Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.150.900.649.313.992 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 527 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 53 ir para página                         

  1 / 527 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Silva, Iandara Schettert
Texto completo
Id: biblio-837656
Autor: Fernandes, Melina Ribeiro; Lima, Nayara Vieira de; Rezende, Karoline Silva; Santos, Isabela Caroline Marques; Silva, Iandara Schettert; Guimarães, Rita de Cássia Avellaneda.
Título: Animal models of obesity in rodents. An integrative review
Fonte: Acta cir. bras;31(12):840-844, Dec. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT PURPOSE: To perform an integrative review of the main animal disease models in rodents used for obesity. METHODS: Research was conducted in the CAPES Portal database using the following keywords "obesity animal models, diet and rodents", published between the years 2010 to 2016. We found 108 articles, of which 19 were selected and analyzed in full for this study. RESULTS: Larger part of publications occurred in the last 6 years, the rats (n = 10) were used in the same proportion mice (n = 10). The choice of male animals (n = 18) and age greater than 21 days (n = 17) showed a major highlight. The greater than 5 week follow-up period (n = 18) was the most applied. A High Fat Diet was the most used in studies (n = 18) . CONCLUSIONS: Male rodents continue to be considered the species most used in experimental studies to induce obesity, also was found variations of age to the beginning of the experiment. For the most part are follow-up time studies along with the use of High Fat Diet.
Descritores: Roedores
Experimentação Animal/estatística & dados numéricos
Dieta
Modelos Animais de Doenças
Obesidade/fisiopatologia
-Dieta Hiperlipídica
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Camundongos
Ratos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 527 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1047065
Autor: Berberian, G.
Título: Aumento inusual de roedores en la zona cordillerana / Unusual increase in rodents in the Andes region
Fonte: Med. infant;26(4):396-397, dic. 2019. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Roedores/crescimento & desenvolvimento
Infecções por Hantavirus/prevenção & controle
Infecções por Hantavirus/transmissão
Infecções por Hantavirus/epidemiologia
-Argentina/epidemiologia
Limites: Animais
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación


  3 / 527 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1048861
Autor: Grune Loffler, Sylvia.
Título: Leptospirosis en poblaciones urbanas y periurbanas de roedores en la Argentina / Leptospirosis in urban and periurban rodents populations in Argentina
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);22(7):668-671, oct.-nov. 2017. ilus..
Idioma: es.
Descritores: Roedores
Zoonoses
Genótipo
Leptospira
Leptospirose
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  4 / 527 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1025731
Autor: Castro, Raquel Gonzalez Boullosa Malheiro de.
Título: Composição e estrutura das comunidades de helmintos de roedores sigmodontíneos no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, Mata Atlântica do estado de Santa Catarina, Brasil / Composição e estrutura das comunidades de helmintos de roedores sigmodontíneos no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, Mata Atlântica do estado de Santa Catarina, Brasil.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2018. xv, 92 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Insituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Apesar da ampla ocorrência de endoparasitos em animais silvestres, ainda há uma carência de informações sobre a helmintofauna destes animais em condições naturais, principalmente de estudos que abordam aspectos ecológicos. O objetivo geral deste trabalho foi descrever a composição de espécies e a estrutura das comunidades de helmintos dos roedores sigmodontíneos Oligoryzomys nigripes, Akodon montensis e Euryoryzomys russatus nas escalas de infracomunidade e comunidades componentes no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, Município de Santo Amaro da Imperatriz, Estado de Santa Catarina, Brasil. Este estudo é o primeiro relato de helmintofauna de roedores em nível específico para esta região, onde foi encontrada e descrita uma nova espécie do gênero Stilestrongylus. Além disso, é o primeiro estudo a analisar a estrutura da metacomunidade de helmintos de A. montensis. Os helmintos foram coletados nas vísceras e nas cavidades torácica e abdominal. Todos os helmintos foram contados e identificados. Em O. nigripes foram encontradas as espécies Guerrerostrongylus zetta e Stilestrongylus lanfrediae (Nematoda, Heligmonellidae)

A helmintofauna de A. montensis incluiu as espécies G. zetta, Trichofreitasia lenti (Nematoda, Heligmonellidae), Trichuris navonae (Nematoda, Trichuridae), Angiostrongylus sp. (Nematoda, Angiostrongylidae), Litomosoides chagasfilhoi (Nematoda, Onchocercidae) e Rodentolepis akodontis (Plathyhelmintes, Cestoda). No roedor E. russatus, três espécies foram encontradas, G. zetta, uma espécie nova denominada de Stilestrongylus rolandoi (Nematoda, Heligmonellidae) e Raillietina guaricanae (Plathyhelmintes, Cestoda). Stilestrongylus rolandoi é distinto de outras espécies do gênero Stilestrongylus pelo seu raio 6 ser curto em relação aos raios 4 e 5, que são longos e robustos, e pelo padrão de bolsa caudal do tipo 1-4 em ambos os lobos. Esta nova espécie tem 27 cristas no meio do corpo em machos e 24 nas fêmeas, e tem uma das maiores razões comprimento do espículo / comprimento do corpo (21-33%) deste gênero. A. montensis apresentou maior riqueza total de helmintos, porém, a riqueza média foi maior em O. nigripes. A espécie de helminto mais abundante e única espécie comum entre os hospedeiros foi G. zetta, que apresentou maiores valores de abundância e prevalência em O. nigripes e maior valor de intensidade em E. russatus. A estrutura da metacomunidade de helmintos de A. montensis na escala de infracomunidade apresentou um padrão aleatório de distribuição das espécies, sendo caracterizado por uma estrutura não coerente ao longo do gradiente ambiental. (AU)
Descritores: Doenças Parasitárias
Roedores
Ecologia
Nematoides
Limites: Animais
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  5 / 527 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-28455
Autor: Meyers, W. M; Walsh, G. P; Binford, C. H; Wolf, R. H; Gormus, B. J; Martin, L. N; Baskin, G. B; Gerone, P. J.
Título: Modelos de lepra multibacilar en huéspedes no alterados: estado actual / Multibacillary models of leprosy in not changed hosts: actual status
Fonte: In: Organización Panamericana de la Salud, ed. Seminario Boliviano sobre Control de la Lepra. s.l, Organización Panamericana de la Salud, 1983. p.23-23.
Idioma: es.
Conferência: Apresentado em: Seminario Boliviano sobre Control de la Lepra, Caracas, 12-14 sept. 1983.
Resumo: Se ha reportado lepra diseminada multibacilar en sujetos no alterados en tres especies de armadillos, chimpancés, monos mangabey, mono rhesus,, mono africano verde, ratas y ratones desnudos. No se ha demostrado que el chimpancé sea constantemente susceptible y por lo tanto requiere ser más estudiado para establecer su potencial utilidad. Los armadillos, debido a su facilidad de acceso, por lo menos en el Hemisferio Occidental, tienen grandes potenciales para experimentación, pero su utilidad en casi todas las áreas de experimentación casi no ha sido estudiada. Los ratones y las ratas desnudos tienen la ventaja de estar disponibles para laboratorios con el equipo adecuado; sin embargo, su cuidado es tedioso, su mantenimiento costoso y estos animales tienen vidas relativamente cortas. Las infecciones en los ratones desnudos parecen ser muy intensas y son, como las del armadillo, más graves que en la mayoría de los pacientes con lepra. Además, estos roedores, aunque no están alterados artificialmente, tienen una deficiencia inmunológica genética establecida en contraste con el sistema inmune de los individuos susceptibles a la lepra. El mono mangabey, aunque todavía en las etapas iniciales de experimentación, parece ofrecer la mejor esperanza hoy en día como modelo ideal para la lepra. Las únicas desventajas inmediatas son el ministro relativamente escaso de este animal y el costo de mantenimiento. Una enorme ventaja es la cercanía de esta especie a la especie humana. Las características de la enfermedad observada hasta el momento en los cinco sujetos estudiados sugieren que habrá muchas similitudes entre la lepra en el mono y el humano. El tiempo y los estudios los dirán
Descritores: Hanseníase
-Tatus
Primatas
Roedores
Modelos Animais de Doenças
Limites: Animais
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/138.02; BR67.1; 614.546*31


  6 / 527 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-789014
Autor: Leal, Leonardo M; Sá, Rafaela M. de; Oliveira, Fabricio S. de; Sasahara, Tais H. C; Minto, Bruno W; Machado, Marcia R. F.
Título: Miologia do membro pélvico da paca (Cuniculus paca Linnaeus, 1766) / The myology of the pelvic limb of paca (Cuniculus paca Linnaeus, 1766)
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;35(supl.1):21-26, dez. 2015. ilus.
Idioma: pt.
Projeto: Unesp.
Resumo: Objetivam-se descrever os músculos do membro pélvico da paca (Cuniculus paca Linnaeus, 1766), mediante dissecção anatômica dessa região. Foram utilizadas dez Cuniculus paca adultas, machos e fêmeas, pesando entre cinco e 10 kg do plantel de pacas do setor de Animais Silvestres da FCAV, Unesp, Jaboticabal/SP. Os animais foram fixados em formaldeído 10% e conservados em solução salina a 30% para dissecação anatômica da musculatura da pelve, coxa e perna, identificando-se a origem e inserção de cada músculo. Os resultados foram fotodocumentados e discutidos com base na literatura sobre animais domésticos, ratos e cobaias. Salvo algumas variâncias na origem e inserção de cada músculo e na fusão dos ventres de alguns grupos musculares, de forma geral, a musculatura da paca assemelha-se a dos animais domésticos e a de outros roedores.(AU)

This study aimed to describe the muscles of the pelvic limb of paca (Cuniculus paca Linnaeus, 1766) through anatomical dissection of this region. We used ten adult pacas, males and females, weighing 5 to 10 kg from the group of pacas at the sector of wild animals of FCAV, Unesp-Jaboticabal, SP. The animals were fixed with 10% formaldehyde and preserved in 30% saline solution for anatomical dissection of the pelvis, thigh and leg musculature, with identification of the origin and the insertion of each muscle. Photos were taken and the results were discussed based on the domestic animal, rat and guinea pig literature. In general, the paca musculature resembles the one of domestic animals and other rodents; but some variance in origin and insertion of each muscle and in the fusion of some muscular groups of the bellies was observed.(AU)
Descritores: Pelve/anatomia & histologia
Cuniculidae/anatomia & histologia
-Roedores/anatomia & histologia
Pesos e Medidas Corporais/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 527 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1012758
Autor: Botelho, Ana F. M; Joviano-Santos, Julliane V; Santos-Miranda, Artur; Menezes-Filho, José E. R; Soto-Blanco, Benito; Cruz, Jáder S; Guatimosim, Cristina; Melo, Marília M.
Título: Non-invasive ECG recording and QT interval correction assessment in anesthetized rats and mice / Eletrocardiograma não invasivo e avaliação da correção do intervalo QT em roedores anestesiados
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;39(6):409-415, June 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPEMIG; . CNPq.
Resumo: Rats and mice are the most common species used in experimental cardiac electrophysiology studies. Electrocardiogram (ECG) recording shows paramount importance for monitoring arrhythmias and cardiac function in several disease models, including QT syndrome. However, the lack of standardized reference values and QT correction formula for different animal species and lineages represent a challenge for ECG interpretation. The aim of this study is to provide an improved method for ECG recording, establishing reference range values and determine the QT formulas with higher correlation to heart rate (HR). A total of 10 Wistar rats, 10 Swiss mice, 10 C57BL/6 mice and 10 FVB/NJ mice were used in the study. Animals were submitted to anesthesia with isoflurane and ECG recording was performed using a six-channel non-invasive electrocardiograph. QT was corrected using the following formulas: Bazzett, Fridericia, Mitchell, Hodges, Van der Water and Framingham. Normal range values for ECG parameters were established in all animals studied. Pearsons' correlation defined Hodges formula as the most suitable for QT correction. This study demonstrated an improved method of ECG recording with reference values for Swiss, FVB/NJ, C57BL/6 mice, and Wistar rats. Hodges' formula was the most effective formula for QT correction in rodents, whereas Bazett's and Friderica formulas were ineffective for such animals. The present work contributes to arrhythmias investigation in experimental cardiology and may reduce misinterpretations in rodents' ECG.(AU)

Ratos e camundongos são as espécies mais comumente utilizadas em estudos experimentais de eletrofisiologia cardíaca. O registro do eletrocardiograma (ECG) é de suma importância para o monitoramento de arritmias e função cardíaca em vários modelos de patologias. No entanto, a falta de valores de referência padronizados e a fórmula de correção do QT para diferentes espécies e linhagens animais representam um desafio para a interpretação do ECG. O objetivo deste estudo é fornecer um método melhorado para o registro de ECG, estabelecendo valores de referência e determinar as fórmulas QT com maior correlação com a freqüência cardíaca (FC). Um total de 10 ratos Wistar, 10 camundongos Swiss, 10 camundongos C57BL/6 e 10 camundongos FVB/NJ foram utilizados no estudo. Os animais foram submetidos à anestesia com isoflurano e o registro de ECG foi realizado com eletrocardiógrafo não invasivo de seis canais. O QT foi corrigido usando as seguintes fórmulas: Bazzett, Fridericia, Mitchell, Hodges, Van der Water e Framingham. Os valores da normalidade para os parâmetros do ECG foram estabelecidos em todos os animais estudados. A correlação de Pearson definiu a fórmula de Hodges como a mais adequada para a correção do QT. Este estudo demonstra um método melhorado de registro de ECG com valores de referência para camundongos Swiss, FVB/NJ, C57BL/6 e Wistar. A fórmula de Hodges foi a mais eficaz para correção de QT em roedores, enquanto as fórmulas de Bazett e Friderica apresentaram valores mais baixos de correlação. O presente trabalho contribui para a investigação de arritmias em cardiologia experimental e pode reduzir interpretações erradas no ECG de roedores.(AU)
Descritores: Roedores/fisiologia
Eletrocardiografia/métodos
-Anestesia/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 527 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ahid, Silvia M. M
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895470
Autor: Pereira, Josivania S; Martins, Thiago F; Muñoz-Leal, Sebastián; Lopes, Marcos G; Labruna, Marcelo B; Paiva, Kaliane A. R. de; Oliveira, Moacir F. de; Ahid, Sílvia M. M.
Título: Infestação por carrapatos Argasidae e Ixodidae em pequenos mamíferos silvestres da Estação Experimental Rafael Fernandes, Mossoró/RN / Infestation by ticks Argasidae and Ixodidae on small wild mammals at the Experimental Station Rafael Fernandes, Mossoró/RN, Brazil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(7):741-748, jul. 2017. tab, ilus.
Idioma: pt.
Projeto: Beca Chile.
Resumo: Poucos estudos avaliaram a diversidade de ectoparasitos e a associação deles com seus hospedeiros que ocorrem no bioma Caatinga, Nordeste do Brasil. Considerando-se essa falta de conhecimento, este estudo objetivou identificar e determinar a ocorrência de carrapatos coletados de pequenos mamíferos da Estação Experimental Rafael Fernandes, no Rio Grande do Norte, Brasil. De janeiro de 2014 a fevereiro de 2015 foram capturados 52 marsupiais (38 Gracilinanus agilis e 14 Monodelphis domestica) e 10 roedores (5 Wiedomys sp., 4 Thrichomys sp. e 1 Rattus norvegicus). Foram identificados os carrapatos Amblyomma auricularium, Amblyomma parvum, Amblyomma sp., Ornithodoros mimon e Ornithodoros sp., empregando estudo morfológico, chaves taxonômicas e sequenciamento parcial do gene mitocondrial 16S rDNA de carrapatos. Todas as associações carrapato-hospedeiro encontradas neste estudo são relatadas pela primeira vez no Rio Grande do Norte e constituem novos dados ecológicos aplicáveis aos ectoparasitos de pequenos mamíferos no nordeste do Brasil.(AU)

Few studies have assessed the diversity of ectoparasites and their associated hosts occurring within the Caatinga biome in northeastern Brazil. Considering this lack of knowledge, in this study we aimed to identify and determine the occurrence of ticks collected from small mammals at the Estação Experimental Rafael Fernandes, in Rio Grande do Norte state, Brazil. From January 2014 to February 2015, we captured 52 marsupials (38 Gracilinanus agilis and 14 Monodelphis domestica) and 10 rodents (5 Wiedomys sp., 4 Thrichomys sp. and 1 Rattus norvegicus). We identified the ticks Amblyomma auricularium, Amblyomma parvum, Amblyomma sp., Ornithodoros mimon and Ornithodoros sp. by a morphological study, the use of taxonomic keys, and the partial sequencing of the tick mitochondrial 16S rDNA gene. All the tick-host associations found in this study are reported for the first time in Rio Grande do Norte and constitute new ecological data concerning ectoparasites of small mammals in northeastern Brazil.(AU)
Descritores: Roedores/parasitologia
Infestações por Carrapato/veterinária
Argasidae
Ixodidae
Animais Selvagens/parasitologia
Marsupiais/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 527 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967186
Autor: Matias, Jaqueline; Koller, Wilson Werner; Garcia, Marcos Valerio; Barros, Jacqueline Cavalcante; Esteve-Gassent, Maria Dolores; Aguirre, André de Abreu Rangel; Higa, Leandro de Oliveira Souza; Zimmermann, Namor Pinheiro; Andreotti, Renato.
Título: Free-living ticks in a cerrado fragment, state of Mato Grosso do Sul, Brazil / Carrapatos de vida livre em fragmento de cerrado, no Estado de Mato Grosso do Sul, Brasil
Fonte: Biosci. j. (Online);34(4):979-984, july/aug. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The fatal cases of spotted fever reported in some Brazilian municipalities are generally associated with the presence of ticks and capybaras (Hydrochoerus hydrochaeris). The urban forest fragments where this rodent is present are of great concern. We investigated the diversity of free ticks as well as the occurrence of ticks infected by Rickettsia in one of these fragments, in Campo Grande city, Mato Grosso do Sul state, Brazil. From winter 2012 until the autumn of 2015, using CO2 traps, we collect 1219 ticks, of which 1045 belonged to the species Amblyomma sculptum and 174 belonged to A. dubitatum. Both species were more abundant in spring (September to December) and summer (December to March). Rickettsial DNA was not detected in any of the specimens collected; however, one of the species found, A. sculptum is considered the main vector of Brazilian Spotted Fever, thus deserving constant vigilance by the public health organs.

Casos fatais de febre maculosa que foram relatados em alguns municípios brasileiros geralmente estão associados à presença de carrapatos e capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris). Os fragmentos florestais urbanos onde este roedor está presente são de grande preocupação. Investigou-se aqui a diversidade de carrapatos livres e a ocorrência de carrapatos infectados por riquétsias em um desses fragmentos em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Desde o inverno de 2012 até o outono de 2015, usando armadilhas de CO2, foram coletados 1219 carrapatos, dos quais 1045 pertenciam à espécie Amblyomma sculptum e 174 pertenciam a A. dubitatum. Ambas as espécies foram mais abundantes na primavera (Setembro a Dezembro) e no verão (Dezembro a Março) . O DNA riquetsial não foi detectado em nenhum dos espécimes coletados; entretanto, uma das espécies encontradas, o A. sculptum é considerado o principal vetor da Febre Maculosa Brasileira, merecendo assim vigilância constante pelos Orgãos de Saúde Pública.
Descritores: Rickettsia
Carrapatos
Noxas
-Roedores
Febre Maculosa das Montanhas Rochosas
Pradaria
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  10 / 527 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lemos, Elba Regina Sampaio de
Texto completo
Id: biblio-877257
Autor: Terças, Ana Cláudia Pereira; Nascimento, Vagner Ferreira do; Melo, Alba Valéria Gomes de; Espinosa, Mariano Martinez; Atanaka, Marina; Lemos, Elba Regina Sampaio de.
Título: Doenças emergente em populações vulneráveis: Uma reflexão sobre a síndrome pulmonar por hantavírus / Emerging diseases in vunerable polupation: a reflection of hantavirus pulmonary syndrome / Enfermedades emergentes en poblaciones vulnerables: Una reflexíon sobre el síndrome pulmonar por hantavírus
Fonte: Rev. baiana saúde pública;41(1):https://doi.org/10.22278/2318-2660.2017.v41.n1.a2475, dez. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: A ocorrência de doenças emergentes está estreitamente relacionada com as vulnerabilidades a que estão expostas as populações de áreas endêmicas. O objetivo deste artigo foi identificar a relação entre a ocorrência de doenças emergentes, com ênfase na Síndrome Pulmonar por Hantavírus, e as populações vulneráveis. A revisão de literatura foi realizada de janeiro a março de 2016 nos sistemas de dados Pub Med, Scientific Electronic Library Online, Medical Literature Analysis "and" Retrieval System Online e Literatura Latino- -americana e do Caribe em Ciências da Saúde, com as palavras-chave "Doenças Infecciosas" e "Populações Vulneráveis" e elencou 15 artigos ao final da aplicação dos critérios de inclusão. Os resultados indicaram que a Síndrome Pulmonar por Hantavírus está dentre as doenças emergentes que mais impactam na qualidade de vida das populações vulneráveis, pois sua transmissão relaciona-se com o contato com roedores silvestres, que normalmente estão presentes em regiões de transformações ambientais, áreas nas quais as comunidades de maior risco social residem. Em decorrência desse estreito contato com o ambiente silvestre em ampla modificação e problemas de saúde inespecíficos identificados nessas populações, é plausível que doenças emergentes como a Síndrome Pulmonar por Hantavírus estejam ocorrendo e não sejam diagnosticadas, possivelmente pela dificuldade de acesso aos serviços de saúde e das demais iniquidades sociais a que estão expostos. Concluiu-se que o acesso aos recursos sociais necessários para evitar a exposição aos agravos e a possibilidade de acessar os meios de proteção são reduzidos nas comunidades com residência em área rural ou silvestre e, assim, torna-se primordial a compreensão das relações entre a vulnerabilidade e o processo saúde- -doença dessas populações.

The occurrence of emerging diseases is closely related to the vulnerabilities to which populations of endemic areas are exposed. The objective of this article was to identify the relationship between the occurrence of emerging diseases, with emphasis on Hantavirus Pulmonary Syndrome, and vulnerable populations. The literature review was carried out from January to March 2016 in Pub Med, Scientific Electronic Library Online, Medical Literature Analysis and Retrieval System Online and Latin American and Caribbean Health Sciences Literature, with the keywords "Doenças Infecciosas" and "Populações Vulneráveis" and listed 15 articles at the end of the application of the inclusion criteria. The results indicated that Hantavirus Pulmonary Syndrome is among the emerging diseases that most influence in the quality of life of vulnerable populations, since its transmission is related to the contact with wild rodents, which are normally present in regions of environmental transformation, areas where the communities with the highest social risk live in. As result of this close contact with the broadly modified wilderness and nonspecific health problems identified in these populations, it is plausible that emerging diseases such as Hantavirus Pulmonary Syndrome are occurring and undiagnosed, possibly due to the difficulty in accessing health services and the social inequities to which they are exposed. In conclusion, the access to the social resources necessary to avoid exposure to the diseases and the possibility of access to the means of protection are reduced in the communities residing in rural or wild areas and, therefore, it becomes essential to understand the relations between the vulnerability and the health-disease process of these populations.

La aparición de enfermedades emergentes está estrechamente relacionada con las vulnerabilidades a las que están expuestas las poblaciones de áreas endémicas. El objetivo de este artículo fue identificar la relación entre la ocurrencia de enfermedades emergentes, con énfasis en el Síndrome Pulmonar por Hantavirus, y las poblaciones vulnerables. La revisión de literatura se llevó a cabo de enero a marzo de 2016 en los sistemas de datos Pub Med, Scientific Electronic Library Online, Medical Literature Analysis and Retrieval System Online y Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud, con las palabras clave "Doenças Infecciosas" y "Populações Vulneráveis" y enumeró 15 artículos al final de la aplicación de los criterios de inclusión. Los resultados indicaron que el Síndrome Pulmonar por Hantavirus está entre las enfermedades emergentes que más afectan a la calidad de vida de las poblaciones vulnerables, pues su transmisión se relaciona con el contacto con roedores silvestres, que normalmente están presentes en regiones de transformaciones ambientales, en que las comunidades de mayor riesgo social residen. En consecuencia, de este estrecho contacto con el ambiente silvestre en amplia modificación y problemas de salud inespecíficos identificados en esas poblaciones, es plausible que enfermedades emergentes como el Síndrome Pulmonar por Hantavirus estén ocurriendo y no sean diagnosticadas, posiblemente por la dificultad de acceso a los servicios de salud y las demás iniquidades sociales a las que están expuestos. Se concluyó que el acceso a los recursos sociales necesarios para evitar la exposición a los agravios y la posibilidad de acceder a los medios de protección son reducidos en las comunidades con residencia en área rural o silvestre y así se vuelve primordial la comprensión de las relaciones entre la vulnerabilidad y el proceso salud-enfermedad de esas poblaciones.
Descritores: Roedores
Hantavirus
Síndrome Pulmonar por Hantavirus
Doenças Transmissíveis Emergentes
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas



página 1 de 53 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde