Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.150.900.649.313.750.377.750.250.125 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1036 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 104 ir para página                         

  1 / 1036 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-91802
Autor: Gil, Marta Esteves de Almeida; Andrade, Geraldo Sandoval de.
Título: Cegueira e deficiência visual: uma abordagem sociológica / Blindness and visual deficiency: a sociological approach.
Fonte: s.l; Fundaçäo de Atendimento na Cegueira; 1989. 46 p. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A precariedade, a limitaçäo e até mesmo a inexistência de dados sobre a deficiência visual no Brasil tem dificultado intervençöes de caráter global na situaçäo social e profissional dos portadores dessa deficiência, favorecendo a adoçäo de medidas fragmentadas e dificultando o ataque araiz do problema. Esse quadro desafiador motivou a realizaçäo de uma pesquisa sociológica que retratasse o perfil dessa populaçäo, captando sua especificidade, mas sem isolá-la da sociedade brasileira, da qual é parte integrante. Os 6.249 formulários preenchidos entre 1976 e 1982 correspondem aos indivíduos entrevistados em nove Estados da Federaçäo (Säo Paulo, Piauí, amazonas, Pará, Pernambuco, Ceará, Alagoas, Bahia e Minas Gerais), num total de 296 municípios. Os entrevistadores eram estudantes universitários, recrutados pela Fundaççäo Projeto Rondon. O resultado deste estudo permite o mapeamento das condiçöes de vida da populaçäo estudada e a elaboraçäo de indicadores para planejamento e posterior intervençäo na realidade e nisso talvez resida sua maior contribuiçäo, visto que essas pessoas vivem um processo de crescente deterioraçäo de sua condiçäo sócio-econômico-cultural
Descritores: Comportamento Social
Transtornos da Visão
-Fatores Socioeconômicos
Defesa das Pessoas com Deficiência
Brasil
Estilo de Vida
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Gatos
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1723.00; BR1599.1; Acervo Biblioteca Instituto IMNS


  2 / 1036 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1040716
Autor: Silva, Ana Paula da; Flores, Mariana; Mazaro, Renata; Luz, Flavia da; Silva, Marcia; Fighera, Rafael A.
Título: Oral lesions and retroviruses in shelter cats / Afecções orais e retroviroses em gatos de abrigo
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;39(7):516-522, July 2019. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Oral lesions are common problems in feline medicine worldwide, and may be associated with different causes, such as infectious agents. There are only a few studies reporting the chief oral diseases and the results for retrovirus tests in shelter cats in Brazil, especially in the South region. This study aimed to identify the main inflammatory oral lesions in shelter cats and verify the test results for feline immunodeficiency virus (FIV) and feline leukemia virus (FeLV) infections. Forty-three felines from private shelters in the central region of Rio Grande do Sul state (RS) that presented clinically evident oral lesions, regardless of age, breed, sex, and neuter status, were used in this survey. Serological tests for FIV and FeLV were performed in all cats, and data regarding the rearing system were collected. Sixteen cats (37.2%) were reared in a free system, whereas 27 (62.8%) were kept under a restrict system. Of the 43 cats with oral lesions, 29 (67.44%) presented only one type of lesion, characterized as periodontitis (n=22, 51.16%), followed by gingivitis (n=6, 13.95%), and stomatitis (n=1, 2.32%). Concomitant stomatitis and periodontitis were found in the 14 remaining cats (100%). With respect to the test results for retrovirus infections, nine (20.93%) of the 43 felines were positive for FIV alone. Co-infection with both viruses was observed in seven cats (16.28%). No cat was seropositive for FeLV valone. None of the six cats that presented gingivitis was positive for FIV and FeLV; one cat with stomatitis was positive for FIV and FeLV; of the 22 cats with periodontitis, six (27.27%) were FIV positive and two (9.09%) were FIV/FeLV positive; and of the 14 cats that presented stomatitis and periodontitis, three (21.43%) were FIV positive and four (28.57%) were FIV/FeLV positive. As for diagnosis, 28 cats (65.1%) presented solely periodontal disease (PD), one cat (2.32%) had feline chronic gingivostomatitis (FCG) alone, and 14 (32.5%) had both PD and FCG. The results obtained show that the main oral lesions found in shelter cats in the central region of RS were gingivitis, stomatitis, and periodontitis. Periodontitis, in association or not with stomatitis, was the most frequently observed oral cavity lesion in FIV- and/or FeLV-positive cats. Other factors may contribute to installation of inflammatory oral diseases in shelter cats because most cats with oral cavity lesions tested negative for retrovirus infections.(AU)

As afecções orais são problemas comuns em medicina felina em diferentes locais do mundo e podem estar relacionadas a diferentes causas, como agentes infecciosos. Poucos estudos foram encontrados no Brasil sobre o levantamento das principais doenças orais e dos resultados de testes para retrovírus em gatos de abrigos, principalmente na região Sul. Diante disso, o objetivo deste artigo foi identificar as principais afecções orais inflamatórias em gatos de abrigos e verificar os resultados dos testes para o vírus da imunodeficiência felina (FIV) e o vírus da leucemia felina (FeLV). Foram incluídos 43 felinos provenientes de abrigos privados localizados na região central do Rio Grande do Sul (RS) que apresentavam lesões orais clinicamente evidentes, independente de idade, raça, gênero e estado reprodutivo. Em todos os gatos foram realizados testes sorológicos para FIV e FeLV e obtidas informações referentes ao sistema de criação. Em 16 gatos (37,2%), o sistema de criação era livre, enquanto em 27 (62,8%) era restrito. Dos 43 gatos com lesões orais, em 29 (67,44%) foi verificado somente um tipo de lesão, caracterizado como periodontite (n=22, 51,16%), seguido de gengivite (n=6, 13,95%) e estomatite (n=1, 2,32%). Lesões concomitantes de estomatite e periodontite foram encontradas nos 14 gatos (100%) restantes. Quanto aos resultados dos testes para retrovírus, nove (20,93%) dos 43 felinos testados, foram positivos somente para FIV. Em sete gatos (16,28%) foi observada coinfecção pelos dois vírus. Em nenhum gato foi observado soropositividade somente para FeLV. Dos seis gatos com gengivite, nenhum foi positivo para FIV e FeLV; um gato com estomatite foi positivo para FIV e FeLV; dos 22 gatos com periodontite, seis (27,27%) foram FIV positivos e dois (9,09%) FIV/FeLV positivos; e dos 14 com estomatite e periodontite, três (21,43%) foram FIV positivos e quatro (28,57%) FIV/FeLV positivos. Quanto ao diagnóstico, em 28 gatos (65,1%) foi observada somente doença periodontal (DP), em um (2,32%) somente gengivoestomatite crônica felina (GECF) e em 14 gatos (32,5%) DP e GECF. Diante dos resultados obtidos, pode-se concluir que as principais lesões orais encontradas em gatos de abrigos da região central do RS foram gengivite, estomatite e periodontite; a periodontite associada ou não a estomatite foi a lesão oral mais frequente nos gatos positivos para FIV e/ou FeLV. Acredita-se que outros fatores possam contribuir na instalação de doenças orais em gatos de abrigos, já que houve predomínio de gatos com resultados negativos nos testes para os retrovírus.(AU)
Descritores: Retroviridae/isolamento & purificação
Estomatite/veterinária
Leucemia/veterinária
Gengivite/veterinária
-Doenças Periodontais/veterinária
Brasil/epidemiologia
Abrigo para Animais
Imunidade
Limites: Animais
Gatos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 1036 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-311079
Autor: Garcia, Agnaldo.
Título: O emprego de animais na terapia infantil / The use of animals in terapy infantile
Fonte: Pediatr. mod;36(1/2):75-79, jan.-fev. 2000.
Idioma: pt.
Descritores: Terapia Familiar
Transtornos de Aprendizagem
Animais Domésticos
Síndrome de Down/terapia
Transtorno Autístico/terapia
-Gatos
Cães
Limites: Seres Humanos
Criança
Responsável: BR11.1 - Biblioteca


  4 / 1036 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-233897
Autor: Kohn, André Fábio; Araújo, Luiz Jurandir S.
Título: Testes preliminares de um modelo reduzido da rede neuronal da meula envolvida em controle motor / Preliminary tests the a reduced neuronal model of spinal cord network involved in motor control
Fonte: In: Schiabel, Homero; Slaets, Annie France Frère; Costa, Luciano da Fontoura; Baffa Filho, Oswaldo; Marques, Paulo Mazzoncini de Azevedo. Anais do III Fórum Nacional de Ciência e Tecnologia em Saúde. Säo Carlos, s.n, 1996. p.618-618, graf.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Fórum Nacional de Ciência e Tecnologia em Saúde, 3 e Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica, 15 e Congresso Brasileiro de Físicos em Medicina , 6 e Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, 5 e Encontro Brasileiro de Proteçäo Radiológica, Campos do Jordäo, 13-17 out. 1996.
Resumo: Um modelo reduzido da rede neuronal da medula espinhal foi simulado. Constatou-se que certas discrepâncias entre as simulações e dados experimentais podem ser eliminadas com modificações na proposta original do modelo.
Descritores: Medula Espinal
Eletrodos/estatística & dados numéricos
Rede Nervosa
Axônios
-Haplorrinos
Mamíferos
Neurônios Motores
Limites: Seres Humanos
Animais
Gatos
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/3012.89


  5 / 1036 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1025151
Autor: Freitas, Thaís Fercher de; Jorge, Siria da Fonseca; Silva, Maria Eduarda Monteiro; Mendes, Fernando Luis Fernandes; Lemos, Tatiana Didonet.
Título: Trabecular trichoblastoma in a domestic cat (Felis catus domesticus, Linnaeus 1758) / Tricoblastoma trabecular em gato doméstico (Felis catus domesticus, Linnaeus 1758)
Fonte: Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online);56(2):[e150213], ago. 2019. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Trichoblastoma is characterized as a benign cutaneous neoplasm that originates in the trichoblastic epithelium of the hair bulb. The present report describes the case of a 4-year-old cross breed neutered male cat that had a history of a slow, freely movable, ulcerated, slow growing, solitary cutaneous nodule located on the left scapular region. Histopathological evaluation showed neoplastic cells arranged in cohesive nests or palisades with eosinophilic and scant cytoplasm. Based on the microscopic findings, a diagnosis of trabecular trichoblastoma was made. The treatment of choice consisted of total surgical excision of the mass with safe surgical margins. Tumor recurrence was not observed.(AU)

O Tricoblastoma se caracteriza como uma neoplasia benigna cutânea que tem origem no epitélio tricoblástico do bulbo piloso. O presente relato descreve o caso de felino macho, sem raça definida (SRD), com histórico de nódulo solitário de crescimento lento, não aderido e ulcerado, localizado na região escapular esquerda. A histopatologia evidenciou células neoplásicas organizadas em ninhos coesos, em paliçadas com citoplasma eosinofílico e escasso, os achados foram compatíveis com a descrição de tricoblastoma trabecular. O tratamento de eleição consistiu na exérese cirúrgica total da massa com ampla margem de segurança e recidivas não foram observadas.(AU)
Descritores: Gatos/anatomia & histologia
Gatos/anormalidades
Gatos/cirurgia
Neoplasias/classificação
Limites: Animais
Gatos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 1036 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-782069
Autor: Pellegrino, Arine; Daniel, Alexandre G. T; Pessoa, Rebecca; Guerra, Juliana M; Lucca, Gabriel Garone de; Goissis, Marcelo D; Freitas, Mariana F; Cogliati, Bruno; Larsson, Maria Helena M. A.
Título: Sensibilidade e especificidade do exame eletrocardiográfico na detecção de sobrecargas atriais e/ou ventriculares em gatos da raça Persa com cardiomiopatia hipertrófica / Sensitivity and specificity of electrocardiographic examination in detecting ventricular or atrial overloads in Persian cats with hypertrophic cardiomyopathy
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;36(3):187-196, mar. 2016. tab.
Idioma: pt.
Projeto: FAPESP.
Resumo: A cardiomiopatia hipertrófica (CMH) é a principal cardiopatia dos felinos e é caracterizada por hipertrofia miocárdica concêntrica, sem dilatação ventricular. O ecocardiograma é o melhor meio diagnóstico não invasivo para a diferenciação das cardiomiopatias e é considerado padrão ouro para a detecção de hipertrofia ventricular presente na CMH. Alterações eletrocardiográficas também são comuns em animais com CMH e o eletrocardiograma (ECG) é um teste de triagem para detecção de hipertrofia ventricular em humanos, sendo um exame rápido e facilmente disponível. Em gatos, poucos estudos foram realizados quanto à sensibilidade e especificidade do ECG na detecção de hipertrofia ventricular. Com a intenção de avaliar o uso do ECG como ferramenta de triagem para diagnóstico de CMH em felinos, gatos da raça Persa (n=82) foram avaliados por meio de exames ecocardiográfico e eletrocardiográfico. Animais com bloqueios e/ou distúrbios de condução foram excluídos da análise estatística (n=22). Posteriormente, os animais incluídos foram classificados em: normais (n=38), suspeitos (n=6) e acometidos pela CMH (n=16)...

Hypertrophic cardiomyopathy (HCM) is the most common feline heart disease and is characterized by increased cardiac mass with a hypertrophied and not dilated left ventricle. The echocardiography is the best noninvasive diagnostic tool for the differentiation of cardiomyopathies and is considered the gold standard for detection of ventricular hypertrophy present in HCM. Electrocardiographic changes are also common in animals with HCM and the electrocardiogram (ECG) is quick, easy and highly available screening test for the detection of ventricular hypertrophy in humans. In cats, few studies have been conducted regarding the sensitivity and specificity of ECG in detecting ventricular hypertrophy. With the intention of evaluating the use of ECG as a screening tool for diagnosis of HCM in cats, Persian cats (n=82) were evaluated by echocardiographic and electrocardiographic examinations. Animals with blocks and/or conduction disturbances were excluded from statistical analysis (n=22). Subsequently the animals included were classified as normal (n=38), suspicious (n=6) and affected by HCM (n=16)...
Descritores: Cardiomiopatia Hipertrófica/diagnóstico
Cardiomiopatia Hipertrófica/patologia
Cardiomiopatia Hipertrófica/veterinária
Eletrocardiografia/veterinária
Hipertrofia/patologia
Hipertrofia/veterinária
-Cardiopatias/diagnóstico
Cardiopatias/patologia
Cardiopatias/veterinária
Hipertrofia Ventricular Esquerda/veterinária
Ventrículos do Coração
Limites: Animais
Gatos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 1036 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011252
Autor: Valle, S. F; Farias, C. S; Duda, N. C. B; Machado, G; Costa, F. A.
Título: Correlação entre as contagens de reticulócitos manual e automática em amostras de felinos anêmicos / Correlation between manual and automatized values of reticulocyte count in anemic feline samples
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(2):577-583, mar.-abr. 2019. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do presente estudo foi correlacionar os valores de reticulócitos pontilhados e agregados obtidos por metodologia manual com a metodologia automática de contagem de reticulócitos totais em amostras de sangue de gatos anêmicos, analisados em um contador hematológico com citometria de fluxo. Para isso, 40 amostras de sangue de pacientes felinos anêmicos, independentemente de idade e sexo, foram utilizadas para a determinação das contagens absolutas de reticulócitos totais pela metodologia automatizada por citometria de fluxo fluorescente e pela técnica manual com corante supravital, em duplicata. Na contagem manual, houve a discriminação entre reticulócitos pontilhados e agregados. Para a correlação entre os métodos, foi realizada a análise de regressão de Passing-Bablok. A média do hematócrito dos gatos foi de 15,25%, tendo a maioria dos gatos (32,5%) apresentado anemia moderada (hematócrito = 17,81%). Como resultados, a análise de regressão demonstrou que a correlação entre a contagem absoluta total automática foi superior à contagem manual de reticulócitos agregados (rho= 0,71; P<0,001) do que a contagem absoluta de reticulócitos pontilhados (rho= 0,68; P<0,001). Os resultados apresentados sugerem que a contagem de reticulócitos total absoluta realizada pelo analisador hematológico ProCyte Dx em gatos anêmicos se refere à contagem absoluta de reticulócitos. Dessa maneira, recomenda-se que os valores possam ser utilizados para a avaliação imediata da condição hematológica de gatos anêmicos.(AU)

The aim of this study was to correlate the punctate and aggregated reticulocytes values obtained by manual methodology and the automatic reticulocyte count in 40 blood samples from anemic cats. Total reticulocyte absolute counts were determined by automated fluorescence flow cytometry and manual methods in 40 blood samples obtained from anemic cats. The manual count was obtained by supravital stain in duplicate to each sample and the reticulocyte morphology were discriminated between punctate and aggregates reticulocytes. Passing-Bablok regression analysis was utilized to compare the methods. Most samples were from anemic cat (15,25%) and the hematocrit mean was 17,81%. Regression analysis showed that the correlation between the absolute total automatic counts is higher with aggregated reticulocytes (rho= 0,71; P< 0,001) than with absolute punctate reticulocytes counts (rho= 0, 68, P< 0.001). Results suggest that the ProCyte Dx reticulocytes count in anemic cats is correlated with aggregate reticulocyte count. Thus, the greater amount of RNA and organelles in aggregate reticulocytes generates a cellular complexity and, therefore, greater impregnation of the dye in an automatic count. Thus, the values obtained by the hematologic instrument can be used for the immediate evaluation of the hematological condition in anemic cats.(AU)
Descritores: Doenças do Gato/sangue
Anemia/veterinária
-Leucemia Felina/sangue
Contagem de Reticulócitos/veterinária
Citometria de Fluxo/veterinária
Limites: Animais
Gatos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 1036 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011248
Autor: Camprigher, V. M; Matos, A. M. R. N; Ferreira, F. P; Batina, P. N; Costa, S. C; Navarro, I. T; Zanutto, M. S.
Título: Ocorrência de anticorpos anti-Leishmania spp. em felinos em área endêmica do estado de São Paulo / Occurrence of anti-Leishmania spp antibodies in felines in an endemic area of the State of São Paulo
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(2):439-446, mar.-abr. 2019. tab, mapas.
Idioma: pt.
Resumo: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose de grande impacto em saúde pública. A infecção nos gatos tem sido relatada nos países onde a doença é endêmica. Seu papel como reservatório não está satisfatoriamente elucidado, embora a transmissão do parasito de um felino infectado para vetor tenha sido reportada por xenodiagnóstico. O objetivo do trabalho foi avaliar a presença de anticorpos anti-Leishmania spp. em animais da espécie felina em área endêmica para LV (Bauru-SP), por meio dos testes sorológicos de reação de imunofluorescência indireta (RIFI) e ensaio imunoenzimático (ELISA), e associá-los às variáveis: gênero, idade, raça e forma de criação. Foram testados soros de 276 felinos, dos quais 82 foram reagentes pelo método ELISA (29,71%), 17 pelo RIFI (6,15%) e 10 em ambos os testes (3,6%). Houve associação estatística significativa para a variável forma de criação, em que 100% dos animais errantes foram soropositivos a pelo menos um dos testes (P<0,005). Tal associação não foi encontrada para as demais variáveis analisadas (P>0,05). Não houve concordância entre o resultado dos testes, pois o método ELISA é mais sensível que o método RIFI.(AU)

Visceral leishmaniasis (VL) is a zoonosis with a great impact on public health. Infection in cats has been reported in countries where the disease is endemic. Its role as reservoir is not satisfactorily elucidated, although transmission of the parasite from an infected feline to vector has been reported by xenodiagnosis. The objective of this study was to evaluate the presence of anti-Leishmania spp antibodies in feline animals in an area endemic to LV (Bauru-SP), using the serological tests of Indirect Immunofluorescence Reaction (IFR) and ELISA and variables: gender, age, race and form of creation. Samples of 276 felines were tested, of which 82 were ELISA reagents (29,71%), 17 by IFR (6,15%) and 10 in both tests (3,6%). There was a significant statistical association for the variable form of breeding, where 100% of the wandering animals were seropositive to at least one of the tests (P <0,005). Such association was not found for the other variables analyzed (P >0,05). There was no concordance between the results of the tests, since the ELISA method is more sensitive than the RIFI method.(AU)
Descritores: Doenças do Gato/diagnóstico
Doenças Endêmicas/veterinária
Leishmaniose Visceral/diagnóstico
Leishmaniose Visceral/veterinária
Leishmaniose Visceral/epidemiologia
-Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/veterinária
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo/veterinária
Limites: Animais
Gatos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 1036 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1022251
Autor: Catapan, Dariane Cristina; Costa, Esther Dias da; Cunha, Graziele Ribeiro da; Pimpão, Cláudia Terra.
Título: Impacto do programa de esterilização cirúrgica na população de cães e gatos do município de São José dos Pinhais ­ PR / Impact of surgical sterilization program in the population of dogs and cats of the municipality in São José dos Pinhais ­ PR
Fonte: Rev. bras. ciênc. vet;21(4):178-182, out.-dez.2014. il..
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a interferência do programa de esterilização cirúrgica na taxa de natalidade de gatas e cadelas, no período de julho de 2011 a julho de 2012, no município de São José dos Pinhais/PR, com base em estimativas populacionais de cães e gatos realizadas por amostragem. Para estimar o número de cães e gatos do município, foram utilizados dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e resultados de trabalhos anteriores sobre as proporções de animais : ser humano, encontradas nas estimativas populacionais realizadas nos anos de 2006 e 2011. O número de esterilizações cirúrgicas realizadas no período foi obtido junto à Secretaria Municipal de Meio Ambiente do município e os resultados analisados por meio de estatística descritiva. A população estimada foi de 58.376 e 98.000 cães e 11.675 e 18.000 gatos em 2006 e 2011, respectivamente. Foram esterilizados no período um total de 935 animais, sendo 672/935 (71,87%) cães e 263/935 (28,12%) gatos, representando 672/98.000 (0,68%) e 263/18.000 (1,46%) da população total estimada. Dentre os cães, 543/672 (80,2%) eram fêmeas e 129/672 (19,2%) machos e dos gatos, 174/263 (66,16%) eram fêmeas e 89/263 (33,84%) machos. Calcula-se que foram evitados com as esterilizações das fêmeas o total de 4.803 novos filhotes (impacto de 2,86% sob o número total de cães e 11,60% sob o número total de gatos domiciliados e semi-domiciliados estimados em 2011). Diante dos resultados, observa-se a necessidade de ações de conscientização à guarda responsável de animais e adesão ao programa de esterilização.

The objective of this study was to evaluate the interference of the program for surgical sterilization in the birth rate of cats and dogs, from July 2011 to July 2012, in São José dos Pinhais/PR, based on population estimates dogs and cats carried out at random. To estimate the number of dogs and cats in the municipality, we used data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics and results of previous work on the proportions of animals: human, found in the population estimates made in the years 2006 and 2011 the number of surgical sterilizations performed in the period was obtained from the Municipal Secretariat of Environment of the municipality and the results analyzed using descriptive statistics. The estimated population was 58.376 and 98.000 dogs and 11.675 cats and 18.000 in 2006 and 2011, respectively. A total of 935 animals were sterilized during the period, with 672/935 (71,87%) dogs and 263/935 (28,12%) cats, representing 672/98.000 (0,68%) and 263/18.000 (1,46%) of the total estimated population. Among the dogs, 543/672 (80,2%) were females and 129/672 (19,2%) males and cats, 174/263 (66,16%) were females and 89/263 (33,84%) males. It is estimated that were prevented by the sterilization of females total 4.803 new pups (2,86% impact on the total number of dogs and 11,60% in the total number of cats and semi-resident residing estimated in 2011). Given the results, there is a need for awareness actions to responsible pet keeping and adherence to sterilization program. .
Descritores: Castração
Gatos
Esterilização
Cães
-Amostragem
Controle da População
Limites: Animais
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  10 / 1036 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Tanuri, A
Texto completo
Id: biblio-1011258
Autor: Medeiros, S. O; Silva, B. J. A; Carneiro, A. L; Ferreira Júnior, O. C; Tanuri, A.
Título: Avaliação de dois testes sorológicos comerciais para diagnóstico das infecções pelo FIV e pelo FeLV / Evaluation of two point-of-care tests to diagnosis of FIV and FeLV infections
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(2):447-454, mar.-abr. 2019. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: FIV e FeLV são retrovírus associados principalmente com neoplasias. Dois testes rápidos são disponibilizados no Brasil para o diagnóstico dessas infecções: um kit de imunocromatografia de fluxo bidirecional (SNAP® Combo IDEXX) e um kit de imunocromatografia de fluxo lateral unidirecional (ALERE/BIONOTE Anigen Rapid). O objetivo deste estudo foi comparar o teste SNAP® com o teste ALERE. Amostras de sangue de 178 gatos foram testadas utilizando-se ambos os kits. A reação em cadeia de polimerase em tempo real (qPCR) foi empregada como método confirmatório para todos os resultados. O teste SNAP® apresentou sensibilidade e especificidade de 100% para FIV; a sensibilidade e a especificidade do teste ALERE foram de 96,15% e 98,68%, respectivamente. A sensibilidade e a especificidade para o FeLV foram de 93,02% e 96,30% para o teste SNAP® e de 90,70% e 97,78% para o teste ALERE. Ainda em relação ao FeLV, três amostras com resultado positivo na qPCR obtiveram resultado falso-negativo em ambos os testes. Não houve diferença estatisticamente significante entre os métodos. Considerando a qPCR como padrão-ouro, o teste SNAP® apresentou maior sensibilidade e especificidade para o FIV, e o teste ALERE apresentou maior especificidade para o FeLV. Os resultados mostraram uma boa correlação entre os testes.(AU)

FIV and FeLV are Retrovirus associated mainly with feline neoplasms. Two point-of-care tests are commercially available in Brazil for diagnosis of these infections: a bidirectional flow immunochromatography kit (IDEXX SNAP ® Combo) and a lateral unidirectional flow immunochromatography kit (ALERE/BIONOTE Anigen Rapid). The aim of this study was to compare SNAP ® and ALERE tests. Blood samples obtained from 178 cats were evaluated using both tests. Quantitative real-time polymerase chain reaction (qPCR) was used as confirmatory test for all samples. The sensitivity and specificity of SNAP ® test was 100% for FIV, and for ALERE test was 96.15% and 98.68%, respectively. The sensitivity and specificity for FeLV was 93.02% and 96.30% for SNAP ® test and 90.70% and 97.78% for ALERE test. Three samples with a qPCR positive result for FeLV obtained a false negative result in both SNAP ® and ALERE tests. There was no statistically significant difference between the two methods. Considering qPCR as gold standard method, the SNAP® test showed higher sensitivity and specificity for FIV, and the ALERE test presented higher specificity for FeLV. The results showed good agreement among the tests.(AU)
Descritores: Infecções Tumorais por Vírus/diagnóstico
Infecções Tumorais por Vírus/veterinária
Testes Sorológicos/veterinária
Doenças do Gato/diagnóstico
Infecções por Lentivirus/diagnóstico
Leucemia Felina/diagnóstico
Infecções por Retroviridae/diagnóstico
Infecções por Retroviridae/veterinária
-Reação em Cadeia da Polimerase/veterinária
Cromatografia de Afinidade/veterinária
Gammaretrovirus
Vírus da Imunodeficiência Felina
Limites: Animais
Gatos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 104 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde