Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.131.166.132.419.575 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 8 [refinar]
Mostrando: 1 .. 8   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 8 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-623874
Autor: Galvão, Archibaldo Bello; Guitton, Neide.
Título: Noções de estrutura e biologia dos ácaros / Concepts about the structure and the biology of Acari
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;84(supl.4):223-239, 1989. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Characterization of sub-classe Acari of importance in Agronomy, Veterinary and Medical Parasitology, based on morphology, behavior and environment of allergenic and parasitc species. Keys for the identification of the six families of Psoroptoidea, chiefly of Pyroglyphidae, starting from which various aspects of the acari of domectic dust and their allergenic behavior are studied.
Descritores: Psoroptidae/parasitologia
Ácaros/classificação
-Agronomia
Biologia Celular
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-837451
Autor: Santos, Rosângela R. dos; Coelho, Cristiane N; Nunes, Tiago A. P; Batista, Lilian Cristina de S. O; Correia, Thaís R; Scott, Fabio B; Laguna, Anaís G. V; Fernandes, Julio I.
Título: Efficacy of oral doramectin as treatment for Psoroptes ovis and Leporacarus gibbus in naturally infested rabbits / Eficácia de doramectin no tratamento oral para Psoroptes ovis e Leporacarus gibbus em coelhos naturalmente infestados
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(1):47-51, jan. 2017. tab..
Idioma: en.
Resumo: The present study evaluated the efficacy of a single oral dose of doramectin in the control of Psoroptes ovis and Leporacarus gibbus in naturally infested rabbits. Sixteen adult rabbits were selected and distributed in two experimental groups. The treated group received 200 µg/Kg of oral doramectin and the control group received the same volume of saline solution. The diagnosis of the mites was made with a stereoscopic microscope. Hairs from the dorsal part of the neck, lumbar right, lumbar left, ventral side of the tail and ventral abdomen were evaluated for L. gibbus, and ear wax evaluated for P. ovis. The evaluation of the efficiency and the clinical assessment of the lesions was made in days 0, +3, +7, +14, +21, +28, and +35 after treatment. An efficacy of 75% and 87,5% was observed for L. gibbus in days +3 and +7 after treatment, an efficacy of 100% was observed in days +14, + 21, +28 e +35. An efficacy of 100% for the control of P. ovis was observed following day +7. The clinical lesion score of the control group remained unaltered, except for one animal which conditions worsened during experimentation. In the treated group animals, regression of the lesions was observed following day +3, and on day +21 no signal of infestation by P. ovis was present. None of the animals from the treated group presented secondary collateral effects caused by the doramectin, which proved itself as an optimal alternative for mite control in naturally infested rabbits.(AU)

O objetivo do trabalho foi avaliar a eficácia da doramectina administrada por via oral no controle de Psoroptes ovis e Leporacarus gibbus em coelhos naturalmente infestados. Foram selecionados 16 coelhos adultos, distribuídos em dois grupos experimentais, compondo oito animais por grupo. O grupo tratado foi medicado com 200µg/kg de doramectina por via oral, enquanto que no grupo controle foi administrado o mesmo volume de solução salina. O diagnóstico dos ácaros foi realizado com auxílio de microscópio estereoscópico. Foram coletados pelos das regiões do pescoço dorsal, lombar direita, lombar esquerda, cauda ventral e abdômen ventral para avaliação de L. gibbus e para P. ovis foi coletado cerúmen das orelhas com auxílio de zaragatoas. A avaliação da eficácia e a avaliação clínica das lesões, mensuradas em escores (grau 0 a 4), foi realizada nos dias 0, +3, +7, +14, +21, +28 e +35, após o tratamento. Foi observada eficácia de 75% e 87,5% no controle de L. gibbus nos dias +3 e +7 após o tratamento, sendo observada eficácia de 100% nos dias +14, + 21, +28 e +35. Foi observada eficácia de 100% no controle de P. ovis a partir do dia +7, permanecendo até o final do período observacional. O escore das lesões clínicas no grupo controle permaneceu de forma inalterada, exceto em um animal que piorou ao longo dos dias experimentais, enquanto nos animais do grupo tratado regrediu a partir do dia +3 e já no dia +21 após o tratamento, os animais apresentavam-se sem sinais da infestação por P. ovis. Nenhum animal do grupo tratado apresentou quaisquer efeitos colaterais secundários causados pela doramectina, que se mostrou uma ótima alternativa para o controle dos ácaros em coelhos naturalmente parasitados.(AU)
Descritores: Ácaros e Carrapatos/efeitos dos fármacos
Antiparasitários/uso terapêutico
Psoroptidae
Controle de Ácaros e Carrapatos/métodos
-Administração Oral
Infestações por Ácaros/terapia
Infestações por Ácaros/veterinária
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-728819
Autor: Coelho, Cristiane N; Nunes, Tiago A. P; Batista, Lilian Cristina de S. O; Silva, Diego D. da; Santos, Rosângela R. dos; Correia, Thaís R; Scott, Fabio B; Fernandes, Julio I.
Título: Eficácia da ivermectina oral no controle de Psoroptes ovis e Leporacarus gibbus em coelhos naturalmente infestados / Efficacy of oral ivermectin for control of Psoroptes ovis and Leporacarus gibbus in naturally infested rabbits
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;34(9):832-836, set. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do trabalho foi avaliar a eficácia da ivermectina administrada por via oral no controle de Psoroptes ovis e Leporacarus gibbus em coelhos naturalmente infestados. Foram selecionados 20 coelhos adultos, distribuídos na mesma proporção de ambos os sexos, em dois grupos experimentais, compondo dez animais por grupo. No grupo controle foi administrado o mesmo volume do tratamento de solução salina, enquanto o grupo tratado recebeu dose única de ivermectina oral (400 µg/Kg). O diagnóstico dos ácaros foi realizado com auxílio de microscópio estereoscópico após a devida coleta de material. Para P. ovis foi realizada através de coleta do cerúmen com auxílio de zaragatoas efetuadas nas orelhas e para por L. gibbus foi realizada coleta de pelos nas regiões do pescoço dorsal, lombar direita, lombar esquerda, cauda ventral e abdômen ventral. A avaliação da eficácia e a avaliação clínica das lesões, mensuradas em escores (grau 0 a 4) foi realizada nos dias 0, +3, +7, +14, +21, +28 e + 35, após o tratamento. Foi observada a eficácia de 100% no controle de P. ovis a partir do dia +7 e para L. gibbus a partir do dia +14, mantendo-se negativos até o final do período experimental. O escore da lesão das orelhas do grupo tratado regrediu a partir do dia +14 e no dia +21 todos os animais atingiram grau 0. No grupo controle, dois animais apresentaram aumento no escore da lesão das orelhas, um coelho apresentou aumento do escore de grau 1 para 2 e outro coelho de grau 3 para 4. Não foram observadas quaisquer reações adversas nos animais tratados. A ivermectina administrada por via oral em dose única foi eficaz no controle de P. ovis e L. gibbus em coelhos naturalmente infestados...

The aim of the study was to evaluate the efficacy of oral ivermectin in the control of Psoroptes ovis and Leporacarus gibbus in naturally infested rabbits. Twenty adult rabbits were selected; they were distributed in two groups with equal proportions of both sexes, containing ten animals per group. In the control group the same volume of the treatment was administered of saline solution, meanwhile the treated group received a single dose of oral ivermectin (400µg/kg). The diagnosis of the mites was made with a stereoscopic microscope, after the proper collection of material. For P. ovis it was performed by collecting of ear wax with swabs and for L. gibbus it was performed by collecting hairs in the dorsal part of the neck, lumbar right, lumbar left, ventral side of the tail and ventral abdomen. The evaluation of the efficiency and the clinical evaluation of the lesions, measured in scores (grade 0 to 4) was made in days 0, +3, +7, +4, +21, +28, and +35, after treatment. An efficiency of 100% was observed for P. ovis following day +7, and for L. gibbus following day +14, remaining negative until the final day of the study. The score of lesions in the ears of the treated group regressed following day +14 and on day +21 all animals reached a score of 0. In the control group, two animals presented an increase in ear lesion score, one rabbit presented an increase from score 1 to 2, and the other rabbit, from score 3 to 4. No adverse reactions were observed in the treated animals. The single dose administration of oral ivermectin was successful in the control of P. ovis and L. gibbus in naturally infested rabbits...
Descritores: Coelhos/parasitologia
Ivermectina/administração & dosagem
Psoroptidae
-Infestações por Ácaros/tratamento farmacológico
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-723195
Autor: Tucci, Edna C; Soares, Nilce M; Faccini, João Luiz H; Vilas Boas, David.
Título: Additional information about a mange outbreak by Allopsoroptoides galli (Acari: Psoroptoididae) in commercial laying hens in the state of São Paulo, Brazil / Informação adicional sobre um surto de sarna causado por Allopsoroptoides galli (Acari: Psoroptoididae) em uma granja de poedeiras no Estado de São Paulo
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;34(8):760-762, Aug. 2014. ilus.
Idioma: en.
Resumo: This paper reports additional information about a mange outbreak by the mite Allopsoroptoides galli in a commercial egg-laying hen facility in the state of São Paulo, Brazil. About half of the 76,000 multi-age birds of the flock were affected. Experimental infestations carried out on naive hens resulted in clinical signs similar to those diagnosed in naturally infested hens, such as generalized scaly dermatitis, presence of mucus-like material and yellowish crusts on the skin and around the calami, feather loss and strong unpleasant odor. About 30% drop of egg production was estimated. The possible source of infestation were wild birds identified on the ground and roofs of the sheds...

Este artigo acrescenta informações adicionais sobre um surto de sarna causado por Allopsoroptoides galli em uma instalação comercial de galinhas de postura no estado de São Paulo, Brasil. Approximadamente metade das 76.000 aves, com várias idades, mantidas em uma granja, foram infestadas. Um total de 12 galinhas sem prévio contato com os ácaros e infestadas experimentalmente apresentaram sinais clínicos semelhantes aos diagnosticados em galinhas naturalmente infestadas, tais como dermatite escamosa generalizada, presença de material mucoso, crostas amareladas na pele e em torno dos câlamos, perda de penas e forte odor desagradável. A perda na produçãode ovos foi estimada em 30%. As possíveis fontes de infestação foram aves silvestres observadas no chão próximo aos galpões e telhados...
Descritores: Galinhas
Escabiose/veterinária
Infestações por Ácaros/veterinária
-Ácaros/patogenicidade
Psoroptidae
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-678338
Autor: Fernandes, Julio I; Verocai, Guilherme G; Ribeiro, Francisco A; Melo, Raquel M. P. S; Correia, Thaís R; Coumendouros, Katherina; Scott, Fabio B.
Título: Efficacy of the d-phenothrin/pyriproxyfen association against mites in naturally co-infested rabbits / Eficácia da associação de d-fenotrina e piriproxifen no controle de ácaros em coelhos naturalmente co-infestados
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;33(5):597-600, maio 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: The aim of the present study was to evaluate the efficacy of the d-phenothrin/pyriproxyfen association against Psoroptes ovis, Cheyletiella parasitivorax, and Leporacarus gibbus infestations in naturally co-infested rabbits. Twenty crossbreed (New Zealand White x California) rabbits concurrently infested by the three mite species were randomly divided in two groups. All rabbits presented with hyperemia, erythema and formation of crusts in the ear canals caused by P. ovis. Infestations by both C. parasitivorax and L. gibbus were considered asymptomatic in all animals.Ten animals were treated with a 4.4% d-phenothrin and 0.148% pyriproxyfen spray formulation until have their body surface uniformly sprayed, including external ear canals. The other ten rabbits remained untreated, serving as control group. Observations were done on days +7, +14, +21, +28, and +35 post-treatment. The d-phenothrin/pyriproxyfen association showed 100% efficacy against the three mite species and was responsible for the remission of psoroptic mange lesions on treated animals. No signs of intoxication were observed. The results indicate that d-phenothrin/pyriproxyfen spray formulation in a single application is an effective and clinically safe option for the control of different mite infestations in rabbits.

O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia da associação de d-fenotrina e piriproxifen no controle de infestações simultâneas por Psoroptes ovis, Cheyletiella parasitivorax e Leporacarus gibbus em coelhos naturalmente co-infestados. Vinte coelhos mestiços (Nova Zelândia Branco x Califórnia) infestados simultaneamente pelas três espécies de ácaros foram divididos aleatoriamente em dois grupos. Todos os coelhos infestados por apresentavam eritema, hiperemia e formação de crostas nas orelhas, causados por P. ovis. Infestações simultâneas por C. parasitivorax e L. gibbus foram considerados assintomáticas em todos os animais. Dez animais foram tratados com uma formulação spray contendo d-fenotrina a 4,4% e piriproxifen a 0,148%, pulverizando toda a superfície corporal de forma uniforme, incluindo a face interna das orelhas. Os outros 10 coelhos não foram t ratados, sendo mantidos como grupo controle. Os animais foram avaliados nos dias 7, 14, 21, 28 e 35 pós-tratamento. A associação de d-fenotrina e piriproxifen foi 100% eficaz no controle das três espécies de ácaros e foi responsável pela remissão das lesões de sarna psoróptica nos animais tratados. Não foram observados sinais de intoxicação. Os resultados indicam que a formulação spray de d-fenotrina e piriproxifen em uma única aplicação é uma opção clinicamente segura e eficaz no controle de infestações por ácaros em coelhos.
Descritores: Ácaros/imunologia
Coelhos/parasitologia
Escabiose/veterinária
Organofosfatos/uso terapêutico
Resistência a Inseticidas/imunologia
-Infestações por Ácaros/veterinária
Piridinas/administração & dosagem
Psoroptidae/imunologia
Controle de Ácaros e Carrapatos
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-662556
Autor: Fernandes, Julio I; Verocai, Guilherme G; Ribeiro, Francisco A; Melo, Raquel M. P. S; Correia, Thais R; Veiga, Cristiano C. P; Vieira, Vanessa P. C; Scott, Fabio B.
Título: Eficácia acaricida de uma emulsão contendo 10 por cento de óleo de nim (Azadirachta indica) no controle de Psoroptes ovis em coelhos naturalmente infestados / Miticidal efficacy of an emulsion containing 10 percent neem (Azadirachtaindica) oil for control of Psoroptes ovis in naturally infested rabbits
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;32(12):1253-1256, Dec. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia de uma emulsão contendo 10% de óleo de nim, Azadirachta indica, no controle de Psoroptes ovis em coelhos naturalmente infestados. Foram utilizados 12 coelhos separados aleatoriamente em dois grupos de seis animais cada. O grupo controle permaneceu sem tratamento, enquanto que o grupo tratado recebeu a formulação em teste, contendo 10% de Nim, borrifando ambos os condutos auditivos, uma vez ao dia, por sete dias consecutivos. Os animais foram avaliados diariamente para observação de possíveis efeitos adversos do produto. Nos dias +3, +7, +14,+21, +28 e +35 foi coletado material de todos os animais para avaliação da presença de ácaros vivos. Os coelhos do grupo controle apresentavam ácaros em ambos os condutos auditivos em todos os dias de observação. O grupo tratado apresentou eficácia de 41,7% no dia +3 e 100% a partir do dia +7 até o dia +35. O produto demonstrou ser eficaz no tratamento da sarna psoróptica em coelhos. Entretanto, todos os animais tratados apresentaram reações dermatológicas, tais como alopecia e hiperemia no local de aplicação do produto, variando de baixa a média severidade.

The objective of the present study was to evaluate the efficacy of an emulsion containing 10% of neem (Azadirachta indica) oil on the control of Psoroptes ovis in naturally infested rabbits. Twelve rabbits were randomly divided in two groups of six animals. The control group remained without treatment; while animals in the other group were treated with the 10% neem extract formulation by spraying both ears daily for seven consecutive days. The animals were evaluated daily for the presence of adverse effects. Material from ears all animals was collected on days +3, +7, +14, +21, +28 and +35, and evaluated for the presence of living mites. Animals from control group presented mites in both ears along all days of observation. The treated group presented an efficacy of 41.7% on day +3 and 100% from day +7 to +35. The product containing 10% neem oil has demonstrated to be effective for the treatment of psoroptic mange on rabbits. However, treated animals presented dermatological reaction such as alopecia and hyperemia at the site of application, varying from low to medium severity.
Descritores: Azadirachta/efeitos adversos
Azadirachta/uso terapêutico
Coelhos/parasitologia
Psoroptidae
-Alopecia em Áreas/veterinária
Hiperemia/veterinária
Infestações por Ácaros/veterinária
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-617157
Autor: Faccini, João Luiz H; Ribeiro, Vinicius R.
Título: Raillietia caprae (Acari: Raillietidae) and Psoroptes ovis (Acari: Psoroptidae) in the ears of goats in the state of Rio de Janeiro, Southeast Brazil / Raillietia caprae (Acari: Raillietidae) e Psoroptes ovis (Acari: Psoroptidae) nos condutos auditivos de caprinos no Estado do Rio de Janeiro, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;17(1):59-61, jan.-mar. 2008. tab.
Idioma: en.
Resumo: Ear cannals of 145 domestic goats including the breeds Saanen, Toggenburg, Anglobian, Alpine, Moxoto (native) and crossbred goats from 10 smallholder farms were examined by flushing for the presence of ear mites. Prevalence of Raillietia caprae Quintero, Bassols and Acevedo, 1980 was much more higher than Psoroptes ovis (Hering, 1838) in the studied area, respectively 62 percent ( 90/145) and 4 percent ( 6/145). The youngest animal parasitized was eight months old and the oldest was 10 years old. Subclinical otitis is a common feature of infestation by both species but increase of wax and the presence of pus were detected in the flushed material in approximately 10 percent of the goats examined.

Os condutos auditivos de 145 caprinos das raças Saanen, Toggenburg, Anglobian, Alpine, Moxoto (native) e mestiços provenientes de 10 pequenos criadores foram examinados pela técnica de lavagem para diagnosticar a infestação por ácaros. A prevalência de Raillietia caprae Quintero, Bassols and Acevedo, 1980 foi muito mais alta do que Psoroptes ovis (Hering, 1838) - 62 por cento (90/145) e 4 por cento (6/145), respectivamente. O animal parasitado mais jovem tinha oito meses de idade e o mais velho 10 anos. Otite subclínica é comum nas infestações por ambas espécies mas aumento de cerume e presença de pus foram diagnosticados no material da lavagem em aproximadamente 10 por cento dos caprinos examinados.
Descritores: Ácaros e Carrapatos
Cabras/parasitologia
Infestações por Ácaros/veterinária
-Brasil
Psoroptidae
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 8 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-423341
Autor: Tancredti, Michelle G. F; Faccini, João Luiz H; Tancredti, Ian P; Martins, Isabella V. F; Scott, Fabio B.
Título: Relação parasito-hospedeiro entre Psoroptes equi e eqüinos / The host-relationship between Psoroptes equi and horses
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;25(4):207-209, out.-dez. 2005. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Eqüinos abandonados pelos seus proprietários nas margens das principais rodovias federais que cruzam o Estado do Rio de Janeiro foram incluídos neste estudo. Um total de 1.121 eqüinos apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal foi examinado de novembro de 1998 a novembro de 2000. Os 107 (9,5 por cento) animais com suspeita clínica de sarna psoróptica foram submetidos a raspados cutâneos superficiais e nestes a espécie Psoroptes equi foi diagnosticada em 37 (34,6 por cento). Não houve associação entre a prevalência da infestação e a idade ou sexo do hospedeiro (chi2, p>0,05). Em relação ao tipo de pelagem, P. equi foi diagnosticada em animais com diferentes cores. A região dorsal (cernelha até a anca) foi a mais afetada.
Descritores: Cavalos/parasitologia
Infestações por Ácaros/epidemiologia
Infestações por Ácaros/veterinária
Psoroptidae/parasitologia
Interações Hospedeiro-Parasita
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde