Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.150.900.649.313.992.635.075 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 41 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 41 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Monteiro, Sílvia Gonzalez
Labruna, Marcelo Bahia
Texto completo
Id: biblio-899303
Autor: Gressler, Lucas Trevisan; Krawczak, Felipe da Silva; Knoff, Marcelo; Monteiro, Silvia Gonzalez; Labruna, Marcelo Bahia; Binder, Lina de Campos; Oliveira, Caroline Sobotyk de; Notarnicola, Juliana.
Título: Litomosoides silvai (Nematoda: Onchocercidae) parasitizing Akodon montensis (Rodentia: Cricetidae) in the southern region of Brazil / Litomosoides silvai (Nematoda: Onchocercidae) parasitando Akodon montensis (Rodentia: Cricetidae) na região Sul do Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;26(4):433-438, Oct.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP; . CNPq; . CAPES.
Resumo: Abstract In the present study, Litomosoides silvai parasitizing Akodon montensis in the southern region of Brazil is reported for the first time. New morphological information is provided for some structures of this nematode species, such as a flattened cephalic extremity, presence of two dorsal cephalic papillae, female tail with a constriction at its tip, "s" shaped vagina, spicules characteristic of the carinii species group and microfilaria tail constricted at the tip. This nematode was found parasitizing the thoracic cavity with a prevalence of 10% (2/20), mean intensity of 4 (6/2), mean abundance of 0.4 (8/20) and range of infection of 2-6 specimens per host, in southern Brazil. This occurrence of L. silvai in A. montensis is a new geographical record for southern Brazil, in the Upper Paraná Atlantic Forest ecoregion of the northwestern region of Rio Grande do Sul, which is part of the Atlantic Forest biome.

Resumo No presente estudo é relatado pela primeira vez Litomosoides silvai parasitando Akodon montensis coletados na região Sul do Brasil. Foram fornecidas novas informações morfológicas para algumas estruturas desta espécie de nematódeo, tais como extremidade cefálica achatada, a presença de duas papilas cefálicas dorsais, cauda das fêmeas com uma constrição na ponta da cauda, vagina em forma de "s", espículas de característica do grupo de espécies de carinii e cauda da microfilária com constrição na ponta. Este nematódeo parasitava a cavidade torácica com uma prevalência de 10% (2/20), intensidade média de 4 (8/2) e abundância média de 0,4 (8/20), e intervalo de infecção de 2-6 espécimes por hospedeiro no Sul do Brasil. A ocorrência de L. silvai em A. montensis é um novo registro geográfico, no sul do Brasil, a noroeste do estado do Rio Grande do Sul, na ecorregião da Mata Atlântica do Alto Paraná, parte do bioma da Mata Atlântica.
Descritores: Oncocercose/veterinária
Arvicolinae/parasitologia
-Onchocerca/anatomia & histologia
Onchocerca/fisiologia
Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-828111
Autor: Wolf, R W; Rossi, R V; Aragona, M; Aguiar, D M.
Título: First record of Pseudoryzomys simplex (Cricetidae, Sigmodontinae) in a flooded area of the Pantanal, Brazil / Primeiro registro de Pseudoryzomys simplex (Cricetidae, Sigmodontinae) em área alagada do Pantanal, Brasil
Fonte: Braz. j. biol;76(4):1054-1057, Oct.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Pseudoryzomys simplex is a small to medium sized terrestrial rodent confined to lowland open areas with strong seasonal rainfall throughout the Chaco, Cerrado and Caatinga. Despite its extensive range, the species is difficult to trap. In this report we provide the first record of P. simplex in the Pantanal, where three specimens were collected in a pasture of exotic grass. The specimens are morpometrically similar to the population from Paraguay (Chaco). In this sense, our report shows how interesting a taxonomic review of the species would be to better understand the real significance of the geographic variation herein observed.

Resumo Pseudoryzomys simplex é um roedor terrestre de pequeno a médio porte que ocorre em áreas abertas de planícies com fortes precipitações sazonais ao longo dos Chaco, Cerrado e Caatinga. Apesar de sua extensa distribuição, a espécie é difícil de ser capturada. No presente estudo, fornecemos o primeiro registro de P. simplex no Pantanal, onde três espécimes foram coletados em uma pastagem de capim exótico. Os espécimes são morfometricamente semelhantes à da população do Paraguai (Chaco). Neste sentido, o nosso relatório mostra quão interessante seria uma revisão taxonômica das espécies para melhor compreender o significado real da variação geográfica aqui observada.
Descritores: Sigmodontinae
Arvicolinae
Inundações
-Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-839175
Autor: Sandoval Salinas, M L; Barquez, R M; Colombo, E M; Sandoval, J D.
Título: Intra-specific pelage color variation in a South American small rodent species / Variação intraespecífica da cor da pelagem de uma espécie de pequeno roedor sul-americano
Fonte: Braz. j. biol;77(1):1-11, Jan-Mar. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Intra-specific color variation is often underestimated by researchers, and among mammals, intra-specific differences in coloration are poorly documented for most species. The main goal of this study was to apply an objective color measurement methodology to the study of a specific problem: the detection, if any, of patterns of changes in the fur color of specimens of Akodon budini in relation to biological (i.e., sex) and environmental (i.e., season) variables. We hypothesize that coat color will be more homogeneous in males than in females and that coat color will be darker in winter than in summer, the latter being orange. We measured the pelage color on five points over the dorsal surface of 26 A. budini museum specimens using a spectroradiometer and a diffuse illumination cabin. We used Principal Component Analysis to describe the association between the color variables, sex and season, and each of the observations. We then used general linear models of Analysis of Variance to examine relationships between color data, season, and sex. The results clearly confirm the hypothesis related to seasonal coat color change but do not directly confirm the hypothesis related to changes in coat color in relation to sex, and we show the complexity of the studied pattern. In conclusion, undoubtedly, the studied variables should accordingly be considered when studying the coloration of specimens for characterization, identification and discrimination of different taxonomic units based on color.

Resumo Variação de cor intra-específica é muitas vezes subestimada pelos pesquisadores, e entre espécies de mamíferos, as diferenças intra-específicas na coloração são pouco conhecidas para a maioria das espécies. O principal objetivo deste estudo foi aplicar uma metodologia objetiva de medição de cor para o estudo de um problema específico: a detecção de padrões de mudanças na cor da pele de espécimes de Akodon budini em relação a variáveis biológicas (i.e., sexo) e ambientais (i.e., temporada), se houver. Nossa hipótese é que a cor da pelagem do sexo masculino será mais homogênea do que a de fêmeas e que a cor da pelagem do inverno vai ser mais escura do que a de verão, sendo esta última mais laranja. Medimos a cor da pelagem em cinco pontos sobre a superfície dorsal de 26 espécimes de museu de A. budini usando um espectroradiômetro e uma cabine de iluminação difusa. Usamos Análise de Componentes Principais para descrever a associação entre as variáveis de cor, sexo e temporada, e cada uma das observações. Em seguida, usamos modelos lineares gerais da Análise de Variância para verificar as relações entre os dados de cor, temporada, e sexo. Os resultados confirmam claramente a hipótese relacionada à mudança sazonal de cor da pelagem, mas não confirmam diretamente a hipótese relacionada com alterações na cor da pelagem em relação ao sexo, e vamos mostrar a complexidade do modelo estudado. Em conclusão, sem dúvida, as variáveis estudadas devem consequentemente ser tidas em conta quando se estuda a coloração de amostras para caracterização, identificação e discriminação de diferentes unidades taxonômicas com base na cor.
Descritores: Cor de Cabelo/fisiologia
Arvicolinae/fisiologia
-Estações do Ano
Caracteres Sexuais
Meio Ambiente
Mamíferos
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-990802
Autor: Yáñez-Meza, Andrea; Landaeta-Aqueveque, Carlos; Quiroga, Nicol; Botto-Mahan, Carezza.
Título: Helminthic infection in three native rodent species from a semiarid Mediterranean ecosystem / Infecção por helmintos em três espécies de roedores nativos em um ecossistema mediterrâneo
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;28(1):119-125, Jan.-Mar. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CONICYT-FONDECYT; . CONICYT Fellowship.
Resumo: Abstract Helminth parasites are still not a well-known component of animal biodiversity. In this study, we describe and compare the endoparasite assemblages of three native rodent species from a semiarid Mediterranean ecosystem. A total of eight species of gastrointestinal helminth parasites were detected. The endoparasitic communities of the rodents Phyllotis darwini (5 species), Octodon degus (4 species), and Abrothrix olivaceus (3 species) were described in terms of their prevalence and mean abundance. In addition, endoparasite records by rodent species were submitted to rarefaction analyses to verify sampling robustness and used to compare richness and similarity among rodent species. O. degus presented the highest prevalence and parasitic load, but was of low diversity, while P. darwini presented the highest diversity, but had a low prevalence rate. Conversely, A. olivaceus presented the lowest prevalence and diversity. This study contributes to the existing knowledge of the endoparasitic fauna of rodent species from semiarid Mediterranean zones.

Resumo Os helmintos parasitas não são um componente ainda bem conhecido da biodiversidade animal. Neste trabalho, descreveu-se e comparou-se as redes de endoparasitas de três espécies de roedores nativos de um ecossistema mediterrâneo semiárido. No estudo foram detectadas um total de oito de espécies de helmintos gastrointestinais parasitas. As comunidades endoparasíticas dos roedores Phyllotis darwini (5 espécies), Octodon degus (4 espécies) e Abrothrix olivaceus (3 espécies) foram descritas por meio da sua prevalência e abundância média. Além disso, os registros de endoparasitas achados nas diferentes espécies de roedores foram submetidos a uma análise de rarefação para verificar a robustez da amostragem, e utilizados para comparar a riqueza e a similaridade entre espécies de roedores. Octodon degus apresentou a maior prevalência e carga parasitária, menor diversidade, enquanto P. darwini apresentou a maior diversidade, mas uma baixa prevalência. Porém, A. olivaceus apresentou a menor prevalência e diversidade de parásitas. Este estudo representa uma contribuição ao conhecimento da fauna endoparasitária das espécies de roedores próprias das zonas semi-áridas do Mediterrâneo chileno.
Descritores: Doenças dos Roedores/parasitologia
Arvicolinae/parasitologia
Octodon/parasitologia
Gastroenteropatias/veterinária
Helmintíase Animal/parasitologia
-Estações do Ano
Chile
Ecossistema
Gastroenteropatias/parasitologia
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-526791
Autor: Schatzmayr, Hermann G; Simonetti, Bruno R; Abreu, Danielle C; Simonetti, José P; Simonetti, Sandra R; Costa, Renata V. C; Gonçalves, Márcia Cristina R; D'Andréa, Paulo Sérgio; Gerhardt, Marconny; Silva, Manuel E. Vieira; Farias-Filho, José C; Barth, Ortrud M.
Título: Animal infections by vaccinia-like viruses in the state of Rio de Janeiro: an expanding disease / Infecções animais por vírus semelhantes ao vaccínia no estado do Rio de Janeiro: uma doença em expansão
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;29(7):509-514, July 2009. ilus.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . FAPERJ.
Resumo: In the present study we investigated the presence of infections by vaccinia-like viruses in dairy cattle from 12 counties in the state of Rio de Janeiro in the last 9 years. Clinical specimens were collected from adult animals with vesicular/pustular lesions mainly in the udder and teats, and from calves with lesions around the nose and mouth. A plaque reduction neutralization test (PRNT) was applied to search for antibodies to Orthopoxvirus; the vesicular/pustular fluids and scabs were examined by PCR, electron microscopy (EM) and by inoculation in VERO cells for virus isolation. Antibodies to Orthopoxvirus were detected in most cases. The PCR test indicated a high nucleotide homology among the isolates and the vaccinia viruses (VACV) used as controls. By EM, typical orthopoxvirus particles were observed in some specimens. The agents isolated in tissue culture were confirmed as vaccinia-like viruses by EM and PCR. The HA gene of the vaccinia-like Cantagalo/IOC virus isolated in our laboratory was sequenced and compared with other vaccinia-like isolates, showing high homology with the original Cantagalo strain, both strains isolated in 1999 from dairy cattle. Antibodies to Orthopoxvirus were detected in one wild rodent (genus Akodon sp.) collected in the northwestern region of the state, indicating the circulation of poxvirus in this area. Nonetheless, PCR applied to tissue samples collected from the wild rodents were negative. Vesicular/pustular lesions in people in close contact with animals have been also recorded. Thus, the vaccinia-like virus infections in cattle and humans in the state seem to be an expanding condition, resulting in economic losses to dairy herds and leading to transient incapacitating human disease. Therefore, a possible immunization of the dairy cattle in the state should be carefully evaluated.

Neste estudo avaliou-se a presença de infecções por vírus semelhantes ao vírus vaccínia (VACV) em gado leiteiro em 12 municípios no estado do Rio de Janeiro, ao longo dos últimos nove anos. Amostras clínicas foram coletadas de animais com vesículas, pústulas e crostas no úbere e tetas, e da região do nariz e da cavidade oral de bezerros. Um teste de neutralização viral por redução de placas foi desenvolvido para investigar a presença de anticorpos contra Orthopoxvirus. Os fluidos de vesículas / pústulas e as crostas foram testadas por PCR, microscopia eletrônica (ME) e por inoculação em células VERO para isolamento viral. Anticorpos contra Orthopoxvirus foram detectados na grande maioria dos animais. O teste de PCR demonstrou homologia entre os vírus isolados e amostras de vírus vaccínia usados como controles. Na ME, partículas típicas de Orthopoxvirus foram observadas em vários espécimes analisados. Os vírus isolados em cultivo celular foram confirmados como Orthopoxvirus por PCR e ME. O gene HA da amostra Cantagalo/IOC isolada em nosso laboratório foi seqüenciado e comparado com outras amostras semelhantes ao vaccínia, mostrando uma alta homologia com a amostra original Cantagalo, tendo sido as duas amostras isoladas em 1999 de gado leiteiro. Anticorpos para Orthopoxvirus foram detectados em um roedor silvestre do gênero Akodon sp. coletado na região noroeste do estado, sugerindo uma circulação de poxvírus na natureza. No entanto, os testes de PCR aplicados a tecidos de roedores silvestres foram negativos. Infecções vesiculares / pustulares em humanos que mantinham contato com os animais afetados também foram relatadas. Assim, infecções por amostras semelhantes ao vírus VACV em bovinos e em humanos parecem em expansão no estado, gerando perdas econômicas em animais e quadros de doença incapacitante temporária em pacientes humanos. Dessa forma, a possibilidade da imunização do gado leiteiro no estado deve ser devidamente avaliada.
Descritores: Infecções por Poxviridae/complicações
Infecções por Poxviridae/diagnóstico
Infecções por Poxviridae/epidemiologia
Infecções por Poxviridae/veterinária
Microscopia Eletrônica/métodos
Orthopoxvirus/isolamento & purificação
Reação em Cadeia da Polimerase/métodos
-Arvicolinae
Bovinos
Brasil/epidemiologia
Testes de Neutralização/métodos
Testes de Neutralização/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-746622
Autor: Melo, Ernesto Lima Araujo; Paula, Francisco Thiago Martins de; Siqueira, Rainne André; Ribeiro, Sariane Coelho.
Título: Biliary colon: an unusual case of intestinal obstruction / Cólon biliar: um caso incomum de obstrução intestinal
Fonte: Radiol. bras;48(2):127-128, Mar-Apr/2015. graf.
Idioma: en.
Descritores: Arvicolinae/microbiologia
Variação Genética
Genoma Bacteriano
Mycobacterium/classificação
Mycobacterium/patogenicidade
Análise de Sequência com Séries de Oligonucleotídeos
Tuberculose/microbiologia
-Proteínas de Bactérias/genética
Deleção de Genes
Genômica
Mycobacterium tuberculosis/classificação
Mycobacterium tuberculosis/genética
Mycobacterium/química
Mycobacterium/genética
Virulência
Limites: Animais
Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Research Support, U.S. Gov't, P.H.S.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-696017
Autor: Li, Rong; Wu, Guo-Jun; Xiong, De-Hui; Gong, Qiang; Yu, Ruan-Jing; Hu, Wei-Xin.
Título: A Microtus fortis protein, serum albumin, is a novel inhibitor of Schistosoma japonicum schistosomula
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;108(7):865-872, 1jan. 2013. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: NSFC.
Resumo: Schistosomiasis is an endemic parasite disease and praziquantel is the only drug currently in use to control this disease. Experimental and epidemiological evidence strongly suggests that Microtus fortis ( Mf ) is a naturally resistant vertebrate host of Schistosoma japonicum . In the present study, we found that Mf serum albumin ( Mf -albumin) and the conditioned medium of pcDNA3.1- Mf -albumin caused 46.2% and 38.7% schistosomula death rates in 96 h, respectively, which were significantly higher than that of the negative control (p < 0.05). We also found that mice injected with Mf -albumin had a 43.5% reduction in worm burden and a 48.1% reduction in liver eggs per gram (p < 0.05) in comparison to the control animals. To characterise the mechanisms involved in clearance, schistosomula were incubated with fluorescein isothiocyanate-labelled Mf -albumin and fluorescent enrichment effects were found in the gut lumen of schistosomula after 48 h of incubation. Next, digestive tract excretions from schistosomula were collected and the sensitivity of Mf -albumin to digestive tract excretions was evaluated. The results indicated that schistosomula digestive tract excretions showed indigestibility of Mf -albumin. The death of schistosomula could be partially attributed to the lack of digestion of Mf -albumin by digestive tract excretions during the development of the schistosomula stage. Therefore, these data indicate the potential of Mf -albumin as one of the major selective forces for schistosomiasis.
Descritores: Arvicolinae/parasitologia
Schistosoma japonicum/efeitos dos fármacos
Albumina Sérica/farmacologia
-Cromatografia de Afinidade
Albumina Sérica/isolamento & purificação
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-671624
Autor: Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária; Onofrio, Valeria Castilho; Nieri-Bastos, Fernanda Aparecida; Sampaio, Janio dos Santos; Soares, João Fábio; Silva, Maria José de Jesus; Barros-Battesti, Darci Moraes.
Título: Noteworthy records of Ixodes schulzei (Acari: Ixodidae) on rodents from the State of Parana, southern Brazil / Relatos de Ixodes schulzei (Acari: Ixodidae) em roedores do Estado do Paraná, sul do Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;22(1):159-161, jan-mar/2013. graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Ixodes schulzei Aragão & Fonseca is an endemic tick to Brazil and has already been reported in the northern (State of Rondonia), southeastern (States of Minas Gerais, Rio de Janeiro and Sao Paulo) and southern (State of Santa Catarina) regions, always found in association with the water rat Nectomys squamipes (Brandt). This communication records the first occurrence of this tick species in the State of Parana, southern region of Brazil, and it constitutes its first report on Akodon montensis (Thomas) and Oryzomys russatus (Wagner) hosts.

Ixodes schulzei Aragão & Fonseca é um carrapato endêmico do Brasil e já foi relatado nas regiões Norte (estado de Rondônia), Sudeste (estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo) e Sul (estado de Santa Catarina), tendo sido encontrado sempre em associação com o rato d'água Nectomys squamipes (Brandt). Esta comunicação registra a primeira ocorrência dessa espécie de carrapato no estado do Paraná, região Sul do Brasil e constitui o primeiro relato de Akodon montensis (Thomas) e Oryzomys russatus (Wagner) como hospedeiros.
Descritores: Arvicolinae/parasitologia
Ixodidae/fisiologia
Sigmodontinae/parasitologia
-Brasil
Limites: Animais
Feminino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-615992
Autor: Lenzi, Jane Guilhermina Arnt.
Título: Estudo do modelo Calomys callosus Rengger, 1830 (rodentia: cricetidae)na infecção por schistosoma mansoni sambon,1907; parâmetros parasitológicos e histopatológicos / Study of Calomys callosus model Rengger, 1830 (Rodentia: Cricetidae) in Schistosoma mansoni infection sambon, 1907; parasitological and histopathological parameters.
Fonte: Salvador; s.n; 1998. 306 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Estudos experimentais têm falhado em reproduzir a patologia humana da infecção esquistossomótica mansônica, justificando a procura de modelos alternativos. O objetivo deste trabalho foi estudar parâmetros parasitológicos e histopatológicos em Cc infectado com Sm usando Swiss Webster (SW) (infectado com Sm) como padrão. Número igual de Cc e SW, pareados em idade, foram percutaneamente infectados com 70 cercárias de Sm e sacrificados diariamente do 20°. ao 41°. dia (três animais/grupo/dia) e nos dias 42,45,50,55 (fase aguda), 80,90 (transicional) e 160 (fase crônica) após a infecção (10 animais/grupo/pontos). Amostras de figado, intestino, pâncreas, mesentério, omento e pulmões foram fixadas em Fonnalina-Millonig de Carson, processadas e incluídas em parafina. Secções de tecido foram coradas com HE e outras colorações especiais para exame em microscopia de campo claro, polarização e de varredura confocal a laser. Imunohistologia para matriz extracelular, citoesqueleto, vasos sangüíneos, enzimas teciduais (gelatinase e lisil-oxidase) foi feita em cortes de criostato, e/ou parafina. Intestino foi examinado em TEM e SEM. O colágeno do figado foi avalido por método colorimétrico em secções de parafina. O tamanho dos granulomas hepáticos e sua densidade de superfície de colágeno foram medidos por análise de imagem em computador. Parâmetros biológicos e quantitativos foram investigados por técnicas histológicas em fígado, intestino, pâncreas e pulmões. Recuperação de vennes adultos, contagem de ovos no fígado, intestino e pulmões por digestão cáustica (KOH a 4%), oograma qualitativo e contagem de ovos nas fezes (Kato-Katz) foram também realizados. Os seguintes eventos (dias de infecção) foram registrados em C. callosus: acasalamento de vennes adultos (26°.); ovos no fígado, intestino (imaturos=31°.; maduros com miracídios=34°.) e pâncreas (imaturos=32°.; maduros com miracídio=37°.); recuperação de vennes adultos: 14-39% (45°.), 16-20% (90°.), 4-20% (160°.); proporção de machos> fêmeas (45°. & 90°.),1:1 (160°.); pico de número de ovos (tecidos) (90°.); número de ovos retidos em tecido/fêmea/dia=160; início da eliminação de ovos nas fezes (35°.); e retenção de ovos em intestino> fígado. Os principais achados histopatológicos em C. callosus foram: resposta periovular diferente, confonne o local anatômico, com granulomas menores e menos fibróticos que os encontrados em camundongos, compostos principalmente por macrófagos, mesmo na fase aguda inicial, sem evidências de modulação marcante; dois padrões de reação intestinal: nodular (com fibrogênese e angiogêne) e nãonodular; pancreatite granulomatosa freqüente, com graus variáveis; mobilização mastocitária em intestino (intra-epitelial), mesentério, omento, pâncreas, quase ausente em fígado; e grande ativação de manchas lácteas ("mi1ky spots") omentais e mesentéricas. Os aspectos parasitológicos foram semelhantes em C. callosus e camundongos. Embora os granulomas de Cc fossem menores, menos fibróticos, sem sinais histopato1ógicos de hipersensibilidade, eles foram efetivos em circunscrever os ovos de S. mansoni, evitando necrose hepática parenquimatosa. Os nódulos intestinais podem ser usados como um modelo de fibrogênese e angiogênese concomitantes em esquistossomose mansônica experimental.
Descritores: Arvicolinae/genética
Parasitologia
Schistosoma mansoni/parasitologia
Limites: Animais
Tipo de Publ: Biografia
Responsável: BR344.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Pires de SantAnna
BR344.1 Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Sant'Anna


  10 / 41 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-492035
Autor: Lareschi, Marcela.
Título: The relationship of sex and ectoparasite infestation in the water rat Scapteromys aquaticus (Rodentia: Cricetidae) in La Plata, Argentina
Fonte: Rev. biol. trop;54(2):673-679, jun. 2006. tab.
Idioma: en.
Resumo: I studied the relationship between sex and infestation with ectoparasites in the water rat Scapteromys aquaticus from La Plata river marshland, Argentina. The Relative Density's Index (RDI) for males was 3.90% (females 3.60%). A total of 2653 ectoparasites were collected on 33 male hosts, and 1945 on 31 females. Ectoparasite specific richness (S) and diversity (H) were S = 14, H = 1.17 on males, and S = 10, H = 1.52 on females. The similarity between male and female rodents according to their ectoparasites was 75.00%. Although no ectoparasite species showed significant mean abundance (MA) differences between host sexes (p < 0.05), and only Laelaps manguinhosi prevalence was significantly higher on male hosts (N = 2.01, p < 0.05) in this study, there are reasons to think that the sex of the water rat affects ectoparasite burden and specific richness. This information has epidemiological potential because the closely related Scapteromys tumidus is involved in the transmission of Rickettsia coronii, which causes Marsella fever in humans.

Se estudió la interrelación entre el sexo de la rata de agua Scapteromys aquaticus y su infestación por ectoparásitos en la ribera del Río de la Plata, Argentina. El índice de densidad relativa de los machos fue 3.90 % y el de las hembras 3.60%. Se recolectó 2653 ectoparásitos de 33 machos y 1945 de 31 hembras. La riqueza (S) y diversidad específicas (H) de los ectoparásitos fueron S = 14, H = 1.17 en los machos y S = 10, H = 1.52 en las hembras. La similitud entre sexos fue del 75.00%. Si bien ningún ectoparásito en este estudio mostró diferencias significativas en su abundancia media entre los hospedadores de diferente sexo (p<0.05) y sólo la prevalencia de Laelaps manguinhosi fue significativamente mayor en los machos (N = 2.01, p<0.05), otros datos sugieren que sí existe un patrón de diferencias sexuales.
Descritores: Arvicolinae/parasitologia
Reservatórios de Doenças
Doenças dos Roedores/parasitologia
Ectoparasitoses/veterinária
Interações Hospedeiro-Parasita/fisiologia
Vetores Artrópodes/fisiologia
-Argentina/epidemiologia
Ecossistema
Ectoparasitoses/epidemiologia
Febre Botonosa/transmissão
Umidade
Densidade Demográfica
Rickettsia conorii/fisiologia
Caracteres Sexuais
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde