Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.131.166.132.419.050 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 21 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 21 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-768132
Autor: Pereira, D. T; Cunha, V. E. S; Schmidt, C; Magnus, T; Krause, A.
Título: Sensitization study of dogs with atopic dermatitis in the central region of Rio Grande do Sul / Estudo da sensibilização de cães com dermatite atópica na região central do Rio Grande do Sul
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(6):1533-1538, nov.-dez. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: Canine atopic dermatitis (CAD) is a common dermatosis, defined as a genetic-related disease which predisposes to skin inflammation and pruritus, associated to a IgE-specific response in most of cases. Clinical diagnosis may be later complemented by skin allergy and/or serological tests. The aim of these tests is to identify possible allergens in order to enable the clinicians to select candidate antigens for allergen specific immunotherapy. In the present study 58 CAD positive animals were tested. All were submitted to the intradermal test (IDT) and screened for the presence of antibodies against different antigens using ELISA. The obtained results show a high prevalence of sensitization among the tested dogs to house dust mites and to pollen ofC. dactylon. With this work it was possible to identify the main allergens involved in immunological response of dogs with CAD living in central area of Rio Grande do Sul.

A dermatite atópica canina (DAC) é uma dermatose comum, definida como doença de cunho genético que predispõe à inflamação e ao prurido cutâneo, associados à resposta IgE específica na maior parte dos casos. O diagnóstico da DAC é clínico e pode ser posteriormente complementado por testes alérgicos cutâneos e/ou sorológicos. O objetivo desses testes é identificar possíveis alérgenos e, com isso, possibilitar ao clínico a seleção de antígenos candidatos para a imunoterapia alérgeno-específica. No presente estudo, foram testados 58 animais diagnosticados para DAC. Todos os animais foram submetidos ao teste cutâneo intradérmico (TID), e amostras de sangue foram coletadas para a realização de testes sorológicos. Os resultados obtidos demonstraram elevada prevalência de sensibilização aos ácaros domiciliares e ao pólen da gramínea C. dactylon nos cães testados. Com este trabalho, foi possível identificar os principais alérgenos envolvidos na resposta imunológica de cães atópicos residentes na região central do Rio Grande do Sul.
Descritores: Acaridae/imunologia
Dermatite Atópica/imunologia
Dermatite Atópica/veterinária
Pyroglyphidae/imunologia
-Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/veterinária
Testes Intradérmicos/veterinária
Testes Sorológicos/veterinária
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-544616
Autor: Estrada-Bárcenas, Daniel A; Palacios-Vargas, José G; Estrada-Venegas, Edith; Klimov, Pavel B; Martínez-Mena, Alejandro; Taylor, Maria Lucia.
Título: Biological activity of the mite Sancassania sp. (Acari: Acaridae) from bat guano associated with the pathogenic fungus Histoplasma capsulatum
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;105(2):127-131, Mar. 2010. ilus.
Idioma: en.
Projeto: UNAM. CONACyT.
Resumo: Mites and the mammal pathogenic fungus Histoplasma capsulatum are the major components of bat guano microbiota. Interactions between mites and H. capsulatum were evaluated under laboratory conditions. Acarid mites, mainly Sancassania sp., were the most abundant microarthropod in the sampled guano of the Mexican bat Tadarida brasiliensis mexicana and, based on its morphology, Sancassania sp. was similar to the cosmopolitan species Sancassania sphaerogaster. The mycophagous and vectoring activities of this mite were tested for H. capsulatum and two other fungal species, Sporothrix schenckii (pathogenic) and Aspergillus sclerotiorum (non-pathogenic). S. ca. sphaerogaster was able to reproduce in H. capsulatum and S. schenckii colonies, multiplying in great numbers under controlled fungal mycelial-phase culture conditions. H. capsulatum colonies were completely destroyed after 14 days of in vitro interaction with mites. In contrast, S. ca. sphaerogaster did not reproduce in A. sclerotiorum cultures. S. ca. sphaerogaster was found vectoring H. capsulatum, but not the two other fungal species studied.
Descritores: Acaridae/fisiologia
Quirópteros/microbiologia
Quirópteros/parasitologia
Histoplasma/fisiologia
-Histoplasma/isolamento & purificação
México
Controle Biológico de Vetores
Comportamento Predatório
Limites: Animais
Feminino
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-492708
Autor: Reis, Aleuny C; Gondim Júnior, Manoel G. C; Moraes, Gilberto J. de; Hanna, Rachid; Schausberger, Peter; Lawson-Balagbo, Late E; Barros, Reginaldo.
Título: Population dynamics of Aceria guerreronis Keifer (Acari: Eriophyidae) and associated predators on coconut fruits in Northeastern Brazil / Dinâmica populacional de Aceria guerreronis Keifer (Acari: Eriophyidae) e predadores associados em frutos de coqueiro no Nordeste do Brasil
Fonte: Neotrop. entomol;37(4):457-462, July-Aug. 2008. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Aceria guerreronis Keifer can cause severe damage to coconuts in several countries around the world. Rare studies have been conducted to determine the predatory mites associated with A. guerreronis in Brazil. The study evaluated the prevalence of A. guerreronis and associated predators on the bracts and on the surface of the fruits underneath the bracts, for 12 months, on coconut palms grown along the coast of the States of Alagoas, Paraíba and Pernambuco, Northeastern Brazil. Mites of 10 families were found, but by far the most abundant species was A. guerreronis, corresponding to 99.5 percent of the mites collected. The prevailing species amongst the predators were the Phytoseiidae mites Neoseiulus baraki (Athias-Henriot) and Neoseiulus paspalivorus (De Leon). These are flat mites that have short limbs, characteristics that allow them to invade the main habitat occupied by A. guerreronis. Other predators were found, but in low numbers, due mainly to their difficulty in reaching the fruit areas most inhabited by A. guerreronis. However, these mites could prey on that pest when it leaves its preferred habitat to disperse. No significant correlations were observed between the levels of abiotic factors and the population levels of A. guerreronis or of the phytoseiids associated with it. This probably occurred due to the simultaneous and conflicting effects of those factors on the mites in the field, or to significant differences between the climatic factors measured in the environment and those prevailing in the habitat occupied by A. guerreronis.

Aceria guerreronis Keifer pode causar danos severos em coqueiro em vários países ao redor do mundo. Raros estudos têm sido conduzidos para determinar os ácaros predadores associados com A. guerreronis no Brasil. O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de A. guerreronis e dos predadores associados nas brácteas e na superfície dos frutos abaixo delas, durante 12 meses, em frutos de coqueiro adulto ao longo da costa de Alagoas, Paraíba e Pernambuco, no Nordeste do Brasil. Ácaros de 10 famílias foram encontrados, contudo a espécie mais abundante foi A. guerreronis, correspondendo a 99,5 por cento dos ácaros coletados. Dentre as espécies predadoras prevaleceram os ácaros Phytoseiidae Neoseiulus baraki (Athias-Henriot) e Neoseiulus paspalivorus (De Leon). Estes são achatados e possuem pernas curtas, características que lhes permitem invadir o habitat ocupado por A. guerreronis. Outros predadores foram encontrados, mas em número bem menor, provavelmente pela dificuldade que têm em penetrar nas áreas comumente habitadas por A. guerreronis. Contudo, essas espécies têm potencial de predação sobre o ácaro quando este sai de seu habitat preferido para se dispersar. Não se observaram correlações significativas entre os níveis de fatores abióticos e os níveis populacionais de A. guerreronis ou dos fitoseídeos associados a essa espécie. Isso provavelmente se deu devido aos efeitos simultâneo e conflitante daqueles fatores sobre os ácaros no campo, ou a diferenças significativas entre os fatores climáticos medidos no ambiente e aqueles prevalentes no habitat ocupado por A. guerreronis.
Descritores: Acaridae
Cocos/parasitologia
Cadeia Alimentar
-Ácaros e Carrapatos/classificação
Brasil
Controle Biológico de Vetores
Dinâmica Populacional
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-451408
Autor: Sousa, Josilene M. de; Gondim Júnior, Manoel G. C; Barros, Reginaldo; Oliveira, José V. de.
Título: Ácaros em produtos armazenados comercializados em supermercados e feiras livres da cidade do Recife / Mites in stored foods commercialized in supermarkets and markets in Recife
Fonte: Neotrop. entomol;34(2):303-309, Mar.-Apr. 2005. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo avaliar a acarofauna em grãos de feijão, milho e ração em supermercados e feiras livres da cidade do Recife, PE. Em cada estabelecimento foi coletada uma amostra de 500 g de cada grão e ração, em intervalos bimensais, no período de agosto/2002 a junho/2003. Cada amostra foi dividida em duas sub-amostras de 250 g. Uma delas foi submetida à extração de ácaros logo após a coleta e a outra foi incubada a 26°C e umidade relativa de 78 por cento por 30 dias. Ao final desse período a segunda sub-amostra foi processada da mesma forma que a primeira. Os ácaros foram montados em lâminas para microscopia em meio de Hoyer e identificados pelo menos até o nível de gênero. Foram coletados 11.956 ácaros pertencentes às famílias Acaridae, Ebertiidae, Glycyphagidae, Cheyletidae, Stigmaeidae, Pyemotidae, Tarsonemidae, Tydeidae, Cunaxidae, Ameroseiidae, Ascidae e Phytoseiidae. Dentre os ácaros primários, a espécie Suidasia medanensis Oudemans foi a predominante no levantamento (3.035 indivíduos), seguida de Caloglyphus hughesi (Samsinak) (436 indivíduos). Metapronematus sp. foi predominante (3.417 indivíduos), dentre os ácaros secundários, seguido de Tarsonemus granarius Lindquist (3.003). O número de ácaros coletados nas amostras incubadas foi sempre superior em relação às amostras não incubadas, assim como nas amostras de feira livre em relação às de supermercado.

The mite fauna was assessed in bean, maize and pet food in supermarkets and markets in Recife, PE, Brazil. A 500 g sample of each grain and food was collected in each establishment at two weekly intervals, from August 2002 to June 2003. The sample was divided into two 250 g sub-samples. One of them was submitted to spider mite evaluation shortly after collection and the other was incubated at 26°C and 78 percent humidity for 30 days. At the end of this period the second sub-sample was processed in the same way as the first. The spider mites were mounted on slides for microscopy in Hoyer medium and identified at least at genus level. Eleven thousand nine hundred and fifty-six spider mites were collected belonging to the Acaridae, Ebertiidae, Glycyphagidae, Cheyletidae, Stigmaeidae, Pyemotidae, Tarsonemidae, Tydeidae, Cunaxidae, Ameroseiidae, Ascidae e Phytoseiidae families. Among the primary spider mites the Suidasia medanensis Oudemans species was predominant in the survey (3,035 individuals) followed by Caloglyphus hughesi (Samsinak) (436 individuals). Metapronematus sp. was predominant (3,417 individuals) among the secondary spider mites followed by Tarsonemus granarius Lindquist (3,003). The number of mites collected in the incubated samples was always greater compared to the non-incubated samples in both the market and supermarket samples.
Descritores: Acaridae/anatomia & histologia
Acaridae/crescimento & desenvolvimento
Acaridae/parasitologia
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  5 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-451254
Autor: Oliveira, Carlos R. F. de; Faroni, Lêda R. D'A; Guedes, Raul N. C; Pallini, Angelo; Gonçalves, José R.
Título: Dispersão de Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) (Prostigmata: Acarophenacidae) em trigo armazenado, sob condições artificiais / Dispersion of Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) (Prostigmata: Acarophenacidae) in stored wheat, under artificial conditions
Fonte: Neotrop. entomol;35(4):536-541, July-Aug. 2006. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A habilidade de dispersar é fundamental para o êxito de um inimigo natural em situações de armazenamento de grãos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade do ácaro Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) se dispersar e localizar o hospedeiro Rhyzopertha dominica (Fabricius) (Coleoptera: Bostrichidae) em uma massa de grãos. O experimento consistiu na liberação de fêmeas fisogástricas de A. lacunatus na superfície de uma massa de grãos de trigo, no interior de frascos de vidro, os quais continham placas de Petri (5 cm de diâmetro) com 20 adultos de R. dominica, em diferentes profundidades (4, 8, 12, 16 e 20 cm da superfície). As placas de Petri foram cobertas com organza para evitar o escape dos insetos. A dispersão da progênie dessas fêmeas fisogástricas foi avaliada 10, 20 e 30 dias após o início dos experimentos. Os ácaros foram capazes de se dispersar, sendo encontrados em todas as profundidades e em todos os períodos avaliados. Entretanto, o número de A. lacunatus diminuiu à medida que a profundidade aumentou, com altos valores observados nas profundidades iniciais após 20 e 30 dias de armazenamento. É possível que avaliações conduzidas em períodos maiores que 30 dias da liberação do parasita possam demonstrar um aumento no parasitismo em profundidades maiores. Os resultados indicam que A. lacunatus se dispersa ativamente, até 20 cm de profundidade, sem o auxílio de um hospedeiro para a foresia.

Ability to disperse is fundamental for a successful natural enemy in a stored grain environment. The objective of the present work was to assess whether the mite Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) disperses in a grain mass to locate its host Rhyzopertha dominica (Fabricius) (Coleoptera: Bostrichidae). The experiment was based on the release of physogastric females of A. lacunatus on the surface of glass containers containing Petri dishes with 20 adults of R. dominica at different depths (4, 8, 12, 16 and 20 cm). The Petri dishes were covered with voil to prevent insect escape. Dispersion of the progeny of these physogastric females was assessed 10, 20 and 30 days after the beginning of the experiment. The mites were able to disperse and they were observed at every depth and at every period of assessment. Nonetheless, the number of A. lacunatus decreased with the increasing depth, with highest values observed at the lowest depths after 20 and 30 days of storage. It is possible that evaluations conducted in periods longer than 30 days of the parasite release could demonstrate an increase in parasitism at higher depths. The results indicated that A. lacunatus actively disperse for up to 20 cm on its own, without the assistance of its host for phoresy.
Descritores: Acaridae/fisiologia
Coleópteros
Triticum
-Agricultura
Coleópteros/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-451250
Autor: Oliveira, Carlos R. F. de; Faroni, Lêda R. D'A; Guedes, Raul N. C; Araújo, Ana P. A.
Título: Sobrevivência do ácaro Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) (Prostigmata: Acarophenacidae) na ausência de alimento / Survival of the mite Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) (Prostigmata: Acarophenacidae) under starvation
Fonte: Neotrop. entomol;35(4):506-510, July-Aug. 2006. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A habilidade de um inimigo natural de suportar a inanição aumenta suas chances de sobrevivência na ausência de alimento, o que é um fator importante para seu sucesso em ambientes de armazenamento de grãos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a sobrevivência de Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) na ausência de alimento. O experimento consistiu na utilização de fêmeas de A. lacunatus em processo de fisogastria, individualizadas em placas de Petri (5 cm diâmetro) e mantidas às temperaturas de 20, 25, 28, 30 e 32°C, 50 ± 5 por cento de U.R. e escotofase de 24h. O número de ácaros vivos foi contabilizado a cada 6h, avaliando-se assim, a sobrevivência da progênie de A. lacunatus sob regime de inanição, nas diferentes temperaturas. Nas temperaturas de 30°C e 32°C, os indivíduos de A. lacunatus morreram até 60h enquanto nas temperaturas de 20, 25 e 28°C a mortalidade ocorreu após 108h na ausência de alimento. O tempo médio para a morte dos indivíduos da progênie de A. lacunatus foi de 58,6h nas temperaturas abaixo de 28°C e de 39,3h para as temperaturas mais altas. Os ácaros submetidos à inanição tenderam a viver mais em temperaturas baixas, o que talvez seja explicado pela diminuição do seu metabolismo. Entretanto, A. lacunatus conseguiu sobreviver por cerca de 90h à temperatura de 28°C, a qual é comumente observada em regiões tropicais e subtropicais, o que pode favorecer sua utilização para o controle de insetos de produtos armazenados nessas regiões.

The ability of a natural enemy to tolerate starvation increases its chances to survive in the absence of food, what is an important factor for its success in storage grain environment. The objective of the present work was to assess the survival of Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) in the absence of food. The experiment used individualized physogastric females of A. lacunatus placed in petri dishes (5 cm diameter) and maintained at 20, 25, 28, 30 and 32°C, 50 ± 5 percent R.H. and 24h scotophase. The number of live mites was recorded every 6h thus assessing the progeny survival without food at different temperatures. The mites died within 60h at the temperatures 30°C and 32°C, while they survived for up to 108h at 20, 25 and 28°C. The mean lethal time for death was 58.6h for the lowest temperatures and 39.3h for the highest temperatures. Thus, A. lacunatus subjected to starvation lived longer under lower temperatures, what is probably due to its lower metabolism. In contrast, the mites survived for about 90h at 28°C, temperature commonly observed in tropical and subtropical climates, what may favor their use as control agents of stored product insects in these regions.
Descritores: Acaridae
Inanição/mortalidade
-Taxa de Sobrevida
Temperatura Ambiente
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-442260
Autor: Nemésio, André.
Título: Navia, a replacement generic name for Euterpia Navia & Flechtmann (Prostigmata: Eriophyoidea: Eriophyidae)
Fonte: Neotrop. entomol;35(6):871-871, Nov.-Dec. 2006.
Idioma: en.
Resumo: Navia nom. nov. is proposed for Euterpia Navia & Flechtmann, 2005 (Prostigmata: Eriophyoidea), preoccupied by Euterpia Bondar, 1942 (Insecta: Coleoptera: Curculionidae).

Navia nom. nov. é proposto para substituir Euterpia Navia & Flechtmann, 2005 (Prostigmata: Eriophyoidea), pré-ocupado por Euterpia Bondar, 1942 (Insecta: Coleoptera: Curculionidae).
Descritores: Acaridae
Nomes
-Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-427285
Autor: Porto, Nádia H; Lima, Hermênio C.
Título: Associação entre sensibilidade aos antiinflamatórios não esteroidais e sensibilização ao ácaro de estocagem G. domesticus / Association between non-steroidal anti-inflammatory sensibility and sensitivity to G. domesticus a storage mite
Fonte: Rev. bras. alergia imunopatol;28(2):105-111, mar.-abr. 2005. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Embora se saiba que a sensibilização aos ácarosde estocagem está associada à sensibilidade aos antiinflamatórios não esteroidais (AINE), não existem dados sólidos estabelecendo que a correlação inversa exista. Nós realizamos um ensaio de observação transversal para determinar se sensibilidade a AINE pode ser prevista pela sensibilidade a ácaros de estocagem.Métodos: Cem pacientes voluntários, consistindo de pessoas com idade entre 9 e 69 anos que procuravam o ambulatório de alergia, foram selecionados baseados no diagnóstico de sensibilidade a AINE. Teste de puntura para determinar a sensibilidade aos diferentes extratos alergênicos foram realizados e uma medida à cega do tamanho da pápula obtido. Uma entrevista foi também feita para estabelecer a presença de sensibilidade ao AINE. Mediu-se a associação entre a sensibilidade a cada extrato alergênico e o diagnóstico de sensibilidade a AINE. Regressão logística foi usada para determinar o modelo que mais predizia a sensibilidade a AINE usando cada ou a combinação do resultado dos extratos. A associação foi considerada estatisticamente importante se o valor de p fosse menor que 0.05. Resultados: Os testes para os extratos de G. domesticus (p=0.0084, qui-quadrado), B. kulagini (p=0.0407, qui-quadrado), D. farinae (p=0.026, qui-quadrado), A. ovatus (p=0.0386,qui-quadrado) e T. putrescentiae (p=0.0428, qui-quadrado)determinaram associação significativa com AINE, porém odiagnóstico de atopia foi um confundidor para todos os extratos exceto um. O extrato alergênico do G. domesticus foi único na sua capacidade de prever o diagnóstico de sensibilidade a AINE (SqrtMS = 14,097 p<0,05 por regressão logística). Conclusões: O diagnóstico de sensibilidade a AINE pode ser previsto pelo teste de puntura usando um extrato alergênico de G. domesticus e um valor elevado para um questionário de entrevista em condições baseadas em um hospital.(au)
Descritores: Acaridae
Alérgenos
Anti-Inflamatórios
Hipersensibilidade
Técnicas In Vitro
Métodos
Ácaros
-Testes Cutâneos
Limites: Criança
Adolescente
Adulto
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  9 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-408019
Autor: Binotti, Raquel S; Santos, Daniela R. dos; Condino Neto, Antonio; Oliveira, Celso H; Prado, Angelo P. do.
Título: Ácaros em amostras de poeira de tapetes na cidade de Campinas / Mites in dust samplings from rugs in the city of Campinas
Fonte: Rev. bras. alergia imunopatol;28(1):44-46, jan.-fev. 2005. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: investigar a fauna acarina presente em amostras de poeira de tapetes de resid6encias na cidade de Campinas, Brasil. Métodos: um total de 92 amostras (47 amostras de tapetes presentes em quartos e 45 de tapetes em salas de estar), coletadas em 58 residências foram incluídas no estudo. As amostras foram analisadas por microscópio óptico utilizando o meio de Hoyer com fixador. Resultados: Os resultados demostraram um total de 483 corpos de ácaros (média +/- DP:5,2 +/- 4,9 ácaros/lâmina; variação de 0 a 25 ácaros/lâmina). Desse total, 280 e 203 destes presentes nas amostras dos quartos e da sala, respectivamente. As famílias mais prevalentes foram: Pyroglyphidae (n=392; 81,2% do total)- sobretudo Dermatophagoides pteronyssinus, Glycyphagidae (n=45; 9,3%) - Blomia tropicalis, e Cheyletidae (n=19; 3,9%) - Cheyletus spp. Não se observou diferença significativa na concentração acarina nas amostras da sala de estar e do quarto. Conclusões: as amostras de poeira de tapetes da sala de estar e do quarto de dormir apresentaram fauna e concentração acarinas, sendo o ácaro D.pteronyssinus o mais prevalente.
Descritores: Alérgenos
Ácaros/classificação
Pisos e Cobertura de Pisos
Poeira/imunologia
-Acaridae
Pyroglyphidae
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 21 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Brum, J. G. W
Id: lil-240181
Autor: Brum, J. G. W; Teixeira, M. O.
Título: Doença em teleóginas de Boophilus microplus (Acari: Ixodidae) causada por Cedecea lapagei e Escherichia coli / Disease of engorged female Boophilus microplus (Acari: Ixodidae) caused by Cedecea lapagei and Escherichia coli
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;44(5):441-3, out. 1992. tab.
Idioma: pt.
Descritores: Acaridae
Escherichia coli
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde