Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.150.900.649 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 290 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 29 ir para página                         

  1 / 290 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-482504
Autor: Vasco-Palacios, Aída Marcela; Suaza, Sandy Carolina; Castanõ-Betancur, Mauricio; Franco-Molano, Ana Esperanza.
Título: Conocimiento etnoecólogico de los hongos entre los indígenas Uitoto, Muinane y Andoke de la Amazonía Colombiana / Conhecimento etnoecológico de fungos entre os indígenas Uitoto, Muinane e Andoke da Amazônia Colombiana
Fonte: Acta amaz;38(1):17-30, 2008. ilus, mapas, tab.
Idioma: es.
Resumo: El presente texto es el resultado de un compartir de conocimientos acerca de los hongos y sus relaciones ecológicas con animales y plantas, con las etnias Uitoto, Andoke y Muinane que habitan la región del medio Caquetá. Gran parte de la información ecológica encontrada está contenida en la tradición oral de estas etnias, y refleja la capacidad integradora y descriptiva que tienen los indígenas sobre el medio natural circundante. En la zona de estudio la madera es un sustrato muy abundante debido principalmente al tipo de agricultura que tienen los indígenas, y por tanto se desarrollan una gran cantidad de especies de hongos lignícolas. Muinanes, Uitotos y Andokes conocen algunas de las especies vegetales que sirven de sustrato para los hongos, sobretodo aquellas utilizadas en la alimentación tales como Lentinula raphanica y Lentinus scleropus, entre otros. El conocimiento ecológico que tienen estos indígenas sobre los hongos, incluye además datos acerca de cucarrones (Coleoptera) y larvas (Diptera), mamíferos como venados (Mazama americana y M. gouazoubira) y ardillas (Microsciurus flaviventer) y tortugas que incluyen los hongos en su dieta, así como sobre especies de hongos que parasitan plantas e insectos.

O presente texto é o resultado de um intercâmbio de conhecimentos sobre os fungos e as suas relações ecológicas com animais e plantas, com as etnias Uitoto, Andoke e Muinane que habitam a região do Medio Caquetá. Grande parte da informação ecológica encontrada está contida na tradição oral destas etnias e reflete a capacidade integradora e descritiva que os indígenas possuem sobre o meio natural que os circunda. Na zona de estudo a madeira é um substrato abundante devido principalmente ao tipo de agricultura que os indígenas têm, portanto uma grande quantidade de espécies de fungos lignícolas se desenvolve perto dessas tribos. Os Muinanes, Uitotos e Andokes conhecem algumas das espécies vegetais que servem de subtstrato para os fungos, principalmente daquelas que eles utilizam na alimentação, como Lentinula raphanica e Lentinus scleropus, entre outros. O conhecimento ecológico que estes indígenas possuem sobre fungos inclui ainda dados de besouros (Coleoptera) e larvas (Diptera), mamíferos, como veados (Mazama americana e M. gouazoubira) e esquilos (Microsciurus flaviventer), e tartarugas que incluem fungos nas suas dietas, assim como sobre espécies de fungos que parasitam plantas e insetos.
Descritores: Cordyceps
Agaricales
Insetos
Mamíferos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 290 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-498059
Autor: Reis, Sônia Rolim; Naiff, Rogério Farias; Almeida-Campos, Flávia Naief; Franco, Antonia Ramos.
Título: Intradermorreação de Montenegro em cães (Mammalia: Canidae) experimentalmente inoculados por Leishmaniaguyanensis e Leishmania braziliensis (Kinetoplastida: Trypanosomatidae), principais agentes causadores de Leishmaniose Tegumentar na Amazônia / Montenegro's skin test in dogs (Mammalia: Canidae) experimentally inoculated with Leishmaniaguyanensis and Leishmania braziliensis (Kinetoplastida: Trypanosomatidae) the main agents of Amazônia Tegumentary Leishmaniasis
Fonte: Acta amaz;38(3):593-595, 2008. ilus.
Idioma: pt.
Projeto: INPA; . FAPEAM. Projeto Temático - Amazônia Verde.
Resumo: O teste de intradermorreação de Montenegro é utilizado para detectar infecção por Leishmania em humanos. A técnica se baseia numa reação de hipersensibilidade tardia. Os antígenos de Montenegro utilizados no experimento são soluções de antígenos homólogos brutos de Leishmania (Viannia) braziliensis e L.(V)guyanensis. Este experimento demonstrou que os animais inoculados com as espécies de Leishmania inoculadas desenvolveram enduração no local do teste mais acentuada que os animais controle. Os resultados sugerem que o teste cutâneo pode vir a ser indicado como método auxiliar de diagnóstico em cães infectados por Leishmania sp.

Positive Montenegro's skin test is a delayed type hypersensitivity reaction widely used as indicative of infection with Leishmania. Montenegro's antigen consisted of a crude Leishmania homologous antigen solution that was used as a skin test in five dogs experimentally inoculated with Leishmania (Viannia) spp. In this work it is shown that all animals infected presented an induration at the site of injection in contrast of the dogs non infected used as a control group. This demonstrated that the skin tests in dogs could be used to make an diagnosis of the Leishmania infection.
Descritores: Leishmania braziliensis
Leishmania guyanensis
Ecossistema Amazônico
Mamíferos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 290 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-977925
Autor: Silva, Marcio André; Pena, Hilda Fátima Jesus; Soares, Herbert Sousa; Aizawa, Juliana; Oliveira, Solange; Alves, Bruna Farias; Souza, Dênisson Silva; Melo, Renata Pimentel Bandeira; Gennari, Solange Maria; Mota, Rinaldo Aparecido; Silva, Jean Carlos Ramos.
Título: Isolation and genetic characterization of Toxoplasma gondii from free-ranging and captive birds and mammals in Pernambuco state, Brazil / Isolamento e caracterização genética de Toxoplasma gondii de aves e mamíferos de vida livre e cativeiro em Pernambuco
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;27(4):481-487, Oct.-Dec. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Recent genetic population studies on Toxoplasma gondii in Brazil have shown large genetic variability. The objective of the present study was to isolate and genotypically characterize T. gondii from free-ranging and captive wild mammals and birds in Pernambuco state, Brazil. Fragments of heart, brain, skeletal muscle and diaphragm tissue from 71 birds and 34 mammals, which were either free-ranging or captive, were collected. Samples from 32 of these animals were subjected to bioassays in mice. Samples from the remaining 73 animals underwent biomolecular diagnosis, using PCR technique, targeting a repetitive DNA fragment of 529 bp in T. gondii. A non-virulent isolate (TgButstBrPE1) was obtained from a free-ranging striated heron (Butorides striata) and, based on primary samples, seven animals were found to be positive. The primary samples and the isolate obtained were subjected to PCR-RFLP using the markers SAG1, 5'3'SAG2, alt.SAG2, SAG3, BTUB, GRA6, c22-8, c29-2, L358, PK1, Apico and CS3. ToxoDB-RFLP genotype #13 from the striated heron isolate and Type BrIII genotype from a captive otter ( Lontra longicaudis) (PS-TgLonloBrPE1) were obtained. The present study describes the first isolation and genotypic characterization of T. gondii in free-ranging striated heron, and the first genotypic characterization of T. gondii in a captive otter.

Resumo Recentes estudos genéticos nas populações deste parasita no Brasil têm mostrado grande variabilidade genética. O objetivo do presente estudo foi isolar e caracterizar genotipicamente T. gondii de aves e mamíferos de vida livre e de cativeiro no estado de Pernambuco, Brazil. Fragmentos de tecido do coração, cérebro, músculo esquelético e diafragma de 71 aves e 34 mamíferos de vida livre ou cativeiro foram colhidos. Amostras de 32 destes animais foram submetidas a bioensaios em camundongos. As amostras dos 73 animais restantes foram submetidas a diagnóstico biomolecular usando a técnica de PCR, tendo como alvo o fragmento repetitivo de 529 pb do DNA de T. gondii. Dentre os 32 bioensaios conduzidos, obteve-se um isolado não-virulento (TgButstBrPE1) de um socozinho (Butorides striata ) de vida livre, e dentre as amostras primárias, sete animais foram positivos. As amostras primárias e o isolado foram submetidos a PCR-RFLP usando os marcadores SAG1, 5'3'SAG2, alt.SAG2, SAG3, BTUB, GRA6, c22-8, c29-2, L358, PK1, Apico e CS3. Foram obtidos o genótipo ToxoDB-RFLP #13 do isolado do socozinho e o genótipo Type BrIII de uma lontra (Lontra longicaudis) de cativeiro (PS-TgLonloBrPE1). O presente estudo descreve o primeiro isolamento e caracterização genotípica de T. gondii em socozinho de vida livre, e a primeira caracterização genotípica de T. gondii em lontra em cativeiro.
Descritores: Toxoplasma/isolamento & purificação
Aves/parasitologia
Anticorpos Antiprotozoários/sangue
DNA de Protozoário/análise
Mamíferos/parasitologia
-Toxoplasma/genética
Toxoplasma/imunologia
Variação Genética
Polimorfismo de Fragmento de Restrição
Brasil
Reação em Cadeia da Polimerase
Genótipo
Mamíferos/classificação
Limites: Animais
Camundongos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 290 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886890
Autor: SPRENGER, LEW K; YOSHITANI, URSULA Y; BUZATTI, ANDREIA; MOLENTO, MARCELO B.
Título: Occurrence of gastrointestinal parasites in wild animals in State of Paraná, Brazil
Fonte: An. acad. bras. ciênc;90(1):231-238, Mar. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The objective of this study was to determine the prevalence and diversity of gastrointestinal parasites in fecal samples from wild birds and mammals from the State of Paraná. In total, 220 stool samples were sent to Parasitic Diseases Laboratory of the Federal University of Paraná during 13 months (Jan/2013-Jan/2014). A total of 52.7% (116/220) of the animals were positive for cysts, oocysts, eggs and/or trophozoites. In birds, the positivity rate was 37.9% (25/66) and mammals was 59.1% (91/154). Strongyloidea superfamily eggs were observed in 37.3% (82/220) of the samples, Eimeria spp. in 10% (22/220), and Trichuris spp. in 4.5% (10/220). The most frequent mammal species were llamas (Lama glama), and dromedaries (Camelus bactrianus) with infection rate of 70.1% (54/77) and 60.8% (14/23), respectively. In other hand, cockatiels (Nymphicus hollandicus) and ring necks (Psittacula krameri), were the most researched birds, with infection rate of 20% (40/50) and 100% (6/6), respectively. A high prevalence of gastrointestinal parasites was observed in most of wildlife animals. Further investigations should be conducted focusing on parasite control strategies and the conservation measurements for harmonizing the human-animal interaction on the long-term, reducing associated health risks.
Descritores: Parasitos/isolamento & purificação
Aves/parasitologia
Trato Gastrointestinal/parasitologia
Fezes/parasitologia
Animais Selvagens/parasitologia
Mamíferos/parasitologia
-Valores de Referência
Strongyloidea/isolamento & purificação
Trichuris/isolamento & purificação
Brasil
Eimeria/isolamento & purificação
Enteropatias Parasitárias/parasitologia
Enteropatias Parasitárias/virologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 290 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1042474
Autor: Luz, Hermes Ribeiro; Costa Neto, Sócrates Fraga da; Weksler, Marcelo; Gentile, Rosana; Faccini, João Luiz Horacio.
Título: Ticks parasitizing wild mammals in Atlantic Forest areas in the state of Rio de Janeiro, Brazil / Carrapatos parasitando mamíferos silvestres em áreas da Floresta Atlântica no estado do Rio de Janeiro, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;27(3):409-414, July-Sept. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Mammals captured in the Serra dos Órgãos National Park (PARNASO) and the Pedra Branca State Park (PBSP) between 2012 and 2015 were examined for the presence of ticks. In total, 140 mammals were examined, and 34 specimens were found to be parasitized by ticks. Didelphis aurita, Akodon montensis and Oligoryzomys nigripes were the species most parasitized. From these specimens, 146 ticks were collected, including 10 larvae. The ticks belonged to eight species: one in the genus Ixodes and seven in the genus Amblyomma. This study reports new associations of ticks and wild mammals in Brazil.

Resumo Mamíferos capturados no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO) e no Parque Estadual Pedra Branca (PBSP) entre 2012 e 2015 foram examinados quanto à presença de carrapatos. No total, 140 mamíferos foram examinados, e 34 espécimes foram parasitados por carrapatos. Didelphis aurita, Akodon montensis e Oligoryzomys nigripes foram as espécies mais parasitadas. A partir desses espécimes, 146 carrapatos foram coletados, incluindo 10 larvas. Os carrapatos pertenciam a oito espécies: uma no gênero Ixodes e sete no gênero Amblyomma. Este estudo relata novas associações de carrapatos e mamíferos silvestres no Brasil.
Descritores: Infestações por Carrapato/veterinária
Carrapatos/classificação
Animais Selvagens/parasitologia
Mamíferos/parasitologia
-Infestações por Carrapato/parasitologia
Infestações por Carrapato/epidemiologia
Brasil/epidemiologia
Florestas
Prevalência
Interações Hospedeiro-Parasita
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 290 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Torres, Joäo Paulo Machado
Malm, Olaf
Texto completo
Id: biblio-1118376
Autor: LOPES, Marcelly Castello Branco; CARVALHO, Gabriel Oliveira de; BERNARDO, Robson Roney; MACEDO, Joana; LINO, Adan Santos; RAMALHO, Emiliano Esterci; KASPER, Daniele; MEIRE, Rodrigo Ornellas; TORRES, João Paulo Machado; MALM, Olaf.
Título: Total mercury in wild felids occurring in protected areas in the central Brazilian Amazon
Fonte: Acta amaz;50(2):142-148, abr - jun. 2020.
Idioma: en.
Resumo: This is the first study to investigate mercury (Hg) contamination in felid species in the Brazilian Amazon. We collected 26 fur samples from wild felids of four species (Puma concolor, Panthera onca, Leopardus pardalis and Leopardus wiedii) occurring in the Mamirauá and Amanã sustainable development reserves, in the state of Amazonas. Samples were from museum specimens, except for five P. onca samples collected from free-living individuals. Total Hg concentrations ranged from 0.12 to 48.1 µg g-1. Concentrations of Hg did not differ significantly between museum specimens and live individuals of P. onca, but varied significantly among species, with significantly higher concentrations for P. onca and L. pardalis, which could be related to factors such as diet and habitat. (AU)
Descritores: Metais Pesados
Bioacumulação
Mamíferos
-Ecossistema Amazônico
Mercúrio/toxicidade
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  7 / 290 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-839175
Autor: Sandoval Salinas, M L; Barquez, R M; Colombo, E M; Sandoval, J D.
Título: Intra-specific pelage color variation in a South American small rodent species / Variação intraespecífica da cor da pelagem de uma espécie de pequeno roedor sul-americano
Fonte: Braz. j. biol;77(1):1-11, Jan-Mar. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Intra-specific color variation is often underestimated by researchers, and among mammals, intra-specific differences in coloration are poorly documented for most species. The main goal of this study was to apply an objective color measurement methodology to the study of a specific problem: the detection, if any, of patterns of changes in the fur color of specimens of Akodon budini in relation to biological (i.e., sex) and environmental (i.e., season) variables. We hypothesize that coat color will be more homogeneous in males than in females and that coat color will be darker in winter than in summer, the latter being orange. We measured the pelage color on five points over the dorsal surface of 26 A. budini museum specimens using a spectroradiometer and a diffuse illumination cabin. We used Principal Component Analysis to describe the association between the color variables, sex and season, and each of the observations. We then used general linear models of Analysis of Variance to examine relationships between color data, season, and sex. The results clearly confirm the hypothesis related to seasonal coat color change but do not directly confirm the hypothesis related to changes in coat color in relation to sex, and we show the complexity of the studied pattern. In conclusion, undoubtedly, the studied variables should accordingly be considered when studying the coloration of specimens for characterization, identification and discrimination of different taxonomic units based on color.

Resumo Variação de cor intra-específica é muitas vezes subestimada pelos pesquisadores, e entre espécies de mamíferos, as diferenças intra-específicas na coloração são pouco conhecidas para a maioria das espécies. O principal objetivo deste estudo foi aplicar uma metodologia objetiva de medição de cor para o estudo de um problema específico: a detecção de padrões de mudanças na cor da pele de espécimes de Akodon budini em relação a variáveis biológicas (i.e., sexo) e ambientais (i.e., temporada), se houver. Nossa hipótese é que a cor da pelagem do sexo masculino será mais homogênea do que a de fêmeas e que a cor da pelagem do inverno vai ser mais escura do que a de verão, sendo esta última mais laranja. Medimos a cor da pelagem em cinco pontos sobre a superfície dorsal de 26 espécimes de museu de A. budini usando um espectroradiômetro e uma cabine de iluminação difusa. Usamos Análise de Componentes Principais para descrever a associação entre as variáveis de cor, sexo e temporada, e cada uma das observações. Em seguida, usamos modelos lineares gerais da Análise de Variância para verificar as relações entre os dados de cor, temporada, e sexo. Os resultados confirmam claramente a hipótese relacionada à mudança sazonal de cor da pelagem, mas não confirmam diretamente a hipótese relacionada com alterações na cor da pelagem em relação ao sexo, e vamos mostrar a complexidade do modelo estudado. Em conclusão, sem dúvida, as variáveis estudadas devem consequentemente ser tidas em conta quando se estuda a coloração de amostras para caracterização, identificação e discriminação de diferentes unidades taxonômicas com base na cor.
Descritores: Cor de Cabelo/fisiologia
Arvicolinae/fisiologia
-Estações do Ano
Caracteres Sexuais
Meio Ambiente
Mamíferos
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 290 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-951600
Autor: Leuchtenberger, C; de Oliveira, Ê S; Cariolatto, L P; Kasper, C B.
Título: Activity pattern of medium and large sized mammals and density estimates of Cuniculus paca (Rodentia: Cuniculidae) in the Brazilian Pampa / Padrão de atividade de mamíferos de médio e grande porte e estimativa da densidade de Cuniculus paca (Rodentia: Cuniculidae) no Pampa brasileiro
Fonte: Braz. j. biol;78(4):697-705, Nov. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPERGS.
Resumo: Abstract Between July 2014 and April 2015, we conducted weekly inventories of the circadian activity patterns of mammals in Passo Novo locality, municipality of Alegrete, southern Brazil. The vegetation is comprised by a grassy-woody steppe (grassland). We used two camera traps alternately located on one of four 1 km transects, each separated by 1 km. We classified the activity pattern of species by the percentage of photographic records taken in each daily period. We identify Cuniculus paca individuals by differences in the patterns of flank spots. We then estimate the density 1) considering the area of riparian forest present in the sampling area, and 2) through capture/recapture analysis. Cuniculus paca, Conepatus chinga and Hydrochoerus hydrochaeris were nocturnal, Cerdocyon thous had a crepuscular/nocturnal pattern, while Mazama gouazoubira was cathemeral. The patterns of circadian activity observed for medium and large mammals in this Pampa region (southern grasslands) may reflect not only evolutionary, biological and ecological affects, but also human impacts not assessed in this study. We identified ten individuals of C. paca through skin spot patterns during the study period, which were recorded in different transects and months. The minimum population density of C. paca was 3.5 individuals per km2 (resident animals only) and the total density estimates varied from 7.1 to 11.8 individuals per km2, when considering all individuals recorded or the result of the capture/recapture analysis, respectively.

Resumo De julho de 2014 a abril de 2015, realizamos levantamentos semanais para estudar padrões de atividade circadiana da mastofauna na localidade de Passo Novo, Alegrete, sul do Brasil. A vegetação é compreendida por savana estépica (campo). Utilizamos duas armadilhas fotográficas distribuídas alternadamente ao longo de quatro transectos, com extensão de 1 km e distantes cerca de 1 km entre si. Nós classificamos o padrão de atividade das espécies através da percentagem de fotos registradas em cada período diário. Nós identificamos indivíduos de Cuniculus paca através dos diferentes padrões de manchas nos flancos dos animais. Nós então estimamos a densidade 1) considerando a área de floresta ripária presente na área amostrada, e 2) através da análise de captura/recaptura. As espécies Cuniculus paca, Conepatus chinga e Hydrochoerus hydrochaeris foram classificadas como noturnas, Cerdocyon thous apresentou um padrão crepuscular/noturno, enquanto Mazama gouazoubira foi classificada como catemeral. O padrão de atividade circadiana observado para os mamíferos de médio e grande porte nessa região do Pampa (campos sulinos) pode refletir não só aspectos evolutivos, biológicos e ecológicos, mas também impactos humanos não avaliados nesse estudo. Através do padrão de manchas da pelagem de C. paca nós identificamos dez indivíduos durante o período de estudo, que foram registrados em diferentes transectos e meses. A densidade populacional mínima de C. paca foi de 3,5 ind/km2 (apenas indivíduos residentes) e a densidade total variou de 7,1 a 11,8 ind/km2, quando consideramos todos os indivíduos registrados ou com base em análises de captura e recaptura, respectivamente.
Descritores: Ritmo Circadiano/fisiologia
Mamíferos/fisiologia
-Brasil
Florestas
Densidade Demográfica
Ecologia
Evolução Biológica
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 290 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Alves, Leucio Câmara
Texto completo
Id: biblio-1042496
Autor: Capasso, Michele; Maurelli, Maria Paola; Ianniello, Davide; Alves, Leucio Camara; Amadesi, Alessandra; Laricchiuta, Piero; Silvestre, Pasqualino; Campolo, Marco; Cringoli, Giuseppe; Rinaldi, Laura.
Título: Use of Mini-FLOTAC and Fill-FLOTAC for rapidly diagnosing parasitic infections in zoo mammals / Utilização do Mini-FLOTAC e Fill-FLOTAC no diagnóstico rápido de infecções parasitárias de mamíferos em zoológicos
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;28(1):168-171, Jan.-Mar. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Animals reared in restricted environments are highly susceptible to gastrointestinal infection by helminths and protozoa and therefore zoos are characterized as being parasite-rich environments. Successful implementation of control programs of these parasites in zoo environment depends upon precise and rapid diagnosing of gastrointestinal infections. The aim of this study was to demonstrate the role of the Mini-FLOTAC technique in combination with Fill-FLOTAC for rapidly diagnosing parasitic infections in zoo mammals. Fecal samples were collected from 70 animals in four different zoos located in central and southern Italy. All the samples were analyzed using Mini-FLOTAC in combination with Fill-FLOTAC. Out of the 70 pooled samples examined, 80% (24/30) were positive for at least one parasite. Among the gastrointestinal nematodes, Strongyles were the most frequent (40%), followed by Trichuris spp. (23.3%), Parascaris spp. (13.3%) and Capillaria spp. (3.3%). Among the protozoa, Blastocystis spp., Giardia spp. and Eimeria spp. were detected in 6.6%, 3.3% and 3.3%, respectively. These results show that Mini-FLOTAC in combination with Fill-FLOTAC can be used, not only for rapidly diagnosing parasitic infections in zoo mammals, but also for monitoring control programs in which large numbers of fecal samples need to be examined rapidly and reliably.

Resumo Animais criados em ambiente restritos são altamente suscetíveis a infecção gastrointestinal por helmintos e protozoários, constituindo os zoológicos em ambientes com alta contaminação por parasitos. O sucesso da implementação de programas de controle contra estes parasitos em zoológicos depende do rápido diagnóstico das infecções por parasitas gastrointestinais. O objetivo deste estudo foi demonstrar o papel da técnica do Mini-FLOTAC em combinação com o Fill-FLOTAC no diagnóstico rápido das infecções parasitárias em mamíferos em zoológicos. Amostras de fezes foram coletadas de 70 animais de quatro diferentes zoológicos no centro e sudoeste da Itália. Todas as amostras foram analisadas pela técnica do Mini-FLOTAC em combinação com o Fill-FLOTAC. Do total de 70 pools de fezes examinadas, 80% (24/30) foram positivas para pelo menos um parasito. Entre os nematoides gastrointestinais a maior frequência foi observada para estrongilídeos (40%), seguida por Trichuris spp. (23,3%), Parascaris spp. (13,3%) e Capillaria spp. (3,3%). Entre os protozoários Blastocystis spp., Giardia spp. e Eimeria spp. foram detectados em 6,6%, 3,3% e 3,3%, respectivamente. Estes resultados demonstram que a técnica do Mini-FLOTAC em combinação com o Fill-FLOTAC pode ser utilizada não somente para o diagnóstico rápido das infecções parasitárias em mamíferos em zoológicos, mas também no monitoramento de programas de controle onde grande número de amostras fecais devem ser examinadas de forma rápida e confiável.
Descritores: Doenças Parasitárias em Animais/diagnóstico
Infecções por Protozoários/diagnóstico
Gastroenteropatias/veterinária
Helmintíase Animal/diagnóstico
Animais de Zoológico/parasitologia
Mamíferos/parasitologia
-Doenças Parasitárias em Animais/parasitologia
Infecções por Protozoários/parasitologia
Kit de Reagentes para Diagnóstico
Sensibilidade e Especificidade
Fezes/parasitologia
Gastroenteropatias/diagnóstico
Gastroenteropatias/parasitologia
Helmintíase Animal/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 290 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Carrieri, Maria Luiza
Texto completo
Id: lil-308012
Autor: Favoretto, Silvana Regina; Carrieri, Maria Luiza; Cunha, Elenice Maria S; Aguiar, Elizabeth A. C; Silva, Luzia Helena Q; SodrÉ, Miriam M; Souza, Maria Conceiçäo A. M; Kotait, Ivanete.
Título: Antigenic typing of brazilian rabies virus samples isolated from animals and humans, 1989-2000
Fonte: Rev. Inst. Med. Trop. Säo Paulo;44(2):91-95, Mar.-Apr. 2002. tab.
Idioma: en.
Resumo: Animal and human rabies samples isolated between 1989 and 2000 were typified by means of a monoclonal antibody panel against the viral nucleoprotein. The panel had been previously established to study the molecular epidemiology of rabies virus in the Americas. Samples were isolated in the Diagnostic Laboratory of the Pasteur Institute and in other rabies diagnostic centers in Brazil. In addition to the fixed virus samples CVS-31/96-IP, preserved in mouse brain, and PV-BHK/97, preserved in cell culture, a total of 330 rabies virus samples were isolated from dogs, cats, cattle, horses, bats, sheep, goat, swine, foxes, marmosets, coati and humans. Six antigenic variants that were compatible with the pre-established monoclonal antibodies panel were defined: numbers 2 (dog), 3 (Desmodus rotundus), 4 (Tadarida brasiliensis), 5 (vampire bat from Venezuela), 6 (Lasiurus cinereus) and Lab (reacted to all used antibodies). Six unknown profiles, not compatible with the panel, were also found. Samples isolated from insectivore bats showed the greatest variability and the most commonly isolated variant was variant-3 (Desmodus rotundus). These findings may be related to the existence of multiple independent transmission cycles, involving different bat species
Descritores: Vírus da Raiva
Variação Antigênica
Antígenos Virais
-Vírus da Raiva
Suínos
Callithrix
Bovinos
Cabras
Ovinos
Quirópteros
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo
Cavalos
Mamíferos
Limites: Animais
Camundongos
Gatos
Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 29 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde