Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.150.900.833.393 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 129 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 13 ir para página                         

  1 / 129 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-394092
Autor: Oda, Welton Yudi.
Título: Communal egg laying by Gonatodes humeralis (Sauria, Gekkonidae) in Manaus primary and secondary forest areas
Fonte: Acta amaz;34(2):331-332, 2004.
Idioma: en.
Resumo: Desovas comunais tem sido registradas para inúmeras espécies de lagartos em diferentes regiões. Neste estudo, estão descritas desovas comunais de Gonatodes humeralis em diferentes localidades próximas, no interior de construções humanas no período entre 1990 e 1998. Todas estas desovas comunais foram encontradas na estação seca, entre abril e julho, sugerindo que estas desovas são mais comuns neste período, quando a atividade dos predadores é menos intensa e a redução da umidade diminui a ação decompositora dos fungos que pode matar os ovos.
Descritores: Óvulo
Relação entre Gerações
Lagartos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 129 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-777527
Autor: Macedo, Lilian Cristina; Melo, Francisco Tiago de Vasconcelos; Ávila-Pires, Teresa Cristina Sauer; Giese, Elane Guerreiro; Santos, Jeannie Nascimento dos.
Título: Acanthocephala Larvae parasitizing Ameiva ameiva ameiva (Linnaeus, 1758) (Squamata: Teiidae) / Larvas de Acanthocephala parasitando Ameiva ameiva ameiva (Linnaeus, 1758) (Squamata: Teiidae)
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;25(1):119-123, Jan.-Mar. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Knowledge concerning the taxonomy and biology of species of Acanthocephala, helminth parasites of the helminth species of the phylum Acanthocephala, parasites of lizards in Brazilian Amazonia, is still insufficient, but reports of Acanthocephala in reptiles are becoming increasingly common in the literature. Cystacanth-stage Acanthocephalan larvae have been found in the visceral peritoneum during necropsy of Ameiva ameiva ameivalizards from the “Osvaldo Rodrigues da Cunha” Herpetology Collection of the Emílio Goeldi Museum, Belém, Pará, Brazil. The aim of this study was to present the morphological study of the Acanthocephala larvae found in A. ameiva ameiva lizard.

Resumo O conhecimento a respeito da taxonomia e da biologia das espécies de Acanthocephala, helmintos parasitos das espécies de lagartos da Amazônia Brasileira ainda é insuficiente, mas o registro do encontro de acantocéfalos em répteis é cada vez mais comum na literatura. Foram encontradas larvas de acantocéfalos em fase cistacanto durante a necropsia, no peritônio visceral, de lagartos Ameiva ameiva ameiva provenientes da Coleção Herpetológica “Osvaldo Rodrigues da Cunha” do Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, Pará. O objetivo é apresentar um estudo morfológico de larvas de Acanthocephala encontradas em A. ameiva ameiva.
Descritores: Acantocéfalos/anatomia & histologia
Acantocéfalos/ultraestrutura
Lagartos/parasitologia
-Brasil
Larva/anatomia & histologia
Larva/ultraestrutura
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 129 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1042450
Autor: Reboredo-Fernández, Aurora; Ares-Mazás, Elvira; Galán, Pedro; Cacciò, Simone Mario; Gómez-Couso, Hipólito.
Título: Detection of zoonotic and livestock-specific assemblages of Giardia duodenalis in free-living wild lizards / Detecção de genótipos de Giardia duodenalis zoonóticos e específicos de ruminantes domésticos em lagartos selvagens
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;26(3):395-399, July-Sept. 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: Spanish Ministry of Education and Science; . Department of Culture, Education and University of the Autonomous Government of Galicia.
Resumo: Abstract Giardia duodenalis is a zoonotic parasite that infects the gut of a wide range of vertebrates, including numerous wildlife species. However, little is known about this protozoan parasite in reptiles. Fecal samples from 31 wild lizards were collected in Galicia (northwest Spain) and screened for the presence of Giardia by PCR amplification and sequencing of the ITS1-5.8S-ITS2 region in the ribosomal unit. This allowed detection of the parasite in 5 samples (16.1%), and enabled identification of G. duodenalis assemblage A2 in two samples of Iberian rock lizard (Iberolacerta monticola), G. duodenalis assemblage B in other two samples of I. monticola, and G. duodenalis assemblage E in one sample of Bocage's wall lizard (Podarcis bocagei). The results obtained after PCR amplification and sequencing of the SSU-rDNA gene confirmed the presence of G. duodenalis assemblage A in two samples of I. monticola. This is the first report of G. duodenalis in free-living lizards, although further studies are needed to distinguish between actual infection and mechanical dissemination of cysts. The detection of zoonotic and livestock-specific assemblages of G. duodenalis demonstrates the wide environmental contamination by this parasite, possibly due to human activities.

Resumo Giardia duodenalis é um parasito zoonótico que infecta o intestino delgado de uma ampla gama de vertebrados, sendo detectado em numerosas espécies selvagens. No entanto, pouco se conhece sobre a presença deste parasito protozoário em répteis. Para estudar a presença de Giardia, foram obtidas amostras fecais provenientes de 31 lagartos e coletadas em diferentes localizações de Galicia (Noroeste da Espanha). Mediante a aplicação da técnica de PCR e posterior sequenciamento da região ITS1-5.8S-ITS2 da unidade ribossômica, detectou-se Giardia em 5 amostras (16,1%), identificando-se o genótipo A2 de G. duodenalis em 2 amostras de lagartos da montanha (Iberolacerta monticola), G. duodenalis genótipo B em outras 2 amostras de I. monticola e G. duodenalis genótipo E em outra amostra de lagarto de Bocage (Podarcis bocagei). Os resultados obtidos, após amplificação e sequenciamento de um fragmento do gene SSU-rDNA, confirmam a presença de G. duodenalis genótipo A em 2 amostras de I. monticola. Esta é a primeira vez que se descreve G. duodenalis em lagartos selvagens, embora sejam necessários outros estudos complementares para confirmar se estes animais sofrem uma infecção real ou se apenas atuam como disseminadores mecânicos da contaminação ambiental. Além disso, a detecção de genótipos zoonóticos e específicos de ruminantes domésticos demonstra a contaminação do ambiente selvagem por G. duodenalis, possivelmente devido à atividade humana.
Descritores: Giardíase/veterinária
Giardia lamblia/classificação
Lagartos/parasitologia
-Zoonoses/parasitologia
Giardíase/parasitologia
Fezes/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 129 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1118840
Autor: ALMEIDA-CORRÊA, Thais; FRAZÃO, Luciana; COSTA, Diogo Magalhães; MENIN, Marcelo; KAEFER, Igor Luis.
Título: Effect of environmental parameters on squamate reptiles in an urban forest fragment in central Amazonia
Fonte: Acta amaz;50(3):239-245, jul. - set. 2020.
Idioma: en.
Resumo: The increasing urbanization of the Amazonian biome has promoted the creation of several forest fragments surrounded by an urban matrix, but the relationship of animal assemblages to the urban environment, especially in forest fragments, is poorly known. Here we aimed to 1) determine the composition of the squamate fauna of the largest urban forest fragment from central Amazonia, in the Brazilian city of Manaus, and 2) evaluate the influence of environmental parameters on assemblage diversity. We sampled 10 standardized riparian plots through visual search in six surveys between 2008/09 and 2015, totaling 360 observer-hours. We found 15 species of lacertoids (lizards and amphisbaenians) and seven species of snakes through active search. After considering occasional encounters and search in museum collections, we recorded a total of 24 lacertoid and 22 snake species. Multiple regression models indicated that species richness and abundance of individuals increased with the distance from the edge of the fragment, while other structural parameters of the environment did not affect the assemblage. We conclude that this forest fragment 1) consists of a subset of the regional species pool, and 2) undergoes reduction of species richness and abundance of individuals from the center to the borders. This and additional urban forest fragments should be continually monitored in order to evaluate their long-term role in maintaining the tropical biodiversity. (AU)
Descritores: Serpentes
Amphisbaena vermicularis
Lagartos
-Répteis
Urbanização
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 129 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888760
Autor: Teixeira, A A M; Brito, S V; Teles, D A; Ribeiro, S C; Araujo-Filho, J A; Lima, V F; Pereira, A M A; Almeida, W O.
Título: Helminths of the Lizard Salvator merianae (Squamata, Teiidae) in the Caatinga, Northeastern Brazil / Helmintos do lagarto Salvator merianae (Squamata, Teiidae) na Caatinga, Nordeste do Brasil
Fonte: Braz. j. biol;77(2):312-317, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: Abstract The lizard Salvator merianae is a widely distributed species in South America, occurring from southern Amazonia to the eastern Andes and northern Patagonia. Studies on the parasitic fauna of this lizard have revealed that it is a host for helminths in various Brazilian biomes. The present work provides new parasitological data on the gastrointestinal nematodes associated with the lizard S. merianae. Sixteen specimens were analyzed from nine different locations in a semi-arid region in northeastern Brazil. Five species of nematodes were identified. Oswaldofilaria petersi was first recorded as a parasite of the S. merianae, thus increasing the knowledge of the fauna of parasites that infect large Neotropical lizards.

Resumo O lagarto Salvator merianae é uma espécie bem distribuída na América do Sul, ocorrendo do sul da Amazônia até o leste dos Andes e norte da Patagônia. Estudos com a fauna parasitária desse lagarto revelaram que ele hospeda helmintos em vários biomas brasileiros. O presente trabalho fornece novo dado parasitológico sobre nematoda gastrointestinal associado ao lagarto S. merianae. Dezesseis amostras foram analisadas a partir de nove localidades diferentes na região semiárida do nordeste do Brasil. Foram identificadas cinco espécies de nematóide. Oswaldofilaria petersi foi registrado pela primeira vez parasitando S. merianae, aumentando assim o conhecimento da fauna de parasitas que infectam grandes lagartos neotropicais.
Descritores: Lagartos
Nematoides/isolamento & purificação
Infecções por Nematoides/veterinária
-Brasil
Infecções por Nematoides/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 129 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888819
Autor: Magalhães-Júnior, A J C; Moura, G J B; Ribeiro, L B; Azevedo-Júnior, S M.
Título: Potential distribution and conservation of the Colobosauroides carvalhoi Soares and Caramaschi, 1998: a rare and endemic lizard of Northeast Brazil / Distribuição potencial e conservação de Colobosauroides carvalhoi Soares and Caramaschi, 1998: um lagarto raro e endêmico do nordeste do Brasil
Fonte: Braz. j. biol;77(4):686-695, Nov. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Ecological niche modeling has contributed to the investigation of the geographical distribution and conservation of rare or little recorded species. Therefore, we studied the known and potential distributions of Colobosauroides carvalhoi Soares and Caramaschi 1998 and discuss the implications for its conservation. Data were obtained by manual collections made in quarterly samplings in three different regions, considering the regions with occurrence records and surrounding areas. The known distribution was determined by occurrence records and literature data, and potential distribution was estimated with an ecological niche model by the MaxEnt algorithm. Twenty-five specimens were collected exclusively in forest formations of Caatinga and Caatinga-Cerrado. Our data corroborated the relative rarity of C. carvalhoi and reflected the biogeographical history of the group, where it is restricted to forest formations with milder environmental conditions. The occurrence records indicated new records of C. carvalhoi, but the known distribution value is compatible with a restricted distribution. The ecological niche model estimated few areas with environmental suitability for the species and corroborated the restricted and relict distribution patterns. Finally, the known and potential distribution values ​​were compatible with criteria for threatened species. These results suggest a worrisome scenario for C. carvalhoi conservation. However, the limited data about the species population do not allow the proper definition of its conservation status. Therefore, we suggest using potential distribution values with alternative criteria for redefining the conservation status of C. carvalhoi and the development of new studies that support a better assessment of its conservation aspects.

Resumo A modelagem ecológica de nicho vem contribuindo para investigar a distribuição geográfica e conservação de espécies raras ou com poucos registros de ocorrência. Neste sentido, investigou-se a distribuição conhecida e potencial da espécie Colobosauroides carvalhoi Soares & Caramaschi, 1998, discutindo as implicações para a conservação da espécie. Os dados foram coletados por meio de coletas manuais realizadas em amostragens trimestrais realizadas em três regiões distintas, considerando as regiões com registros de ocorrência conhecidos e áreas adjacentes. A distribuição conhecida foi determinada a partir dos novos registros de ocorrência e dados da literatura e a distribuição potencial estimada por meio de um modelo ecológico de nicho com uso do algoritmo MaxEnt. Vinte e cinco exemplares da espécie C. carvalhoi foram coletados exclusivamente em formações arbóreas da Caatinga e áreas de interface entre a Caatinga e o Cerrado. Estes resultados corroboram a relativa raridade da espécie e refletem a história biogeográfica do grupo, relacionada a ambientes florestados e que apresentam condições ambientais mais amenas. Os registros de ocorrência de C. carvalhoi indicam novos registros, entretanto, o valor de distribuição conhecida foi compatível com valores de distribuição restrita. O modelo ecológico de nicho estimou poucas áreas adequadas à ocorrência da espécie, corroborando um padrão de distribuição restrita e relictual. Por fim, os valores de distribuição conhecida e potencial estimados são compatíveis com valores definidos para espécies ameaçadas. Estes resultados sugerem um cenário preocupante para a conservação de C. carvalhoi. Entretanto, a atual limitação de dados populacionais dificulta uma adequada avaliação de seu status de conservação. Portanto, sugerimos o uso dos valores de distribuição potencial como critério alternativo para avaliar seu status de conservação até que novos estudos possam subsidiar uma melhor avaliação da conservação da espécie.
Descritores: Conservação dos Recursos Naturais
Distribuição Animal
Lagartos
-Brasil
Espécies em Perigo de Extinção
Modelos Biológicos
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 129 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983995
Autor: Silva, E G; Santos, M E P; Brito, S V; Almeida, W O; Ribeiro, S C.
Título: Raillietiella mottae (Pentastomida: Raillietiellidae) infecting Ameiva ameiva (Squamata: Teiidae) in Araripe Plateau, Northeast Brazil / Raillietiella mottae (Pentastomida: Raillietiellidae) infectando Ameiva ameiva (Squamata: Teiidae) na Chapada do Araripe, Nordeste, Brasil
Fonte: Braz. j. biol;79(1):100-103, Jan.-Mar 2019.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . CAPES.
Resumo: Abstract We investigated the infection by pulmonary parasites in the lizard Ameiva ameiva (Teiidae) inhabiting the Environmental Protection Area of Araripe (APA-Araripe). A total of 45 specimens were collected in three areas between the cities of Várzea Alegre and Barbalha. A Pentastomid species (Raillietiella mottae) was parasitizing (nine specimens) a male of A. ameiva with a prevalence of 2.22% considering all lizards collected in the region and prevalence of 50% considering only rainforest environment. The Pentastomids infection rates shown in this study are similar to data found for infections of other insectivorous lizards. Raillietiella mottae is considered a generalist parasite, which uses insects as intermediate hosts. The results of this study represent the first record of a Pentastomid infecting this species of lizard in South America.

Resumo Neste estudo investigamos a infecção por parasitas pulmonares no lagarto teiídeo Ameiva ameiva (Teiidae) habitando a Área de Proteção Ambiental do Araripe - APA Araripe. Um total de 45 espécimes foram coletados em três áreas entre os municípios de Várzea Alegre e Barbalha. Uma espécie de pentastomida (Raillietiella mottae) estava parasitando (nove espécimes) um macho de A. ameiva com uma prevalência de 2,22%, considerando todos os lagartos da região, e uma prevalência de 50% considerando apenas a floresta úmida. A taxa de infecção por pentastomídeos demonstrado no presente estudo é semelhante aos dados de infecção encontrados para outros lagartos insetívoros. Raillietiella mottae é considerado um parasita generalista, que usa insetos como hospedeiros intermediários. O resultado do presente estudo representa o primeiro registro de um pentastomídeo infectando lagartos do gênero Ameiva na América do Sul.
Descritores: Doenças Parasitárias em Animais/epidemiologia
Pentastomídeos/fisiologia
Lagartos
Pneumopatias Parasitárias/veterinária
-Doenças Parasitárias em Animais/parasitologia
Brasil/epidemiologia
Prevalência
Pneumopatias Parasitárias/parasitologia
Pneumopatias Parasitárias/epidemiologia
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 129 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1101627
Autor: Vieira, Fabiano Matos; Gonçalves, Paula Araujo; Lima, Sueli de Souza; Sousa, Bernadete Maria de; Muniz-Pereira, Luís Cláudio.
Título: A new species of Cruzia (Ascaridida; Kathlanidae) parasitizing Salvator merianae (Squamata, Teiidae) from the Atlantic forest in Brazil / Uma nova espécie de Cruzia (Ascaridida; Kathlanidae) parasitando Salvator merianae (Squamata, Teiidae) de Mata Atlântica no Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;29(1):e018519, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Cruzia lauroi sp. nov. is described from Salvator merianae (Duméril & Bibron, 1839) (Squamata; Teiidae). The new species differs from all previously described species through several morphological characteristics: number of tooth like structures per row in the inner pharynx; and presence of unpaired papillae on the anterior border of the cloacal aperture. However, Cruzia lauroi sp. nov. is closest to C. tentaculata (Rudolphi, 1819), through having similar distribution of male caudal papillae, unpaired pre-cloacal papillae and females with an pre-equatorial vulva. Cruzia lauroi sp. nov. differs from C. tentaculata regarding smaller total body length of individuals, higher number of tooth like structures per row in the pharynx, greater size of diverticulum, smaller size of spicules and a more anterior vulva than in C. tentaculata; and the males do not have caudal alae. Cruzia mazza, C. travassosia, C. mexicana and C. testudines were considered to be species inquirendae, because their descriptions need more detailed taxonomic studies.

Resumo Cruzia lauroi sp. nov. é uma nova espécie descrita em Salvator merianae (Duméril & Bibron, 1839) (Squamata; Teiidae). Essa nova espécie difere de todas as espécies descritas anteriormente por diferentes características morfológicas: pelo número de dentes por coluna longitudinal interna na faringe; pela presença de papila ímpar na borda anterior da cloaca. Entretanto, Cruzia lauroi sp. nov. possui similaridades com C. tentaculata (Rudolphi, 1819), por ter distribuição semelhante das papilas caudais dos machos, por possuir papila pré-cloacal ímpar e por possuir fêmeas com vulva pré-equatorial. Cruzia lauroi sp. nov. se difere de C. tentaculata em relação ao menor comprimento total do corpo dos indivíduos, pelo maior número de dentes por coluna longitudinal interna na faringe; pelo maior tamanho de divertículo; pelo menor tamanho de espículos; por possuir fêmeas com vulva mais próxima a extremidade anterior do que observado em fêmeas de C. tentaculata; e pelos machos não possuírem asa caudal. Cruzia mazza, C. travassosia, C. mexicana e C. testudines foram consideradas species inquirendae, pelo fato de suas descrições necessitarem de maior detalhamento taxonômico.
Descritores: Ascaridídios/anatomia & histologia
Ascaridídios/classificação
Lagartos/parasitologia
-Brasil
Florestas
Ascaridídios/isolamento & purificação
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 129 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Prata, M. C. A
Texto completo
Id: lil-362150
Autor: Freitas, L. H. T; Faccini, J. L. H; Daemon, E; Prata, M. C. A; Barros-Battesti, D. M.
Título: Experimental infestation with the immatures of Amblyomma dissimile Koch, 1844 (Acari: Ixodidae) on Tropidurus torquatus (Lacertilia: Iguanidae) and Oryctolagus cuniculus
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;56(1):126-129, fev. 2004. tab.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . CAPES; . FAPESP. Programa Biota-Fapesp.
Resumo: Larvas provenientes de duas fêmeas de Amblyomma dissimile Koch, 1844 (Acari: Ixodidae), naturalmente ingurgitadas em uma iguana (Iguana iguana) e provenientes do Estado do Mato Grosso, foram utilizadas na infestação experimental de lagartos da espécie Tropidurus torquatus e coelhos domésticos. As larvas alimentadas em ambos os hospedeiros realizaram ecdise para ninfas. As ninfas apenas ingurgitaram no lagarto e mudaram para machos e fêmeas. Este é o primeiro registro do parasitismo de larvas e ninfas de A. dissimile em T. torquatus e de larvas em coelhos.
Descritores: Coelhos
Infestações por Carrapato
Lagartos
Larva
Ninfa
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 129 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-529222
Autor: Cicchi, Paulo José Pyles; Serafim, Herbert; Sena, Marco Aurélio de; Centeno, Fernanda da Cruz; Jim, Jorge.
Título: Herpetofauna em uma área de Floresta Atlântica na Ilha Anchieta, município de Ubatuba, sudeste do Brasil / Atlantic Rainforest herpetofauna of Ilha Anchieta, an island on municipality of Ubatuba, southeastern Brazil
Fonte: Biota neotrop. (Online, Ed. port.);9(2):201-212, Apr.-June 2009. graf, mapas, tab.
Idioma: pt.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo o estudo da diversidade da herpetofauna do Parque Estadual da Ilha Anchieta, município de Ubatuba, localizada no litoral norte do estado de São Paulo, enfocando os seguintes aspectos: diversidade, distribuição e padrões de atividade sazonal. Entre julho de 2005 e junho de 2006 foram realizadas viagens mensais à ilha, totalizando 55 dias de trabalhos de campo. Para a amostragem foram utilizados os métodos busca ativa, armadilhas de interceptação e queda, armadilhas de funil e coleta por terceiros, Busca ativa e armadilhas de interceptação e queda apresentaram melhor desempenho, e os demais métodos se mostraram complementares. Foram inventariadas 17 espécies de anfíbios anuros distribuídas em oito famílias, e oito espécies de répteis das quais cinco são espécies de lagartos de quatro famílias e três de serpentes de duas famílias. Como observado na grande maioria das pesquisas em áreas tropicais, a área de estudo apresentou relativamente baixa equabilidade, porém, diferente de outras comunidades estudadas, apresentou um maior número de espécies comuns em relação às espécies raras. A riqueza de anfíbios anuros foi mais alta nas fisionomias consideradas fechadas (mata latifoliada densa e mata latifoliada rala) em relação às abertas, enquanto que a riqueza de répteis foi mais representativa no campo antrópico (fisionomia considerada aberta). A análise de correlação demonstrou que a riqueza de anfíbios não foi significativa em relação aos elementos climáticos, enquanto a riqueza de répteis foi significativamente correlacionada às médias de temperaturas máxima e mínima. A presença de inúmeras peculiaridades reforça a importância da conservação do Parque Estadual da Ilha Anchieta.

The aim of this work was to study of herpetofaunal diversity patterns in Parque Estadual da Ilha Anchieta, municipality of Ubatuba, located on the northern coast of São Paulo state, focusing: diversity, distribution and seasonal activity patterns. Data was obtained monthly from July 2005 to June 2006, in a total of 55 fieldwork days. Four sampling methods were used: visual surveys, pitfall traps, funnel traps and local collectors. Visual surveys and pitfall traps were more successful than other methods, which were complementary. A total of 17 anuran amphibians and eight reptile species were recorded. As in most studies in tropical areas, local herpetofauna presented a relatively low evenness, and differred from other communities by showing higher number of common species in relation to the rare ones. Anuran richness was higher in the closed physiognomies (deciduous and non-deciduous broadleaf forest), while reptiles richness was more representative in the anthropic field (open physiognomy). Correlation analyses showed that amphibian richness was not significantly associated with environmental parameters and reptile richness was significantly associated to temperature means. Our results demonstrate the importance of conservation of this island within the protected area of Parque Estadual da Ilha Anchieta.
Descritores: Anfíbios
Anuros
Biodiversidade
Efeitos do Clima
Lagartos
Répteis
Serpentes
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG



página 1 de 13 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde