens of H. efasciatus were captured, which corresponded to only 0.07 percent of all specimens collected. Of this total, 50 were male, 42 were female, and 46 individuals could not be sexed due to their small size. The type of growth founded was isometric; with individuals' sizes varying from 14 mm to 174 mm. Average fecundity was estimated at 2,502 oocytes. The results of this study will help in implementing several sustainable management measures, such as establishing a minimum size for capture (higher than 97 mm) and imposing a no-fishing restriction during the spawning season of this species (from October till January). To ensure stock continuity due to the low density and low fecundity of H. efasciatus, we suggest that exploitation of this species for ornamental trade be kept to a small number of individuals per year.
Descritores: Ecossistema Amazônico
Ciclídeos
Pesqueiros
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  6 / 248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1117757
Autor: Ferreira, Andreza Carvalho; Silva, Diana Batista da; Rossato, Danielle Pedrociane Cavalcante; Silva Neto, João Cândido André da; Cella, Wilsandrei.
Título: Biologia alimentar de Aequidens tetramerus em macrófitas aquáticas de lagos de várzea da reserva de desenvolvimento sustentável Mamirauá, Região do Médio Solimões, Estado do Amazonas, Brasil / Food biology of Aequidens tetramerus in floodplain lake macrophytes in the Mamirauá sustainable development reserve, Mid-Solimões Region, State of Amazonas, Brazil / Biología alimentaria del Aequidens tetramerus en macrófitas acuáticas de lagos de várzea de la reserva de desarrollo sostenible Mamirauá, Región del Medio Solimões, Estado de Amazonas, Brasil
Fonte: Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online);23(1, cont.):1-7, 20200000.
Idioma: pt.
Resumo: Estudos sobre a alimentação de peixes são fundamentais para compreender as relações tróficas e estrutura de comunidades ícticas. A espécie em estudo Aequidens tetramerus pertence à família Cichlidae que detém mais de 450 espécies para os neotrópicos, sendo que destes, 287 habitam a América do Sul. Objetivou-se com este estudo compreender a dieta e padrão alimentar de A. tetramerus em lagos de várzea nos ambientes de macrófitas aquáticas da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (RDSM), Estado do Amazonas. A análise da dieta foi feita a partir da averiguação do conteúdo estomacal de 59 indivíduos. Determinou-se o Grau de Repleção Estomacal (GRE), Frequência de Ocorrência (FO%), Frequência de Biomassa (FB%) e o Índice de Importância Alimentar (IAi %). Segundo o (GRE), 28 espécimes (39,4%) apresentaram estômagos vazios. A dieta de A. tetramerus foi composta por 12 itens alimentares diferentes. Entretanto, poucos foram predominantes com destaque para insetos (12,6% e 42,7%), em FO% e FB%, respectivamente. Pode-se inferir que A. tetramerus possui hábito carnívoro com tendência a insetivoria, pois quando realizado a combinação dos métodos, por meio da determinação do (IAi %) para verificar a importância das 12 categorias que compuseram a dieta, o item inseto também obteve o maior valor (IAi = 0,71%). Este fato pode estar relacionado ao próprio ambiente de macrófitas aquáticas, pois este é um habitat ideal para a reprodução e desenvolvimento de insetos.(AU)

Studies on the feeding habits of fish are key to understanding the trophic relationships and the structure of ictic communities. The species under study, Aequidens tetramerus, belongs to the Cichlidae family which has over 450 species for the neotropics, of which 287 inhabit South America. The aim of this study was to understand the diet and dietary patterns of A. tetramerus in floodplain lakes in the aquatic macrophyte environments of the Mamirauá Sustainable Development Reserve (RDSM) in the state of Amazonas. The diet was analyzed by investigating the stomach contents of 59 individuals. The degree of stomach repletion (DRS), frequency of occurrence (FO%), frequency of biomass (FB%), and dietary importance index (IAi%) were determined. According to DSR, 28 specimens (39.4%) had empty stomachs. The diet of A. tetramerus was composed of 12 different food items. However, only a few were predominant, with emphasis to insects (12.6% and 42.7% in FO% and FB%, respectively). It can be inferred that A. tetramerus has carnivorous habits with a tendency to be an insectivore, since when the combination of methods was performed, by determining the IAi% to verify the importance of the 12 categories that composed the diet, the insect category also presented the highest value (IAi = 0.71%). This fact may be related to the aquatic macrophyte environment itself, as this is an ideal habitat for the reproduction and development of insects.(AU)

Estudios sobre la alimentación de peces son fundamentales para comprender las relaciones tróficas y estructura de comunidades ícticas. La especie en estudio, Aequidens tetramerus, pertenece a la familia Cichlidae que posee más de 450 especies en neo trópicos, 287 de los cuales habitan en América del Sur. El objetivo de este estudio yace en la compresión de la dieta y el patrón alimentar del A. tetramerus en lagos de vega en los ambientes de macrófitas acuáticas de la Reserva de Desarrollo Sostenible de Mamirauá (RDSM), en el Estado de Amazonas. El análisis de la dieta se realizó investigando el contenido estomacal de 59 individuos. Se determinaron el Grado de Repleción Estomacal (GRE), Frecuencia de Ocurrencia (FO%), Frecuencia de Biomasa (FB%) y el Índice de Importancia Alimentar (IAi%). Según GRE, 28 muestras (39,4%) tenían estómagos vacíos. La dieta de A. tetramerus consistió en 12 alimentos diferentes. Sin embargo, pocos fueron predominantes, con énfasis en insectos (12.6% y 42.7%), en FO% y FB%, respectivamente. Se puede inferir que el A. tetramerus tiene un hábito carnívoro con tendencia insectívora, porque cuando se realiza la combinación de los métodos, determinando el (IAi%) para verificar la importancia de las 12 categorías que componían la dieta, el ítem insecto también obtuvo el valor más alto (IAi = 0.71%). Este hecho puede estar relacionado con el propio ambiente de macrófitas acuáticas, ya que este es un hábitat ideal para la reproducción y el desarrollo de insectos.(AU)
Descritores: Biologia
Ciclídeos
Meio Ambiente
Alimentos
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Moraes, Flávio Ruas de
Texto completo
Id: lil-744653
Autor: Aguinaga, Jefferson Yunis; Marcusso, Paulo Fernandes; Claudiano, Gustavo da Silva; Marotta, Bruno L; Sebastião, Fernanda de Alexandre; Fernandes, João Batista Kochenborger; Moraes, Flávio Ruas de; Moraes, Julieta Rodini Engracia de.
Título: Parasitic infections in ornamental cichlid fish in the Peruvian Amazon / Infestação parasitária em ciclídeos ornamentais da Amazônia de Peru
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;24(1):82-86, Jan-Mar/2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to evaluate the prevalence and seasonal distribution of the main parasite species in Amazonian ornamental cichlids that affect their trade. The study was conducted from August 2007 to September 2009. We sampled 3042 specimens from 9 different species, of which 9.47% had at least one type of external parasite. 81.25% of the cases occurred in the dry season. Crenicichla anthurus (28.57%) was the most parasitized, followed by Aequidens diadema (26.32%), Pterophyllum scalare (22.69%), Cichlasoma sp. (9.52%), Apistogramma sp. (3.88%) and Symphysodon aequifasciatus (3.66%). Monogenea was the most abundant group of parasites, occurring in 66.67% of the cases, of which 96.88% occurred in the dry season. This parasite infested 95.68% of Pterophyllum scalare, 76.67% of Apistogramma sp, 33.33% of Cichlasoma sp. and 23.81% of Symphysodon aequifasciatus cases. Ichthyophthirius multifiliis infested 100% of Aequidens diadema, 76.19% of Symphysodon aequifasciatus, 66.67% of Cichlasoma sp, 41.67% of Crenicichla anthurus and 23.33% of Apistogramma sp cases. Myxosporidia infested 58.33% of Crenicichla anthurus. Trichodina infested 4.32% of Pterophyllum scalare. The prevalence of these parasites is related to the season, preferred habitat, fish behavior, individual susceptibility and handling of animals during transportation by fishermen.

O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência e distribuição sazonal das principais espécies de parasitas em ciclídeos ornamentais amazônicos que afetam seu comércio. O estudo foi realizado entre agosto de 2007 e setembro de 2009. Foram amostrados 3042 espécimes de 9 espécies diferentes, das quais 9,47% tinham pelo menos um tipo de parasita externo. Na estação seca, ocorreram 81,25% dos casos. Crenicichla anthurus (28,57%) foi o mais parasitado, seguido por Aequidens diadema (26,32%), Pterophyllum scalare (22,69%), Cichlasoma sp. (9,52%), Apistogramma sp. (3,88%), e Symphysodon aequifasciatus (3,66%). Monogenea foi o grupo mais abundante de parasitas, ocorrendo em 66,67% dos casos. Na estação seca, ocorreram 96,88% deles. Este parasita infestou 95,68% dos casos em Pterophyllum scalare, 76,67% em Apistogramma sp., 33,33% em Cichlasoma sp. e 23,81% em Symphysodon aequifasciatus. Ichthyophthirius multifiliis infestou 100% dos casos em Aequidens diadema, 76,19% em Symphysodon aequifasciatus, 66,67% em Cichlasoma sp., 41,67% em Crenicichla anthurus e 23,33% em Apistogramma sp.; Myxosporidia infestou 58,33% dos casos em Crenicichla anthurus; Trichodina infestou 4,32% dos casos em Pterophyllum scalare. A prevalência desses parasitas está relacionada com a época do ano, hábitat preferido, comportamento dos peixes, suscetibilidade individual e manejo dos animais durante o transporte pelos pescadores.
Descritores: Doenças Parasitárias em Animais/epidemiologia
Ciclídeos/parasitologia
Doenças dos Peixes/parasitologia
Doenças dos Peixes/epidemiologia
-Peru/epidemiologia
Estações do Ano
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-744654
Autor: Dotta, Geovana; Brum, Aline; Jeronimo, Gabriela Tomas; Maraschin, Marcelo; Martins, Maurício Laterça.
Título: Effect of dietary supplementation with propolis and Aloe barbadensis extracts on hematological parameters and parasitism in Nile tilapia / Efeito da suplementação dietária com extratos de própolis e Aloe barbadensis sobre parâmetros hematológicos e parasitismo em tilápia do Nilo
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;24(1):66-71, Jan-Mar/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: This study evaluated the influence of diet supplementation with propolis and Aloe barbadensis on hematological parameters and parasitism in tilapia. One hundred and eighty fish were distributed among 12 water tanks forming four treatments: fish supplemented with a 1:1 mixture of 0%, 0.5%, 1% and 2% propolis and aloe extracts. After the fish had been fed on the experimental diets for 15 and 21 days, blood samples were taken and parasites collected. The monogeneans Cichlidogyrus sclerosus, C. halli, C. thurstonae and Scutogyrus longicornis were identified in the gills. Between the sampling times, there were increases in the numbers of erythrocytes, leukocytes, thrombocytes and lymphocytes, as observed after 21 days, possibly due to the stress level over the course of the assay and/or accumulation of substances in the organism. Supplementation with the mixture of propolis and aloe for 15 days showed the highest efficacy against the parasites. This was possibly due to the association between the two compounds. The results demonstrated that supplementation with mixtures of extracts did not produce hematological alterations and also favored a significant reduction in the number of gill parasites. The best results were achieved after 15 days of feeding with a diet with 0.5% and 1% supplementation with the extract mixture, which increased efficiency by 83 and 85% respectively.

Este estudo avaliou a influência da alimentação de tilápias com dieta suplementada com extratos de própolis e Aloe barbadensis sobre os parâmetros hematológicos e parasitismo. Setenta e dois peixes foram distribuídos em 12 tanques, formando 4 tratamentos: peixes suplementados na dieta com extrato de própolis e aloe (0%, 0,5%, 1% e 2%). Após 15 e 21 dias de alimentação com dietas experimentais foram realizadas coletas de sangue e parasitos. Os monogeneas Cichlidogyrus sclerosus, C. halli, C. thurstonae e Scutogyrus longicornis foram identificados nas brânquias. Entre os períodos de coleta, observou-se aumento nos valores de eritrócitos, leucócitos, trombócitos e linfócitos, após 21 dias de alimentação, o que pode significar estresse ao longo do período experimental e/ou acúmulo dos produtos no organismo.A suplementação com a mistura de própolis e aloe, por 15 dias, apresentou melhor eficácia frente parasitos, possivelmente, devido à associação dos compostos. Os resultados demonstram que a suplementação com a mistura dos extratos não alterou os parâmetros hematológicos, além de favorecer redução significativa no número de parasitos branquiais. Os melhores resultados foram obtidos em 15 dias de alimentação com a dieta suplementada com 0,5% e 1% da mistura dos extratos, respectivamente por 83% e 85% de eficiência.
Descritores: Própole
Extratos Vegetais/farmacologia
Suplementos Nutricionais
Ciclídeos/parasitologia
Ciclídeos/sangue
Aloe
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-770312
Autor: Rassier, Gabriela Lopes; Pesenti, Tatiana Cheuiche; Pereira Júnior, Joaber; Silva, Diego Silva da; Wendt, Emília Welter; Monteiro, Cassandra de Moraes; Berne, Maria Elizabeth Aires.
Título: Metazoan parasites of Geophagus brasiliensis (Perciformes: Cichlidae) in Patos lagoon, extreme south of Brazil / Metazoários parasitos de Geophagus brasiliensis (Perciformes: Cichlidae) da Lagoa dos Patos, extremo sul do Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;24(4):447-453, Oct.-Dec. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract This study has evaluated the parasitic fauna of 79 pearl cichlids (Geophagus brasiliensis) from the estuary of Patos Lagoon (31° 57' S and 52° 06' W), Rio Grande do Sul, Brazil, during the months of May and June in 2011 and 2012. All the hosts analyzed were infected with at least one species of parasite. A total of eleven metazoa were identified in 459 specimens collected. The trematode Austrodiplostomum compactum (34.2%) and ergasilids Ergasilus lizae (32.9%) and Gauchergasilus lizae (32.9%) were the most prevalent species. The trematodes Thometrema overstreeti and Posthodiplostomum sp. had significantly higher prevalence in fish longer than 20 cm. The sex of the host had no effect on parasite prevalence and abundance. Pearl cichlids are registered as a new host for the trematodes Lobatostoma sp., Homalometron pseudopallidum and Thometrema overstreeti, for the ergasilids Ergasilus lizae and Gauchergasilus euripedesi and for the argulid Argulus spinolosus. The crustacean E. lizae is recorded in Rio Grande do Sul for the first time.

Resumo Este estudo avaliou a fauna parasitária de 79 Geophagus brasiliensis (acarás) proveniente do Estuário da Lagoa dos Patos (31°57’S e 52°06’W), Rio Grande do Sul, no período de Maio e Junho de 2011 a 2012. Todos os hospedeiros analisados estavam infectados com pelo menos uma espécie de parasito. Um total de onze metazoários foi identificado em 459 espécimes coletados. O trematoda Austrodiplostomum compactum (34,2%) e os ergasilídeos Ergasilus lizae (32,9%) e Gauchergasilus lizae (32,9%) foram às espécies mais prevalentes. Os trematodeos Thometrema overstreeti e Posthodiplostomum sp. apresentaram uma prevalência significativamente maior nos peixes acima de 20 cm. O gênero sexual dos hospedeiros não apresentou influência sobre a prevalência e a abundância parasitária. Geophagus brasiliensis é registrado como um novo hospedeiro para os trematódeos Lobatostoma sp., Homalometron pseudopallidum e Thometrema overstreeti, para os ergasilídeos Ergasilus lizae e Gauchergasilus euripedesi e para o argulídeo Argulus spinolosus. O crustáceo E. lizae é registrado pela primeira vez no Rio Grande do Sul.
Descritores: Infecções por Trematódeos/veterinária
Ciclídeos/parasitologia
Doenças dos Peixes/parasitologia
-Infecções por Trematódeos/parasitologia
Brasil
Crustáceos
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 248 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886799
Autor: TAVARES-DIAS, MARCOS; NEVES, LIGIA R.
Título: Diversity of parasites in wild Astronotus ocellatus (Perciformes, Cichlidae), an ornamental and food fish in Brazil
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(3,supl):2305-2315, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: ABSTRACT The community composition of parasites was characterized in Astronotus ocellatus from a tributary of the Amazon River, northern Brazil. The prevalence was 87.9%, and a total of 526,052 parasites were collected, with a mean of 15,941 parasites per host. Nine taxa of ecto- and endo-parasites were identified, but Ichthyophthirius multifiliis was the dominant species, while Piscinoodinium pillulare, Clinostomum marginatum and Argulus multicolor were the least prevalent parasites. The parasite community was characterized by a low species richness, low diversity and low evenness. Host body size was not found to influence the composition of the parasite community, and there was no significant correlation between abundance of any parasite species and host body size. Papers published concerning the presence of parasites in this host in different hydrographic basins within Brazil indicate that 22 species of parasites are known to infect A. ocellatus, including species of ectoparasites and endoparasites. In Brazil, ectoparasites species, particularly crustaceans, have been found to parasitize A. ocellatus in relatively high numbers. This predominance of ectoparasites is typical of fish of lentic ecosystems. Finally, the presence of different endoparasites taxa suggest that A. ocellatus acts as an intermediate or definitive host.
Descritores: Parasitos/classificação
Ciclídeos/parasitologia
Biodiversidade
-Parasitos/isolamento & purificação
Brasil
Prevalência
Ciclídeos/classificação
Rios
Tamanho Corporal
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 25 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde