Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.131.166.132.832.400 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 86 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 9 ir para página                      

  1 / 86 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ahid, Silvia M. M
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895470
Autor: Pereira, Josivania S; Martins, Thiago F; Muñoz-Leal, Sebastián; Lopes, Marcos G; Labruna, Marcelo B; Paiva, Kaliane A. R. de; Oliveira, Moacir F. de; Ahid, Sílvia M. M.
Título: Infestação por carrapatos Argasidae e Ixodidae em pequenos mamíferos silvestres da Estação Experimental Rafael Fernandes, Mossoró/RN / Infestation by ticks Argasidae and Ixodidae on small wild mammals at the Experimental Station Rafael Fernandes, Mossoró/RN, Brazil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(7):741-748, jul. 2017. tab, ilus.
Idioma: pt.
Projeto: Beca Chile.
Resumo: Poucos estudos avaliaram a diversidade de ectoparasitos e a associação deles com seus hospedeiros que ocorrem no bioma Caatinga, Nordeste do Brasil. Considerando-se essa falta de conhecimento, este estudo objetivou identificar e determinar a ocorrência de carrapatos coletados de pequenos mamíferos da Estação Experimental Rafael Fernandes, no Rio Grande do Norte, Brasil. De janeiro de 2014 a fevereiro de 2015 foram capturados 52 marsupiais (38 Gracilinanus agilis e 14 Monodelphis domestica) e 10 roedores (5 Wiedomys sp., 4 Thrichomys sp. e 1 Rattus norvegicus). Foram identificados os carrapatos Amblyomma auricularium, Amblyomma parvum, Amblyomma sp., Ornithodoros mimon e Ornithodoros sp., empregando estudo morfológico, chaves taxonômicas e sequenciamento parcial do gene mitocondrial 16S rDNA de carrapatos. Todas as associações carrapato-hospedeiro encontradas neste estudo são relatadas pela primeira vez no Rio Grande do Norte e constituem novos dados ecológicos aplicáveis aos ectoparasitos de pequenos mamíferos no nordeste do Brasil.(AU)

Few studies have assessed the diversity of ectoparasites and their associated hosts occurring within the Caatinga biome in northeastern Brazil. Considering this lack of knowledge, in this study we aimed to identify and determine the occurrence of ticks collected from small mammals at the Estação Experimental Rafael Fernandes, in Rio Grande do Norte state, Brazil. From January 2014 to February 2015, we captured 52 marsupials (38 Gracilinanus agilis and 14 Monodelphis domestica) and 10 rodents (5 Wiedomys sp., 4 Thrichomys sp. and 1 Rattus norvegicus). We identified the ticks Amblyomma auricularium, Amblyomma parvum, Amblyomma sp., Ornithodoros mimon and Ornithodoros sp. by a morphological study, the use of taxonomic keys, and the partial sequencing of the tick mitochondrial 16S rDNA gene. All the tick-host associations found in this study are reported for the first time in Rio Grande do Norte and constitute new ecological data concerning ectoparasites of small mammals in northeastern Brazil.(AU)
Descritores: Roedores/parasitologia
Infestações por Carrapato/veterinária
Argasidae
Ixodidae
Animais Selvagens/parasitologia
Marsupiais/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 86 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888090
Autor: Gianizella, S. L; Moraes Júnior, J; Nascimento, C. A. R; Martins, T. F.
Título: Primeiro registro de machos de Amblyomma rotundatum (Acari: Ixodidae) em jabuti-tinga (Chelonoidis denticulatus) no estado do Amazonas, Amazônia brasileira: relato de caso / First record of males of Amblyomma rotundatum (Acari: ixodidae) on yellow-footed tortoise (Chelonoidis denticulatus) in the Amazonas state, Brazilian Amazon: case report
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);70(1):195-198, Jan.-Feb. 2018. graf.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: O carrapato Amblyomma rotundatum é uma espécie partenogenética, encontrada principalmente em anfíbios e répteis silvestres em todos os biomas brasileiros. No presente relato, registra-se a ocorrência de dois machos dessa espécie de ixodídeo encontrados em um jabuti-tinga (Chelonoidis denticulatus) proveniente do município de Manaus, Amazonas, Brasil.(AU)

The Amblyomma rotundatum tick is a parthenogenetic species, found mainly in wild amphibians and reptiles in all Brazilian biomes. The present report records the occurrence of two males of this ixodid species found on yellow-footed tortoise (Chelonoidis denticulatus) from the municipality of Manaus, Amazonas, Brazil.(AU)
Descritores: Tartarugas/parasitologia
Registros como Assunto/veterinária
Ixodidae/classificação
Ixodidae/patogenicidade
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 86 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1026514
Autor: Gomes, Sâmara Nunes; Pesenti, Tatiana Cheuiche; Müller, Gertrud.
Título: Parasitismo por Amblyomma ovale e Amblyomma fuscum (Acari: Ixodidae) em Dasypus novemcinctus (Xenarthra: Dasypodidae) no Brasil / Parasitism by Amblyomma ovale and Amblyomma fuscum (Acari: Ixodidae) on Dasypus novemcinctus (Xenarthra: Dasypodidae) in Brazil
Fonte: Arq. Inst. Biol;82:1-4, 2015. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Carrapatos são ectoparasitos hematófagos importantes para a saúde pública e animal por transmitirem agentes infecciosos durante a hematofagia, bem como causarem injúrias a seus hospedeiros. A ocorrência dos carrapatos Amblyomma ovale e Amblyomma fuscum é registrada, pela primeira vez, para o Brasil, parasitando tatu-galinha (Dasypus novemcinctus).(AU)

Ticks are important bloodsucking ectoparasites for public and animal health for transmitting infectious agents during blood feeding and causing injuries to their hosts. The authors report the occurrence of Amblyomma ovale and Amblyomma fuscum for the first time in Brazil, parasitizing the nine-banded armadillo (Dasypus novemcinctus).(AU)
Descritores: Tatus
Carrapatos
Ixodidae/parasitologia
Xenartros/parasitologia
-Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  4 / 86 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Labruna, Marcelo Bahia
Texto completo
Id: biblio-1025148
Autor: Silva, Bruna Regina Figura da; Labruna, Marcelo Bahia; Marcili, Arlei; Santos, Caio Rodrigues dos; Bastos, Bárbara Buff Blumer; Bordin, Jessica Tainá; Moraes-Filho, Jonas.
Título: Rangelia vitalii infection in a dog from São Paulo city, Brazil: case report / Infecção por Rangelia vitalli em cão da zona norte de São Paulo/SP: relato de caso
Fonte: Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online);56(2):[e150791], ago. 2019.
Idioma: en.
Resumo: Canine rangeliosis is an extravascular hemolytic disease caused by the protozoan Rangelia vitalii, which is transmitted by ticks of the species Amblyomma aureolatum. Te most common clinical signs are apathy, hyperthermia and spontaneous bleeding. Anemia and thrombocytopenia are the most common hematological fndings. Tis work reports a clinical case of canine Rangeliosis treated at a private veterinary hospital, in São Paulo city in 2017. A dog was treated at a veterinary hospital in the north of São Paulo, with progressive weight loss, apathy and tail injury. Anemia and thrombocytopenia were observed on the hemogram. Rangelia vitalii DNA was detected in animal blood by real-time PCR (qPCR). In addition to the supportive treatment, doxycycline and subcutaneous imidocarb applications were used. Te sample collected afer treatment with the antibiotic continued to present protozoal DNA. Te disease should be considered as a diferential diagnosis and there is a great need for further studies about the therapy used.(AU)

A rangeliose canina é uma doença hemolítica extravascular causada pelo protozoário Rangelia vitalii, o qual é transmitido por carrapatos da espécie Amblyomma aureolatum. Os sinais clínicos mais comuns são apatia, hipertermia e sangramentos espontâneos. Os achados hematológicos mais comuns são anemia e trombocitopenia. Este trabalho teve como objetivo relatar um caso clínico de Rangeliose canina tratada em um hospital veterinário particular, na cidade de São Paulo no ano de 2017. Um cão foi atendido em um hospital veterinário da zona norte de São Paulo, com emagrecimento progressivo, apatia e lesão na cauda. No hemograma foram observadas anemia e trombocitopenia. Através da PCR em tempo real (qPCR) do sangue do animal constatou-se a presença de DNA de Rangelia vitalii. Além do tratamento de suporte, utilizou-se doxiciclina e aplicações subcutâneas de imidocarb. A amostra coletada após o tratamento com o antibiótico continuou apresentando DNA do protozoário. A enfermidade deve ser considerada como diagnóstico diferencial e há uma grande necessidade de maiores estudos acerca da terapia utilizada.(AU)
Descritores: Piroplasmida/patogenicidade
Ixodidae/patogenicidade
Cães/microbiologia
Cães/parasitologia
Cães/sangue
-Reação em Cadeia da Polimerase
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 86 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Szabó, Matias Pablo Juan
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964949
Autor: Pascoal, Jamile de Oliveira; Martins, Maria Marlene; Brito, Cristiane Silveira de; Szabó, Matias Pablo Juan.
Título: Microorganisms contaminating ticks collected at natural reserves or wild animals / Microrganismos contaminantes de carrapatos coletados em reservas naturais ou animais selvagens
Fonte: Biosci. j. (Online);31(5):1496-1500, sept./oct. 2015.
Idioma: en.
Resumo: This work investigated microorganisms responsible for the contamination and death of ticks from natural reserves and wild animals and later kept in the Laboratory of Ixodology in the Veterinary School of the Federal University of Uberlândia. Such investigation aimed prevention of tick death in the laboratory but also search for microorganisms to be used in the biological control of ticks. From four tick samples of Amblyomma genus, the following agents were isolated: Staphylococus sp, Gram positive bacillus, filamentous fungi of the genera Aspergillus and Penicillium, and a yeast identified as Non-albicans Candida and Cryptococcus sp. Even though the source of contamination of these ticks is uncertain, this study displayed the necessity of to better evaluating the spread of pathogens by ticks, as well as those known to be transmitted solely during tick feeding.

Neste trabalho foram investigados microrganismos responsáveis pela colonização e morte de carrapatos provenientes de reservas naturais ou animais selvagens e mantidos posteriormente no Laboratório de Ixodologia da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia. Esta investigação se fez necessária para tentar prevenir mortalidade de carrapatos no laboratório, mas também para contribuir com a busca por microrganismos que poderiam ser utilizados no controle biológico do ácaro. Foram isolados de cinco amostras de carrapatos do gênero Amblyomma os seguintes microrganismos: Staphylococus sp, bacilos Gram positivos, fungos filamentosos dos gêneros Aspergillus e Penicillium, além de leveduras identificadas como Candida não-albicans e Cryptococcus sp. Mesmo que a origem da contaminação dos carrapatos com estes microrganismos seja incerta este trabalho indica a necessidade de se avaliar melhor a difusão de outros patógenos por carrapatos, além daqueles transmitidos com a hematofagia.
Descritores: Carrapatos
Bactérias
Contaminação
Ixodidae
Fungos
-Penicillium
Aspergillus
Reservas Naturais
Cryptococcus
Animais Selvagens
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 86 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Labruna, M. B
Texto completo
Id: biblio-947239
Autor: Brites-Neto, J; Brasil, J; Takeda, G. A. C. G; Guillen, A. C; Labruna, M. B; Pinter, A.
Título: Diferenciação morfométrica entre larvas de Amblyomma sculptum Berlese, 1888 e Amblyomma dubitatum Neumann, 1899 / Morphometric differentiation between larvae of Amblyomma sculptum Berlese, 1888 and Amblyomma dubitatum Neumann, 1899
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);70(5):1521-1528, set.-out. 2018. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os carrapatos estão envolvidos em processos biológicos de uma grande variedade de organismos patogênicos. O gênero Amblyomma é o de maior importância médica, com a espécie Amblyomma sculptum Berlese, 1888 envolvida no ciclo de transmissão da febre maculosa brasileira (FMB). Neste estudo, objetivou-se a validação molecular para uma diferenciação na característica morfométrica e no tamanho de idiossoma de larvas de duas espécies de carrapatos, Amblyomma dubitatum Neumann, 1899 e A. sculptum. Larvas não alimentadas foram coletadas em duas áreas de transmissão para FMB, por meio da técnica de armadilha atrativa de CO2. Foram identificadas em nível de espécie por morfometria comparativa, análise molecular por PCR e sequenciamento genômico, com validação pela análise de concordância pelo teste Kappa. As larvas de A. dubitatum apresentaram um comprimento significativamente maior que as larvas de A. sculptum. Embora nenhuma outra espécie do gênero Amblyomma tenha sido testada neste estudo, essa técnica poderá ser utilizada nos locais onde levantamentos acarológicos prévios, baseados nos estádios de ninfa e adultos, indicaram a presença de apenas A. sculptum e A. dubitatum, geralmente mantidos por capivaras. Digno de nota, essa condição é muito comum ao longo das áreas endêmicas para FMB na região Sudeste do Brasil.(AU)

Ticks are involved in biological processes of a wide variety of pathogenic organisms. The genus Amblyomma presents the greatest medical importance, with the species Amblyomma sculptum Berlese, 1888 involved in the transmission cycle of Brazilian Spotted Fever (BSF). In this study, we performed a molecular validation of the morphometric differentiation based on the idiosomal length of the larvae of A. dubitatum and A. sculptum. Unfed larvae were collected in two BSF-transmission areas, using the attractive CO2 trap technique. Larvae were identified at the species level by comparative morphometry, molecular analysis by PCR and genomic sequencing, with validation through agreement analysis by the Kappa test. The larvae of A. dubitatum showed a significantly longer idiosomal length than A. sculptum larvae. Although no other species of the genus Amblyomma has been tested in this study, this technique can be applied to places where previous acarological surveillances based on adult and nymphal ticks stages have indicated the presence of only A. sculptum and A. dubitatum, usually sustained by capybaras. Noteworthy, this condition is very common among many BSF-endemic areas in southeastern Brazil.(AU)
Descritores: Ixodidae/classificação
Ixodidae/genética
-Febre Maculosa das Montanhas Rochosas
Roedores/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 86 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-914240
Autor: Martinez, Nádia Pereira.
Título: Estudo em laboratório sobre a detecção do hábito alimentar para fases imaturas do carrapato Amblyomma cajennense (FABRICIUS, 1787) / Laboratory study on the detection of blood meal for immature stages of tick Amblyomma cajennense (Acari: Ixodidae).
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 70 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Epidemiologia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O carrapato Amblyomma cajennense é o principal vetor da bactéria Rickettsia rickettsii, agente etiológico da febre maculosa brasileira (FMB). Os estágios imaturos destes artrópodes apresentam uma baixa especificidade para os hospedeiros, o que aumentam as chances de parasitismo em humanos. Nos anos de 2011 e 2012, a vigilância epidemiológica da FMB registrou 140 casos confirmados e letalidade de 50 por cento , a maior incidência desde a regulamentação da notificação compulsória no Estado de São Paulo, em 2001. Além disso, estudos indicam uma tendência de aumento de expansão geográfica e de número de casos da doença. A fim de aplicar medidas de controle para a FMB, a determinação de quais são os animais hospedeiros para as fases imaturas do carrapato é importante para identificar as fontes de infecção de bactérias. Entre a literatura científica não havia estudos sobre esse escopo para carrapatos da América do Sul. Neste estudo, uma abordagem para a detecção de hábito alimentar de A. cajennense foi padronizada. Resumidamente, as amostras de sangue foram coletadas a partir das seguintes espécies animais: frango, capivara, codorna, cavalo, cobaia, coelho, cachorro e um camundongo silvestre. Em seguida, o DNA foi extraído a partir destas amostras e, depois, testado para a amplificação por PCR utilizando-se três pares de diferentes oligonucleotídeos iniciadores para mamíferos, três para aves e cinco para os dois grupos de animais, além de oligonucleotídeos iniciadores específicos desenhados para roedores cricetídeos. Os genes alvos 12S rDNA, cyt b e COI resultou em positivo para a detecção de fragmentos de DNA. Por PCR foi testado posteriormente em laboratório repastos de carrapatos. Carrapatos adultos de A. cajennense que foram alimentados em coelhos quando larvas e ninfas tiveram o intestino extraído e processado para o isolamento de DNA que foi submetido à amplificação por PCR. Foi possível identificar a espécie hospedeira em 66,7 por cento dos carrapatos testados. O sequenciamento de DNA e a comparação das sequências consenso com todas as sequências do banco de dados (GenBank) permitiu a identificação em nível de espécie (coelho), com base em 98 por cento de similaridade

The tick Amblyomma cajennense is the main vector of the bacterium Rickettsia rickettsii, the etiological agent of brazilian spotted fever (BSF). The subadult stages of this arthropod present a low specificity for hosts, which increases the chances of parasitism in humans. In the years of 2011 and 2012, the BSF epidemiological surveillance recorded 140 confirmed cases and 50 per cent case-letality rate, the highest incidence since the regulation of the compulsory notification in the State of São Paulo, in 2001. Furthermore, studies indicate an increase trend for geographical expansion and number of cases of the disease. In order to apply control measures for BSF, the determination of which is the vertebrate hosts for the immature stages of the tick is important to identify the sources of infection of bacteria. Among the scientific literature there was no studies on this scope for ticks of South America. In this study, it was standardized a approach for detection of feeding habits of A. cajennense. Briefly, blood samples were collected from the following animal species: chicken, capybara, quail, horse, guinea pig, rabbit, dog and a wild mouse. Then, DNA was extracted from these samples and afterwards tested for PCR amplification using three different pairs of primers for mammals, three for birds, and five for both groups of animals in addition to a specific designed primers for cricetidae rodents. The target gene 12S rDNA, cyt b and COI resulted in positive for detection of DNA fragments. PCR was tested thereafter on laboratory fed ticks. Adult A. cajennense ticks that were fed on rabbits as larvae and nymphs had the midguts extracted and processed for DNA isolation and underwent PCR amplification. It was possible to identify the host species on 66,7 per cent of tested ticks. The DNA sequencing and comparison of the consensus sequences of all the database sequences (GenBank) allowed the identification at the species level (rabbit), based on 98 per cent similarity
Descritores: Comportamento Alimentar
Ixodidae
Técnicas de Amplificação de Ácido Nucleico/instrumentação
-Reação em Cadeia da Polimerase
Limites: Animais
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; MTR2053


  8 / 86 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913957
Autor: Scinachi, Claudia Araujo.
Título: Avaliação soroepidemiológica de animais sentinelas para a febre maculosa brasileira e correlação com a fragmentação vegetal na periferia sul da região metropolitana da cidade de São Paulo / Serosurvey on sentinels animals for Brazilian Spotted Fever, and correlation with forest fragmentation on the southern Metropolitan area of the City of São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. 88 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública, Departamento de Epidemiologia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A Febre Maculosa Brasileira (FMB) é uma zoonose que tem como agente patogênico bactérias da espécie Rickettsia rickettsii, que são transmitidas por carrapatos da espécie Amblyomma aureolatum na Região Metropolitana de São Paulo, onde a letalidade da doença pode chegar a 80 por cento . Carrapatos dessa espécie realizam seu ciclo no interior das matas e cães domésticos - principais hospedeiros do estágio adulto desse carrapato em áreas degradadas - podem auxiliar na manutenção do ciclo da doença, ao transferir carrapatos infectados das matas para o ambiente antrópico. Este estudo teve como objetivo, analisar a relação entre fragmentação florestal, e sua possível influência na distribuição da soroprevalência de R. rickettsii em cães domésticos, na zona de contato entre Mata Atlântica e ambiente antrópico. Nove áreas com diferentes perfis ambientais foram selecionadas para o estudo: duas áreas em São Paulo, três áreas em Santo André, duas áreas em São Bernardo do Campo, uma área em Ribeirão Pires e uma área em Diadema. Uma amostra única de sangue foi coletada em trinta cães por área de estudo, num total de 270 cães amostrados. Todas as amostras foram submetidas a teste sorológico de imunofluorescência indireta para determinação do título de anticorpos contra R. rickettsii e todos os cães do estudo foram inspecionados em busca de carrapatos, que quando encontrados, foram levados ao laboratório para devida identificação de espécies e posterior pesquisa de riquétsias por PCR. Os dados de parasitismo por carrapatos em cães foi determinado pelo cálculo de abundância e intensidade parasitaria média. A soroprevalência encontrada variou de 0 a 37 por cento , e quando comparada aos dados ambientais, resultantes de análise multivariada de componentes principais, demonstrou que áreas mais preservadas, com maior área de mata e borda reduzida tem menores chances de ocorrência de casos de FMB do que áreas com área de mata reduzida e grande quantidade de borda. Somente as espécies A. aureolatum e R. sanguineus foram encontradas parasitando os cães do estudo, sendo que nenhum espécime foi considerado reagente na PCR. Os resultados sugerem que existe uma relação entre a soroprevalência de infecção por R. rickettsii em cães e as características de paisagem de cada região. A análise de estrutura de paisagem - parâmetro que pode favorecer a transmissão da bactéria R. rickettsii, uma vez que favorece o contato de cães e carrapatos vetores é uma ferramenta que pode auxiliar na determinação de áreas de maior ou menor risco para ocorrência de casos humanos de FMB, sendo útil na vigilância da doença.

The Brazilian Spotted Fever (BSF) is a zoonotic disease whose pathogen is the bacteria Rickettsia rickettsii, transmitted by Amblyomma aureolatum ticks in the Metropolitan Region of São Paulo, where the lethality of the disease can reach 80 per cent . The life cycle of those tiks occour in the forest and domestic dogs - main hosts of the adult stage of this tick in modify areas - can maintain the disease cycle, transferring infected ticks from the forest to the anthropic environment. This study aimed to analyze the relationship between forest fragmentation and its possible influence on the seroprevalence distribution of R. rickettsii in domestic dogs living at the contact zone between the Atlantic Forest and anthropic environment. Nine areas with different landscape profiles were selected for the study: two areas in São Paulo, three areas in Santo André, two areas in São Bernardo do Campo, an area in Ribeirão Pires and an area in Diadema. A single blood sample was collected in thirty dogs in each study area, with a total of 270 sampled dogs. All samples were submitted to serological test of indirect immunofluorescence to determine the antibodies titers against R. rickettsii, and all study animals were inspected for ticks, that when found, were taken to the laboratory for proper identification of species and further Ricketsia research through PCR reaction. Parasitism data of ticks on dogs was determined by the mean abundance and mean intensity. The seroprevalence found ranged from 0 to 37 per cent , and when compared to environmental data, resulted from the principal component analysis, showed that the most preserved areas, with larger amount of forest and less edge has lower chances of BSF occurrence, than areas with less forest and greather amount of edge. Only the species A. aureolatum and R. sanguineus were found parasitizing the study dogs, and no specimen was considered positive in the PCR reaction. The results suggest a relationship between the seroprevalence of infection with R. rickettsii in dogs and the landscape features on each region. The landscape structure analysis - parameter that can facilitate the transmission of the bacteria R. rickettsii, since it favors the contact between dogs and ticks - can assist in determining areas of higher or lower risk for the occurrence of human cases of BSF, being useful in monitoring the disease.
Descritores: Conservação dos Recursos Naturais
Florestas
Ixodidae/parasitologia
Rickettsia/isolamento & purificação
Febre Maculosa das Montanhas Rochosas/epidemiologia
-Brasil
Carrapatos
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; MTR2118


  9 / 86 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-895351
Autor: Fonseca, Cristina F. da; Lima, Débora C. V. de; Souza, Dênisson da S. e; Silva, Silvia G. N. da; Lima, Jaciara R. B. de; Oliveira, Jaqueline B. de; Moura, Geraldo J. B. de; Aléssio, Filipe M.
Título: Distribuição espacial e abundância de carrapatos (Acari: Ixodidae) em remanescente de Mata Atlântica, Nordeste do Brasil / Spatial distribution and abundance of ticks (Acari: Ixodidae) in Atlantic forest remaining, northeastern Brazil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(10):1085-1090, out. 2017. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A distribuição espacial e a abundância de carrapatos em estágio de vida livre foram examinadas em fragmentos de Mata Atlântica no Nordeste do Brasil. O estudo foi realizado em Unidades de Conservação de Proteção Integral Mata do Tapacurá e Mata do Camucim, localizadas no município de São Lourenço da Mata, Pernambuco. Os carrapatos foram capturados pelo método da bandeira de flanela em seis parcelas de 200m2, sendo três parcelas estabelecidas em uma borda de mata adjacente a uma matriz agropastoril e outras três parcelas estabelecidas na borda de mata adjacente ao lago de barragem. Foram capturados 2652 carrapatos do gênero Amblyomma, sendo duas ninfas identificadas como Amblyomma dissimile com distribuição espacialmente agregada, demonstrados pela relação variância/média e o índice de agregação de Lloyd. Houve variação significativa na abundância de carrapatos entre as parcelas (H=26,79, p<0,005) sendo encontrados mais carrapatos na borda da mata adjacente à matriz agropastoril. Quanto as variáveis ambientais, houve correlação positiva entre a cobertura de dossel e a densidade de carrapatos (rs=0,31, p<0,05). No presente estudo observou-se que em estágios de vida livre, notadamente larvas e ninfas, a distribuição espacial e a abundância de carrapatos são fortemente influenciadas por áreas mais fechadas das matas. A maior presença de carrapatos próximos à matriz agropastoril poderia facilitar a migração de carrapatos entre ambientes silvestres e ambientes antrópicos.(AU)

The spatial distribution and abundance of free-living ticks were examined in Atlantic Forest fragments in northeastern Brazil. The study was conducted on Integral Protection Conservation Units of Mata do Tapacurá and Mata do Camucim, located in the municipality of São Lourenço da Mata, Pernambuco. Ticks were captured by flagging method in six plots of 200m2, three plots set in a forest edge adjacent to an agropastoral matrix and three plots set in the forest edge adjacent to a dam lake. Were captured 2652 ticks of the genus Amblyomma, two nymphs identified as Amblyomma dissimile with spatially aggregated distribution, shown by the variance/mean ratio and Lloyd aggregate index. There was significant variation in the abundance of ticks between plots (H=26.79, p<0.005) and more ticks was found in the woods adjacent to the edge agropastoral matrix. There was a positive correlation between canopy cover and tick density (rs=0.31, p<0.05). In the present study, it was observed that in free-living stages, especially larvae and nymphs, the spatial distribution and abundance of ticks are strongly influenced by more enclosed areas of forests. Most ticks near agropastoral matrix could facilitate the migration of ticks between wild environments and man-made or modified environments.(AU)
Descritores: Ecossistema
Ixodidae
Ácaros e Carrapatos
Larva
Ninfa
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 86 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-876615
Autor: Oliveira, G. M. B; Martins, T. F; Pereira, L. C. M; Nicola, P. A; Horta, M. C.
Título: Ocorrência de carrapatos em Tamandua tetradactyla (Linnaeus, 1758) na Caatinga, Nordeste do Brasil / Occurrence of ticks in Tamandua tetradactyla (Linnaeus, 1758) in Caatinga biome, northeastern Brazil
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);69(4):865-869, jul.-ago. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: A Caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro e um dos mais diversificados do mundo, abrigando grande variedade faunística. Este estudo objetivou relatar a presença de carrapatos em tamanduás Tamandua tetradactyla (Linnaeus, 1758) atendidos no Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga, Petrolina-PE, Brasil. De fevereiro de 2010 a fevereiro de 2016, 23 T. tetradactyla foram recebidos e inspecionados para avaliação da presença de carrapatos. A identificação foi realizada pela observação das características morfológicas e pela utilização de chaves taxonômicas. Aproximadamente 8,69% (2/23) dos animais apresentavam parasitismo por carrapatos. Os ixodídeos foram encontrados fixados nas regiões ventral e cervical, e identificados como Rhipicephalus sanguineus sensu lato (cinco fêmeas), Amblyomma auricularium (uma larva, 18 ninfas e uma fêmea) e Amblyomma sp. (seis larvas). Este estudo relata o parasitismo inédito de larva de A. auricularium em T. tetradactyla no semiárido pernambucano, bem como reafirma a maior afinidade por membros da superordem Xenarthra. O parasitismo de R. sanguineus s.l. em tamanduá-mirim pode estar relacionado ao compartilhamento do mesmo habitat com cães domésticos infestados. O parasitismo sobre animais silvestres em novas localidades onde não foi registrado previamente deve ser estudado para ampliação do conhecimento sobre a distribuição geográfica dos ixodídeos no Brasil.(AU)

The Caatinga is an exclusively Brazilian biome and one of the most diverse in the world, housing a great variety faunal. Southern Tamandua (Linnaeus, 1758), known as collared anteater, can be found throughout the country. The present study aimed to report the presence of ticks on anteaters treated at the Conservation Center and Wildlife Management of Caatinga, Petrolina, Pernambuco, Brazil. From February 2010 to February 2016, 23 T. tetradactyla from the municipalities of Juazeiro (BA) Casa Nova (BA), Sento Sé (BA), Nonato (PI), Petrolina (PE), Great Pond (PE ) and Willow (PE), have been received and inspected to evaluate the presence of ticks, which were later collected with the help of anatomical tweezer and stored in tubes containing 70% alcohol. The identification was carried out by observation of morphological characteristics in stereomicroscope and use of taxonomic keys. Approximately 8.69% (2/23) of the animals had parasitism by ticks. The Ixodids were found fixed on ventral and cervical regions and were identified as Rhipicephalus sanguineus sensu lato (five female), parasitizing the anteater 1 coming from Petrolina-PE; Amblyomma auricularium (one larva, 18 nymphs and a female) and Amblyomma sp. parasitizing the anteater 2 coming from Salgueiro-PE. This study reports the novel parasitism by larva of A. auricularium in T. tetradactyla in semiarid of Pernambuco ; and reaffirms the higher affinity of this ixodid by members of the superorder Xenarthra. It was possible to determine the parasitism of R. sanguineus s.l. in collared anteater, the which may be related to the sharing of the same habitat with domestic dogs infested. The parasitism of wild animals in new locations where they were not previously registered must be stimulated to expand the knowledge of the geographical distribution of ixodids in Brazil.(AU)
Descritores: Ixodidae
Rhipicephalus sanguineus
Carrapatos
Xenartros/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 9 ir para página                      
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde